Blog do Eliomar

Últimos posts

Universitário é vítima de racismo e acusado de roubo em hamburgueria de Fortaleza

361 2
vitimma
Um universitário cearense foi vítima de racismo em um estabelecimento no bairro Aldeota, em Fortaleza. Estudante de Engenharia Civil, David Castro estava em uma hamburgueria na avenida Dom Luís, com um amigo, quando foi acusado de roubo, na última terça-feira, 5. O caso foi contado pelo próprio David por meio das redes sociais. “Passar por isso. Foi a pior experiência da vida”.
Publicada na última quinta-feira, 7, a postagem teve mais de 700 compartilhamentos, 700 comentários e 9 mil reações no Facebook. Ao O POVO Online, o jovem afirma não saber “lidar com a exposição” que o caso trouxe, mas acredita que é necessário “contar tudo para todos”.
David narra que estava sentado próximo a uma senhora quando ela falou, em voz alta, que seu celular, que estaria em cima da mesa, havia sumido. Ela chamou um dos sócios da empresa e disse, segundo David, que um “negrinho, ladrão e safado” havia roubado seu aparelho celular. “Eu não havia percebido que a senhora estava falando de mim até ela vir na minha frente e dizer ‘devolve meu iphone seu nego bandido, é negro, só pode ser ladrão'”.
O jovem respondeu que não havia pego o celular, quando ela pediu para chamar o segurança e disse que não o deixasse sair até que devolvesse o telefone. “Sem acreditar no que estava ouvindo, falei: minha senhora, eu não peguei seu telefone, se a senhora quiser me revistar fique à vontade”, narra. “Ela disse: eu não discuto com bandido. Você (se dirigindo ao sócio) revista ele porque ele está com meu celular”. O sócio do estabelecimento já conhecia o jovem e o defendeu, afirmando que não era necessário a revista.
David conta que, apesar de outras pessoas também estarem na hamburgueria, ele era o único negro próximo a ela. A mulher encontrou o aparelho celular dentro da própria bolsa, após o empresário pedir para que ela procurasse novamente.
“Lembrei de todas as vezes em que abri minha boca pra dizer que o racismo não existia e sei agora o quanto eu estava enganado. Somos vítimas de uma sociedade cruel e ignorante”, diz. “Eu fui criado cercado de pessoas incríveis e de amigos, colegas, conhecidos cheios de luz, eu nunca havia sofrido racismo explicitamente e fico imaginando que se em um local de ‘burguesia’ isso acontece, imaginem nas periferias do nosso país”.
Injúria, difamação e racismo
Após encontrar o celular, a mulher pediu desculpas ao jovem e disse que havia se enganado. “Na hora, liguei pra polícia que rapidamente chegou, expliquei tudo e eles a conduziram à delegacia”, conta. Além do próprio advogado, David levou  ao departamento policial dois clientes e o sócio do estabelecimento como testemunhas. “Abri um processo por injúria, difamação e racismo”.
“Eu voltei pra casa chorando e completamente arrasado em saber que em pleno século 21 tem gente tão pequena, capaz de acusar alguém de ladrão por sua cor de pele e por perceber que o racismo está em todos os níveis da sociedade”, continua. “Nunca passei por isso na vida. O único motivo pra ter sido acusado foi a minha cor que tenho muito orgulho de ter”.
David Castro estimula que outras vítimas de racismo não se calem. “Denuncie. Racismo é crime e essas pessoas precisam ser punidas. Eu não quero nada dessa mulher além de respeito”, escreveu.
O que diz a Lei
O Código Penal prevê, no art. 138, como calúnia acusar alguém publicamente de crime. A pena é detenção, de seis meses a dois anos, e multa. O art. 139 classifica como difamação, imputar fato ofensivo à reputação. A pena vai de três meses a um ano de detenção e multa. Já segundo o art. 140, ofender a digindade ou decoro é injúria e pode levar à detenção de um a seis meses, além de multa.
O crime de racismo está previsto na Lei n. 7.716/1989 e, segundo o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), atinge uma coletividade indeterminada de indivíduos, discriminando a integralidade de uma raça. O crime é inafiançável e imprescritível, diferentemente da injúria racial.”
(O POVO Online)

Hemoce coletará sangue na Tenda IBC

ibbc

Tenda da Igreja Batista Central, no Ancuri.

