Blog do Eliomar

Últimos posts

Operação Zelotes – Mantega pode ser chamado a depor

guidomantega

“As investigadores que apuram um esquema de corrupção no Carf, órgão encarregado de julgar recursos contra multas da Receita, pediram à Justiça Federal de Brasília a quebra dos sigilos bancário e fiscal de Guido Mantega, informa Rodrigo Rangel.

Eles sustentam que o ex-ministro da Fazenda agiu junto ao Carf para livrar um fabricante de cimento de autuação de 57 milhões de reais.

A juíza negou o pedido, mas disse que pode rever a decisão mediante indícios mais fortes.”

(Coluna Radar On-line, da Veja)

Centro-sul do Ceará é área de ‘perigo potencial’ pela seca e calor

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu na manhã deste domingo (18) cinco alertas de seca e dois de ondas de calor, válidos até terça-feira (20). A umidade relativa do ar pode chegar a 10% e a situação é considerada de perigo em todo o estado de Goiás e no Distrito Federal. No Piauí, o alerta abrange quase todo o estado, menos o litoral. Também fazem parte da região mais seca o oeste e o noroeste de Minas Gerais, o extremo oeste da Bahia, o centro e o sul do Maranhão, a metade sul do Tocantins e a metade leste de Mato Grosso. Nessas regiões, há risco para a saúde.

O centro-sul do Ceará e o extremo oeste dos estados de Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco são áreas consideradas de perigo potencial, com umidade chegando a 25%.

Já a onda de calor atinge o noroeste de São Paulo, o norte e o leste de Mato Grosso do Sul, o centro-sul de Tocantins, o centro-leste de Mato Grosso e todo o estado de Goiás, incluindo o Distrito Federal. Essas localidades podem voltar a registrar recordes de temperatura nos próximos dias.

O monitoramento do Climatempo Meteorologia aponta que a sexta-feira (16) foi o dia mais quente do ano no país.

(Agência Brasil)

Aqui jaz um partido

Da Coluna Fábio campos, no O POVO deste domingo (18):

Fui filiado ao PT entre a segunda metade da década de 1980 e a primeira metade da década de 1990. Abri mão da filiação muito menos por discordar de seus bons ideais daquela fase ainda imberbe do partido e muito mais por imposições éticas da profissão que abracei. É evidente que jornalismo não combina com alguns outros “ismos”, principalmente os partidários.

O PT que conheci por dentro tinha lá seus defeitos, que não eram os de hoje. O partido era plural. Lá, convivi com a diversidade de posições. Estimulava-se o conflito de ideias. Seus encontros se transformavam em tribunas livres. Havia frescor e um projeto de futuro que, mesmo meio confuso, não deixava de ser estimulante.

O início do século 21 marcou a chegada de um PT descaradamente pragmático. Lembro-me com clareza, já como experiente colunista de política, quando o partido decidiu acabar com o embate de teses políticas em seus congressos. Sintomático do que viria pela frente. O pragmatismo rapidamente tomou conta do petismo, que ficou bem menor que Lula. Na verdade, o petismo se integrou ao lulismo. Daí a feliz expressão “lulo-petismo”.

Lula venceu as eleições presidenciais de 2002. Dali pra frente, o partido radicalizou mais ainda o seu pragmatismo. Manter-se no poder passou a ser o fundamento que dramaticamente se interpôs sobre qualquer outra ideia ou ponto de vista. O PT passou a se confundir com o Governo. O resultado era previsível: a rápida decomposição ética.

O PT capturou em benefício próprio os mecanismos de corrupção que impregnam o sistema político brasileiro. Capturou e os transformou em método político e de exercício de poder. Sem voz discordante, sem voz de ponderação, sem vozes críticas. Não há hoje na sigla nenhum movimento interno buscando elaborar uma análise honesta acerca de tamanha degradação moral exposta no noticiário cotidiano. Quem discordava tinha a porta da rua como serventia da casa.

O sociólogo (de esquerda), Marco Aurélio Nogueira, escreveu o seguinte sobre o petista típico, um simplório político: “Maniqueísta, sempre necessitado de um inimigo exclusivo e sempre propenso a responsabilizar os outros por suas falhas e limitações, dogmático em excesso, muito autocentrado, desatento às mudanças estruturais em curso”.

