Blog do Eliomar

Últimos posts

FCF já acerta detalhes sobre o regulamento do Campeonato Cearense 2017

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=NWUjx2vRG8Y[/embedyt]

A Federação Cerense de Futebol (FCF) deve divulgar, em meados de outubro próximo, o regulamento do Campeonato Cearense 2017. A previsão foi feita nesta segunda-feira pelo presidente da entidade, Mauro Carmélio.

Ele disse que o regulamento vem sendo alvo de discussões envolvendo clubes, entidades de jogadores, de árbitros e até a crônica esportiva.

Mauro Carmélio deu uma certeza: vai mudar, na Série B do Cearense, a questão do W.O, que gera briga jurídica entre o Ferroviário e o Alto Santo. O julgamento dessa pendenga deve ocorrer até 15 de outubro.

O presidente da FCF seguiu para o Rio de Janeiro, onde disse que iria tratar sobre datas do interesse do Fortaleza no “mata-mata” da Série C, bem como datas do interesse do time do Ceará na Série B do Brasileirão.

Mercado financeiro estima inflação de 7,36% para este ano

“A projeção de instituições financeiras para a inflação este ano, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), subiu 7,34% para 7,36%. Para 2017, a estimativa foi mantida em 5,12%. As projeções fazem parte de pesquisa feita todas as semanas pelo Banco Central (BC) com instituições financeiras.

As estimativas estão acima do centro da meta de inflação, de 4,5%. O limite superior da meta de inflação é 6,5% este ano e 6% em 2017. É função do Banco Central fazer com que a inflação fique dentro da meta. Um dos instrumentos usados para influenciar a atividade econômica e, consequentemente, a inflação, é a taxa básica de juros, a Selic, atualmente em 14,25% ao ano.

Quando o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central aumenta a Selic, o objetivo é conter a demanda aquecida, e isso gera reflexos nos preços, porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Quando o Copom reduz os juros básicos, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, mas a medida alivia o controle sobre a inflação.

O BC tem que encontrar equilíbrio ao tomar decisões sobre a taxa básica de juros, de modo a fazer com que a inflação fique dentro da meta estabelecida pelo Conselho Monetário Nacional. A expectativa das instituições financeiras para a Selic permanece em 13,75% ao ano, ao final de 2016, e segue em 11% ao ano, no fim de 2017.

A estimativa de instituições financeiras para a queda do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, foi alterada de 3,20% para 3,18%. Para 2017, a estimativa de crescimento permanece em 1,3%.”

(Agência Brasil)

Ceará vai expor ações da área econômica em evento do Banco Mundial

 

Flavio Ataliba Diretor Geral IPECE (1)

Nesta segunda-feira, o diretor-geral do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), Flávio Ataliba, dará palestra no Rio de Janeiro. Ele falará sobre o PforR Ceará e atende a um convite do presidente do Instituto Brasileiro de Economia (IBRE), Luiz Guilherme Schymura, órgão vinculado à Fundação Getúlio Vargas (FGV).

O evento será fechado para convidados da área de economia e tem o objetivo de mostrar bons exemplos e práticas da administração pública. O secretário da Fazenda, Mauro Filho, também participará e fará uma exposição das finanças do Estado que, nesse momento de crise econômica, consegue honrar com seus compromissos.

O que é o PforR?

O Programa para Resultados do Banco Mundial é um projeto de apoio ao crescimento econômico com redução das desigualdades e sustentabilidade ambiental do estado do Ceará. É um importante instrumento de crédito em que os desembolsos são condicionados aos resultados e cumprimento de metas do Plano Plurianual.

O PforR teve início em 2012 e atualmente existem 44 pelo mundo. O PforR Ceará é inédito no Brasil. Na América Latina e Caribe está presente no Uruguai, México e Costa Rica. Aqui no Estado o Programa começou em 2014 e segue até janeiro de 2018. O BIRD já sinaliza interesse em continuar a parceira com o PforR.

Cármen Lúcia assumirá a presidência do STF

ministra carmen lucia

“A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Cármen Lúcia será empossada hoje (12) no cargo de presidente da Corte pelos próximos dois anos. Ela substituirá o ministro Ricardo Lewandowski, cujo mandato terminou. A cerimônia está marcada para as 15 horas.

