Blog do Eliomar

Últimos posts

Temer acerta com Meirelles linhas gerais para a área econômica

negocios-politica-temer-economia

“Em encontro com o ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles, o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), começou a definir hoje (2) as linhas gerais da área econômica do possível governo dele, caso o Senado aceite a admissibilidade do pedido de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff.

Ex-ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha confirmou que a reunião com Meirelles servirá para discutir as diretrizes econômicas do futuro governo. “Temos que saber que rumo vamos dar ao país. Então, temos que começar a pensar”, disse.

“Se o Senado confirmar o afastamento, não haverá tempo para pensar depois”, disse Padilha, um dos principais articuladores de Temer.

Perguntado sobre as medidas de aumento de gastos anunciadas ontem (1º) pela presidenta Dilma, Padilha afirmou que elas são “absolutamente impossíveis”.

O senador Romero Jucá (RR) participou da reunião.

O senador Romero Jucá, cotado para chefiar o Ministério do Planejamento na gestão Temer, participou do encontro, além do deputado e ex-ministro do governo Luiz Inácio Lula da Silva, Geddel Vieira Lima, que também pode assumir um ministério em uma eventual gestão Temer.”

(Agência Brasil)

Justiça indefere tentativa do governo estadual de barrar greve dos servidores da Adagri

59 10

O governo estadual tentou barrar, via judicial, a greve dos servidores e fiscais estaduais agropecuários da Agência de Defesa Agropecuária do Ceará (Adagri), programada para esta semana. O pedido, no entanto, foi indeferido nesta segunda-feira.

O pessoal da Adagri reivindica melhorias nas condições de trabalho e de salário. O grupo não tem, por exemplo, gratificação por insalubridade, o que já existe incorporado no salário dos fiscais agropecuários federais desde janeiro de 2013. Com isso, a categoria deve adotar a paralisação.

Confira a decisão judicial:

requeriento

Tocha Olímpica – Atleta indígena participará do revezamento

indioo

“O indígena Kamukaiká Lappa, do Xingu, é um dos escolhidos para carregar a Tocha Olímpica amanhã (3) em Brasília. O atleta, da etnia Yawalapíti, dará uma “volta olímpica” no Memorial dos Povos Indígenas, na região central da capital. “Estou muito ansioso porque a hora está chegando. Amanhã será a hora de representar todos os indígenas do Brasil. Jogos Olímpicos são democracia, ajudam a promover e celebrar a paz”, disse Kamukaiká hoje (2), após ensaio do trajeto de amanhã. Depois da entrada da tocha no memorial, haverá uma apresentação de indígenas do Xingu.

“Nossa participação nesse revezamento é importante para lembrar o respeito à natureza e à diversidade cultural. É o que a gente precisa no mundo indígena. Agora que eu vou conduzir a tocha para eles, espero que eles acreditem em nós”, disse Kamukaiká.

Os indígenas esperam que os Jogos Olímpicos do Rio 2016, além de uma celebração esportiva, tragam mensagens de paz e de respeito à cultura dos índios brasileiros. “Que a expressão desses povos indígenas venha trazer a cultura da paz. E que os nossos direitos sejam garantidos e respeitados constitucionalmente”, disse o líder Toya Manchineri, do Acre.

Segundo Toya, as organizações ligadas à luta pelos direitos dos indígenas farão manifestações durante a Rio 2016 para chamar atenção para questões como o sucateamento da Fundação Nacional do Índio (Funai) e os riscos de retrocesso com a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 215/00, que altera as regras para a demarcação de terras indígenas, remanescentes de quilombos e reservas.

A PEC tem avançado no Congresso e preocupa as lideranças. “Cada momento que a gente puder chamar a atenção da imprensa internacional para a PEC 215, nós vamos fazer. E temos também que fortalecer a Funai, o que para a gente é algo muito importante”.

(Agência Brasil)

Bloqueio do WhatsApp viola o Marco Regulatório da Internet

“A decisão judicial que determinou hoje (2) o bloqueio dos serviços do aplicativo WhatsApp por 72 horas viola o Marco Civil da Internet. A avaliação é do especialista em propriedade intelectual e direito digital Maurício Brum Esteves. Segundo ele, a lei não prevê que os provedores tenham de guardar comunicações privadas, apenas dados de conexão.

