Blog do Eliomar

Últimos posts

Mesmo preso, deputado tem candidatura à reeleição homologada em Santa Catarina

Mesmo cumprindo prisão em regime semiaberto, o deputado João Rodrigues (PSD-SC) teve seu nome homologado na convenção estadual do PSD, realizada no último sábado (21), para disputar novo mandato no pleito deste ano. A candidatura, no entanto, ainda depende de decisão judicial para ser registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O parlamentar foi condenado a cinco anos e três meses de reclusão em regime semiaberto pelo Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região. Atualmente, Rodrigues tem autorização do Supremo Tribunal Federal (STF) para trabalhar durante o dia na Câmara dos Deputados.

Para registrar a candidatura, João Rodrigues aguarda o julgamento, pelo STF, de recurso contra sua condenação no qual alega que o processo está prescrito e que não houve danos ao erário. O deputado foi condenado por fraude e dispensa irregular de licitação para a compra de uma retroescavadeira, em 1999, quando era vice-prefeito de Pinhalzinho, em Santa Catarina, e assumiu a prefeitura interinamente por 30 dias.

“Eu não pratiquei o crime, o meu processo é uma coisa absurda. O meu recurso não foi aceito, e foi expedido o mandado de prisão imediatamente. Sou o único condenado em única instância, lá [no TRF4] foi por 3 votos a 2 em 2009. Quando condenado, o acórdão dizia que, mesmo não havendo danos ao erário público, os atos não foram praticados por mim”, disse o deputado.

“O STF não reconheceu meu recurso, mas o relator [ministro Luiz] Fux pediu minha absolvição por não ter danos ao erário. O processo está prescrito, não há outro resultado a ser a extinção dele”, disse Rodrigues à Agência Brasil.

Segundo o deputado, a expectativa é que o julgamento do recurso seja pautado no retorno das atividades da Suprema Corte, em recesso até o dia 1º de agosto. “Sou um presidiário hoje, mas vou disputar eleição. Saio direto da cadeia para disputar as eleições”, afirmou o parlamentar. O PSD homologou, na convenção de sábado, o nome de 12 candidatos a deputado federal e 28 a deputado estadual.

Conselho de Ética

No último dia de atividades antes do recesso parlamentar, o processo contra Rodrigues foi arquivado por unanimidade no Conselho de Ética da Câmara. No entendimento do colegiado, o deputado catarinense é inocente das acusações pelas quais foi condenado.

Além de Rodrigues, o conselho arquivou o processo contra o deputado Celso Jacob (MDB-RJ). Ele foi condenado em 2006 por falsificação de documento público e dispensa irregular de licitação quando era prefeito de Três Rios, no Rio de Janeiro.

A pena de Jacob é de sete anos e dois meses em regime semiaberto. No início do cumprimento da pena, ele foi autorizado a exercer o mandato na Câmara durante o dia e a retornar ao presídio no período noturno. O benefício, contudo, foi revogado. Mesmo com decisão já transitada em julgado, o deputado pediu a revisão da condenação. Atualmente, Celso Jacob cumpre a pena em regime aberto.

(Agência Brasil)

Vozão joga de igual contra o Inter, mas leva gol em “apagão” da defesa

O Ceará segurou a equipe do Internacional, durante todo o primeiro tempo e por quase toda a segunda etapa, na noite desta segunda-feira (23), em pleno estádio Beira Rio, em partida válida pela 14ª rodada do Brasileirão. O Inter somente chegou ao gol da vitória, aos 31 minutos do segundo tempo, por meio de William Pottke, após três jogadores do time gaúcho tocarem na bola, sem a intervenção da zaga alvinegra.

Com o resultado, o Ceará permanece na lanterna do Brasileirão, enquanto o Inter retorna ao G4. O Vozão volta a jogar no sábado (28), diante do Fluminense.

(Foto: Reprodução)

Campanha Solidária será apresentada ao empresariado na Fecomércio

Várias empresas estão sendo convidadas a participar, no próximo sábado, 28, no auditório da Federação do Comércio do Ceará (Fecomércio), da primeira edição do Encontro Solidário. A promoção é das entidades sociais envolvidas na Campanha Sorriso Largo.

As empresas conhecerão, em primeira mão, os detalhes da 13ª edição dessa campanha, que será lançada no dia 2 de agosto próximo. Neste ano, a meta é beneficiar 30 entidades de Fortaleza e da Região Metropolitana, informa a organização.

No grupo que promove a campanha estão a ACERT, Caixa Econômica Federal, Casa de Vovó Dedé, Bezerra & Oliveira, Exército Brasileiro, Expressão Gráfica, LabPasteur e Unimagem, Mudanças Granero, NP Informática, Rádio Liderança, SECOVI, FIEC, Supermercado Lagoa, Tribunal de Justiça e ViaDigital.