A Caravana da Solidariedade do Hemoce estará, neste domingo, no Campus Tenda IBC, na região da Comunidade Santa Fé, no bairro Ancuri. A ação de coleta de sangue faz parte dos desafios lançados para as equipes de adolescentes que participarão do acampamento de férias promovido pela Igreja Batista Central de Fortaleza (IBC).

Em paralelo a isso, os acampantes também estarão desenvolvendo ações de conscientização ambiental e arrecadarão materiais recicláveis e roupas para um bazar social.

A coleta de sangue acontecerá das 15 as 19 horas e de pessoas com mais de 16 anos e pesando mais de 50 quilos.

SERVIÇO

*Para mais informações – 3444-3600 ou o site www.ibc.org.br

Marcos Cals é o novo superintendente do Incra no Ceará

marcoscalss

O ex-presidente regional do PSDB e ex-deputado estadual Marcos Cals, hoje filiado ao Solidariedade, foi nomeado para o cargo de superintendente regional do Incra. A nomeação saiu no Diário Oficial desta sexta-feira.

Marcos Cals, filho do falecido ex-governador César Cals, também foi candidato a prefeito de Fortaleza e ao Governo do Estado, bem como presidente do Poder Legislativo por duas vezes. Também foi secretário de Justiça e Cidadania do Governo Cid Gomes. Atualmente, estava atuando no ramo empresarial.

O ex-parlamentar teve o aval do SD cearense e deve assumir o cargo na próxima semana.

noemaoao

Cantor Almir Sater fará apresentação em Fortaleza

saterrr

O cantor e compositor Almir Sater fará apresentação única no dia 9 de outubro próximo, no Teatro RioMar. O artista acertou essa agenda nesta sexta-feira com a Opus Promoções. Acertou também shows em Porto Alegre, Novo Hamburgo, Recife e Natal.

Almir Sater é também instrumentista, violeiro e ator com participações em novelas como Pantanal, O Rei do Gado e Bicho do Mato.

Entre os sucessos de sua carreira, canções como “Tocando em frente”, “Chalana”, e “um Violeiro Toca”, que falam das belezas e da vida no interior.

Ministro da Defesa descarta entrada de terroristas no Brasil

jung

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, afirmou hoje (8) que nenhum suspeito de terrorismo conseguirá entrar no Brasil por portos e aeroportos sem ser monitorado. O país tem trabalhado com agências de inteligência estrangeiras e, segundo o ministro, terá o primeiro centro internacional de inteligência criado especialmente para os Jogos Olímpicos 2016.

“Não há possibilidade de algum suspeito terrorista utilizar portos e aeroportos para chegar ao Brasil sem que seja do nosso conhecimento. Evidentemente existem outras vias, mas elas também estão sendo monitoradas”.

O ministro acompanhou a organização operacional da Brigada Paraquedista para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, no 26° Batalhão de Infantaria Paraquedista. A revista à tropa ocorreu na Vila Militar, zona oeste do Rio de Janeiro.

Jungmann também afirmou que o país será incansável em buscar e punir responsáveis por ações terroristas, caso elas ocorram.

“O Brasil é um país pacífico, mas não é um país desarmado. Sabe se defender e sabe contra-atacar. Se porventura algo vier a acontecer que não seja do nosso conhecimento, seremos incansáveis e implacáveis até encontrar e punir”.

Ao todo, 2,4 mil militares e mais de 300 viaturas foram apresentadas ao ministro. Os paraquedistas atuarão como força de contingência nos Jogos, auxiliando as forças de segurança em caso de esgotamento de suas capacidades.

