Blog do Eliomar

Últimos posts

Hoteleiros protestam contra a Embratur e Airbnb

206 1

Da Coluna O POVO Economia, assinada pela jornalista Neila Fontenele, no O POVO desta quarta-feira:

Os hoteleiros estão lançando manifesto nacional contra a possibilidade de campanha em conjunto do Airbnb (plataforma global de hospedagens online) e do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) para atrair turistas estrangeiros. A divulgação da possibilidade de parceria entre as duas entidades gerou alvoroço no setor, que considera “predatória” a concorrência do Airbnb.

Ontem, a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH) já articulava um trabalho com todas as regionais para forçar a Embratur a rever a possibilidade dessa parceria. Também era ventilada a entrada de uma ação na justiça para obrigar a plataforma a pagar os mesmos impostos cobrados pelo setor ou desobrigar as empresas de hospedagem dos impostos devidos.

O vice-presidente da Abih nacional, presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA) e do SindiHotéis, Manoel Cardoso Linhares, falou sobre o problema no O POVO Economia. No início da semana, ele já havia declarado que a concorrência desses imóveis por temporada ou compartilhados vinha prejudicando a hotelaria e contribuindo para o fechamento de empresas no setor.

“Até no Rio de Janeiro, mesmo com as Olimpíadas, houve o fechamento de quatro hotéis”, acrescenta ele. A saída para a concorrência desse tipo de locação seria a regulamentação.

As plataformas de locação de imóveis ganham força no mundo inteiro. Esse tipo de atividade começou em 2006, nos Estados Unidos, e vem forçando a uma adaptação no mercado. No caso da parceria com a Embratur, a possibilidade de acordo é considerado nociva para a hotelaria, que perde mercado para a concorrência, além da crise.

Marcelo Odebrecht ficará na cadeia até dezembro de 2017

odebrecht

Preso desde junho do ano passado, o empresário Marcelo Odebrecht ficará na cadeia até dezembro de 2017. A informação, divulgada pelo jornal Folha de S.Paulo nesta quarta-feira (2), tem como base as tratativas do acordo de delação premiada do executivo.

Se não fechasse o acordo, Odebrecht acumularia penas que estenderiam muito mais o tempo dele atrás das grades. Em um julgamento, no começo do ano, ele foi condenado a 19 anos de prisão, por lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Segundo o jornal, o empresário poderá até ir para prisão domiciliar a partir de 2018. Os advogados dele acertaram que a pena total será de dez anos, sendo um quarto desse período em regime fechado.

(R7.com)

Nonato Luiz gravará DVD em 2017

Nonato LuizFoto: Talita Rocha, em 26/06/2007

O violonista Nonato Luiz chegou da Itália, onde fez temporada em várias cidades desse País. Nesta quarta-feira, já está na Bahia, onde tem apresentações.

Nonato, sobre sua carreira, disse estar vivendo uma fase maravilhosa e até anunciou um proojeto já fechado: em junho de 2017, gravará DVD em Curitiba, acompanhado da Orquestra Sinfônica do Paraná.

 

Pesquisa Datafolha – Para 70% dos brasileiros, policiais cometem excessos de violência

200 1

policia-messejana-atual

Uma pesquisa nacional divulgada nesta quarta-feira (2) aponta que 70% da população sente que as polícias cometem excessos de violência no exercício da função. O percentual sobe entre jovens com idade entre 16 e 24 anos, chegando a 75%. Os dados foram apurados pelo Datafolha a pedido do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP).

Mais da metade da população (53%) tem medo de ser vítima de violência por policiais civis e 59% temem ser agredidos por policiais militares. O índice também sobe entre os jovens – 60% têm medo da Polícia Civil e 67%, da Polícia Militar. O estudo ouviu 3.625 brasileiros com mais de 16 anos em 217 municípios de todo país. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Policial vítima

A pesquisa revelou também que 64% dos brasileiros acreditam que os policiais são vítimas de criminosos. O anuário do FBSP aponta que, em 2015, 393 policiais foram assassinados 16 a menos do que no ano anterior.

