Blog do Eliomar

Últimos posts

Salmito inaugura comitê de campanha na tarde deste sábado

546 1

Com as presenças do governador Camilo Santana, do ex-governador Cid Gomes e do prefeito Roberto Cláudio, o candidato a deputado estadual Salmito Filho (PDT) inaugura na tarde deste sábado (25), na Aldeota, a partir das 17 horas, o comitê central de campanha.

SERVIÇO

Inauguração do comitê de Salmito

Avenida Santos Dumont, 3860, Aldeota (antiga unidade do Detran-CE)

Horário: 17 horas

A resposta política à violência

Da Coluna Política, no O POVO deste sábado (25), pelo jornalista Érico Firmo:

O mais preocupante em relação à crise de criminalidade é a falta de perspectivas. Favorito para se reeleger, Camilo não apresenta saídas propriamente novas. Algo que sinalize virada no novo mandato. Os adversários, tampouco.

Tudo que se discute parece bastante com o que foi feito nos últimos 12 anos. O pensamento político cearense não aponta perspectiva de melhora nos próximos quatro anos. Claro, a campanha está começando. Quem sabe, alguém guarda alguma ideia um pouco mais refinada, elaborada para atacar o problema.

A forma de criminalidade trazida pelas facções é nova. Estamos, todavia, presos às velhas fórmulas, que não foram propriamente um sucesso nem na realidade anterior.

Mega-Sena e Quina voltam a ter prêmios milionários neste sábado

Com prêmios acumulados, a Mega-Sena e a Quina prometem pagar prêmios milionários neste sábado (25). Enquanto a Mega-Sena apresenta uma premiação de R$ 33 milhões, a Quina acumula R$ 6 milhões, após não haver ganhador no sorteio dessa sexta-feira (24), com os números 28 – 31 – 34 – 36 e 70.

As apostas podem ser feitas até as 19 horas. A Mega-Sena possui aposta mínima de R$ 3,50 e a Quina de R$ 1,50.

PCdoB lança George Valentim a deputado estadual

O ex-prefeito de Maranguape, George Valentim (PCdoB), teve a candidatura lançada na noite dessa sexta-feira (24), com a presença de lideranças do município, vereadores da Região Metropolitana de Fortaleza e do Maciço de Baturité, além do advogado Dênis Bezerra, que faz dobradinha com Valentim, na condição de candidato a deputado federal. Na manhã deste sábado (25), haverá a inauguração do comitê do candidato em Maranguape.

“Na minha gestão como prefeito, éramos a oitava maior economia do Ceará, mas infelizmente hoje estamos na 51ª posição em renda per capita pela falta de oportunidade de emprego, circulação de renda e falta de dinheiro em nossa cidade”, disse Valentim, que promete, caso eleito, a voltar o mandato para o crescimento econômico do Ceará.

Valentim reforçou ainda a necessidade de ampliar as oportunidades no ensino superior em Maranguape, que está entre as 10 maiores cidades do Estado, mas é o único município da relação sem uma universidade pública e gratuita. Lembrou que há oito anos a obra do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) se arrasta sem uma data precisa de término.

(Foto: Divulgação)

Saques do PIS/Pasep podem injetar até R$ 10,3 bi no comércio, diz CNC

O resgate das cotas do Fundo PIS/Pasep, liberado para beneficiários de todas as idades até o dia 28 de setembro, pode injetar até R$ 10,3 bilhões no segmento varejista. Os cálculos são da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), tomando como base o saldo de cerca de R$ 35 bilhões disponíveis no fundo. Se essa projeção se confirmar, o comércio pode ser mais beneficiado do que com o que foi liberado das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que injetou mais de R$ 44 bilhões na economia do país no ano passado, com R$ 10 bilhões sendo absorvidos apenas pelo varejo.

“A estimativa é mais otimista para os efeitos do PIS/Pasep porque o comprometimento da renda das famílias hoje, na faixa dos 17%, é melhor do que no ano passado, quando quase 20% da renda estava comprometida com o pagamento de dívidas, parcelas de bens, entre outros”, explica Fábio Bentes, chefe da divisão econômica da CNC.

