Blog do Eliomar

Últimos posts

Artigo de pesquisadores do CAEN revela dados inéditos sobre rendimento acadêmico de alunos da UFC

O rendimento acadêmico de estudantes universitários da Universidade Federal do Ceará é tema do artigo Peer Effects and Academic Performance in Higher Education – A Regression Discontinuity Design Approach (“Efeitos de Colegas” e Desempenho Escolar no Ensino Superior – Uma Abordagem via Desenho de Regressão Descontínua), de autoria dos pesquisadores Diego de Maria André (UFRN) e José Raimundo Carvalho (UFC), ambos do Programa de Pós-Graduação em Economia (CAEN) da UFC. O estudo traz dados inéditos em termos de investigação de peer effects na América Latina sobre desempenho universitário.

O estudo foi aceito em um dos mais relevantes encontros mundiais da área de Econometria, o Encontro Latino da Sociedade de Econometria (LAMES, 2016), e será apresentado em novembro, na cidade de Medellín, na Colômbia.

Como explica o Prof. José Raimundo Carvalho, a ideia da pesquisa foi verificar como a concorrência entre alunos de uma mesma sala de aula interferiria na sua evolução acadêmica. Para isso, foram eleitos dois grupos: os últimos estudantes aprovados na lista ingressante para o primeiro semestre do calendário acadêmico, por exemplo ano xxxx.1, e os primeiros da lista de aprovados para o segundo semestre do calendário acadêmico, por exemplo ano xxxx.2.

“Queríamos pegar dois grupos de alunos que apresentassem aproximadamente as mesmas características e, na UFC, tínhamos essa situação natural (“experimento natural”) a cada ano de ingresso. Selecionamos aqueles com as piores notas no grupo de alunos do semestre letivo 1, ou seja, os piores entres as notas mais altas, e aqueles com as melhores notas do grupo do semestre letivo 2, ou seja, os melhores daqueles com as notas mais baixas. O que pudemos perceber é que os alunos situados no final da lista do semestre letivo 1 sofrem mais os efeitos da concorrência do que os demais”, comentou.

O estudo utilizou microdados que foram analisados através de um modelo chamado regressão descontínua (RDD), que possibilitou estimar uma equação de rendimento acadêmico dos estudantes da UFC e averiguar a influência da composição da turma.

Ainda segundo o pesquisador, os dados demonstraram um resultado contrário ao que pode ser verificado em escolas de ensino fundamental e médio. “Nesses locais, os alunos considerados mais fracos, ao dividirem a mesma sala com alunos de notas maiores, tendem a melhorar o seu desempenho. Já na Universidade isso se mostrou contraprodutivo”, afirmou José Raimundo Carvalho.

(UFC)

Presos fazem rebelião na Cadeia Pública de Fortim

Policiais militares se deslocam neste momento para o município de Fortim, no Litoral Leste do Ceará, a 135 quilômetros, onde presos promovem uma rebelião na Cadeia Pública.

Segundo os primeiros levantamentos da Polícia, a revolta teve início por causa de uma vistoria surpresa nas celas. De acordo ainda com a Polícia, um dos detentos, que saberia da ação dos agentes penitenciários com apoio de policiais militares, é ameaçado de morte pelos demais presos por não ter revelado a ação.

Governo estuda pagar duas parcelas extras do seguro-desemprego

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, afirmou ao jornal O Globo que o governo estuda uma proposta de conceder duas parcelas extras do seguro-desemprego a trabalhadores demitidos sem justa causa no primeiro semestre do ano.

A medida, elaborada pela Central Única dos Trabalhadores, justifica-se pela crise econômica e pela demora para que os trabalhadores consigam se recolocar no mercado de trabalho – ela também foi adotada em 2008, durante a crise financeira internacional. A estimativa é que 500 mil pessoas sejam beneficiadas e que o governo tenha custo de R$ 500 milhões.

Para ter acesso ao benefício, o trabalhador precisar preencher alguns requisitos, tais quais ainda estar desempregado, estar inscrito nas agências do Sistema Nacional de Emprego (Sine) e matriculado em curso de formação gratuito na área de atuação profissional.

