Blog do Eliomar

Últimos posts

O ódio de classes

214 4

Com o título “O ódio de classes”, eis artigo de Fernando Costa, publicitário e sociólogo. Ele aborda a intolerância política que, a cada dia, expõe suas vísceras. Confira:

As eleições presidenciais deste ano prometem expor nas ruas o que muitos acreditavam estar morto e sepultado: a boa e velha disputa entre direita e esquerda. Só a direita achava, ou queria distorcer a História, que ela não existia mais e que a esquerda estava morta.

O golpe promovido pelos capitalistas paulistas e afiançado pelo Poder Judiciário trouxe para as ruas o antigo e perigoso ódio de classes, o estopim das mudanças radicais que aconteceram em todas as sociedades.

Mais uma vez a classe média, ou a velha e perdulária pequena burguesia, é o canal de propagação desse ódio.

No último domingo, presenciei na Praça Benedito Calixto, em São Paulo, um ensaio do que está por vir.

Cena 1: um pequeno grupo do partido Novo fez uma manifestação apoiando seu candidato a presidente, os transeuntes simplesmente ignoraram, o que deve ter provocado o comentário de uma bela e bem vestida militante do partido Novo, que dizia para um companheiro: “Ou nós implantamos um capitalismo de verdade no Brasil ou vamos perder para o socialismo”.

Cena 2: eis que surge no canto esquerdo da praça uma onda vermelha, um grupo de 300 pessoas cantando e gritando palavras de ordem: “Lula livre, Lula presidente”.

Cena 3: o chão da praça tremeu e senhoras pacatas e senhores respeitáveis que passeavam entre antiguidades e quinquilharias foram tomados por um transe e começaram a babar e urrar com um ódio visceral. Por um ou três instantes, parecia que ia acontecer um enfrentamento, mas como ali só estavam representantes da pequena burguesia, ficou por isso mesmo, só os insultos de sempre. Mas o prenúncio do que está por acontecer, quando as massas estiverem nas ruas, está desenhado.

A classe média que apoiou o golpe certamente não estará nas ruas na hora do conflito, mas seus filhos estarão tentando remediar o erro que seus pais cometeram e que um dia eles, em sua grande maioria, voltarão a cometer, porque assim cavalga a pequena burguesia.

*Fernando Costa

fernando@vervecom.com.br

Sociólogo e publicitário.

Dólar volta a superar a barreira dos R$ 4,10

A cotação da moeda norte-americana voltou a superar a barreira dos R$ 4,10 no meio da manhã de hoje (28), com alta de 0,61%. O dólar estava cotado a R$ 4,105 para venda às 10h30min, depois de abrir o pregão em leve baixa de 0,13%, valendo R$ 4,0760 para venda às 9h.

O Ibovespa, índice da B3, da bolsa de valores de São Paulo, começou o dia em pequena queda, invertendo os últimos dois fechamentos em alta. O Ibovespa registrava queda de 0,28%, com 77.714 pontos às 10h45.

(Agência Brasil)

Uece abre seleção para mudança e transferência de curso

A Universidade Estadual do Ceará inscreve, até 10 de setembro, para processo seletivo de mudança de curso, transferência facultativa interna, transferência facultativa externa e ingresso como graduado. A informação é da assessoria de imprensa da Instituição.

Os interessados deverão preencher a ficha-requerimento disponível no site www.uece.br/cev e entregá-la na sede da Comissão Executiva do Vestibular (CEV) ou nas unidades de ensino da Uece no Interior do Estado, junto à documentação solicitada em edital, até 11 de setembro. O candidato deverá ainda gerar e pagar o boleto da taxa de inscrição.

SERVIÇO

*Visite a página da seleção para ler o Manual e acompanhar o processo: http://www.uece.br/cev/index.php/2018-08-03-23-23-52

*Mais informações – (85) 3101-9710 ou 3101-9711.

(Foto – Divulgação)

Fortaleza Liquida começa na próxima quinta-feira

A 9a. Campanha Fortaleza Liquida será lançada nesta quinta-feira, às 8 horas, na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza (Centro). Haverá um café da manhã para a imprensa, empresários, entidades de categoria, superintendentes de shoppings, docentes da Faculdade CDL e diretores da CDL de Fortaleza.

Segundo o presidente da CDL, Assis Cavalcante, a campanha envolverá mais de 3.500 pontos de venda espalhados por toda a Capital cearense e Região Metropolitana, com descontos definidos pelos comerciantes, que variam de 10% a 70%.