Segundo ele, a disponibilidade de recursos pelas famílias é maior este ano, apesar da “frustração” com a tímida recuperação do mercado de trabalho e o aumento da inflação em relação a 2017.

“No ano passado, a gente viu que o segmento que mais se beneficiou da liberação das contas inativas do FGTS foi o de vestuário, seguindo pelo de material de construção. A tendência é que esses mesmos setores também se beneficiem com os recursos do PIS/Pasep”, acrescenta Fábio. Segundo ele, os efeitos já devem ser sentidos ao longo do mês de setembro. A expectativa é que o comércio cresça, no segundo semestre deste ano, 3% em relação ao mesmo período do ano passado.

O Ministério do Planejamento calcula que o impacto da liberação desses recursos poderia reforçar o Produto Interno Bruto (PIB) do país em 0,55 ponto percentual em 2018, um valor expressivo tendo em vista a expectativa de crescimento este ano está em 1,6%. Em média, cada cotista do PIS/Pasep deve sacar um saldo de R$ 1.000.

Na opinião de Claudio Considera, pesquisador associado do Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getúlio Vargas (FGV), apesar de boa parte das famílias declarar o uso desses recursos para quitar dívidas, isso abre possibilidade para a retomada do crédito. “Boa parte das pessoas usam o dinheiro para pagar dívidas, mas com isso elas voltam ao mercado de crédito”, aponta.

O economista, que é coordenador do Monitor do PIB, diz ainda que após a liberação das contas inativas do FGTS, no ano passado, houve um incremento no mercado de consumo de bens duráveis, que inclui automóveis, eletrônicos, televisores e eletrodomésticos em geral. “Bens de consumo duráveis são comprados, em geral, por meio do crediário e os consumidores só poderiam fazer essa aquisição caso tivessem liquidado suas dívidas. Esse pessoal voltou ao mercado de consumo”, argumenta. Ele lembra que até abril do ano passado, as estatística de consumo de bens duráveis eram negativas e passaram a experimentar um alta crescente, que tem se mantido.

Cronograma

Desde que o governo federal deu início ao processo de flexibilização dos saques do Fundo PIS/Pasep, em outubro de 2017, até a última atualização do balanço de pagamentos, no último dia 19 de agosto, foram pagos R$ 13,8 bilhões, atendendo 13 milhões de pessoas. Esse número representa 45,5% do total de cotistas do Fundo PIS/Pasep.

Até o dia 28 de setembro de 2018, cotistas de todas as idades têm direito a fazerem os seus saques. Ao todo, são 15,6 milhões de pessoas aptas a resgatar o benefício, com recursos que totalizam R$ 28,4 bilhões.

Após essa data, o benefício volta a ser concedido exclusivamente ao público habitual, formado por cotistas maiores de 60 anos, aposentados, pessoas em situação de invalidez (inclusive seus dependentes) ou acometidas por enfermidades específicas, participantes do Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) e herdeiros de cotistas falecidos.

Quem tem direito

Têm direito ao saque servidores públicos e empregados que trabalharam com carteira assinada entre 1971, quando o PIS/Pasep foi criado, até 1988. Quem contribuiu após 4 de outubro de 1988 não tem direito ao saque. Isso ocorre porque a Constituição, promulgada naquele ano, passou a destinar as contribuições do PIS/Pasep das empresas ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que paga o seguro-desemprego e o abono salarial, e ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Desde a criação do PIS/Pasep, em 1971, o saque total só podia ser feito quando o trabalhador completasse 70 anos, se aposentasse, tivesse doença grave ou invalidez ou fosse herdeiro de titular da conta. No segundo semestre do ano passado, o governo já tinha enviado ao Congresso duas medidas provisórias (MPs) reduzindo a 60 anos a idade para saque, sem alterar as demais hipóteses de acesso aos recursos.

O Projeto de Lei de Conversão 8/2018, decorrente da MP 813/2017, que permitiu os saques, foi aprovado pelo Senado no dia 28 de maio e sancionado pelo presidente Michel Temer em junho, quando a flexibilização do saque passou a valer na prática.