DETALHE – Em doze anos de realização, a Campanha Sorriso Largo já arrecadou mais de 98 mil brinquedos beneficiando crianças de 377 entidades sociais.

SERVIÇO

*A Campanha está nas redes sociais pelo Facebook e Instagran (SorrisoLargo).

*Fecomércio – Rua Pereira Filgueiras, 1070, esquina com Rua João Cordeiro.

Horizonte e Itaitinga ganham novas varas

190 1

O presidente do Tribunal de Justiça do Ceará, desembargador Gladyson Pontes, vai instalar, nesta terça-feira (24), às 9 horas, a 2ª Vara da Comarca de Horizonte, e, às 11 horas, a 2ª Vara de Itaitinga, ambas na Região Metropolitana de Fortaleza. A informação é da assessoria de imprensa do TJCE, adiantando que o aumento de unidades judiciárias é possível com a nova Organização Judiciária do Estado (lei nº 16.397/2017). O objetivo é racionalizar e otimizar a estrutura do Judiciário, criando varas onde há maior demanda processual, conforme orientações do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Os processos que tramitam, atualmente, na 1ª Vara das referidas comarcas serão redistribuídos na proporção de 50% para as novas unidades, no prazo máximo de 60 dias. As demandas de competência privativa das novas varas serão redistribuídas em até 30 dias.
A redistribuição não prejudicará a apreciação de casos considerados urgentes, envolvendo, por exemplo, réus presos, pedidos de relaxamento de prisão e de liberdade provisória.

O aumento de varas contempla outras regiões do Ceará. Nesta quinta-feira (26/07), o TJCE implantará a 3ª Vara de Canindé. O cronograma terá também a instalação de novas unidades em Acaraú, Beberibe, São Gonçalo do Amarante, Caucaia, Iguatu, Russas, Viçosa do Ceará, Trairi, Icó, Juazeiro do Norte, Sobral e Maracanaú. Fortaleza já inaugurou a 4ª Vara de Delitos de Tráfico de Drogas, e Ocara passou a contar com Vara Única.

(Foto – TJCE)

USP oferece curso para formar especialistas em computação aplicada à educação

Propiciar um contato direto com diferentes tecnologias computacionais que têm potencial para revolucionar a educação brasileira. Esse é o principal objetivo do primeiro curso de pós-graduação a distância lançado pelo Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da Universidade de São Paulo, em São Carlos: uma especialização em computação aplicada à educação. Qualquer pessoa com formação universitária pode se inscrever na iniciativa, já que não é necessário possuir conhecimento prévio na área de computação e programação, informa a assessoria de imprensa do ICMC/USP.

Durante os 23 meses do curso, os participantes conhecerão as técnicas, práticas e ferramentas mais avançadas na área de computação que dão apoio aos processos de ensino e aprendizagem. Entre os tópicos que serão abordados estão, por exemplo, métodos motivacionais que podem ser utilizados no ambiente computacional para reduzir a evasão de alunos e técnicas da computação que permitem personalizar a aprendizagem, de acordo com as necessidades dos estudantes e dos professores. Além disso, serão apresentadas tecnologias abertas, colaborativas e de imersão – tais como as que já são utilizadas em jogos e as que possibilitam criar realidade aumentada ou virtual –, e também técnicas e ferramentas baseadas em inteligência artificial.

“Todas essas tecnologias têm potencial para mudar radicalmente a interação do estudante com o ambiente educacional, aumentando a interação com o conteúdo que é ensinado. Consequentemente, é possível aprimorar a qualidade do ensino bem como os resultados de aprendizagem em todos os âmbitos, quer seja no ensino fundamental, médio ou superior”, explica o professor Seiji Isotani, do ICMC, coordenador do novo curso.

Como participar

Para se inscrever na especialização, basta realizar o cadastro no sistema online de inscrição disponível no site do curso até dia 30 de setembro. A taxa de inscrição é de R$ 150. Serão selecionados, no máximo, 300 candidatos de todo o Brasil. O processo seletivo consistirá na análise dos documentos enviados durante a inscrição e o resultado final será informado via e-mail. Após a divulgação do resultado, o candidato aprovado deverá manifestar interesse na vaga, também via e-mail, e efetuar o pagamento da taxa de matrícula (R$ 390) em até sete dias. O valor da taxa é idêntico ao da mensalidade do curso, que totaliza 23 parcelas de R$ 390.

