Blog do Eliomar

Últimos posts

Acrísio Sena anuncia audiência pública sobre segurança hídrica no Estado

299 1

O petista Acrísio Sena, agora presidente da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento do Semiárido da Assembleia Legislativa, vai puxar, na próxima terça-feira à tarde, uma audiência pública que terá como tema “Segurança hídrica do Estado”.

Autor do requerimento, o parlamentar diz ser mais do que necessário debater o tema com Cagece, Funceme, Cogerh, Dnocs, Semace, Promotoria de Justiça e Planejamento Urbano e as secretarias estaduais de Recursos Hídricos, Meio Ambiente e Desenvolvimento Agrário.

Na prática, hora de saber a situação atual dos açudes, as perspectivas de inverno e, principalmente, o que tem sido feito de apoio ao agricultor.

(Foto – ALCE)

MPF aplicará provas da seleção de estágio no próximo domingo

O Ministério Público Federal vai aplicar, no próximo domingo, das 9 às 12 horas, as provas da seleção para seu programa de estágio. O local é o campus do Centro Universitário Farias Brito (FBUni), no bairro Varjota. O objetivo, segundo a assessoria de imprensa do MPF, é formar cadastro reserva para o preenchimento de vagas nas áreas de Administração, Biblioteconomia, Computação, Engenharia Civil e Jornalismo para suas unidade em Fortaleza.

Ao todo, 332 estudantes universitários se inscreveram e estão aptos a fazer o exame que será de múltipla escolha. No total 30 questões para responder, sendo 10 de Língua Portuguesa e 20 de Conhecimento Específico.

Os participantes devem portar o comprovante de inscrição, documento de identidade e caneta de tinta indelével, esferográfica, nas cores azul ou preta, no dia da aplicação do exame.

O resultado final das inscrições deferidas está disponível na área Estagie Conosco no portal do MPF no Ceará.

SERVIÇO

*Centro Universitário Farias Brito (FBUni) – Rua Castro Monte, 1364 – Varjota, Fortaleza.

*Divisão de Gestão de Pessoas – (85) 3266.7393
*Página da seleção no Portal MPF aqui.

Fernanda Montengro passa mal e é hospitalizada no Rio

A atriz Fernanda Montenegro, 89 anos, está internada no Hospital Samaritano, em Botafogo, zona sul do Rio de Janeiro. Desidratada, ela foi hospitalizada após passar mal enquanto gravava cenas para a próxima novela das 21 horas, da Rede Globo, A dona do pedaço, na cidade de Jaguari, no Rio Grande do Sul.

O boletim médico divulgado pelo hospital informa que a atriz “segue internada em tratamento para desidratação, com estado de saúde estável”. Fernanda Montenegro passou mal na terça-feira (19) e foi internada ontem (20).

Nome artístico de Arlette Pinheiro Esteves da Silva Torres, Fernanda Montenegro é apontada como a “grande dama do teatro brasileiro”.

Em 2013, recebeu o prêmio Emmy Internacional de Melhor Atriz pelo trabalho de D. Picucha, no especial Doce de Mãe, da Rede Globo. No episódio, ela fez o papel de uma senhora ativa e mãe de quatro filhos, que não se deixa vencer pela idade e muito menos pelos padrões sociais.

Também foi ndicada ao Oscar de Melhor Atriz pelo papel no filme Central Brasil, no qual fez o papel de uma mulher que redigia cartas em troca de pagamentos para os parentes distantes de quem não sabia ler nem escrever. Foi a única atriz de língua portuguesa indicada para o prêmio.

Fernanda Montenegro foi a primeira atriz contratada pela TV Tupi há 68 anos, embora atualmente na TV Globo, ela passou pelas emissoras Band, Cultura, Record e as extintas Excelsior e TV Rio.

(Agência Brasil)

Sergio Moro completa transição

Com o título “Sergio Moro completa transição”, eis artigo de Plínio Bortolloti, jornalista do O POVO. Ele faz críticas ao Pacote Anticrime do secretário da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. Para o articulista, o magistrado, ao endurecer penas, só combate os efeitos. Confira: 

Sérgio Moro, quando assumiu a Justiça do governo Jair Bolsonaro, disse que exerceria apenas uma atividade “técnica” no Ministério: “Não me vejo como um político verdadeiro”, declarou. Claro, foi apenas modéstia, pois ele dispõe de todo o instrumental para transitar na política real. Mas, para efeito deste artigo, relevando o papel exercido por ele quando juiz, e aceitando que esses seus primeiros 50 dias de governo foram de noviciado nas artes dessa ciência, temos de reconhecer que ele debutou em grande estilo na política ao apresentar seu pacote “anticrime” no Congresso Nacional.

