Blog do Eliomar

Últimos posts

Ex-governador tucano Eduardo Azeredo é condenado a 20 anos e 10 meses de prisão

“O ex-senador e ex-governador de Minas Gerais, Eduardo Azeredo (PSDB), foi condenado em 1ª instância a 20 anos e 10 meses de prisão. Azeredo foi condenado por supostos crimes cometidos durante campanha eleitoral pela sua reeleição ao governo de Minas, em 1998, em caso que ficou conhecido como o “Mensalão Tucano”. A informação é do portal G1 de MG.

Ao todo, o ex-governador foi condenado pelos crimes de lavagem de dinheiro e peculato – desvio de recursos públicos. A decisão é da juíza da 9ª Vara Criminal de Belo Horizonte, Melissa Pinheiro Costa Lage. Como o caso ainda estava na 1ª instância, Azeredo ainda pode recorrer para Cortes superioras.

Foi apelidado de Mensalão Tucano suposto esquema de peculato e lavagem de dinheiro que teria ocorrido durante campanha de Azeredo. O esquema teria envolvimento de estatais mineiras e do empresário Marcos Valério, também envolvido no escândalo do Mensalão.

Azeredo foi denunciado pelo procurador-geral da República pelo caso. Em fevereiro de 2014, o então deputado renunciou ao seu mandato na Câmara. Críticos apontaram a renúncia como “manobra” com interesse de, ao reiniciar o caso na 1ª instância e sem foro privilegiado, prescrever o processo. Esse entendimento foi rejeitado no Supremo Tribunal Federal (STF).

Ex-prefeito de Nova Russas já posa de pré-candidato

123 3

O ex-prefeito de Nova Russas, Marcos Alberto Martins Torres, teve suas contas de governo no processo nº 7905/12 – exercício 2011, da relatoria do conselheiro Ernesto Sabóia, aprovadas.

O parecer favorável foi endossado pelo Pleno do Tribunal de Contas dos Municípios, nesta quinta-feira (17).

Marcos Torres deve disputar novamente a Prefeitura de Nova Russas, ano que vem. É o que ele já admite para seus correligionários. Para o Blog, ele manda cópias de certidões comprovando não ter impedimentos legais para entrar na peleja.

jutiti

jusr2

jsut3

jus4

STF derruba chapas avulsas, dá autonomia ao Senado e determina votação aberta

“O Supremo Tribunal Federal (STF), na sessão de julgamento sobre a validade das normas que regulamentam o processo de impeachment deflagrado pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), contra a presidenta Dilma Rousseff, definiu hoje (17) que o Senado tem autonomia para decidir sobre o processo, que a votação para eleição da comissão especial do impeachment na Câmara deveria ter sido aberta, se posicionou contra as chapas avulsas para formação da comissão e que a presidenta Dilma Rousseff não tem o direito de apresentar defesa prévia antes da decisão individual do presidente da Câmara.

O acolhimento do processo de impeachment na votação do Senado será por maioria simples. Com a decisão do Supremo, o processo de impeachment voltará a tramitar imediatamente na Câmara.

Veja abaixo a tabela com o quórum de votação:

Tabela da votação no STF sobre rito do processo de impeachment

Defesa Prévia (11 votos a 0)

Por unanimidade, a Corte decidiu que a presidenta Dilma Rousseff não tem direito à defesa prévia antes da decisão do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). No entanto, o Supremo garantiu que Dilma deverá ter o direito de apresentar defesa após o fim de cada etapa do processo, sob pena de nulidade do ato que não contou com a manifestação da presidenta.
Chapa Alternativa (7 votos a 4)

Os ministros Luís Roberto Barroso, Teori Zavascki, Rosa Weber, Carmen Lúcia, Marco Aurélio, Ricardo Lewandowski e Luiz Fux decidiram invalidar a eleição da chapa alternativa, feita por voto secreto, no dia 8 de dezembro. Para os ministros, mesmo se tratando eleição sobre assunto interno da Câmara, o procedimento deve ser aberto, como ocorre nas votações de projetos de lei, por exemplo.
Voto secreto (6 votos a 5)