Segundo o anuário, os policiais brasileiros morrem mais fora do horário de trabalho do que a serviço da corporação: foram 103 mortes durante o expediente (alta de 30,4% em relação a 2014) e 290 fora do serviço (queda de 12,1% em relação a 2014), geralmente em situações de reação a roubo. “O policial, muitas vezes, reage a um roubo sem estar protegido, não têm um colega do lado, ou está trabalhando em ‘bicos’”, diz ele.

Estrutura policial

A pesquisa mostra ainda que 63% dos brasileiros acreditam que os policiais não têm boas condições de trabalho. Para pouco mais da metade (52%), a Polícia Civil faz um bom trabalho esclarecendo crimes e 50% crê que a Polícia Militar garante a segurança da população.

“A sociedade brasileira reconhece a importância das policias, reconhece que elas são fundamentais para a manutenção da nossa democracia, mas os policias não estão tendo boas condições de trabalho, são caçados pelo crime. Mas também, a forma como eles atuam não satisfaz a população”, avalia Renato.

Plano nacional

Em nota, o Ministério da Justiça e Cidadania comentou o levantamento do FBSP. A assessoria de comunicação social do ministério  esclareceu que a proposta do futuro Plano Nacional de Segurança Pública define um “protocolo unificado de atuação e investigação nas hipóteses de mortes de policiais e mortes decorrentes de intervenção policial”.

(Agência Brasil)

PRB de Ronaldo Martins vai participar da equipe de Roberto Cláudio

172 1

ronaldomartins

O deputado federal Ronaldo Martins, que preside o PRB estadual, quer ver seu partido integrado ao futuro estafe do prefeito reeleito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT).

De antemão, o parlamentar já repassou emendas suas para a saúde, ponto mais criticado da gestão municipal na campanha.

Ronaldo, que também disputou a Prefeitura de Fortaleza – obteve 4,02% de votos, esteve em Brasília participando de reunião da direção nacional, que avaliou as eleições.

(Foto – Paulo MOska)

Protógenes, ex-delegado da PF, diz que Sergio Moro fez o mesmo que ele, mas não foi punido

protogeness

O vazamento de informações sigilosas levou à condenação do ex-delegado e ex-deputado federal Protógenes Queiroz. Por esse motivo, ele foi expulso da Polícia Federal e condenado à prisão, com sentença que já teve trânsito em julgado. Asilado na Suíça, o homem da famigerada Operação Satiagraha vê uma nova chance para permitir sua volta ao Brasil: o juiz Sergio Moro, juiz que conduz a “lava jato”, vazou de forma ilegal, como já foi julgado pelo Supremo Tribunal Federal, conversa entre a então presidente Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva e não foi punido por isso.

Se Moro vazou e não foi punido, Protógenes afirma que deve ser anistiado, já que, em sua visão, os casos são idênticos. O ex-delegado entrou com uma ação de revisão criminal junto ao STF pedindo a anulação de sua pena, reincorporação à PF e indenização por danos morais.

O ex-deputado demonstra concordar com a atitude de Moro. Assim como ele, o homem da “lava jato” teria vazado intencionalmente os áudios “para garantir a investigação criminal” e “ambos agiram para o interesse público, interesse da nação, interesse do povo brasileiro”.

Crime admitido

O advogado de Protógenes defende as atitudes que ele e Moro tomaram. Mas, ao mesmo tempo, também afirma categoricamente que ambos cometeram crime: “Incontestavelmente, essa conduta se amolda, com perfeição, à mesmíssima prática vedada ao agente público, reprimida no artigo 325, parágrafo 2º, do Código Penal (crime formal, próprio, na forma qualificada), exatamente a conduta reprovável que foi determinante, fatal e terminativa para a condenação e o decreto de perda do cargo público do também agente público Protógenes Queiroz”.

