Blog do Eliomar

Últimos posts

PT torra milhões com produção de programas pró-Lula

O Partido dos Trabalhadores, segundo informa a Veja Online, não tem poupado despesas na campanha.

Só com a produção dos programas de televisão e rádio do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, o partido já gastou 14,8 milhões de reais. As duas empresas contratadas para o serviço estão, por enquanto, no topo dos fornecedores como as que mais receberam entre todos os candidatos.

(Foto – Agência Brasil)

Fortaleza é sede de encontro de bancos solidários

Com o título “Encontro de bancos solidários”, eis o Editorial do O POVO desta quarta-feira:

Fortaleza sedia desde ontem – com encerramento programado para amanhã – o 1º Encontro Global de Bancos Solidários, que reúne associações, cooperativas e outras entidades do Brasil e da América Latina, Europa e Estados Unidos para discutir a importância das instituições e fundos solidários no desenvolvimento das regiões. O fato de se localizar na capital cearense (no bairro Conjunto Palmeiras), o primeiro banco solidário do Brasil – Banco Palmas – desde 1998, permite que sua experiência pioneira seja um referencial animador em vista de seus resultados exitosos.

Para debater a forma de ampliar e enriquecer o que já foi acumulado reúnem-se não só os 113 bancos comunitários brasileiros, mas também instituições e fundações nacionais e estrangeiras. E isso ocorre num momento muito oportuno, em vista do aprofundamento da crise no sistema econômico nacional e internacional que afeta particularmente os segmentos sociais mais vulneráveis. E quanto mais isso acontece, maior se torna maior o contingente de pessoas, na base da pirâmide social, desprovidas de meios para se tornarem ativamente produtivas e com autonomia para gerirem suas vidas. A falta de acesso ao crédito bancário tem um efeito castrador.

Graças ao surgimento dos bancos comunitários foi possível mudar o destino do contingente social mais fragilizado, em territórios circunscritos, pois essas organizações oferecem serviços financeiros solidários, organizados em rede, de natureza associativa e comunitária, voltados para a geração de trabalho e renda na perspectiva de reorganização das economias locais, tendo por base os princípios da Economia Solidária. Ou seja, seu papel é o de promover o desenvolvimento de bairros e comunidades de baixa renda, através do fomento à criação de redes locais de produção e consumo, apoiando iniciativas da economia popular e solidária em seus diversos âmbitos, como: pequenos empreendimentos produtivos, prestação de serviços, apoio à comercialização e todo o universo das pequenas economias populares. A própria comunidade é proprietária do banco comunitário, cuja gestão é realizada por uma organização da sociedade civil, com conselho responsável pela Controladoria Social do Banco.

No caso do Banco Palmas, por exemplo, para facilitar as transações criou-se uma moeda local (Palmas), complementar à moeda oficial (Real), e que é aceita e reconhecida por produtores, comerciantes e consumidores do bairro do Conjunto Palmeiras, criando um mercado solidário e alternativo entre as famílias. Ou seja: com criatividade e solidariedade é possível viabilizar uma vida mais humana e digna, sem exclusão social e com resultados multiplicativos benéficos para toda a sociedade.

PT vai trocar candidatura de Lula por Haddad durante ato em Curitiba

829 5

Integrantes da cúpula do PT afirmam que, apesar das ressalvas públicas, a conversa de Lula com Fernando Haddad na carceragem da PF, na segunda (3), foi conclusiva. O recurso ao STF cumpre duas funções simbólicas: mostra à militância que o partido não desistiu do ex-presidente e preenche requisito para que a ONU avalie o mérito do caso do petista. A unção de Haddad será feita em Curitiba, cidade em que Lula está preso, no dia 11. O roteiro para a bênção televisiva também foi traçado, informa a Coluna Painel, da Folha de S.Paulo desta quarta-feira.