Seguindo voto do ministro Luís Roberto Barroso, a maioria entendeu que a comissão deve ser formada por representantes indicados pelos líderes dos partidos, escolhidos por meio de chapa única. “Se a representação é do partido, os nomes do partido não podem ser escolhidos heteronimamente de fora para dentro. Quer dizer, os adversários e concorrentes é que vão escolher o representante do partido. Não há nenhuma lógica nisso”, argumentou Barroso.
Autonomia do Senado (8 votos a 3)

O STF decidiu que o Senado não é obrigado a dar prosseguimento ao processo de impeachmentde Dilma. Dessa forma, se o plenário da Câmara aprovar, por dois terços dos parlamentares (342 votos), a admissão da denúncia do juristas Hélio Bicudo e Miguel Reali Júnior e da advogada Janaína Paschoal por crime de responsablidade, o Senado poderá arquivar o processo se assim entender. Neste caso, Dilma só poderia ser afastada do cargo, por 180 dias, como prevê a lei, após decisão dos senadores. Nesse ponto, votaram Barroso, Zavascki, Rosa Weber, Luiz Fux, Carmen Lúcia, Marco Aurélio, Celso de Mello e Lewandowski.
Votação no Senado (7 votos a 3)

Também ficou decidido que é necessária a votação por maioria simples do Senado para decidir pela continuidade do impeachment na Casa e determinar o afastamento preventivo da presidenta. A votação pela eventual saída definitiva da presidenta do cargo precisa de dois terços dos parlamentares. O ministro Ricardo Lewandowski não votou nesse quesito.

(Agência Brasil)

Ex-secretário da educação lança livro sobre golfe depois dos 70

antenror

O ex-secretário estadual da Educação, Antenor Naspolini, lançará, às 12 horas deste sábado livro neste sábado, no Clube de Golfe do Aquiraz Riveira, o livro “A grande tacada depois dos 70”. Na obra, o autor narra a sua descoberta pela modalidade e como se apaixonou pelo esporte já na idade sênior.

Naspolini descreve os benefícios e aprendizados que o golfe tem trazido à sua vida e incentiva que outras pessoas adiram à prática esportiva, independente da idade. “Nunca é tarde para começar”, diz ele.

Com o surgimento do Aquiraz Riviera, o primeiro campo de golfe do Ceará, Antenor Naspolini passou a se dedicar à prática frequente do esporte e hoje é um campeão com vitórias locais, regionais e nacionais. Entre as suas vitórias, destacam-se o bicampeonato do Torneio da Associação Brasileira de Golfe Sênior, do qual sagrou-se vencedor em 2014 e 2015.

naspolini

Natural de Criciuma, Santa Catarina, Antenor Naspolini é um dos maiores nomes da educação no Brasil. Foi escolhido pela Organanização das Nações Unidas (ONU) para a fazer a implantação da UNICEF no Ceará. A missão foi desenvolvida com sucesso, alcançando a meta de de reduzir a mortalidade infantil e o analfabetismo.

Antenor Naspolini foi secretário da Educação do Ceará e realizou a reforma de educação básica cearense, universalizando o acesso de crianças de 7 a 14 anos à escola, institucionalizando instrumentos de gestão democrática da escola pública e de valorização do magistério.

No Ceará, foi Coordenador da UNICEF, Secretário da Educação Básica e deputado federal pelo PSDB. Recebeu o título de “Cidadão Cearense” outorgado pela Assembleia Legislativa do Ceará. Atuou internacionalmente como Consultor da UNICEF em Angola, África.

Padarias do Ceará já vendemo Pão Amigo que tem parte da renda para a AACD

Cerca de 60 padarias do Ceará já vendem o Pão Amigo – lançado recentemente pela Emulzint, tradicional indústria holandesa fornecedora de ingredientes para padarias, confeitarias e supermercados de todo o Brasil. A expectativa é que, até o final deste ano, 110 padarias tenham aderido ao projeto. Parte das vendas do produto é revertida para a AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente).

“Temos certeza de que as padarias de que o Pão Amigo trará muitos benefícios para as padarias do Ceará. O projeto permite que o panificador regional ofereça ao mercado local um produto de qualidade, o que ajuda a incrementar as vendas, além é claro da ajuda a uma causa nobre, que é a de ajudar crianças com deficiência física”, afirma Isabela Cardoso, Gerente de Marketing da Emulzint. 