(Agência Brasil)

Uma turma da educação que vale ouro

Da Coluna Eliomar de Lima, no O POVO deste sábado (25):

A Assembleia Legislativa abrirá, na segunda-feira, 27, às 15 horas, para uma sessão solene que promete movimentar os colégios de Fortaleza. Por iniciativa do deputado Carlos Felipe (PCdoB), a Casa homenageará 101 medalhistas de ouro de Olimpíadas Brasileiras de Matemática, Física, Química e Biologia e suas instituições e professores.

Entre os destaques, a aluna Ivna Ferreira, primeira mulher brasileira a conquistar a medalha de ouro em Olimpíada Científica Internacional.

Bom destacar: o Ceará fechou 2017 como o campeão de medalhas de ouro nas Olimpíadas Brasileiras de Matemática (OBM), Física (OBF), Ciência (ONC) e Química (OBQ).

Esse tipo de solenidade merece apoio, pois mostra que educação precisa e deve ser incentivada, pois é a melhor saída para afastar jovens e adolescentes de cenários de criminalidade. Em todos os sentidos.

(Foto: Reprodução)

Anvisa altera indicações para uso de vacina contra a dengue

A vacina contra a dengue, chamada de Dengvaxia, aumenta o risco de hospitalização ou de dengue grave das pessoas que nunca tiveram contato com o vírus, quando infectados pela primeira vez. Por outro lado, sua eficiência é maior quando aplicada em pessoas que já apresentaram algum subtipo da doença.

Essas constatações, obtidas após cinco anos de monitoramento, levaram a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) a anunciar a alteração na bula da vacina.

Foram feitas três alterações na bula da vacina Dengvaxia. A primeira, no sentido de restringir o uso para “indivíduos soropositivos”, referindo-se àqueles que já tiveram dengue e moram em áreas endêmicas.

A segunda alteração inclui, no texto, uma definição mais clara para o que é considerado “área endêmica”: aquelas onde pelo menos 70% das pessoas ou ou mais já tiveram contato com o vírus.

Por fim, inclui a contraindicação de uso da vacina para indivíduos que nunca tiveram dengue (soronegativos).

“Para a aprovação destas alterações, a Anvisa considerou que a vacina é comprovadamente eficaz na prevenção de um novo episódio de dengue para pessoas que já tiveram alguma forma da doença. Outro fator decisivo é o fato da Dengvaxia ser a única vacina para dengue aprovada no Brasil, que sazonalmente sofre com epidemias da doença”, informou a Anvisa por meio de nota, ao afirmar que essas alterações estão de acordo com recomendações feitas pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

(Agência Brasil)

Criança de 4 anos é assassinada na noite dessa sexta-feira

582 1

O 17º Batalhão da Polícia Militar de Fortaleza, no Conjunto Ceará, confirmou um triplo homicídio ocorrido na noite dessa sexta-feira, 24. O crime ocorreu no bairro Genibaú.

A Polícia não confirmou mais detalhes, mas O POVO Online recebeu informação de que as vítimas seriam um homem, uma mulher e uma criança, filha do casal.

Já o Blog apurou que as vítimas seriam uma criança de 4 anos e o pai do menino, de 23 anos. A mãe da criança não estaria na residência no momento da agressão. O menino ainda teria sido levado com vida à UPA do Conjunto CEará, mas não resistiu aos ferimentos.

(O POVO Online / Foto: Arquivo)

Garantia do FGTS permitirá redução de juros do crédito consignado

As novas regras do crédito consignado permitirão aos trabalhadores da iniciativa privada obter empréstimos consignados (com desconto na folha de pagamento) com juros mais baixos. Entraram em vigor neste mês novas normas da Caixa Econômica Federal que facilitam a utilização dos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) como garantia nessa modalidade de crédito.

Segundo o Ministério do Planejamento, as novas regras têm como objetivo aproximar os juros dos créditos consignados oferecidos aos trabalhadores da iniciativa privada às taxas cobradas aos servidores públicos. Em junho deste ano, a taxa média do consignado para o serviço público estava em 1,75% ao mês, contra 2,83% ao mês para trabalhadores do setor privado.