Serão oferecidas, ainda, algumas bolsas de estudos para os alunos matriculados, os quais terão isenção total no pagamento da matrícula e das mensalidades. A seleção dos bolsistas também será realizada por meio da análise dos documentos enviados na inscrição. Haverá prioridade para a concessão de bolsas a professores, gestores e funcionários de rede pública que trabalham no ensino fundamental e médio (veja os demais critérios de seleção no site).

Aulas à distância

Todas as informações referentes ao acesso ao ambiente online de aprendizagem e também em relação ao primeiro encontro presencial serão enviadas aos selecionados logo após a confirmação da matrícula. As aulas no ambiente online começarão dia 15 de outubro e o primeiro encontro presencial já está agendado: acontecerá nos dias 20 e 21 de outubro no ICMC, no campus da USP, em São Carlos. Conhecida como a capital da tecnologia, São Carlos está localizada no centro do Estado de São Paulo, a apenas 244 quilômetros da capital paulista, 146 quilômetros de Campinas e 101 de Ribeirão Preto.

Os títulos de algumas das disciplinas que serão oferecidas dão pistas sobre o conteúdo que será abordado em cada uma: “Gamificação da aprendizagem”; “Inteligência artificial na educação”; “A revolução das tecnologias da computação e o potencial de aplicação na educação”. Além do professor Seiji Isotani e da professora Ellen Francine, ambos do ICMC, o corpo docente do curso é multidisciplinar e agrega profissionais qualificados, todos com doutorado, que atuam em diferentes centros de pesquisa e ensino como a Escola Politécnica da USP, a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, a Universidade Federal de Alagoas, a Universidade Federal de Pernambuco e a Universidade do Vale do Rio dos Sinos. A especialização conta, ainda, com o apoio do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) e da Fundação de Apoio à Física e à Química (FAFQ).

(Foto – Ilustrativa)

Casa da Amizade Brasil-Cuba no Ceará comemora 27 anos

269 1

A Casa da Amizade Brasil/Cuba do Ceará vai comemorar, nesta quinta-feira, na sede da Adufc Sindicato, seus 27 anos de atuação no Estado. Para marcar a data, haverá, das 18 às 22 horas, o evento Uma Noite Cubana. O objetivo é também relembrar o Dia da Rebeldia Cubana, quando em 1953, com a tentativa de tomada do Quartel Moncada, foi plantada a semente do que seria anos depois a Revolução Cubana. A noitada promete, pois haverá música caribenha, mojitos e toda a energia do Maracatu Solar.

A celebração do 26 de julho – Dia da Rebeldia Cubana – ocorre nesta semana em várias entidades solidárias a Cuba no Brasil e no mundo e, desta vez, tem um sabor mais especial. Neste momento, Cuba passa por uma nova mudança, que consolida o país como uma genuína democracia. O povo cubano, após aprovação do projeto de mudança da Constituição do país pelos congressistas, vai debater as propostas e participar de um referendo para decidir sobre os rumos do país que é exemplo para o mundo na medicina, na segurança e na educação, consideradas logros da Revolução Cubana.

Entre as mudanças propostas no projeto da Nova Constituição estão as novas bases para integrar diferentes atores econômicos, reconhecendo o papel do mercado na economia socialista da ilha, o investimento estrangeiro e novas formas de propriedade, entre elas a privada. Outra proposta trata sobre os casamentos na ilha. Diferentemente da Constituição em vigor, que data de 1976, o projeto define o casamento como a união acordada entre duas pessoas, sem precisar o sexo, o que abre caminho para o casamento homoafetivo, uma importante reivindicação da comunidade LGBT.

SERVIÇO

*Adufc Sindicato – Avenida da Universidade, 2346 – Benfica.

*Casa da Amizade Brasil/Cuba do Ceará – (85) 9-99255762.

(Foto – Veja)

Mobilização vai cobrar mais recursos para a Cultura no Estado

O presidente da Academia Cearense de Letras, Ubiratan Diniz Aguiar, está organizando para o dia 8 de agosto, no Theatro José de Alencar, encontro de todas as academias de letras do Estado.

O objetivo é promover um ato em defesa de mais investimentos para a área da Cultura.

“Nós queremos apresentar todas as fontes de cultura que temos, expor o que tem sido feito e como isso pode ser ampliado no Ceará”, explica Ubiratan, de olho na próxima gestão do Estado e nos prefeitos.

“Eu digo sempre que uma sociedade só avança investindo em cultura, família e educação. Esse tripé é importante, inclusive, na luta contra a violência”, destaca o presidente da Academia Cearense de Letras.

(Foto – Reprodução de TV)

Eunício já tem coordenador da sua campanha de reeleição

419 1

Bruno Menezes, publicitário e que chegou a responder pela Semace (Era Cid Gomes), já está em Fortaleza para coordenar o trabalho de marketing da futura campanha de reeleição do senador Eunício Oliveira (MDB).

