Blog do Eliomar

Últimos posts

Jornada Mundial da Juventude já tem 500 mil inscritos

“A Jornada Mundial da Juventude (JMJ) de Cracóvia, na Polônia, entre 26 e 31 de julho do ano que vem, vai reunir milhares de peregrinos procedentes de pelo menos 139 países. Quinhentos mil jovens, representando 22 mil grupos, já se inscreveram.

A Rádio Vaticano conversou com a voluntária brasileira Thamyres Gonçalves Cordeiro, de Maceió. Ela trabalha no setor de inscrições do encontro e falou sobre a experiência no atendimento aos peregrinos de países de língua espanhola e sobre o fundo de solidariedade.

“Um atendimento que não esqueço é de uma jovem da Venezuela, que gostaria de vir para a Jornada, mas que enfrenta problemas econômicos. Então, indicamos os passos que ela pode dar, levando assim uma esperança ao coração dos peregrinos que, devido a uma determinada realidade econômica, não podem vir”.

Thamyres lembrou a importância da ajuda do fundo de solidariedade, um benefício dos países com melhor situação econômica. Os recursos do fundo são repassados diretamente aos peregrinos que mais necessitam para que possam participar da jornada.”

(Rádio Vaticano)

Roberto Pessoa define Ciro como “defunto político”

107 1

roberto pessoa

O presidente de honra do PR do Ceará, Roberto Pessoa, disse, nesta terça-feira, ao ser indagado sobre a troca de farpas entre o ex-ministro Ciro Gomes, o senador Eunício Oliveira  e o deputado estadual Capitão Wagner (PR), que “tanto o Capitão como o Eunício estão errados, porque estão dando sobrevida a um defunto político Ciro Gomes”.

Para Roberto Pessoa, é lamentável que Ciro, depois de ter tido vida pública extensa, termine sua vida pública com o “lobbista” da multinacional CSN.

Ciro viveu troca de farpas com Eunício, que resultaram em troca de processos judiciais e, quanto ao Capitão Wagner, chegou a insinuar que o parlamentar, pré-candidato a prefeito, quer obter “dividendos politiqueiros” com boatos de violência. Já Wagner reagiu indagando qual político cearense procura atacar e caluniar diariamente as lideranças nacionais para sair na imprensa.

O dirigente do PR do Ceará vê como estratégia de marketing o fato de Ciro viver admitindo candidatura a presidente da República em 2018. “Ele quer ser candidato, vai tirar de 7 a 10 por cento dos votos no País, mas teria maioria  no Ceará e poderia ajudar a eleger o candidato da família ao Governo e ao Senado”, expôs Roberto Pessoa.

Roberto Pessoa deu essas declarações antes de embarcar par Brasília, onde manterá contatos em vários ministérios, na qualidade de secretário de Assuntos Federativos da Prefeitura de Maracanaú (Região Metropolitana de Fortaleza).

Terrorismo – Aumentou 80% número de mortos em 2014

59 1

“O número de mortes por terrorismo aumentou 80% em 2014, em comparação com o ano anterior, informa relatório internacional divulgado hoje (17). É o maior aumento anual dos últimos 15 anos.

O Global Terrorism Index (Índice do Terrorismo Global – ITG) 2015, feito pelo Instituto para a Economia e Paz (IEP), sediado em Sydney, na Austrália, indica que o terrorismo continua “muito concentrado”, com 78% das mortes no ano passado registradas em apenas cinco países – Afeganistão, Iraque, Nigéria, Paquistão e Síria.

Apesar de concentrado, o terrorismo tem se estendido a um maior número de países. De acordo com o estudo, o número de países com mais de 500 mortes passou de cinco em 2013 para 11 em 2014, um aumento de 120%.

O ITG acrescenta que a Somália, Ucrânia, o Iêmen, a República Centro-Africana, o Sudão do Sul e Camarões são os seis novos países com mais de 500 mortes em consequência do terrorismo.

Também aumentou oito vezes o número de países com pelo menos uma morte atribuída ao terrorismo, para um total de 67. Entre eles estão integrantes da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), como a Áustria, Austrália, Bélgica, o Canadá e a França.

O estudo destaca, no entanto, que cerca de 60% dos 162 países que abrange “não registraram qualquer morte por terrorismo em 2014”.