Petistas já começaram a convocação para o ato em Curitiba. Governadores e quadros do PT e do PC do B, partido de Manuela d’Ávila, que vai assumir a vice de Haddad, foram avisados. As legendas estudam oficializar o chamado durante programação com artistas e intelectuais no Tuca, dia 10, em São Paulo. O comitê eleitoral do PT e do PC do B planeja fazer a primeira agenda conjunta da nova chapa no Rio Grande do Sul, estado de Manuela.

Há grande preocupação no PT em registrar a saída de cena de Lula e sua bênção a Haddad de maneira cristalina na TV. Pesquisas da sigla indicam que o eleitor lulista não aceitaria gesto dúbio, que possa ser visto como traição ao ex-presidente.

Lula deve escrever uma carta, que tem sido chamada por petistas de seu testamento político, tanto para o ato em Curitiba como para a propaganda eleitoral.

Vara de Delitos de Organizações Criminosas começa a operar no dia 12 de setembro

A maior chacina da história do Ceará deixa vários mortos no bairro Cajazeiras.

Anunciada, em janeiro deste ano, como parte das medidas emergenciais de resposta à Chacina das Cajazeiras que deixou 14 mortos e 18 feridos, a Vara de Delitos de Organizações Criminosas, do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), deve, enfim, iniciar as atividades. Após consecutivos adiamentos, a inauguração está marcada para a próxima quarta-feira, 12.

Até lá, conforme a assessoria de imprensa da Corte, serão nomeados os servidores que atuarão na vara especializada e instalados os equipamentos de segurança na unidade, que funcionará no Fórum Clóvis Beviláqua (bairro Edson Queiroz).

Os trabalhos, contudo, não começarão do zero. Por meio da redistribuição, serão recebidos diversos processos referentes a facções criminosas, oriundos de outras varas da Capital e comarcas do Interior. O TJCE não informou o tamanho dessa demanda, bem como não respondeu aos outros questionamentos enviados pelo O POVO (ver quadro).

Ainda em fevereiro, quando da aprovação do projeto de lei que daria origem à vara, o líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Evandro Leitão (PDT), afirmou que cerca de 300 processos devem ser encaminhados à especializada.

O texto da Lei nº 16.505 sancionada pelo governador Camilo Santana (PT) também em fevereiro e que está disponível para consulta na internet foi o único retorno do TJCE às perguntas encaminhadas pelo O POVO.

O documento estabelece que três magistrados integrarão a Vara de Delitos de Organizações Criminosas. A titularidade será coletiva. Os juízes decidirão e assinarão, de forma conjunta, todos os atos judiciais, sem referência a voto divergente. A Assistência Militar da Corte disponibilizará agentes para a segurança e proteção dos magistrados e servidores da unidade.

Eles deverão julgar todos os crimes cometidos por organizações criminosas no Estado. Isso significa dizer, conforme definição da Lei Federal nº 12.850, que serão recebidos os crimes cometidos por grupos de quatro ou mais pessoas, com atuação ordenada e divisão de tarefas, mesmo informalmente, “com objetivo de obter, direta ou indiretamente, vantagem de qualquer natureza”, mediante crimes cujas penas máximas sejam superiores a quatro anos, ou que sejam de caráter transnacional.

Além da criação dessa vara, também estavam previstas outras medidas, como o envio de uma força-tarefa nacional ao Ceará, que chegou ao Estado em março, e a criação do Centro Integrado de Inteligência e Controle para o Combate ao Crime Organizado, cuja implantação é prevista para o próximo mês de outubro. Funcionará na antiga sede da Vice-Governadoria do Estado, no Palácio Iracema.

Já o governador Camilo Santana (PT) afirmou que construiria 14 unidades penitenciárias regionais, sendo duas delas ainda este ano, viabilizando o fechamento de 132 cadeias públicas. As duas unidades estão sendo erguidas nas cidades de Horizonte e Tianguá. Conforme a Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus), ambas serão entregues até dezembro.

Perguntas sem resposta

O POVO encaminhou, por meio da assessoria de imprensa do TJCE, os seguintes questionamentos ao presidente do Tribunal, desembargador Glaydson Pontes. Eles não foram respondidos até o fechamento desta página.