Lançado em agosto, o Pão Amigo já está presente em todos os estados do Brasil. Trata-se de um pão de leite macio e fonte de cálcio, mineral essencial para a formação dos ossos e dentes na infância. O produto também tem baixo teor de gorduras totais e é zero gorduras trans. 

SindSaúde empossa nova diretoria nesta sexta-feira

brandcdo

Tomará posse nesta sexta-feira, às 20 horas, durante confraternização no Clube Gresse, a nova diretoria do Sindsaúde, eleita nos dias 20, 21 e 22 de outubro para o quadriênio 2015-2019. Marta Brandão será reconduzida à presidência do sindicato, que conta com 231 membros que representam Capital e Interior do estado, tendo como filiados servidores públicos do Estado e dos municípios, trabalhadores de hospitais particulares e da filantropia, além dos agentes de saúde.

A nova diretoria aposta na renovação, com os 121 novos membros, aliada à experiência de quem já está na luta sindical diária, para atuar cada vez mais em defesa dos direitos dos trabalhadores e por uma saúde digna para a população, destaca Marta Brandão.

(Foto – Divulgação)

Camilo Santana vai comandar nesta sexta e sábado a última reunião do ano do secretariado

CAMILO-SANTANA-1

Nesta sexta e sábado, o governador Camilo Santana (PT) comandará a última reunião de Monitoramento de Ações e Programas Prioritários (MAPP) deste ano. Os encontros acontecerão a partir das 9 horas, no Pavilhão de Eventos da Residência Oficial, e vão contar com a presença de todo o secretariado e diretores de órgãos vinculados ao Governo do Estado.

Hora deavaliar o andamento das obras e a resolução de possíveis entraves burocráticos para a execução das ações, informa a assessoria de imprensa do Abolição.

O governador dará entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira, antes de começar o primeiro dia de reunião.

Brasil terá queda de 3,5% no PIB neste ano, diz Cepal

“A Comissão Econômica para América Latina e Caribe (Cepal) divulgou hoje (17) um balanço que estima queda de 3,5% no Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro neste ano e de 2% em 2016. PIB é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país. O Balanço Preliminar das Economias da América Latina e do Caribe foi anunciado em Santiago do Chile, pela secretária executiva da Cepal, Alicia Bárcena.

As projeções demonstram que a economia dos países da América Latina e do Caribe terão recuo de cerca de 0,4% em 2015, puxado pelas retrações do Brasil e da Venezuela.De acordo com a Cepal, a Venezuela terá queda de 7,1% do PIB este ano e a de 7% em 2016. A região, como um todo, deverá crescer somente 0,2% no próximo ano.

Segundo o estudo, a América Latina e o Caribe deverão enfrentar desafios em função do lento crescimento da economia mundial, que deve chegar a 2,9% no ano que vem. Em 2015, a taxa foi de 2,4%, levemente inferior à de 2014, que foi de 2,6%.

“É necessário retomar o crescimento e reverter o ciclo contracionista do investimento em um contexto de lenta recuperação mundial e queda no comércio”, afirmou Alicia Bárcena.

Além disso, as incertezas sobre o crescimento da China devem influenciar a região também. O país asiático, um dos principais sócios comerciais da América Latina, tem apresentado uma significativa desaceleração – estima-se que chegue a uma taxa próxima de 6,4%.

“A desaceleração da China atua nos preços dos nossos produtos exportados, e o grande exemplo é o ferro. Mas temos que ver o que é positivo e o que é negativo. Podem “sobrar” recursos para eles investirem em lugares com maior propensão a crescimento, dado que eles estão diminuindo o ritmo de crescimento. Isso pode estimular um fluxo de investimentos estrangeiros chinês um pouco mais interessante para a região”, afirmou hoje, em Brasília, Carlos Mussi, diretor do Escritório da Cepal no Brasil.

Outro fator relevante para as economias da região é o preço das matérias-primas, que ficou em baixa neste ano e para as quais não se esperam mudanças significativas em 2016. Entre janeiro de 2011 e outubro de 2015, a queda dos preços dos metais e da energia (petróleo, gás e carvão) foi próxima de 50%, enquanto os preços dos alimentos diminuíram 30% no mesmo período.

