Blog do Eliomar

Últimos posts

Editorial do O POVO: “Uma marca para começar”

Com o título “Uma marca para começar”, eis o Editorial do O POVO deste domingo:

Há uma compreensão média no País quanto à necessidade premente de reformas. Não é de hoje. Não é deste Governo a viver seus estertores. É uma agenda de Estado. Chegamos ao cenário atual de urgência em função da cultura procrastinadora, uma marca brasileira, sobretudo em se tratando de política econômica versus política partidária. Ante um Governo cuja relação com o Congresso inaugura novos arranjos, o País se depara com uma imensa interrogação. Haverá capacidade para reformar?

O principal trunfo é técnico. Diagnóstico já há. O Governo Temer chega ao seu final com o reconhecido mérito de ter aprumado o rumo da economia e deixar indicações para a equipe que vai chegar. O estudo “Panorama Fiscal Brasileiro”, da lavra do Ministério da Fazenda, leia-se Secretaria do Tesouro Nacional, deixa os fios a serem conectados.

O mapeamento da situação fiscal brasileira, divulgado há poucos dias, elenca os principais problemas fiscais e propostas de reversão. Os instrumentos macroeconômicos lidam com os desafios do cenário externo nada simples, com dólar vigoroso e capacidade limitada das economias emergentes. No Brasil, atividade econômica em recuperação aquém do ritmo esperado, inflação sob controle e ajuste fiscal gradual em curso.

No que tange as projeções fiscais, a destacar resultado primário para 2018 cumprido com facilidade. A reconhecer a disciplina do Governo no maior controle dos gastos, dada a imposição de um limite ao seu crescimento pelo Novo Regime Fiscal (EC nº 95/2016); e maior arrecadação de receitas extraordinárias. Isto compondo uma tríade com o fim da recessão.

O novo ano não terá felicidade fácil. As despesas discricionárias previstas estão em R$ 102,5 bilhões, acrescidas de uma reserva de contingência de R$ 14,6 bilhões, chegando a R$ 117,1 bilhões, conforme Projeto da Lei Orçamentária encaminhado ao Congresso. Neste ano, foram R$ 129,5 bilhões de despesas discricionárias. Noutros termos, será ano de orçamento espartano.

A equipe econômica é pragmática. Mira nos números e segue com a posologia. Chama a atenção para a necessidade de equilíbrio fiscal das contas públicas não apenas no âmbito da União. Cobra dos demais níveis – estadual e municipal – disciplina, aquele fundamento no qual o Ceará fundamentou suas ações desde os anos 1980 até hoje.

Os sucessivos governos nacionais conseguiram lograr no máximo paliativos. Sabemos que inícios de gestões são o intervalo de tempo mais propício às decisões mais árduas e antipáticas, tendo em vista o capital político ainda acumulado. Assim, o Governo a tomar posse dentro de pouco mais de uma semana tem a oportunidade de deixar uma marca logo na partida.

(Editorial do POVO)

Sociedade Brasileira de pediatria alerta pais sobre presentes de Natal

A Sociedade Brasileira de Pediatria divulgou esta semana diversas medidas de segurança com que pais devem se atentar na hora da compra dos presentes de Natal. A primeira orientação é observar se o brinquedo tem selo do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e se a faixa de idade que consta na embalagem é compatível com a da criança.

O segundo o vice-presidente da SBP, Edson Liberal, mesmo tendo tomado essas medidas, o médico aconselha que os pais vejam se o brinquedo não solta nenhuma peça, especialmente se for destinado a crianças de um a três anos de idade. Outra medida importante é adquirir brinquedos vendidos em lojas que tenham controle de nota fiscal, porque facilita que seja um brinquedo garantido.

Para famílias que tenham filhos em idades diferentes, a SBP orienta os pais a conversar com os filhos maiores para que eles se tornem parceiros de modo a evitar que os irmãos menores brinquem com produtos que tenham peças reduzidas.

Segundo o Sistema Inmetro de Monitoramento de Acidentes de Consumo (Sinmac), os artigos da linha infantil respondem por 13% dos relatos recebidos entre os anos de 2006 e 2015. Desses, 28% estão relacionados a brinquedos. O Sinmac mostra, ainda, que escoriações e arranhões são as principais lesões causadas por brinquedos, com 18%; seguidos dos cortes (16%) e entorses e sufocamentos, ambos com 8% dos relatos registrados. Entre as partes do corpo mais atingidas, estão a mão, com 19%; o pé (13%); o rosto (11%) e órgãos internos (8%).