A clientela terá direito a concorrer ao sorteio de um carro Toyota, uma moto Hally Davidson, 5 TVs de 49 polegadas, com prêmios também para vendedores três vales-compras de R$ 1 0000 cada um). Já o lojista concorrerá a uma viagem para Portugal.

Somente na quinta-feira será lançado para o público o site www.fortalezaliquida.com.br e o aplicativo: appfortalezaliquida.com.br

SERVIÇO

*Campanha – De 30 de agosto até o dia 9 de setembro

*Sorteio: Dia 14 de setembro, às 11 horas, na sede da CDL Fortaleza (Rua 25 de março, 882, Centro).

(Foto – Paulo MOska)

Uma mulher vai disputar a presidência da OAB do Ceará

392 3

Atual vice-presidente da OAB do Ceará, Roberta Vasques anuncia que disputará a presidência da entidade. A decisão foi tomada em conjunto com o advogado Fábio Timbó, atual secretário-geral da entidade, que chegou a se colocar também como postulante.

Roberta Vasques afirma que, se eleita, vai formar uma diretoria “que trabalhe de forma unitária, dividindo as tarefas.” Aqui, uma crítica à gestão do presidente Marcelo Mota, tida por setores da Ordem como centralizadora.

Nesta quarta-feira, às 19 horas, no auditório da Torre Del Paseo (Avenida Santos Dumont, em Fortaleza), será realizada uma reunião ampliada para discutir e decidir a formação da chapa liderada por Roberta.

Outros nomes

Além de Roberta Vasques, os advogados Edson Santana, Julio Ponte e Colares Filho articularam uma união da qual poderá sair um nome para também disputar a presidência da Ordem.

O atual presidente da Caixa de Assistência dos advogados (CAACE). Erinaldo Dantas, também está como pré-candidato.

(Foto – Divulgação)

Pesquisa aponta que mais da metade dos adolescentes passam muito tempo no celular

O crescimento do uso de tecnologias digitais gera preocupações dos próprios usuários com os excessos do tempo gasto com esses dispositivos. Pesquisa realizada nos Estados Unidos apontou que mais da metade dos adolescentes entrevistados (54%) consideram passar muito tempo com o celular. O levantamento foi uma iniciativa do centro de pesquisas Pew Research Center. Foram entrevistados 743 meninos e meninas de 13 a 17 anos e 1.058 pais de diversas regiões do país.

Quase metade dos jovens ouvidos (44%) disse checar o telefone assim que acorda para verificar o recebimento de novas mensagens. Segundo os dados, 28% relataram que agem assim de vez em quando. O tempo navegando em redes sociais foi objeto de preocupação de 41% dos adolescentes consultados. No caso de videogames, o percentual caiu para 26%. Do total, 58% comentaram sentir que devem responder a uma mensagem enviada, sendo 18% frequentemente e 40% em alguns momentos.

“Meninos e meninas tiveram percepções diferentes da quantidade de tempo que passaram usando várias tecnologias. Meninas são de alguma forma mais prováveis do que meninos de dizer que passam muito tempo em redes sociais (47% a 35%). Em contraste, garotos são quatro vezes mais prováveis de passar muito tempo jogando videogames (41% a 11%)”, analisaram os autores.

Mais da metade (56%) dos entrevistados relacionaram a falta de um telefone móvel a sentimentos negativos, como solidão, ansiedade ou raiva. Os índices são maiores no caso de meninas.

Embora a avaliação sobre os hábitos varie por dispositivo, parte importante dos entrevistados informou adotar medidas para reduzir a presença dessas tecnologias em suas vidas. Iniciativas de redução da intensidade do uso foram relatadas por 58% no caso de videogames, 57% para as mídias sociais e 52% para celulares.

Pais

Os autores da pesquisa também ouviram pais e mães para saber sobre seus hábitos e como veem o comportamento dos filhos em relação a tecnologias digitais. O índice de avaliação dos entrevistados sobre seus próprios hábitos foi menor tanto no uso excessivo de celulares (36%) quanto de redes sociais (23%). O percentual também foi menor quando perguntados se acessam o celular assim que acordam (20%). “Os pais estão de alguma forma menos preocupados com seu próprio uso da tecnologia do que os filhos estão em relação ao deles”, apontam os autores.

