Blog do Eliomar

Últimos posts

MEC libera consulta a bolsas do ProUni

Os estudantes já podem consultar na internet as bolsas de estudos disponíveis para a primeira edição de 2016 do Programa Universidade para Todos (ProUni). O programa oferece bolsas em cursos de instituições privadas de ensino superior. A consulta foi liberada nesta segunda-feira (18) pelo Ministério da Educação. As inscrições para o ProUni começam nesta terça-feira (19) e seguem até as 23h59 do dia 22.

Para fazer a inscrição, o candidato deve ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015 e obtido no mínimo 450 pontos na média das notas e não pode ter tirado nota zero na redação. Apenas estudantes que não tenham diploma de curso superior podem concorrer às vagas.

O ProUni oferece a estudantes brasileiros de baixa renda bolsas de estudos integrais e parciais (50% da mensalidade). Podem concorrer às bolsas de estudo os alunos que cursaram o ensino médio em escolas públicas ou na condição de bolsistas em escolas particulares. Podem participar também pessoas com deficiência e professores da rede pública que estejam exercendo a profissão.

As bolsas integrais são para candidatos com renda familiar bruta por pessoa de até 1,5 salário mínimo mensal. As bolsas parciais são destinadas a participantes com renda familiar bruta por pessoa de até três salários mínimo mensais. Estão dispensados dos requisitos de renda os professores em efetivo exercício do magistério da educação básica e integrantes de quadro de pessoal permanente de instituição pública. Eles concorrem exclusivamente a bolsas para cursos de licenciatura.

O resultado da primeira chamada do ProUni será divulgado no dia 25 de janeiro e o da segunda chamada, em 12 de fevereiro.

(Agência Brasil)

2018 – Projeto político do PMDB no Ceará passa por aliança à Prefeitura de Fortaleza

192 2

eunício e luizianne

Quem espera ver o PMDB disputando a Prefeitura de Fortaleza com Eunício Oliveira, Vitor Valim ou Gaudêncio Lucena, terá que se conformar somente com uma possível vice de Danniel Oliveira.

Foi o que “rolou” nos corredores do Congresso Nacional, nesta segunda-feira (18), em Brasília, depois que parlamentares admitiram para o Blog a estratégia peemedebista em usar as eleições de Fortaleza para o fortalecimento de apoio político à provável candidatura Eunício Oliveira ao Governo do Ceará, em 2018.

Segundo o Blog apurou, a aliança em Fortaleza se daria com o grupo político da ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins, que disputaria prévias com Elmano Oliveira para a cabeça de chapa.

De acordo ainda com o que o Blog apurou, o apoio peemedebista fortaleceria a intenção de uma ala do PT pela candidatura em Fortaleza, inclusive com apoio do ex-presidente Lula, com vistas às eleições ao Palácio do Planalto, também em 2018.

VAMOS NÓS – E o governador Camilo Santana, vai enfrentar o próprio PT em 2018? Vai ver que o conselho dado por Cid Gomes à presidente Dilma, para que ele deixe o PT, também vale para Camilo. Será?..

Ações da Petrobras fecham abaixo de R$ 5 pela primeira vez em 13 anos

88 1

Influenciada pela queda dos preços do petróleo no mercado internacional, as ações da Petrobras caíram 7% nesta segunda-feira (18) e fecharam abaixo de R$ 5 pela primeira vez desde 2003. A queda influenciou a bolsa de valores, que encerrou o dia no menor nível desde março de 2009.

As ações preferenciais da Petrobras, que têm preferência na distribuição dos dividendos, fecharam o dia em R$ 4,80, com recuo de 7,16% em apenas um dia. As ações ordinárias, que dão direito a voto nas assembleias de acionistas, caíram 6,11% e fecharam em R$ 6,30.

O desempenho negativo das ações da Petrobras puxou a queda da bolsa de valores. O índice Ibovespa, da Bolsa de Valores de São Paulo, encerrou esta segunda-feira em 37.937 pontos. O indicador está no menor nível desde março de 2009, no auge da crise provocada pelo colapso do crédito imobiliário nos Estados Unidos.