Os resultados indicam ainda uma intensificação da ameaça terrorista na Nigéria, que teve “o maior aumento de mortes devido ao terrorismo já registrado por qualquer país – mais de 300%, para 7.512”.

Segundo o relatório, ao movimento radical islâmico Boko Haram, que atua na Nigéria desde 2009, juntou-se em 2014 outro grupo terrorista, os militantes Fulani, que mataram 1.229 pessoas.

O Boko Haram tornou-se o grupo terrorista que mais mata no mundo”, diz o ITG. O número de mortes atribuídas ao Boko Haram no ano passado é 6.664, enquanto o movimento extremista Estado Islâmico é considerado responsável por 6.073 mortes.

As duas organizações são responsáveis por 51% das mortes atribuídas a um grupo terrorista, adianta o estudo.

O ITG lembra que, em consequência do aumento do terrorismo, cresceu significativamente o seu custo econômico, que “atingiu o nível mais elevado em 2014 – US$ 52.9 bilhões. “O número representa 61% a mais do que no ano anterior, com um aumento de dez vezes desde 2000”.

Apesar dos dados sobre terrorismo que apresenta no relatório, o Instituto para a Economia e Paz considera “importante colocá-los em contexto com outras formas de violência”. Observa que “pelo menos 437 mil pessoas são assassinadas anualmente, 13 vezes mais do que o número de vítimas do terrorismo”.

(Agência Lusa)

Líder do PMDB na Assembleia repercute luta dos servidores do Judiciário Federal

politica

O líder do PMDB na Assembleia Legislativa, Audic Mota, manifestou apoio à luta que os servidores do Poder Judiciário Federal deflagram, durante toda esta terça-feira, no Congresso Nacional. As categorias da Justiça Federal, Justiça do Trabalho e Justiça Eleitoral lutam, há nove anos, por reajuste de 53% a 78,56%, que, no entanto, foi vetado pela presidente Dilma Rousseff.

Esse vento ao PL 28/2015, que atende ao grupo, está entre outros vetos a serem apreciados pelos congressistas. Na última sexta-feira, a Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público da Assembleia Legislativa fez audiência pública e debateu o PLC 28/2015.

(Foto – AL/CE)

El Niño será o mais forte da história. diz pesquisa

“Os efeitos do fenômeno El Niño são bastante conhecidos nas regiões Sul, Norte e Nordeste do país, enquanto no Sudeste e no Centro-Oeste os efeitos são difíceis de serem previstos. O Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), divulgou hoje (17) pesquisa que mostra o impacto do El Niño sobre a ocorrência de tempestades no Sudeste durante o verão 2015/2016.

Segundo os resultados da nova pesquisa, para o verão o El Niño será muito forte – deve ser o terceiro mais forte desde 1950, depois de 1983 e 1998. A previsão é de um aumento na ocorrência de tempestades, em relação ao último verão, de 20% na Região Sul, 20% no Sudeste e 10% no Centro-Oeste. Nas regiões Norte e Nordeste é prevista uma diminuição das tempestades de 10% e 15%, respectivamente, em relação ao último verão. A pesquisa foi baseada em dados de tempestades no verão dessas regiões desde 1950.

“Ao cruzarmos esses percentuais de previsão com a densidade populacional, somos levados a pensar que o número de mortes por raios no próximo verão pode aumentar se não alertarmos adequadamente a população sobre os efeitos do El Niño”, disse o coordenador do Elat, Osmar Pinto Junior.

Os dados da Rede Brasileira de Detecção de Descargas Atmosféricas (BrasilDAT) do último trimestre (agosto, setembro e outubro), já sob o efeito do El Niño, confirmam essas tendências. De acordo com o coordenador do Elat, o aumento preocupa e parece indicar que não só a ocorrência de tempestades, como a intensidade delas, aumenta em decorrência do fenômeno climático.”

(Agência Lusa)

PMDB promove congresso de olho em 2018

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=7PgxE_vwj94[/youtube]

O deputado estadual Leonardo Araújo embarcou, nesta terça-feira para Brasília, onde participará do congresso nacional do PMDB. Os cenários da política e da economia vão sre avaliados, sob olhares do vice-presidente da República, Michel Temer.