1 – Quais crimes serão julgados pela Vara de Delitos de Organizações Criminosas? Todos aqueles que forem cometidos por membros de facções?

2 – Quantos processos serão recebidos pela Vara mediante redistribuição?

3 – Qual o critério para diferenciar os crimes cometidos por organizações criminosas?4 – O que levou à criação da vara? A discussão sobre essa necessidade é anterior à Chacina das Cajazeiras?

5 – Nas varas criminais comuns existe a identificação de crimes praticados pelas facções?

6 – Quantos servidores trabalharão na unidade? Haverá algum aparato especial de segurança?

7 – O que será feito para garantir celeridade no julgamento dos processos da especializada?

(O POVO – Repórter Thiago Paiva/Foto – Evilázio Bezerra)

Taxas de Alvarás – Donos de padarias brigam na Justiça contra o reajuste da Prefeitura

239 1

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO desta quarta-feira:

O Sindicato da Indústria da Panificação e Confeitaria do Ceará é mais uma entidade a reforçar a briga contra o aumento das taxas dos alvarás decretado pelo prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT). Segundo o vice-presidente da entidade, Lauro Martins, o Sindipan considera abusiva o reajuste que fez pular de cerca de R$ 400 para R$ 3.000 o desembolso do alvará, com o detalhe de que agora essa renovação é anual.

Lauro considera justo que a Prefeitura reveja valores, mas observa que houve exagero nos cálculos que deixaram o segmento apreensivo. São cerca de 1.100 padarias operando em Fortaleza e vivendo em regime de dieta econômica até mesmo por conta das constantes oscilações do dólar, que pesa na compra do trigo importado.

“Fomos à Justiça e esperamos que essa posição da Prefeitura seja revista”, observa o vice do Sindipan, destacando que o setor é um dos que mais geram empregos e contribuem para o município.

(Foto – Divulgação)

Jair Bolsonaro sobre o Museu Nacional: Já pegou fogo, já pegou fogo. Quer que faça o quê?”

Jair Bolsonaro, candidato do PSL à presidência da República, disse, nessa terça-feira (4), que o Museu Nacional, no Rio de Janeiro, “já pegou fogo” e que, embora tenha “Messias” no nome – ele se chama Jair Messias Bolsonaro – não tem “como fazer milagre”.

“Já está feito, já pegou fogo, quer que faça o quê? O meu nome é Messias, mas eu não tenho como fazer milagre”, ironizou Bolsonaro, cujo nome completo é Jair Messias Bolsonaro.

Ele deu a declaração ao ser questionado por jornalistas na saída de uma comissão na Câmara dos Deputados, onde é parlamentar, sobre as propostas para a manutenção do patrimônio histórico do país.

No domingo (2), um incêndio de grandes proporções consumiu todo o interior do prédio do Museu Nacional. O acervo contava com mais de 20 milhões de itens.

(Com Portal G1)

Aprovada MP que concede subsídio para reduzir preço do diesel

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira (4), por meio de acordo, a Medida Provisória (MP) 838/18 que concede subsídio na comercialização do óleo diesel de até R$ 0,30 por litro. Ao todo, serão destinados R$ 9,5 bilhões para garantir o desconto total de R$ 0,46 no litro do combustível para cobrir parte dos custos das distribuidoras. O texto aprovado, que garante subsídio até 31 de dezembro de 2018, segue para apreciação do Senado.

Aprovado em forma de projeto de lei de conversão, o texto limita o pagamento da subvenção à venda de óleo diesel de uso rodoviário. Dessa forma, não inclui o subsídio ao óleo diesel marítimo, ferroviário ou para geração de energia elétrica. Caberá à Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) estabelecer um preço de referência e um preço de comercialização para a distribuidora de forma regionalizada.