Poderia ter dito ainda que o petista típico, com honrosas exceções, se acostumou aos cargos de confiança e às ONGs financiadas pelos cofres públicos. Ou seja, vive do poder. Fico estarrecido quando leio que o partido pagava R$ 50 mil por mês para um humorista de internet falar bem da presidente.

Quase uma década antes do escândalo do petrolão, Cesar Benjamin, cientista político cofundador do PT, disse à revista Época: “Isso (o poder) foi vivido como ascensão social para um grande número de quadros, de lideranças do PT, que mudaram individualmente de classe social. Passaram a ter um nível de vida que não tinham e viveram isso muito alegremente”. Cesar havia deixado o partido em 1995.

Aqui jaz um partido. Mesmo que sobreviva (e vai sobreviver), o PT jamais conseguirá resgatar os ideais que motivaram a sua criação. Hoje, não passa de uma trincheira de interesses escusos. Esta será sua marca indelével.

Cid ataca Cunha e chama Temer de ‘chefe de quadrilha’

87 5

foto cid pdt

Em convenção realizada em Fortaleza, o ex-governador Cid Gomes confirmou neste sábado (17) sua filiação ao PDT. Em discurso no evento, Cid não poupou críticas ao presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e ao vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), a quem chamou de “chefe da quadrilha que achaca o País”.

“O PMDB é um partido podre e fisiologista, e o Temer é o chefe da quadrilha que achaca o País”, disse. Cid disse ainda que Eduardo Cunha é “o que existe de mais podre, cínico e demoníaco” na política brasileira.

Logo após o discurso, muito aplaudido por lideranças do PDT, Cid assinou ficha de filiação. O documento foi abonado pelo presidente nacional da legenda, o ex-ministro do Trabalho nos governos Lula e Dilma, Carlos Lupi.

Antigos aliados, cidistas e peemedebistas romperam em 2014, após Eunício Oliveira (PMDB) sair candidato ao governo do Estado. Além de Lupi, acompanhavam o ato o ministro André Figueiredo (Comunicações), o ex-ministro Ciro Gomes e o prefeito Roberto Cláudio.

(O POVO / Foto – Divulgação)

Passeio ciclístico destaca patrimônio histórico-cultural do Centro

73 1

foto cmfor 151017 centro ciclismo

O corre-corre diário do Centro de Fortaleza deu lugar a um passeio ciclístico, na manhã deste domingo (18), em um percurso de oito quilômetros. A iniciativa foi da Câmara Municipal, por meio do Pacto por Fortaleza em Ação, e teve como propósito chamar a atenção para o patrimônio histórico-cultural do bairro. A arquitetura com mais de 150 anos se encontra escondida por muitas fachadas de lojas.

A discussão sobre o Centro foi intensificada pelo Legislativo Municipal, desde o início do semestre, por meio de oito encontros temáticos: “Mobilidade, Trânsito e Transporte Público”, “Valorização das Vias e Passeios do Centro”, “Reforma do Mercado Central: Desafios e Conquistas”, “Requalificação de Edifícios Históricos, Praças e Espaços Culturais”, ”Comércio, Turismo, Geração de Emprego e Renda”, “Ambulantes, Feiras e Ocupações”, “Segurança Cidadã” e “Transferência da Sede da Câmara Municipal de Fortaleza para o Centro”.

Instabilidade política reduz investimento em obras viárias, diz consultor

A instabilidade política e regulatória gera baixo investimento em obras de mobilidade urbana, segundo o consultor da área de desenvolvimento urbano Tarcísio Gomes de Freitas. Ele criticou a falta de clareza sobre o volume de recursos que o governo federal pretende injetar nas infraestruturas de contorno viário em 2016. Essas obras permitem separar o tráfego local do trânsito pesado das principais rodovias que cortam o País. A discussão foi tema do 3º Seminário Internacional de Mobilidade e Transportes, realizado pela Câmara dos Deputados em parceria com a Universidade de Brasília (UnB).

“A Lei Orçamentária Anual [LOA] de 2016 não tem muitos contornos previstos. E o pior é que a maioria das rubricas tem dotação simbólica, ou seja, colocam-se projetos na Lei Orçamentária, mas não se tem clareza nenhuma do que realmente vai ser feito”, afirmou Freitas. “Nós vamos concluir que a maioria dos investimentos previstos na LOA não tem a menor condição de acontecer, porque não há projeto nem estudo ambiental em andamento. Isso é ruim porque, se a gente não sabe o que vai acontecer, o investidor também não sabe.”