“A lei não fala em dados pessoais, muito menos em comunicações privadas. São apenas as informações mínimas para saber que uma máquina se comunicou com outra em um determinado horário. Essa é a informação que o provedor tem de guardar”, disse, em referência ao artigo 15 do Marco Civil da Internet, que determina que os provedores devem guardar, sob sigilo, por seis meses os registros de acesso a aplicações de internet.

O WhatsApp está bloqueado em todo o país desde as 14h de hoje, por determinação do juiz Marcel Montalvão, da comarca de Lagarto (SE). A ordem foi dada porque a empresa não forneceu à Justiça mensagens relacionadas a uma investigação sobre tráfico de drogas.

Segundo o Tribunal de Justiça de Sergipe, a medida cautelar foi concedida a pedido da Polícia Federal e do Ministério Público, baseando-se nos artigos. 11, 12, 13 e 15 da Lei do Marco Civil da Internet.

O especialista informou que a determinação prevista no Marco Civil se refere a dados como data, hora e IP do dispositivo que fez o acesso à internet. “Na minha avaliação, o Marco Civil não permite que os provedores guardem esse tipo de comunicação. Esse ponto é polêmico, mas, no mínimo, me parece evidente que ele não obriga que comunicações privadas sejam armazenadas”.

Outro ponto analisado por Esteves é que o bloqueio do WhatsApp fere a finalidade social da internet, também prevista no Marco Civil da Internet, bem como a pluralidade, abertura e colaboração e escala mundial de rede.

“Ao impor uma medida extrema para um caso isolado, o magistrado está dando uma eficácia de algo que deveria influenciar só no processo para toda sociedade. Poderia, inclusive, dizer que viola as próprias leis processuais, poque, para penalizar uma empresa, a sociedade inteira sai penalizada”

Para o especialista, o assunto deve ser debatido pela sociedade, de modo que o Poder Judiciário perceba que tem de se atualizar. “A internet não tem uma escala individual. Não foi só naquela cidade que o problema ocorreu. Isso causou problemas enormes para o país nessas 72 horas. Por um excesso de arrogância, o juiz acabou tendo uma decisão infeliz”, acrescentou.

O bloqueio do WhatsApp vale inicialmente por 72 horas, mas, se houver uma liminar derrubando a decisão, o serviço pode ser retomado antes desse prazo.

Segundo o Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (SindiTelebrasil), todas as companhias receberam a intimação e cumprirão a determinação judicial.”

(Agência Brasil)

Lideranças lojistas cobram do Estado o “destravamento” de Parcerias Público-Privada

cndll 

A reunião ordinária de diretoria da Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza contou com a presença, nesta seunda-feira, de dois secretários estaduais: Nicolle Barbosa, do Desenvolvimento Econômico, Hugo Figueiredo, do Planejamento e Gestão.

Os dois foram recebidos pelo presidente da CDL, Severino Ramalho Neto, e pelo presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), Honório Pinheiro. Os secretários apresentaram à entidade projetos visando mais competitividade e desenvolvimento sustentável para o Estado, por meio da Parceria Público-Privada (PPP).

Nicolle e Figueiredo mostraram-se abertos às propostas e Honório cobrou maior “destravamento” para aqueles que querem se propor a executar.

(Foto – CDL Fortaleza)

Operação Lava Jato – Procurador-geral pede que STF desarquive investigação contra Aécio Neves

aecio

“O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) seja investigado na Operação Lava Jato pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Janot também solicitou autorização para que o parlamentar preste depoimento em até 90 dias. Os detalhes foram divulgados no final da tarde pela procuradoria.

Na petição, o procurador pediu ao ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo, o desarquivamento de um pedido de investigação feito contra Aécio, no ano passado, pelos mesmos fatos. Segundo Janot, a mudança no entendimento ocorreu porque o doleiro Alberto Youssef omitiu no seu primeiro depoimento de delação a acusação de que o senador seria beneficiário de repasses ilegais em Furnas, empresa estatal subsidiária da Eletrobras.