Greve dos Caminhoneiros

A MP foi editada para atender a uma das principais reivindicações dos caminhoneiros que paralisaram em todo país no mês de maio. Para completar o benefício de R$ 0,46 de desconto no diesel, foram reduzidos impostos que incidem diretamente sobre o diesel, como PIS/Cofins e a Cide, no total de R$ 0,16, e que equivalem a R$ 4 bilhões.

Os recursos do subsídio são oriundos de uma reserva de contingência financeira do governo, no valor de R$ 6,2 bilhões, de uma outra reserva de capitalização de empresas públicas, no valor de R$ 2,1 bilhões, além do cancelamento de despesas discricionárias de vários ministérios, que somam R$ 1,2 bilhão.

Esforço concentrado
Esta é a última semana de votação na Câmara dos Deputados antes das eleições de outubro. O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou antes do início da sessão que o plenário precisava aprovar a MP, já que perderá validade em outubro.

“O ideal para todos é que a gente conseguisse acordo para votar duas ou três medidas provisórias, incluindo Fundo Soberano e a medida provisória do diesel, porque ela também perde validade logo depois da eleição, logo depois do primeiro turno. Se não for votada hoje, vai ter dificuldade de votar nas duas Casas até o fim da sua validade”, disse Maia.

(Agência Brasil/Foto – Fábio Lima)

99 Pop dará desconto de 50% nas corridas no dia da eleição

Usuários do aplicativo de transporte 99 Pop terão duas corridas com 50% de desconto no dia 7 de outubro, quando os brasileiros irão às urnas. Para ter direito ao desconto, o passageiro precisa inserir o código “99democracia”.

A promoção é válida na categoria Pop, e pode ser utilizada em todas as capitais do País, em duas corridas por pessoa, em viagens das 7h às 17h do dia 7 de outubro.

O desconto será válido inicialmente para os primeiros 10 mil usuários, e limitados a valores de até R$ 20 por corrida, com pagamentos efetuados pelo cartão de crédito ou pay-pal. O objetivo, segundo a empresa, é incentivar o eleitor a comparecer às urnas.

“Com a redução, estamos contribuindo com o eleitor facilitando a sua locomoção no primeiro turno das eleições, notadamente um dia de movimentação intensa. Com essa promoção, estamos tornando o aplicativo mais barato para o passageiro e convidando todos os usuários a conferir nossos diferenciais”, afirma Matheus Moraes, presidente da 99.

Para inserir o código promocional, vá Na opção “minha central” e, em seguida, em “cupom de desconto”, onde você deverá digitar “99democracia” e confirmar.

(O POVO – Repórter Carlos Viana/Foto – Divulgação)

Bolsonar e Ciro receberam o maior número de denúncias por propaganda irregular no Ceará

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) recebeu desde a última sexta-feira, 31 de agosto, 50 representações por propagandas eleitorais supostamente irregulares. A data marca o início da propaganda gratuita no rádio e na TV, tendo os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Ciro Gomes (PDT) com o maior número de denúncias, ambos com três representações cada. O O TRE informa que denúncias recebidas neste período são por conta da invasão de propaganda eleitoral da coligação majoritária no espaço destinado aos candidatos à eleição proporcional.

Desde quando começou oficialmente a campanha eleitoral, porém, no dia 16 de agosto, o TRE-CE alega ter recebido outras 38 denúncias. Duas delas são contra as candidatas a deputada estadual Adelita Monteiro (Psol) e federal Érika Amorim (PSD), por impulsionamento de conteúdo na internet. Ambas as representações foram encaminhadas à Procuradoria Regional Eleitoral (PRE).

Até o momento, 18 denúncias foram arquivadas por ausência de elementos para apuração; outras três estão sob investigação; duas resultaram em apreensão de material irregular; oito foram regularizadas pelo candidato; enquanto cinco delas arquivadas por ausência de irregularidade.

