Blog do Eliomar

Últimos posts

Jornalismo cearense fica órfão: morre o professor Agostinho Gósson

foto gósson

Quase todos os jornalistas cearenses em atividade, a partir da faixa etária dos 40 anos, ficaram profissionalmente órfãos no fim da noite dessa sexta-feira (11). Muitos também abaixo dos 40, aqueles que tiveram a sorte de ter em sala de aula o professor e jornalista Agostinho Gósson. O mestre irrequieto e que lecionava perfeição, nos deixou aos 63 anos, vítima de câncer de fígado.

Cearense nascido em São Paulo (os pais são do Ceará e o título de cidadania de 2012 legitimou o seu DNA), Gósson proporcionou aos alunos do curso de Comunicação Social da Universidade Federal do Ceará mais do que conhecimento. O estilo “despachado” como que se apresentava em sala de aula contrastava o rigor por um texto perfeito, incluindo a versão de todos os lados envolvidos na “matéria”, com a tinta da imparcialidade.

Gósson deixa órfãos ainda milhares de ouvintes do programa Rádio Debate, que há cerca de 20 anos era comandado pelo jornalista na Rádio Universitária FM.

VAMOS NÓS – (…)

ATUALIZAÇÃO – O velório ocorre neste sábado, no cemitério Jardim Metropolitano, no Eusébio. A missa de corpo presente será às 15 horas, com o sepultamento em seguida.

Lista de 5 mil habeas corpus contém 300 presos perigosos no estado do Rio

A lista de 5 mil habeas corpus impetrados pela Defensoria Pública do Rio de Janeiro, nessa sexta-feira (11), contém nomes de 300 presos considerados perigosos, sendo 90 de altíssima periculosidade. A informação foi dada pela Vara de Execuções Penais (VEP) do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) e, na lista, há presos por tráfico internacional, sequestro e milicianos, além de diversos criminosos que já fugiram do sistema há anos.

Os habeas corpus requeridos pela Defensoria Pública do estado serão analisados por uma equipe de 40 desembargadores criminais das oito Câmaras do TJ-RJ. Segundo a Defensoria, caso sejam cumpridos, o estado economizará R$ 5.659.300 mensais, uma vez que o gasto mensal com um preso do regime fechado é de cerca de R$ 3 mil.

Para o juiz titular da Vara de Execuções Penais, Eduardo Perez Oberg, dizer que há processos atrasados e que não estão sendo examinados é um argumento sem seriedade na proposta e na argumentação: “É não conhecer como funciona a Vara de Execuções Penais [A vara é responsável pela decisão sobre os pedidos de reconhecimento de direitos das pessoas presas condenadas]. Eu estou criticando a conduta desse ato, que é equivocado jurídica e politicamente. Ele é politicamente equivocado porque visa ao caos, visa inviabilizar a vara e a soltar pessoas sem condições de voltar ao convívio social”.

No relatório Mutirão carcerário, elaborado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em 2011, foram inspecionadas 55 unidades prisionais e examinados processos de cerca de 30 mil detentos e uma série de recomendações foi dada à Vara de Execuções Penais do Rio de Janeiro. Mas, segundo o coordenador de Defesa Criminal da Defensoria Pública do Rio de Janeiro, Emanuel Queiroz, essas medidas jamais foram cumpridas.

Queiroz avaliou que há um problema estrutural na VEP, porque o modelo de apenas uma Vara de Execuções Penais para 120 mil processos não funciona e não dá vazão. Segundo ele, a decisão de impetrar os cinco mil habeas corpus veio após observar que havia pedidos sem apreciação desde janeiro de 2015.

(Agência Brasil)

PSDB entra na Justiça contra Dilma por uso de bem público em sua defesa

O PSDB protocolou nessa sexta-feira (11), na Justiça Federal subseção Judiciária do Distrito Federal, uma ação civil pública com pedido de liminar contra a presidente Dilma Rousseff pelo uso de erário e da estrutura pública federal na articulação da defesa do seu mandato presidencial. O PSDB pede a imediata interrupção do uso de bens e serviços públicos para a defesa da presidente Dilma Rousseff e sua divulgação pelos veículos de comunicação social do governo.

