Blog do Eliomar

Últimos posts

Morre em Fortaleza a cantora Cláudia Barroso

751 21

imagem (1)

Morreu, nesta manhã de sexta-feira, a cantora Cláudia Barroso (83). Ela estava internada há semanas no Hospital Regional da Unimed, em Fortaleza. Foi vítima de complicações respiratórias. 

O velório, segundo sua filha, Kátia Barroso, ocorrerá a partir das 13 horas, no Cemitério Jardim Metropolitano (Eusébio).

O enterro, também no Jardim Metropolitano, ocorrerá neste domingo. Cláudia morava há anos em Messejana e sempre fazia a ponte aérea Fortaleza-Rio para shows.

Trajetória de sucesso

claudiabarroso-waldickSoriano

Ela foi namorada de Waldick Soriano.

Cláudia Barros começou a carreira na década de 1960, apresentando-se em clubes noturnos de São Paulo. Foi descoberta pelo maestro Portinho e por Mauro Duarte, que na época era diretor da Rádio Nacional e da gravadora RGE[1] . Seu primeiro disco, de 1962, um compacto de 78 rpm gravado pela Odeon, trazia as músicas Fica comigo essa noite, sucesso de Adelino Moreira e Nelson Gonçalves e Não, eu não vou ter saudade, de Vaucaire e C. Dumont, com letra em português de Romeu Nunes. Estreou em LP com Cláudia Barroso, em 1967.

A consagração, porém, só veio em 1971, quando lançou pela gravadora Continental o LP Cláudia Barroso. O disco trazia três composições próprias que fizeram sucesso[1] : Quem mandou você errarA vida é mesmo assim e Quando você errar.

Ainda nos anos 70 teve um romance com o cantor Waldick Soriano[2] . Também nessa época foi jurada do programa Silvio Santos, ainda na TV Globo, e mais tarde do programa comandado por Chacrinha[2] .

97% dos ouvintes da Rádio O POVO/CBN querem racionalização já da água na Grande Fortaleza

unnamed

Luiz Viana, apresentador do POVO no Rádio – telefones congestionaram.

A Rádio O POVO/CBN realizou, durante toda essa quinta-feira com seus ouvintes, enquete com a seguinte pergunta: Você acha que o Governo do Estado já devia adotar medidas de racionalização da água na Grande Fortaleza diante da perspectiva de continuidade da seca em 2016?

O resultado foi o seguinte: 97% dos ouvintes disse que “sim”, é hora do Governo adotar medidas contra o desperdício de´água, enquanto 7% disseram “não”.

A pesquisa não tem valor científico, mas sinaliza para uma certeza: o fortalezense está preocupado com a seca e com a falta d’água.

O Governo do Estado divulgou nota técnica da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do Estado (Cogerh) reconhecendo “situação hídrica crítica do Ceará”. Em Fortaleza, o que se vê facilmente é desperdício. Muitos insistem em esbanjar a água tratada lavando carro, calçada e cometendo outros excessos.

No âmbito do Governo, há quem defenda a adoção de bônus para quem economiza água e multa para quem desperdiça.

(Foto – Paulo MOsKa)

Camilo receberá bancada federal para almoço. No menu, verbas em todos os sentidos

CAMILO-SANTANA-1

O governador Camilo Santana (PT) receberá para almoço, nesta sexta-feira, no Palácio da Abolição, a bancada federal cearense. O menu é um só: apoio, via emendas, para a continuidade de uma série de projetos do Estado que, assim como demais, experimenta clima de cofre apertado em razão da crise no tesouro da união.

Camilo vai expor o quadro financeiro de alguns projetos que se encontram parados ou em ritmo desacelerado. Quer, entre eles, apoio para agilizar o Cinturão das Águas,  que será o canal por onde a água da Transposição do Rio São Francisco entrará no Estado.

