Blog do Eliomar

Últimos posts

FMI espera queda menor do PIB do Brasil para este ano

fmii

“O Fundo Monetário Internacional (FMI) espera por uma queda menor da economia brasileira este ano. A projeção de retração do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no pais, passou de 3,8% em abril, para 3,3%. O FMI também melhorou a estimativa para o próximo ano, que foi de estabilidade da economia para crescimento de 0,5%.

“A confiança dos consumidores e empresários parece já ter batido no fundo no Brasil, e a contração do PIB no primeiro trimestre foi mais branda que a antecipada”, diz o FMI no relatório Perspectiva Econômica Global (World Econonic Outlook, em inglês), publicado hoje (19).

Consequentemente, diz o FMI, a recessão em 2016 agora está prevista para ser menos severa, com o retorno ao crescimento em 2017. O FMI diz, entretanto, que as incertezas políticas mantêm-se e podem obscurecer as perspectivas.

A projeção para o crescimento das economias emergentes e em desenvolvimento foi mantida em 4,1% e em 4,6%.”

(Agência Lusa)

Copom inicia reunião para definir taxa básica de juros

“A primeira reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) sob o comando do novo presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfajn, tem início nesta tarde deterça-feira (19), em Brasília. A segunda parte da reunião será realizada amanhã (20), quando será divulgada a decisão do colegiado sobre a taxa básica de juros, a Selic, atualmente em 14,25% ao ano.

Esta será também a primeira reunião com a participação de quatro novos diretores: Carlos Viana de Carvalho (Política Econômica), Tiago Couto Berriel (Assuntos Internacionais e de Gestão de Riscos Corporativos), Reinaldo Le Grazie (Política Monetária) e Isaac Sidney Menezes Ferreira (Relacionamento Institucional e Cidadania).

A decisão do Copom sobre a Selic será tomada no momento em que a inflação mostra sinais de que está cedendo e a atividade econômica permanece em queda. Em junho, a inflação – medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) – caiu 0,43 ponto percentual em relação a maio ao passar de 0,78% para 0,35%. Com a desaceleração, o IPCA fechou o primeiro semestre do ano com alta acumulada de 4,42%, resultado abaixo dos 6,17% registrados em igual período de 2015. Em 12 meses, o IPCA ficou em 8,84%, 0,48 ponto percentual abaixo dos 9,32% dos 12 meses anteriores.”

(Agência Brasil)

Temer receberá irmãos maçons

dff

O presidente em exercício Michel Temer (PMDB) vai receber, às 15 horas desta terça-feira, no Palácio do Planalto, todos os grão-mestres da Maçonaria do Brasil. No grupo, há lideranças simpáticas a várias correntes partidárias e o objetivo é avaliar o cenário político.

O grão-mestre Silvio de Paiva Ribeiro, da Grande Loja Maçônica do Ceará, participará desse encontro.

DETALHE – Michel Temer é da maçonaria.

(Foto – Paulo MOska)

BNB comemora 64 anos cobrando respeito

Com o título “BNB – retorno às origens”, eis artigo de Rita Josino, presidente da Associação dos Funcionários do Banco do Nordeste que, nesta terça-feira, completa 64 anos de criação. Para Rita, o banco precisa voltar a ser valorizado pelo governo federal. Confira:

Há 64 anos o Banco do Nordeste do Brasil (BNB) tem feito a diferença na região em que atua, pelo seu diferencial de instituição fomentadora de desenvolvimento, mantendo as portas abertas ao crédito independente das crises. O BNB surgiu em um contexto diferente das demais instituições financeiras: enquanto grandes bancos vão para locais onde o dinheiro circula, ele nasceu para mitigar os efeitos da seca de 1951, ofertando crédito e apoio a pequenos agricultores.

O fato é que, desde sua criação, a instituição sofre para se manter e, verdade seja dita, sem o devido respeito e valorização por parte do Governo Federal. Para a Associação dos Funcionários do Banco do Nordeste do Brasil (AFBNB), isso não se deve à qualidade dos serviços prestados, já que seus trabalhadores são qualificados e comprometidos. Deve-se à ausência de uma política de desenvolvimento nacional consolidada, que compreenda as instituições regionais – como BNB, Sudene e Banco da Amazônia – como braço do Estado nas regiões.