Já ao falar sobre seus filhos, 65% manifestaram preocupação com o tempo gasto pelos adolescentes com dispositivos digitais. Dos homens e mulheres ouvidos, 72% relataram que estes se distraem em uma conversa presencial por estarem de olho no celular, sendo 30% o tempo inteiro e 42% de vez em quando. Em razão dessa preocupação, mais da metade (57%) limitam o tempo que seus filhos podem passar utilizando esses dispositivos.

(Agência Brasil)

Confiança da Indústria recua e registra menor índice desde janeiro

O Índice de Confiança da Indústria (ICI) recuou 0,4 ponto de julho para agosto deste ano, fechando em o mês em 99,7 pontos – o menor desde os 99,4 pontos relativos a janeiro deste ano. Pela métrica de médias móveis trimestrais, o indicador registrou a terceira queda consecutiva e recuou 0,4 ponto, para 100 pontos.

Os dados do ICI de agosto foram divulgados hoje (28) pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre FGV) e indicam que em agosto o Índice da Situação Atual (ISA) caiu 1,1 ponto, para 97,9 pontos. A queda reflete retração em 12 dos 19 segmentos do indicador da Situação Atual.

Mantendo-se acima do nível neutro (de 100 pontos), o Índice de Expectativas (IE) subiu 0,3 ponto, para 101,4 pontos. Ainda assim, a melhora das expectativas atingiu apenas 9 dos 19 segmentos – menos da metade.

Para a coordenadora da Sondagem da Indústria da FGV, Tabi Thuler Santos, “a fragilidade da recuperação industrial, retratada pela sondagem ao longo do ano, culmina em agosto com o ICI registrando nível inferior aos 100 pontos (baixa confiança) pela primeira vez desde janeiro”.

De acordo com Tabi, “a escassez de boas notícias e bons resultados, e o elevado nível de incerteza mantido por questões internas e externas, tornam a recuperação da confiança mais distante no horizonte temporal”.

Nível dos estoques

Os números de agosto do Índice de Confiança da Indústria indicam que o nível dos estoques foi o único componente a piorar dentre as percepções sobre a situação atual e, portanto, foi determinante para a queda do ISA em agosto.

O percentual de empresas com estoques excessivos subiu de 7,6% para 9,3%, de julho para agosto, enquanto a parcela de empresas com estoques insuficientes, que também subiu, o fez em menor proporção, ao passar de 4,3% para 4,8% do total.

Já a melhora constatada no Indicador de Expectativa, em agosto, se deu em razão da evolução das expectativas com a melhora do nível do pessoal ocupado nos três meses seguintes.

Após forte queda no mês anterior, o indicador subiu 2,1 pontos, para 97,7 pontos. Houve diminuição da proporção de empresas prevendo aumento do quadro de pessoal, de 17,4% para 17,1%. A parcela daquelas que esperam redução caiu em maior proporção, de 15,0% para 12,6% do total.

Apesar do aumento no número de empresas com estoques excessivos, o Nível de Utilização da Capacidade Instalada (NUCI) avançou 0,3 ponto percentual em agosto, para 76,0%. Esse resultado é, no entanto, segundo a FGV, “insuficiente para compensar as quedas registradas nos dois meses anteriores”. A edição de agosto de 2018 coletou informações de 1.084 empresas entre os dias 01 e 24 deste mês.

(Agência Brasil)

Camilo faz caminhada pelas ruas da Granja Lisboa

Onde está Wally?

O governador Camilo Santana (PT), que postula a reeleição, começou sua campanha, nesta terça-feira, bem cedinho. Foi no bairro Granja Lisboa, onde ouviu moradores, falou sobre suas propostas e, principalmente, abordou segurança pública.

“Contratamos, só neste governo, mais de oito mil policiais, anunciei novo concurso para a Polícia Civil e investiremos cada vez mais em tecnologia e inteligência para combater o crime organizado”, disse Camilo, numa das paradas da caminhada.

(Foto – Leitor do Blog)

Arce lança prêmio para incentivar investimentos em qualidade no serviço público

A Agência Reguladora do Estado do Ceará (Arce) apresenta,nesta de terça-feira, em sua sede, o edital de lançamento do Prêmio Arce de Excelência em Regulação. O objetivo, segundo o presidente do órgão, Hélio Winston, é disseminar a cultura regulatória, valorizando experiências de boas práticas sobre qualidade na prestação dos serviços públicos regulados.