Mas haverá apelos de caráter nacional, como a necessidade de financiamento para a saúde do País. Camilo não deixou de lado a luta pela CPMF, por exemplo.

Enquanto o feijão cozinha no panelão do Abolição, o governador vai se reunindo, nesta manhã, com o pessoal do Ceará Pacífico, estratégia que congrega vários órgãos do Estado e setores da sociedade civil em busca de programas e alternativas contra a violência.

Depois do encontro coma bancada federal, o governador ainda terá reunião com os secretários do Planejamento, Fazenda, Relações Institucionais, Casa Civil, Gabinete do Governador, PGE e Controladoria Geral do Estado. Tudo para implementar medidas de contenção de gastos no âmbito do Executivo.

Prêmio Nobel da Paz sai para Quarteto para o Diálogo Nacional da Tunísia

“O Prêmio Nobel da Paz 2015 foi concedido hoje (9) ao Quarteto para o Diálogo Nacional da Tunísia, pela contribuição para a construção de uma democracia pluralista após a Revolução de Jasmim de 2011. O resultado foi anunciado pela Academia Sueca.

O quarteto inclui organizações-chave da sociedade civil: a União Geral dos Trabalhadores da Tunísia (UGTT), a Confederação da Indústria, do Comércio e Artesanato (Utica), a Liga dos Direitos Humanos (LDHT) e a Ordem Nacional dos Advogados da Tunísia (Onat).

As quatro organizações que representam diversos setores e valores da sociedade tunisiana se uniram no verão de 2013, após o processo de democratização ter quase entrado em colpso, após uma onda de assassinatos políticos e de manifestações de protesto. Para o Comitê Nobel, o quarteto criou um processo político alternativo e pacífico, quando o país estava à beira de uma guerra civil.

“O Prêmio Nobel da Paz de 2015 é atribuído ao Quarteto e não individualmente a cada uma das quatro organizações”, frisa o comitê, lembrando que a Primavera Árabe – série de manifestações e conflitos em países muçulmanos pela democracia – começou precisamente na Tunísia em 2010 e 2011, espalhando-se rapidamente a outros países norte-africanos e do Oriente Médio.”

(Agência Lusa)

55% dos brasileiros não conseguem pagar a conta da farmácia

“Grande parte da população brasileira tem dificuldade ou simplesmente não consegue comprar os medicamentos que precisa. Isso foi constatado em diversas pesquisas recentes e prova que o país ainda enfrenta desafios nas questões mais básicas de saúde. Agora, com a crise econômica fazendo o desemprego avançar para 8,3% no semestre, o risco de mais brasileiros interromperem seus tratamentos fica cada vez maior.

Diante deste cenário, a Frente Parlamentar Mista para Desoneração dos Medicamentos retoma seus trabalhos no Congresso Nacional, comprometida em defender o desenvolvimento da economia nacional, colaborar com os poderes públicos nos estudos e nos problemas que envolvam o setor de saúde e, especialmente, propor medidas para desonerar a carga tributária do setor. Assim, é esperado um aumento do acesso à saúde e aos medicamentos por parte dos brasileiros.

No Brasil, os consumidores são responsáveis por quase 80% dos gastos totais de medicamentos, ou seja, eles compram remédios sem nenhuma ajuda do governo. Estudos mostram que 84% da população considera os medicamentos caros demais, sendo que 39% acreditam ser os impostos responsáveis pelo alto preço.

A carga tributária sobre medicamentos é uma das mais altas do mundo. Como consequência, cerca de 50% da população já teve que interromper o tratamento, segundo o Instituto Data Folha. Como é constatado pela literatura médica, a eficácia dos tratamentos é maior quando as doenças são combatidas precocemente e de maneira adequada.