Mas se deve, sobretudo, a práticas nada republicanas que utilizam instituições públicas como barganha política, como nomeações para administração baseadas em fisiologismo. Isso gera privilégios e talvez seja o primeiro passo para a troca de favores e a corrupção. O BNB não está imune e já estampou manchetes sobre desvios ou operações fraudulentas, algumas delas denunciadas pela própria Associação.

Além disso tudo, constantemente tramitam no Congresso Federal projetos de lei e medidas provisórias que ameaçam o BNB, por exemplo, quando se propõe a retirar do Banco a exclusividade da operacionalização dos recursos do FNE – principal fonte de recursos estáveis; ou quando se inclui na proposta de Desvinculação de Recursos da União a retirada de 30% dos recursos do Fundo Constitucional, esta última ameaça superada com muita luta.

Sem dúvidas, a melhor e mais eficaz maneira de enfrentar tantos fatores contrários é ter sempre em mente a essência do BNB, lembrar dos motivos que levaram à sua criação. O BNB não é banco comercial! É instituição de desenvolvimento! Como tal, deve ter seus resultados medidos não em cifras, mas no impacto de sua ação. Nesse processo de retorno às origens, um ator deve ser tratado com prioridade: o trabalhador. Ter seus direitos respeitados e condições de desenvolver bem suas atividades é fundamental para que o Banco seja forte e possa enfrentar os desafios postos, que não são poucos diante de uma realidade bem complexa.

*Rita Josina Feitosa da Silva

ritajosina@afbnb.com.br
Presidente da Associação dos Funcionários do Banco do Nordeste do Brasil (AFBNB)

Caso Aonde É – Justiça deve ouvir 98 pessoas em duas semanas

A 18ª Vara Criminal iniciou as audiências de instrução do caso que envolve o ex-vereador Antônio Farias de Sousa, mais conhecido como “Aonde É”. Além do ex-vereador, mais 14 réus são acusados de peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa. As sessões são presididas pelo juiz titular da unidade, Ireylande Prudente Saraiva. As audiências seguem até o próximo dia 29, ocorrendo de segunda a sexta, a partir das 13 horas, no Fórum Clóvis Beviláqua.

Ao todo, foram intimidas 98 pessoas para depor, incluindo 13 dos 15 acusados (dois deles estão foragidos). Na segunda e na terça-feira, deverão ser ouvidas 10 testemunhas de acusação. Os depoimentos das testemunhas de defesa vão de 20 a 26 de julho. Os réus devem ser interrogados nos dias 27, 28 e 29 e julho.

Segundo os autos (0792754-84.2014.8.06.0001), entre 2013 e 2014, “Aonde É” teria utilizado funcionários fantasmas para desviar dinheiro do erário. Com a quantia, comprou bens como apartamentos na região da orla marítima de Fortaleza.

Requerendo o trancamento da ação, a defesa do ex-vereador ingressou com habeas corpus no Tribunal de Justiça do Ceará. No pedido, também requisitou a anulação do recebimento da denúncia. No entanto, no último dia 14 de junho, a 2ª Câmara Criminal do TJCE negou os pedidos.

Eleições 2016 – Capitão Wagner confirma apoio do Solidariedade

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=VLVz4TKZKKM[/youtube]

O Partido Solidariedade vai oficializar, na próxima quinta-feira, apoio ao nome do pré-candidato a prefeito de Fortaleza pelo Partido da República, deputado estadual Capitão Wagner.

A informação é dada pelo pré-candidato, que comemora mais um partido reforçando sua aliança política.

Capitão Wagner adiantou que o seu vice deve vir mesmo do PMDB, já que o PSDB, outro parceiro, abriu mão dessa indicação.

Temer recebe Maia para um jantar. No menu, agenda do governo na Câmara

temre maia

“Em meio a uma agenda frenética após sua eleição, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, vai jantar com o presidente interino Michel Temer nesta terça-feira.

Os dois vão falar sobre a agenda do governo no Câmara e ajustar a sintonia para a retomada dos trabalhos do legislativo em agosto.
Publicidade

Antes de Temer, no entanto, Maia tem almoço marcado com o PSB e, na quarta, é a vez de se encontrar com Gilberto Kassab.”