(O POVO Online – Repórter Wanderson Trindade)

Fortaleza cede empate em casa, enquanto Goiás se aproxima da liderança

Mesmo com um jogador a mais em campo e com quase o dobro de posse de bola em relação ao adversário, o Fortaleza não foi capaz de segurar a vitória, na noite dessa terça-feira (4), no Castelão, no empate em 2 a 2 com o Figueirense, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Felipe, aos 24 minutos de partida, abriu o placar para o Fortaleza. Ygor, quatro minutos depois, empatou para o Figueirense. Na segunda etapa, aos 11 minutos, Matheus marcou contra e deixou o Fortaleza novamente na vantagem. Três minutos depois, o atacante do time catarinense Patrick foi expulso de campo. E Elton, aos 22 minutos, empatou a partida.

Com o resultado, o Fortaleza segue líder da Série B, com 47 pontos, mas vê a aproximação do Goiás da liderança, que nessa terça-feira, ao desbancar o Guarani de Campinas, por 2 a 0, fora de casa, chegou à quinta vitória nos seis últimos jogos e está a cinco pontos da liderança. Com um ponto a mais que o Goiás, o CSA é o vice-líder, ao golear o Londrina, em Maceió, por 4 a 1.

O Fortaleza volta a campo no sábado (8), às 16h30min, em Criciúma, diante do time da casa.

(Foto: Reprodução)

Audic e Eduardo Bismarck inauguram comitê em Tauá

Audic e Eduardo Bismarck.

O deputado estadual Audic Mota, que postula reeleição, inaugurou comitê em Tauá (Região dos Inhamuns). Com ele, Eduardo Bismarck (PP), candidato a deputado federal. O ato aconteceu nessa noite de terça-feira, com uma concentração nao lado do Colégio Jorge Massilon e chegada na sede do comitê, na avenida Coronel Lourenço Feitosa, 91, Centro.

Audic Mota agradeceu aos militantes. Ao lado de Eduardo Bismarck, reafirmou compromisso com a geração de emprego, principalmente para a juventude, e a implantação da Universidade Federal nos Inhamuns.

(Foto – Divulgação)

Camilo realiza carreata em Caucaia

224 1

O governador Camilo Santana (PT), candidato à reeleição, participou na noite desta terça-feira (4), em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, de uma carreta pelas principais ruas e avenidas do município.

Nesta quarta-feira (5), Camilo participa de caminhada nos bairros Serrinha e Messejana.

(Foto: Divulgação)

Governo quer criar centro de estatísticas de segurança pública

Raul Jungmann e o diretor-geral da Polícia Federal, Rogério Galloro.

Um termo de cooperação assinado pelo Ministério da Segurança Pública com o Escritório Sobre Drogas e Crimes da Organização das Nações Unidas (Unodc) permitirá ao Brasil criar um organismo federal para coletar, analisar e divulgar estatísticas sobre segurança pública, sistema prisional e drogas. Segundo o ministro Raul Jungmann, a criação do Centro Internacional para Segurança Pública no Brasil custará cerca de R$ 7 milhões aos cofres públicos. A previsão é de que as operações comecem até meados de dezembro.

Ao assinar, em Brasília, o compromisso com o Unodc, Jungmann destacou a importância da iniciativa. Segundo o ministro, até hoje, o país não tinha tido condições de produzir dados estatísticos de abrangência nacional para a área de segurança pública. Consequentemente, o próprio governo federal costuma recorrer a levantamentos produzidos por organizações não governamentais (ONGs), como o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

O Centro Internacional ficará subordinado ao Ministério da Segurança Pública. Além de contribuir para qualificar os processos de coleta, geração e análise de dados estatísticos, o instituto também deve facilitar o compartilhamento de informação e conhecimento sobre segurança pública, sistema prisional e políticas sobre drogas.

“Estamos trazendo a Organização das Nações Unidas, cujo escritório que trata do combate aos crimes e às drogas [o Unodc] tem 73 escritórios espalhados em todo o mundo, para nos auxiliar na produção de informações, de inteligência, de dados que nos permitam ampliar o combate ao crime organizado e à violência, reduzindo a insegurança no país”, disse Jungmann.