(Agência Brasil)

Flagrada em festa em Taubaté, Suzane Richthofen é levada de volta à prisão

Suzane von Richthofen aproveitou pouco seu benefício da saída temporária de fim de ano. Na tarde deste sábado, 22, ela teve que retornar à prisão após ser flagrada em uma festa de casamento em Taubaté, interior de São Paulo. As informações são do G1.

De acordo com as regras, ao deixar a prisão, Richthofen teria que seguir direto para cidade onde declarou residência, o que não aconteceu. Através de denuncia anônima, policiais militares chegaram ao local onde o evento acontecia e a levaram de volta para a Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier, em Tremembé.

Não é a primeira vez que Suzane comete uma infração durante sua saída temporária. Em maio de 2015, ela teve que responder a um processo administrativo e ficar em cela solitária após dar um endereço falso às autoridades. Caso seja punida, Richthofen pode perder os 10 dias de liberdade recebidos e o benefício da saída temporária.

Além de Suzane, Anna Carolina Jatobá, condenada a 26 anos e oito meses pela morte da enteada Isabela Nardoni, também recebeu o benefício.

(O POVO Online / Foto: Arquivo)

Justiça derruba liminar que suspendeu acordo entre Boeing e Embraer

Em resposta a um pedido da Advocacia-Geral da União (AGU), a presidente do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3), desembargadora Therezinha Cazerta, derrubou na madrugada deste sábado (22) a liminar que suspendia a negociação entre a Embraer e a Boeing.

As negociações estavam paralisadas desde o último dia 19 devido a uma ação movida pelo Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, onde a Embraer tem fábricas. Os sindicalistas argumentam que o negócio fere regras de mercado, uma vez que na transação haveria uma incorporação da Embraer pela Boeing e não apenas uma associação entre as duas empresas para um projeto específico.

A AGU argumentou que a manutenção da liminar poderia gerar lesão à ordem pública administrativa e à economia pública. Também afirmou que a suspensão das negociações agride o princípio constitucional da livre iniciativa, pois se trata de negociação entre duas empresas privadas.

No entendimento da AGU, a suspensão das negociações viola o princípio da separação dos Poderes. “[A decisão] afeta a capacidade da União de analisar a operação e decidir se exercerá ou não o poder de veto que tem em razão de ser detentora da ‘ação de ouro’ [golden share] da companhia brasileira –, opção que, lembra a Advocacia-Geral, é eminentemente político-administrativa, e não judicial”.

O acordo em andamento entre as duas companhias prevê a criação de uma nova companhia, uma joint venture, no termo do mercado, na qual a Boeing teria 80% e a Embraer, 20%.

Caberia à Boeing a atividade comercial, não absorvendo as atividades relacionadas a aeronaves para segurança nacional e jatos executivos, que continuariam somente com a Embraer.

Hoje o governo brasileiro tem uma participação qualificada na empresa, por meio de golden share, uma ação especial que dá mais controle ao seu proprietário.

(Agência Brasil)

Conceitos importantes usados na avaliação de títulos de renda fixa

Em artigo sobre economia, o consultor financeiro Fabiano Mapurunga, Mestre em Administração com ênfase em Finanças e MBA em Gestão de Negócios, esclarece conceitos de títulos de renda fixa. Confira:

Hoje, traremos alguns conceitos utilizados para se fazer uma avaliação de títulos de renda fixa de uma maneira um pouco mais profissional. A renda fixa tem sido a saída para muitos investidores que desejam mitigar seus riscos, frente às incertezas que o nosso mercado vem enfrentando.

Vamos agora entender um pouco mais sobre esses conceitos:

YIELD – basicamente é o valor do rendimento nominal que o título oferece, sendo este identificado pela taxa de juros do cupom. Vamos a um exemplo simples: Em um título com cupom de 9%, este indica uma yield (rendimento) igual a 9%. A yield de cada título é normalmente expressa ao ano.