Os advogados do partido que assinam a ação civil pública dizem no documento que a presidente Dilma Rousseff tem reiteradamente misturado interesses públicos e privados. “É certo que esta defesa tem caráter pessoal, pois diz respeito a patrimônio político e jurídico da pessoa de Dilma Rousseff e do PT, não se constituindo, a defesa, de caráter público que justifique o uso do erário e da estrutura pública federal para a proteção do mandato da segunda ré [presidente Dilma]”.

Ainda de acordo com a ação civil, foram praticados vários atos que misturam interesses públicos e privados em função da defesa do mandato da presidente.  Como exemplo de “prática abusiva e ímproba”, a ação apresenta uma visita de juristas que foram recebidos por Dilma, no Palácio do Planalto, em um “ato exclusivo e notório de defesa contra o impeachment” e que foi noticiado no site oficial da Presidência da República.

Na ação civil pública, os advogados dizem que a presidente “está fazendo uso dos instrumentos de que dispõe – estrutura física, bens e serviços e veículos de comunicação – para se defender de acusações existentes contra ela concernentes ao processo de impeachment. Com isto, afronta os princípios elementares do direito público, notadamente a legalidade, moralidade e impessoalidade”.

O PSDB pede ainda na liminar a imediata interrupção do uso de bens e serviços públicos para defesa pessoal da presidente Dilma e sua divulgação pelos veículos de comunicação social do governo.

(Agência Brasil)

Relator do orçamento confirma corte de R$ 10 bilhões no Bolsa Família

O relator do projeto de lei orçamentária para 2016, deputado Ricardo Barros (PP-PR), confirmou nesta sexta-feira (11) o corte de R$ 10 bilhões esperado no programa Bolsa Família. O programa teria R$ 28,2 bilhões no ano que vem, mas Barros afirmou que as fraudes apontadas pela Controladoria-Geral da União (CGU) e as regras do programa permitem o corte de 35%.

Pelas contas do Ministério do Desenvolvimento Social, 23 milhões de pessoas seriam retiradas do programa, cerca de 7 milhões de famílias, pela média do Bolsa Família. Barros, no entanto, frisou que esse número não é oficial, porque o ministério não respondeu aos questionamentos da Comissão Mista de Orçamento sobre o programa.

Na segunda-feira (14), o relatório final será entregue, e Barros espera aprovar o orçamento até quarta-feira à noite. Antes de a comissão poder aprovar o orçamento, o Congresso precisa votar o Plano Plurianual (PPA), o que poderá ocorrer na terça-feira (15).

Para totalizar o corte de R$ 10 bilhões, o relator considerou a economia que será gerada por outros fatores (como recursos ligados a fraudes que deixarão de ser pagos, a não inclusão de novos beneficiários e o fim da possibilidade de prorrogação do benefício em alguns casos).

(Agência Câmara Notícias)

Movimento em aeroportos deve cair 20% no período de festas de fim de ano

A movimentação nos principais aeroportos do Brasil poderá cair até 20% durante a época das festas de fim de ano, na comparação com o mesmo período do ano passado. As projeções da Secretaria de Aviação Civil para este ano são de uma movimentação de 16 milhões de passageiros durante a Operação Fim de Ano, que começou nessa quinta-feira (10) e vai até o dia 10 de janeiro. No ano passado, entre os dias 15 de dezembro e 10 de janeiro, cerca de 20 milhões de pessoas passaram pelos 15 maiores terminais do país.

A demanda por transporte aéreo no Brasil vem caindo no segundo semestre do ano e teve uma redução de 5,7% em outubro, em relação ao mesmo período do ano passado, segundo a Associação Brasileira de Empresas Aéreas (Abear). A entidade avalia que, apesar da retração da demanda, a estratégia das empresas é praticar preços mais atrativos e, com isso, pelo menos fechar o ano de 2015 com o mesmo volume de operações do ano passado.