(Coluna Radar, da Veja Online)

Crime organizado – Por um combate federalizado

Com o título “Crime organizado: federalização do combate”, eis o Editorial do O POVO desta terça-feira. No texto, a constatação de que o desafio é federal e chegou a um ponto em que só pode ser enfrentado pelo conjunto da União. Confira:

Há uma inquietação na sociedade cearense ante a escalada de ataques contra alvos da Segurança Pública (instalações e pessoal), em todo o Estado – isto é, na Capital e no Interior. A situação chegou a um ponto inusitado: até uma viatura do Corpo de Bombeiros (a corporação mais bem vista pela população) foi vítima de atos hostis, depois de ser chamada para atender uma ocorrência na Barra do Ceará.

Não há dúvidas de que há uma organização criminosa por trás de tudo. Qual sua natureza verdadeira e a intenção que a move, é preciso saber com certeza. Bem como identificar os rostos que estão por trás de tudo. Uma sociedade não pode viver com essa incerteza, pois isso tenderia a paralisar seu desempenho e torná-la refém do medo. O raciocínio é óbvio: se os próprios policiais estão sendo atacados, o que podem esperar os cidadãos comuns? Se o objetivo for intimidar, o meio escolhido – afrontar diretamente o aparelho de Estado e desmoralizá-lo – foi bem calculado.

Sabe-se que a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) está adotando uma série de medidas de prevenção, no sentido de assegurar a integridade física de seus componentes: dentre elas, a recomendação de que as viaturas da PM circulem, preferencialmente, em dupla. A pretensão é inibir novos ataques, como o registrado na noite do último sábado, 16, ocasião em que uma viatura do Ronda do Quarteirão foi atingida por, pelo menos, seis disparos de arma de fogo, no bairro Pan-Americano. Nesse episódio, nem mesmo a presença de três soldados no veículo intimidou os criminosos.

Não é apenas o Ceará a enfrentar esse desafio: várias unidades da Federação deparam com o mesmo quadro, inclusive Estados muito mais aparelhados para o combate ao crime organizado. O desafio é federal e chegou a um ponto em que só pode ser enfrentado pelo conjunto da União. O governo federal precisa adequar as leis do País a essa realidade, enviando ao Congresso Nacional uma emenda constitucional que permita à Polícia Federal centralizar as operações de inteligência e de comando das forças estaduais no que se refere exclusivamente ao combate ao crime organizado, em cada unidade federativa. Sem isso, continuaremos a enxugar gelo, nesse terreno, e os criminosos ficarão cada vez mais audaciosos.

Guarda Municipal aprova estado de greve

guardadmun
Servidores da da Guarda Municipal de Fortaleza aprovaram, nesta manhã de terça-feira, em clima de assembleia geral, estado de greve. A categoria promete iniciar uma paralisação a partir do próximo sábado.
A assembleia, convocada pelo Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos Municipais de Fortaleza (Sindifort), ocorreu na sede da GMF (Bairro Rodolfo Teófilo). Eles reivindicam condições de segurança.

Na madrugada do último dia 14, três homens encapuzados invadiram a sede da Guarda, efetuaram aproximadamente 20 disparos e fugiram. No dia 16 deste mês, novo ataque à sede do órgão, por meio de uma bomba caseira.

(Foto – Divulgação)

FPM – Com alta inexpressiva, segundo decêndio será depositado nesta quarta-feira

Será creditado nas contas das prefeituras brasileiras, nesta quarta-feira (20), o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) referente ao segundo decêndio deste mês. O montante transferido será de R$ 605.519.908,61, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Em valores brutos, isto é, incluindo a retenção do Fundeb, o montante é de R$ 756.899.885,76.

Em comparação com o segundo decêndio de julho de 2015, a atual parcela teve um crescimento de 8,15% em termos nominais, ou seja, desconsiderados os efeitos da inflação. No entanto, se compreendidos os efeitos negativos da inflação, com a desvalorização da moeda, o atual decêndio apresenta um crescimento pífio, de 0,32%.

