Blog do Eliomar

Últimos posts

Médico cearense cria aplicativo que pode tornar sistema de saúde mais organizado

No mundo dos aplicativos, eis que apareceu um que promete organizar um setor dos mais problemáticos: a saúde. Trata-se do aplicativo de celular Plantão Ativo. A ferramenta é totalmente gratuita e ajuda profissionais em mais de 14 áreas a organizar plantões hospitalares e buscar novas oportunidades de trabalho.

A criação é do médico cearense Jairo Mapurunga Júnior que, a partir da própria experiência como médico e plantonista do Samu, percebeu a necessidade de uma sistema que tornasse mais organizadas e transparentes as escalas das equipes de plantão, além das vagas disponíveis.

“A proposta do Plantão Ativo é conquistar uma saúde mais digna no nosso País, aproximando e facilitando a vida de todos os integrantes da área da saúde”, afirma Jairo Júnior

O Plantão Ativo, desenvolvido pela agência cearense Index Digital, já tem abrangência nacional, com quase quatro mil profissionais beneficiados e cerca de 11 mil instituições cadastradas em todo o País.

Escalas e horários

No aplicativo, o gestor de escala cria um grupo do setor de trabalho, define os horários dos plantões, adiciona os plantonistas e lança a escala de cada um. Os plantonistas recebem a escala online, podendo trocar ou ceder os plantões com os colegas do grupo, de uma forma mais simples, ágil e segura.

As trocas e passagens de plantões podem ser visualizadas dentro de um calendário único de cada grupo e sempre são oficializadas instantaneamente via e-mail.

Jairo Mapurunga Jr. diz que essa é a primeira ferramenta totalmente gratuita no Brasil que engloba diferentes áreas ligadas à saúde, desde médico a condutor socorrista. Através do aplicativo, as trocas de médicos plantonistas ficam documentadas e as vagas disponíveis podem ser visualizadas por centenas de profissionais, por exemplo.

Numa demonstração rápida, uma pesquisa por vagas de trabalho no Ceará mostra diferentes oportunidades em vários municípios, inclusive na Capital. O importante é organizar o serviço e melhorar o atendimento para a população.

(Foto – Divulgação)

PGR insistiu para saber se filho de Lula era o dono de fato da Friboi

Há anos, sussurra-se nos corredores de Brasília que o filho de Lula, Lulinha, era sócio de Joesley Batista e, de fato, o verdadeiro dono da Friboi.

Os procuradores da PGR questionaram Joesley, mais de uma vez, sobre a relação do executivo com o herdeiro do ex-presidente.

O delator do momento jurou de pé junto que a tese não passa de boato e que nenhum dos filhos do petista dá cartas em empresas da J&F, informa a Veja Online.

Vice-presidente do TRE/CE engrossa pressão em Brasília contra a extinção de zonas eleitorais

A vice-presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargadora Naílde Pinheiro Nogueira, encontra-se em Brasília. Representando o presidente do TRE, desembargador Abelardo Benevides, participará de reunião convocada pela Associação dos Magistrados do Brasil (AMB).

A entidade convocou todos os presidentes de TREs para discutir alternativas contra portaria baixada recentemente pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Gilmar Mendes, que extingue várias zonas eleitorais no País sob a justificativa de redução de gastos.

Segundo a desembargadora Naílde Pinheiro, a medida atinge no Ceará cerca de 20 zonas eleitorais, o que seria prejuízos para os eleitores e servidores da área. “O eleitor ficaria longe de sua zona e teria que se deslocar para outro município”, diz ela, enquanto viria sobrecarga de trabalho para o corpo funcional.

Naílde Pinheiro considera uma temeridade a adoção da medida um ano antes das eleições para presidente, governador, deputado federal e deputado estadual.