O principal motivo para o desempenho negativo das bolsas de valores foi a queda na cotação internacional do barril do petróleo. O preço do barril do tipo Brent, negociado em Londres, fechou em US$ 28,84, com queda de US$ 0,10 e abaixo de US$ 30 pela terceira sessão consecutiva. As cotações estão caindo por causa da desaceleração da China, grande consumidora de matérias-primas, e do fim das sanções ao Irã, que elevará a produção global de petróleo.

Apesar da queda nas bolsas, o dia foi de calmaria no câmbio. O dólar comercial encerrou o dia vendido a R$ 4,034, com queda de R$ 0,012 (-0,29%). O dia, no entanto, foi de poucos negócios por causa do feriado de Martin Luther King nos Estados Unidos.

(Agência Brasil)

Finanças aprova prioridade para pacientes com câncer na restituição do IR

A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados aprovou proposta que assegura prioridade no recebimento da restituição do Imposto de Renda (IR) a pessoas em tratamento de câncer, em qualquer estágio da doença. A medida está prevista no Projeto de Lei 202/15, do deputado Pompeu de Mattos (PDT-RS).

Para ter acesso à restituição antecipada do IR, o paciente precisará apresentar à Secretaria da Receita Federal do Brasil um laudo médico que comprove seu tratamento.

Relatora na comissão, a deputada Leandre (PV-PR) defendeu a aprovação da matéria. Segundo ela, o projeto não compromete o orçamento da União e poderá ampliar as possibilidades de cura dos pacientes. “Antecipar o recebimento desses recursos reforça a atuação do Estado na tarefa de implementar políticas públicas de combate a tal terrível doença”, disse Leandre.

A parlamentar propôs um substitutivo apenas para determinar que a alteração na restituição seja incluída na Lei 9.250/95, que define regras do IR de pessoas físicas. “É esse o diploma legal atualmente em vigor que regula, em grande parte, os pormenores do tributo”, justificou.

(Agência Câmara Notícias)

Venda de produtos siderúrgicos no país cai 16,1% em 2015

As vendas dos produtos siderúrgicos no mercado brasileiro fecharam o ano passado com retração acumulada de 16,1%, em relação a 2014, totalizando 18,2 milhões de toneladas. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (18) pelo Instituto Aço Brasil (IAB).

Em dezembro do ano passado, o total vendido ficou em 1,1 milhão de toneladas, queda de 26,1%. Os dados indicam que o consumo aparente nacional (as vendas das usinas no mercado brasileiro mais o volume importado pelas usinas) atingiu 1,2 milhão de toneladas em dezembro do ano passado, redução de 28,2%. O resultado acumulado no ano totalizou 21,3 milhões de toneladas – neste caso uma retração de 16,7%.

No que se refere às importações, registrou-se em dezembro o volume de 115 mil toneladas, ao custo de US$ 143 milhões. Ao longo de 2015, as importações totalizaram 3,2 milhões de toneladas de produtos siderúrgicos.

O IAB ressaltou ainda que “apesar das condições adversas do mercado internacional”, o setor conseguiu fechar dezembro com exportações de produtos siderúrgicos que somaram 1,6 milhão de toneladas, no valor de US$ 546 milhões.

Com isso, as exportações fecharam 2015 em 13,7 milhões de toneladas, o equivalente a US$ 6,6 bilhões – um crescimento de 40,3% em volume, mas uma queda de 3,3% em receita. Segundo o IAB, esse resultado se deve, sobretudo, às operações entre companhias “para fornecimento de semiacabados a plantas na Europa e nos EUA” e “a ações emergenciais do setor para evitar redução ainda maior do grau de utilização da capacidade instalada causado pelo fraco desempenho do mercado doméstico”.

(Agência Brasil)

Chuvas causam buracos na pavimentação de Fortaleza

183 3

foto buraco sgto hermínio 160117

As chuvas que caíram em Fortaleza, nas últimas semanas, abriram alguns buracos na pavimentação de ruas e avenidas.

Uma das avenidas mais prejudicadas foi a Sargento Hermínio, no bairro Monte Castelo, que recentemente havia recebido manutenção. No trecho entre o Polo de Lazer e a rua Padre Anchieta, os buracos chegam a danificar veículos.