Cerca de 2 mil pessoas foram convidadas, entre elas o presidente Michel Temer, os presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do Senado, Renan Calheiros, além de outras autoridades. Na abertura, o cantor Caetano Veloso vai cantar o Hino Nacional.

Na cerimônia, a ministra quebrará o protocolo do Supremo e não haverá a tradicional festa de recepção aos convidados, bancada por associações de magistrados em todas as posses de ministros da Corte. Na semana passada, ao participar da última sessão na Segunda Turma, ela disse que não gosta de festa, mas de processo.

Perfil

Cármen Lúcia Antunes Rocha tem 62 anos, foi indicada para o Supremo pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e tomou posse em 2006. A ministra nasceu em Montes Claros (MG) e formou-se em direito pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC), em 1977. Ela será a segunda mulher a assumir o cargo. A primeira foi a ex-ministra Ellen Gracie.”

(Agência Brasil)

Prefeitura vai inaugurar a Escola José Júlio da Ponte

jose-julio-da-ponte

Será inaugurada às 9 horas desta segunda-feira a Escola de Tempo Integral de nº 20 da Prefeitura de Fortaleza. Trata-se da Escola Professor José Júlio da Ponte, que funcionará no bairro Bela Vista.

O estabelecimento contará com 180 alunos, que terão biblioteca, refeitório e laboratórios de informática, matemática, química, física e biologia.

O ato de inauguração terá à frente da primeira dama de Fortaleza, Carol Bezerra, e o secretário municipal da educação, Jaime Cavalcante.

  • Sobre José Júlio da Ponte aqui.

Profissionais de saúde criam movimento para pressionar a esfera oficial

Da Coluna Vertical, do O POVO desta segunda-feira (12):

Criado o Movimento Unificado dos Profissionais de Saúde do Estado, que reúne 11 entidades sindicais: do Sindicato dos Médicos ao Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde.

O grupo fará assembleia na próxima quarta-feira, às 16h30min, na sede da ABO-CE (Associação Brasileira de Odontologia), para tratar sobre reajuste salarial das categorias, efetivação de concursados, realização de concurso público e posicionamento contra a precarização do trabalho na área da Saúde.

Também vão confirmar posição contrária ao possível fechamento do serviço de Emergência Obstétrica do HGF, cobrar o cumprimento do Plano de Cargos, Carreiras e Salários dos servidores públicos do Estado e deliberar sobre greve, paralisação e/ou mobilização conjunta das categorias.

Há quem lamente ver esse tipo de movimento aparecendo somente em período eleitoral. A sede da ABO-CE fica na rua Gonçalves Lêdo, 1.630, no Centro.

POVO/Datafolha – 71% aprovam uso de armas pela Guarda Municipal

79 1

guarda-municipal-de-fortaleza

O uso de armas de fogo pela Guarda Municipal de Fortaleza é apoiada por 71% dos entrevistados pela pesquisa O POVO/Datafolha. O tema tem sido dos mais polêmicos do debate eleitoral. Entre os entrevistados, 24% são contra o uso de armas letais pela Guarda. Outros 3% disseram ser indiferentes e 2% não souberam responder.

Os candidatos a prefeito se dividem. Quatro são contra o uso de armas letais pela Guarda, dois são a favor, um defende o armamento parcial e um não se manifestou.

Para o vendedor Flávio Lourenço, 33, um dos questionamentos sobre armar a Guarda, além do preparo técnico dos agentes, é sobre o custo. “Vimos, há poucos meses, manifestação para que chamassem os guardas municipais que passaram no concurso. Como vai se pagar as armas, a munição e o treinamento?”, indagou. Porém, Flávio considera que, se for viável, a medida contribuirá para o combate à criminalidade.

A atendente Marlene Aquino, 42, reconhece o armamento da Guarda como ação “muito boa”, pois representaria segurança para a população e para os guardas. “Os bandidos recuariam de muitas ações sabendo que aquele guarda estaria armado”, diz.

Busca de resposta

Professor do departamento de Filosofia da Universidade Estadual do Ceará (Uece), Francisco Luciano Teixeira Filho afirma que a iniciativa serve como resposta à insegurança. “É absolutamente razoável que, diante de um quadro de urgência no que tange à segurança, as pessoas sintam necessidade de uma Guarda ostensiva. Mas, a maioria não sabe como isso funcionaria”, acredita.