(Foto – Paulo MOska)

PF prende no Ceará o braço-direito da quadrilha do traficante Fernando Beira-Mar

A Polícia Federal cumpre, desde às 6 horas desta quarta-feira (24), mandados de prisão em cinco estados, entre estes o Ceará, e no Distrito Federal contra a quadrilha do traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar. Às 6h28min, os agentes chegaram em um condomínio de luxo no bairro Vinte e Cinco de Agosto, em Duque de Caxias, onde mora Alessandra da Costa, irmã do traficante e apontada como sua conselheira. Contra Alessandra há um mandado de prisão por organização criminosa e lavagem de dinheiro. Nesta manhã, foram presos um dos filhos do criminoso na Paraíba e um braço-direito do traficante no Ceará. O nome não foi divulgado ainda.

Após um ano e meio de investigações, a PF descobriu que Beira-Mar, preso na Penitenciária Federal de Porto Velho, em Rondônia, diversificou os negócios: os lucros agora vão além do tráfico de drogas. O criminoso controla máquinas de caça-níquel, venda de botijões de gás, cesta básica, mototáxi, venda de cigarros e até o abastecimento de água.

Os policiais cumprem 35 mandados de prisão, sendo 22 prisões preventivas e 13 temporárias, 27 de condução coercitiva e 86 de busca e apreensão nos estados do Rio, Rondônia, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Ceará e no Distrito Federal. As principais áreas de atuação de Fernandinho Beira-mar são três comunidades de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense: favela Beira-Mar, Parque das Missões e Parque Boavista.

Segundo os investigadores, na denúncia que deu origem à investigação, foi descoberto que há uma grande quadrilha liderada pelo traficante que, mesmo preso no presídio Federal de Porto Velho, coordena o grupo por meio de mensagens escritas por meio de papel e por meio de aparelho celular.

Desde 2006, Fernandinho Beira-Mar está preso em uma penitenciária federal. Em 2007, a Polícia Federal investigou o criminoso e descobriu que, apesar da vigilância, ele manteve o fornecimento de drogas (maconha e cocaína) para favelas do Rio. A investigação da PF, na ocasião, levou 19 pessoas para a prisão.

(Portal G1-RJ)

Ministério Público vai pedir quebra de sigilo bancário de ex-assessor de Temer

O Ministério Público tem um rosário de provas de que Tadeu Filippelli, assessor de Michel Temer preso pela Polícia Federal nessa terça-feira, encheu o bolso de propina durante a construção do Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Parte era paga em dinheiro vivo e outra, em transferências bancárias. Aí é que está o problema, segundo a Coluna Radar, da Veja Online.

Os procuradores pedirão a quebra dos sigilos bancários de Filippelli e dos ex-governadores do Distrito Federal José Roberto Arruda e Agnelo Queiroz, também presos hoje, além de pessoas e empresas ligadas a eles.

Os investigadores apostam que daí surgirá ao menos um fragmento significativo da fortuna embolsada pelas excelências.

Juiz da 15ª Vara Criminal assume Caso Paulo Timbó

O juiz Fabrício Vasconcelos Mazza, da 15ª Vara Criminal de Fortaleza, acolheu judicialmente o inquérito contra o desembargador aposentado Paulo Timbó, que é investigado por suposta venda de liminares quando atuava nos plantões do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE). O despacho, assinado na segunda-feira, foi publicado ontem no site do Tribunal (www.tjce.jus.br).

Mazza interrompe uma sequência de dez outros magistrados que, desde 1º de fevereiro deste ano, vinham se declarando impedidos de assumir a condução processual do caso. A maioria desistiu com a motivação de “foro íntimo”, como O POVO mostrou na edição do dia 3 deste mês. O episódio causou constrangimentos na Corte cearense.

A investigação tramitou até o fim de 2016 no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Foi remetida para a Justiça Estadual no início de fevereiro, porque Timbó perdeu o foro privilegiado ao se aposentar. A 5ª Criminal foi designada originalmente por sorteio, mas abriu a série de impedimentos.