Projeto permite maior de 70 anos optar pelo regime de bens a ser adotado em casamento

A Câmara analisa o Projeto de Lei 189/15, do deputado Cléber Verde (PRB-MA), que permite a pessoa maior de 70 anos optar pelo regime de bens a ser adotado no casamento (PL 189/15). Atualmente, o Código Civil (Lei 10.406/02) torna obrigatória a adoção do regime da separação de bens no casamento da pessoa maior de 70 anos.

“Entendemos que cabe ao ser humano decidir seu futuro com responsabilidade e equilíbrio, agindo com boa-fé e sempre visando seu engrandecimento pessoal e familiar”, justifica o parlamentar.

Pelo texto, caso a lei seja aprovada, aqueles que se casaram antes de sua promulgação poderão escolher pela alteração do regime de bens.

Para Cléber Verde, tirar o direito de escolha quanto ao regime de bens na hora de casar é desconsiderar o princípio norteador de todo o sistema jurídico, que é a dignidade da pessoa humana.

“Para a lei, as pessoas maiores de setenta anos não têm discernimento para dispor sobre os seus bens, e numa falsa tentativa de proteger o patrimônio do idoso e da própria família, cria a maior das injustiças”, explicou o deputado.

(Agência Câmara Notícias)

Shopping tem piscina de bolinhas gigante como atração

689 1

foto shopping joquei 160118 piscina bolinha

Cerca de 200 mil bolinhas formam a maior piscina do tipo em Fortaleza. Localizada na Praça de Eventos (Piso L1) do North Shopping Jóquei, a atração também está disponível para adultos em horário especial, às quintas-feiras, das 20 horas às 22 horas. Nos outros dias e horários, somente para a criançada.

O ingresso, que custa R$ 20, dá direito a 30 minutos de diversão. Com mais R$ 5, é possível brincar na piscina por mais 15 minutos. É permitida a entrada de crianças de 1 a 12 anos, sendo que para as menores de 4 anos é obrigatório um adulto acompanhante grátis.

Educação básica da rede pública tem 38 milhões de matrículas, revela censo

O Ministério da Educação (MEC) divulgou nesta segunda-feira (18) os resultados finais do censo escolar do ano passado, que detalham o número de matrículas iniciais na educação básica das redes públicas municipal e estadual de ensino. São 38.682.720 de matrículas, abrangendo creche, pré-escola, ensinos fundamental e médio, educação de jovens e adultos e educação especial.

Os números colhidos pelo censo referem-se às áreas urbanas e rurais e à educação em tempo parcial e integral.

De acordo com o censo, incluindo escolas estaduais e municipais de áreas urbanas e rurais, estão matriculadas em creches 1.925.644 de crianças; na pré-escola, 3.651.786; no ensino fundamental, 22.756.164; no médio, 6.811.005 e 2.792.758, na educação presencial de jovens e adultos, o que totaliza 37.937.357. Na educação especial, são 745.363 matrículas.

O Censo Escolar é um levantamento de dados nacional realizado todos os anos e coordenado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). São coletados  dados sobre estabelecimentos, matrículas, funções docentes, movimento e rendimento escolar. Essas informações são utilizadas para traçar um panorama nacional da educação básica e servem de referência para a formulação de políticas públicas e execução de programas na área da educação.

(Agência Brasil)

Procon Fortaleza investiga mais de cem estabelecimentos por preços abusivos

O Procon Fortaleza instaurou nesta segunda-feira (18) investigação preliminar contra 107 estacionamentos da Capital. Consumidores denunciaram ao Procon preços abusivos. Os estabelecimento têm dez dias úteis para apresentar ao Procon uma planilha com preços praticados nos últimos cinco anos, bem como justificar os reajustes praticados durante o período.

A diretora do Procon Fortaleza, Cláudia Santos, pede que os consumidores denunciem os estacionamentos que desrespeitam as normas do Código de Defesa do Consumidor. “Nossa intenção é coibir preços abusivos, e mesmo que tenham ocorrido a elevação de preços sem justa causa, vamos aplicar as penalidades previstas no CDC”, disse a Diretora.

Denúncias podem ser feitas pelo aplicativo Procon Fortaleza, disponível para sistemas Android e iOS. E também pela Central de Atendimento 151, em horário comercial.