A Secretaria de Aviação Civil estima que o pico de demanda nas festas de fim de ano será no dia 4 de janeiro,quando cerca de 648 mil passageiros devem passar pelos principais aeroportos brasileiros. A Operação Fim de Ano é um conjunto de medidas acordadas entre setor público e a iniciativa privada para melhorar o funcionamento dos principais aeroportos do país nesse período.

(Agência Brasil)

MPF do Ceará discutirá implantação da Unidade de Conservação na Prainha do Canto Verde

O Ministério Público Federal (MPF) realizará, às 9 horas da próxima segunda-feira, uma audiência pública no município de Beberibe (Litoral Leste). O encontro,  marcado para a Câmara Municipal, debaterá implementação e regularização fundiária da unidade de conservação Reserva Extrativista Prainha do Canto Verde.

Proposta pelo procurador da República Patrício Noé da Fonseca, a audiência abrirá espaço para manifestação da comunidade, além de órgãos da administração pública Municipal e Estadual e instituições locais sobre as demandas na área, de modo a orientar a atuação do Ministério Público Federal, destinada à defesa dos direitos envolvidos sob a perspectiva coletiva nas matérias de suas atribuições.

A audiência pública será gravada em áudio e vídeo e será lavrada, em até 20 dias após a audiência, ata dos trabalhos, sendo ambas disponibilizadas aos interessados após o referido prazo. As inscrições para participar poderão ser realizadas no local e hora da audiência, sendo que as participações serão limitadas à capacidade do auditório.

(Com Site do MPF/CE)

Chacina de Messejana será lembrada neste sábado

revolver_chacina

Neste sábado, a maior chacina da história do Ceará, na qual morreram 11 pessoas e outras cinco ficaram feridas completa um mês. Para lembrar a vida dos jovens assassinados na Chacina da Grande Messejana, o movimento Jangurussu de Resistência fará uma marcha com saída, a partir das 17h30min, da Praça dos Remanescentes, no bairro São Cristóvao.

Segundo os organizadores, a marcha será contra a violência, que pedirá o fim do extermínio da juventude e cobrará justiça.

Antes, no Cuca Jangurussu, às 14 horas, haverá debate sobre o tema extermínio da juventude pobre e negra.

Ministro defende desoneração de insumos para a indústria

“O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, disse hoje (11) que é preciso completar o processo do ajuste fiscal, o mais rápido possível, “para a retomada dos investimentos e para que os agentes econômicos tenham clara percepção de que a economia vai se reequilibrar”, disse.

Monteiro falou para empresários e representantes do setor químico, durante a 20ª edição do Encontro Anual da Indústria Química, promovido pela Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim) na capital paulista. No evento, Monteiro disse que, apesar de os resultados do ajuste, no curto prazo, serem incertos, a economia do país precisa dessas reformas para se reequilibrar.

“Não temos claramente os benefícios desse processo de ajuste fiscal, no prazo mais curto possível, mas é importante que a sociedade se mobilize para cobrar da classe política. O Brasil precisa criar as bases para garantir a sustentabilidade das contas públicas”, acrescentou.

Em um vídeo exibido no evento, o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, também reforça a necessidade do ajuste fiscal, para acabar com as dificuldades que os empresários enfrentam hoje para investir. “Temos confiança de que, apesar do cenário, de toda a incerteza, nós vamos encontrar caminho”, declarou o ministro da Fazenda.”

(Agência Brasil)

“O PSDB assume seu sentimento golpista”, diz Odorico Monteiro

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=SnjdnhUpWtA[/youtube]

“O PSDB está assumindo seu sentimento golpista!”, disse, nesta sexta-feira, o deputado federal Odorico Monteiro, ao analisar a decisão da direção nacional tucana de assumir a luta pró-impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Para Odorico, isso é o reflexo de setores que  não aceitaram a derrota e que tentam um terceiro turno.

Odorico lamenta ainda que o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, continue presidindo a Casa.

