Blog do Eliomar

Últimos posts

O conto dos três mestres

Com o título “O conto dos três mestres”, eis artigo da escritora Socorro Acioli em clima de homenagem e gratidão ao professor falecido Agostinho Gosson (UFC). Confira: 

“Eu vou destruir o seu texto” , disse o professor Eduardo Luz. E assim fez. Rabiscou tudo de vermelho, limpou as belezas, as metáforas, os perfumes de literatura que não cabiam em uma redação de vestibular. Destruiu e desmanchou meus textos várias e várias vezes até que eu consegui produzir uma página objetiva, clara e limpa e ganhei uma nota sensacional na redação. Foi assim que aprendi que escrever é comunicar. Ele me ensinou que é preciso prestar atenção no público receptor para que a palavra cumpra seu destino de ser palavra. E eu agradeço.

O professor Eduardo pediu que eu esquecesse aquilo tudo depois de aprovada e voltasse a escrever como antes, com liberdade e toda literatura possível. Talvez para aliviar tamanha destruição, ele me deu um livro de presente sem fazer a menor ideia de que me entregava a chave de um portal.

O livro era Cheiro de Goiaba, uma longa e detalhada entrevista com Gabriel García Márquez ao amigo Plínio Apuleyo Mendoza sobre toda sua vida, com atenção especial para a decisão de tornar-se escritor. A família queria que ele fosse advogado, mas ele queria escrever. A última tentativa de sua mãe para convencê-lo a retomar a faculdade de Direito acabou por ter força contrária. Ela inventou a desculpa de levá-lo a Aracataca para ajudar na venda da velha casa de seus avós. Foi nessa viagem que ele teve a iluminação inicial para escrever Cem Anos de Solidão, o livro que o consagrou como um dos escritores mais amados do mundo. E muito amado por mim.

“Seu texto vai para a lata do lixo”, disse o professor Agostinho Gósson. Eu era estudante de jornalismo e errara feio na construção do lead. “Se quiser aprender como se faz um lead que preste, vá ler Crônica de uma morte anunciada do Gabriel García Márquez, faça outro texto e traga pra mim. Porque esse aqui vai pra lata do lixo”. Saí da sala de aula, sentei em um banco da praça da Gentilândia e chorei por uma hora. Depois li o livro, fiz outro texto e ganhei um dez. Aprendi que para conseguir efeitos de maestria na escrita, eu devo procurar aprender com o melhor. E eu agradeço.

Quase dez anos depois, quando ganhei o Prêmio Jabuti de Literatura, o professor Agostinho me chamou para dar entrevista no seu programa na Rádio Universitária. Relembrei o texto na lata do lixo, do qual ele não se arrependia nem pouco. E por isso, meu Jabuti também era dele. Não vou esquecer nunca da sua risada solta e gostosa quando eu disse, ao vivo, que ele foi o único homem que me fez chorar em um banco de praça. Ganhei um abraço e a lembrança doce que guardarei com saudades.

“Prometa que nunca vai desistir. Prometa que vai até o fim”, disse o professor Gabriel García Márquez. Era dezembro de 2006 e eu estava sentada em uma sala de aula na Escola de Cinema em Cuba, na condição de sua aluna. Aluna de um Prêmio Nobel. Aquele autor colombiano que aprendi a amar por causa do professor Eduardo, que reforcei a paixão com a dica do professor Agostinho, agora era meu mestre de carne e osso e me ensinou que vencer é persistir. E eu agradeço.

Sorte de quem sabe identificar um mestre e ouvir seus conselhos, mesmo se doer. Sorte de quem encontra alguém que aponta uma luz e mostra uma vereda, nessa aventura sem mapa que é a vida.

*Socorro Acioli,

Escritora.

Transnordestina alcança 50% de obra civil executada

Obras da Transnordestina em Missão VelhaFoto: Talita Rocha, em 02/11/2010

A Ferrovia Transnordestina alcançou 50% da obra executada, segundo José Roberto Correa. Ele acaba de assumir como diretor da nova empresa criada pela Companhia Siderúrgica Nacional (CSN),  a Nordeste Logística.