O consultor falou dos engarrafamentos no entorno de Brasília, onde falta contorno viário para desafogar o trânsito da BR-020, que liga a capital a Fortaleza, no Ceará. Como exemplo bem-sucedido, ele citou a construção da Rodovia Parque (BR-448) em 2014, no Rio Grande do Sul, que encurtou o tempo de viagem pelas vias da região metropolitana de Porto Alegre.

Já o professor Benny Schvarsberg, da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UnB, usou as estatísticas do Observatório das Metrópoles para reforçar o quadro de imobilidade urbana. Ele relatou o aumento em 32,3 milhões da frota de automóveis nos últimos dez anos. Só em 2014, cerca de 3,2 milhões de novos carros entraram em circulação.

“Esse crescimento explosivo da frota ocorreu especialmente após algumas políticas anticíclicas adotadas (aumento de renda e desonerações fiscais) e ocorre de forma concentrada nas 17 regiões metropolitanas, que aglomeram 40% da população, 45% de automóveis e 23% das motos do País”, declarou.

(Agência Câmara Notícias)

Eunício cobra ação concreta de combate à seca

89 2

foto eunício 151017 pacajus

A falta de planejamento e a aquisição de equipamentos supérfluos levaram o Ceará a uma crise econômica, que atualmente agrava investimentos no abastecimento de água, na saúde, educação, segurança pública e na geração de emprego e renda.

A observação é do senador Eunício Oliveira, nesse sábado (17), em Pacajus, durante os encontros regionais do PMDB. “É uma das maiores secas da história do Ceará em 50 anos e o Governo não tem uma ação concreta de como resolver ou pelo menos minimizar o problema. Um exemplo é o atraso em obras como o Cinturão das Águas”, comentou o peemedebista, que também afirmou que o Estado divulga 120 escolas profissionalizantes que não existem.

O senador assegurou que, apesar da disputa partidária no Estado, está disponível para apoiar projetos que possam beneficiar o Ceará e a sua população mais carente. “O Ceará está acima de todos nós. Por isso estou sempre trabalhando para trazer recursos para o Estado”, comentou.

Cãomiada chama a atenção para a causa animal em Fortaleza neste domingo

foto caomiada

Cães e gatos estarão unidos em evento na Praia de Iracema, neste domingo (18), a partir das 16 horas, no aterro da Praia de Iracema, na I Cãomiada do projeto Vida Animal. O evento espera chamar a atenção para a causa dos animais abandonados na cidade e reivindicar mais espaços de passeio para os animais domésticos e seus donos.

Uma apresentação de adestramento será realizada durante o evento e profissionais tirarão dúvidas de proprietários de animais domésticos sobre os principais cuidados. Camisas da promoção VIDA BR serão vendidas no local, com doação da renda para ONGs que trabalham no cuidado, abrigo, adoção e castração dos animais.

STF livra o país do abismo ao impedir ‘impeachment fajuto’

56 3

Da Coluna Valdemar Menezes, no O POVO deste domingo (18):

Graças à intervenção do Supremo Tribunal Federal (STF) foi travada, na hora do gongo, a engrenagem aventureira do impeachment fajuto, que ameaçava arrastar o País ao abismo. Sem máscaras mais a esconder sua face despudorada, Eduardo Cunha – que despontava como o grande instrumento dos “moralistas sem moral” (no dizer da presidente Dilma Rousseff) para derrubar o governo legítimo do Brasil – foi encurralado pela revelação de suas contas secretas na Suíça e outras acusações de corrupção que já formam um volumoso processo.

O fato é que (segundo a presidente Dilma Rousseff e observadores internos e externos) a movimentação das forças derrotadas em favor do impeachment – iniciada logo após a proclamação do resultado das urnas – ganhou cada vez mais a conotação de articulação golpista, em busca de um atalho para a tomada do poder antes de 2018. E atalhos, como se sabe, podem levar incautos ao precipício.

Além da estratégia do impeachment, a direita trabalha objetivamente para impedir a candidatura de Lula em 2018. A perseguição ao ex-presidente se torna cada vez mais mesquinha e envolve setores que são acusados de partidarização, tanto no Ministério Público, como na Polícia Federal, numa escalada sem freios. A última mesquinharia foi a abertura de uma investigação para verificar se presidentes da República levaram para casa – quando deixaram o governo – algum presente recebido em viagens oficiais.

