Blog do Eliomar

Últimos posts

Cartões de lojas e empréstimos elevam inadimplência em 27 Capitais

“Empréstimos e cartões de loja são os principais vilões da inadimplência, segundo pesquisa – realizada em 27 capitais – com consumidores inadimplentes pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). De acordo com o levantamento, divulgado hoje (27), sete em cada dez (76,1%) entrevistados que contrataram algum empréstimo estão inadimplentes porque não pagaram as parcelas em dia.

As compras feitas no cartão de loja aparecem logo em seguida, deixando 73,1% dos seus usuários com o nome no cadastro de devedores. Os percentuais se mantiveram estáveis na comparação com o ano passado (74,5% para empréstimos e 74,6% para cartões de loja), mas apresentaram alta na comparação com 2014, quando a crise econômica ainda não havia atingido o seu auge, informou o SPC Brasil.

Pagamentos atrasados no crediário ou carnê (62,5%), as parcelas pendentes no cartão de crédito (62,1%) e o cheque especial (46,9%) vêm em seguida como as modalidades de crédito que mais levaram os entrevistados à inadimplência.

Essas duas últimas modalidades mostraram queda significativa frente a 2015, quando as percentuais haviam sido de 73,6% para o cartão de crédito e de 67,8% para o cheque especial.

O estudo revela, ainda, que muitos estão com restrição ao crédito porque deixaram de pagar em dia contas com algum tipo de serviço. Neste caso, a principal conta responsável por deixar os consumidores com o nome sujo é a de telefone fixo e celular, citada por 14,7% dos entrevistados que possuem esse tipo de compromisso (em 2015, o percentual de atrasos era de 21,7%).

Em segundo lugar, aparecem as pendências com mensalidades escolares, citadas por 9,1% dos entrevistados (em 2015 eram 16%).

Atrasos junto às operadoras de TV por assinatura (7,1%), plano de saúde (6,8%), contas de água e luz (6,1%), aluguel (2,2%) e mensalidade do condomínio (2,2%) completam o ranking dos vilões da inadimplência, quando se tratam das dívidas não bancárias.”

(Agência Brasil)

Prefeitura vai entregar o Polo de Lazer da Avenida Sargento Hermínio

625 6

polodelazrr

Nesta quinta-feira, às 18 horas, a Prefeitura de Fortaleza vai entregar a obra de urbanização e requalificação do Polo de Lazer da Avenida Sargento Hermínio. O projeto foi resultado de um investimento de R$ 3,1 milhões.

O Polo de Lazer ganhou novas áreas, como academias ao ar livre, playgrounds, pista de skate, anfiteatro, quadras de areia, quadra poliesportiva, cachorródromo e espaços para a prática de Le Parkour, bicicross, capoeira, corrida, além de novos mobiliários urbanos, paisagismo e iluminação.

areninhaa

O antigo campinho de areia foi transformado em uma Areninha, com gramado sintético, novo alambrado, traves, vestiários e arquibancadas. O local recebeu ainda uma pista de cooper.

(Fotos – Divulgação)

Justificativa de voto – Você já pode imprimir o formulário

“Faltam cinco dias para as Eleições Municipais de 2016. Para você que estará fora do seu domicílio eleitoral nos dias 2 e 30 de outubro, datas do primeiro e segundo turnos, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) oferece em seu Portal na internet uma facilidade: a impressão do Requerimento de Justificativa Eleitoral.

O documento, baixado em formato PDF, pode ser acessado na página inicial do TSE, por meio dos links “Eleitor” e, em seguida, “Justificativa eleitoral”. Vale lembrar que o eleitor terá de preencher o formulário e assiná-lo na presença de um mesário, em qualquer local destinado ao recebimento de justificativa eleitoral no dia da votação.

Para preenchimento do formulário, é indispensável que o eleitor tenha em mãos o número do título. Além do requerimento devidamente preenchido, o eleitor terá de apresentar um documento de identificação oficial com foto, tais como carteira de identidade, carteira nacional de habilitação, carteira de trabalho, passaporte, identidade funcional ou qualquer outro documento de valor legal equivalente.

Se o eleitor não puder apresentar a justificativa de ausência no dia da votação, ele tem até 60 dias após as eleições (contados da realização de cada turno do pleito) para entregar o requerimento em qualquer cartório ou posto de atendimento eleitoral, ou, na impossibilidade, pode encaminhá-lo, via postal, ao cartório da zona eleitoral onde for inscrito.”

(Site do TSE)

Luizianne Lins vai expor plano de governo no Teatro da Praia

foto luizianne e elmano eleições 2016

Luizianne e seu vice, Elmano de Freitas.