O objetivo dela é tratar de toda a infraestrutura do projeto.

No mercado, há quem diga, no entanto, que a Nordeste logística deverá gerir futuramente essa ferrovia.

Teori dá 10 dias para Cunha se manifestar sobre pedido de afastamento

“O ministro do STF Teori Zavascki abriu um prazo de dez dias para que Eduardo Cunha se manifeste sobre a petição em que o Ministério Público requer seu afastamento do comando da Câmara. Como Cunha não foi notificado da decisão, o prazo só começará a contar quando isso acontecer.

Desta forma, mesmo em fevereiro, quando o STF voltar do recesso, oficiais de Justiça ainda terão de entregar a decisão de Teori e o STF só poderá começar a analisar o pedido de afastamento após a manifestação de Cunha.

Se Cunha for notificado logo no dia primeiro de fevereiro, o STF só teria como julgar o pedido de afastamento a partir da sessão do dia 17.
Já se a notificação demorar, o caso pode ficar para a última semana do mês que vem ou até mesmo para março.”

(Coluna Radar, da Veja Online)

Roberto Cláudio vai para a reeleição, diz André Figueiredo

foto RC andre e salmito

Da Coluna Vertical, no O POVO desta terça-feira (5):

O ministro das Comunicações, André Figueiredo, dá como certo a candidatura do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, à reeleição. Ele faz questão de se pronunciar sobre o tema, embora longe do cenário das convenções, para jogar uma espécie de ducha fria em alas do PDT que não se empolgam com essa ideia e que, nos bastidores, dizem que o prefeito ainda apresenta pesado fardo de rejeição principalmente na periferia.

André adianta que o prefeito tem tempo para mostrar serviço, porque ainda há muita obra a ser entregue. Destaca que Roberto Cláudio é competente e vem mostrando isso em áreas como a mobilidade urbana.

Os irmãos Ciro e Cid Gomes comungam com essa explanação, mas há quem diga que o maior adversário do prefeito seja o tempo. Será?

Uma PGJ que exigirá enxugamento

1457548_1126184134058698_1058038731860866658_n

O novo procurador-geral de Justiça do Ceará, Plácido Rios, já empossado em ato que contou com a presença da vice-governadora Izolda Cela e do presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque, promete implantar um laboratório para investigar crimes de lavagem de dinheiro.

Ele assumiu também prometendo mudança geral na PGJ, a partir de comissionados. A Subprocuradoria-Geral de Justiça do Estado, por exemplo, será ocupada por Vanja Fontenele, enquanto o promotor de justiça João de Deus ocupará a secretaria institucional do órgão. João de Deus foi o segundo mais votado na lista tríplice de procurador-geral.

DETALHE – Plácido Rios pega uma PGJ com orçamento com R$ 58 milhões a menos.

Bolsa de Xangai fecha em queda

“A bolsa de Xangai, principal praça financeira da China, fechou hoje (5) em queda de 0,26%, para 3.287,71 pontos, o que representa estabilidade após quedas de 6,85% nessa segunda-feira. Shenzhen, a segunda praça financeira do país, recuou 1,36%, para 11.468,06 pontos, uma queda mais suave quando comparada aos 8,16% de ontem.

A Comissão Reguladora do Mercado de Valores da China (CRMV) disse que considera pouco provável a venda em massa de ações nos próximos dias, apesar de 1 bilhão de títulos serem desbloqueados no próximo dia 11.

O porta-voz da CRMV confirmou que existe cerca de 1 bilhão de títulos nas mãos de grandes acionistas a quem o regulador proibiu a venda em 8 de julho do ano passado, como medida para conter as fortes quedas nas bolsas chinesas, durante um prazo de seis meses.