Diferente da rígida figura sob a toga em Curitiba, Moro mostrou-se flexível, disposto até mesmo a contrariar as suas próprias convicções, para ver-se aceito na confraria com a qual terá de conviver. Em tempos idos, Moro não diferenciava caixa 2 de corrupção, pelo contrário, considerava o primeiro até pior que o segundo, mais deletério até que o enriquecimento ilícito. “É trapaça”, “crime contra a democracia”, lecionava o juiz.

Do reformado Sérgio Moro: “Houve reclamação por parte de alguns agentes políticos de que o caixa dois é um crime grave, mas não tem a mesma gravidade que corrupção, que crime organizado e crimes violentos. Então, acabamos optando por colocar a criminalização (do caixa 2) à parte, mas que está sendo encaminhada ao mesmo momento”. Traduzindo: a tramitação vai empacar ou a proposta será desfigurada, com a bênção de Moro.

Além do mais, o projeto de Moro em nada influenciará a redução da criminalidade, pois sua base é o endurecimento das penas, o que nunca deteve delinquentes. Ou seja, está-se combatendo os efeitos do crime, não evitando o acontecimento. Portanto, Moro faria melhor se houvesse apresentado propostas para aperfeiçoar a estrutura, os mecanismos de inteligência e investigação, e a forma como a polícia atua, de modo a evitar-se o delito.

Mas Moro não é mais o independente juiz de Curitiba, agora é apenas uma grife subordinada a Jair Bolsonaro, um prisioneiro do “populismo penal”, decantado por seu chefe.

*Plínio Bortolloti,

Jornalista do O POVO.

(Foto – Agência Brasil)

Presidente nacional do Novo: Geraldo Luciano é bom nome para a Prefeitura de Fortaleza

231 1

Se depender do seu presidente nacional, o Partido Novo apostará no executivo Geraldo Luciano como candidato a prefeito de Fortaleza em 2020. Foi o que disse, nesta quinta-feira, durante entrevista ao jornalista Jocélio Leal, no Facebook do O POVO Online, João Amoêdo.

Ele destacou qualidades de Geraldo como um “excelente administrador”, mas observou: “Ele (Geraldo) é quem sabe.”

João Amoêdo está na Capital cearense para participará, às 19 horas, no Hotel Praia Centro – de propriedade do Grupo J. Macedo, onde Geraldo é um dos vice-presidentes, do ato de instalação da nova direção do Novo no Estado.

Geraldo Luciano entrará no lugar de Ivo Silva, tendo na vice o consultor de empresas Célio Fernando. A meta da nova cúpula do Novo é expandir as ideias e o partido para todo o Estado.

Sobre eleições 2020, o executivo evita o assunto e diz apenas que sua tarefa é difundir o Novo que, no entanto, ter[a candidato a prefeito em várias cidades cearense e, principalmente, em Fortaleza.

(Foto – Reprodução)

Torneio Coliseu Jiu-Jitsu reunirá em Fortaleza os melhores pesos leve do Nordeste

Reunindo grandes nomes da categoria peso leve do jiu-jitsu no Nordeste, a primeira edição do Coliseu Jiu-Jitsu vai ocorrer no dia 16 de março, às 18 horas, no Sesc Fortaleza.

Ao todo, oito atletas participarão do torneio, disputado em formato grand prix, em busca do cinturão e da premiação de R$ 3000. Os lutadores confirmados são: Yan Pica-Pau, Davi Carlos, Talison Soares, Jonas Bruno, Marcelo Marques, Marlus Salgado, Danton Silva e Webster Pinheiro, todos com destaque nacional e internacional no esporte.

 

Segundo Paulo Formiga, um dos organizadores da competição, o evento deve atrair entre 1000 e 1500 pessoas. “Queremos que o evento tenha uma boa visibilidade tanto para o público, como para os atletas. Que todos queiram fazer parte dessa arena, seja lutando ou na torcida”, ressalta.