O Centro Internacional para Segurança Pública vai atuar com seis eixos temáticos principais: homicídios; crime organizado e mercados ilícitos; sistema prisional e reintegração social; prevenção social e situacional das violências no pacto federativo, pesquisas de vitimização e percepção social da insegurança e transparência e integridade das atividades de segurança pública.

As informações serão fornecidas pelos governos estaduais, a exemplo do que já ocorre no âmbito da Saúde, setor no qual o DataSUS auxilia os órgãos do Sistema Único de Saúde, entre eles, o Ministério da Saúde, com sistemas de informação e suporte de informática, necessários ao processo de planejamento, operação e controle das políticas públicas.

De acordo com Jungmann, mesmo com o investimento de milhões de reais no Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisional e sobre Drogas (Sinesp, criado em julho de 2012), a obtenção de dados precisos sobre a segurança pública nos estados sempre foi difícil. Realidade que o ministro acredita que tende a mudar com a plena vigência do Sistema Único de Segurança Pública (Susp), cuja lei foi sancionada em junho deste ano.

“O país não conseguia produzir estatísticas nacionais porque os estados entregavam os dados se quisessem. Se um estado não queria enviar os dados relativos às ocorrências criminais, ele não mandava. Se entendia que as informações coletadas não pegavam bem politicamente, ele não as enviava”, disse o ministro. “Há uma perspectiva, da qual não queremos lançar mão e fazer uso, que os estados que não repassarem as informações sobre segurança pública ficará fora dos acordos e convênio de repasses [de recursos federais]. Esperamos que isso não aconteça”, acrescentou o ministro.

Representante regional do Unodc para o Brasil, Rafael Franzini Batlle destacou que as políticas públicas que não têm base em evidências estão fadadas ao fracasso. “O uso das estatísticas e o monitoramento são básicos para o desenvolvimento e para a implementação de políticas públicas”, destacou Battle, explicando que o Unodc já desenvolve ação semelhante em parceria com o governo do México.

(Agência Brasil)

TJCE mantém condenação de procurador que matou delegado Cid Júnior

O Tribunal de Justiça do Ceará, por meio de sua 1ª Câmara Criminal, decidiu manter a condenação do procurador de justiça aposentado Ernandes Lopes Pereira (68) pelo assassinato do delegado Cid Júnior . Foi durante sessão realizada na tarde desta terça-feira, quando julgou o recurso de apelação interposto por Ernandes Lopes Pereira em face da decisão proferida pelo Tribunal do Júri do Eusébio (RMF) que o condenou a uma pena de 16 anos de reclusão em regime fechado.

O desembargador relator Francisco Carneiro de Lima julgou improcedente as preliminares aduzidas no recurso e foi seguido a unanimidade pelos demais desembargadores. O TJCE entendeu apenas por reduzir a pena para 13 anos e 9 meses de reclusão. Ele determinou ainda a expedição de mandado de prisão tao logo encerrado o julgamento na instância ordinária.

A família da vítima foi assistida no julgamento pelos advogados Paulo Quezado e João Marcelo Pedrosa, que deverão pedir a execução imediata da pena imposta ao procurador, já que ele condenado por tribunal de 2º grau.

O Caso

Cid Júnior foi morto aos 60 anos com tiro disparado pelo procurador. Na ocasião, as mulheres dos dois homens, a mãe de Cid e funcionários de Ernandes estavam na residência. O crime aconteceu no fim da tarde de 13 de agosto de 2008, na casa do procurador, em Precabura, no Eusébio. A vítima teria ido buscar a mãe, que fora convidada pelo acusado para conhecer a casa. O Ministério Público, juntamente com os advogados de acusação da família da vítima, defendeu que a ação de Ernandes foi deliberada.