Mas, segundo Leonardo Araújo, haverá também uma certeza: esse congresso apontará para a necessidade do PMDB ter candidato a presidente da República em 2018.

Entre Paris e Messejana, algo a refletir

103 1

Com o título “Solidariedade e indignação”, eis o Editorial do O POVO desta terça-feira. O que tem a ver Paris com Messejana? Confira:

Quem aceita o mal sem protestar, coopera com ele. A frase, cujo autor é Martin Luther King, o norte-americano que lutou contra a opressão racial tendo como armas os ideais de justiça e a não violência, retrata muito bem a situação em que vivemos no Ceará, no Brasil e no mundo.

Nos últimos dias, evidenciou-se no debate público uma polêmica infrutífera acerca da solidariedade dirigida às vítimas de atrocidades e carnificinas. Uns criticam os que foram publicamente solidários com as vítimas do terrorismo em Paris sob o argumento de que antes deveriam se solidarizar com os mortos, por exemplo, da Grande Messejana.

O mal está presente nas duas situações, muito diferentes entre si, e merece o repúdio de todas as sociedades que prezam a vida e as liberdades. Porém, o Brasil e o Ceará têm bastante o que aprender com Paris. A reação indignada e mobilizada dos franceses foi exemplar.

Certamente, os franceses, parisienses e qualquer sociedade que trata a vida como o bem maior da humanidade não toleraria com tanta parcimônia o grau de violência que nos assola. Uma conta simples mostra que o Ceará, em 2014, vivenciou a cada dez dias uma “carnificina” com as mesmas dimensões da de Paris.

A chacina da Grande Messejana sinaliza mais uma vez o quanto a vida e a morte se tornaram banais em nossa sociedade. Produzimos homicidas e homicídios em série. Sem o envolvimento em grande escala da sociedade, das instituições, dos cidadãos, dificilmente as políticas de segurança vão conseguir oferecer as respostas necessárias.

Hoje, sem dúvidas, a violência está entre os principais problemas do Brasil. Um problema que atinge a todos de maneira indiscriminada, porém os mais pobres são as vítimas mais frequentes e os que possuem menos instrumentos de proteção.

Não se trata de um problema que se resolva apenas no âmbito policial. Afinal, há, com certeza, uma forte relação entre violência e a qualidade dos serviços públicos ofertados aos cidadãos. Nesse ponto, a corrupção e a ineficiência no setor público são outros males que atentam contra a vida.

Praça Portugal – IAB/CE cobra do prefeito debate sobre novo projeto

88 1

praçaportugal

O Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB), regional do Ceará, mandou ofício para a Prefeitura de Fortaleza cobrando debate sobre o novo projeto da Praça Portugal. ”É um direito legal!”, diz o diretor da entidade, Odilo Almeida.

O novo projeto dessa praça está fechado e mantém a rotatória. Mesmo com a circunferência central mantida, haverá mudanças importantes. As primeiras simulações da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) projetam que ônibus ganharão cerca de 30% de velocidade em função das alterações. Para carros, ganho fica em torno de 25% na rotatória.

A previsão inicial era que a substituição da praça por um cruzamento custaria aproximadamente R$ 18 milhões. O prefeito ainda evita falar em orçamento, mas a expectativa é de que seja em torno de 70% a 80% menor.

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) quer que a obra comece após o período natalino, na segunda quinzena de janeiro. Deverá durar entre 100 e 120 dias.

Horário de aula não pode ser alterado por causa de religião de aluno

76 1

“A Universidade não deve alterar horário de aula por causa da religião de aluno, sob pena de ferir o princípio da isonomia. Com esse entendimento, a 5ª Turma Especializada do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (RJ e ES), de forma unânime, negou a um estudante da Instituição de Ensino Superior do Estado do Espírito Santo (Unes/Facastelo) seu pedido para que fossem alterados os horários das aulas ministradas às sextas-feiras à noite ou que fossem estipuladas atividades alternativas que dispensassem sua presença nesse período.

O autor da ação é integrante da Igreja Adventista do Sétimo Dia, religião que guarda o sábado por uma questão de fé, e em suas alegações sustenta que o Artigo 5º da Constituição prevê que “ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei”.