Quando o paciente não faz o tratamento adequado ou simplesmente o abandona, o retorno dele ao médico causa um enorme impacto no sistema de saúde, já que estará fazendo novas consultas, exames e, provavelmente, estará com a doença agravada. Assim, o número de internações no sistema público de saúde aumenta e, muitas vezes, os tratamentos necessários acabam se tornando mais complexos e onerosos, devido ao estágio avançado da enfermidade. Ou seja, a falta de acesso e de adesão ao tratamento completo se converte em mais despesas para o governo.

A desoneração dos medicamentos, que hoje carregam 34% de tributos em seu valor, é a estratégia defendida pela Frente Parlamentar para permitir maior acesso e melhorar a saúde do brasileiro. Essa reivindicação já tem um exemplo de sucesso no país.

Em 2009, o Paraná reduziu o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) de medicamentos de 18% para 12%. A consequência imediata foi uma redução média de 9,08% no preço dos remédios, permitindo que mais brasileiros comprassem seus medicamentos.

Naquele ano, a arrecadação do ICMS com medicamentos teve no Paraná o maior aumento entre os oito principais estados do país, com um salto de 115%; enquanto os demais cresceram apenas 9%. A própria participação do Paraná no percentual de arrecadação de ICMS entre os oito estados também cresceu, saindo de 1,68% em 2008 para 3,25% em 2009.

O que aconteceria aos brasileiros dos outros estados se as demais unidades da Federação seguissem o exemplo do Paraná? Certamente, promoveriam maior acesso à saúde, maior consumo de medicamentos, o que poderia elevar a arrecadação dos entes federativos e, acima de tudo, maior qualidade de vida para a população brasileira

Ranking de impostos

O ICMS é o principal tributo que incide sobre os medicamentos, representando 18% do total em São Paulo. No Rio de Janeiro, o tributo chega a 19%. Considerando o valor final do remédio, os tributos são responsáveis em média por 34% do custo. Ou seja, a cada três caixas, uma é só de impostos.

Mundo afora, a realidade é bem diferente. Portugal, Holanda, Bélgica, França, Suíça, Espanha e Itália cobram até 10%. EUA, Canadá e Reino Unido têm tributação zero para medicamentos; a média mundial é de 6,3%.

Mesmo dentro do país, apesar dos medicamentos poderem ser classificados como bens essenciais, produtos como biquíni e ursinho de pelúcia sofrem menos tributações.

(Agência IN)

Irmãos Novais se filiam nesta sexta-feira ao PMDB

100 1

foto novais sérgio e eliane

O ex-deputado federal Sérgio Novais e a ex-deputada estadual Eliane Novais se filiarão ao PMDB, nesta sexta-feira (9), a partir das 9 horas, em ato na sede do partido (Bairro Meireles). A cerimônia terá à frente o presidente do PMDB no Ceará, senador Eunício Oliveira.

Os irmãos Novais deixaram o PSB e agora integram o quadro partidário do PMDB que filiou, somente em setembro, mais de 200 novas lideranças em Fortaleza.

Eliane Novais informa que vai disputar cadeira de vereadora por Fortaleza, enquanto Sérgio não postulará mandato. Eles deixaram o PSB depois que a direção nacional resolveu ceder para o deputado federal Danilo Forte, ex-PMDB, o comando da sigla no Estado.

Prefeitura de Fortaleza lança Refis inédito para permissionários

foto prefeitura refis 151009

Pela primeira vez, a Prefeitura de Fortaleza, através da Secretaria Municipal das Finanças, realiza o Refis Municipal de Créditos não Tributários. Os permissionários de bens e espaços públicos que tenham dívidas com o Município de Fortaleza já podem procurar a Secretaria Municipal das Finanças para obter desconto de 100% dos juros e multas na adesão ao Programa de Pagamento Incentivado (PPI). O desconto máximo será concedido durante o mês de outubro. Para aderir ao Refis, os permissionários não podem ter débitos tributários de 2015.