A última iniciativa para desmoralizar Lula é a divulgação de que ele estaria fazendo um acordo com Eduardo Cunha para livrá-lo da cassação, em troca da suspensão do impeachment contra Dilma. Ou seja, depois que foi desmascarado o principal personagem utilizado pelos golpistas para atingir seus objetivos, eles agora querem jogá-lo no colo de Lula e do PT, numa jogada cínica e escancarada, segundo as queixas.

Em nota, o Instituto Lula denunciou mais essa trama: “O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não participa nem estimula qualquer articulação para supostamente “proteger” o presidente da Câmara em procedimento do Conselho de Ética. (…) O Brasil sabe que é a oposição, e não o PT, que há um ano vem promovendo articulações espúrias e barganhas, dentro e fora do Congresso, na desesperada tentativa de derrubar um governo democraticamente eleito”.

É inacreditável que 20 anos de ditadura de nada tenham servido para abrir a mente das elites econômicas e políticas nacionais, que sempre tiveram reconhecidas dificuldades de conviver com a democracia em todas suas consequências.

Pesquisadora de mudanças climáticas diz que cidades mantêm erros do século XX

64 1

Apesar de responsáveis por 70% das emissões de gases do efeito estufa, que elevam a temperatura da Terra, as cidades caminham lentamente para se tornar sustentáveis. No Rio de Janeiro, obras de aterros agravam o cenário e podem elevar os impactos da alteração do clima, como a transmissão de doenças, problemas de saúde e desastres naturais.

O alerta é do Núcleo Latino-americano da Rede de Pesquisas sobre Mudanças Climáticas Urbanas, lançado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em parceria com instituições de pesquisa internacionais. A entidade reúne 600 cientistas de 150 países e apresentará na Conferência do Clima, em Paris, relatório sobre os impactos que já estão ocorrendo.

Segundo o documento, no Rio a previsão é que a temperatura suba 3,4 graus Celsius (°C) até 2080, com aumento de 82 centímetros do nível do mar e 6% no volume de chuvas. Em São Paulo, as chuvas podem subir 13,9% e a temperatura ser elevada em 3,9% – dentro da média prevista para as demais cidades do planeta, que terão entre 1°C e 4°C de aumento.

(Agência Brasil)

Pendências com o Fisco poderão ser resolvidas pela internet a partir de 2016

A Receita Federal estuda permitir que o contribuinte que cair na malha fina possa, a partir do ano que vem, justificar as pendências enviando, pela internet, documentos digitalizados em casa ou no escritório.

A medida faz parte de uma série de inovações em estudo pelo órgão. Até agora, as provas documentais eram apresentadas por meio de processos administrativos, e o contribuinte tinha que se dirigir a um centro de atendimento do Fisco. Muitas vezes, era obrigado a aguardar uma intimação para apresentar os documentos.

“Estamos desenvolvendo uma interface para o contribuinte chamar uma aplicação e enviar os comprovantes justificando as pendências que o Fisco identificou. Ou seja, vai se abrir na internet um e-Processo [processo eletrônico], e ele vai fazer a juntada dos documentos digitalizados diretamente de casa ou do escritório”, explica o subsecretário de Arrecadação e Atendimento da Receita Federal, Carlos Roberto Occaso.

(Agência Brasil)

Câmara Municipal promove passeio ciclístico no Centro neste domingo

Um passeio ciclístico por oito quilômetros no Centro-Histórico-Cultural deverá reunir neste domingo (18) políticos, atletas e cidadãos comuns na proposta da requalificação do Centro de Fortaleza. A iniciativa é da Câmara Municipal de Fortaleza, por meio do projeto Pacto por Fortaleza em Ação.

O passeio terá início às 7 horas, partindo do Theatro José de Alencar, e seguirá até a Praia de Iracema. A concentração será no Lord Hotel, local que poderá sediar o Legislativo Municipal.

Ceará é goleado, Fortaleza decepciona e futebol cearense chega ao fundo do poço

125 2

O Fortaleza decepcionou mais uma vez na Série C do Campeonato Brasileiro, ao deixar escapar o acesso à Série B, diante de uma Arena Castelão superlotada. O time tricolor não saiu do 0 a 0 com o Brasil de Pelotas, neste sábado (17), e se mantém na terceira divisão.