Tasso e Ciro unidos em críticas ao governo Temer

394 1

baladd

Da Coluna Política, no O POVO deste sábado (3), pelo jornalista Érico Firmo:

O agora presidente efetivado Michel Temer (PMDB) disse, em declarações anteriores, não ter pretensão de se reeleger. Até por isso, argumentou ser capaz de fazer as reformas, pois não teria receio de se indispor com a opinião pública. Porém, o grupo que assumiu o poder evidentemente quer fazer o sucessor. Mais que isso. Ele precisará sinalizar ao meio político a perspectiva de manutenção do poder com seus aliados. Expectativa de poder, eis o combustível da política. Se Temer não sinalizar que terá condições de emplacar o sucessor, sua base de sustentação irá debandar em dois tempos. A primeira interrogação é se a enorme coalizão governista será capaz de se compor em torno de um nome. Não será fácil.

Em meio a tudo isso, já têm havido estranhamentos. Inclusive, com ameaça do PSDB de possível saída da base aliada. O foco da insatisfação está no fato de que o alardeado ajuste fiscal não existiu até aqui. “O governo precisa definir se é governo ou se quer fazer graça para alguns”, cobrou o senador Tasso Jereissati (PSDB). O cearense tem sido um dos mais críticos da hesitação do governo. “O mais provável, se continuar assim, é o PSDB liberar sua bancada e ficar em uma posição de independência e indiferença em relação ao governo daqui para frente. Se ficar rachado na sua base, quem vai cair é o governo, não o PSDB. Se a base não apoia essa política, eu também não vou servir de boi de piranha”, disse Tasso.

Se há incerteza na base governista, ainda mais na oposição. No PDT, Ciro Gomes tem se apresentado como candidato. Vez por outra, e agora novamente, surgem rumores de que Luiz Inácio Lula da Silva pode levar o PT a apoiá-lo. Mas, a rigor, o próprio Lula seria o nome mais forte de oposição. A dúvida é como estará a situação do ex-presidente, réu na Lava Jato e com risco de ser preso e/ou ficar inelegível até lá. Não se vislumbra outros petistas como alternativa.

Acidente de carro em Horizonte deixa seis feridos em estado grave

foto acidente 160903 horizonte

Na manhã deste sábado (3), um carro do modelo Ecosport e uma carreta colidiram na BR-116, na região do distrito de Catolé, em Horizonte (CE), e deixou seis feridos em estado grave.

Algumas vítimas foram levadas para a Unidade de Pronto Atendimento (Upa) em Horizonte e outras em estado mais grave foram encaminhadas para o Instituto Doutor José Frota (IJF), em Fortaleza.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) ainda não revelou as causas do acidente.

(O POVO Online / Foto: PRF)

Vice-governadora denuncia crime eleitoral em Sobral

179 1

eleições 2016 sobral 0903 izolda

A vice-governadora Izolda Cela (PDT) denunciou neste sábado (2), em sua página no Facebook a prática de crime eleitoral no município de Sobral, na Região Norte do Ceará, a 240 quilômetros de Fortaleza.

Segundo a vice-governadora, a população estaria recebendo ligações telefônicas anônimas com informações não verdadeiras.

“É um recurso sorrateiro, é jogo sujo”, comentou Izolda Cela, que apoia Ivo Gomes (PDT) à Prefeitura de Sobral.

Crônica de uma morte inusitada

159 5

Em artigo enviado ao Blog, o advogado, escritor e blogueiro Gabriel Dantas avalia o desgaste do PT e, consequentemente, do PSDB. Confira:

Nos últimos tempos, muito tem se falado e investigado o Partido dos Trabalhadores, o PT, que tem governado o Brasil desde 2003. No entanto, pelos jornais e revistas raras são as análises das alternativas concretas à ideologia e aos métodos do partido, deixando na política brasileira um vácuo inaceitável num momento como este. Digo, nestes 13 anos, foi o PSDB o principal rival do PT em todas as searas, mas agora, na hora de maior necessidade, tal partido tem se esfacelado como uma estátua de madeira que, ao toque humano, cai em ruínas por conta dos cupins nela regiamente instalados.

A Social Democracia, ideologia que empresta o nome ao PSDB (já o símbolo do partido, como se sabe, é um tucano – ironicamente, ave de bico imenso, mas pouco poder de caça), é de nascença um conjunto de ideias de esquerda. Crê num Estado que distribui renda, intervém na economia, promove a justiça social e as medidas de ação afirmativa – as conhecidas cotas raciais ou sociais. Não é por menos que o PSDB e o PT nasceram de forma muito similar e mantiveram durante algum tempo uma afinidade, para não dizer amizade, muito grande. Basta lembrar das inúmeras intervenções do então senador Fernando Henrique Cardoso na primeira campanha presidencial do ex-presidente Lula e das intensas negociações, na década de 90, para a forja de uma chapa presidenciável do Lula com o então governador do Ceará Tasso Jereissati.