O juiz informou que, até ontem, a 15ª Criminal continuava sem a permissão eletrônica para manusear os 13 volumes dos autos. O acesso estava aberto apenas para visualização e, oficialmente, ainda atrelado à 5ª Criminal. “Vamos depois remeter os autos para o Ministério Público verificar se há elementos pra oferecer denúncia”, explicou Mazza.

Timbó segue na condição de investigado, por suposta participação no esquema de corrupção no Judiciário levantado pela operação Expresso 150, da Polícia Federal. Somente se o MP denunciar e o juiz acatar é que o desembargador passará à situação de réu. Nos autos, Timbó nega as acusações. “Ainda vamos aguardar se o MP pedirá novas diligências ou se nem verá necessidade de denunciar”, ponderou Mazza.

Saiba mais

Desde 2014 no CNJ

A conduta disciplinar de Paulo Timbó é investigada desde 2014 pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), quando ele ainda atuava como desembargador.Aposentado antes

Em 2015, dez anos antes de completar o tempo para o afastamento compulsório (70 anos), Timbó se aposentou.

Mais desembargadores

Além de Timbó, mais quatro desembargadores foram citados na Expresso 150: Váldsen Pereira (aposentado), Carlos Feitosa, Francisco Pedrosa e Sérgia Miranda (os três afastados). Todos negam as acusações. Feitosa e nove advogados são réus no STJ.

(Jornal O POVO)

Papa recebe Trump no Vaticano

 

O papa Francisco e o presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, se reuniram nesta quarta-feira (24) no Vaticano durante 27 minutos e depois fizeram a troca habitual de presentes. A informação é da Agência EFE.

Após a conversa,Trump apresentou sua delegação, da qual fazem parte a mulher Melania, a filha mais velha, Ivanka, o genro, Jared Kushner, além do secretário de Estado, Rex Tillerson, do assessor de Segurança Nacional, o tenente-geral H.R. McMaster, e da porta-voz presidencial, Hope Hicks, mais oito pessoas e uma intérprete.

Francisco cumprimentou com cordialidade Melania, a quem perguntou se tinham comido “pizza”, e depois abençoou um objeto que a esposa do presidente tinha nas mãos. Ivanka também disse algumas palavras ao pontífice, que a escutou sem falar.

Depois, na tradicional entrega de presentes, Trump lhe deu uma caixa que continha, segundo ele, “livros de Martin Luther King”.

Francisco, por sua vez, entregou a Trump seus três escritos principais: as encíclicas Evangelii Gaudium e Laudato Se e a exortação Amoris Laetitia, além de sua última mensagem da jornada de paz. Ele também abençoou um terço que apresentou aos Trump em uma bandeja.

O presidente norte-americano disse ao papa, ao receber seus escritos: “Leremos”.

O presente mais simbólico foi o medalhão de bronze com que o papa presenteia muitos chefes de Estado, representando uma oliveira que cresce em uma pedra partida.

O papa Francisco recebeu Trump com um aperto de mão. Depois, foram à biblioteca para a reunião, que ocorreu com a ajuda de um intérprete, já que, como justificou Francisco ao presidente, seu inglês não é muito bom.

Enquanto durou a conversa, Melania e Ivanka Trump visitaram a Capela Paolina e a Sala Régia do Vaticano.

(Com Agência EFE)

“Fora Temer” – Sindicalistas cearenses participam de manifestação nesta quarta-feira em Brasília

Da Coluna Vertical, no O POVO desta quarta-feira (24):

O “Fora Tremer” vai troar à vontade, durante todo o dia de hoje, em Brasília. Principalmente dentro e fora do Congresso Nacional. Caravanas de sindicalistas de todos os Estados se encontram ali para protestar contra as reformas do Governo Federal. Eles pedirão que Temer renuncie, depois que seu nome apareceu na delação dos donos da JBS.

Do Ceará, participarão do ato gente do Sinpol, Sindifort, CUT e de partidos políticos. Para Luís Carlos Paes, presidente estadual do PCdoB e dirigente do Sindicato dos Funcionários do Banco Central, que está nesse bloco, a única saída para o Brasil é pela via popular. Um governo sem ser legitimado pelo povo, avalia, não resiste e a crise persistirá. Ou seja, bate duro na tese da eleição indireta, via Congresso, onde, entre nomes cotados para presidente, está o senador Tasso Jereissati.