“O poder público não pode ser levado a essas impressões. Armar a Guarda sem estudos, sem cuidado, pode ser uma atitude terrível”. Para o professor, a justificativa de proteção para a própria categoria pode ser equivocada. “Índices de morte de guardas são irrisórios. Armados, eles podem passar a adentrar conflitos em nível mais elevado, podendo ser alvo das milícias urbanas”.

O Datafolha ouviu 816 pessoas nos dias 8 e 9 de setembro. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Os fortalezenses e o medo

Pesquisa O POVO/Datafolha aferiu a relação dos fortalezenses com o medo. Os números mostram como a sensação de insegurança nos diferentes segmentos

SEXO

As mulheres afirmam sentir mais medo que os homens em todas as situações pesquisadas.

80% delas dizem ter muito medo de serem assaltadas na rua. Entre os homens, o percentual é de 63%. 14% dos homens dizem não ter nenhum medo de serem assaltados na rua. As mulheres que afirmam não ter esse receio são 7%.EDUCAÇÃO

O medo de assaltos na rua é maior entre os que têm ensino superior. São 77% dos que têm nível universitário que afirmam ter muito medo desse tipo de crime, enquanto 6% dizem não ter medo algum.

Entre os fortalezenses com nível fundamental, são 73% os que dizem ter muito medo de muito medo de assalto. Entre os que têm ensino médio, são 70%. E, nessas faixas, os que dizem não ter medo algum são 12% e 11%, respectivamente.

USO DE ARMA DE FOGO PELA GUARDA

O apoio ao uso de armas pela Guarda Municipal é um pouco menor entre os que têm maior renda e mais escolaridade, embora seja majoritário também nesses segmentos.

Dos que têm ensino superior, 65% defendem o uso de armas pela Guarda. Nas demais faixas educacionais, a aprovação é de 73%. No quesito renda, quanto menor a faixa salarial, maior o apoio ao uso de armas de fogo pela Guarda.Entre os que têm renda superior a cinco salários mínimos, 60% defendem o uso de armas pela Guarda. No segmento com renda entre dois e cinco salários mínimos, o índice sobe para 72%. Entre os que ganham até dois salários mínimos, são 74%.

RESPONSABILIDADE

As mulheres são mais  favoráveis a que o prefeito seja o principal responsável pela segurança pública.

As mulheres são mais favoráveis a que o prefeito seja o principal responsável pela segurança pública. Entre os homens, 48% acham que o governador deve ser o maior responsável pela segurança. Entre as mulheres, o índice cai para 39%.

O que pensam os candidatos

A posição dos candidatos a prefeito de Fortaleza sobre permitir ou não o uso de armas de fogo pela Guarda Municipal. Quatro candidatos são contra, dois são a favor. Um defende armamento parcial e um não se posicionou

Roberto Cláudio (PDT)

Em sua gestão, a Prefeitura encomendou estudo sobre armar a Guarda Municipal, cujo resultado ainda não foi divulgado

Capitão Wagner (PR)
Defende que a Guarda Municipal use arma de fogo e receba treinamento para o usoLuizianne Lins (PT)

É contra liberar o uso de armas de fogo pela Guarda Municipal

Heitor Férrer (PSB)

É contra liberar o uso de armas de fogo pela Guarda Municipal

Ronaldo Martins (PRB)
É a favor de armar a Guarda Municipal com instrumentos letaisJoão Alfredo (Psol)

É contra liberar o uso de armas de fogo pela Guarda Municipal

Gonzaga (PSTU)

É contra liberar o uso de armas de fogo pela Guarda Municipal

Tin Gomes (PHS)

Defende armamento de parte da Guarda Municipal, a depender das funções.

 
(O POVO – Repórter Sara Oliveira)

TRE/CE alerta para fim do prazo da prestação de contas de campanha

A Secretaria de Controle Interno do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará comunica aos candidatos e partidos políticos que termina nesta terça-feira (13) o prazo para a prestação de contas parcial. Essa prestação deverá ser enviada à Justiça Eleitoral por intermédio do Sistema de Prestação de Contas Eleitorais (SPCE).

Nela, deverão ser registradas todas as receitas e despesas ocorridas desde o início da campanha até o dia 8 de setembro, em cumprimento ao disposto no § 4º, do art. 43 da Resolução TSE nº 23.463/2015.