Segundo o doleiro, em um segundo depoimento, Aécio recebia valores mensais por meio da Bauruense, empresa de sua irmã, que tinha contratos com a estatal. De acordo com Youssef, o PSDB e o PP tinham influência política nas indicações das diretorias da estatal.

De acordo com a PGR, Dimas Toledo, ex-diretor de Furnas, operacionalizava os repasses. Segundo a procuradoria, a empresa recebeu R$ 826 milhões nos contratos com a estatal entre 2000 e 2006.

Além de Alberto Yousseff, o senador Delcídio do Amaral (MS) também citou Aécio Neves em sua delação. No termo de delação nº 2, Delcídio disse que o senador recebia “pagamentos ilícitos”, pagos, segundo ele, por Dimas Toledo.

“O depoente disse que não sabe precisar, mas sabe que Dimas operacionalizava pagamentos e um dos beneficiários dos valores ilícitos sem dúvida foi Aécio Neves”, informou em trecho da delação.

Paraíso fiscal

Janot também cita no pedido enviado ao Supremo uma investigação do Ministério Público do Rio de Janeiro chamada Operação Norbert, deflagrada em 2007, que apura se Aécio Neves seria beneficiário de uma fundação em Liechtenstein, país considerado como paraíso fiscal.

O procurador cita que foram apreendidos na investigação documentos que comprovariam “interposição de personalidade jurídica, com o objetivo de manter e ocultar valores no exterior”. A operação não investigou o senador, mas durante as buscas e apreensões, documentos sobre a suposta fundação foram apreendidos.

Aécio Neves

Presidente nacional do PSDB, o senador Aécio Neves disse que “considera absolutamente natural e necessário que as investigações sejam feitas, pois elas demonstrarão, como ocorreu outras vezes, a correção de sua conduta”.

Na nota divulgada por sua assessoria, Aécio lembra que todas as citações a seu nome feitas por Delcídio do Amaral foram sobre situações que ele “ouviu dizer”, sem que nenhuma prova tenha sido apresentada pelo senador. “Tratam-se de temas antigos, que foram objeto de investigações anteriores, quando foram arquivados, ou de temas que não guardam relação com o senador”, diz a nota.”

(Agência Brasil)

Camilo anuncia R$ 619 milhões para o Cinturão das Águas

Camilo Santana(1)

“O governador Camilo Santana (PT) anunciou na tarde desta segunda-feira, 2, a liberação de R$ 619 milhões do Governo Federal para obras do Cinturão das Águas (CAC). A informação foi dada pelo gestor por meio de seu perfil de Instagram.

“Recebi uma importante notícia para a área de recursos hídricos do Ceará, que tem sido uma das prioridades do nosso governo. Consegui a aprovação, junto ao Governo Federal, de um reforço de verbas de 619 milhões de reais para garantir o avanço das obras do Cinturão das Águas”, afirmou. Conforme o governador, o aditivo já foi publicado no Diário Oficial da União.

“Com a expectativa da chegada das águas do São Francisco já a partir de agosto deste ano, o CAC terá relevante papel na distribuição dessa água para boa parte do sertão cearense”, explica Camilo, lembrando que 2016 é quinto ano de seca no Ceará e definindo as novas verbas para o Cinturão como “motivo de muita alegria e esperança”.

Por meio de assessoria da Casa Civil, o secretário dos Recursos Hídricos do Estado, Francisco Texeira, afrimou que com os recursos a totalidade os 146 quilômetros do chamado Trecho 1 da obra serão concluídos. “(O trecho) vai levar água do final do Eixo Norte do Projeto de Integração do São Francisco até Nova Olinda, no Cariri”, reforçou o secretário.”

(Com  O POVO Online)

Quer estudar na Austrália?

Estão abertas, até 30 de junho de 2016, as inscrições para o programa Endeavour Scholarships & Fellowships do governo australiano. Anualmente, o programa oferece bolsas integrais a candidatos do mundo todo, em qualquer área de conhecimento e de qualquer idade. De acordo com o Departamento de Educação e Formação Profissional da Austrália, para participar da edição 2017 do Endeavour é necessário, entre outros requisitos, ter concluído um curso de graduação completo (salvo categoria Executive Fellowship), apresentar certificado de proficiência em língua inglesa e carta de aceite de uma universidade ou instituição australiana.