O Rio de Janeiro terá mais de 21 mil militares das Forças Armadas dedicados à segurança dos Jogos Olímpicos. O contingente deve diminuir para durante a Paralimpíada, com previsão de menor demanda por segurança pela participação de menos competidores e espectadores.

Inicialmente, estavam previstos 18 mil militares no Rio de Janeiro, mas um pedido do governador em exercício, Francisco Dornelles, ampliou o número e a área de atuação. Os militares devem patrulhar vias expressas, o Aeroporto do Galeão, sete estações ferroviárias e partes da orla.

Jungmann afirmou que os homens estão preparados para atuar no policiamento ostensivo, porque são os mesmos que atendem a pedidos dos governos estaduais nos últimos anos.

A ação terá início no dia 24, quando será aberta a Vila dos Atletas. No dia 15, todo o contingente já deve estar na cidade para participar do último ensaio geral de segurança, que se estende até o dia 22.

Para amanhã, estão previstos treinamentos militares em diversos pontos da cidade. O Exército fará um reconhecimento na inauguração da Transolímpica. A Marinha fará manobras na Praça Mauá, em Copacabana e no Aterro do Flamengo, e a Aeronáutica, nos arredores do aeroporto internacional.

(Agência Brasil)

Confira os magistrados que atuarão no TJ-CE neste fim de semana

Magistrados da Capital e de comarcas do Interior atenderão, em regime de plantão, neste fim de semana. No Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), os plantonistas serão os desembargadores Francisco Barbosa Filho e Francisca Adelineide Viana. Os magistrados atenderão, respectivamente, no sábado (09/07) e domingo (10/07), das 12h às 18h.

FÓRUM
No Fórum Clóvis Beviláqua, o plantão ficará a cargo da 1ª e 2ª Varas da Infância e da Juventude e 20º e 22º Unidades do Juizado Especial Cível e Criminal (JECC) da Capital. Os juízes estarão disponíveis das 12h às 18h. Os pedidos urgentes de natureza cível no âmbito de competência da Infância e da Juventude, destinados apenas para apreciação de casos urgentes, serão analisados pelos citados plantonistas.

INTERIOR
No Interior, o atendimento acontecerá das 8h às 14h nas comarcas de Juazeiro do Norte, Crato, Iguatu, Milagres, Pereiro, Boa Viagem, Baturité, Ibicuitinga, Aracati, Maracanaú, Pacajús, Caucaia, Itapipoca, Sobral, Granja, Tianguá, Guaraciaba do Norte, Ipaporanga, Parambu e Santa Quitéria.

(Site do TJ-CE)

Lula não vem mais ao Ceará e pré-candidatura de Luizianne Lins sofre adiamento

408 10

(FILES) This file photo taken on August 29, 2015 shows Brazilian former president (2003-2011) Luiz Inacio Lula Da Silva participating in the 12th Congress of the Brazilian Workers Union (CUT) in Belo Horizonte, Brazil, on August 28, 2015. Brazil police search home on March 4, 2016 of ex-president Lula da Silva in corruption probe. / AFP / DOUGLAS MAGNO

Está cancelada a visita que o ex-presidente Lula faria ao Ceará na próxima terça-feira. A informação é o deputado federal José Nobre Guimarães.

Segundo o parlamentar, o cancelamento se deve à agenda movimentada na próxima semana da Câmara, que exigirá sua presença e articulações de Lula e do PT nacional em torno da eleição do novo presidente da Casa.

Guimarães é o líder da minoria e Lula considerou importante que ele esteja em Brasília para acompanhar esse processo sucessório. Na segunda-feira, pela manhã, haverá reunião da bancada federal petista e articulações com o objetivo de se eleger “um nome que possa fazer a Câmara recuperar sua imagem e seu calendário de trabalho”, disse o petista.

O cancelamento da viagem deixou em clima de molho o pré-lançamento da candidatura da deputada federal Luizianne Lins à Prefeitura de Fortaleza. Ela divulgava a presença de Lula para evento que ocorreria no Hotel Praia Centro na noite de terça-feira.