Enem – Candidatos têm até esta quarta-feira para pagar a taxa de inscrição

Os candidatos inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) têm até esta quarta-feira (24) para pagar a taxa de inscrição, no valor de R$ 82, respeitando o horário de compensação bancária. O boleto poderá ser gerado por meio do site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – Inep (www.enem.inep.gov.br/participante).

O número de inscritos no Enem 2017 somente será divulgado na terça-feira (30), quando as instituições bancárias confirmarem o pagamento dos boletos dos candidatos.

(Com Agências)

Câmara aprova MP do FGTS na primeira votação após início da crise

Após mais de seis horas de embates entre a base aliada e a oposição, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou na noite dessa terça-feira (23) a Medida Provisória (MP) 763/16 que permite o saque de contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A votação foi possível após um acordo com partidos de oposição, que mesmo obstruindo a votação, disseram que iriam votar favoravelmente.

A MP é o primeiro projeto a ser aprovado no plenário da Casa após a divulgação das denúncias envolvendo o presidente Michel Temer. Os deputados rejeitaram o destaque do PT que pretendia retirar do texto a proibição para utilizar a remuneração extra derivada do financiamento com recursos do FGTS da base de cálculo da multa rescisória de 40% do fundo, devida pela empresa em caso de demissão sem justa causa.

Em seguida, após um pedido do líder do governo, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), o líder do SD, Aureo (RJ) retirou o destaque da bancada que tratava da estabelecer alterações na correção oficial das contas do FGTS. Com a retirada do destaque, o presidente da Casa, concluiu a votação. O texto agora segue para o Senado, que precisa votar a proposta até a quinta-feira (1º) da semana que vem ou a MP perderá a validade.

Durante toda a sessão, a oposição obstruiu os trabalhos e ocupou a tribuna para criticar o governo e pedir a saída do presidente Michel Temer em razão da crise deflagrada na última semana, após a divulgação das delações de executivos da JBS e que envolvem Temer e aliados.

O líder da minoria, José Guimarães (PT-CE), disse que a obstrução serviu para a oposição passar um recado para a sociedade, mas que, no mérito da medida provisória, o voto seria favorável. “Fizemos a obstrução pela necessidade de mobilizarmos o país para as diretas já. Quanto ao mérito da matéria, votamos a favor dos trabalhadores”, disse Guimarães.

(Agência Brasil)

Renan pede renúncia negociada

208 1

O líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL), passou a defender abertamente a saída do presidente Michel Temer para a realização de eleições indiretas. Ontem, durante sessão da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), Renan disse que “o ideal seria conversar com o presidente para fazer uma transição rápida e negociada”.

Após criticar as reformas do governo e articular a derrubada da sessão da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) para impedir a leitura do relatório da reforma trabalhista, o peemedebista passou a listar nomes para substituir Michel Temer na Presidência.

“Nelson Jobim e Joaquim Barbosa são grandes nomes. É claro que a atual presidente do STF, os presidentes da Câmara e do Senado e o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) seriam candidatos naturais. Mas Jobim e Barbosa são ótimos nomes”, defendeu.

Em mais um embate com Temer, Renan fará um discurso hoje na Marcha das Centrais sindicais, em Brasília, às 10 horas, contra as medidas econômicas defendidas pelo governo. Após sua fala, os manifestantes seguirão em direção ao Congresso Nacional, onde será realizado ato contra as reformas trabalhista e previdenciária.

A participação de Renan no protesto faz parte da estratégia do peemedebista de se aproximar cada vez mais da oposição. Com a crise no governo, o alagoano também aproveitou para intensificar as conversas com partidos insatisfeitos com o governo para angariar apoio em uma eventual eleição indireta no Congresso, como PSB e PDT. O primeiro integrava a base aliada do governo até sábado passado, quando anunciou sua saída e defendeu a renúncia do presidente. Apesar disso, o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho (PSB) afirmou que não entregaria a pasta.