Durante o ano de 2015, o preço dos produtos energéticos é o que mostra a maior queda, 24% até outubro, enquanto o preço dos metais diminuiu 21% e o dos produtos agrícolas, 10%.

O estudo demonstrou também aumento da taxa de desemprego, que chega a 6,6% e corresponde a 14,7 milhões de pessoas. O emprego assalariado cresceu 0,4%, percentagem muito inferior à de 0,8% registrada em 2014.”

(Agência Brasil)

TRE e Unicef firmam parceria para tocar projeto “Eleitor do Futuro”

trrree

“O Tribunal Regional Eleitoral, através da Escola Judiciaria Eleitoral (EJE), firmou protocolo de intenções com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), nesta quarta-feira, 16/12, visando o desenvolvimento do Programa Eleitor do Futuro, que, desde 2003, promove a educação política, estimulando os adolescentes, alunos das escolas da rede de ensino fundamental e médio do Estado do Ceará, na faixa etária de 12 a 17 anos de idade, ao exercício da cidadania e do voto consciente. O TRE do Ceará foi o primeiro tribunal no país a firmar convênio nesse sentido com o UNICEF.

O presidente do TRE-CE, Antônio Abelardo Benevides Moraes, assinou o protocolo de intenções, em seu gabinete, na presença do coordenador regional do UNICEF, nos Estados do Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte, Rui Rodrigues Aguiar, e da diretora da EJE, juíza Joriza Magalhães Pinheiro, que também assinaram o protocolo como testemunhas, além do coordenador da EJE, José Humberto Mota Cavalcanti. O documento será encaminhado à sede do UNICEF, em Brasília, para ser chancelado pelo representante do órgão das Nações Unidas no Brasil, Gary Lee Stahl, que deverá vir a Fortaleza no próximo mês de janeiro para o anúncio oficial da parceria.

O coordenador do UNICEF, Rui Aguiar, destacou que “o protocolo de intenções assinado é de fundamental importância e mostra que o TRE e o UNICEF estão juntos nesse programa, que há mais de dez anos vem sendo desenvolvido pela Justiça Eleitoral, que, além de organizar as eleições, se preocupa em promover entre os jovens a cidadania e discutir o seu papel na sociedade”.

Para a coordenadora da EJE, juíza Joriza Magalhães Pinheiro, “aproveitaremos todas as ideias que deram certo durante esses anos de existência do Programa Eleitor do Futuro, mas queremos inovar e, em parceria com o UNICEF, vamos aperfeiçoar o programa”.

O presidente do TRE-CE, desembargador Abelardo Benevides Moraes, ressaltou que “essas parcerias são fundamentais e aproximam a Justiça Eleitoral da sociedade”. E concluiu: “Já temos uma parceria com a Secretaria de Educação do Estado e vamos ampliar o alcance para nos aproximarmos ainda mais dos jovens eleitores, que poderão participar de atividades de educação política e do voto consciente, com o apoio do UNICEF”.

Objetivos

De acordo com o convênio a ser oficializado, entre as obrigações do UNICEF estão o apoio técnico ao TRE-CE nas áreas de educação política, nos trabalhos de consultoria, além de articular com o tribunal os projetos apoiados pelo UNICEF, relacionados à participação e à mobilização de adolescentes para o cadastramento eleitoral.”

(Site do TRE/CE)

Artistas e intelectuais entregam a Renan a carta contra o impeachment

leonardo-boff-niemeyer-veja

“O presidente do Senado e do Congresso Nacional, Renan Calheiros (PMDB-AL), recebeu hoje (16) um manifesto contra o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, entregue por um grupo de intelectuais e artistas. O documento, intitulado de Carta ao Brasil, é assinado por mais de 2 mil pessoas e pede a “manutenção do Estado Democrático de Direito” e da democracia no país.

Os artistas e intelectuais que assinam o texto alegam que “a chamada Operação Lava Jato, a partir da apuração de malfeitos na Petrobras, desencadeou um processo político que coloca em risco conquistas da nossa soberania e a própria democracia”. O documento diz ainda que, por trás da crise política vivida no país, estão “interesses geopolíticos dominantes” que “buscam o controle do petróleo no mundo” e o esvaziamento da Petrobras.