Waldemir Catanho, da coordenação da futura campanha, informa que o pré-lançaento sofre assim adiamento, mas deverá ocorrer em data a ser acertada e com a presença de Lula.

Também estava na programação de Lula no Estado uma ida dele ao Cariri para lançar, em Barbalha, pré-candidatos petistas às Prefeituras de Barbalha, Crato e Juazeiro do Norte. No Crato, o ex-presidente Lula receberia título de Doutor Honoris Causa da Universidade Regional do Cariri (Urca) Tudo deverá ser remarcado.

Jornada de trabalho de 80 horas semanais é defendida pela CNI

Após mais de duas horas de reunião com o presidente interino Michel Temer e com cerca de 100 empresários do Comitê de Líderes da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, disse hoje (8) que, para o governo melhorar a situação do déficit fiscal, serão necessárias “mudanças duras” tanto na Previdência Social quanto nas leis trabalhistas.

Temer deixou o evento sem falar com a imprensa. Em entrevista depois do encontro, Robson Andrade sugeriu que o Brasil adote iniciativas similares às do governo francês, que, de forma independente do Parlamento, conseguiu autorizar uma carga horária de até 80 horas semanais e de 12 horas diárias para os trabalhadores.

“Um déficit de R$ 139 bilhões [para 2017]. Acho que foi uma demonstração de responsabilidade do governo apresentar as dificuldades que têm e o esforço que será feito para contornar essas dificuldades”, afirmou o presidente da CNI.

Segundo ele, ao considerar que, em 2016, o déficit será R$ 170 bilhões, a conclusão é que haverá, em algumas áreas, crescimento de despesas governamentais. “É claro que a iniciativa privada está ansiosa para ver medidas duras, difíceis de serem apresentadas. Por exemplo, a questão da Previdência Social. Tem de haver mudanças na Previdência Social. Caso contrário, não teremos no Brasil um futuro promissor”, acrescentou.

Robson Andrade defendeu também a implementação de reformas trabalhistas. Para ele, o empresariado está “ansioso” para que essas mudanças sejam apresentadas “no menor tempo possível”.

“Vimos agora o governo francês, sem enviar ao Congresso Nacional, tomar decisões com relação às questões trabalhistas. No Brasil, temos 44 horas de trabalho semanal. As centrais sindicais tentam passar esse número para 40. A França, que tem 36 passou, para a possibilidade de até 80 horas de trabalho semanal e até 12 horas diárias de trabalho. A razão disso é muito simples. A França perdeu a competitividade de sua indústria com relação aos demais países da Europa. Agora, está revertendo e revendo suas medidas, para criar competitividade. O mundo é assim e temos de estar aberto para fazer essas mudanças. Ficamos ansiosos para que essas mudanças sejam apresentadas no menor tempo possível”, argumentou o empresário.

Robson Braga de Andrade reiterou a posição da CNI, contrária ao aumento de impostos.

“Somos totalmente contra qualquer aumento de imposto. O Brasil tem muito espaço para reduzir custos e ganhar eficiência para melhorar a máquina pública antes de pensar em qualquer aumento de carga tributária. Acho que seria ineficaz e resultaria, neste momento, na redução das receitas, uma vez que as empresas estão em uma situação muito difícil”, disse ele.

Também presente no evento, a presidente do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Maria Silvia Bastos Marques, informou que o banco investiu R$ 6 bilhões em inovação nos últimos dois anos.

Maria Silvia defendeu o diálogo cada vez maior com o setor privado. “Inovação é uma das prioridades do banco. Produtividade e competitividade são fundamentais para a retomada do crescimento sustentável”, disse a presidente do BNDES.

Também participando do encontro, Ricardo Felizzola, presidente do Grupo Parit – holding de investimentos que controla as empresas Altus Sistemas de Automação S/A, Teikon Tecnologia Industrial S.A e HT Micron Semicondutores Ltda – disse que o Brasil precisa aumentar o apoio e financiamento em inovação tecnológica para aumentar a competitividade.