“Com instituições de ensino de renome global e excelente padrão de qualidade de vida, quem tem planos de fazer um intercâmbio ou quer estudar fora encontra na Austrália um dos melhores ambientes mundiais para realizar esse sonho”, afirma Niclas Jonsson, Conselheiro de Ciência e Educação da Embaixada da Austrália no Brasil.

Além das credenciais acadêmicas (sete das 100 melhores universidades do mundo são australianas), o clima quente, a paixão por esporte e a diversidade cultural são pontos-chave de atração australianos, com os quais os estudantes brasileiros se identificam.

*Cursos disponíveis

Pelo programa, são quatro as categorias de bolsas:

Postgraduate Scholarship – para estudos completos de especialização ou mestrado de até dois anos (Master by coursework ou Master by research, respectivamente), ou de doutorado de até quatro anos;
Research Fellowship – para pesquisa de curto prazo (quatro a seis meses) de pós-doc ou dentro de um programa de mestrado ou doutorado iniciado no país de origem;
Vocational Education and Training (VET) Scholarship –para desenvolvimento de habilidades ocupacionais ou relacionadas ao trabalho em cursos técnicos de até dois anos e meio;
Executive Fellowship – para profissionais em níveis avançados de suas carreiras que queiram uma oportunidade para desenvolvimento profissional, estágio executivo ou visita técnica de até quatro meses na Austrália. Esta é a única modalidade de estudo que não requer curso de graduação completo; ao invés disso o candidato precisa comprovar relevância profissional.

SERVIÇO

*O Guia do Candidato está disponível no http://internationaleducation.gov.au/Endeavour, arquivo Applicant Guidelines na guia “Application”.

*As inscrições para 2017 poderão ser feitas até 30 de junho de 2016.

*Os critérios de elegibilidade e os demais requisitos estão disponíveis no site http://internationaleducation.gov.au/Endeavour.

*Outras dúvidas podem ser esclarecidas por e-mail education.brasilia@dfat.gov.au.

*Informações sobre imigração, vistos ou permissão para levar a família para a Austrália podem ser obtidas no site www.border.gov.au ou pelo número +1 613 238 1040.

Microcefalia – Estado vai entregar mais um núcleo de atendimento

oneliaa

Nesta terça-feira, às 9 horas, a primeira-dama do Estado, Onélia Leite, vai entregar mais um Núcleo de Estimulação Precoce. Desta vez, na Policlínica Regional de Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza), que ganhará seu núcleo disponibilizado para atender crianças com distúrbios do desenvolvimento neuropsicomotor, como a microcefalia.

A equipe do Núcleo de Estimulação Precoce da Policlínica de Caucaia contará com fonoaudiólogo, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, psicólogo e pediatra, que está se especializando em neuropediatria.

Atualmente, 10 crianças estão sendo atendidas na Policlínica, que funciona há dois anos e está na 2ª Região de Saúde, formada pelos municípios de Caucaia, Paraipaba, Paracuru, São Gonçalo do Amarante, São Luís do Curu, Pentecoste, Apuiarés, General Sampaio, Tejuçuoca e Itapajé. Desse total, sete foram diagnosticadas com microcefalia, duas ainda estão em avaliação e há uma criança prematura.

DETALHE – No último dia 20, a primeira-dama inaugurou o Núcleo de Estimulação Precoce de Barbalha.

Parque do Cocó – Assembleia e Câmara Municipal farão audiência

cococo

Hoje o rio já é navegável e oferece até passeios de barco.

A criação oficial do Parque do Cocó será tema de audiência pública que a Assembleia Legislativa, em parceria com a Câmara Municipal, promoverá às 14h30min da próxima sexta-feira. A iniciativa é dos deputados estaduais Renato Roseno (PSOL) e Elmano de Freitas (PT) e do vereador João Alfredo (PSOL). O objetivo é discutir a proposta de regulamentação do parque apresentada pelo Governo do Estado.