A medida aplica-se apenas a “grandes acionistas” (titulares de 5% ou mais das ações de uma empresa), que não podiam desfazer-se delas até o fim do prazo e a reabertura do mercado, na próxima segunda-feira (11).

A situação explica, em parte, as fortes quedas registradas nessa segunda-feira (de 6,85% na praça de Xangai e 8,16% em Shenzhen), devido à antecipação de perdas por parte de alguns investidores que queriam evitar quedas maiores nos próximos dias.”

(Agência Lusa)

Cid Gomes diz que Dilma chegou ‘ao fundo do poço’ e sugere que a presidente deixe o PT

91 1

cidgogog

O ex-ministro da Educação Cid Gomes (PDT) sugeriu que a presidente Dilma Rousseff saia do PT e se declare alheia ao processo eleitoral de sua sucessão como forma de reverter os baixos índices de popularidade. De acordo com Cid, segundo informações da Agência Estado, Cid disse que Dilma chegou ao “fundo do poço” em termos de popularidade.

Cid fez um balanço de 2015 e previsões para 2016. “Não será um ‘anão’ (grande ano), mas será menos traumático que 2015”, disse. Na avaliação dele, no ano passado o País viveu uma crise orgânica, decorrente de uma relação “promíscua” entre os poderes Legislativo e Executivo. Uma relação, segundo ele, “podre”, baseada no fisiologismo, na chantagem e no achaque.

“Isso não se muda da noite para o dia. Só uma próxima eleição vai permitir que a gente comece a construir uma nova relação”, afirmou. “Isso não vem da Dilma não. Ela teve que se render a isso. Tentou resistir no começo, mas não conseguiu”, completou.

Cid também comentou sobre a possibilidade do irmão dele, Ciro Gomes, vir a disputar a presidência da República em 2018, mas ponderou, argumentando que uma candidatura não se faz com vontade pessoal. “Vai depender do momento”, frisou. “Ciro não tem mais idade para uma anticandidatura como das outras vezes, quando ele disputou para marcar presença e fazer denúncias”, comentou.

(Agência Estado/O POVO Online)

TCU pede manifestação do governo sobre medida provisória

O Tribunal de Contas da União (TCU) deu um prazo de 15 dias para que a Controladoria-Geral da União (CGU) e a Advocacia-Geral da União (AGU) se manifestem sobre os procedimentos que serão adotados após as alterações feitas em um trecho da Medida Provisória (MP) 703/2015 e se essas mudanças poderiam se chocar com a Instrução Normativa (IN) 74/15 do tribunal. A determinação está em um despacho do ministro Walton Alencar Rodrigues, do último dia 29, que trata de representação de um procurador do Ministério Público de Contas junto ao TCU.

A MP, que altera a Lei 12.846, para dispor sobre acordos de leniência, foi assinada no último dia 18 de dezembro pela presidente Dilma Rousseff. A proposta será enviada para apreciação do Congresso Nacional, mas já está em vigor e foi publicada no Diário Oficial da União no dia 21 de dezembro.

Segundo o despacho do ministro, o procurador Júlio Marcelo de Oliveira demonstra preocupação com o parágrafo 14 do Artigo 16 da lei, um dos trechos inseridos pela MP, que diz que os acordos de leniência firmados serão enviados ao respectivo Tribunal de Contas depois de assinados, o que poderia se chocar com uma instrução normativa do próprio TCU.

No despacho, o ministro diz que, se “confirmadas as suspeitas”, de que o dispositivo “será utilizado com o intuito de desobrigar a autoridade responsável de prestar as informações requeridas na fiscalização das etapas que antecedem a celebração dos acordos de leniência, limitando a atuação do controle externo ao momento posterior à celebração dessas avenças, restaria caracterizado flagrante descumprimento das disposições da IN 74/2015, merecendo, assim, providências imediatas por parte deste tribunal”.