Após a entrega do documento ao presidente do Congresso, o teólogo Leonardo Boff disse que trata-se de um documento da sociedade civil que se manifesta contra o impeachment e a forma como o processo está sendo conduzido pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

“Houve uma reação no país inteiro, recolhemos mais ou menos três mil assinaturas. E mais que tudo, queremos defender o projeto de uma democracia includente, as políticas que beneficiaram milhões de brasileiros que deixaram a miséria e a fome, se tornaram mais cidadãos. E que essa dinâmica social que foi levada nos últimos anos, não possa ser interrompida. Porque o principal é que o estado funcione no sentido do bem comum e não mais a serviço dos privilegiados que organizaram as instituições para delas se beneficiarem”, completou Boff.

O cineasta Luiz Carlos Barreto também foi ao Congresso levar a Carta ao Brasil e ressaltou que o movimento de apoio a Dilma não é partidário. “Nós estamos fazendo uma luta isenta e não partidária. O nosso partido é Brasil, é a democracia, é o Estado Democrático de Direito, com todas as vantagens que ele confere ao cidadão. E nós queremos que essa Constituição seja respeitada. Porque quem é eleito para essas Casas, tanto do Senado, quanto da Câmara, tem a obrigação precípua e primeira de defender a democracia. Ninguém é eleito para vir aqui defender seus interesses pessoais e seus negócios pessoais”, afirmou.”

(Agência Brasil)

Maracanaú ganha loja do Assaí Atacadista

O Assaí Atacadista inaugurou, nesta quinta-feira, na cidade de Maracanaú (Região Metropolitana de Fortaleza), a sua sétima loja no Ceará.

A loja foi resultado de um investimentos de R$ 30 milhões e está localizada na Avenida Dr. Mendel Steinbruch, S/N, com a Avenida de Contorno, contando com 11,6 mil m² de área construída, dos quais 5 mil m² são de área de vendas, 22 checkouts e 286 vagas de estacionamento.

Vai funcionar de segunda-feira a sábado, das 7 às 22 horas e, aos domingos e feriados, das 7 às 17 horas. Maracanaú foi escolhida por ter um polo industrial e apresentar perspectivas futuras de crescimento econômico.

Renan Calheiros diz que aguarda decisão sobre impeachment para definir recesso

renan calheiros

“O presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), afirmou hoje (17) que, conforme prevê a Constituição, o recesso parlamentar deve começar no próximo dia 22 e só retomar as atividades legislativas no início de fevereiro do ano que vem. Mesmo com essa expectativa, Renan disse que continua aguardando uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o rito de tramitação do processo de impeachment.

“Continuamos aguardando a decisão do Supremo Tribunal Federal, mas a expectativa maior é que nós possamos fazer o recesso, se o Supremo não mandar que o processo de impeachment tenha continuidade, mas é preciso aguardar, a prudência recomenda isso”, disse o senador. O STF retomou, nesta tarde, a sessão de julgamento de ação do PCdoB, que questionou a forma como a Câmara dos Deputados vem tratando o pedido de impeachment da presidenta Dilma Rousseff.

De acordo com Renan, se o STF decidir que o Congresso tem de continuar trabalhando no período do recesso parlamentar para continuar apreciando o processo de impeachment, é preciso combinar um calendário para a volta dos trabalhos. “Temos que sentar, todos, e combinar um calendário, mas é melhor que se faça isso em função de uma conversa, de uma negociação para que saiamos daqui neste final de semana, com uma data certa para voltarmos e dar continuidade ao processo.”

Quanto ao término dos trabalhos legislativos, o senador demonstrou otimismo com os resultados deste ano e mostrou-se esperançoso com o ano que vem. “Estamos terminando o ano legislativo. o Congresso foi propositivo, avançamos na Agenda Brasil [conjunto de propostas apresentadas pelo senador com o objetivo de ajudar o país a superar a crise econômica] e espero que 2016 seja o ano da virada do Brasil para acabar com esse clima de pessimismo que existe hoje. Precisamos muito disso”, afirmou.”