A MEI, com quem Temer se reuniu, agrega mais de 100 líderes empresariais das maiores empresas do país. Com o objetivo de formular propostas de políticas públicas e estimular e construir nas empresas um ambiente em que a inovação ocupe um papel central de forma a gerar empregos e inserir de forma mais efetiva a indústria brasileira nas cadeias globais de valor.

Para 2016, a MEI tem como agenda prioritária a atualização do marco regulatório da inovação, o aperfeiçoamento do marco institucional da inovação, aprimoramento dos mecanismos de financiamento à inovação, estruturação da inserção global de empresas brasileiras via inovação, modernização do currículo das engenharias e o fortalecimento da atuação de pequenas e médias empresas inovadoras.

(Agência Brasil)

Justiça Federal determina multa contra a União e favorece empresa de telefonia

“Em uma decisão rara, a Justiça Federal determinou que a União pague uma multa de R$ 100 mil a uma empresa do setor de telecomunicações de São Paulo.

O motivo da condenação foi a demora da Receita Federal em consolidar os débitos do contribuinte no Refis — programa de parcelamento de dívidas tributárias, com desconto em multas e juros.”

(Valor Econômico)

Cadeia Pública de Aquiraz está interditada por 60 dias

Cadeia-aberta-631x450

“A juíza da 1ª Vara da Comarca de Aquiraz, Mônica Lima Chaves, determinou, nesta semana, a interdição provisória da Cadeia Pública de Aquiraz por até 60 dias. A decisão defere pedido liminar de Ação Civil Pública (ACP) proposta pelo titular da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Aquiraz, Leonardo Gurgel Carlos Pires. O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), alegando questões como superlotação, fugas e precária estrutura do local, solicitou a interdição e reforma ou nova construção do prédio.

A magistrada estabeleceu que, durante a reforma da cadeia, os novos presos fossem encaminhados para a Delegacia de Capturas e, posteriormente, às Casas de Custódia do Estado, devendo os casos excepcionais serem apreciados por ela. Segundo os autos, a cadeia possui capacidade para 21 detentos, mas atualmente está com cerca de 70 internos. Desde setembro do ano passado, já ocorreram seis ações de fuga, escapando quase 50 presos. A última ocorreu no dia 29 de junho deste ano, às 13 horas, com trocas de tiros e carros de apoio para os fugitivos. Em outra ação, um agente penitenciário foi feito refém.

De acordo com a ACP, a cadeia pública de Aquiraz não atende aos parâmetros legais quanto à salubridade, segurança e higiene, sendo um ambiente propício à transmissão de doenças pulmonares, como tuberculose, já tendo, inclusive, sido interditada por este motivo; e não possui equipamentos obrigatórios nas celas e muros de isolamento. A Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus), o comandante-geral da Polícia Militar e o delegado-geral da Polícia Civil serão intimados da decisão.

(Site do MP-CE)

Alimentação e bebidas pressionam a taxa inflacionária em junho

“Mesmo fechando junho com ligeira queda de preços em relação a maio, alimentação e bebidas foram os que mais pressionaram a alta de 0,35% da inflação em junho. E o feijão-carioca apresentou a maior alta de preços.

Os dados fazem parte do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgado hoje (8), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo o IBGE, o grupo Alimentação e Bebidas fechou junho com alta de 0,71%. Apesar de ter subido menos em relação a maio (que foi 0,78%), foi o grupo que mais impactou o IPCA.

A inflação oficial do país, medida pelo IPCA, caiu 0,43 ponto percentual no mês de junho em relação a maio, ao passar de 0,78% para 0,35%. A taxa de junho (0,35%) é a menor desde agosto do ano passado (0,22%).

No mesmo grupo, os produtos que tiveram queda de preços foram: cenoura (23,72%); cebola (17,78%); tomate (-8,08%); e frutas (-7,58%). A batata-inglesa, que fechou maio com alta de 19,12%, também teve desaceleração em junho, ao cair para 2,08%.