Os ingressos estão sendo vendidos na Academia Hiatus Fitness, na Parquelândia, e no CT Samuel Falcão, na Messejana. As entradas custam R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia). Até o final de fevereiro, no entanto, há uma promoção em que todos podem pagar meia entrada.

SERVIÇO

*Sesc Fortaleza – Rua Clarindo de Queiroz, 1740 – Centro

*Ingressos – R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia)

Pontos de venda

Academia Hiatus Fitness – Rua Professor Raimundo Vítor, 106 – Parquelândia

CT Samuel Falcão – Rua Antônio Gadelha, 516 – Messejana

(Colaborou – Vinícius França/Foto – Arquivo)

Bloco Tamo Junto é uma das atrações no último fim de semana do Pré-Carnaval

Eliziane e Evandro Colares puxarão a animação.

O Bloco Tamo Junto vai agitar neste sábado, a partir das 16 horas, homenageando o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Idealizado pela Advance Comunicação, entra no ultimo fim de semana do Pré-Carnaval pelo quarto ano consecutivo.

No bloco, chamada geral para clientes, parceiros, advancers e amigos de longas datas. Por que a homenagem ao Dragão do Mar? Porque esse equipamento cultural do Estado completará 20 anos em abril próximo.

“Começamos o bloco como uma grande brincadeira para reunir as pessoas que amamos e que fazem parte do cotidiano da Advance, que acabou se tornando um movimento de valorização da nossa área e do carnaval de rua, já que sempre fazemos uma parte do circuito a pé, seguindo um trio elétrico. Temos muito orgulho de ter o Dragão do Mar como nosso vizinho, tanto que tornamos nosso rooftop em um grande mirante, com uma vista privilegiada do equipamento”, ressalta Evandro Colares, sócio fundador da Advance.

DETALHE – A folia é reservada a convidados e acontecerá na própria Advance, sob o comando da banda Bregaria.

(Foto – Divulgação)

“Humor do Ceará” está em cartaz em São Paulo

Lailtinho Brega, Manguaça, Ciro Santos e Luana do Crato.

Eis o quarteto que apresenta nesta quinta-feira, no Teatro safra, em São Paulo, o show “Humor do Ceará”. O espetáculo integra as estratégia da Secretaria do Turismo do Estado para atrair turistas de olho na próxima alta estação.

Essa turma conta ainda com o apoio da Prefeitura de Fortaleza.

(Foto – Paulo MOska)

Jair Bolsonaro e sua “Babycracia”

165 1

Com o título “Babycracia”, eis artigo de José Nilton Mariano Saraiva, economista e administrador. Ele afirma que muitos que sufragaram Bolsonaro nas urnas, já devem estar arrependidos. Confira:

E não deu nem para esperar pelos tradicionais 100 dias de arrego, normalmente concedidos a quem chega lá, a fim de que pudéssemos emitir algum juízo de valor. Com menos de dois meses de assunção do poder, muitos daqueles que sufragaram o atual inquilino do Palácio do Planalto (Jair Bolsonaro) já mostram inequívocos sinais de arrependimento e desesperança ante a falta de comando e inaptidão para a função de Presidente da República, demonstrados pelo próprio.

É que, acostumado à inoperância e vadiagem reinante no baixo clero da Câmara Federal, onde passou 28 anos sem nada produzir (a não ser em benefício próprio), o truculento, despreparado e incompetente ex-capitão do exército já deve ter se perguntado o que está fazendo ali e como tantas pessoas tiveram a coragem de o sufragarem (é, literalmente, uma barata-tonta a zanzar sem rumo pelos corredores do palácio).

Já nós outros, estupefatos, descobrimos, da noite pro dia, que embora muitos militares hajam sido alocados em postos-chaves da estrutura presidencial como uma forma de escudo protetor ao descalabro que mais cedo ou mais tarde eclodiria (como está a ocorrer), constatamos que estamos a ser geridos por uma inédita “congregação-familiar”, a “babycracia”.

Que nada mais é que a oportunista, perigosa e deslavada cessão do direito de governar, de Bolsonaro aos três filhos, todos “empregados” na política pelo próprio pai (vereador, deputado e senador) e, portanto, seus fiéis escudeiros.