Oito cidades vão ficar sem água nesta quarta-feira

Para realizar melhorias no sistema que abastece o Complexo Jaburu, a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) deixará de abastecer nesta quarta-feira, 24, das 7 às 14 horas, as cidades que são abastecidas pelo sistema: Carnaubal, Guaraciaba do Norte, Ibiapina, Mucambo, São Benedito, Tianguá, Ubajara e Viçosa do Ceará.

De acordo com a companhia, o equilíbrio total do sistema deve acontecer em até 72 horas nas áreas mais elevadas ou distantes da estação de tratamento. O abastecimento funciona por pressão, por isso, a água voltará primeiramente nas áreas mais centrais.

SERVIÇO

*Central de Atendimento (0800.275.0195) e ainda o aplicativo Cagece Mobile (disponível para Android e iOS) ou por meio do chat online, no portal da Cagece (www.cagece.com.br).

Camilo anuncia concurso para agente penitenciário

O governador Camilo Santana já mandou para a Assembleia Legislativa uma mensagem que autoriza a realização de concurso público para agentes penitenciários. Serão ofertadas mil vagas.

O anúncio foi dado por ele durante bate-papo ao vivo, nessa terça-feira, com internautas, em sua página no Facebook.

“A expectativa é de que a Assembleia aprove a mensagem o mais rápido possível, para que a Secretaria da Justiça possa lançar o edital ainda neste semestre”, disse Camilo Santana.

Macri apela aos executivos da Odebrecht para que colaborem com a Justiça argentina

O ministro argentino da Justiça, German Garavano, informou hoje (23), após uma reunião de gabinete com o presidente Mauricio Macri, que o governo “conclamou os diretores da empresa brasileira Odebrecht para que disponibilizem toda as informações sobre atos de corrupção cometidon na Argentina e que a repassem para a Justiça”. As informações são da agência Télam.

“Há uma ordem muito precisa do presidente Macri de colaborar com a Justiça para saber quem são as pessoas que cobraram os 35 milhões de dólares que a própria Odebrecht reconheceu ter  pago em  nosso país”, disse Garavano.

Ele confirmou o pedido à empresa brasileira para que forneça informação sobre eventuais atos de corrupção cometidos no país para que a Justiça possa avançar com as investigações.

(Agência Brasil)

Bolsonaro admite que PP recebeu propina

320 1

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC/RJ) recebeu R$ 200 mil do grupo JBS durante sua campanha de 2014, segundo o site do Tribunal Superior Eleitoral. Os dados apontam que o político teria encaminhado o dinheiro como doação ao seu partido, que na época era o Partido Progressista (PP). As informações são do portal Jovem Pan.

Na manhã desta terça-feira, 23, Bolsonaro participou do “Jornal da Manhã”, da rádio Jovem Pan, e explicou o ocorrido. Segundo o deputado, quando começaram as eleições de 2014, o presidente do PP, Ciro Nogueira, ligou para ele e disse que ia colocar R$ 300 mil em sua conta. “Disse que tudo bem, mas que colocasse R$ 200 mil na minha conta e R$ 100 mil na do meu filho. Quando vi o nome da Friboi, perguntei se queriam extornar”, disse. Jair afirma ainda que ia para a Câmara dos Deputados jogar R$ 200 mil e dizer que é dinheiro do povo, “porque foi dinheiro que pegaram do PT para se coligar com o meu partido”.

Na entrevista, o deputado alegou que o dinheiro que entrou em sua conta foi do fundo partidário e que devolveu o dinheiro da Friboi. Questionado por um dos âncoras do programa se o partido cometeu uma ilegalidade ao repassar dinheiro da empresa JBS para sua campanha, o deputado concordou e perguntou: “você queria que fizesse o que naquela época?”.