Na sentença de primeira grau, agora confirmada, o juízo considerou que criar diferenciação entre cidadãos de diferentes religiões seria uma afronta ao princípio constitucional da isonomia. “O Centro Universitário não é obrigado a arcar com encargo indevido para se adequar à religião do impetrante, pois se assim o fizesse estaria, na realidade, abrindo precedente para criação de privilégios que fere a isonomia dos alunos”, pontuou o magistrado.

No TRF-2, o desembargador federal Ricardo Perlingeiro, relator do processo, destacou em seu voto que tal situação não demonstra uma ofensa ao direito à livre manifestação religiosa. “É oportuno lembrar que o Estado brasileiro é laico, o que não significa ser ‘laicista’”, frisou. Além disso, na opinião do magistrado, o estudante não demonstrou estar fora de seu alcance encontrar alternativas que possam atendê-lo.

O relator ressaltou ainda que a jurisprudência não respalda a pretensão do estudante e citou precedente nesse sentido. “A relação que existe entre a pessoa e a igreja que profetiza a crença que elegeu não cria qualquer obrigação para terceiros, razão pela qual não há falar que a qualidade de membro da Igreja Adventista do Sétimo Dia, por si só, confira direito líquido e certo do aluno de não participar das aulas, durante o período de guarda religiosa” (STJ, RMS 37.070).”

(Site do TRF-2)

SDA e um problema de saneamento à vista

“A Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Ceará abriu licitação para instalar 2,2 mil módulos sanitários de esgotamento – as chamadas fossas sépticas, em diversos municípios do estado. A instalação será feita com recursos do Banco Mundial.

O problema é que o edital não prevê a manutenção das fossas, que periodicamente precisam ser esvaziadas. A falta de manutenção nas fossas recentemente gerou problemas para aldeias indígenas que usam o sistema em São Paulo.

Índios dizem que crianças morreram devido a doenças geradas por contaminações resultantes da falta de manutenção. O Ministério Público Federal, inclusive, processa a União por causa desse problema.”

(Coluna Radar, da Veja Online)

Ciro e Eunício e as orelhas bem vermelhas

221 1

Eunício-e-Ciro

Unidos só na foto do passado.

Com o título “Vergonha”, eis artigo da jornalista e professora Adísia Sá em que ela dá um puxão de orelhas em dois políticos por demais conhecidos e influentes do Ceará: Ciro Gomes e Eunício Oliveira. Ambos trocam acusações,, farpas e processo judicial, no que para a professora é mau exemplo. Confira: 

Jamais pensei e esperei testemunhar o que está agora acontecendo, ou seja, troca de ofensas, grosserias e acusações entre dois dos mais prestigiados e conhecidos nacionalmente políticos de nossa terra: Ciro Gomes e Eunício Oliveira.

Segundo a imprensa, Ciro Gomes anunciou que vai “entrar na Justiça contra Eunício, em função das declarações do peemedebista a um programa de rádio, em que o senador acusou o ex-ministro de desviar dinheiro do Ministério da Integração Nacional, quando esteve no comando da pasta, para as obras da Ferrovia Transnordestina, instituição, hoje, em que Ciro está na presidência.” (O Estado, 10/11/2015)

Ciro, por sua vez, anuncia “que ele (Eunício) vai responder na Justiça as loucuras e as mentiras dele contra a minha pessoa”. Francamente, que vergonha esse espetáculo circense protagonizado por duas das mais conhecidas personalidades cearenses. Homens tidos e anunciados como candidatos naturais a altos postos de nosso Estado e do País.

A política, sabemos bem, não é apenas a arte de bem governar, mas de convivência civilizada, respeitosa, modelo e exemplo. Também me entristece não ouvir uma voz clamando por respeito entre as partes envolvidas em querelas partidárias passageiras. Onde os partidos que se mantêm em silêncio – conivente, digo – dando a entender que isso é a política que merecemos. Em absoluto: não é essa a política que merecemos, nem esse o exemplo que esperamos dos que, dia mais, dia menos, estarão à nossa frente e do Estado.

Como estará a cabeça da nova geração, no aguardo de modelos diferentes dos que aí estão? Cabe à classe política agir consciente de que a arte de bem governar começa no bem agir e no modelar de um novo mundo.

Que se ouça uma voz moderadora, com autoridade moral suficiente para advertir aos que querelam: “ninguém é uma ilha”. Todos ouvem, veem e julgam uns aos outros. Que alguém consiga levar o bom sendo aos dois querelantes, fazendo com que reconheçam e respeitem o povo – que dizem representar.