Já o Ceará foi goleado pelo Criciúma, por 3 a 0, e praticamente decretou sua queda para a Série C do próximo ano. O time, que lutava subir uma posição na tabela de classificação, acabou caindo mais uma.

André Figueiredo diz que candidatura à reeleição é ‘direito natural’ de Roberto Cláudio

57 2

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=o3sl9n2AaFU[/youtube]

O ministro André Figueiredo, presidente do PDT no Ceará, disse neste sábado (17), no Náutico Atlético Cearense, que a candidatura à reeleição do prefeito Roberto Cláudio é um “direito natural”.

A declaração ocorreu após a filiação do ex-governador Cid Gomes ao PDT. André não confirmou a vice do partido no Ceará para Cid, mas afirmou que será uma honra ter o ex-governador na sua vice.

Castelão e Detran valem R$ 1, cada um

foto alexandre figueiredo tce

Da Coluna O POVO Economia, no O POVO deste sábado (17), pela jornalista Neila Fontenele:

Você saber qual é o valor do estádio Castelão ou do prédio do Detran (no bairro da Maraponga) informado pelo governo ao Tribunal de Contas do Estado (TCE)? Eis a resposta: R$ 1.

Esses não são problemas isolados ou erros de digitação. A Secretaria de Controle Externo (Secex), comandada por Giovanna Cartaxo, fez um levantamento e comprovou que 37,4% dos bens imóveis do Estado tinham esse valor e 22% não apresentavam preço. Ou seja: 59,4% do patrimônio do Estado tinham valores entre zero e R$ 1.

Os números foram apresentados à coluna pelo conselheiro Alexandre Figueiredo, relator designado do Parecer Prévio que aponta irregularidades nas contas do Estado relativas ao exercício de 2014. Alexandre Figueiredo diz que esses problemas têm aumentado. Por essa razão, o TCE tem feito recomendações para as correções e agora pretende instaurar representações contra os gestores. A subavaliação de imóveis, segundo ele, é um problema recorrente, que pode gerar prejuízos ao estado.

O conselheiro afirma que não é possível o governo passar os preços de imóveis de R$ 1 para os valores de mercado de uma hora para outra. Por isso, o Parecer Prévio pede a atualização.

Na próxima terça-feira, o pleno do TCE deve avaliar as recomendações feitas pelo relator. As 70 ocorrências de irregularidades foram divididas em seis blocos para facilitar os julgamentos e estabelecer prazos para a regularização.

O Estado vinha argumentando que não era possível atualizar os preços dos imóveis, mas pelo jeito terá uma pressão extra, além da necessidade de fazer caixa através do programa de concessão de bens públicos.

Roberto Cláudio quer combater desigualdade social com investimentos em Educação

84 2

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=oXFQcJCIrWo[/youtube]

Para o prefeito Roberto Cláudio, Fortaleza deverá combater os índices da desigualdade social, a partir dos investimentos em Educação. É o que promete o prefeito, ao anunciar neste sábado (17), no ginásio do Náutico Atlético Cearense, mais investimentos na educação pública.

Escolas de Fortaleza podem implantar escotismo em 20 bairros

foto rádio 151017 clever

Escolas de Fortaleza localizadas em bairros com menores Índices de Desenvolvimento Humano podem receber o projeto Pacto Escoteiro, que propõe complementar a educação formal nas escolas públicas municipais no Ancuri, Autran Nunes, Bom Jardim, Cais do Porto, Canindezinho, Conjunto Palmeiras, Curió, Dendê, Genibaú, Granja Lisboa, Granja Portugal, Jangurussu, Parque Presidente Vargas, Passaré, Pedras, Pirambú, Praia do Futuro I, Praia do Futuro II, Sabiaguaba, Siqueira e Vicente Pinzón.

O debate foi ao ar neste sábado (17), no programa Educação & Cia, na rádio Assunção, pelos jornalistas Luciano Cléver, Herbênya Alves e Cláudio Teran, ao entrevistarem a presidente da União dos Escoteiros do Brasil/Região Ceará, Luíza Flávia, e o diretor de Relações Institucionais da entidade, Paulo Sérgio Lima.

No último mês, o vereador Professor Evaldo Lima (PCdoB), líder do prefeito na Câmara Municipal de Fortaleza, assinou o Pacto Escoteiro e solicitou para novembro uma audiência pública para debater o projeto Escotismo nas Escolas.