(Procon/Fortaleza)

Indústria inicia o ano mais pessimista do que em 2015, diz CNI

Os empresários brasileiros continuam pessimistas com as condições atuais e futuras da economia e das empresas. É o que mostra o Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei), divulgado nesta segunda-feira (18) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Em janeiro, o índice ficou em 36,5 pontos, valor 7,9 pontos inferior ao registrado no mesmo mês de 2015 e está 18,4 pontos abaixo da média histórica, que é de 54,9 pontos. O indicador varia de zero a cem pontos. Quanto mais abaixo de 50 pontos, maior e mais disseminado é o pessimismo.

De acordo com a pesquisa, a confiança é menor entre os empresários da construção. Nesse setor, o índice ficou em 35,1 pontos, abaixo do índice nacional. Na indústria extrativa, o indicador alcançou 44 pontos e, na de transformação, 36,4 pontos. Nas pequenas empresas o Icei ficou em 35,1 pontos, também abaixo do índice nacional. Nas grandes empresas, chegou a 37,6 pontos e, nas médias, a 35,5 pontos.

Nesta edição do índice foram ouvidas 2.772 empresas, entre 4 e 13 de janeiro. Dessas, 1.084 são pequenas, 1.063 são médias e 625 são de grande porte.

(Agência Brasil)

Verba extra do Fundef vai para obras em saúde e educação, diz RC

93 3

foto rc opovo

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) disse, em entrevista ao O POVO, que o recurso oriundo de indenização da União para o município – no valor de R$ 289 milhões – deverá ser empregado em infraestrutura da educação e na ampliação e investimento na área da saúde. A declaração do prefeito ocorre em meio a uma queda de braço entre a prefeitura e professores de Fortaleza que reivindicam parte da indenização para o magistério.

“Esse valor é uma indenização aos cofres municipais. É um valor que foi pago pelo município, com recurso próprio, e deveria ser recurso do Fundef (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério, atual Fundeb) no passado. Portanto, o Governo Federal está ressarcindo o município”, afirmou RC.

Questionado sobre o destino do dinheiro da indenização, o gestor – que prepara a máquina para a disputa pela reeleição – garantiu que “as duas grandes prioridades da cidade são saúde e educação”. Disse ainda que o recurso deverá ser direcionado para “investir e ampliar serviço de saúde e oferta à qualidade da educação”.

A fala de RC foi endossada pelo seu líder na Câmara Municipal, vereador Evaldo Lima (PC do B). Ao defender que a educação é “prioridade” no governo, o comunista disse que “a cidade de Fortaleza não tem dívida com os professores” e que o montante recebido por Roberto Cláudio é o ressarcimento de um recurso do Fundef que vai ser utilizado também na educação.

Na contramão da fala do chefe do Executivo municipal, o líder da oposição na Câmara, vereador Ronivaldo Maia (PT), disse que o pedetista poderá usar o dinheiro do Fundo para pagar cargos comissionados e que não há interesse do gestor em gratificar os professores com o dinheiro extra.

“É um recurso que o prefeito não contava. Se não tivesse vindo, deixaria de ser feito os investimentos?”, questiona.

A presidente do Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos do Município de Fortaleza (Sindifort), Nascélia Silva, afirmou que nos próximos dias a entidade deverá realizar encontro com a Prefeitura e a categoria para discutir o destino do recurso da indenização, entre outras pautas de interesse dos profissionais municipais.

O sindicato aguarda resposta de representação no Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) contra a administração municipal que pede o uso do recurso indenizatório exclusivamente na educação.

(O POVO)

Comissão do Meio Ambiente da Câmara Federal altera Código Florestal

A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 350/15, do deputado Sarney Filho (PV-MA), que altera o novo Código Florestal (Lei 12.651/12) com o objetivo de proteger as nascentes intermitentes.

O projeto altera o conceito de nascente contido no código para “afloramento natural do lençol freático, ainda que intermitente, que dá início a um curso d’água”. Hoje o conceito é “afloramento natural do lençol freático que apresenta perenidade e dá início a um curso d’água”.

“A lei vigente efetivamente protege, para o caso das nascentes, aquelas que não sejam intermitentes, mas as nascentes intermitentes precisam mais ainda de proteção, por toda sua fragilidade e importância biológica”, explica Sarney Filho. “As nascentes tem importância vital para todo o sistema hídrico, sendo que a diminuição de suas vazões, e até mesmo a sua total seca, apresenta consequências negativas diretas para os córregos, rios e demais cursos d’água”, complementa. Segundo o deputado, a proteção das nascentes é importante especialmente no contexto atual de crise hídrica no País.