Adísia Sá

adisiasa@gmail.com

Jornalista.

Sebrae/CE fecha parceria com Etice

joaquimcartaxo

Joaquim Cartaxo, superintendente do Sebrae, comemora.

A Empresa de Tecnologia da Informação do Ceará (Etice), através do Escritório de Gerenciamento de Projetos e da Diretoria de Cidadania Eletrônica, fechou parceria com o Sebrae) para o fornecimento de internet às sedes da entidade nos municípios de Aracati, Baturité, Camocim, Caucaia, Crateús, Crato, Fortaleza, Iguatu, Itapipoca, Juazeiro, Limoeiro do Norte, Quixadá, Quixeramobim, Sobral, Tauá e Tianguá. Com o Sebrae, são mais de 70 empresas, entre públicas e privadas, conectadas, através de fibra óptica, ao Cinturão Digital do Ceará (CDC).

O contrato é para o provimento de 18 pontos, sendo três em Fortaleza, dois na Região Metropolitana e 13 no interior do Estado, de internet para o Sebrae, mais o fornecimento de infraestrutura de backbone (rede de internet) para transporte de dados.

O Sebrae deve aderir agora à ata de registro de preço concluída pela Etice e, após a adesão, será discutido o cronograma de implantação da fibra óptica. A previsão é que até o início de 2016 as unidades já estejam interligadas ao CDC.

Medicamento utilizado para tratar alcoolismo pode ajudar a combater o vírus da aids

“Um medicamento utilizado para tratar o alcoolismo, associado a outras substâncias, poderá contribuir para combater o vírus da aids em soropositivos, mostra estudo divulgado hoje (17) na revista médica The Lancet HIV.

O medicamento, denominado Dissulfiram (nome da marca), estimula o vírus latente no organismo infectado, destruindo assim as células, bem como o anfitrião, e sem efeitos secundários, dizem os autores.

Atualmente, a terapia antirretroviral pode controlar o vírus, mas não o elimina definitivamente.

O vírus permanece no organismo das pessoas tratadas, de forma inativa. O reservatório onde o vírus permanece é um dos maiores obstáculos para o desenvolvimento de um tratamento que cure a doença definitivamente. Estimular o vírus latente é uma estratégia promissora para curar o paciente com aids, mas essa é apenas a primeira etapa para a eliminação, destacou Julian Elliot, diretora de pesquisa clínica nos serviços de doenças infecciosas do Hospital Alfred, em Melbourne, Austrália, e autora do estudo.

“Agora, temos de trabalhar para nos livrarmos das células infectadas”, acrescentou.

No ensaio clínico, dirigido por Sharon Lewin, do Instituto Doherty, em Melbourne, 30 pessoas que fazem o tratamento antirretroviral tomaram doses de Dissulfiram, que foram sendo aumentadas, ao longo de três dias.

Com a dose mais elevada, estimularam o vírus adormecido, sem efeitos secundários para os pacientes.”

(Agência Lusa)

Para retomar obra do VLT, governo promete aluguel social e Minha Casa, Minha Vida

acrisiso

O secretário de Acolhimento aos Movimentos Sociais do Estado, Acrísio Sena, visitou e conversou, nesta semana, com moradores da Comunidade Maravilha, que sentem o impacto e intervenções das obras do VLT.

Com ele, estavam equipes da Secretaria Municipal da Habitação e da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra), que garantiram o aluguel social e, posteriormente, inclusão das 100 famílias a serem desapropriadas, no Programa Minha Casa, Minha Vida.

(Foto – Divulgação)

Eleições 2016 – Heitor Férrer já tem marqueteiro

123 1

marococ

Chama-se Marcos Martinelli o marqueteiro da futura campanha do deputado estadual Heitor Férrer (PSB) para prefeito de Fortaleza.

Martinelli foi o responsável pela campanha de Ivo Sartori (PMDB), hoje governador do Rio Grande do Sul.

Ele estará em Fortaleza na sexta-feira para as primeiras reuniões com a cúpula estadual do PSB e, claro, com Heitor Férrer.