Os créditos não tributários incluem tarifas de permissão de uso de bens públicos, como mercados, praças e shopping de ambulantes (Beco da Poeira); multas por infração à legislação urbanística, sanitária e ambiental; imposição de débitos pelo Tribunal de Contas dos Municípios e outros débitos que não tenham origem de obrigação tributária.

O Refis Municipal para esses débitos terá vigência de três meses (outubro, novembro e dezembro). Para quem aderir ao Refis em outubro, estes descontos serão acrescidos de mais 20%, chegando a 100% dos juros e multas. Na adesão realizada no mês de novembro, o desconto extra é de 10%. Outra novidade para os permissionários é a possibilidade de parcelar débitos, sem desconto, em até 60 vezes, com parcela mínima de R$ 67.

(Prefeitura de Fortaleza)

Brasil está mais preparado para enfrentar crise do que no passado, diz Levy

O Brasil está mais preparado para enfrentar choques externos do que há 15 anos, disse nessa quinta-feira (8) o ministro da Fazenda, Joaquim Levy. Em debate com a diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, e o governador do Banco da Inglaterra, Mark Carney, Levy afirmou que o país aproveitou o período de bonança econômica para melhorar a estrutura econômica e social e ampliar as reservas internacionais.

Segundo o ministro, a tendência foi seguida pela maioria dos países latino-americanos, que não sofreram problemas como bolhas (valorização artificial) de ativos, como ocorreu com o crédito imobiliário nos Estados Unidos. “Temos agora, por exemplo, reservas internacionais que não tínhamos antes. Então, acho que esses países [da América Latina] estão recebendo os choques e digerindo”, disse Levy, que participa de reunião do FMI em Lima, no Peru.

Atualmente em torno de US$ 375 bilhões, as reservas internacionais funcionam como um seguro para crises externas, permitindo aos governos evitar problemas com a dívida externa caso a moeda local se desvalorize. Em relação aos avanços sociais, o ministro afirmou que o Brasil, assim como muitos países em desenvolvimento, investiu na formação de uma classe média e na redução da pobreza nos anos de crescimento.

“Nosso país e muitos países aproveitaram o dinheiro da época de bonança para fazer mudanças radicais, incluindo a redução da pobreza, a criação de uma classe média e ampliar o acesso à educação”.

(Agência Brasil)

Ministro diz não “ter a ilusão” de apoio de 100% do PMDB

O ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, disse nessa quinta-feira (8), após reunião entre a presidente da República Dilma Rousseff e a equipe ministerial, que não espera um apoio integral do PMDB no Congresso Nacional. Para ele, seria “ilusório” o governo contar como apoio de todos do partido. “Há um grupamento que desde 2014 tem definido posição contrária à nossa. Então não temos essa ilusão de, neste momento, trabalhar com 100% do PMDB. Isso não é real e não está no nosso planejamento”.

Segundo Wagner, o vice-presidente da República, Michel Temer, falou na reunião sobre a necessidade do partido, principal da base aliada, marcar reuniões semanais para o que chamou de “balizamento da bancada” do partido no Congresso, mesmo não havendo unanimidade dentro do PMDB. A presidenta Dilma, inclusive, reforçou a importância dessa articulação.

“Achei positiva a operacionalização dessa questão. A presidente disse que nós temos essa batalha, que a agenda principal é a agenda da economia, do crescimento. É importante que a gente fique bem atento a todos os movimentos da oposição, que podem aparecer a qualquer momento”, explicou Wagner, lembrando dos próximos desafios do governo no Congresso, que são a manutenção dos vetos presidenciais e a criação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF).

De acordo com Jaques Wagner, o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Ricardo Berzoini, fez um apelo aos ministros para que cumpram as promessas feitas pelo governo aos parlamentares. Segundo ele, parte da insatisfação da base aliada vem deste problema. “Eu insisto que a complementação dessa reforma é a desobstrução desses acordos feitos com os parlamentares, para que sejam operacionalizados. O deputado diz que foi feito acordo e ele não foi cumprido, por isso não vai lá [no plenário]. Acho que isso [o pedido de Berzoini] vai dar fluidez melhor na nossa relação”.