Pelas novas regras, na assinatura de contratação do financiamento consignado, a Caixa criará uma conta à parte com 10% do valor do FGTS do trabalhador da iniciativa privada, mais o valor equivalente à multa de 40% por demissão sem justa causa. A quantia ficará segregada na conta do FGTS do trabalhador até que o empréstimo seja quitado, mas continuará a render normalmente. O dinheiro só será usado para cobrir eventuais calotes, reduzindo o risco para as instituições financeiras.

De acordo com o planejamento, a expectativa é que mais bancos se sintam confortáveis para operar a garantia do FGTS e que mais empresas se associem a instituições financeiras para oferecer crédito consignado aos funcionários. A mudança, informou o Planejamento, não trará impacto financeiro ao FGTS porque as garantias para as instituições financeiras só serão executadas em situações nas quais estejam previstos o saque do saldo pelos trabalhadores.

A lei que instituiu o uso de parte do FGTS como garantia nas operações de crédito consignado entrou em vigor no ano passado. No entanto, até agora não havia segurança para os bancos, que só eram informados do saldo do Fundo de Garantia do trabalhador no caso de um eventual desligamento da empresa. A possibilidade de que o funcionário, durante a vigência do crédito consignado, sacasse parte do FGTS para comprar um imóvel reduziria a quantia que pode servir de garantia.

Segundo o Planejamento, as novas regras têm como objetivo aproximar os juros dos créditos consignados oferecidos aos trabalhadores da iniciativa privada às taxas cobradas aos servidores públicos. Em junho deste ano, a taxa média do consignado para o serviço público estava em 1,75% ao mês, contra 2,83% ao mês para trabalhadores do setor privado.

(Agência Brasil)

Maracanaú – General participa de primeira carreata do PSDB neste sábado

A coligação Tá Na Hora de Mudar (PSDB/Pros), que possui à frente o tucano General Theophilo como candidato ao Governo do Ceará, promove neste sábado (25), a partir das 17 horas, em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza, a primeira carreata de campanha. A concentração ocorre no Distrito Industrial.

Pela manhã, a partir das 8 horas, o candidato do PSDB estará em Iguatu, no Centro-Sul do Estado, em uma caminhada no Mercado Central.

Última semana: pais e responsáveis precisam levar as crianças para vacinar contra pólio e sarampo

A próxima semana é a última oportunidade dos pais e responsáveis levarem as crianças de um ano a menores de cinco para se vacinarem contra a pólio e sarampo. A Campanha Nacional de Vacinação contra as duas doenças termina na próxima sexta-feira (31). Até o momento, 4,1 milhões de crianças em todo país ainda não receberam a vacina.

A última atualização enviada pelos estados mostra que, até esta sexta-feira (24), 62% das crianças brasileiras se vacinaram. Em todo o país, foram aplicadas mais de 14 milhões de doses das vacinas (cerca de 7 milhões de cada).

A meta do Ministério da Saúde é vacinar pelo menos 95% das 11,2 milhões de crianças independente da situação vacinal delas e criar uma barreira sanitária de proteção da população brasileira.

(Agência Saúde)

Beto Barbosa é diagnosticado com câncer e começa quimioterapia

O cantor Beto Barbosa foi diagnosticado com câncer na bexiga e na próstata e começou nesta sexta-feira, 24, o tratamento de quimioterapia em um hospital em São Paulo. Beto é considerado um dos artistas mais famosos do País, e nos anos 80 ganhou o título de “Rei da lambada” As informações são do portal UOL.

A primeira sessão do tratamento deverá ocorrer nesta sexta-feira, 24, em São Paulo.

De acordo com Beto, que tem 63 anos de idade, a agenda de shows seguirá normalmente.

Durante esta manhã, o cantor e também compositor conversou com o jornalista Ricardo Feltrin, e revelou que os sintomas começaram a aparecer no final de 2017.

Beto Barbosa procurou imediatamente os médicos em Fortaleza, onde o cantor mora, mas, segundo ele, nenhum especialista teria identificado o problema.

“Fui em mais de médico. Todos disseram que era algum tipo de infecção urinária. Só que nenhum tratamento ou remédio funcionou. Aí eu decidi tirar a limpo e vim pra São Paulo”, conta.