Não obstante, com o tempo, sempre o tempo nos metendo seus truques e artimanhas, os partidos se afastaram de tal forma que é quase impossível imaginar que já foram tão umbilicalmente ligados. O PSDB tomou ares de neoliberalismo e o PT buscou uma esquerda mais marxista do que social-democrata – cada um tomou o rumo de um extremo diferente, portanto. E assim foram os últimos 20 anos da política brasileira: PSDB e PT na arena, gladiadores a postos, dilacerando reputações e ideologias, até que deixaram de ser simplesmente adversários e passaram a ser verdadeiramente inimigos – a diferença estando no grau de ira e de desejo de vingança entre as partes.

Era de se esperar, portanto, que com o franco declínio do PT (hoje está mais fácil fazer campanha para racistas declarados do que para candidatos petistas) e a notória ausência de ideais morais e éticos do PMDB (o Frankenstein da política brasileira, feito de pedaços incompatíveis entre si, costurados Estado a Estado), os tucanos emergissem como salvadores da pátria, apresentando a tão esperada e necessária saída desta crise que assola os mais variados espaços do Brasil.

Era o esperado, sim. Mas… Cadê? Cadê o partido que tanto lutou para voltar ao poder? Que tanto se digladiou contra o PT?

Digo-lhes onde está: na UTI política, com um sério caso de Alzheimer e demência. Não consegue juntar uma frase coerente; seus membros não se reconhecem entre si; antigos aliados se enxergam como inimigos e se atacam das formas mais baixas possíveis, com xingamentos dos mais infantis (o empresário-candidato João Doria chamou o ex-governador de São Paulo Alberto Goldman de “velho caquético” num grupo do Whatsapp, em meio a uma discussão que em nada deixa a dever a discussões de adolescentes). Como canta Paulinho da Viola, “irmão desconhece irmão“.

Os seus caciques estão ainda mais senis. Aécio Neves, quase presidente do Brasil, submergiu completamente, soterrado por denúncias da Lava-Jato. José Serra (por quem, preciso admitir, nutro um desdém todo especial) está fazendo uma vergonha para si e para o Brasil como chanceler – até a “revista” Veja, tucana desde antes de os tucanos evoluírem dos dinossauros, teve que repreendê-lo pelo papelão que fez ao tentar subornar o Uruguai numa tentativa de esvaziar o Mercosul. Há também Cássio Cunha Lima, líder do partido no Senado e cassado quando foi governador, e Aloysio Nunes, líder do governo, tão sem expressão e influência que não consigo pensar em nada a falar sobre ele.

Há também Fernando Henrique Cardoso, uma espécie de astrólogo a quem os tucanos fingem consultar logo antes de ignorar solenemente seus conselhos, como fez o governador Alckmin ao jurar que não apoiaria nenhum candidato à prefeitura de São Paulo – dois dias antes de tirar uma foto oficial com o candidato João Doria. E então sobra o próprio Geraldo Alckmin, o único com cacife (governador do mais rico e mais populoso Estado do Brasil) para se candidatar a presidente em 2018, a quem seus próprios partidários apelidaram de “picolé de chuchu” devido à remoção cirúrgica de qualquer carisma que ele porventura tenha possuído na juventude.

Alguns podem dizer que esta morte não é inusitada, mas anunciada, já que o PSDB sempre foi um partido cheio de intrigas internas, mas a verdade é que nunca antes seus caciques estiveram tão próximos de um racha definitivo. Os donos do poder não concordam em nada neste momento: papel do partido no impeachment, papel no futuro governo, candidatura em São Paulo, candidatura em 2018 – nada, nada está definido, nada está concordado. A briga pela prefeitura paulistana foi tão patética que ganhou os jornais do mundo, junto com uma foto de uma briga de rua com um militante pago com as calças caídas em meio à luta.

E nesse vácuo, como em todos os vácuos, os parasitas semi-extintos encontram espaço para procriar novamente. Partidos dados como mortos, como o Democratas, estão voltando ao poder com força inesperada e surpreendente: o enCenador (perdoem-me pelo trocadilho) Ronaldo Caiado tem sido a voz mais dura contra o governo Dilma no Senado, enquanto a Câmara é presidida por Rodrigo Maia – herdeiro de uma dinastia que dez entre dez dos analistas políticos haviam dada como morta. Nada mais inusitado e inesperado do que isto.