(Agência Brasil)

Dólar fecha abaixo de 3,80 pela primeira vez em mais de um mês

“Em um dia marcado pelo otimismo no mercado externo, a moeda norte-americana fechou abaixo de R$ 3,80, pela primeira vez, em mais de um mês. O dólar comercial encerrou esta quinta-feira (8) vendido a R$ 3,793, com queda de R$ 0,084 (-2,17%). A cotação está no menor nível desde 3 de setembro (R$ 3,76).

A moeda abriu com leve alta, oscilando entre R$ 3,87 e R$ 3,88, mas caiu depois das 11h até encerrar na mínima do dia. A divisa tem queda de 4,34% em outubro, mas acumula alta de 42,7% em 2015.

A cotação do dólar caiu em todo o planeta após a divulgação da ata da reunião do Federal Reserve (Fed, Banco Central norte-americano). No documento, integrantes do órgão informaram ser necessário esperar os efeitos da desaceleração da China sobre a economia norte-americana antes de tomar alguma decisão quanto aos juros básicos dos Estados Unidos, atualmente no nível mais baixo da história, entre 0% e 0,25% ao ano.

A possibilidade de que o Fed adie o aumento de juros da maior economia do planeta desestimula a fuga de capitais de países emergentes, como o Brasil, para títulos do Tesouro norte-americano, considerados o investimento mais seguro. Os juros mais altos nos países emergentes ajudam a atrair capital financeiro, empurrando para baixo a cotação do dólar.”

(Agência Brasil)

Corregedoria Geral de Justiça garante emissão de mais de 50 mil certidões de nascimento no Estado

“O programa de Erradicação do Sub-Registro Civil de Nascimento no Ceará possibilitou a emissão de 50.266 certidões na Capital e no Interior do Estado. A estatística, feita pela Corregedoria Geral da Justiça do Ceará, é referente ao período de janeiro de 2013 a setembro deste ano.

O projeto, coordenado pela Corregedoria, permite que as certidões de nascimento sejam emitidas na própria unidade de saúde onde foi realizado o parto. Esse serviço está disponível nas maternidades de mais de 20 comarcas do Interior e nas principais da Capital, entre elas, Gastroclínica, Unimed, Antônio Prudente, Hospital Geral de Fortaleza (HGF) e Dr. César Cals de Oliveira.

Implantado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o programa consiste na utilização do sistema informatizado interligado entre maternidades e cartórios de Registro Civil. “O principal objetivo é diminuir o número de pessoas sem registro civil no Estado do Ceará e garantir que o registro seja feito antes do recém-nascido receber alta hospitalar”, explica o coordenador do programa, juiz corregedor Demétrio Saker Neto.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no último Censo de 2010 realizado no Ceará, existiam aproximadamente 9,8 mil crianças, de até dez anos de idade, sem registro de nascimento. Dentre as causas do sub-registro estão os gastos com deslocamento aos cartórios e a falta de instruções dos pais, que adiam os registros dos filhos.

SERVIÇO

* O serviço de emissão das certidões de nascimento é simples e gratuito. Os documentos dos pais e o registro do recém-nascido emitido pela maternidade devem ser apresentados ao funcionário do cartório presente no hospital. A serventia registrará o nascimento e emitirá a certidão, que será assinada pelos pais e titular do cartório e fixada com o selo oficial.”

(Site do TJ/CE)

UFC é sede do I Simpósio Cearense em Doença de Chagas

chagass

Estão abertas até sábado as inscrições para o I Simpósio Cearense em Doença de Chagas. A promoção é do Laboratório de Pesquisa em Doença de Chagas (LPDC) da Universidade Federal do Ceará e ocorrerá de 12 a 14 de novembro, no auditório do Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos (NPDM), da UFC (Bairro Rodolfo Teófilo).