Ele ainda lembra que as 10 medidas que o Ministério Público Federal elaborou e nomeou de anticorrupção estabelecem que não será crime o agente público que vazar informações para a imprensa, caso o conteúdo seja de interesse público.

Após admitir o crime, o ex-delegado mostra que a solidariedade para com o colega tem seu limite. Protógenes mostra ressentimento com a diferença de tratamento praticada no Supremo, “onde um agente público juridicamente desprotegido sofre os rigores da lei, ao passo que outro agente público, praticando igual conduta, recebe as benesses da lei e de seus pares”.

Ineditismo falso

Protógenes se sente ferido com o argumento de que Moro lidou com uma situação inédita no Brasil. Para ele, não se pode dizer que o juiz condenou altos agentes públicos e empresários até então intocáveis, pois muitos foram sim investigados pela satiagraha.

“A situação política do país hoje é idêntica à época da satiagraha. A corrupção deflagrada na operação ‘lava jato’ já vem de muito tempo, muitos de seus protagonistas já faziam parte da satiagraha, ou já estavam ligados a todo este cenário político que estourou agora, tais como: banqueiros, políticos, empresários”, afirma a defesa do ex-deputado federal, feita pelo advogado Adib Abdouni.

Outro trecho insólito é quando o morador da Suíça afirma que a participação da imprensa em processos jurídicos é aceitável e até desejável. Para ele, Moro também precisou da ferramenta. “É claro que o Revisionando [Prótogenes] precisou, sim, como precisou também o juiz Moro, do apoio da mídia, precisou desta força para sacudir o povo”.

Trânsito em julgado

A sentença contra Protógenes, assinada em 2010 pelo juiz Ali Mazloum, transitou em julgado no ano passado. O Supremo manteve parte da decisão que o considerou responsável por vazar informações sigilosas para concorrentes do banqueiro Daniel Dantas — por ele investigado — e para a imprensa.

Com base na condenação, ele foi ainda demitido da Polícia Federal por “prevalecer-se, abusivamente, da condição de funcionário policial”, revelar “segredo do qual se apropriou em razão do cargo” e “praticar ato lesivo da honra ou do patrimônio da pessoa, natural ou jurídica, com abuso ou desvio de poder”.

Asilo na Suíça

Protógenes pediu asilo político na Suíça alegando ser perseguido no Brasil, onde por uma falha administrativa teria sido condenado à prisão. As autoridades do país europeu aceitaram a solicitação.

(Site Consultor Jurídico)

Voo da TAM faz pouso de emergência no aeroporto de Fortaleza

854 1

tamm

Um avião da TAM, um modelo 777-300, fez pouso de emergência, no começo da madrugada desta quarta-feira, no Aeroporto Internacional Pinto Martins.

Da aeronave, a tripulação desembarcou uma passageira que se sentiu mal durante o voo. Ela foi atendida no Posto Médico do terminal e, em seguida, encaminhada para um hospital privado. O comandante definiu como “emergência aeronáutica” essa operação.

O voo JJ8084da TAM cumpria a rota São Paulo -Londres.

A TAM não deu maiores informações, mas a previsão é de que o voo prossiga sua rota até o fim desta manhã de quarta-feira. A Supervisão da Infraero acompanha a situação dos passageiros desse voo.

(Foto – Fernando Barroso)

Temer é a favor de reabertura do Programa de Repatriação

temer-miuchel

O presidente Michel Temer disse, nessa terça-feira, concordar com a proposta do presidente do Senado, Renan Calheiros, de apresentar um projeto de lei que reabra o programa de repatriação de recursos enviados ilegalmente ao exterior. Encerrado ontem, o incentivo à regularização de ativos, mediante pagamento de imposto e multa, resultou na arrecadação de 50,9 bilhões de reais. De acordo com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, 38,5 bilhões de reais ficarão com o governo federal, e o restante será dividido entre estados e municípios.