(Agência Câmara Notícias)

“Um impeachment de Dilma é improvável”, afirma Tasso Jereissati

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=3qKdsCNTqpk[/youtube]

Em tom monocórdio, Tasso Jereissati, 67 anos, traça um painel desanimador do atual cenário político. O senador descrê de que a presidente Dilma Rousseff (PT) será impedida, seja em votação no Congresso, seja em processo no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Por outro lado, o tucano desacredita que a petista conseguirá recompor sua base de apoio parlamentar e sobreviver até 2018. Tasso desconfia ainda de que recuperação da economia, hoje corroída por quadro recessivo, tampouco será alcançada até o fim do mandato de Dilma, daqui a três anos.

E, finalmente, está convencido de que o “gesto de nobreza” sugerido pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) – o da renúncia – não está nos planos da mandatária do País. Em entrevista ao O POVO, o empresário e ex-governador do Estado do Ceará assegura que há cinco desfechos possíveis para a crise – todos improváveis.

(O POVO)

São Paulo começa a fazer testes rápidos para detectar dengue

A rede pública municipal de saúde começa nesta segunda-feira (18) a fazer testes rápidos – os resultados ficam prontos em 20 minutos – para a detecção de quatro sorotipos de dengue. O exame ficará disponível nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) da capital paulista até a primeira quinzena de março, período do pico de transmissão da doença.

A vantagem da técnica é a identificação da doença ainda na fase inicial da transmissão. Antes, o resultado do teste só ficava pronto em uma semana. O paciente terá o sangue coletado como num exame de sangue tradicional, não sendo necessário ficar em jejum. O teste poder ser feito por pessoas de todas as idades e não há contraindicação.

Para confirmar o diagnóstico, o paciente pode ter de passar pelos exames Elisa IGM e NS1, também disponíveis da rede pública, mas que demoram uma semana para ficar prontos.

A partir deste mês, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) determinou que os planos de saúde passem também a cobrir os testes rápidos para detectar dengue e febre chikungunya. É possível obter ainda um diagnóstico presumido do vírus Zika. Segundo a ANS, o exame para detecção da dengue tem cobertura obrigatória.

(Agência Brasil)

Dilma e Temer agendam encontro para esta terça-feira

eliomar charge dilma e temer

Em meio a um clima de “guerra fria”, a presidente Dilma Rousseff e o vice-presidente Michel Temer deverão se reunir nesta terça-feira, no Palácio do Planalto.

Pelo menos, essa é a expectativa do chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, após acertar o encontro com o vice-presidente nesse fim de semana.

Será o primeiro encontro entre a presidente e o vice-presidente este ano, mas o primeiro em momento de maior desgaste político entre ambos.

(com agências)

Preço do barril de petróleo na Ásia cai para o valor mais baixo desde 2003

O preço do barril de petróleo Brent na Ásia caiu nesta segunda-feira (18) para um valor abaixo dos US$ 28, o que não acontecia desde 2003.

O barril Brent no mercado asiático caiu até os US$ 27,67 durante alguns momentos, voltando a subir para um valor superior a US$ 28.

A queda do preço ocorreu nesse fim de semana, depois de terem sido suspensas as sanções internacionais ao Irã, que pode voltar a exportar petróleo. Há o temor de um excesso de oferta.

Na sexta-feira (15), quando fecharam os mercados da Ásia, o preço do barril Brent era US$ 28,51.

Na Europa, o barril Brent para entrega em março fechou a sexta-feira, no mercado de futuros de Londres, em baixa de 6,7%, para US$ 28,94.

Foi a primeira vez desde 2004 que o valor do preço do barril no encerramento da sessão de Londres ficou abaixo dos US$ 30.

A razão apontada foi o receio de que a volta do petróleo iraniano ao mercado agrave a situação causada por uma oferta já excessiva, que tem derrubado os preços há um ano e meio.

Prejudicial para os países exportadores, a queda de preço, no entanto, beneficia consumidores, países importantes e empresas muito dependentes de combustíveis, como as transportadoras aéreas.

