Blog do Eliomar

Últimos posts

Taxa de desemprego no País chega a 11,2% no trimestre

“A taxa de desemprego no Brasil, medida pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, ficou em 11,2% no trimestre encerrado em maio deste ano. Ela é superior aos 10,2% de fevereiro e aos 8,1% do trimestre encerrado em maio de 2015, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado é o mais alto da série histórica iniciada em março de 2012 e o mesmo do trimestre encerrado em abril deste ano

A população desempregada é de 11,4 milhões de pessoas, 10,3% (ou 1,1 milhão de pessoas) a mais do que o trimestre encerrado em fevereiro e 40,3% (ou 3,3 milhões de pessoas) a mais do que no trimestre encerrado em maio de 2015.

A população ocupada (90,8 milhões de pessoas) manteve-se estável em relação a fevereiro de 2016. Já em relação a maio de 2015, houve um recuo de 1,4%, ou seja, menos 1,2 milhão de pessoas. Já os empregos com carteira assinada no setor privado apresentaram quedas de 1,2% em relação a fevereiro e de 4,2% na comparação com maio do ano passado.

Analisando-se a população ocupada nos grupamentos de atividades, na comparação com fevereiro, houve queda nos postos de trabalho na construção (-2,9%) e da agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura (-1,7%). Segundo a pesquisa do IBGE, houve crescimento de pessoas ocupadas na administração pública, defesa, seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais (1,8%). Os outros sete se mantiveram estáveis.

Na comparação com maio de 2015, houve recuo nos contingentes de trabalhadores da indústria geral (-10,7%) e informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas (-8,6%).

Mas o estudo detectou aumento dos postos de trabalho nos serviços domésticos (6,5%), transporte, armazenagem e correio (5,5%), comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas (5,5%), e administração pública, defesa, seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais (2,5%).”

(Agência Brasil)

Coelce pagará indenização por assédio moral

A Companhia Energética do Ceará (Coelce) terá que pagar indenização, até o próximo mês, por cometer assédio moral contra um grupo de trabalhadores. A empresa também terá de cumprir uma série de determinações de combate ao assédio moral, estando passível a novas multas com o não cumprimento.

A decisão é resultado de ação do Sindicato dos Eletricitários do Ceará (Sindeletro) e do Ministério Público do Trabalho (MPT) da 7ª Região, que colheram denúncias dos trabalhadores. Ficou acordado o pagamento de indenização no valor de R$ 200 mil, que será destinada ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

Foram relatados pelos trabalhadores problemas de assédio moral, abuso do poder, perseguição a funcionários, dentre outros problemas. Os empregados, segundo o Sindeletro,  tentaram resolver a situação internamente, realizando denúncia junto à Ouvidoria da empresa. Com a falta de solução, e após esgotadas todas as possibilidades, oficializaram no dia 7 de agosto de 2013, denúncia junto ao MPT.

No último dia 20 de junho, foi firmado acordo entre o Sindeletro, o MPT e a Coelce, determinando a realização de uma série de ações por parte da companhia, que terá o prazo de 45 dias, sob o risco de pagar uma multa de R$ 10 mil a cada dia de descumprimento.

Dentre as ações, estão: realização de campanhas internas de prevenção ao assédio moral; emissão de norma interna, com prova de recebimento por todos os empregados; realização de reunião, na presença do MPT, num prazo de 30 dias, com os empregados do setor onde se originou a denúncia para esclarecer os termos do acordo; divulgação, a todos os setores da empresa, sobre o teor do acordo, entregando uma via do documento para todos os empregados.

Além disso, a empresa se obriga a não tolerar, permitir ou submeter seus empregados a situações que evidenciem assédio, sob pena de multa de R$ 20 mil por trabalhador prejudicado, a cada constatação. Caso o valor já determinado de R$ 200 mil não seja pago até o dia 20 de julho, a multa será 100% desse valor.

(Site do Sindeletro/CE)

Tasso diz que Dona Yolanda e Seu Ivens eram referências no Ceará e no Nordeste

137 1

foto tasso 151104 discurso

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) apresentou voto de pesar em virtude do falecimento dos empresários cearenses Yolanda Queiroz e Ivens Dias Branco.