Em outros grupos, também houve redução nos preços: habitação (de 1,79% para 0,63%); artigos de residência (de 0,63% para 0,26%); vestuário (de 0,91% para 0,32%); saúde e cuidados pessoais (de 1,62% para 0,83%); despesas pessoais (de 1,35% para 0,35%) e educação (de 0,16% para 0,11%).”

(Agência Brasil)

O caso Dom Aldo e as lições da imprensa

149 1

domaldo

Com o título “O caso Dom Aldo e as lições da imprensa”, eis boa reflexão sobre o papel da imprensa brasileira que o jornalista e sociólogo Demétrio Andrade faz neste instigante artigo. Confira:

A imprensa brasileira, vem, há alguns anos, sendo abastecida por um sem número de manchetes bombásticas. Mensalão, manifestações de rua, Petrolão, Lava-Jato: a lista é imensa. Mas a profusão não para. O Vaticano anunciou, dia 6 de junho, que o papa Francisco aceitou a renúncia do arcebispo da Paraíba, após uma investigação da Santa Sé sobre um escândalo de pedofilia. Dom Aldo Di Cillo Pagoto, bem conhecido dos cearenses por ter sido bispo de Sobral, estava à frente da Igreja Católica na região de João Pessoa há 12 anos.

A imprensa italiana afirmou que o religioso ítalo-brasileiro de 66 anos é suspeito de ter abrigado em sua diocese padres e seminaristas acusados de abusar sexualmente de menores e expulsos por outros bispos. Ele também manteria uma relação com um rapaz de 18 anos. Em sua carta de renúncia, Dom Aldo afirma que cometeu erros “por confiar demais, numa ingênua misericórdia”. “Acolhi padres e seminaristas, no intuito de lhes oferecer novas chances na vida. Entre outros, alguns egressos, posteriormente suspeitos de cometer graves defecções, contrárias à idoneidade exigida no sagrado ministério”, prossegue.

Evidentemente, tal notícia é um choque para a comunidade cearense, notadamente a católica. Ganha maior repercussão ainda pelo fato de Dom Aldo ter sido voz ativa – na Igreja, na política e na sociedade de forma geral –, sempre com opiniões firmes, por vezes polêmicas. A boa nova é a cruzada operada pelo papa Francisco pelo afastamento de padres culpados por negligência envolvendo casos de pedofilia dentro da Igreja. Filmes como o recém oscarizado “Spotlight” e outros, como excelente “Dúvida”, por exemplo, ajudaram a trazer este debate delicado à tona.

Sem entrar no mérito da denúncia, chamou-me a atenção algumas características da cobertura da imprensa, bem como as reações das pessoas na mídias sociais. Sobre as notícias, novamente, assim como em todos os demais casos citados no início deste texto, vejo os veículos reverberarem conteúdos de assessoria de comunicação. A imprensa, de uma forma geral, virou reprodutora das investigações alheias, abdicando de criar e se responsabilizar por suas próprias pesquisas. Quem assistir “Spotlight” vai ver amplo e minucioso trabalho de uma equipe de repórteres, cena cada vez mais rara por aqui.

Sobre a repercussão na internet, acompanhei o mesmo destempero nos julgamentos, coisa comum quando a pauta é política, com a velha dicotomia do “contra” e “a favor” funcionando novamente. Com uma grave diferença: vi defensores da imagem de Dom Aldo pedindo cautela e cuidado, solicitando “ouvir o outro lado”, requisitando paciência para saber do desenrolar das investigações. Acho isso ótimo. Muitas destas pessoas, anteriormente, não hesitaram em destruir reputações de investigados, principalmente políticos, julgando precipitadamente, se informando mal ou repassando boatos. Quem sabe agora, por força do interesse religioso, consigam demonstrar o mesmo respeito pelo outro, independentemente do credo, cor, opção política ou classe social.

*Demétrio Andrade,

Jornalista e sociólogo.

ProUni – Estudantes não pré-selecionados podem aderir à lista de espera

“Os estudantes que não foram pré-selecionados para as bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni) podem aderir à lista de espera a partir de hoje (8). A adesão deve ser feita no site do programa até segunda-feira (11). A lista será usada pelas instituições de ensino para ocupar as bolsas que não foram preenchidas nas etapas anteriores.