O secretário do Meio Ambiente do Estado (Sema), Artur Bruno, anunciou durante reunião com os membros do Fórum Cocó, no dia 14 de abril, que o Parque Estadual do Cocó deve ser criado com um total de 1.050 hectares. São 385 hectares a menos do que a poligonal recomendada pelas entidades que compõem o Fórum em relatório entregue ao governador Camilo Santana, em agosto do ano passado. Segundo Artur Bruno, haveria ainda a proteção de 316 hectares através de Áreas de Relevante Interesse Ecológico (ARIE).

O Fórum Cocó, iniciativa coordenada pelo Ministério Público Federal que reúne representações de 23 entidades do poder público e da sociedade civil, entretanto, ao analisar a proposta do Governo do Estado, deliberou novas recomendações que ampliam as zonas de proteção. As áreas não contempladas pela poligonal apresentada pela Sema foram o centro da discussão da reunião do Fórum no último dia 26.

Missão da Nigéria conhece tecnologia da Cagece

Uma missão do Governo Federal da Nigéria visita o Ceará. Aqui, conhecerá, até esta terça-feira, o funcionamento dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário do Estado. O grupo está sendo acompanhado por representantes da Secretaria das Cidades e Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) que compartilham informações e experiências para que os nigerianos possam utilizar como referência na reformulação dos serviços de água e esgotamento sanitário no país africano.

Além de reuniões com técnicos ligados à área do saneamento básico no estado, também estão previstas duas visitas às instalações da Cagece. A primeira ao laboratório Central da companhia e a segunda para conhecer a estação de tratamento de esgoto do Residencial Aldemir Martins, em Fortaleza. As visitas técnicas têm por objetivo apresentar como o Estado atua no controle da qualidade da água que é distribuída, o processo de medição do consumo por meio de hidrômetros e o funcionamento do tratamento de esgoto.

A missão é motivada pelo “Terceiro Projeto Nacional de Reforma da Água no Setor Urbano”, que consiste em uma ação do Governo Federal nigeriano, financiada pelo Banco Mundial no valor de US$ 250 milhões, que vem reformulando os serviços de água no País.

PSB promoverá seminário com pré-candidatos em Brasília

foto heitor deputado

O pré-candidato a prefeito de Fortaleza pelo PSB, deputado estadual Heitor Férrer, participará quinta-feira, em Brasília, de seminário preparatório sobre eleições 2016, tendo como tema “Cidades Inclusivas”. A realização é da Fundação João Mangabeira, o braço científico do partido.

Além de Heitor, participarão do encontro outros 25 pré-candidatos a prefeito do PSB, informa a assessoria de imprensa do partido. O evento ocorrerá de quinta até sábado, com transmissão ao vivo pela internet no site da fundação.

Hoje o PSB está presente em 151 município cearenses e espera disputar as prefeituras de 60 municípios.

Ex-socialista tem que ter estômago para o que vem pela frente

33 1

Pré-candidata a vereadora pelo PMDB, a ex-deputada estadual Eliane Novais não esconde o incômodo sobre um eventual Governo Temer.

Ela nada fala diretamente no assunto, mas lembra: passou 20 anos lutando por uma gestão de esquerda. Ou seja, era, no PSB, até bem pouco tempo, aliada do PT de Lula e Dilma Rousseff.

Agora, é se acostumar com Temer, segundo alguns colegas dela, e ter estômago.

Imposto para compra de moeda estrangeira subiu de 0,38% para 1,1%

“O governo elevou o imposto incidente sobre as operações de câmbio para aquisição de moeda estrangeira em espécie, que passa de 0,38% para 1,1%. O decreto com a alteração no Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguro, ou relativas a Títulos ou Valores Mobiliários (IOF) foi publicado hoje (2) no Diário Oficial da União.

Os demais instrumentos utilizados para a aquisição de bens e serviços no exterior, como cartão de crédito, de débito ou pré-pago, permanecem com alíquota de 6,38%. O aumento na arrecadação anual está estimado em R$ 2,377 bilhões.