De acordo com a Resolução, no próximo dia 15, o Tribunal Superior Eleitoral divulgará, em sua página na Internet, as prestações de contas parciais de todos os candidatos e partidos políticos, com a indicação dos nomes dos doadores de campanha, inclusive indicando CPF ou CNPJ (partidos) e valores recebidos a título de doação (§ 5º, art. 43, Resolução TSE nº 23.463/2015).

 

Para protestar, vale até dar um tempinho na campanha

foto-manifestacao-160911-temer-pca-portugal

Cerca de quatro mil pessoas – segundo os organizadores da manifestação – participaram nesse domingo (11), na Praça Portugal, do protesto contra o presidente Michel Temer e ato a favor de nova eleição ao Palácio do Planalto.

O movimento aponta para um governo “ilegítimo”, além de querer mexer nos direitos do trabalhador.

Entre os manifestantes estava o vereador e candidato à reeleição Acrísio Sena (PT), que deu um tempinho na campanha para protestar.

“Máfia dos Sanguessugas” Justiça Eleitoral indefere candidatura Rommel Feijó em Barbalha

A Justiça Eleitoral indeferiu o pedido de registro da candidatura do ex-prefeito e ex-deputado federal Rommel Feijó (PSDB). A decisão saiu nesse domingo (11), e já está publicada no mural do cartório eleitoral de Barbalha. O juiz Leonardo Afonso concordou com o parecer do Ministério Público Eleitoral que já havia se pronunciado contra o registro, baseado na condenação que Rommel teve na Justiça Federal do Ceará, por envolvimento na “Máfia dos Sanguessugas”.

Em 2014, o ex-deputado federal foi condenado a 7 anos de prisão e teve os direitos políticos cassados por determinação da Justiça Federal. A defesa de Rommel recorreu ao 5º Tribunal da Justiça Federal, em Recife, mas a sentença foi mantida pelo colegiado de desembargadores federais.

Recentemente, Rommel também obteve mais uma derrota nos tribunais, quando o Superior Tribunal Justiça (STJ), negou prosseguimento da ação que tramitava naquele órgão para obtenção de liminar e, consequentemente torná-lo elegível nessas eleições.

Agora com a decisão do juiz eleitoral de Barbalha, Leonardo Afonso, a coligação “Um novo tempo para Barbalha” tem que decidir entre recorrer ao TRE ou lançar uma nova chapa.

Se recorrer, a coligação perde o prazo para substituir a chapa correndo o risco de ficar de fora das eleições 2016. Outra opção é lançar até a 19 horas desta segunda-feira (12) nova chapa a ser encabeçada pelo atual candidato a vice, Argemiro Sampaio. Prazo para o deferimento das candidaturas, bem como para substituição de candidatos se encerra às 19 horas desta segunda-feira.

(Flávio Pinto News)

Arnon Bezerra participa de procissão criada pelo pai em Juazeiro do Norte

arnonnn

O candidato a prefeito de Juazeiro do Norte, deputado federal Arnon Bezerra (PTB), e seu candidato a vice, Giovanni Sampaio, participaram, no fim da tarde desse domingo, da tradicional procissão dos carroceiros. A festa foi idealizada pelo pai do postulante, Leandro Bezerra, e completou 44 anos.

Faz parte das comemorações em homenagem à padroeira de Juazeiro do Norte, Nossa Senhora das Dores, que serão encerradas no próximo domingo.

Arnon, juntamente com correligionários, aproveitou para cumprimentar eleitores que lotaram as ruas do município para assistir a essa tradição religiosa. A procissão dos carroceiros já faz parte do calendário de festa da cidade.

(Foto – Divulgação)

PDV tem riscos para trabalhadores e empresas em cenário de crise econômica

Diante de um cenário de crise econômica e a consequente redução da demanda e elevação dos custos, grandes empresas, como Petrobras e Embraer, ofereceram a seus funcionários Planos de Demissão Voluntária (PDV), como forma de reduzir despesas e ganhar fôlego para atravessar o momento de turbulência. Se para as companhias a medida é uma alternativa de desafogo, especialistas avaliam que, para os empregados, a adesão a um PDV pode ser um caminho perigoso, se não forem observados, cuidadosamente, os prós e contras.

Para o professor da Faculdade de Economia da Universidade de São Paulo (USP) Fernando Botelho, antes de deixar o emprego, o trabalhador deve calcular as chances de reinserção no mercado de trabalho. “Estamos em um momento de crise e, em geral, quem acaba entrando nos PDVs são as pessoas mais empreendedoras, mais dispostas a assumir riscos. Mas há um risco muito grande de a pessoa entrar no PDV e, mesmo depois de passar muito tempo [após o desligamento], ela não conseguir encontrar uma ocupação”, alerta.