A relação dos candidatos participantes da lista de espera será divulgada no dia 14 de julho. Os estudantes incluídos na lista deverão comparecer aos estabelecimentos de ensino, de 18 e 19 de julho, e entregar a documentação que comprova as informações prestadas na inscrição.

Pode participar da lista de espera, exclusivamente para o curso correspondente à primeira opção, o candidato que não foi pré-selecionado nas chamadas regulares e os pré-selecionados na segunda opção de curso, reprovados por não formação de turma.

Para o curso correspondente à segunda opção, pode participar da lista de espera apenas o candidato que não foi pré-selecionado nas chamadas regulares, na hipótese de não ter ocorrido formação de turma na primeira opção; os que não foram pré-selecionados nas chamadas regulares, na hipótese de não haver bolsas disponíveis na primeira opção; e os pré-selecionados na primeira opção de curso, reprovados por não formação de turma.

Pelo ProUni, os estudantes podem concorrer a bolsas de estudo parciais e integrais em instituições particulares de educação superior, com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Para a edição do segundo semestre de 2016 foram oferecidas 125.442 bolsas. Do total, 68.350 são parciais (50% da mensalidade) e 57.092, integrais. O sistema recebeu 1.215.768 inscrições de 627.978 participantes. Cada candidato pôde se inscrever em até dois cursos.”

(Agência Brasil)

Senac do Centro promove o “Boteco do Chef”

pratosenac

Alunos do Senac do Ceará que estão se formando no curso de Cozinheiro, na unidade Centro, em Fortaleza, promovem, a partir das 14 horas desta sexta-feira, o Boteco do Chef. Eles realizam oficinas gastronômicas, tendo como convidados Luciano Ferreira, chef executivo do Hotel Oásis Fortaleza e presidente da Associação de Chefes de Cozinha do Ceará, e Ana Bastos, chef da Barraca da Morena.

Na programação, palestras sobre empreendedorismo e gestão, apresentação de dança de salão e muay thai, além de food park com samba de mesa. Tudo inspirado nos botequins, reduto da gastronomia regional e da cultura popular brasileira.

Às 14h30 começam as oficinas. No total, são oito aulas ministradas pelos alunos, que ensinam receitas que vão desde petiscos tradicionais – como coxinhas e espetinhos – às novidades como quibe de caju e dadinhos de tapioca. Os doces também têm vez com o Trio Matuto e Mil Folhas de Reis. As oficinas são abertas ao público, gratuitas, com inscrição presencial e limite de 30 vagas por oficina.

O Boteco do Chef também realiza duas palestras: às 15h30min, a gerente do Banco de Oportunidades do Senac/CE dá orientações e dicas sobre “Como ser um profissional empreendedor”. Às 17h30min, o chef, professor e coordenador de consultorias e do Programa Alimento Seguro do Senac Ceará, Bruno Modolo faz apresentação sobre Soluções de Gestão para Serviços de Alimentação. As palestras também são abertas ao público, gratuitas, com inscrição presencial e limite de 50 vagas.

A partir das 16 horas, o estacionamento se transforma no Boteco Park com trucks, carrinhos e bicicletas vendendo petiscos e doces da Barraca da Morena, Culinária da Van, Explosão Street Food, Alternative, Bicicleta da Mari e La Churrê.

SERVIÇO

Senac/CE Centro – Avenida Tristão Gonçalves, 1245
Horário – Das 14h30min às 20 horas.

Anac quer debater franquia de bagagens com OAB

“Depois que o presidente da OAB ameaçou publicamente ir à Justiça contra resolução da Anac que acaba com a franquia de bagagens, a agência convidou a Ordem dos Advogados para debater o tema em um seminário.

Lamachia avalia que a medida prejudica os consumidores e pode aumentar o preço das passagens.