2018 ainda está muito longe. O tempo político é elástico, pode voar, mas pode se estender ao ponto de parecer estático. Como se diz no Nordeste, entre a previsão e o fato previsto, “morrem o burro e quem o tange” – tudo pode mudar. Prova disso foi a reviravolta totalmente inesperada de 2014, com a morte do candidato e ex-governador Eduardo Campos. Mas elástico ou não, o relógio está correndo contra os tucanos. Se não se entenderem logo, vão ficar fora do jogo nas próximas eleições – e não há lugar pior para um jogador experiente do que a arquibancada.

Medida provisória altera direção da Empresa Brasil de Comunicação

Tramita na Câmara a Medida Provisória (MP) 744/16, que altera a lei que criou a Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Entre as alterações está a extinção do Conselho Curador – órgão que tinha 22 membros, incluindo representantes da sociedade civil, cujo papel era “zelar pelos princípios e autonomia da EBC”.

A MP altera a composição do Conselho de Administração e a forma de nomeação da Diretoria Executiva.

A principal alteração diz respeito à destituição do presidente da empresa, que fica a cargo do presidente da República. No modelo anterior, o presidente da EBC, após nomeado pelo presidente da República, detinha mandato de quatro anos e só poderia ser destituído pelo Conselho Curador, por dois votos de desconfiança.

Após o afastamento da então presidente Dilma Rousseff, o presidente da EBC foi exonerado por Michel Temer. A medida foi objeto de ação no Supremo Tribunal Federal (STF), que concedeu liminar determinando a volta do dirigente nomeado durante o governo Dilma.

A medida provisória também inclui no Conselho de Administração representantes dos ministérios da Educação e da Cultura, ampliando a participação do governo nesse órgão.

Além da MP, foi publicado decreto que altera o Estatuto Social EBC. De acordo com o texto, a empresa passa a ser vinculada à Casa Civil e não mais à Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República.

(Agência Câmera Notícias)

Arnon Bezerra diz que apoio do Governo será fundamental para Juazeiro do Norte

eleições 2016 juazeiro arnon e camilo

O candidato da coligação “Juazeiro precisa, Juazeiro merece”, Arnon Bezerra (PTB), visitou nessa sexta-feira (2) o governador Camilo Santana (PT), após participar de um debate de TV voltado para o município da Região do Cariri, a 491 quilômetros de Fortaleza. O candidato esteve acompanhado do vice Giovanni Sampaio.

Arnon disse que a parceria com o Governo do Estado será fundamental para o crescimento de Juazeiro do Norte.

No município, o PT cobra o apoio de Camilo Santana para o candidato Gilmar Bender (PDT), que possui o petista Manoel Santana como vice.

Começa neste sábado o terceiro simulado no portal Hora do Enem

Estudantes de todo o país podem testar, a partir deste sábado (3), seus conhecimentos para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), fazendo o terceiro simulado no portal Hora do Enem. O teste é gratuito, tem 80 questões com a mesma metodologia de elaboração do Enem e pode ser feito até as 20h do dia 11 de setembro.

Para acessar a página por computador, telefone ou tablet, é preciso fazer um cadastro no site www.geekiegames.com.br e acessar o teste na aba de simulados. A partir do momento em que o aluno acessar a prova, terá quatro horas para resolver as questões. Mais de 1 milhão de pessoas acessaram as duas primeiras edições do teste em todos os estados do Brasil.

Nesta terceira etapa, 75% das questões aplicadas serão inéditas. Os estudantes que fizerem o simulado pelo aplicativo android terão acesso a um ranking, onde poderão comparar sua nota com a de outras pessoas que disputam uma vaga no mesmo curso universitário. Os candidatos podem ainda verificar se seu desempenho é compatível com a nota de corte do curso e da instituição em que desejam estudar.

A quarta e última edição do simulado em 2016 terá início em 8 de outubro. A prova do Enem será nos dias 5 e 6 de novembro.

A nota do Enem é usada na seleção para vagas em instituições públicas, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), bolsas na educação superior privada por meio do programa Universidade para Todos (ProUni) e vagas gratuitas nos cursos técnicos oferecidos pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec).

O resultado do exame também é requisito para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e para  maiores de 18 anos, o Enem pode ser usado como certificação do ensino médio.