Arrogantes, prepotentes e sem escrúpulos, os “babys” (Carlos, Eduardo e Flávio) em tão pouco tempo baldearam o coreto de uma forma tal que findaram por, inadvertidamente, “entregar o ouro”: é que, tal qual as tradicionais famílias italianas vinculadas à máfia, por aqui o clã Bolsonaro tem a proteção desabrida das perigosas milícias-militares estabelecidas no Rio de Janeiro (gente da pesada, que atira antes de perguntar).

A propósito, será que o atual ministro da Justiça, o todo poderoso ex-juiz Sérgio Moro, poderia nos informar por onde anda o “motorista-milionário” do Flávio Bolsonaro, por cuja conta bancária transitaram milhões e milhões de reais?

Ante o exposto, a dúvida que nos assalta é se os “milicos” já lá instalados aceitarão passivamente que os “babys” irresponsáveis mandem e desmandem, casem e batizem, façam e desfaçam e, enfim, assumam de vez o poder, já que com carta-branca do pai, para tal.

O retrato emblemático de tal situação nos foi mostrado hoje, quando o presidente do partido, coordenador, tesoureiro da campanha e Ministro do governo de Bolsonaro foi sumariamente escorraçado do Planalto em razão de divergência com um dos rebentos do presidente (Carlos).

Seria essa a senha para que os “estrelados” forcem a barra e assumam de vez o poder, na perspectiva que o estado de saúde de Bolsonaro inspira sérios cuidados? Ou prevalecerá, por cima de pau e pedra, a “babycracia”??

A conferir.

*José Nilton Mariano Saraiva,

Economista e administrador.

TRF do Ceará – O sonho não acabou

Voltou a tramitar na Câmara dos Deputados o projeto de lei que cria um Tribunal Regional Federal com sede no Ceará e abrigando pendências judiciais do Piauí e do Rio Grande do Norte.

Segundo o desembargador federal Leonardo Carvalho, do TRF-5ª Região (Recife), para que essa reivindicação do setor jurídico cearense saia do papel falta o principal: empurrão político por parte da bancada.

(Foto – TRF-5)

General Theophilo participa em Fortaleza de workshop sobre Segurança

O secretário nacional de Segurança Pública, general Guilherme Theophilo, é um dos conferencista do workshop “Segurança: Sociedade Ativa, Fraternidade e Políticas Públicas”, promoção do ex-deputado estadual tucano Carlos Matos. O evento ocorrerá a partir das 14 horas desta sexta-feira, na sede da Fecomércio, em Fortaleza.

Além do general Theophilo, participarão o secretário da Administração Penitenciária do Estado, Mauro Albuquerque, o secretário da Seguraça Pública e Defesa Social do Estado, André Costa, e o secretário de Defesa Social de Pernambuco, Antônio de Pàdua.

O objetivo é debater a segurança coletiva, que passou a ser uma das maiores preocupações no Estado do Ceará por causa da recente onda de ataques criminosos.

Programação

14h – Abertura

14h30 – Contextualização, Experiências e Desafios
Palestrantes:
Leandro Piquet (Núcleo de Pesquisa de Políticas Públicas da USP)
Cel. José Vicente da Silva (Instituto Fernand Braudel)

15h30 – O Papel do Poder Público – Interação, cooperação e responsabilidades a partir de cada nível governamental
Palestrante: General Theóphilo – Secretário Nacional de Segurança Pública

16h – Debates

17h15 – Agenda propositiva
Coordenador: Carlos Matos (Presidente do Instituto Promover)

18h – Encerramento

(Foto – Jarbas Oliveira)

Secretaria dos Recursos Hídricos investe em educação ambiental nas escolas

271 1

A educação ambiental sobre Água vai começar pelas crianças.

O projeto “SRH na Escola” já está contemplando alunos do 4º ano fundamental dos municípios de Pentecoste, Itaitinga, Maranguape, Apuiarés e General Sampaio através do livrinho “A Gotinha Nossa de cada Água”, que conta a história de uma gotinha e sua passagem pelo lençol freático, nascente, riacho até um reservatório.

Neste percurso ela e as amigas conversam sobre ciclo da água, poluição, mata ciliar, preservação de nascentes e Comitê de Bacia.