A ideia de Renan é reabrir o prazo em 2017 para que o governo federal tenha novamente uma receita adicional. “Sou a favor”, disse Temer a jornalistas, após ser perguntado sobre a proposta do presidente do Senado. O presidente conversou rapidamente com a imprensa apos participar de jantar com o primeiro-ministro português, António Costa, no Palácio Itamaraty.

(Veja)

TCU vai fiscalizar mais de 19 mil pensões pagas as filhas de servidores

O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou, nessa terça-feira (1º), que seja feita uma análise em 19.520 pensões pagas a filhas solteiras de servidores públicos federais em que foram identificados indícios de irregularidades, como o recebimento de outros tipos de aposentadorias ou rendas extras, como emprego no setor público ou privado. Segundo o ministro Walton Alencar Rodrigues, as irregularidades podem somar R$ 6 bilhões em quatro anos.

“São irregularidades caríssimas que são pagas por toda a sociedade brasileira para sustentar privilégios que são absolutamente incondizentes com a situação do país, uma vez que essas privilegiadas beneficiárias auferem valores que são absolutamente fora da realidade nacional, acrescidos de valores advindos do regime geral de previdência social, juntamente com valores derivados do exercício de atividades na iniciativa privada”, disse.

As beneficiárias terão direito de apresentar sua defesa para continuar recebendo as pensões e deverão comprovar sua dependência econômica em relação ao benefício previdenciário, sob pena de imediata perda da pensão. O ministro apresentou alguns casos de pensionistas com irregularidades, como o caso de uma mulher que recebe cerca de R$ 24 mil de pensão do pai, que era servidor público, mais pensão previdenciária por morte de R$ 796.

O ministro Raimundo Carreiro elaborou um voto que defendia que só deveria ser cortada a pensão das filhas de servidores que tivessem renda remanescente acima do teto da Previdência Social, de R$ 4,6 mil, considerado valor suficiente para garantir a “subsistência condigna” da pensionista. Levando em conta esse teto, o número de pensionistas em situação irregular cairia para 7,7 mil.

(Agência Brasil)

Fortaleza tem cerrado

foto-fortaleza-savana

Da Coluna Vertical, no O POVO desta quarta-feira (2):

A Área de Relevante Interesse Ecológico Professor Abreu Matos, conhecida como “Arie do Cerrado”, ainda não saiu do papel. Isso porque, após quase quatro meses desde a aprovação pela Câmara Municipal, o prefeito Roberto Cláudio (PDT) não sancionou a matéria, criando a lei que regulamentará a unidade de conservação.

“Esperamos que o prefeito sancione (a lei), uma vez que o projeto saiu de um consenso amplo para garantir mais uma área protegida na cidade de Fortaleza. Esse processo se deu de forma absolutamente coletiva”, destaca o vereador João Alfredo (PSOL).

O projeto de lei que cria a Área de Relevante Interesse Ecológico (Arie) Professor Abreu Matos, de autoria do vereador do Psol, quer proteger 18,8 hectares de vegetação savânica localizada em terreno da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios), na Cidade dos Funcionários.

O Projeto do Cerrado, aprovado em 7 de julho deste ano pela Câmara Municipal, espera apenas a sanção do prefeito para virar lei.

Fenômeno Trump surgiu da insatisfação com políticos tradicionais, diz professor

foto-trump-eua

As eleições presidenciais dos Estados Unidos chegam à reta final. Na próxima terça-feira (8) os norte-americanos escolherão entre o empresário republicano Donald Trump e a ex-senadora e ex-secretária de Estado dos EUA, a democrata Hillary Clinton. Para o professor de Relações Internacionais da Universidade de Brasília (UnB), Juliano da Silva Cortinhas, o candidato republicano tem tirado melhor proveito de um fenômeno bastante conhecido no país: a insatisfação com os políticos tradicionais.