Os candidatos podem concorrer em quatro categorias: Projetos dos Entes Regulados, que engloba iniciativas das empresas reguladas pela Arce, que tenham como finalidade o incremento qualitativo do serviço prestado; Projetos Internos, que se referem aos projetos desenvolvidos internamente pela Agência Cearense, focando na otimização das ações regulatórias, ampliação da atuação e fortalecimento da imagem do Ente Regulador perante a sociedade; Governo, contemplando iniciativas de destaque no desenvolvimento dos serviços públicos regulados pelo Estado do Ceará; e Sociedade, relacionando-se às ações sociais que tiveram destaque no desenvolvimento da atividade regulatória.

SERVIÇO

*Os interessados poderão fazer suas inscrições até o dia 21 de setembro, na sede da Agência, situada na Avenida General Afonso Albuquerque Lima, S/N, Cambeba, ou mesmo pelo e-mail premio.regulacao@arce.ce.gov.br. A premiação está programada para acontecer em novembro deste ano.

(Foto – Divulgação)

TJ e UFC vão implantar um Centro de Conciliação, Mediação e Arbitragem

Nesta terça-feira, às 10 horas, na Reitoria da Universidade Federal do Ceara, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Gladyson Pontes, vai assinar convênio com a Faculdade de Direito dessa universidade.

O objetivo é implantar um Centro de Conciliação, Mediação e Arbitragem que atenderá ao público com apoio dos professores do curso de Direito e abertura de estágio para alunos.

A ordem é reduzir processos e facilitar o acesso à Justiça, acentua o diretor da faculdade, Cândido Albuquerque.

Cid Gomes promete, se eleito, lutar pelo fortalecimento dos partidos políticos

O candidato ao Senado pelo PDT, Cid Gomes (PDT), anuncia: um dos seus primeiros compromissos como senador vai ser apresentar um projeto para fortalecer os partidos políticos.

“Chega dessa grande quantidade de legendas que a gente nem conhece”, disse, durante a inauguração, nessa noite de segunda-feira, do comitê coletivo do PSB, no bairro de Fátima, em Fortaleza.

“Um dos meus sonhos para o futuro é que os partidos tenham mais identidade e trabalhem as campanhas coletivamente”, reforçou Cid. Ele aproveitou para puxar a favor da chapa do PSB: “Já fui filiado ao PSB. É um partido histórico. Deixei aqui muitos amigos.”

(Foto – PSB)

STF analisa na primeira quinzena de setembro recurso de Lula por liberdade

216 1

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), liberou nessa segunda-feira, 27, para a pauta do plenário virtual, no colegiado com os 11 ministros, o recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) contra decisão que negou seu pedido de liberdade preventiva em abril.

O caso será julgado entre os dias 7 a 13 de setembro, informa a Veja Online.

Na madrugada do dia 5 de abril, por seis votos a cinco, os ministros rejeitaram um pedido preventivo do petista, que foi preso naquela mesma semana, em 7 de abril.

Lula cumpre pena por corrupção passiva e lavagem de dinheiro desde então, na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR).

(Foto – Lula Marques, da Agência PT)

General Theophilo e Tasso fazem campanha nesta terça-feira em Trairi, Camocim e Fortaleza

 

O General Thephilo, candidato a governador pelo PSDB, cumpre agenda, nesta terça-feira, no Interior cearense. Ele tem compromissos e campanha em Trairi, nesta manhã, e, a partir das 15 horas, em Camocim. Com ele, estará o senador Tasso Jereissati (PSDB).

Na agenda, uma série de entrevistas as emissoras de rádio desses dois municípios, quando o tucano divulgará suas propostas para o Governo.

No começo da noite, o General Theophilo prestigiará a solenidade de inauguração do comitê do Capitão Wagner, presidente regional do PROS, que disputa para a Câmara dos Deputados.

(Foto – Divulgação)

Candidatos do MDB pedem dinheiro a Meirelles, que já paga sua própria campanha

A cúpula do MDB foi avisada de que candidatos a governador e senador foram pedir doações a Henrique Meirelles, o presidenciável da sigla. É o que informa a Coluna Painel, da Folha de S.Paulo desta terça-feira.

O partido lançou o ex-ministro da Fazenda após promessa de que ele pagaria do próprio bolso toda a campanha pelo Planalto, sem tocar no fundo eleitoral da legenda destinado prioritariamente aos que disputam uma vaga no Congresso. O problema é que, agora, quem reclama da distribuição dos recursos bate na porta de Meirelles para reforçar o caixa.

Procurada, a assessoria de Meirelles negou o relato. “Deve ser desejo. Ninguém falou com ele.” Apesar disso, duas pessoas próximas ao candidato e ao partido confirmaram a informação.