O Simpósio é voltado para profissionais e gestores em saúde, professores universitários, pesquisadores, estudantes de graduação e pós-graduação e para a sociedade em geral interessada no tema. O objetivo principal é difundir novos conhecimentos da doença de Chagas em relação a diagnóstico, clínica, tratamento, acompanhamento farmacoterapêutico e vigilância epidemiológica. Veja a programação completa do Simpósio: http://goo.gl/wIIX8c

DETALHE – O encontro é também uma comemoração aos 10 anos do Serviço de Atenção Farmacêutica da UFC aos portadores de doença de Chagas.

SERVIÇO

*As inscrições são gratuitas e devem ser feitas através de formulário eletrônico (https://goo.gl/OyZao9).

*A organização do evento solicita que os participantes levem um quilo de alimento não perecível, a ser doado para instituições de caridade.

(Site da UFC)

Sai primeiro edital de licitação para venda de imóveis da União

“O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão publicou o primeiro edital de licitação para venda de imóveis da União. O edital faz referência a oito imóveis no estado do Rio de Janeiro. As unidades são parte de um lote de 20 imóveis distribuídos em sete estados que o Planejamento pretende licitar com expectativa de arrecadar R$ 94,8 milhões.

O ministério divulgou ainda avisos de licitação com informações sobre a concorrência para venda dos demais imóveis desse primeiro lote. Além do Rio, serão alienadas unidades no Amazonas, Bahia, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, São Paulo e Pernambuco. Para o ano que vem está prevista venda de mais imóveis e terrenos da União, com previsão de arrecadação de R$ 1,769 bilhão.

Com essas operações, o governo pretende reformar alguns prédios públicos e construir edifícios novos. De acordo com o Planejamento, no médio e longo prazos isso trará economia nos gastos com aluguel. O ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, detalhou como funcionará a estratégia no fim de agosto. Segundo ele, as medidas são parte da reforma administrativa do governo.”

(Agência Brasil)

Procon divulgará medidas para garantir direitos da clientela em clima de greve dos bancários

apro

A titular do Procon Fortaleza, Cláudia Santos, dará entrevista coletiva, às 14 horas desta sexta-feira, na sede do órgão (Centro), para anunciar um conjunto de medidas administrativas e jurídicas que serão tomadas pelo órgão a fim de garantir que sejam respeitados os direitos dos consumidores da Capital durante o período de greve dos bancários. O objetivo é minimizar os impactos da paralisação, garantindo os serviços essenciais prestados pelas agências.

Alguns consumidores relataram ao Procon que estão sendo impedidos de entrar nas agências. Há também relatos da falta de envelopes para realização de depósitos no autoatendimento. De acordo com o Código de Defesa do Consumidor (CDC), os bancos precisam garantir o abastecimento dos caixas eletrônicos com dinheiro em espécie, envelopes para depósito, bem como o número mínimo de funcionários de atendimento ao público.

Segundo Cláudia Santos, o Procon Fortaleza, os consumidores não podem ser prejudicados com cobrança de juros e multas, nos boletos e faturas com data de vencimento durante o período de greve.

Trabalhadores do HUWC e Maternidde-Escola protestarão nesta sexta-feira em defesa dos empregos

hospital-walter-cantidio(1)

Do Movimento Democrático dos Trabalhadores da Sameac (MDTS), recebemos a seguinte nota, em tom de convocação:

Trabalhadores com até 29 anos de serviço, ameaçados de perder os empregos no Complexo Hospitalar da UFC, em greve, realizam ato nesta sexta em frente à Maternidade Escola. Além de um café da manhã solidário, os funcionários em greve convidam a população para um abraço simbólico àquelas instituições de saúde e educação.