“Donald Trump capitalizou muito isso em torno da figura dele, que não é um político tradicional de Washington. Esse descontentamento com o sistema político é um início interessante para que ele comece a ser ouvido pela população que pretende votar nele”, disse Cortinhas, na noite dessa terça-feira (1º).

Para o professor, a postura e ideias conservadoras de Trump encontraram abrigo em vários eleitores do país. “Ele tem um apelo grande para uma parcela importante da população que enfatiza o porte de armas para sua segurança. Num ambiente tomado, desde 2001, por uma sensação constante de insegurança, isso tem conseguido um apelo grande no eleitor do Trump. E a forma como ele tratou a Hillary, acusando-a, fortemente. Existe uma boa parte do eleitorado que gosta de um candidato forte, que demonstra pela força as suas opiniões”.

A candidata democrata, por sua vez, começa a patinar nas pesquisas após reabertura de investigação sobre o envio de emails da conta pessoal dela com a suposta presença de informações classificadas como de uso restrito do governo. “O anúncio de reabertura [das investigações] impactou fortemente os eleitores nas pesquisas de opinião. Se ela vai conseguir combater isso e se sair melhor nas pesquisas até terça, ninguém sabe”, disse o cientista político norte-americano naturalizado brasileiro David Fleischer, também da UnB.

Ambos avaliam, contudo, que o resultado vai depender do comparecimento às urnas, uma vez que o voto não é obrigatório nos Estados Unidos e nenhum dos candidatos empolga muito. “Nenhum dos dois candidatos anima muito o eleitor. O eleitor do Trump é mais ‘lutador’, digamos assim, e o da Hillary é um pouco menos animado”, avaliou Cortinhas.

(Agência Brasil)

“Desafio qualquer um desses pilantras que estão aí”, diz delegado geral sobre grevistas

foto-andrade-junior-delegado

O delegado geral da Polícia Civil, Andrade Júnior, fez críticas à greve da categoria durante reunião de escrivães com nomeações para 2ª e 3ª chamada. A reunião aconteceu nessa terça-feira (1º), na Delegacia Geral, no Centro, e um áudio com o pronunciamento do delegado vazou nas redes sociais.

Andrade diz que os policiais que estão na greve, que é considerada ilegal, começarão a ser notificados para entregar carteira, distintivo e arma.

“Não posso respeitar essa ilegalidade que estão cometendo, se vocês têm amigos (policiais que aderiram à greve), a única saída deles é se apresentar imediatamente no trabalho. Os colegas que estão em Iguatu, liguem para eles, não é ameaça do delegado geral, ameaça é quando você manda fazer uma coisa errada, estou mandando trabalhar e os senhores estão sendo convocados para trabalhar”, relatou o delegado geral.

Ainda no áudio, o delegado afirma que os nomeados devem entrar em um momento muito difícil da instituição e que o discurso não era para ser tão duro, mas ele não iria “abrir” para ninguém. “Tenho 45 anos de idade e 29 de serviço público, comecei a trabalhar bem cedo e nunca cometi ilegalidade dentro de uma função e desafio a qualquer um desses pilantras que estão aí”, disse.

Ele avisa que se os nomeados entrarem para “engrossar esse couro”, ou seja, participarem do movimento grevista, não ingressem . E alerta que é fácil o servidor em estágio probatório rejeitar a greve ilegal, pois o servidor, quando entra na Polícia Civil, está sendo avaliado todos os dias, durante o período de três anos. ”O que coloco para dentro coloco para fora. Tenho mais duas turmas. Mando toda a Polícia Civil, mas aqui funciona”, afirmou no áudio.

“Aqui não é casa de menino não, não é casa de brincadeira”, disse o delegado. Andrade Júnior explica, no áudio, que respeitou a greve, enquanto estava dentro da legalidade e que até foi criticado por aceitar que o comando de greve afirmasse quais as delegacias que iriam funcionar, mas que diante da ilegalidade, ele iria respeitar “o que é certo”.