Para o professor da Faculdade de Administração da Universidade de Brasília (UnB), Jorge Pinho, uma coisa é trabalhar 20 anos debaixo de um guarda-chuva e outra coisa é ir se expor ao sol. “Não é porque você tem grande experiência em uma empresa que vai conseguir se realocar com facilidade”, diz.

(Agência Brasil)

Polícia Federal prende homem com 1,5 mil comprimidos de ecstasy no Aeroporto

Um homem foi preso no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, na noite deste sábado, 10, com 1,5 mil comprimidos de ecstasy. A Polícia Federal (PF) encontrou o material ilícito durante fiscalização de rotina.

Os policiais federais abordaram o suspeito e, após revista pessoal, encontraram três pacotes de ecstasy escondidos na cueca. Conforme a PF, o homem foi encaminhado à sede da Polícia Federal no Ceará e responderá por crime de tráfico interestadual de droga.

No fim de semana passado, também no aeroporto, foram apreendidos 14 kg de maconha, dentro de uma mala que foi abandonada por um passageiro de um voo proveniente de Cascavel (PR).

(O POVO Online)

Heitor afirma que pesquisas não correspondem ao sentimento das ruas

eleicoes-2016-fortaleza-psb-0911-heitor

O candidato do PSB à Prefeitura de Fortaleza, Heitor Férrer (PSB), disse neste domingo (11), durante visita à Feira da Messejana, que as pesquisas eleitorais não correspondem ao sentimento das ruas.

Quarto colocado nas pesquisas de intenção de voto, Heitor avalia que os índices contradizem o carinho que recebe do eleitorado, “que nos acolhe de maneira muito festiva, consolidando ainda mais nossa candidatura”.

(Foto: Reprodução Facebook)

Capitão Wagner diz em carreta que vai colocar para funcionar todos os equipamentos de saúde

eleicoes-2016-fortaleza-pr-0911-carreata

O candidato a prefeito de Fortaleza, Capitão Wagner (PR), e seu vice Gaudencio Lucena (PMDB) percorreram neste domingo (11) as ruas dos bairros Granja Portugal, Bom Jardim e Conjunto Ceará.

Durante a carreata, os moradores dos três bairros apresentaram suas demandas com foco na saúde, quando alegaram postos de saúde inoperantes, sem médicos para o atendimento e de medicamentos, na insegurança e também na falta de saneamento básico.

“No Bom Jardim, por exemplo, registramos vários locais onde esgoto corre a céu aberto. O cidadão não aguenta mais tanto abandono. Vamos colocar para funcionar os equipamentos de saúde existentes”, assegurou Capitão Wagner.

(Foto: Divulgação)

Roberto Cláudio diz em carreata que “Fortaleza está no rumo certo”

205 5

eleicoes-2016-fortaleza-pdt-0911-carreata

Na maior carreata da campanha até o momento, quando veículos enfileirados ocuparam quilômetros das principais vias da zona sudeste da cidade e também da orla marítima, na manhã deste domingo (11), o candidato do PDT à reeleição ao Palácio do Bispo, Roberto Cláudio, disse que “Fortaleza está no rumo certo”.

Roberto Cláudio afirmou que a população atendeu ao chamado da carreata e promoveu um dos maiores atos que ele já viu na política. “O carinho das pessoas nas calçadas e os acenos dos motoristas que passavam pelo outro lado da avenida também foram gratificantes e nos fortalecem para que continuemos a fazer cada vez mais por Fortaleza”, comentou o prefeito, candidato à reeleição.

(Foto: Divulgação)

Tin Gomes visita a maior feira da Messejana

eleicoes-2016-fortaleza-phs-0911-tin

O candidato a prefeito de Fortaleza pelo PHS, deputado estadual Tin Gomes, percorreu neste domingo (11) as ruas da tradicional Feira da Grande Messejana. Ele ouviu as principais reivindicações dos feirantes e também recebeu apoio de fregueses da feira.

Desde o início de sua campanha,Tin Gomes optou pelo contato direto com o povo para apresentar suas propostas de governo. Nesse sábado (10), o candidato caminhou pelas ruas do bairro Conjunto Esperança.

(Foto: Divulgação)