(Agência Brasil)

Vereador de Itarema é morto com tiro na cabeça na praia de Almofala

O vereador de Itarema, José Marcondes Rodrigues (PRB), 44 anos, foi morto durante uma suposta tentativa de assalto na praia de Almofala, em Itarema, a 237Km de Fortaleza, na noite desta segunda-feira (4).

Segundo o amigo da família, Airton Júnior Alves, o vereador chegava à praia de Almofala com duas amigas, uma delas proprietária de uma barraca de praia. Ao chegar ao estabelecimento comercial foram surpreendidos por um adolescente e um adulto, que teriam abordado Marcondes. Ele teria empreendido fuga, mas levou um tiro na cabeça e morreu no local.

Segundo o tenente-coronel Ricardo Moura, existe a informação de uma tentativa de assalto e dois suspeitos foram identificados. A Polícia Militar segue em diligência para encontrá-los.

Amiga da família, Fernanda Rios, estava na residência da família da vítima e disse que ninguém se pronunciou sobre o velório ou sepultamento de Marcondes e que todos ainda estavam em estado de choque. O vereador estava no primeiro mandato, há três anos. Familiares, amigos e políticos estavam na casa à espera do corpo.

(O POVO Online)

Nesta semana, mais de 5 milhões de candidatos saberão a nota do Enem

Na próxima sexta-feira (8) os 5,7 milhões de candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) saberão quanto tiraram em cada uma das provas. Os resultados estarão disponíveis na internet, na página do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Os estudantes terão acesso a uma tabela com a nota obtida em cada uma das provas: linguagens, matemática, ciências humanas, ciências da natureza e redação. Eles ainda não terão, porém, acesso ao espelho da redação, com a correção mais detalhada do texto, que será divulgado posteriormente.

A nota do Enem poderá ser usada para participar de programas como o Sistema de Selação Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de ensino superior em todo o país. As inscrições poderão ser feitas de 11 a 14 de janeiro. Nesta edição serão ofertadas 228 mil vagas. Para participar, o candidato não pode ter tirado 0 na redação.

A nota poderá ser usada também para obter bolsas de estudo integrais ou parciais em instituições particulares de ensino superior pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Para participar dos programas, o estudante não pode ter zerado a redação e precisa obter pelo menos uma média de 450 pontos nas demais provas do Enem.

(Agência Brasil)

Pagamento do Simples Doméstico tem de ser feito até quinta-feira

O empregador doméstico deve ficar atento para o prazo final do pagamento das guias do Simples Doméstico relativas ao décimo terceiro e à folha de dezembro, que vencem na próxima quinta-feira (7).

São duas guias distintas e devem ser impressas no portal do eSocial, após o fechamento das respectivas folhas de pagamento do décimo terceiro e da folha de dezebro. A Receita Federal destaca que é importante o empregador encerrar primeiro a folha correspondente ao décimo terceiro salário para depois fechar a folha de dezembro.

No eSocial (Simples Doméstico), o empregador recolhe, em documento único, a contribuição previdenciária, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), o seguro contra acidentes de trabalho e a indenização compensatória (multa do FGTS), além do Imposto de Renda dos empregados que recebem acima da faixa de isenção (R$ 1.903,98).

(Agência Brasil)

Dia de Reis terá programação na Praça do Ferreira

A Mostra Estadual Ceará Natal de Luz, promovida pela Secretaria da Cultura do Estado, cotará, nesta quarta-feira, com programação alusiva ao Dia de Reis. A programação ocorrerá das 9 às 18 horas, na Praça do Ferreira (Centro) e fechará o Ciclo Natalino.

Entre as atrações, grupos de pastoril, boi, reisado, lapinha viva, presépio e fandango selecionados nos festejos regionais natalinos e grupos de mestres convidados. Ao todo, 14 grupos. Entre eles o grupo de Dona Mariinha da Ló, do município de Paracuru, mestre da cultura oficialmente reconhecida pelo Governo do Estado.

Na abertura da festa, haverá um cortejo formado pelos grupos, que sairá do Teatro Carlos Câmara (ex-Emcetur) e seguirá até a Praça do Ferreira.