(Foto – Agência Brasil)

 

Pelo menso 84 pessoas foram assassinadas no Ceará de quinta a domingo

Da quinta-feira, 23, até domingo, 26, pelo menos 84 pessoas foram assassinadas no Estado. A média no período, de 21 mortes por dia, supera a média do Ceará até o fim de julho, que era de 13. Só nesse fim de semana, foram registrados 36 homicídios, segundo dados parciais da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Em Fortaleza, foram 16 mortes no sábado e no domingo.

Nos registros disponibilizados no site da SSPDS, é possível observar que algumas regiões da Cidade concentram a maioria desses crimes desde a quinta-feira. As Áreas Integradas de Segurança (AIS) 2, 6 e 9 tiveram, respectivamente, sete, 11 e oito assassinatos 63% dos homicídios ocorridos em Fortaleza desde quinta.

A AIS 6 abarca bairros como Jóquei Clube, Pici e Quintino Cunha. Neste último, foram registrados três crimes. Entre eles, o assassinato de dois homens, em um mercadinho da Rua Apocalipse, na tarde de sábado. As imagens de câmeras de vigilância mostram quatro homens de balaclava, em um carro preto, abordando pessoas que estavam em frente ao estabelecimento. Na ação, foram mortos Edson de Oliveira Sousa (27) e Carlistênio Ricardo Magalhães Oliveira (24).

Outro bairro marcado pela violência nos últimos dias é a Vila Manuel Sátiro, na AIS 9. Além do assassinato de três PMs em um bar, na quinta-feira, um duplo homicídio ocorreu no domingo, na rua Américo Rocha Lima. As vítimas ainda não foram identificadas. Na manhã de ontem, um novo homicídio foi registrado no bairro. Um homem foi morto em frente à oficina em que trabalhava. Ele seria primo de jovem morto na quarta-feira, também na Vila Manoel Sátiro.

Este crime, segundo fontes da Polícia Militar, poderia estar ligado ao triplo homicídio dos PMs. O jovem teria participação no assassinato do subtenente Juciano de Lima Barbosa (53), no fim de julho, no bairro vizinho, Parque São José. A morte do jovem teria ocasionando, como vingança por parte da facção que ele integrava, o assassinando dos três PMs, conforme a linha de investigação. O titular da SSPDS, André Costa, em coletiva, limitou-se a afirmar que nenhuma hipótese foi descartada. Seis homens foram presos pelas mortes dos PMs José Augusto de Lima(58), sargento da reserva remunerada; Antonio Cesar Oliveira Gomes (50), 2º tenente da reserva remunerada, e Sanderley Cavalcante Sampaio (46), subtenente, único ainda na ativa.

Uma sétima pessoa que faria parte do grupo foi morta em decorrência de intervenção policial, ainda na quinta-feira. A identidade dele ainda não foi confirmada pela SSPDS, mas O POVO apurou que se trata de Gerlan Lima. Esta morte não faz parte do balanço de homicídios por ter excludente de ilicitude, já que teria ocorrido em cumprimento de dever legal.

Já na AIS 2 ficam os bairros Conjunto Ceará e Genibaú. Ambos registraram três homicídios nesse período. Os assassinatos nos bairros foram registrados na quinta-feira, 23, no Conjunto Ceará, e sexta-feira, 24, no Genibaú. Entre os crimes, estão as mortes de pai e filho, executados em frente à casa onde moravam no Genibaú. No Interior, a situação crítica foi em Juazeiro do Norte (a 466km da Capital). Entre as manhãs de quinta e sexta-feira, 11 pessoas foram assassinadas.

No último mês de julho, quase um terço dos homicídios no Ceará ocorreu nos fins de semana. Foram 121, segundo a SSPDS, de um total de 378. Em média, cada fim de semana teve 30 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs). Até ontem, agosto acumulava 290 CVLIs.

Na mesma data, agosto de 2017 registrava 429 homicídios.

(O POVO – Repórter Lucas Barbosa)

Vice de Bolsonaro já está em Fortaleza

Já está em Fortaleza o general Hamilton Mourão.

Ele é o candidato a vice na chapa de Jair Bolsonaro, postulante a presidente da República pelo PSL. Aqui, seu principal compromisso é uma palestra, a partir das 19 horas desta terça-feira, no Hotel Praia Centro, sobre o tema “Desafios de uma Nação”. Ele é convidado da Associação Nacional dos Conservadores, regional Ceará.