A candidata à Prefeitura de Fortaleza pelo PT, deputada federal Luizianne Lins (PT), fará uma apresentação pública do seu Programa de Governo nesta terça-feira, às 20 horas, no Teatro da Praia.

O Programa de Governo, que, segundo a postulante, foi construído de maneira participativa em plenárias, reuniões e debates com diversos setores da sociedade de Fortaleza, conta com mais de 400 propostas, distribuídas nas áreas de saúde, educação, segurança, habitação, mobilidade, meio-ambiente, juventude, mulheres, direitos humanos, cultura, turismo, dentre outras.

Durante o evento desta terça haverá, também, o lançamento de um manifesto da sociedade civil em apoio à candidatura de Luizianne para a Prefeitura de Fortaleza.

SERVIÇO

*O documento na íntegra pode ser acessado no site da candidata: www.luizianneprefeita13.com.br.

*Teatro da Praia  – Rua José Avelino, 662 – Praia de Iracema.

(Foto – Divulgação)

BC projeta inflação de 7,3% neste ano e estima recuo para 4,4% em 2017

O Banco Central (BC) aumentou a projeção para a inflação este ano. Na estimativa, a inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), deve ficar em 7,3% em 2016, ante 6,9% previstos em junho. O cálculo está no Relatório Trimestral de Inflação, divulgado hoje (27) em Brasília. A projeção estoura o teto da meta de inflação de 6,5% e fica longe do centro da meta (4,5%), que deve ser perseguida pelo BC.

Em 2017, a inflação deve recuar e encerrar o período em 4,4%, ante 4,7% previstos anteriormente. O limite superior da meta no próximo ano é 6%, com centro em 4,5%. Para 2018, a projeção é 3,8%.

Essas projeções são do cenário de referência, em que o BC levou em consideração informações disponíveis até o último dia 22 para fazer as estimativas. Nesse cenário, foram considerados o dólar a R$ 3,30 e a taxa básica de juros, a Selic, atualmente em 14,25% ao ano.

O Banco Central também divulga os dados do cenário de mercado que faz estimativas para a taxa de câmbio e a Selic. No cenário de mercado, a previsão para a inflação neste ano também deve ficar em 7,3%, ante a estimativa de 7% divulgada em junho. Em 2017, a projeção é 4,9%, ante 5,5% previstos anteriormente. Em 2018, a estimativa ficou em 4,6%.

Novos cenários

Neste relatório, o BC também apresentou dois cenários adicionais. Em um deles, para fazer as projeções para a inflação supõe-se que a taxa de câmbio permanecerá constante em R$ 3,30 durante todo o horizonte e que a taxa Selic evoluirá conforme trajetória apurada pela pesquisa Focus, feita pelo BC junto a instituições financeiras. Nesse cenário, a inflação ficará em 7,3%, este ano, 4,8%, em 2017, e 4,5%, em 2018.

O segundo cenário supõe que a taxa Selic será mantida inalterada em 14,25% e que a taxa de câmbio evoluirá conforme projeções apuradas pela pesquisa Focus. Neste caso, a inflação também deve ficar em 7,3% em 2016, caindo para 4,5% no próximo ano e para 4%, em 2018.

Meta de inflação

É função do BC fazer com que a inflação fique dentro da meta. Um dos instrumentos usados para influenciar a atividade econômica e, consequentemente, a inflação, é a taxa básica de juros, a Selic.

Sempre que o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central aumenta a Selic, o objetivo é conter a demanda aquecida, e isso gera reflexos nos preços, porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Já quando o Copom reduz os juros básicos, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, mas a medida alivia o controle sobre a inflação.”

(Agência Brasil)

Candidatos fazem considerações finais

Luizianne Lins alerta para propostas enganosas e mirabolantes.

Capitão Wagner denuncia que tentarão comprar votos no dia da eleição.

Heitor Férrer diz que possui 30 anos de vida pública e que não possui cacique político.

Ronaldo Martins diz que prioridade do gestor tem que ser a população.

Roberto Cláudio ressalta que é gestor em meio a maior crise econômica do país e, mesmo assim, construiu equipamentos públicos e outras obras.

Tin Gomes diz que é experiente e que irá trabalhar para a saúde.

Luizianne Lins e Roberto Cláudio falam sobre o IPM

eleicoes-2016-debate-janga-luizianne

Luizianne Lins diz que IPM está sendo esvaziado, diante da dificuldade no atendimento.

Roberto Cláudio nega esvaziamento e diz que parentes em primeiro grau ganharam o direito ao atendimento.

Luizianne Lins pede que Roberto Cláudio converse com servidores para se inteirar da realidade.

Roberto Cláudio destaca sede nova e também afirma que há desinformação por parte de Luizianne.