A proposta da Coordenadora da Célula de Articulação com o Usuário – (CEART), Márcia Caldas, foi bem recebida pelo secretário Francisco Teixeira, titular da Secretaria dos Recursos Hídricos do Estado, e os comitês estão abraçando a ideia e o governador Camilo Santana (PT) autorizou a impressão de 45 mil livrinhos para utilização no Comitê de Bacias Metropolitanas.

DETALHE – O texto é da jornalista Inês Prata e a ilustração do artista plástico Sérgio Lima.

(Foto – Paulo MOska)

Caso Triplex – Fachin nega mais um habeas corpus de Lula

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou seguimento ao habeas corpus em que a defesa de Luiz Inácio Lula da Silva contestava uma decisão monocrática (individual) do ministro Felix Fischer, do Superior Tribunal de Jusitça (STJ), na qual foi rejeitado recurso especial do ex-presidente no caso do tríplex do Guarujá (SP).

Entre os argumentos, com os quais negou a tramitação do recurso especial no STJ, Fischer afirmou que, para verificar as diversas ilegalidades processuais suscitadas pela defesa de Lula, seria necessário reexaminar provas, o que não seria possível nas instâncias superiores, segundo escreveu.

Os advogados recorreram então ao STF, sustentando que Fischer não poderia rejeitar a apelação de forma individual, sendo necessário o exame do caso pelo colegiado competente, no caso a Quinta Turma do STJ, composta por cinco ministros.

Para Fachin, porém, a defesa não poderia entrar com habeas corpus no Supremo enquanto outra contestação da decisão de Fischer, um agravo regimental, não for analisada no próprio STJ, sob pena de haver supressão de instâncias.

Relator do caso no STF, Fachin também argumentou que o regimento interno do STJ “confere ao relator atribuição para negar trânsito a recurso especial que contrarie prévio entendimento firmado por aquele Tribunal”, motivo pelo qual Fischer não violou o princípio da colegialidade, segundo sustentava a defesa.

Ao negar seguimento ao HC, Fachin também afastou a possibilidade da concessão de uma liminar (decisão provisória) pedida pela defesa para que Lula fosse libertado.

Lula está preso na Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba desde 7 de abril, quando começou a cumprir a pena de 12 anos e um mês imposta pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) no caso do tríplex do Guarujá (SP).

Neste mês, Lula foi alvo de uma segunda condenação na Lava Jato, desta vez a 12 anos e 11 meses, no caso do sítio em Atibaia, no interior de São Paulo. A responsável pela segunda sentença foi a juíza Gabriela Hardt, que substituía interinamente o juiz Sergio Moro na 13ª Vara Federal de Curitiba.

(Agência Brasil/Foto – Reprodução de Youtube))

Geraldo Luciano assume presidência do Novo do Ceará posando de “prefeiturável”

O Partido Novo do Ceará está sob nova direção a partir desta quinta-feira.

Geraldo Luciano, vice-presidente no Grupo M. Dias Branco, assumirá às 19 horas desta quinta-feira, durante ato no Hotel Praia Centro, a presidência da legenda sob bênçãos do presidente nacional, João Amoêdo.

Antes, às 18 horas, Geraldo e Amoêdo darão entrevista coletiva também no hotel, que abrigará, em seguida, o encontro “Fazer Crescer – Você se desenvolve. Surge o NOVO Brasil”, onde o partido divulgará seu planejamento para 2019 no Estado.

Segundo Geraldo Luciano, uma certeza: O Novo disputará a Prefeitura de Fortaleza.

(Foto – Divulgação)

Prévia da inflação registra menor taxa para fevereiro desde Plano Real

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15), que mede a prévia da inflação oficial, registrou uma taxa de 0,34% em fevereiro deste ano, a menor para meses de fevereiro desde o Plano Real, implantado em 1994. A taxa é, no entanto, superior à registrada em janeiro (0,3%).

O dado foi divulgado hoje (21) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com a prévia de fevereiro, o IPCA-15 acumula taxas de 0,64% no ano e de 3,73% em 12 meses.

Educação

Na prévia de fevereiro, a maior inflação foi registrada no grupo de despesas educação (3,52%), que sofreu com os reajustes de mensalidades escolares, que costumam ser feitos no início do ano. Os cursos regulares subiram 4,6% e os cursos diversos, 3,16%.

Também registraram inflação os grupos alimentação e bebidas (0,64%), saúde e cuidados pessoais (0,56%), artigos de residência (0,47%), despesas pessoais (0,3%), habitação (0,18%) e comunicação (0,05%).