Yolanda Queiroz presidia o Grupo Edson Queiroz e foi fundadora da Unifor, a maior universidade do Nordeste e uma das maiores do Brasil, e proprietária e fundadora do Sistema Verdes Mares de Comunicação. Ivens Dias Branco, era proprietário da M. Dias Branco, maior empresa de massas alimentícias do país.

Tasso destacou que ambos deixaram uma vacância enorme na sociedade cearense, porque, “sem dúvida nenhuma, eram referências na vida do nosso Estado e na vida de todo o Nordeste”.

Servidores da Saúde aguardam nesta 4ª feira resposta sobre reivindicações

Uma comissão de servidores de nível médio da Secretaria da Saúde do Estado foi recebida, nessa terça-feira, pelo titular da pasta, Henrique Javi. No encontro, na sede da SESA, a categoria, apoiada pelo Sindsaúde, colocou à mesa suas reivindicações: o retorno de quatro gratificações(Risco de Vida, Adicional Noturno, Especial do São José e de Desempenho).

Na reunião, o secretário assegurou que vai normalizar o auxílio-alimentação dos servidores do Hospital São José, suspenso desde o início do mês.

Henrique Javi também se comprometeu a levar a proposta de três gratificações pedidas pela categoria para o crivo do Governo. Prometeu dar dar resposta aos servidores nesta quarta-feira,

 

Delator revela caminho da propina para operador de Renan e do PMDB

Renan-Calheiros1

Da Revista Veja:

O lobista Milton Lyra é conhecido em Brasília por três apelidos: “Miltinho”, “senador” e “operador do Renan“. Boa praça, negociador arguto, sempre vestindo blazers bem cortados, amante de charutos e com bom trânsito entre os parlamentares, o empresário ganhou projeção no meio político ao se aproximar do presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL), no fim de 2007. Naquela época, o senador tinha acabado de cair da presidência do Senado após VEJA revelar que um empreiteiro bancava as despesas da jornalista Mônica Veloso, mãe de uma filha do parlamentar. Milton Lyra morava próximo a Renan, no Lago Sul, região nobre da capital federal, e começou a visitar o senador à noite, ao menos duas vezes por semana.

A amizade se estreitou de tal forma que uma das primeiras aparições do senador num evento social, depois de ser alvo de um escândalo, foi no casamento do cunhado do lobista, no mesmo período em que Mônica Veloso lançou uma autobiografia. Daquele momento em diante, os dois se tornaram companheiros e eram vistos jantando com frequência em Brasília. À medida que Renan Calheiros voltava a ascender no cenário político, tornando-se líder do PMDB no Senado em 2009 e presidente do Congresso em 2013, “Miltinho” subia a reboque, ficando cada vez mais popular e influente entre os parlamentares. Essa relação começou a ruir em meados de 2015, quando o lobista foi citado por um delator na operação Lava Jato como o operador de Renan no fundo de pensão Postalis. A partir daí, outras suspeitas de negócios espúrios em torno da relação dos dois amigos começaram a pipocar na imprensa. Mas, até então, nunca houve uma prova de que qualquer negócio ilícito que ligasse um ao outro.

Uma delação sigilosa, obtida por VEJA, revela pela primeira vez uma pista do caminho percorrido pela propina que seria destinada a Renan — e a outros parlamentares da alta cúpula do PMDB. O mapa da mina é apresentado, de forma detalhada e com notas fiscais, num acordo de colaboração assinado entre o Ministério Público Federal e o economista Nelson José de Mello, ex-diretor da fabricante de produtos de saúde e bem-estar Hypermarcas. O ex-executivo narra como foram repassados ao menos 26,35 milhões de reais para alguns políticos ligados a Lyra por meio de contratos fictícios assinados entre a companhia varejista e uma rede de empresas, sendo algumas delas fantasmas, e escritórios de advocacia e de auditoria.

Além do presidente do Senado, foram citados pelo delator: o líder do PMDB Eunício Oliveira (PMDB-CE) e os senadores Renan Jucá (PMDB-RR) e Eduardo Braga (PMDB-AM). Nelson Mello também menciona o presidente afastado da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e o seu operador Lúcio Funaro. Na manhã desta terça-feira, o jornal O Estado de São Paulo revelou que a delação do ex-executivo citava propinas de 30 milhões de reais para peemedebistas.

  • Leia matéria na íntegra aqui.