Funcionários dos hospitais da UFC alegam atraso de pagamento e assédio moral

foto rosa psb

A professora Rosa da Fonseca levou um grupo de funcionários do HUWC/MEAC, da UFC, ameaçados de demissão, nesta segunda-feira (4), para a sede do PSB.

No partido, a professora pediu o apoio do deputado estadual Heitor Férrer e do deputado federal Danilo Forte.

Os funcionários afirmaram ainda que estão sem salários desde novembro.

Orçamento de 2016 prevê R$ 1 bilhão para reajuste do Bolsa Família, diz MDS

O orçamento do governo federal para 2016 prevê reajuste no programa Bolsa Família, de acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). O aumento previsto de gastos para o programa é R$ 1 bilhão, informou nesta segunda-feira (4) o ministério. No entanto, ainda não há definição de quanto nem quando será o reajuste.

O reajuste do Bolsa Família entrou em discussão nos noticiários após, no último dia 31 de dezembro, a presidenta Dilma Rousseff vetar um trecho da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2016, que previa o reajuste para os beneficiários do programa.

De acordo com a proposta aprovada pelo Congresso Nacional, a correção do benefício para todas as famílias seria medida de acordo com o índice da inflação, calculado pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo. O MDS informou que o veto da presidenta ao trecho da LDO ocorreu em função da vinculação do reajuste do Bolsa Família à inflação. A LDO contém parâmetros e estimativas que orientam a elaboração do Orçamento deste ano.

Na mensagem com justificativa dos vetos à LDO, encaminhada pela presidente Dilma Rousseff ao Congresso Nacional, ela explica que o Bolsa Família passa por aperfeiçoamentos e mudanças estruturais e, caso esse “reajuste amplo” não fosse vetado, prejudicaria famílias em situação de extrema pobreza que recebem o benefício de forma não-linear, em valores distintos.

De acordo com o ministério, o benefício médio do programa pago as famílias é R$ 164 e cresceu acima da inflação desde 2011. De acordo com o MDS, 13,9 milhões de famílias recebem o Bolsa Família.

(Agência Brasil)

1,4 mil sorteados com casa própria têm até dia 19 para reclamar a moradia

Um alerta para quem foi beneficiado com o Programa Minha Casa, Minha Vida, no sorteio realizado pela Prefeitura de Fortaleza, no dia 4 de dezembro: o prazo para procurar a Habitafor (Secretaria Municipal do Desenvolvimento Habitacional) termina no dia 19 de janeiro de 2016.

Dos 3.304 candidatos sorteados, nada menos 1.412 ainda não compareceram à Habitafor, que iniciou os atendimentos e está orientando sobre o processo e os documentos necessários para comprovar os dados dos sorteados, cônjuges e familiares declarados idosos e portadores de doenças crônicas ou deficiência que foram informados no ato de inscrição.

A partir desse contato, é agendada a entrega do material para iniciar o processo de análise. Caso os sorteados não se apresentem até o próximo dia 19, são chamadas famílias do cadastro de reserva, que contém 992 possíveis beneficiários.

Inicialmente, será realizada uma pesquisa no Cadastro Único, que consiste em cruzar os dados com outros sistemas, como Cadastro de Mutuários, Sistema Integrado de Administração do Crédito Imobiliário, Cadastro de Inadimplentes, órgãos federais, FGTS, RAIS e apuração de renda formal, para confirmar que a família atende a todos os critérios previstos em edital, inclusive a renda máxima de R$ 1,6 mil.

Posteriormente, os dossiês serão remetidos para análise das instituições financeiras (Caixa e Banco do Brasil), que irão validar as informações e, em caso de inconformidade, excluir a família do processo e uma das que estão no cadastro de reserva é convocada.

A Habitafor fica na Avenida Aguanambi, 1770, no Bairro de Fátima.

(Prefeitura de Fortaleza)