(Agência Brasil)

STF diz que não cabe defesa prévia de Dilma antes da decisão de Eduardo Cunha

“Os oito ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) que já votaram na sessão que define o rito do impeachment decidiram que não cabe defesa prévia da presidenta Dilma Rousseff antes da decisão individual do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que aceitou o pedido de impedimento apresentado pelos juristas Hélio Bicudo, Miguel Reale Júnior e Janaína Paschoal.

A votação prossegue no plenário da Corte para decidir sobre a validade de votação secreta, realizada no dia 8 deste mês. na qual foi eleita para a comissão especial do impeachment a chapa avulsa formada por oposicionistas. Neste ponto, o placar está em 5 votos a 3 pela anulação da votação.

Por meio de uma ação do PCdoB, a Corte julga a validade da Lei 1.079/50, que regulamentou as normas de processo e julgamento do impeachment e alguns artigos do Regimento Interno da Câmara dos Deputados. As normas foram usadas por Eduardo Cunha para dar andamento às etapas inciais do processo, que foi suspenso pelo ministro Edson Fachin.”

(Agência Brasil)

Bilhete Único – Danniel Oliveira apresenta emenda para que benefício se estenda ao Cariri

foto danniel oliveira

Durante a sessão plenária desta quinta-feira, uma emenda do deputado estadual Danniel Oliveira (PMDB) estendendo o Bilhete Único para a Região Metropolitana do Cariri foi aprovada. Segundo o parlamentar, com a proposição, moradores dessaárea poderão pegar quantos ônibus quiser, no período de duas horas, em qualquer sentido, pagando apenas uma passagem – ou meia passagem, no caso dos estudantes.

“Tendo em vista a importância da região do Cariri para a economia e para o desenvolvimento do nosso estado, buscamos levar esse benefício para aquela região”, afirmou o deputado.

A Região Metropolitana do Cariri é composta pelos municípios de Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha, Caririaçu, Farias Brito, Jardim, Missão Velha, Nova Olinda e Santana do Cariri.

Teori Zavascki vota contra chapa avulsa para impeachment

“O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), votou hoje (17) contra a eleição de chapa avulsa oposicionista ao governo para formação de comissão especial da Câmara dos Deputados que conduzirá o processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. A votação foi realizada no dia 8 de dezembro.

Apesar de se posicionar contra a eleição da chapa avulsa, Zavascki decidiu validar a votação secreta conduzida pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que elegeu a comissão.

Para o ministro, apesar de a Constituição definir que os atos da Câmara devem ser abertos, a votação se refere a questão interna da Casa e não há impedimento legal para que a eleição seja feita por meio de voto secreto dos deputados.

O ministro também votou a favor da prerrogativa do Senado para arquivar o processo de impeachment da presidenta mesmo se o plenário da Câmara dos Deputados admitir a denúncia por crime de responsabilidade.

Até o momento, proferiram voto sobre a validade das regras do impeachment o ministro Edson Fachin, relator da ação proposta pelo PCdoB para anular as etapas iniciais do processo, e o ministro Luis Roberto Barroso, que divergiu do relator. A ministra Rosa Weber está votando.

Por meio de uma ação do PCdoB, a Corte julga a validade da Lei 1.079/50, que regulamentou as normas de processo e julgamento do impeachment, e alguns artigos do Regimento Interno da Câmara dos Deputados. As normas foram utilizadas por Eduardo Cunha para dar andamento às etapas inciais do processo, que foi suspenso pelo ministro Edson Fachin.”

(Agência Brasil)

Humorista Jáder Soares lança livro sobre Paula Nei

jaderrr

O humorista Jader Soares lançará neste sábado, às 19h30min, no Museu do Humor Cearense, um livro intitulado “Paula Nei – O primeiro humorista brasileiro”. O biografado é cearense de Aracati, onde nasceu no dia 2 de fevereiro de 1858. Morreu no dia 13 de outubro de 1897, no Rio de Janeiro. Paula Nei viveu pouco tempo, mas o bastante para pilheriar e fazer da vida um grande saco de risadas.

O lançamento ocorre dentro da programação da I Festa Literária do Humor Cearense, que está acontece até domingo no Museu do Humor Cearense. O livro foi escrito em 2008, mas só agora está chegando ao mercado. A apresentação da obra foi feita pelo humorista Chico Anysio.