Fernando Mombelli, Coordenador-Geral de Tributação da Receita Federal, disse que a medida tenta alinhar a tributação do IOF em relação a outros instrumentos equivalentes nas operações com moeda estrangeira. A medida vale sobre os contratos liquidados a partir de amanhã (3).

Mombelli disse que não acredita em uma corrida às corretoras para realizar a aquisição de moeda estrangeira no dia de hoje devido às mudanças.

Além dessa mudança, o decreto esclareceu, também, entre outras coisas, alíquota zero de Imposto Sobre Operações Financeiras (IOF) “nas liquidações de operações simultâneas de câmbio para ingresso de recursos no país, originárias da mudança de regime do investidor estrangeiro, de investimento direto para investimento em ações negociáveis em bolsa de valores, na forma regulamentada pelo Conselho Monetário Nacional” e conforme a Lei nº 4.131. A lei disciplina a aplicação do capital estrangeiro e as remessas de valores para o exterior.”

(Agência Brasil)

Ceará inicia vacinação contra a febre aftosa

boi

Até o próximo dia 31 deste mês, o Governo do Ceará quer vacinar 100% do rebanho contra a febre aftosa. No Estado, são 2.540.000 bovinos e 1.569 bubalinos a serem vacinados, numa campanha que teve início na manhã desta segunda-feira, através da Agência de Defesa Agropecuária (Adagri).

Os produtores rurais, criadores de gado bovino e bubalino, podem adquirir a vacina nas lojas registradas no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e cadastradas pela Adagri. A vacinação é obrigatória para todos os animais, independentemente da idade.

De acordo com o coordenador estadual da campanha de vacinação contra a febre aftosa, Joaquim Sampaio, a vacinação é fundamental para manter o Estado livre da doença, permitindo transportar os animais vivos, produtos e subprodutos de origem animal, para o Brasil e para o exterior, o que melhora o valor de marcado.

MPF do Ceará é finalista em prêmio nacional

O Ministério Público Federal em Juazeiro do Norte é finalista no “Prêmio República de Valorização do MPF – categoria “Combate à Corrupção”.

Os procuradores da República Rafael Rayol, Celso Leal e Lívia de Sousa são destaque nacional pela força-tarefa conhecida como “Intervenção na Saúde Pública de Juazeiro do Norte”.

Eles concorrerão, por exemplo, com a “Força-Tarefa da Operação Lava Jato”.

* Sobre a ação do MPF de Juazeiro do Norte, leia mais aqui.

Sancionada Lei do Dia Nacional de Combate ao Bullying

brunoo

A Lei 13.277/16, que institui o dia 7 de abril como Dia Nacional de Combate ao Bullying e à Violência na Escola, foi publicada nesta segunda-feira (2). O texto, sancionado pela presidente Dilma Rousseff sem nenhum veto, teve origem no Projeto de Lei 3015/11, do ex-deputado federal Artur Bruno.

A data foi escolhida por causa do conhecido massacre de Realengo. No dia 7 de abril de 2011, Wellington Menezes de Oliveira, de 23 anos, entrou na Escola Municipal Tasso da Silveira, no bairro de Realengo, da cidade do Rio de Janeiro, e disparou uma arma contra os estudantes.

O ataque terminou com a morte de 12 alunos com idades entre 13 e 16 anos. O atirador acabou cometendo suicídio na própria escola.

DETALHE – Artur Bruno (PT) é hoje secretário do Meio Ambiente do Ceará.

Ministro vê saída de Dilma e diz: Temer fará jogo do mercado financeiro

34 3

andre.figueiredo.600

O ministro das Comunicações, André Figueiredo, já dá como certo o afastamento da presidente Dilma Rousseff, cujo processo de impeachment será votado no próximo dia 11 pela comissão especial do Senado. “Isso será consolidado no plenário do Senado e teremos um novo gestor, mesmo que temporariamente, mas com a probabilidade de ficar definitivamente, o que não deixar de ser lamentável  para o Brasil que nós sonhamos, um Brasil onde não pudesse existir golpes”, disse.

André Figueiredo garantiu que vai trabalhar com Dilma até o fim do seu mandato e que seu partido ficará na oposição ao futuro Governo Temer.