Somados o primeiro e o segundo decêndios deste mês, obtém-se R$ 2,921 bilhões. No mesmo período do ano anterior, o montante das primeiras duas parcelas do mês de julho ficou em R$ 3,126 bilhões. Em termos nominais, o somatório dos repasses caiu 6,58%.

Uma mulher comandará a Codevasf

keniaa

O governo interino de Michel Temer nomeou Kênia Régia Anasenko Marcelino para exercer o cargo de presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). O órgão é vinculada ao Ministério da Integração Nacional.

A nomeação, já publicada no Diário Oficial da União (DOU) dessa segunda-feira, tem o aval do ministro Hélder Barbalho.

Kênia Marcelino é de Goiás e ficará sob sua responsabilidade a gestão da futura transposição das águas do rio São Francisco.

Ex-prefeito de Santa Quitéria permanece inelegível

O Tribunal Regional Eleitoral, em sessão presidida pelo desembargador Abelardo Benevides, condenou o ex-prefeito de Santa Quitéria, Chagas Mesquita, por abuso de poder político e conduta vedada, na campanha das eleições de 2012, quando concorreu à reeleição e ficou em 3º lugar na votação. Foi nessa noite de segunda-feira, no pleno do tribunal.

Por unanimidade, a Corte do TRE, manteve a sentença de 1º grau, na Ação de Investigação Eleitoral nº 298-33, cuja relatora foi a desembargadora Nailde Pinheiro Nogueira, que condenou o ex-prefeito a 8 anos de inelegibilidade, a contar da data da eleição de 2012, e multa de 6 mil UFIRs.

Guimarães diz que apoia Luizianne e espera que PT não crie problema para o governador

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=Q07ljJzzPCI[/youtube]

O líder da minoria na Câmara, petista José Nobre Guimarães, espera que o novo presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM/RJ) promova o diálogo e respeita a esquerda e a Constituição. Guimarães adianta que a oposição espera uma “relação civilizada”.

Sobre a sucessão em Fortaleza, José Guimarães deixou claro: os cearenses o conhecem como um político que tem partido e segue o partido.

“O PT definiu que a candidata em Fortaleza é a deputada Luizianne Lins e eu estou com Luizianne”, avisou Guimarães. Perguntado sobre o vice, disse esperar uma boa escolha. Ele não quis sugerir nomes.

Sobre a posição do governador Camilo Santana (PT), simpático à reeleição do prefeito Roberto Cláudio (PDT), afirmou que não haverá crise em torno dessa perspectiva.

Indagado se seria bom Camilo se licenciar do partido na peleja eleitoral, evitou dar sugestões.Guimarães preferiu apostar que o diretório municipal não deverá criar nenhum problema para o governador.

Guimarães integra a corrente política de Camilo Santana dentro do PT e, enquanto ambos devem marchar separados na Capital, abre-se a perspectivas dos dois se encontrarem nos mesmos palanques no Interior.

Presos suspeitos de ataque a PMs

“Cinco pessoas suspeitas de envolvimento nas mortes de policiais foram presas na tarde de ontem, 18, no bairro Meireles, em Fortaleza. Os criminosos foram abordados por volta das 15h em um Celta preto. Segundo O POVO apurou, nos celulares apreendidos haveria mensagens relacionadas a morte de policiais.

Os suspeitos identificados como Lucas Bruno dos Santos Marques, Victor Alcântara Martins, Lucas Santana Braga, Leoncio Marques do Nascimento, Yuri do Nascimento Souza foram presos em flagrante próximo ao cruzamento da avenida Monsenhor Tabosa com rua Ildefonso Albano. Eles foram levados ao 2º Distrito Policial e vinham sendo monitorados pela Polícia Civil.

De acordo com coronel Francisco Souto, Comandante de Policiamento da Capital (CPC) os criminosos presos nesta segunda-feira possuem extensa ficha criminal.

O militar informou que haviam outros suspeitos em outros dois carros, um voyage branco e uma hilux, ambos conseguiram fugir. Segundo o coronel, as ações de investigação terão continuidade na Capital.”