Por outro lado, os grupos de despesas vestuário e transportes registraram deflação (queda de preços) e ajudaram a frear a inflação. Os custos com vestuário caíram 0,92%. Já os transportes ficaram 0,46% mais baratos, devido às quedas de preços da gasolina (2,43%), etanol (1,31%) e óleo diesel (0,15%).

Há uma cratera no meio da estrada do Aracati…E agora, Bismarck Maia?

O acesso à CE-371, em Aracati (Litoral Leste), virou um drama.

No entroncamento com a BR-304, uma lagoa se forma quando chove. Veículos dividem as calçadas com pedestres. Tudo na mesma há anos. A via dá acesso a vários distritos, como Outeiro, Morrinhos e Barreira dos Vianas.

VAMOS NÓS – Tomara que sobre dinheiro para a Prefeitura, que investe alto no Carnaval, consertar essa calamidade.

(Foto – WhatsApp)

Reforma da Previdência – Na marra, não!

Com o título “Na marra, não!”, eis artigo de Antonio Mourão Cavalcante, médico, antropólogo e professor universitário. Ele comenta perdas e danos da reforma da Previdência do governo Bollsonaro. Confira:

Com grande ênfase o ministro da Economia, Sr. Paulo Guedes, afirma que, sendo a Reforma da Previdência aprovada, o Governo terá um lucro de 1,4 trilhões de reais. Ora, como dinheiro não cai do céu, cabe uma pergunta bem inocente: se um lado vai ganhar isso tudo, qual será o lado que vai perder tudo isso? Nem precisa pensar muito. Serão aqueles que sempre perdem. No caso, a grande massa trabalhadora do país…

Se as vantagens vão diminuir, se o tempo de contribuição vai aumentar, é justo que a contribuição continue a mesma? Se seremos empurrados a realizar uma poupança privada – via bancos particulares – por que continuar contribuindo com a Previdência do Governo? Qual a vantagem concreta? Perdendo vantagens, a porcentagem de participação será a mesma, para obter menos benefícios?

O Governo Bolsonaro insiste que essa reforma quebrará privilégios de alguns setores da sociedade. Aqueles que ganham mais, pagarão mais e ganharão menos. Pois bem, não seria didático nos informar quais são estes grupos e quais benesses serão cortadas?

Tendo contribuído ao longo de todos estes anos, é justo pensar que foi gerada uma grande capitalização. Em termos de poupança, teria sido uma grande bola de neve crescendo na virada de cada mês. Feito um cálculo atuarial, com certeza, o rendimento fixo obtido seria maior do que hoje – em média – paga o Governo como aposentadoria. Não faz sentido afirmar que sejam as contribuições de trabalhadores da ativa hoje, que garantem minha aposentadoria. Se temos o direito a uma aposentadoria é porque ao longo de muitos anos, pagamos compulsoriamente nossa cotização. Se o Governo foi perdulário com o que arrecadou, ele é o responsável. É injusto e irresponsável exigir múltiplas contribuições para um único e pífio benefício. Será que somos otários?

O afogadilho em aprovar a reforma, dizendo que o Brasil tem pressa e pode quebrar, é papo furado. Na realidade, o Governo foge da discussão mais responsável do assunto. Empurra uma reforma goela abaixo. Impõe um projeto urdido nos conchavos do Planalto. A força do trabalho – a consciência e a história da sociedade brasileira – não pode permitir esse afogadilho… Calma senhores! Essa é uma questão muito séria, que envolve muitos atores e conseqüências. Não pode ser tangida pela pressa e pela força. Na marra!…

*Antonio Murão Cavalcante,

Médico, antropólogo e professor universitário

[a_mourao@hotmail.com]

Ônibus bate na mureta, tomba e deixa 29 feridos em avenida do Cocó

292 4

Um ônibus tombou na manhã desta quinta-feira, 21, nas proximidades do túnel Welington Landim, no cruzamento da avenida Engenheiro Santana Jr com Padre Antônio Tomás, no bairro Cocó.

O acidente deixou agora 28 feridos – dado atualizado, e é consequência desta manhã de sexta-feira com muita chuva que causou vários transtornos na Grande Fortaleza.

(Foto – Antenor Naspolini)