“A Dilma, com certeza, dia 11 será afastada e é pouco provável um eventual retorno dela, uma vez que o jogo está bem montado no Senado. Seremos oposição”, acrescentou.

O ministro disse que não tem nada particularmente contra Michel Temer, mas observou que a equipe que vai estar ao seu redor é composta, na maior parte dos seus integrantes “por pessoas que traíram a presidente Dilma, que estiveram em ministérios e resolveram pular do barco nas últimas horas”.

André avalia ainda que a futura equipe de Temer está muito próxima do que quer o mercado financeiro. “As reforma que ele vai fazer certamente piorarão a situação do Pais. Virão ao encontro do sistema financeiro”, observou, lembrando que até o presidente da Federação Brasileira de Bancos estava cotado.

“Temo muito  pelo patrimônio do povo brasileiro. Desde a Petrobras e Correios, que podem ser sucateados e vendidos como foi feito com a Vale na época de Fernando Henrique”, disse.

O ministro prevê que o Brasil que virá com Temer ficará “bem pior”, por mais que a grande imprensa e a grande elite façam um trabalho de “desconscientização das pessoas”. André reiterou que “se a coisa não está boa agora, vai ficar pior”.

Até o afastamento de Dilma, ele prometeu trabalhar, no que divulgou uma agenda: na quinta-feira, pela manhã, lançará em Brasília o programa Brasil Inteligente, na área da banda larga – dentro do Dia Nacional de Comunicações. No mesmo dia, à tarde, estará em Fortaleza lançando convênio de pesquisa com o Grupo Getel, da UFC. Já na sexta-feira, com o BNB, lançará pacote de recursos do Funtel para Norte, Nordeste e Cento-Oeste.

André Figueiredo não quis comentar as críticas do presidenciável pedetista Ciro Gomes de que Temer é “safado”. Segundo disse, isso “quem fala é o Ciro, eu estou trabalhando.”

Mercado financeiro reduz projeção do PIB deste ano

pibbb

A projeção de instituições financeiras para a inflação este ano foi reduzida pela oitava semana consecutiva. Desta vez, a estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) passou de 6,98% para 6,94%. Para 2017, a projeção foi reduzida de 5,80% para 5,72%, no quarto ajuste consecutivo. Os números são do Boletim Focus, que é divulgado às segundas-feiras pelo Banco Central (BC). Ele traz projeções de instituições financeiras consultadas semanalmente sobre os principais indicadores da economia.

Mesmo com as reduções, as estimativas estão acima do centro da meta de 4,5%. O limite superior da meta de inflação é 6,5%, este ano e 6%, em 2017. É função do Banco Centra fazer com que a inflação fique dentro da meta. Um dos instrumentos usados para influenciar a atividade econômica e a inflação é a taxa básica de juros, a Selic.

Quando o Comitê de Política Monetária do Banco Central aumenta a Selic, a meta é conter a demanda aquecida, e isso gera reflexos nos preços, porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Já quando o Copom reduz os juros básicos, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, mas a medida alivia o controle sobre a inflação.

O BC tem que encontrar equilíbrio ao tomar decisões sobre a taxa básica de juros, de modo a fazer com que a inflação fique dentro da meta estabelecida pelo Conselho Monetário Nacional.

A projeção das instituições financeiras para a Selic, ao final de 2016, foi mantida em 13,25% ao ano. Para o fim de 2017, a expectativa passou de 12% para 11,75% ao ano. Atualmente, a Selic está em 14,25% ao ano.

Atividade econômica

A estimativa para a queda do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, foi alterada de 3,88% para 3,89%, na décima quinta piora consecutiva. Para 2017, a estimativa subiu de 0,30% para 0,40%, no segundo ajuste seguido.

A estimativa para a queda da produção industrial passou de 5,80% para 5,83%, este ano. Para 2017, a projeção de crescimento foi ajustada de 0,54% para 0,50%.

A projeção para a cotação do dólar passou de R$ 3,80 para R$ 3,72 ao fim deste ano, e de R$ 4 para R$ 3,91, no fim de 2017.”

(Agência Brasil)