Jair Bolsonaro admitiu que o PP recebeu propina da JBS. “Partido recebeu propina sim, mas qual partido não recebe propina?”, ponderou. No decorrer da conversa, o político se justificou dizendo que sabia do dinheiro da Friboi, mas que não queria o dinheiro. Apesar de admitir a ilegalidade cometida pelo PP, Jair Bolsonaro pediu que não fosse “rotulado de corrupto”.

(Com Jovem Pam)

Fortaleza terá show da “Beatles Abbey Road”, a banda tributo mais fiel aos “Fab Four”

Um espetáculo cênico-musical de encher os olhos estará no palco de Fortaleza no próximo dia 28. A Beatles Abbey Road, considerada a banda tributo mais fiel aos “Fab Four” no Brasil, vai se apresentar no Teatro RioMar. No entanto, quem quiser conferir um pouco da história da banda antes do espetáculo, terá a oportunidade de conhecer as guitarras usadas no palco e que são idênticas às originais. A exposição dos instrumentos estará aberta ao público no dia 27, no Shopping RioMar.

Os paulistanos são conhecidos internacionalmente por sua fidelidade ao interpretar toda a singularidade da banda inglesa. Além dos recursos multimídia que transportam os fãs de volta ao passado, o quarteto apresenta ainda instrumentos musicais idênticos aos originais, como as guitarras Rickenbacker empunhadas no início da carreira dos “Besouros”.

O figurino é outro detalhe importantíssimo, já que chega a extremos em seus detalhes: há pulseiras, relógios e alianças usadas por John, Paulo, George e Ringo. Enquanto a banda está no palco, também não se ouve nenhuma palavra em português. “Nós interpretamos com o máximo de fidelidade, inclusive na conversa com o público”, conta Maury D’Ambrosio, fundador do grupo que já completa 26 anos.

SERVIÇO

*Teatro RioMar – Rua Lauro Nogueira, 1500 loja 3001 – L3 – Papicu, Fortaleza – CE, 60175-055 – Horário – 20 horas

*Classificação –  Livre

*Ingressos – Plateia Alta – R$100,00

*Plateia Baixa B – R$ 120,00

*Plateia Baixa A – R$140,00

STJ nega recurso e mantém ação contra Paulo Okamoto por lavagem de dinheiro

Em decisão unânime, a quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou hoje (23) recurso em habeas corpus no qual o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, pedia o trancamento de ação que apura suposto crime de lavagem de dinheiro no âmbito da Operação Lava Jato.

Segundo a denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal (MPF), Okamotto teria participado, em conjunto com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-presidente da construtora OAS, Léo Pinheiro, da lavagem de mais de R$ 1,3 milhão por meio da celebração de contrato entre a empreiteira e o Grupo Granero para armazenagem de bens do ex-presidente, com recursos desviados da Petrobras.

Para o relator do recurso, ministro Felix Fischer, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região concluiu corretamente pela necessidade do prosseguimento do processo até que haja uma conclusão, em primeira instância, sobre a existência ou não do crime descrito na denúncia do MPF. Segundo Fischer, há indícios de que o custeio da armazenagem está relacionado às propinas acertadas no esquema criminoso que tinha a Petrobras como alvo.

Fischer destacou ainda que entre as provas contra Okamotto está o fato, admitido pela própria defesa, de que ele intermediou o pagamento da armazenagem e participou da elaboração do contrato, cujo real objeto foi ocultado.

Para a defesa de Okamotto, como o acervo presidencial é considerado patrimônio cultural, havendo interesse público em sua preservação, o pagamento de despesa para sua preservação não constitui uma espécie de vantagem indevida, sendo inclusive autorizada pela Lei 8.394/91. Assim, como a vantagem indevida é essencial para caracterizar o crime de corrupção, antecedente à lavagem de dinheiro, a imputação da prática do crime de lavagem de ativos evidentemente não constitui crime, devendo ser trancada a ação penal.

(Agência Brasil)