 

Eleições no Crato – Tucano Samuel Araripe terá apoio do PMDB

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=2B8HgVzw43Q[/youtube]

O PSDB e o PMDB vão marchar juntos na disputa pela Prefeitura do Crato (Região do Cariri). Informou, nesta quarta-feira, o ex-prefeito desse município Samuel Araripe.

O tucano já está como pré-candidato a prefeito e seguiu para Brasília onde terá reunião com os senadores Tasso Jereissati (PSDB) e Eunício Oliveira (PMDB) para acertar detalhes de uma composição política formada por 12 partidos.

Samuel Araripe informou que o seu candidato a vice deve sair na próxima semana e avisou que a convenção na qual seu nome será homologado como postulante ocorrerá no dai 29 de julho próximo.

Bom lembrar que o prefeito do Crato, Ronaldo Matos, foi eleito pelo PMDB, mas acabou brigando com o senador Eunício Oliveira. Sem espaços na legenda, disputará a reeleição pelo PSC.

“Carregador de mala” de Sérgio Machado circula em festa vip de Guaramiranga

72 1

“Felipe Parente, apresentado por Sérgio Machado em sua delação premiada como o entregador da propina em espécie a políticos, circulou bem à vontade numa super festa em Guaramiranga, cidade serrana no Maciço de Baturité, no Ceará.

Nos depoimentos, tanto o ex-presidente da Transpetro quanto seus filhos, também delatores, disseram que Felipe era o carregador de malas de dinheiro para políticos.

“Instruía Felipe Parente sobre o valor a recolher em cada empresa e o valor a entregar a cada político”, afirmou Machado aos procuradores da República.
Na festa, cheia de socialites e empresários, Parente circulou bem à vontade.

Os convidados, maledicentes, comentavam o fato de ele ostentar bem à mostra uma pulseirinha vip — e se perguntavam se, por baixo da roupa, haveria também uma tornozeleira eletrônica…”

(Coluna  Radar, da Veja Online)

Camilo comandará a formatura de cerca de 200 oficiais

foto camilo governo ceará

O governador Camilo Santana (PT) comandará nesta quinta-feira, às 9 horas, no Centro de Eventos, o ato de formatura de cerca de 200 oficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. A medida chega como mais um reforço na tropa do Estado.

Nesta semana, o governador divulgou, em suma página no Facebook, o calendário de nomeação dos aprovados no último concurso para a Polícia Civil. De acordo com Governo do Estado, o reforço representa aumento de 30% no efetivo e possibilitará instalação de novas delegacias 24 horas.

Serão nomeados, a partir de agosto próximo, 158 delegados, 221 inspetores e 274 escrivães que já concluíram o curso na nossa Academia de Polícia.

CPMF – Proposta pode voltar à tona após desfecho do impeachment

cpmf1_b57d8657

A proposta de ressuscitar a CPMF não está enterrada. A informação é destaque na Coluna Esplanada. A equipe econômica do Governo Michel Temer aguarda o desfecho do impeachment e, se Temer ficar, vai chamar os líderes aliados para traçar estratégia de votação-relâmpago do imposto.

Com a palavra, a Fiesp, apoiadora incondicional de Temer e contra aumento de impostos.

As cúpulas dos partidos aliados da presidente afastada Dilma Rousseff – PDT, PCdoB e parte do PT – estudam lançar um manifesto em defesa da antecipação das eleições.

Falcão acompanha empate entre Ceará e Bragantino na Parquelândia

417 3

eliomar e Falcão 160628 besouro

O humorista Falcão assistiu ao jogo entre Ceará e Bragantino, na noite dessa terça-feira (28), no Bar Besouro Verde, no bairro Parquelândia, em Fortaleza, ao lado deste repórter do Blog. As duas equipes empataram em 1 a 1, em partida disputada no estádio Nabizão, pela 13ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time cearense se manteve no G4, agora na terceira colocação.

Apesar de dividido entre as agendas no Ceará e em São Paulo, Falcão não negou o coração alvinegro e vibrou com o Vozão. A confusão era saber quem era o Ceará e quem era o Bragantino, em meio a dois times alvinegros. Piorou quando o Bragantino fez um gol e a torcida no Besouro Verde vibrou. Ah, gol contra… era o empate do Vozão.