CURRENT YIELD – é a medição entre o valor dos juros informado pelo cupom (taxa de juros do cupom) de um título, com o seu preço corrente determinado pelo mercado. Vamos a um pequeno exemplo: em um título com preço de negociação de R$ 200,00 e que paga um cupom de 9%, entrega um current yield (rendimento corrente) de 9%. Caso estivesse sendo negociado a R$ 180,00, o current yield seria de 10%. Vejamos que se o preço de um título se desvaloriza no mercado, o seu rendimento se eleva; ao contrário, quando valoriza o preço o rendimento se reduz. Temos o current yield como uma medida de recuperação de caixa que o título oferece, com base em seu valor de mercado.

VALOR DE FACE (Pn) – é o valor que é apresentado na emissão do título. O capital é devolvido ao final do prazo de emissão. É sinônimo de Valor Nominal, Valor de Resgate ou Valor Futuro. A incidência dos juros ocorre sempre sobre o seu valor nominal.

CUPOM (C) – é a taxa de juros indicada e prometida pelo título, que vai estampada em seu valor de face. No vencimento do título, seu emissor assume o compromisso de pagar os juros mediante entrega do cupom que segue com o título. Todos os rendimento previstos no cupom são sempre calculados sobre o seu valor de face. Vamos a um exemplo: um título com cupom de 9% e valor de face R$ 200,00, promete pagar 9% de rendimento todo ano. Tal pagamento corre, geralmente, a cada semestre.

YIELD TO MATURITY (YTM) – é o resultado do rendimento (Yield) do título de renda fixa até a data do seu vencimento (Maturity). Podemos claramente dizer que é correspondente à taxa interna de retorno, levando-se em consideração o valor de negociação do título no mercado (preço de compra), seu valor de resgate e os rendimentos (juros) dos cupons. Para o investidor receber esta taxa de retorno, ele deve manter sua posse até o seu vencimento.

ÁGIO OU DESÁGIO – informa-se que o título teve um deságio, quando o seu valor de mercado é inferior ao seu valor de face. O contrário, diz-se que o título é negociado com ágio.

Com a exposição desses conceitos espero ter lhes ajudado, a entender um pouco mais, sobre renda fixa. Quanto mais conhecimento tivermos mais chances teremos de acertar.

Fabiano Mapurunga

Consultor em Finanças e Negócios. Mestre em Administração com ênfase em Finanças. MBA em Gestão de Negócios. MBA em Gestão Financeira e Controladoria. Professor Universitário

Rio: mais de 55 toneladas de peixes mortos foram recolhidas da Lagoa

A Companhia de Limpeza Urbana (Comlurb) já recolheu 55,1 toneladas de peixes mortos da Lagoa Rodrigo de Freitas, na zona sul da cidade do Rio de Janeiro. A informação foi divulgada por meio de nota à imprensa, que mostra a quantidade de peixes coletados da manhã de quinta-feira (20) até as 11h deste sábado (22).

Nesta semana, foi registrada uma grande mortandade de peixes na Lagoa, que é um dos principais pontos turísticos da cidade. Segundo a Secretaria Municipal de Conservação, houve uma redução dos níveis de oxigênio na água.

Um dos motivos para isso, segundo o biólogo Mario Moscatelli, especializado no estudo das lagoas do Rio, é o forte calor que vem atingindo a cidade do Rio de Janeiro nos últimos dias.

De acordo com a Comlurb, quase 180 garis trabalham no local, com o apoio de quatro embarcações, para retirar os peixes mortos. Ainda segundo a empresa, o trabalho prosseguirá até que cesse a mortandade dos animais.

(Agência Brasil)

Real Madrid goleia e conquista o sétimo mundial de clubes

O Real Madrid conquistou na tarde deste sábado (22), no estádio Zayed Sports City, em Abu Dhabi, o sétimo título do Mundial de Clubes, ao golear o Al Ain, por 4 a 1.

O clube espanhol abriu três gols de vantagem, com Luka Madric, Lionente e Sérgio Ramos, quando Tsukasa descontou para a equipe dos Emirados Árabes, a quatro minutos para o final da partida. Yahia, contra, fechou o placar nos acréscimos.

Na disputa pelo terceiro lugar, o River Plate goleou o Kashima Antlers, por 4 a 0.