(O POVO)

Associação Cearense dos Magistrados diz lamentar ataques de representações de servidores como forma de reivindicação

67 4

Da Coluna Vertical, no O POVO desta terça-feira (19):

Sobre queixa desta Vertical acerca de auxílio-moradia pago a juízes que moram em Fortaleza, recebemos nota da Associação Cearense dos Magistrados:

“Conquistas legitimamente obtidas por quaisquer categorias devem ser protegidas, não avariadas e a elas acrescidas mais, sendo inaceitável que se extraia direitos de uma categoria sob o argumento de beneficiar outra. É lamentável e desonroso que representações dos servidores do Judiciário do Ceará reivindiquem melhorias para a classe deles atacando direitos dos juízes. Ademais, os servidores do Judiciário cearense são os mais bem pagos da Justiça Estadual brasileira, têm uma remuneração 52,6% acima da média nacional dos judiciários estaduais (dado do TJCE). O auxílio-moradia é legalmente concedido a integrantes do Poder Judiciário, MP e Defensoria Pública, estando assegurado nas AO nº 1773 e nº 1946 do STF, na Resolução nº 199 do CNJ e na Resolução nº 01/2015 do TJCE”.

Que o leitor, contribuinte, tire suas conclusões.

Anuário do Ceará 2016/2017. Na festa, um recado: “Somos todos políticos”

321 1

foto opovo anuário 2016 luciana

Publicação mais antiga do Estado, o Anuário do Ceará 2016/2017 foi lançado na noite dessa segunda-feira (18). Com mais de 160 anos de estrada, o conteúdo traz nessa nova edição de 680 páginas, divididas em 12 capítulos, informações sobre o Ceará, que ajudam a entender o que somos, onde e como vivemos e, principalmente, para onde desejamos ir.

Em evento realizado no Alices Buffet, Luciana Dummar, presidente do Grupo de Comunicação O POVO, destacou, em discurso, que mais do que nunca é preciso entender e saber o que somos e sobre o nosso Estado em um tempo de dialogar, de debater, nos mais diversos aspectos – político, econômico, demográfico, entre outros.

“Para isso, jornais, rádios, TVs, portais. Imprensa provocativa, livre. Para isso, documentos com profundidade, como o Anuário do Ceará”.

E fazer uma reflexão sobre qual o nosso papel na sociedade foi o que o governador do Estado, Camilo Santana (PT), convidou o público a realizar em seu discurso no lançamento da publicação. Ele também frisou a importância de entender quem somos. “É preciso resgatar o diálogo, a pactuação, a construção coletiva. E esse Anuário já faz parte de nossas vidas como fonte de informação”, afirmou.

Também para quem quer conhecer mais um pouco do Ceará, quem é o cearense. Foi assim que o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT) descreveu o Anuário do Ceará. “É fonte de consulta importante para escolas, para pesquisadores que buscam informação atualizada”, disse.

Por contemplar conteúdo atual, Ricardo Parente, gerente geral de Relações Institucionais e Comunicação da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), afirmou que a publicação tem valor significativo. Seja para “sociedade civil, para quem queira investir no Estado, fazer negócios, para o poder público e privado”.

Severino Ramalho Neto, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza (CDL-Fortaleza), complementou e disse que, além do investidor, o Anuário traz conhecimento de como o Estado está, o que ele tem, o que ele não tem e o que deveria ter. “É leitura obrigatória”.

Mais que conteúdo, a publicação é a cara do cearense. Foi o que Jocélio Leal, editor-executivo do Anuário do Ceará destacou, em discurso proferido no lançamento. “Assim como o cearense, surpreende. A gente, tecnicamente, é pobre. Representamos 2% do PIB (Produto Interno Bruto) do País. Mas somos um Estado muito rico de oportunidades e, muitas vezes, a gente nem percebe isso”, disse.

Além do conteúdo impresso, foi lançado, ontem, a versão online do Anuário do Ceará 2016/2017. Fábio Campos, editor-geral do Anuário, diz que a versão web reflete um momento “muito importante” para o Grupo de Comunicação O POVO.

Isso porque a publicação passa a se ampliar, a ter conteúdo extra. “Ela ganha vida permanente com o site para que os dados possam estar sempre atualizados. O que foi feito no impresso é somado a esse elemento digital e se ganha amplitude de consulta, com cruzamento de dados”, explica João Dummar Neto, vice-presidente do Grupo de Comunicação O POVO.