Falcão estará conosco nesta noite de quarta-feira no júri do 7ª Festival Benjunino de Músicas Juninas no Shopping Benfica. É uma das figuras do nosso querer.

(Foto – Paulo MOska)

Ministro do TCU diz que ‘pedaladas’ não são importantes no processo de impeachment

119 1

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=P6PPdccxw1s[/youtube]

O ex-presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), ministro Augusto Nardes, disse, na madrugada desta quarta-feira (29), no Aeroporto Internacional Pinto Martins, que a questão das “pedaladas” não são importantes no processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff, mas sim a abertura de créditos sem a aprovação do Congresso Nacional.

Segundo o ministro, que foi o relator das contas do governo Dilma Rousseff relativas a 2014, com a desaprovação do uso de R$ 106 bilhões, a presidente afastada, inclusive, usou o dinheiro do trabalhador (FGTS) sem o consentimento do Congresso.

Nardes evitou falar se Dilma teria condições de voltar ao Poder, preferindo observar que essa decisão só cabe ao Congresso e que ao TCU cabe apenas avaliação técnica de gestão.

Sobre o governo Temer, o ministro Augusto Nardes afirmou estar proporcionando uma “nova confiança para o país”.

Preço do gás natural vai baixar 6,3%

Entrevista com advogado Na foto: Hélio Winston - Presidente da associação dos advogados do Ceará Foto: Kleber A. Gonçalves, em 05/05/2011

Da Coluna Vertical, do O POVO desta quarta-feira:

A Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Ceará (Arce) deliberou sobre a redução de aproximadamente 6,3% no valor da tarifa média praticada no serviço de distribuição de gás canalizado distribuído pela Companhia de Gás do Ceará (Cegás).

A redução, que entra em vigor ainda esta semana, deve-se ao novo preço de venda do gás natural comercializado pela Petrobras, relativo aos segmentos não termelétricos (autoprodução, industrial, comercial, residencial e automotivo).

O voto pela aprovação da revisão extraordinária da tarifa média de distribuição de gás partiu do conselheiro Hélio Winston. Ele explica que levou em conta os estudos feitos pelas áreas técnica e jurídica.

Num momento de crise como o atual, baixar preço de alguma coisa é sinônimo para festa. Com todo gás.

 

Dilma Rousseff: “Aliança com o PMDB de Temer foi meu maior erro”

111 1

dilma

“A presidente afastada Dilma Rousseff (PT) afirmou ontem em entrevista à rádio “Metrópole”, da Bahia, que a aliança com o PMDB do presidente interino, Michel Temer, foi o maior erro cometido por ela em sua gestão. “O erro mais óbvio que cometi foi a aliança que fiz para levar a presidência nesse segundo mandato com uma pessoa que explicitamente, diante do país inteiro, tomou atitudes de traição e usurpação”, afirmou.

Segundo Dilma, essa não foi uma questão pessoal e Temer não “representa a si mesmo”. “Não acho que o vice-presidente representa a si mesmo. O grupo que ele representa, e o encontro com Eduardo Cunha [no último domingo] mostra isso, é um grupo político. E eu errei em fazer aliança com esse grupo político”, disse a petista.

Dilma ainda disse que vê possibilidade de um retorno ao exercício do cargo com a votação do processo de impeachment em agosto, no Senado.

Questionada sobre como governaria sem uma base sólida no Congresso, defendeu a necessidade de uma reforma política, mas não falou em propostas de plebiscito ou novas eleições. Disse que sua volta ao exercício da Presidência será a condição para “restabelecer a democracia no Brasil”.

Segundo a presidente afastada, “o sistema político do Brasil está em processo acelerado de deterioração”. E exemplificou com o encontro de Temer e o presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB). Conforme Dilma, Temer não conseguiria governar sem conversar com Cunha. E ironizou o encontro: “Não foi sobre futebol que eles conversaram”.

Na entrevista, Dilma ainda fez uma série de críticas ao governo Temer. Afirmou que o presidente interino “considera a cultura irrelevante”, ao tomar a decisão de extinguir o ministério. E criticou a equipe de ministros sem mulheres e negros.

Dilma também afirmou que o novo governo apresenta uma pauta conservadora e que retira direitos dos trabalhadores. “Estamos vendo nesses parcos 45 dias do governo provisório um crescente avanço para retirar direitos. Reduzem o Pronatec e agora eles estão dizendo que vão exigir 70 anos para que as pessoas tenham direito à aposentadoria”, disse, numa referência à possível proposta de reforma da Previdência de Temer.