(Foto: Reprodução)

Escola faz doações para lar de idosos na Parangaba

Massas, aveia e biscoitos foram arrecadados pela equipe pedagógica do Colégio Expansão Educacional e doados nessa sexta-feira (21) ao Lar Amparo ao Idoso Aconchego de Santa Teresinha, na Parangaba. A iniciativa faz parte do cronograma da escola.

Os idosos receberam as doações ao som de músicas natalinas, por parte de dois alunos violinistas do Instituto Beatriz Lauro Fiúza.

O Lar Amparo ao Idoso Aconchego de Santa Teresinha está aberto a doações, que podem ser entregues na rua Conselheiro Galvão, 329, na Parangaba. Mais informações pelo telefone (85) 98660-0747.

(Foto: Divulgação)

Desembargador federal cearense Cid Marconi compõe o Conselho da República

453 2

O Senado aprovou nesta semana as indicações do desembargador federal Cid Marconi, Tibério de Melo Cavalcante e Marcelo de Almeida Ferrer para compor o Conselho da República, nas vagas destinadas ao Senado Federal, conforme dispõe o artigo 89 da Constituição.

O Conselho da República é órgão superior de consulta do presidente da República. Dele participam o vice-presidente da República; o presidente da Câmara dos Deputados; o presidente do Senado; os líderes da maioria e da minoria na Câmara; os líderes da maioria e da minoria no Senado; o ministro da Justiça; e seis cidadãos brasileiros natos, com mais de 35 anos de idade, nomeados pelo presidente da República, Senado e Câmara, todos com mandato de três anos, vedada a recondução.

Compete ao Conselho da República pronunciar-se sobre: intervenção federal, estado de defesa, estado de sítio e questões relevantes para a estabilidade das instituições democráticas.

(Agência Senado)

Falta de explicação de ex-assessor de Flávio Bolsonaro alimenta desconfiança no Congresso

169 1

A falta de explicações para o caso do ex-assessor Fabrício Queiroz, que trabalhou para o senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), alimenta desconfianças no Congresso. A informação é da Coluna Painel, da Folha de S.Paulo deste sábado.

Parlamentares preveem que a oposição usará a situação para pressionar Jair Bolsonaro no início do ano.

Nessa sexta (21), o motorista Queiroz faltou, pela segunda vez, a um depoimento marcado pelo Ministério Público para falar sobre o caso da “rachadinha salarial”.

(Foto – Instagram de Flávio Bolsonaro)

R$ 7,8 milhões – Sem sorteio da Mega-Sena neste sábado, Quina é opção de prêmio milionário

Ninguém acertou os cinco números da Quina, sorteados na noite dessa sexta-feira (21), em Conselheiro Pena (MG). O prêmio para este sábado (22) está acumulado em R$ 7,8 milhões, segundo estimativa da Caixa Econômica Federal. As apostas podem ser feitas até as 19 horas (horário de Brasília), ao preço mínimo de R$ 1,50.

Os números sorteados nessa sexta-feira foram: 32 – 41  – 42 – 66 e 72.

Já a Mega-Sena não terá sorteio neste sábado, diante da Mega da Virada, que ocorrerá no próximo dia 31. De acordo ainda com a Caixa Econômica, a previsão do prêmio é de R$ 280 milhões.

Diplomação: um mau sinal

Editorial do O POVO deste sábado (22) aponta que a queda de braço eleitoral não se interrompeu até agora, tendendo a adentrar no novo ano. Confira:

É pouco alvissareiro o espetáculo dado por parlamentares diplomados em todo o Brasil na última semana. Da troca de tapas entre deputados mineiros à quebra de protocolo em São Paulo, a cerimônia de homologação de candidaturas, rito sem o qual os eleitos não haveriam de assumir seus mandatos nas casas legislativas e no Congresso, converteu-se numa prévia do que pode vir pela frente.

Logo depois de uma das eleições mais acirradas de que se tem notícia no País, houve esse momento em que parecia prosperar algum espaço para o distensionamento político. Afinal, foram quase 40 dias de uma disputa cuja temperatura elevada produziu cenas quase diárias de confronto, físico e verbal, incluindo-se entre elas o atentado a faca contra o então postulante à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL).

Nos dias que se seguiram ao lamentável ataque, os ânimos se refrearam, é verdade, e cada candidato tratou de abrandar a retórica em meio a uma corrida marcada por golpes abaixo da linha da cintura. Essa trégua, porém, não duraria muito. E, a se fiar nos fatos, a queda de braço eleitoral não se interrompeu até agora, tendendo a adentrar no novo ano.