Heitor apresenta projeto que garante ao servidor, pelo menos, a reposição salarial dos índices inflacionários

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=O40lqprEBTg[/youtube]

Para o deputado estadual Heitor Férrer (PSB), o Governo do Estado precisa ter uma reserva de recursos para garantir ao servidor público, pelo menos, a reposição dos índices inflacionários. É o que assegura o projeto apresentado pelo deputado para ser apreciado na Assembleia Legislativa.

André Montenegro é o “Engenheiro do Ano”

fe5b14e4-0444-4e82-8b24-d1a0e704e970

O presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Ceará (Sinduscon-CE), André Montenegro, ganhará, nesta sexta-feira, o título de “Engenheiro do Ano 2015”.

A homenagem é do Clube de Engenharia do Ceará (CEC), que fará a entrega da comenda a partir das 19h30min, em sua sede, na Praia do Futuro.

Antes, Montenegro fará uma breve palestra sobre o tema “Perspectivas e Inovações do Setor Habitacional do Ceará”.

Com direito, claro, a reclamar do atraso nos repasses do Programa Minha Casa, Minha Vida.

Camilo cria o Selo Verde como incentivo ao reaproveitamento de resíduos sólidos

foto camilo 151211 selo verde 00

O governador Camilo Santana assinou na tarde desta sexta-feira (11), na Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), o decreto que cria o Selo Verde Industrial, como incentivo ao reaproveitamento de resíduos sólidos como matéria-prima ou insumo pela indústria.

Camilo também formalizou o acordo com o SENAI para a capacitação de jovens assistidos pelos centros socioeducativos do Estado.

Além do governador Camilo Santana e do presidente da Fiec, Beto Studart, estiveram presentes à solenidade a vice-governadora Izolda Cela; o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado Zezinho Albuquerque; a presidente do Tribunal de Justiça, Iracema do Vale; secretários estaduais, sindicalistas, deputados federais e deputados estaduais. O coordenador de Parcerias Público-Privada da Prefeitura de Fortaleza, Alexandre Pereira, representou o prefeito Roberto Cláudio.

(Foto: Paulo MOska)

Registro Civil Nacional – Votação do relatório fica para 2016

“A Comissão Especial da Câmara dos Deputados que discute o Projeto de Lei (PL) 1775/15, que cria o Registro Civil Nacional (RCN), vai votar o relatório do deputado Júlio Lopes (PP-RJ) somente no ano que vem. O presidente da Comissão, deputado Rômulo Gouveia (PSD-PB), marcou a apresentação do parecer para a próxima terça-feira (15) às 15 horas. Em seguida, será aberto prazo de cinco sessões para apresentação de emendas.

“Pela importância do projeto, acho que devemos tentar fazer a apresentação e votar no ano que vem, depois do recesso parlamentar”, afirmou Gouveia.

O deputado Júlio Lopes chegou a pedir que o texto fosse apresentado só em março. “Não há clima para analisar neste momento. Já estou com parecer pronto, mas gostaria de discuti-lo com o TSE antes de apresentá-lo”, argumentou o relator. O deputado Hugo Leal (PROS-RJ) reclamou do adiamento. “Não acho que devemos adiar por conta da análise do pedido de impeachment. Daqui a pouco não faremos mais nada”, lamentou.

O PL 1775/15, de autoria do Poder Executivo, prevê que informações sobre RG, carteira de motorista e título de eleitor, entre outros, serão concentradas em um registro único. Caberá à Justiça Eleitoral atribuir um número de RCN a cada brasileiro e fornecer o documento. A primeira emissão seria gratuita.”

(Agência Câmara)

 

Camilo fala na Fiec de ações de convivência com a seca e também defende a presidente Dilma

99 1

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=MHEyZgepRcY[/youtube]

Se o Governo de Estado não tivesse adotado ações de convivência com a seca, nos últimos anos, o Ceará não mais teria água em três meses. A observação é do governador Camilo Santana, na tarde desta sexta-feira (11), na Fiec, durante almoço que celebrou o ano de parceria entre o Governo e a Federação das Indústrias do Estado do Ceará em ações e projetos para o desenvolvimento do Estado.