Hamilton Mourão ganhou recepção festiva nessa noite de segunda-feira, por volta das 22 horas, no Aeroporto Internacional Pinto Martins. Além de militantes pró-Bolsonaro, algumas fardas nos cumprimentos.

(Foto – Arquivo)

Centro de Diabetes vive clima de pressão alta

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO desta terça-feira:

O Centro Integrado de Diabetes e Hipertensão do Ceará (CIDH), que opera no bairro Dionísio Torres, reduziu número de atendimentos por carência de profissionais. Caiu de uma média de 350 pacientes/dia para cerca de 100, de acordo com funcionários desse organismo da Secretaria da Saúde do Estado. Há vários pedidos por aumento do contingente, mas sem respostas. Também há registro da falta de medicamentos.

A direção do CIDH – sempre apontado como referência na área -, nada comenta, mas os que são atendidos no local cobram providências.

Não adianta um prédio bonito, bem equipado, sem contar com o fundamental: reforço de pessoal. Nestes tempos de campanha eleitoral, sem dúvida, a saúde vai estar, principalmente, no mote dos candidatos ao Governo. Espera-se que sem demagogias ou discursos para adocicar a boa do eleitorado.

(Foto – Arquivo)

Ensino Superior – Falta crédito

Com o título “Ensino Superior: Falta crédito”, eis o editorial do O POVO desta terça-feira:

O Sindicato das Mantenedoras de Ensino Superior (Semesp) acaba de publicar dados extremamente preocupantes: uma queda de 80 mil matrículas nas instituições privadas do ensino superior, só no primeiro trimestre deste ano, em todo o Brasil (uma diminuição de 5% em relação ao mesmo período de 2017). No Ceará, a redução foi ainda mais alarmante: do segundo semestre de 2015 até o primeiro semestre de 2018, as matrículas reduziram em 15,48%, de acordo com o Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Ceará (Sinepe-CE). A crise econômica, a contenção dos gastos públicos pela emenda constitucional 95 e a redução de investimentos no Programa de Financiamento Estudantil (Fies) do Governo Federal estão na raiz do problema. Sem crédito para financiar um curso no ensino superior, e com o aumento do desemprego, o sonho de ingressar numa universidade foi abortado para milhares de brasileiros.

Os números apresentados pelo Semesp no Seminário de Ações Digitais na Educação Brasileira, promovido pelo Semesp, acentuam o quanto o Ceará foi atingido pela crise nesse setor. Os ingressantes em cursos presenciais nas instituições de ensino superior no Estado, por exemplo, passaram de 58 mil em 2015 para 53 mil em 2016. Na Região Metropolitana de Fortaleza a redução foi de 8%. No cenário brasileiro houve recuo de 4,9% no período.

Quando se pegam os contratos firmados com o Fies pelos alunos cearenses esse quadro fica dramático: enquanto em 2014 foram assinados 32.548 documentos de financiamento, em 2017 o número foi reduzido a 11.630, pouco mais de um terço do total anterior. Em percentuais, a baixa é de 64,26% nos contratos. Os anos de 2018 e 2019 não apontam perspectiva de aumento neste número. Não é à toa que exista uma taxa de 25% de evasão nas instituições privadas de ensino superior no Ceará.

Na falta do Fies, alunos tentam estabelecimentos com financiamento próprio, mas aí a exigência de um fiador que possua salário três vezes maior que o valor da mensalidade é uma barreira quase intransponível. Por isso, os registros do ano passado atestam que, no Brasil inteiro chegou-se ao menor número de vagas ofertadas através do Fies em seis anos. Foram 225.000 contratos nos dois semestres. Para este ano o Governo ofertou apenas 155 mil vagas, número quase cinco vezes menor que as 730 mil ofertadas em 2014.

E, mesmo assim, só 50 mil são com zero de juros (que antes predominava para todas as vagas). Neste ano, as 105 mil vagas restantes têm sobre si juros de até 3,4%.

Com esse quadro, não há dúvida que o desenvolvimento do País continuará mancando. É um horizonte sombrio que tem de ser afastado.

Fortaleza registra pancadas de chuva durante a madrugada, mas o sol pede passagem

Fortaleza registrou pancada de chuva nesta madrugada de terça-feira. Em algumas áreas, houve intensidade, o que provocou alguns alagamentos.

A pista está molhada em alguns bairros, o que exige maior cautela por parte dos motoristas. Mas, depois de tudo isso, quem olhou para o Leste conferiu esta beleza de nascer do sol.

(Foto – Paulo MOska)