Como já é sabido, o governo federal impôs as demissões em massa até o dia 31 de dezembro de 2015 (Portaria 208 do MEC), gerando indescritível abalo moral nos trabalhadores e terrível sensação de impotência causadora, inclusive, de assédio moral coletivo, conduta discriminatória e despedidas arbitrárias de mais de 700 pessoas na SAMEAC, que funciona junto a UFC há 51 anos.

Discriminatória, pois a maioria dos trabalhadores está entre 40 e 60 anos de idade e até 29 anos de serviço junto à UFC. Arbitrária por não terem dado motivo em seus serviços para serem despedidos e estarem entre os mais capacitados e experientes na saúde do Estado do Ceará, corresponsáveis pela posição do hospital como referência nacional em transplante de fígado e rins.

A SAMEAC, com seus trabalhadores e trabalhadoras, funciona prestando serviços diretamente à UFC, Hospital Universitário (HUWC) e Maternidade Escola (MEAC), sendo completamente financiada pelo Poder Público, sem patrimônio próprio, com mais de setecentas pessoas em atividade, em grande parte com mais de vinte e nove anos de serviço.

Nunca teve fins lucrativos, não recebe remuneração contratual como SAMEAC e os bens que foi adquirindo foram repassados à UFC, o que demarca sua situação diferenciada, a qual deve receber tratamento, também, excepcional.

Há casos idênticos no Brasil em que os trabalhadores foram preservados, respeitando as pessoas que estão com aposentadoria próxima e impondo a responsabilidade solidária pelo pagamento das verbas rescisórias à Universidade. Foi o que ocorreu entre a FUNPAR e a UFPR, no Paraná, que firmaram acordo extrajudicial junto ao MPT e conseguiram preservar 916 empregados por mais cinco anos.

Ainda, o STF (ADIN nº 1.923/DF), em 16/04/2015, decidiu sobre a constitucionalidade do tipo de serviço prestado por instituições sem fins lucrativos como a SAMEAC junto à saúde, o que impõe o afastamento de decisões contrárias, como a do TCU de 2006.

De modo infeliz, A NEGOCIAÇÃO QUE VINHA SENDO FEITA PELOS ENTES ENVOLVIDOS PARA A POSSIBILIDADE DE UMA PRORROGAÇÃO DOS CONTRATOS PELO MENOS POR MAIS DOIS ANOS, foi unilateralmente interrompida o que levou os trabalhadores em luta a entrarem em greve desde o dia 05.10.15.

Nesse sentido, clama-se pelo apoio da sociedade para que estas mais de 700 pessoas humanas possam ter sua dignidade respeitada, como já ocorreu em outros estados.
Obrigado pela atenção.

MDTS

Ex-deputado Stanley Leão admite disputar a Prefeitura de Pacatuba

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=GvJuoi4afXM[/youtube]

O município de Pacatuba (Região Metropolitana de Fortaleza) promete ter eleições bem movimentadas em 2016.

O ex-deputado estadual Stanley Leão, agora filiado ao PSDB, já admite entrar na disputa pela Prefeitura desse município.

Stanley Leão, inclusive, embarcou para Brasília, onde ai conversar com os senadores Tasso Jereissati (PSDB) e Eunício Oliveira (PMDB). Isso, dentro do objetivo de procurar costurar uma forte aliança politica.

Leitor que fez queixa manda nota para o Blog

80 1

burrocc

Do leitor Alex Oliveira, também radialista, recebemos a seguinte nota:

Caro Eliomar de Lima,

É com o sentimento de agradecimento que hoje venho comunicar que o buraco na Rua Corumbá com Avenida Silas Munguba, foi consertado. Ainda falta o asfalto, é verdade, mas já valeu a pena.

Com o trânsito que tem nessa rua – carros pesados e ônibus, sem o asfalto acho que o buraco pode voltar. Agradeço ao Blog do Eliomar e à Prefeitura.

Atenciosamente,

*Alex Oliveira
Radialista / Sonoplasta e Editor.