Nos últimos meses, ele já comprou briga contra outra agência, a Anatel, que pretende liberar as empresas para limitarem a banda larga dos internautas brasileiros.”

(Coluna Radar, da Veja Online)

Federação da Agricultura promove encontro no Crato sobre dívidas dos produtores rurais

flaviosaboya

Flávio Saboya preside a federação.

Uma caravana de pecuaristas estará, na próxima terça-feira, no município do Crato.

Na data, a Federação da Agricultura do Ceará (Faec) puxará mais uma reunião do Agropacto, o organismo do segmento que discute problemas e soluções do setor agropecuário.

Dessa vez, o tema será dívidas rurais dos produtores rurais da Região do Cariri. O encontro ocorrerá pela manhã, na sede da Urca

Mais de R$ 300 milhões – Bancada federal prioriza infraestrutura hídrica e custeio na saúde

foto josé airton com ministro helder barbalho

O coordenador da Bancada do Ceará, deputado federal José Airton Cirilo (PT), entregou aos ministros Helder Barbalho (Integração) e Ricardo Barros (Saúde) as prioridades do Estado nas emendas parlamentares da Lei Orçamentária Anual (LOA). José Airton apresentou aos ministros o empenho de emendas com recursos de mais de R$ 300 milhões para a infraestrutura hídrica e custeio na saúde.

“Nós, da Bancada do Ceará, estamos empenhados em garantir que sejam concluídas as obras do Cinturão das Águas o mais breve possível, pois é questão de saúde e vida a água para nosso povo, pois não é possível esperar mais”, comentou o coordenador da Bancada do Ceará, ao lamentar o quinto ano seguido de seca e destacar o valor de R$ R$ 150 milhões para a integração das bacias hidrográficas do Estado.

Além da questão hídrica, a Bancada também destinou pouco mais de R$ 150 milhões para a manutenção de unidade de saúde no município de Fortaleza.

(Foto: Márcia Oliveira / Divulgação)

Secretário-adjunto que pediu demissão, está de volta ao aconchego oficial

144 2

marcelouchao

O advogado e professor universitário Marcelo Uchoa voltou atrás e decidiu permanecer como adjunto da Secretaria de Políticas sobre Drogas do Estado. Ele havia deixado o cargo há cerca de um mês insatisfeito com o ritmo dos projetos da pasta.

O que se sabe é que o governador Camilo Santana convocou Marcelo para uma conversa nesta semana e acabou convencendo o companheiro de PT a permanecer na órbita oficial.

Mas o que Camilo terá dito para fazê-lo voltar atrás?

North Shopping ganha loja “Três Corações”

O North Shopping Fortaleza está ganhando, nesta sexta-feira, a loja Três Corações, cafeteria da marca de café que leva o mesmo nome e que pertence ao Grupo Santa Clara.

Além dessa, outras lojas estão em processo de negociação e com contrato assinado, como é o caso da Puro Açaí, prevista pra inaugurar neste semestre.

O North Shopping está comemorando 25 anos.

Ministro quer conhecer programa cearense de apoio à energia solar

odilonn

Odilon e o ministro Fernando Bezerra Coelho Filho.

O deputado estadual Odilon Aguiar (PMB) aproveitou a visita do ministro das Minas e Energia, Fernando Bezerra Coelho Filho, nessa quinta-feira, à capital cearense, e apresentou um projeto de sua autoria que estimula toda a cadeia produtiva de energia sustentável.

Trata-se do Programa Cearenses de Desenvolvimento Sustentável (Procedes), que foi aprovado por unanimidade pela Assembleia Legislativa e já encaminhado para o Executivo.

Numa conversa com o ministro na sede do Banco do Nordeste, expôs detalhes, no que Fernando Bezerra Coelho destacou como importante esse programa e disse que conheceu a usina de energia solar implantada em Tauá quando Odilon era prefeito daquele município.

Fernando Bezerra solicitou ao deputado que o Procedes fosse apresentado com maior profundidade em seu gabinete em Brasília, o que deverá acontecer nos próximos dias.

(Foto – BNB)