(Agência Brasil)

Volta a chover em Fortaleza, mas calor não dá trégua

foto funceme 160118

Chove forte desde a manhã desta segunda-feira (18) em Fortaleza. Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos · Governo do Estado do Ceará (Funceme), a chuva deverá se estender por todo o dia, mas o calor não dará trégua, chegando à máxima de 31 °C. De acordo ainda com a Funceme, calor maior deverá ocorrer na quarta-feira (20), com máxima de 32 °C.

Chove também em quase todo o Estado, principalmente no Cariri, no Sertão Central, no Vale do Jaguaribe, na Serra da Ibiapaba e no Litoral Leste. Municípios da Região Norte e do Litoral Oeste estão parcialmente nublado, com predomínio de céu claro ao longo do dia.

Comissão regulamenta proteção de conteúdo de sites oficiais na internet

109 3

foto luizianne lins tv união

A Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara dos Deputados aprovou proposta que regulamenta a proteção do patrimônio público digital institucional inserido internet – ou seja, todo o conteúdo hospedado em sítios oficiais na rede mundial de computadores.

O texto aprovado é o substitutivo do relator, deputado Fábio Sousa (PSDB-GO), ao Projeto de Lei 2431/15, da deputada Luizianne Lins (PT-CE). No substitutivo, o autor altera a definição de sítio oficial do projeto original para “sítio próprio aberto na rede mundial de computadores, garantido o livre acesso às informações por quaisquer interessados, mantido por uma entidade de governo”.

O projeto original especificava as extensões utilizadas pelos sítios oficiais atuais, tais como “gov.br”, “leg.br”, “jus.br” e “mil.br”. Porém, para o relator, isso “pode terminar por restringir a aplicabilidade da lei, ao ignorar eventuais novas extensões que venham a ser criadas no futuro”.

O relator também alterou as penalidades previstas para o descumprimento da legislação por parte dos gestores públicos. O projeto original previa que o gestor público incorreria em crime de responsabilidade no caso de descumprimento das medidas. “Isso pode ser exagerado, especialmente devido a não previsão de gradações na penalização, de acordo com a gravidade da falta. Assim, optamos por uma nova redação para tais penalidades”, disse Sousa.

Conforme o substitutivo, constituirá conduta ilícita a atividade do gestor público que autorizar, permitir ou negligenciar: o dano à integridade do patrimônio digital institucional dos sítios oficiais sob a sua responsabilidade; a subtração de patrimônio digital institucional dos sítios oficiais sob a sua responsabilidade; a criação de mecanismos para inviabilizar ou dificultar o acesso ao conteúdo digital institucional em seu formato e estilo original.

(Agência Câmara Notícias)

Copom deve elevar Selic em 0,5 ponto percentual, prevê mercado

A taxa básica de juros, a Selic, deve ser elevada em 0,5 ponto percentual para 14,75% ao ano, pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC), que se reúne nesta terça-feira (19) e na quarta-feira (20). Atualmente, a taxa está em 14,25% ao ano. A expectativa é de instituições financeiras consultadas semanalmente pelo BC.

Para o fim de 2016, a estimativa mediana (que desconsidera os extremos nas projeções) para a Selic é 15,25% ao ano. Em 2017, a expectativa é que a taxa básica seja reduzida, encerrando o período em 12,88% ao ano. Na semana passada, essa mesma previsão ficou em 12,75% ao ano.

A taxa é usada nas negociações de títulos públicos no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic) e serve de referência para as demais taxas de juros da economia. Ao reajustá-la para cima, o BC contém o excesso de demanda que pressiona os preços, porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Quando reduz os juros básicos, o Copom barateia o crédito e incentiva a produção e o consumo, mas alivia o controle sobre a inflação.

Para este ano, a expectativa das instituições financeiras é que a inflação fique acima do teto da meta, 6,5%. A projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), este ano, foi ajustado pela terceira vez seguida, ao passar de 6,93% para 7%. Para o próximo ano, a expectativa é que a inflação fique abaixo do limite superior, mas ainda distante do centro da meta, em 5,40%. A previsão anterior era 5,20%. O teto da meta de inflação para 2017 é 6%. O centro da meta é 4,5%, tanto para este ano quanto para 2017.

(Agência Brasil)