O cantor foi submetido a uma bateria de exames no hospital Albert Einstein e logo foi constatado dois tumores (um na bexiga e outro na próstata). No momento, Beto segue internado e passa por pré-exames no hospital Beneficência Portuguesa, em São Paulo.

O artista pediu para que os fãs apenas orem em seu nome e afirma que não irá cancelar nenhum show devido o tratamento. “Vou cumprir minha agenda”, completa.

Rei da lambada

Beto Barbosa é o nome artístico escolhido pelo cantor para conseguir se tornar famoso, mas ele não esconde seu real nome, Raimundo Roberto Morhy Barbosa, nascido na cidade de Belém em 1955, o artista tem ascendência libanesa. O rei da Lambada foi um dos maiores vendedores de discos nos anos 80 e 90. Atualmente está solteiro e tem um filho adotivo.

(O POVO Online)

Antes da chacina contra policiais, DHPP emitiu mandado de prisão para dois envolvidos no crime

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) emitiu mandado de prisão contra dois dos envolvidos na chacina policial, no bairro Vila Manoel Sátiro, antes mesmo do crime. De acordo com o titular da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa, a DHPP identificou que dois dos presos nessa quinta-feira, 23, estavam envolvidos na morte de outro policial militar.

Lucas Oliveira da Silva e Charlisson de Araújo Souza, 20, são suspeitos e envolvimento na morte do subtenente Juciano de Lima Barbosa, 53, morto em 29 de julho, no bairro Parque São José. O crime tem proximidade com a chacina dessa quinta-feira: também ocorreu em bar, a cerca de 400 metros do crime de ontem.

André Costa afirmou que a motivação está sendo apurada e que, por enquanto, nenhuma linha de investigação pode ser confirmada ou excluída. Foram presos Francisco Wellington Almeida da Silva, 41, Charlesson de Araújo Sousa, 20, Eduardo Vale de Lima, 35, Rafael Mendes Almeida, 30, e Lucas Oliveira da Silva, idade não informada.

“O ato covarde, vergonhoso, não demonstra força. Pelo contrário, demonstra fraqueza. Após esse ato, o governador determinou que a gente colocasse todas as nossas forças, nossos recursos, à disposição, como é feito de praxe sempre que envolve morte de policial no Ceará”, afirmou o secretário.

Fabiano Cavalcante da Silva, 31, já estava preso. Antes da confirmação, o secretário comentou que não havia “nada que infirisse na ligação entre presídio e quem estava na rua”. Depois, o delegado Wilson Neto, da 11ª delegacia da DHPP, confirmou que Fabiano estava no sistema prisional. “Nós solicitamos que o (Grupo de Apoio Penitenciário) GAP trouxesse esse indivíduo até a delegacia. Acreditamos que a ordem saiu de dentro do presídio. Não podemos dizer como isso aconteceu”, reconhece.

A prisão

A inteligência policial já apontava os suspeitos que atuavam na área, conforme o delegado Wilson Neto. “Nós trocávamos informações a todo momento com a equipe responsável pela área do crime. Chegamos primeir na localização do Wellington, responsável por guardar armamento e droga naquela região”, explica.

“As incursões foram feitas e de imediato chegamos ao Rafael, que estava nas proximidades. Em seguida, recebemos os mandados de prisão de Lucas e Charlesson, e chegamos às duas armas no cumprimenro desse mandado”, continuou.

Ele conta que informações de testemunhas “desenharam” o crime. “Outros elementos colhidos trouxeram o entendimento de que Fabiano Cavalcante teria determinado que outros dois indivíduos fossem ceifar a vida dos policiais militares”.

(O POVO Online / Repórter Rubens Rodrigues)

TSE julga até 17 de setembro ações contra candidaturas à Presidência

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deve julgar até 17 de setembro se aceita ou não os registros de todos os candidatos à Presidência da República. Entre os fatores a serem analisados estão as contestações feitas por terceiros, que este ano foram apresentadas contra as candidaturas de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Geraldo Alckmin (PSDB), Jair Bolsonaro (PSL) e Henrique Meirelles (MDB).

Há dois tipos de contestação que podem pesar contra os candidatos: as impugnações, que podem ser interpostas por outros candidatos, partidos ou coligações e também pelo Ministério Público; e as chamadas “notícias de inelegibilidade”, que podem ser protocoladas por qualquer cidadão que deseje informar à Justiça Eleitoral algo que impeça alguém de concorrer.