A petista ainda citou a perícia realizada pelo Senado para afirmar não teve participação nas chamadas “pedaladas fiscais”. E afirmou que não houve dolo na publicação dos decretos que não haviam sido autorizados pelo Congresso Nacional.

 

36 mortos e 147 feridos – Turquia diz que Estado Islâmico organizou atentado dessa terça-feira

O primeiro ministro turco, Binali Yildirim, disse que investigações iniciais apontam o grupo terrorista Estado Islâmico foi o responsável pelo ataque terrorista no Aeroporto de Ataturk, em Istambul, na noite dessa terça-feira (28), e que deixou 36 mortos e 147 feridos.

“As suspeitas iniciais apontam que o grupo terrorista Estado Islâmico está por detrás dos ataques, mas as investigações ainda estão em andamento”, disse Yildirim em uma coletiva de imprensa reprozida pelo jornal Daily Sabah. De acordo com o primeiro ministro, o tráfego aéreo no aeroporto retornou à normalidade.

Três homens-bombas fizeram um ataque suicida no terminal do aeroporto internacional. De acordo com informações preliminares, pelo menos quatro pessoas participaram do ataque.

O Estado Islâmico é declarado ilegal em diversos países, incluindo Estados Unidos e Rússia, dominando diversas áreas do Iraque e da Síria em 2014, dominando um califado nos territórios que estão sobre seu controle. O grupo terrorista é considerado uma nas maiores ameaças à segurança mundial.

(Agência Brasil)

Estudantes têm até esta quarta-feira para se inscrever no Fies

Esta quarta-feira (29) é o último dia para os interessados em financiar o ensino superior pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) se inscreverem no portal do Fies. Serão oferecidos 75 mil financiamentos. As vagas estão disponíveis para consulta na internet.

Aqueles que não forem selecionados serão automaticamente inscritos em lista de espera. As vagas que não forem ocupadas pelos estudantes pré-selecionados serão ofertadas à lista de espera de 4 de julho a 10 de agosto.

Para participar da seleção, é preciso ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010 e obtido 450 pontos na média das provas, além de ter tirado nota maior que 0 na redação. Os candidatos precisam ainda ter renda familiar bruta por pessoa de até três salários mínimos, o que equivale a R$ 2.640.

Os estudantes podem se inscrever apenas para um curso. A opção pode ser alterada até o fim do prazo de inscrição. Uma vez por dia, o Ministério da Educação divulga a nota de corte de cada curso, que é a estimativa da nota mínima para ser aprovado com base nas inscrições feitas até o momento. A nota de corte não é calculada em tempo real e não garante a vaga ao estudante.

O Fies oferece financiamento de cursos em instituições privadas a uma taxa de juros de 6,5% ao ano. O percentual do custeio é definido de acordo com o comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita do estudante. Atualmente, 2,1 milhões de estudantes participam do programa.

(Agência Brasil)

Unicef promoverá debate sobre realidade dos jovens da periferia de Fortaleza

olindd

Nesta quarta-feira, no CUCA da Barra do Ceará, haverá audiência pública e II Fórum Territorial Mais Fortaleza Menos Desigualdade. O objetivo é debater com jovens a realidade das comunidades, tratando especificamente dos temas segurança, educação e gravidez na adolescência. A audiência pública é uma iniciativa do UNICEF, que foi acatada pela deputada Augusta Brito (Presidente da Comissão da Juventude da Assembleia Legislativa).

Por que 20 bairros concentram mais da metade dos homicídios de Fortaleza, enquanto em outros 36 não houve uma criança ou adolescente assassinada? Eis o questionamento que norteará os debates desse eventos, que terão início a partir das 18 horas.

Em 2015 foi realizado o I Fórum Territorial, ocasião em que as comunidades Bom Jardim, Barra do Ceará e Jangurussu tiveram acesso a um diagnóstico da situação de homicídio, acesso à pré-escola, gravidez na adolescência e debateram sobre como superar os inúmeros problemas. Agora, com o II Fórum, a ordem é identificar se houve avanços na comunidade e quais desafios permanecem e precisam ser enfrentados em busca de uma Fortaleza justa para todos.