O procurador aposentado passou pouco mais de um ano preso. Em dezembro de 2009, o Supremo Tribunal Federal (STF) concedeu liberdade ao acusado. No decorrer do processo, uma das principais testemunhas, a mãe da vítima, que tinha 83 anos à época do crime, morreu. De acordo com o desembargador Jucid Peixoto do Amaral, irmão de Cid, acusado e vítima eram amigos de infância, mas não se viam há décadas até o dia do crime. Além do magistrado, foram ouvidas mais três testemunhas de acusação, outras duas de defesa e o próprio Ernandes.

Segundo Carlos Alberto Herculano, conhecido como Cancão, que era motorista do acusado e foi peça-chave nas apurações, o promotor aposentado estava consumindo bebida alcoólica desde a manhã da quarta-feira em que o crime aconteceu. Ele afirmou que o patrão perguntou: “você já matou alguém?” e, em seguida, teria apontado a arma “para tirar o cartucho do carregador” na vítima, que foi atingida na cabeça, próximo à orelha. A testemunha de acusação contou que o ato não foi precedido de nenhum tipo de desentendimento entre ambos. O principal argumento da defesa foi que o tiro teria sido disparado involuntariamente.

Corretores de imóveis vão atuar como peritos avaliadores na Justiça do Ceará

O Poder Judiciário do Ceará solicitou corretores de imóveis para atuarem como peritos avaliadores. A informação é do Conselho Regional de Corretores de Imóveis, adiantando que o avaliador de imóveis inscrito no Cadastro Nacional de Avaliadores Imobiliários, o CNAI, possui a capacidade de emitir o Parecer Técnico de Avaliação Mercadológica, o PTAM, documento este que, através de critérios técnicos, faz análise de mercado com vistas à determinação do valor de comercialização de um imóvel, judicial ou extrajudicialmente.

Dentro dessa lógica, O Creci vem capacitando gratuitamente o corretor de imóveis para tornar-se perito avaliador, através do Programa de Educação Continuada ao Corretor de Imóveis, o Proecci, que já formou quase cem profissionais do Ceará, nos últimos dois anos, informa a assessoria de imprensa da entidade.

O curso de avaliação imobiliária será oferecido pela primeira vez na modalidade semipresencial. “Com a carga Horária de 48 horas aulas, o curso possui aulas presenciais de Orientação para elaboração do TCC. Trata-se do Programa De Educação Continuada Ao Corretor De Imóveis, o PROECCI. As inscrições podem ser feitas até o dia 12 de setembro pelo site e o início das aulas é dia 17 deste mês. Entre os pré-requisitos, estar devidamente em dia com suas anuidades junto ao Conselho”, explica o diretor do setor de Educação Continuada, Francisco Lima.

SERVIÇO

*Para Inscrição: http://ead.creci.org.br/CursoDetalhes.aspx?id=104181 ou www.creci-ce.gov.br

Ministério da Saúde quer vacinar mais de 20 milhões de adolescentes contra o HPV

O Ministério da Saúde iniciou hoje (4) uma campanha publicitária para impulsionar a vacinação de adolescentes contra o HPV. A convocação tem como alvo 20,6 milhões de meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos. Eles devem ir aos postos de saúde para se imunizar pela primeira vez ou tomar a segunda dose da vacina e completar a proteção contra o HPV.

O vírus HPV (Papilomavírus Humanos) é sexualmente transmissível e infecta pele e mucosas da boca ou das áreas genital e anal provocando verrugas e diferentes tipos de cânceres em homens e mulheres (cólo do útero, anal, pênis, vagina, orofaringe). Segundo o ministério, cerca de 30% dos tumores provocados por vírus no mundo são causados pelo HPV.

Para esta nova etapa da campanha, foram investidos R$ 567 milhões para adquirir 14 milhões de vacinas. Na etapa anterior, mais de 63% das meninas de 9 a 14 anos já foram imunizadas com a primeira dose e 41% das crianças receberam a segunda dose.

No caso dos meninos, cerca de 2,6 milhões receberam a primeira dose (35,7% do público-alvo), e 911 mil (13%) já receberam a segunda dose.