Em ambas as situações, a contestação deve ser feita no prazo de cinco dias a partir da publicação pelo TSE de um edital com o pedido de registro. Cada candidatura tem um edital próprio.

Geraldo Alckmin

No caso de Alckmin, por exemplo, sua candidatura é alvo de uma impugnação, feita no prazo previsto pelo adversário Henrique Meirelles. Ele alega irregularidade na documentação de seis dos nove partidos que compõem a coligação do candidato do PSDB. São eles o PTB, PP, PR, DEM, PRB e Solidariedade.

Em suas atas de convenção nacional, essas legendas não teriam expressado adequadamente a concordância com a presença de outros partidos na coligação, argumenta Meirelles, por meio de seus advogados.

O candidato do MDB pede que o registro de Alckmin seja negado, ou, ao menos, que os partidos citados sejam excluídos da coligação adversária, o que resultaria em perda de tempo de TV e rádio na propaganda eleitoral gratuita.

Ao TSE, a defesa do candidato do PSDB negou qualquer irregularidade e alegou que a candidatura de Meirelles faz uma “mera tentativa de criar um fato político”.

O relator do caso é o ministro Tarcísio Vieira, que, antes de decidir, abriu no último dia 22 um prazo de cinco dias para as alegações finais, uma última oportunidade para ambas as partes se manifestarem.

Henrique Meirelles

Ontem (23), Meirelles teve sua candidatura contestada pelo advogado Enio da Silva Mariano, que o acusou de violar a legislação eleitoral por pedir votos em dois templos religiosos, o que não seria permitido, segundo o advogado. Ele cita dois templos visitados pelo candidato, um em São Paulo e outro em Brasília.

A contestação, entretanto, foi protocolada após o prazo previsto. Caberá ao relator do registro de Meirelles, ministro Jorge Mussi, decidir se a notícia de elegibilidade merece prosseguir. A Agência Brasil entrou em contato com representantes do candidato do MDB por telefone e email, mas não obteve retorno até o momento.

Jair Bolsonaro

O mesmo advogado que contestou a candidatura de Meirelles apresentou, também na noite de quinta-feira (23) e após o prazo previsto, contestação contra a candidatura de Jair Bolsonaro. Os argumentos usados foram iguais, de que de modo irregular o candidato pediu votos em um templo religioso, neste caso no Rio de Janeiro.

Bolsonaro é alvo ainda de uma notícia de inelegibilidade feita dentro do prazo previsto. Nela, o advogado Rogerio Phanardzis Ancora da Luz argumentou que o candidato não estaria apto a entrar na corrida presidencial por ser réu em duas ações penais em curso no Supremo Tribunal Federal (STF), nas quais ele é acusado de incitação ao estupro por declarações feitas à deputada Maria do Rosário (PT-RS).

No ano passado, o Supremo decidiu que réus não podem figurar na linha sucessória nem substituir o presidente, de acordo com a Constituição. Nesta semana, os ministros do STF Marco Aurélio Mello e Celso de Mello disseram que a Corte ainda precisa definir se réu pode ou não assumir a Presidência caso eleito. De modo reservado, no entanto, um outro ministro do STF avaliou ser improvável impedir a posse de alguém nesse caso, uma vez que a legislação eleitoral não impede réu de se candidatar.

O relator do registro de candidatura de Bolsonaro no TSE é o ministro Napoleão Nunes Maia. Até a publicação da reportagem, a Agência Brasil não havia conseguido contato com o candidato ou algum representante.

Lula

Candidato do PT, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é o que acumula o maior número de contestações, 16 no total. São sete impugnações, entre elas, a da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, que é também procuradora-geral Eleitoral.

A PGR alegou que Lula não pode concorrer por causa de sua condenação por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex no Guarujá (SP), confirmada na segunda instância da Justiça Federal. Isso enquadra o presidente nos critérios de inelegibilidade na Lei da Ficha Limpa, afirmou Raquel Dodge.