Nomeações

O delegado afirma que estava vindo do Gabinete do Governador do Estado, Camilo Santana, pois vai nomear esses escrivães e afirma que vai precisar deles. Ele alerta que “muita gente” vai para a rua e que podem achar ruim. “Foi um momento inoportuno e oportuno para os senhores, não queria que entrassem nessas circunstâncias”, relatou.

Andrade alega que o sindicato dos policiais civis mentiu para a categoria, pois ele havia prometido que até o dia 30 de outubro resolveria a questão da reivindicação salarial, mas que o presidente do Sinpol, Francisco Lucas, não teria aceitado a negociação.

“Disse a cada um deles que sairia da delegacia geral se em 30 dias não resolvesse isso. Mandei gravar e não quiseram. Sei que a maioria é gente boa e precisa de emprego, mas fica para os senhores e senhoras o recado de que vamos nomeá-los”, disse.

Sinpol

De acordo com a vice-presidente do Sinpol, Ana Paula Cavalcante, os policiais não estão por um favor do delegado geral. “Ele esquece que existe um processo legal, não estamos na Polícia por favor do Andrade Júnior, mas porque concorremos e fomos aprovados”, comentou.

Para a líder do movimento, o que o delegado geral e a Controladoria Geral de Disciplina (CGD) estão fazendo é criminoso e alerta que está entrando com processo criminal e administrativo contra o delegado geral.

“Os policiais que se sentirem moralmente ofendidos terão o nosso jurídico a disposição para entrar com ação de danos morais”, relatou.

(O POVO Online)

Dia de Finados – Confira o que funciona neste feriado

O feriado nacional em homenagem ao Dia dos Finados ocorre nesta quarta-feira, 2. Confira em lista abaixo o que funciona e não funciona em Fortaleza.

Postos de combustíveis
De acordo com o Sindipostos, os postos de combustível abrem normalmente no feriado.

Coelce

Lojas de atendimento estarão fechadas. Central de Relacionamento 0800 285 0196 funcionará 24 horas.

Cagece
Funcionamento em regime de plantão. Atendimento por meio da central 0800 275 01 95 ou pelo aplicativo da Cagece Mobile (disponível no sistema Android e iOS) ou pelo chat online.

Bancos
Estarão fechados.

Lojas
De acordo com o Sindicado do comércio Varejista e lojista de Fortaleza (Sindilojas), as lojas do Centro de Fortaleza estarão fechadas.

Shoppings
Segundo o Sindilojas, as lojas dos shoppings de Fortaleza também estarão fechadas. Funcionarão normalmente apenas as operações de alimentação e entretenimento.

OFF Outlet
O OFF Outlet Fashion Fortaleza abrirá nesta quarta-feira, 2. O funcionamento das lojas e alimentação terá horário diferenciado, das 11 às 19 horas. Na ocasião, o público poderá conferir a campanha “Power Black Friday”.

Supermercados
Segundo a Associação Cearense de Supermeracdos (Acesu), o funcionamento do supermercados será normal.

Sede do Hemoce e posto do IJF

O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce) funcionará em regime especial para que os candidatos à doação aproveitem a folga para ajudar a salvar vidas.A sede da instituição, na Avenida José Bastos, 3390, no bairro Rodolfo Teófilo, funcionará das 8 às 13 horas.

Já o posto de coleta do Instituto Dr. José Frota (IJF), funcionará entre 13 horas e 17h30min.Os hemocentros do interior do estado – Sobral, Crato, Quixadá e Iguatu – bem como o hemonúcleo de Juazeiro do Norte e os postos provisórios nos shoppings Rio Mar (Presidente Kennedy e Papicu), não vão abrir.