Prova disso foi a homologação. Evento já previsto no calendário, trata-se de cerimônia de batismo dos eleitos, por assim dizer. Conduzida pela Justiça Eleitoral, ela se destina somente a reconhecer publicamente que os candidatos sufragados podem de fato exercer os mandatos para os quais foram eleitos.

A exemplo do que se viu durante toda a campanha, todavia, o que deveria ter sido mero ritual sem lugar para extravasamentos partidários cedeu facilmente às paixões que governaram o pleito deste ano. É exatamente aí onde mora o perigo. Açulados, os deputados esqueceram-se rapidamente de qualquer traço de decoro.

Ora, os eleitos são representantes do povo. Deles se espera que encontrem soluções para os impasses sem que, para tanto, necessitem agredir-se.

Natural da política, o confronto é indissociável das discussões cujo tema é controverso. É assim com o modo de governar do presidente eleito. É também com tudo que envolva a possibilidade de soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), preso em Curitiba por corrupção.

Os episódios de baixaria mostram que, passada a eleição, os espíritos não apenas não se desarmaram, como resolveram prescindir dos instrumentos de debate cordato para irem às vias de fato. É, sob qualquer ângulo, um mau sinal, principalmente se se considerar que os envolvidos nessas refregas são nossos atuais e futuros parlamentares.

É nas mãos e nos gestos deles que, não faz tanto tempo, o brasileiro e a brasileira depositaram sua confiança. É cedo ainda, portanto, para decepcioná-los.

Bolsonaro reafirma compromisso de campanha de reduzir presença do Estado

O presidente eleito Jair Bolsonaro reafirmou pelo Twitter neste sábado (22), o compromisso feito durante a campanha eleitoral de reduzir o Estado. Segundo ele, as convergências ministeriais darão o tom de desenvolvimento do país, que foi pautada pela população. “Reduzir o Estado, desenvolvimento sem entraves de ONGs, acordos comerciais bilaterais já em andamento e mudar a atual pífia linha educacional. Vamos alavancar o Brasil!”, disse.

Pela mesma rede social, Bolsonaro negou que um general que trabalha no gabinete de seu filho, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), integrará seu governo. Pelo Twitter, usando a hastag fake news, ele disse que “nenhum general trabalha no gabinete do deputado”.

Segundo o Jornal O GLOBO, a Secretaria de Comunicação (Secom), órgão que será inserido na Secretaria de Governo, comandada pelo general Carlos Alberto dos Santos Cruz, será ocupada por Floriano Barbosa, atualmente assessor no gabinete do deputado federal Eduardo Bolsonaro. Floriano não é militar.

Bolsonaro deve seguir hoje (22) para a Base Naval da Ilha de Marambaia, onde deverá passar o Natal. O presidente eleito deve retornar à sua casa, na Barra da Tijuca, no dia 27 de dezembro, e seguir para a Brasília no dia 29, onde deverá ficar até a posse, em 1º de janeiro.

(Agência Brasil)

TJ do Ceará divulga regime de plantão deste fim de semana e do Natal

138 1

O Poder Judiciário cearense divulgou o regime de plantão que adotará neste fim de semana e no Natal, informa a assessoria de imprensa do TJCE.

No Tribunal de Justiça, o atendimento será feito pelos desembargadores Raimundo Nonato Silva Santos, neste sábado (22), e Lisete de Sousa Gadelha, no domingo (23). Na segunda-feira (24), véspera de Natal, e na terça-feira (25), o atendimento será de responsabilidade da desembargadora Maria Edna Martins e do desembargador Mário Parente Teófilo Neto, respectivamente. O horário do plantão é das 12 às 18 horas, no Palácio da Justiça, bairro Cambeba.

Já no Fórum Clóvis Beviláqua, o plantão ficará a cargo da 3ª, 5ª, 6ª e 9ª Unidades do Juizado Especial Cível de Fortaleza e 2ª, 3ª, 4ª Varas de Delitos do Tráfico de Drogas e 1ª Vara de Execução Penal da Capital. Os juízes estarão disponíveis das 8 às 14 horas. Os pedidos de natureza cível, no âmbito de competência da Infância e da Juventude, destinados apenas para apreciação de casos urgentes, serão analisados pelos citados plantonistas.