Em um balanço de seu primeiro ano de governo, Camilo destacou a abertura do diálogo entre várias categorias, mas se mostrou preocupado com o quadro da seca para o próximo ano.

Com relação ao processo de impeachment da presidente Dilma, o governador do Ceará afirmou que “impopularidade não é impeachment”. Atribuiu ao processo o desejo de vingança do presidente da Câmara Federal, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Câmara Municipal discutirá problemas de comunidade do Conjunto José Walter

deodatoramalho_thiagogaspar

Na próxima segunda-feira, às 18h30min, na Creche Pindorama (Rua G, nº 683) os problemas da comunidade Loteamento Montenegro II, no Conjunto José Walter, serão debatidos durante audiência pública da Câmara Municipal. Quem puxará o debate é o vereador Deodato Ramalho (PT).

Durante a audiência, serão debatidos os problemas enfrentados pela população. Os moradores têm se queixado da falta de postos de saúde, escolas públicas e opções de lazer, além dos recorrentes problemas de saneamento básico. Eles também reclamam que o sistema de transporte público urbano, operado por ônibus e vans de Fortaleza, não contempla o acesso às ruas da comunidade.

Leitor pede um momento de reflexões ao prefeito

66 2

e90e6bd1-6009-4332-9f93-de44cb5d2343

Árvore de Natal da Praça do Ferreira e o cenário de colchões de moradores de rua no mesmo local.

Do leitor Alberto Beviniévisque, recebemos esta nota, com foto. Ele pede um momento de reflexão ao prefeito. Confira:

Caro Eliomar de Lima,

Pode não parecer, mas Roberto Claudio além de Prefeito de Fortaleza também é médico, mestre e doutor pela Universidade do Arizona, nos Estados Unidos.

Espero que o ângulo em que esta foto foi tirada possa leva-lo a refletir e agir não apenas como gestor público, mas, também, como o médico que é, especializado em saúde coletiva.

Outro lado

Sobre esse quadro, a Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social e Combate à Fome informa já ter insistido, várias vezes, para dar assistência aos moradores de rua que persistem na Praça do Ferreira.

Eles, no entanto, persistem nessa condição. “Não vamos tirar ninguém à força”, diz o titular do órgão, Cláudio Ricardo. A STDSCF tem albergues para atender a esse contingente.

Porta da Santa Misericórdia será aberta neste domingo por Dom José Antônio

dom josee

O arcebispo de Fortaleza, Dom José Antonio Aparecido Tosi , abrirá, às 10 horas deste domingo, a Porta Santa da Misericórdia. Será durante celebração litúrgica que terá início na Igreja do Pequeno Grande (Centro). Em seguida, haverá procissão até a Catedral, onde acontecerá a solene abertura da Porta Santa e continuação da Celebração Eucarística.

A celebração é uma determinação do Romano Pontífice e acontece nas 275 dioceses brasileiras e nas demais espalhadas pelos cinco continentes. O momentos marca para o fiéis a abertura oficial do Jubileu Extraordinário da Misericórdia naquela Igreja Particular.

“Convocamos a todas as comunidades, paróquias, áreas pastorais, associações e movimentos eclesiais, novas comunidades, organismos eclesiais e coordenações pastorais para que, com as representações das Regiões Episcopais de nossa Arquidiocese, estejam presentes neste momento importante significativo de nossa comunhão eclesial”, conclama o arcebispo em carta circular para a Igreja de Fortaleza. A expectativa é que pelo menos cinco mil fiéis participem das atividades.

Ao atravessar a Porta Santa os fiéis obterão indulgência,que na explicação do Papa Francisco na Bula Rosto da Misericórdia, promulgada para o Ano Santo, “é experimentar a santidade da Igreja que participa em todos os benefícios da redenção de Cristo, para que o perdão se estenda até às últimas consequências aonde chega o amor de Deus”.

SERVIÇO

*Igreja do Pequeno Grande – Avenida Santos Dumont, 55, Centro.