 

UFC vai comemorar os 15 anos do curso de Medicina de Sobral

med-1
Professor Gerardo Cristino Filho entre homenageados.
A Universidade Federal do Ceará vai abrir a programação festiva pelos 15 anos do curso de Medicina de Sobral. Será durante solenidade marcada para as 19 horas da próxima sexta-feira, no auditório do Bloco I, do Campus Mucambinho (Centro).
No mesmo ato, também iniciará festejos pelos 10 anos de implantação do seu Campus Avançado nesse município da Zona Norte do Estado.
Na sexta-feira,  será outorgada a Medalha Visconde de Saboia, instituída pelo Curso de Medicina, para homenagear personalidades que tenham prestado relevantes serviços à Medicina, à educação médica e ao próprio curso. Também será entregue a Medalha do Decênio do Campus, dividida em quatro categorias: Mérito Administrativo, Mérito Científico, Mérito Cultural e Mérito Acadêmico.
Os agraciados serão, respectivamente, o servidor Antonio Vanderley Moreira; a professora Mirna Marques Bezerra Brayner, do Curso de Medicina; o professor Marco Antonio Toledo Nascimento, do Curso de Música; e o professor Gerardo Cristino Filho, que também será homenageado com a Medalha do Decênio do Campus por ter sido coordenador do Curso de Medicina durante 14 anos.
A programação das comemorações prossegue até o dia 10 com uma exposição de foto no salão principal, montada a partir de imagens enviadas por professores, técnicos, estudantes e ex-alunos. Também haverá palestras nos dias 7 e 9, além da exposição dos projetos de extensão no Boulevard do Arco Nossa Senhora de Fátima, no dia 8, quando serão oferecidos à sociedade serviços e orientações sobre cuidados com a saúde.
O encerramento se dará no dia 10 com a realização do VI Sarau do Visconde, com o tema “Flores no sertão: vozes e diversidades”. O evento é promovido pelo Centro Acadêmico do Curso de Medicina com o objetivo de criar espaço para que discentes, docentes e técnico-administrativos mostrem seus talentos através de apresentações musicais, danças, exposição de desenhos, poesias e fotografias.
(Site da UFC)

Dia de Finados – Confira os plantonistas do Judiciário do Ceará neste feriado

Nesta quarta-feira, feriado pelo Dia dos Finados, magistrados da Capital e de Comarcas do Interior atenderão, em regime de plantão.

No Tribunal de Justiça do Ceará, o plantonista será o desembargador Fernando Luiz Ximenes Rocha. Ele atenderá das 12 às 18 horas.

Fórum

No Fórum Clóvis Beviláqua, o plantão ficará a cargo da 20ª Vara Cível e 1ª Vara Criminal da Capital. Os juízes estarão disponíveis das 12 às 18 horas. Os pedidos urgentes de natureza cível no âmbito de competência da Infância e da Juventude, destinados apenas para apreciação de casos urgentes, serão analisados pelos citados plantonistas.

Interior

No Interior, o atendimento acontecerá das 8 às 14 horas nas comarcas de Caririaçu, Barbalha, Acopiara, Milagres, Pereiro, Quixeramobim, Baturité, Morada Nova, Aracati, Maracanaú, Barreira, Paraipaba, Itapipoca, Meruoca, Granja, Frecheirinha, Ipueiras, Ararendá, Independência e Santa Quitéria.

(Site do TJ/CE)

Temer convoca reunião ministerial para tratar sobre obras inacabadas

saidastemer

O presidente Michel Temer convocou uma reunião ministerial para discutir o problema das obras inacabadas espalhadas pelo país. Entre os temas a serem debatidos está a transposição do rio São Francisco, intervenção inciada em 2007 e que ainda não foi concluída.

Segundo um levantamento feito pelo governo federal em junho, as obras paralisadas representam 250 bilhões em custos a serem pagos. Na época, o governo estimou que 20 grandes projetos deveriam ser retomados até 2017. A reunião será na segunda (7).

(Veja Online)