Duas doses

O Ministério da Saúde alerta que a cobertura contra o HPV só está completa com as duas doses. O intervalo entre a primeira e a segunda dose da vacina é de seis meses. A pasta assegura que a vacina não aumenta o risco de eventos adversos graves, aborto ou interrupção da gravidez.

A vacinação tem impacto significativo na redução da incidência do HPV, como nos Estados Unidos, que reduziram em 88% as taxas de infeção oral pelo vírus com imunização, disse o Ministério da Saúde. Esclarece ainda que a vacina não é eficaz para tratamento de infecções ou lesões por HPV já existentes.

A campanha deste ano tem como tema “Não perca a nova temporada de Vacinação contra o HPV” e será veiculada até 28 de setembro por meio de várias peças. As escolas receberão material informativo para que professores, alunos e familiares possam debater sobre as doenças.

No Brasil, estima-se que a prevalência do HPV é de 54,3%, sendo que mais de 37% têm HPV de alto risco para câncer, de acordo com pesquisa preliminar feita pelo Ministério da Saúde, universidades e secretarias municipais de saúde das capitais. Os resultados finais deste estudo serão divulgados até o fim do ano.

(Agência Brasil)

BNB seleciona startups em Fortaleza e Salvador

Romildo Rolim preside o BNB.

O Banco do Nordeste vai selecionar 14 startups para compartilharem os espaços Coworking Hubine em Fortaleza (CE) e em Salvador (BA). Com isso, receberá as inscrições das empresas interessadas até o dia 20 de setembro. A informação é da assessoria de imprensa da Instituição.

Dez empresas serão selecionadas para atuação no Hub Salvador e mais quatro poderão usufruir da estrutura do Hub Inovação Nordeste (Hubine), em Fortaleza. O Coworking Hubine é um ambiente de colaboração, pensado para o trabalho autônomo e favorecimento de networking com pessoas de diferentes áreas da inovação.

Entre as vantagens, as startups selecionadas terão estrutura sem os custos de manutenção, com acesso a espaços para reuniões, evento e recepção de clientes, internet e capacitações.

Campos de atividade

A startups deverão apresentar soluções relacionadas a um dos temas: agronegócios, cidades sustentáveis, concessão, administração e recuperação de crédito, economia criativa, educação – edtechs, energias renováveis, espaços inteligentes, finanças – fintechs, microfinanças e inclusão financeira para microempreendedores, negócios de impacto social, saúde – healthtech e serviços e processos de gestão para micro e pequenas empresas.

Para submissão das propostas, podem ser utilizadas as seguintes tecnologias: big data, biotecnologia, blockchain, inteligência artificial, internet das coisas, fotônica, plataformas de marketplace tradicionais e de comércio justo e tecnologias da informação e comunicação.

O modelo de negócio inscrito deve ser aplicável na área de atuação do Banco do Nordeste, que inclui os Estados nordestinos e o norte de Minas Gerais e do Espírito Santo. As startups devem ter pelo menos seis meses de atividades. As propostas podem ser submetidas pelo site www.bnb.gov.br/hubine/editais. O resultado da seleção será conhecido no dia 28 de setembro.

O Coworking Hubine Salvador começa a funcionar ainda em setembro. O espaço em Fortaleza já atua desde dezembro de 2017, abrigando atualmente oito startups.

(Foto – Fábio Lima)

Vem aí o Circuito Ciclístico do Trabalhador do Transporte

Estão abertas até o dia 9 de setembro as inscrições para o Circuito Ciclístico Sest/Senat Fortaleza. A realização é do Sest/Senat e o Sistema Fetrans, com o objetivo de promover momentos de lazer  na vida dos trabalhadores do transporte, seus dependentes e comunidade em geral.

O certame acontecerá no próximo dia 23, com passeios de 8 km e 12 km e concentração, a partir das 6h30min, no estacionamento da Arena Castelão.

SERVIÇO

*As inscrições podem ser feitas através do link: http://projetossociais.sestsenat.org.br/…/5d5dc0e8-8902-463…

*Mais informações – (85) 3304-4111.