Nos 20 Núcleos Regionais que abrangem todas as comarcas do Interior do Estado, o atendimento durante o recesso será das 8 às 14 horas, conforme a Portaria nº 2096/2018, publicada no Diário da Justiça de 22 de novembro.

SERVIÇO

TJCE – 3207.6867

Plantão Cível – no Fórum Clóvis Beviláqua – Avenida Floriano Benevides, nº 220, bairro Edson Queiroz – 3488.6993/8042/8044/8046.

Plantão Criminal – Vara Única de Audiências de Custódia – rua Antônio Pompeu nº 216, bairro Centro, em Fortaleza – 3488.4830/3101/7641).

Delegado César Wagner integra equipe no governo Bolsonaro

1257 44

O delegado cearense César Wagner passará a integrar uma coordenadoria na Secretaria Nacional de Segurança Pública, no governo Bolsonaro, após aceitar a função de coordenador de políticas de segurança pública.

César Wagner irá apoiar o trabalho do general Guilherme Theophilo, titular da pasta. Ele passará a residir com a família em Brasília.

VAMOS NÓS – Boa sorte a mais um cearense no governo Bolsonaro. Cesar Wagner é especialista em segurança pública.

Efeitos concretos da prisão em 2ª instância

Da Coluna Política, no O POVO deste sábado (22):

A tese do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso é de que a exigir trânsito em julgado para início do cumprimento da pena, na prática, torna inviável a execução da sentença. São décadas até que processo criminal percorra todas as instâncias. A Justiça não se efetiva. E Barroso destaca que o impacto disso é mais grave que a impunidade. O fato de o Judiciário não se mostrar efetivo para solução de conflitos e punição de crimes dá fôlego aos instintos de resolver as coisas pelas próprias mãos. A trilha é a da barbárie.

Barroso tem razão: cobrar trânsito em julgado significa, na maioria dos casos, dizer que a pena nunca será cumprida. É um baita estímulo ao crime e ao justiçamento.

O ministro Marco Aurélio Mello contra-argumenta que essa demora até o trânsito em julgado é uma falha do próprio Estado. Não pode, diz ele, ser jogada nas costas do réu. Não seria pretexto, portanto, para que seja aplicada pena a quem ainda não teve a culpa provada. Não se pode usar uma falha do Estado como argumento para violar uma das garantias mais fundamentais. É o Estado que deve se aparelhar para viabilizar a Justiça.

Penso que Marco Aurélio também tem razão.

Camilo recebe Troféu Amigo do Ironman

O governador Camilo Santana recebeu nesta semana o Troféu Amigo do Ironman, durante expediente no Palácio Iracema. A honraria foi entregue pelo secretário executivo do Turismo de Fortaleza, Erick Vasconcelos, também competidor da prova. O prefeito Roberto Cláudio também recebeu o troféu, em solenidade anterior.

O Governo do Estado e a Prefeitura de Fortaleza são os dois maiores patrocinadores do evento, diante do investimento no turismo do Estado e da Capital.

No próximo ano, o Ironman Fortaleza ocorrerá em junho, não mais em novembro, como forma de potencializar o evento para o turismo.

(Foto: Divulgação)

Dr. Cabeto deve ser o novo secretário estadual da Saúde

1109 8

O médico cardiologista Carlos Roberto Martins Rodrigues, o Cabeto, deverá ser o novo secretário estadual da Saúde. Há informações de que ele aceitou o convite feito pelo governador Camilo Santana (PT). Não foi a primeira vez que Camilo buscou o nome dele para integrar sua equipe.

Dr. Cabeto chegou a resistir por estar tocando o projeto de instalação de um distrito sanitário no Porangabussu, mas recebeu aval de que, no cargo de titular da Saúde, terá condições de implantar e ampliar esse empreendimento.

Embora ligado ao PSDB, não haveria problema, até porque, na atual gestão, Maia Júnior, titular da Seplag, é desse partido e tenha avisado sempre que sua presença na gestão de Camilo era uma decisão particular. Cabeto está retornando para o Brasil do Exterior.

Todo o novo secretariado do governador será anunciado, no entanto, até o fim deste mês, num pacote só.

(Foto – O POVO)