Luciana Dummar acrescenta que o conteúdo digital vem para se ter acesso a cada momento do nosso Estado de maneira atualizada. “Que seja um banco de dados permanente”, disse.

(O POVO)

Mas Luciana Dummar não ficou apenas no aspecto festivo do evento. Ela lançou uma boa reflexão sobre cenários políticos. Disse que todos somos políticos e todos precisamos lutar contras desigualdades.

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=6a3-grDtGk0[/youtube]

Zap Eleição – Conselho de Contabilidade tira dúvidas sobre prestação de contas eleitorais

cointass

O Conselho Regional de Contabilidade disponibilizou, a partir dessa segunda feira (18), o serviço Zap Eleição, que tira dúvidas sobre a prestação de contas eleitorais por meio do aplicativo Whatsapp. As perguntas devem ser enviadas por escrito para o número 98698.3248 – usuários de outras cidades devem colocar 85 antes do número.

O Zap Eleição é gratuito e ficará disponível 24 horas por dia, até 19 de novembro, fim do prazo para a prestação de contas dos candidatos que disputarão o segundo turno. As respostas serão dadas por ordem de entrada da pergunta no aplicativo, por escrito ou por áudio, por contadores especialistas credenciados pelo CRCCE.

As explicações serão baseadas no documento Contas Eleitorais – aspectos contábeis, jurídicos das prestações de contas das eleições de 2016, elaborado pelo Conselho Federal de Contabilidade e Tribunal Superior Eleitoral (disponível para consulta e impressão em http://cfc.org.br/wp-content/uploads/2016/01/Contabilidade_Eleitoral_web.pdf).

Obrigatório

A prestação de contas é obrigatória para todos os candidatos a prefeito e a vereador do país. A Justiça Eleitoral também exige a contratação de um contador e a assinatura deste profissional na prestação de contas. Entre as informações a serem fornecidas estão o extrato bancário diário e as receitas contabilizadas, a cada 72 horas.

Caixa vai financiar imóveis de até R$ 3 milhões

A partir da segunda-feira (25), os mutuários da Caixa Econômica Federal poderão financiar imóveis de até R$ 3 milhões, o dobro do limite de financiamento em vigor até agora, de R$ 1,5 milhão. A mudança foi anunciada nessa segunda-feira (18) pela instituição financeira e afeta somente operações de crédito do Sistema Financeiro Imobiliário (SFI). Essa modalidade de crédito financia imóveis mais caros, sem emprestar dinheiro do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Além de aumentar o limite de crédito, a Caixa anunciou que passará a financiar uma parcela maior do valor dos imóveis por meio do SFI. A cota de financiamento para imóveis usados subiu de 60% para 70% do valor total. Para a compra de imóvel novo, construção em terreno próprio, aquisição de terrenos e reforma ou ampliação, a cota passou de 70% para 80%.

Nas operações contratadas com interveniente quitante, nas quais haverá quitação de financiamento com outra instituição financeira, a cota de financiamento subirá de 50% para 70%. Até o início do ano passado, a Caixa financiava 70% dos imóveis adquiridos pelo SFI. O teto caiu para 40% em maio de 2015 e tinha sido reajustado para 60% em março deste ano.

Em nota, o banco confirmou que estuda a personalização dos juros e das cotas de financiamento conforme o perfil do cliente, mas esclareceu que esse modelo ainda não tem data para entrar em vigor. “A Caixa esclarece que o novo modelo de concessão de crédito, que levará em consideração aspectos de perfil do cliente como rating ou menor quota de financiamento, ainda está em estudo e não tem previsão de data de lançamento”, destacou a instituição financeira.

As mudanças anunciadas não afetariam as operações do Sistema Financeiro da Habitação (SFH), que financia a compra de imóveis de até R$ 750 mil em São Paulo, no Rio de Janeiro, em Minas Gerais e no Distrito Federal e de até R$ 650 mil nas demais localidades do país. O SFH financia imóveis com recursos da poupança e do FGTS. O SFI financia unidades de maior valor, com recursos de fundos de pensão, fundos de renda fixa, companhias seguradoras e bancos de investimento.

(Agência Brasil)