(Foto – Facebook)

Comunidade de São Raimundo fará “Caminhada pela Paz”

Comunidade de São Raimundo, no Rodolfo Teófilo, promoverá no próximo sábado, a partir das 16h30min, a Caminhada pela Paz pelas principais ruas do bairro. A saída, segundo a organização, ocorrerá da igreja e encerrará, por volta das 17h30min, com cânticos, orações e revoada de pombos.

O objetivo é chamar a atenção da comunidade para a necessidade de se investir numa cultura de paz e solidariedade. Todos são convocados a vestir branco nessa data.

OAB Nacional vai ao STF contra lei do direito de resposta a notícias

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil foi ao Supremo Tribunal Federal contra a previsão de um “colegiado prévio” para analisar o cabimento de recursos contra a concessão do direito de resposta a notícias. Em ação direta de inconstitucionalidade, a entidade afirma que a previsão da nova lei do direito de resposta “mitiga e desiguala o direito da parte recorrente”.

A lei foi sancionada pela presidente Dilma Rousseff na quinta-feira (12/11), depois de aprovada pelo Congresso. O texto diz que uma pessoa ofendida por uma reportagem tem até 60 dias para exigir seu direito de resposta ao veículo de comunicação.

O questionamento da OAB é sobre o artigo 10 da nova lei. O texto legal autoriza os veículos a recorrer das concessões do direito de resposta, mas não garante o efeito suspensivo desse recurso. Isso quer dizer que o Judiciário deve conceder a suspensão da publicações em cada caso concreto — o que, na opinião de especialistas, pode gerar injustiças ou erros.”

(Com Agências)

Greve dos médicos peritos entra no 74º dia

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=DO-NhnAEx7Q[/youtube]

A greve dos médicos peritos do INSS entra, nesta terça-feira, no seu 74º dia. Segundo vice-presidente da associação nacional da categoria, o cearense Samuel Abranques, a novidade é que o governo federal cortou o ponto e ainda não pagou o salário de outubro da categoria, mesmo com 30% de oferta do serviço, como manda a legislação.

Samuel Abranques, que seguiu para Brasília, diz que o movimento prossegue enquanto não houver sinalização do diálogo por parte do Ministério do Planejamento. Entre os pleitos dos médicos peritos do INSS estão a redução da jornada de 40 para 30 horas semanais e o reajuste de 21% parcelado em dois anos. O governo ofereceu 27,55 parcelado em quatro anos.

A consequência dessa greve dos médicos peritos é o acúmulo de mais de 1 milhão e 100 mil processos de aposentadoria e outros benefícios.

França realiza novo atraque aéreo a reduto do Estado Islâmico na Síria

“A aviação francesa bombardeou novamente o principal reduto do grupo extremista Estado Islâmico no Norte da Síria, destruindo um centro de comando e um centro de treinamento, anunciou o Estado-Maior das Forças Armadas da França. “As Forças Armadas francesas fizeram, pela segunda vez no espaço de 24 horas, um ataque aéreo contra o Daech [nome do Estado Islâmico em árabe] em Raqa, na Síria”, informou o Estado-Maior, em comunicado.

A aviação francesa já tinha feito, na madrugada dessa segunda-feira (16), bombardeios contra a cidade de Raqa, em resposta aos atentados terroristas em Paris na sexta-feira, em que morreram pelo menos 129 pessoas e mais de 400 ficaram feridas.

O ataque foi realizado por “dez aviões caça – Rafale e Mirage 2000 –, a partir dos Emirados Árabes Unidos e da Jordânia”. Eles lançaram 16 bombas, numa missão semelhante à que foi feita na madrugada de ontem. “Conduzido em coordenação com as forças norte-americanas, o ataque teve como alvo locais identificados durante missões de reconhecimento previamente feitas pela França”, segundo o texto.

O presidente francês, François Hollande, anunciou que a resposta seria “implacável” após os atentados de sexta-feira, os mais sangrentos cometidos no país.

Os atentados de Paris foram reivindicados pelo grupo extremista Estado Islâmico. Desde os atentados, os Estados Unidos e a França decidiram aumentar as trocas de reconhecimento sobre potenciais alvos. A França vai intensificar as operações contra o Estado Islâmico na Síria, graças às informações obtidas e ao deslocamento do porta-aviões Charles de Gaulle, que vai triplicar a capacidade de ataques.”

(Agência Lusa)