Aos 18 anos, ele já estava, com o consentimento do pai, morando na Capital do Império, Rio de Janeiro. O ano: 1876. Lá, tornou-se jornalista, poeta, boêmio e o rei da pilhéria. A Rua do Ouvidor, centro da efervescência política e cultural do Rio, era o “Escritório” do Nei. Amigo de intelectuais e escritores como Coelho Neto, Aluísio Azevedo, José do Patrocínio, Emílio de Menezes e Olavo Bilac.

Apesar de ser jornalista, Nei detestava escrever. Dizia “Sou um literato agráfico, um folhetista oral.

Senador Paulo Paim deve trocar PT por Rede

paulo paim

A Rede de Marina Silva deve ter um 2016 de grande expansão no Senado. De saída do PT, o gaúcho Paulo Paim deve permanecer sem partido até março, quando participará do encontro nacional da Rede e sacramentar sua entrada no partido de Marina Silva.

Outros que deverão seguir o mesmo roteiro em direção a Rede são os senadores Walter Pinheiro, também de saída do PT, e Reguffe, que se despede do PDT.”

(Coluna Radar, da Veja Online)

Bilhete Único Metropolitano garante meia estudantil e gratuidade para idosos e deficientes

137 1

O projeto de lei do Governo do Ceará que institui o Bilhete Único Metropolitano garante a meia passagem estudantil e a gratuidade para idosos e pessoas com deficiência. É o que explica o líder do Governo na Assembleia, deputado Evandro Leitão (PDT).

De acordo com o parlamentar, o texto aprovado nas comissões técnicas na noite de quarta-feira (16) não altera os dispositivos legais que tratam sobre esses benefícios. “Esses direitos estão plenamente garantidos. Estamos, agora, ampliando conquistas”, diz o líder.

O benefício da meia passagem estudantil foi instituído pela lei n° 13.706, de 01 de dezembro de 2005, para os estudantes regularmente matriculados nos estabelecimentos de ensino público e privado. A lei 12.568/1996 garante acesso gratuito aos deficientes. “Havia um questionamento judicial sobre essa legislação, mas o impasse já foi superado. O Governo vai regulamentar a lei por decreto”. Já gratuidade para idosos é garantida em âmbito nacional, por legislação federal.

“É uma questão de técnica legislativa, e também de lógica. Não há necessidade de novos dispositivos legais para tratar sobre o que já está garantido em lei há anos”, argumenta.

Para o líder do Governo, esse tipo de iniciativa acaba desinformando a população. Ele pede cautela. “Isso leva a entender que estamos subtraindo quando, na verdade, estamos somando benefícios”,  pondera.

Vice-líder diz que agendou audiência, mas Fuaspec não aceitou

4A434CD852FD-1

O vice-líder do Governo na Assembleia, deputado Júlio César Filho, afirma que marcou audiência entre representantes do Executivo Estadual com a Associação dos Servidores da Secretaria de Educação (Asseec) e o Fórum Unificado das Associações e Sindicatos dos Servidores Públicos Estaduais (Fuaspec), mas as duas entidades recusaram participar do encontro, agendado para a última terça-feira (15).

Segundo o parlamentar, ao receber os representantes dos servidores na Assembleia, prontamente fez contato com o chefe de Gabinete do governador, Élcio Batista, e definiu a data da audiência. “Contudo, infelizmente, as sindicalistas Rita de Cássia Gomes e Eliene Uchoa só aceitaram encontro pessoalmente com o governador Camilo Santana”, relata.

O vice-líder propõe realizar uma reunião inicial com técnicos da equipe econômica do Governo para calcular os impactos financeiros das demandas dos servidores. “De posse desses dados, podemos levar uma proposta concreta para o governador”, sugere.

Sempre recebi as duas sindicalistas, bem como demais representantes servidores, com respeito e atenção. Lamento a deselegância com que se referiram a mim. Apesar disso, cumprindo meu papel de parlamentar e vice-líder do Governo, sigo à disposição de todas as categorias para ajudar como for possível, esperando sempre boa vontade recíproca. Para se conseguir êxito em negociações se faz necessário ambos os lados cederem”, aconselha.