(Agência Brasil)

TV O POVO faz debate com candidatos neste domingo; Vices debaterão na segunda-feira

Da Coluna Vertical, no O POVO deste sábado (3):

Além do debate com os candidatos a prefeito de Fortaleza neste domingo (4), a partir das 18 horas, o Grupo de Comunicação O POVO fará também um embate envolvendo os postulantes a vice-prefeito. Será na segunda-feira (5), às 18 horas, com mediação do jornalista Luiz Viana. São seis os candidatos que travarão entre si discussões sobre os problemas e propostas para a cidade.

O modelo seguirá o mesmo a ser adotado no confronto dos prefeituráveis: cada candidato será sabatinado pelos demais em seis blocos, com o último para considerações finais.

A TV O POVO (TV aberta – 48; Multiplay, 23; e NET, 24) e a Rádio O POVO/CBN, Facebook Live e o Twitter do POVO Online cobrirão o encontro.

Mas, por que essa agenda com os vices? Porque o eleitor precisa conhecer com quem anda aquele que pode ser o seu ungido.

Bispo inglês admite ser homossexual e que está numa relação com um homem

180 2

O Bispo de Grantham, na Inglaterra, é o primeiro bispo a admitir que é homossexual e que está mesmo numa relação com um homem. Nicholas Chamberlain decidiu contar a sua história depois de um jornal britânico o ter ameaçado que iria revelar o seu ‘segredo’, informa o The Guardian. Mesmo assim, garantiu que a sua orientação sexual já era conhecida.

“As pessoas sabem que eu sou gay, mas não é obviamente a primeira coisa que diria a alguém. A minha orientação sexual faz parte de quem eu sou, mas é no meu cargo que estou focado”, disse o bispo anglicano numa entrevista exclusiva ao jornal inglês.

Chamberlain consagrou-se bispo em novembro de 2015 e todos aqueles que estiveram envolvidos na cerimônia sabiam qual era a sua orientação sexual.

“Sempre tive e estou plenamente consciente da relação bastante longa do Nick. A decisão de se ter tornado bispo foi baseada nas suas capacidades. Ele vive de acordo com as regras da igreja e a sua orientação sexual é completamente irrelevante para o seu cargo”, disse Justin Welby, arcebispo de Canterbury.

Nos últimos anos – devido às fortes crenças de que o casamento é composto por duas pessoas do sexo oposto – a Igreja tem estado envolvida numa série de discussões internas devido aos direitos da comunidade LGBT.

Em 2003, Peter Wheatley, então bispo de Edmonyon, admitiu ser gay e que estava vivendo com o seu parceiro. Denominava-se como um “cristão celibatário, que vivia segundo os ensinamentos cristãos”.

Sem vencer desde julho, Ceará deixa o G4 na Série B

ceara

A vitória do Brasil de Pelotas sobre o Goiás, por 2 a 1, na noite dessa sexta-feira (2), no estádio bento Mendes de Freitas, a 257 quilômetros de Porto Alegre (RS), tirou o Ceará da zona de classificação para a Série A do próximo ano.

Sem vencer desde o dia 27 de julho, quando surpreendeu o Vila Nova, em pleno Serra Dourada, por 4 a 3, o Vozão terá que vencer o Avaí, neste domingo (4), na Arena Castelão, após cinco jogos sem vitória, sendo dois deles em casa.

Nas bolsas de apostas online, o Ceará é favorito para vencer o Avaí com 53,5% de chances, contra 32,1% de empate e 14,3% de vitória para o Avaí.

Roberto Cláudio diz que “as pessoas sabem que tudo melhorou”

eleições 2016 fortaleza pdt 0902 rc carreata

O prefeito Roberto Cláudio, candidato à reeleição pelo PDT, disse na noite dessa sexta-feira (2), durante minicarreata pelas ruas do Conjunto Palmeiras, que “as pessoas sabem que tudo melhorou” em Fortaleza e por isso demonstram carinho e apoio na campanha à reeleição.

Ao lado do vice Moroni, Roberto Cláudio parou em diversos trechos da minicarreata para conversar com os moradores do bairro.

“Além das obras de postos de saúde, escolas, pavimentação, recuperação de praças e construção de areninhas, a população dos bairros mais carentes sabe obras como faixas exclusivas melhoram suas vidas, pois o transporte mais rápido faz com que o pai de família e a mãe que deixou os filhos em casa possam ter mais tempo em seus lares”, comentou Roberto Cláudio.