Todas as outras contestações à candidatura de Lula seguem a mesma argumentação. A defesa do ex-presidente sempre negou que ele tenha cometido qualquer crime e afirma não haver provas contra o petista e que julgamento teve motivações políticas.

Lula está preso desde 7 de abril na Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba. Seus advogados tentam garantir-lhe o direito de recorrer em liberdade às instâncias superiores, suspendendo a execução da pena de 12 anos e um mês de prisão. Em paralelo, a defesa tenta também obter decisão da Justiça Eleitoral que assegure a participação do ex-presidente em atos de campanha.

O relator do registro de Lula é o ministro Luís Roberto Barroso, que ontem (23) mandou intimar a defesa do ex-presidente a se manifestar sobre as contestações a seu registro. O prazo se encerra em 30 de agosto.

(Agência Brasil)

Um tempo para fotografia e arte contemporânea

O pesquisador e fotógrafo Osmar Gonçalves vai ministrar, a partir de terça-feira, 28, o curso “Fotografia e Arte Contemporânea – Um a abordagem teórica”. Em pauta, a interlocução com autores como Walter Benjamin, VilémFlusser, Roland Barthes, Susan Sontag, Hans Belting e Didi Huberman, trazendo para a discussão aspectos da história da arte e da fotografia, aprofundando a reflexão sobre esses campos no contexto contemporâneo.

A atividade e estende até 2 de outubro, sempre às terças-feiras, na Imagem Brasil Galeria, que assim comemora o mês da fotografia.

SERVIÇO

*Mais Informações – (85) 3261-0525

imagembrasilgaleria@gmail.com

Pesquisador do Departamento de Física da UFC é destaque em revista internacional

Um artigo produzido pelo professor Andrey Chaves, do Departamento de Física da UFC, foi publicado na edição atual (agosto de 2018) da prestigiada revista Nature Physics, periódico britânico classificado no nível A1 (o mais elevado) pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), com alto fator de impacto na comunidade científica. A informação é da assessoria de imprensa da Instituição.

Feito em parceria com pesquisadores da Universidade de Dresden (Alemanha) e da Universidade de Columbia (Estados Unidos), o estudo versa sobre a interação entre a luz e a eletrônica em materiais semicondutores, por exemplo, o silício, utilizado em componentes eletrônicos.

Os pesquisadores uniram dois materiais semicondutores, formando um novo material também semicondutor, mas com características diferentes e com espessura bastante fina. Uma luz com várias frequências foi acesa sobre a amostra e, então, analisou-se quanto de luz, em cada frequência, é absorvido pelos elétrons da amostra, além de outros detalhes.

“Minha tarefa, junto com outros professores, foi a de explicar, usando teorias de física do estado sólido e mecânica quântica, o porquê de exatamente aquelas frequências terem sido absorvidas e emitidas e que tipo de estado eletrônico está envolvido nessas absorções e fotoluminescências”, explica o professor Andrey.

Novo estado

Segundo ele, o principal avanço do experimento foi a demonstração clara da existência de um estado chamado “exciton inter-camada”. Um exciton é um estado eletrônico formado pela ligação de um elétron do material com um buraco (entende-se por buraco uma partícula positiva “artificial”, que equivale ao comportamento coletivo de todos os elétrons restantes na camada de valência do sólido). Isso está relacionado, por exemplo, à utilização de tecnologias que envolvem células fotovoltaicas.

Andrey segue trabalhando em colaboração com os professores David Reichman (da Universidade de Columbia) e Jens Kunstmann (da Universidade de Dresden) na descrição de outros experimentos atuais na área de optoeletrônica em materiais bidimensionais, além de colaborar com um grupo experimental da Universidade de Massachusetts (Estados Unidos) que se debruça mais especificamente sobre o tema dos excitons. O docente é integrante da Academia Brasileira de Ciências (ABC).

A pesquisa é intitulada Momentum-space indirect interlayer excitons in transition metal dichalcogenide Van Der Waals heterostructures (Excitons inter-camada indiretos no espaço dos momentum em heteroestruturas de Van Der Waals compostas por dicalcogenetos de metais de transição). A íntegra, em inglês, está disponível no site da Nature Physics (https://go.nature.com/2MsaZTZ).

(Foto – Divulgação)