“É muito gratificante ouvir de um trabalhador que o bilhete único proporciona mais comida em sua mesa e mais lazer para a sua família, pois com uma única passagem ele pode pegar dois ou mais ônibus para resolver suas atribuições do dia a dia. É por isso que quero mais uma oportunidade, para fazer mais pelas pessoas e pela cidade”, ressaltou o candidato do PDT.

O vice Moroni, bastante assediado na minicarreata, disse que ninguém pode contestar o trabalho que Roberto Cláudio tem feito pelas pessoas e pela cidade. “Trabalho é com o Roberto mesmo! Ele não fica arranjando desculpas para não fazer isso ou aquilo. Arregaça as mangas e vai buscar soluções. E nesse segundo mandato à frente da Prefeitura estarei com ele para fazer muito mais por essa gente que sempre me apoiou e que conquistou minha admiração”, afirmou Moroni.

Requalificação – Praça Portugal ganha maior área verde e espaços de convivência

foto praça portugal 160902

Com quase o dobro de área verde e com área aumentada em quase 40%, com relação ao antigo espaço, a Prefeitura de Fortaleza entregou na noite dessa sexta-feira (2), na Aldeota, a nova estrutura da Praça Portugal. O projeto trouxe mais uma faixa para o tráfego de veículos, o que permite maior fluidez no trânsito, mas o espaço cedido foi compensado com cinco áreas de convivência.

Para a secretária municipal de Urbanismo e Meio Ambiente, Águeda Muniz, a população de fato irá frequentar a praça, diante das atrações que o lugar agora oferece, como equipamentos de ginástica, acessibilidade e piso adequado para caminhadas.

O governador Camilo Santana esteve presente à Praça Portugal e destacou os espaços de convivência que o lugar ganhou.

Policial baleado – Tiroteio no Quinto Cunha assusta moradores

Uma troca de tiros entre um policial civil e um assaltante, no fim da noite dessa sexta-feira (2), no Conjunto dos Bancários, no bairro Quintino Cunha, na zona oeste de Fortaleza, assustou moradores da área.

Segundo a Polícia, o inspetor foi abordado por um homem em uma moto, na avenida Major Assis, que anunciou o assalto. Ao perceber que o assaltante o identificaria como policial, a vítima reagiu e se iniciou uma troca de tiros.

O inspetor da Polícia Civil foi atingido na mão e no tornozelo e, mesmo ferido, conseguiu derrubar o assaltante da moto, que fugiu a pé. Na fuga, o assaltante deixou cair a arma. A moto e arma do suspeito foram apreendidas. O policial recebeu atendimento médico e não corre risco de morte.

A Polícia tenta identificar o assaltante, por meio da descrição da vítima e testemunhas, além dos dados da moto. Até o momento, a Polícia sabe que se trata de um homem moreno e de estatura baixa.

Justiça Eleitoral retira Normando das eleições em Juazeiro do Norte

A juíza eleitoral de Juazeiro do Norte, Ana Raquel Colares, indeferiu a candidatura majoritária e proporcional da coligação “Juazeiro Agora Vai!”, do PSDB/PTC. Com isso, o radialista Normando Sóracles está fora da disputa das Eleições 2016 em Juazeiro do Norte.

A decisão da juíza se deu em decorrência de irregularidades no registro dos candidatos dos partidos, uma vez, que, conforme a Justiça Eleitoral, o PSDB não apresentou o coeficiente mínimo de 30% para mulheres na composição da coligação PSDB/PTC.

A juíza Ana Raquel também indeferiu os registros dos candidatos proporcionais (vereadores) a coligação “Todos Juntos”, que apoia o prefeito Raimundo Macedo.

Neste sábado (3), haverá reunião no cartório eleitoral de Juazeiro do Norte, na Região do Cariri, sob a direção do juiz Miguel Feitosa, da 28ª Zona Eleitoral, para distribuição do tempo do horário eleitoral gratuito no rádio e na tevê.

O então candidato do PSDB, Normando Sóracles, participou nessa sexta-feira (2) do debate dos candidatos a prefeito de Juazeiro do Norte. Segundo a coordenadoria de comunicação do candidato, a decisão da juíza está baseada em um erro no cartório eleitoral, pois a coligação preenche a exigência da lei com relação ao coeficiente feminino na chapa. Ainda conforme a coordenadoria, são seis candidatos na proporcional, sendo duas mulheres.

(Flávio Pinto News)