Ele já se afastou, inclusive, de cargo na Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Eunício será candidato à reeleição. Com ou sem Camilo.

(Foto – Semace)

Sesi vai apresentar cases de sucesso para empresários

O Centro de Inovação em Economia para a Saúde e Segurança (CIS) do Sesi vai apresentar cases de sucesso durante reunião da Federação das Indústrias do Ceará. Será nesta terça-feira, a partir das 18h30min, durante reunião de diretoria da Fiec, na Casa da Indústria.

Em parceria com a Universidade de Johns Hopkins, o CIS desenvolveu uma tecnologia inovadora que deve mudar a forma como empresas do Brasil inteiro se relacionam com a saúde de seus colaboradores: a Ferramenta SESI de Cálculo do Retorno sobre o Investimento. Ela mensura o retorno sobre o investimento em produtividade e economia em assistência médica. A ferramenta consegue ter um mapeamento da saúde dos colaboradores das empresas e será capaz de apontar, ainda, o retorno do investimento em saúde em valores, para que os empresários consigam visualizar o resultado das ações.

SERVIÇO

*Fiec – Avenida Barão de Studart, 1980 – 5º andar.

Sobral divulga resultado da primeira fase de seleção pública para coodenador pedagógico

O Instituto ECOA Sobral (Zona Norte) divulgou, nesta segunda-feira, 23, no site ecoasobral.org, o resultado da primeira etapa de seleção para o cargo de Coordenador(a) Pedagógico(a). Confira no link nos nomes e o cronograma de datas, horários e local das entrevistas – http://bit.ly/2NB0Qk8.

SERVIÇO

*Mais Informações – (88) 3611-3324
*E-mails: comunicaecoa@gmail.com / formacaoecoa@gmail.com

Em vigor regras de competição para o setor da telecomunicação do País

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) publicou hoje (23) no Diário Oficial da União (DOU) a resolução que altera o Plano Geral de Metas de Competição (PGMC). A proposta, que havia sido aprovada há duas semana, estabelece diretrizes e medidas para promover a concorrência nos mercados de telecomunicações. O plano que estava válido até então havia sido criado pela agência em 2012.

Entre as mudanças, o novo plano que valerá pelos próximos quatro anos define quatro níveis de competição entre os municípios, que passam a ser classificados como: competitivos, potencialmente competitivos, poucos competitivos e não competitivos. Em cada uma destas categorias, portanto, a agência deve adotar medidas diferentes de acordo com as necessidades.

Para os da primeira categoria (competitivos), a Anatel entende não haver necessidade de intervenção regulatória, mas apenas garantir a transparência. A segunda categoria abrange cidades com mercados potencialmente competitivos, onde podem ser aplicadas medidas mínimas.

Na categoria 3, estão mercados pouco competitivos, para os quais a Anatel precisa implantar medidas mais robustas de modo a promover a competição. Já na categoria 4, estão mercados sem competição, onde há a necessidade de uma política pública de subsídio mais forte para possibilitar que pessoas acessem o serviço.

Empresas

Um segundo recorte adotado no Plano, mantido da versão anterior, é a regulação de empresas de acordo com o seu tamanho. Aquelas com maior participação são enquadradas como firmas com Poder de Mercado Significativo (PMS), passando a estar submetidas a medidas específicas que não serão direcionadas a companhias menores.

No mercado de interconexão fixa (redes físicas onde se dá o tráfego de dados e voz), entram nesta categoria operadoras como Oi, Claro e Telefônica. Este grupo ficará sujeito à oferta de serviços com transparência e controle de preços. Já no mercado de interconexão móvel, seriam classificadas como PMS as operadoras Oi, Claro, TIM e Vivo. Aí também deveria ser obedecida oferta com transparência, com controle de preços e formas específicas de cobrança.

O novo Plano de Metas de Competição criou um novo mercado, denominado de “interconexão de dados de alta capacidade”. O título de PMS valeria para Oi, Claro, Algar, Telefônica e Copel. Neste mercado, haveria exigências de transparência nas cidades da categoria 2 (mercados potencialmente competitivos) e controle de preços nos municípios da categoria 3 (baixa competição). A definição das categorias será realizada pela agência em outro momento.

Outra novidade do Plano foi a criação do conceito de Prestadores de Pequeno Porte (PPP), que detêm participação de no máximo 5% do mercado nacional no varejo. “As PPPs terão, à medida que a Anatel atualizar seus regulamentos, uma menor carga regulatória. O Plano também identifica as prestadoras com Poder de Mercado Significativo (PMS), às quais são direcionadas regras para garantir a competição e a entrada de novas empresas nos mercados de telecomunicações”, diz a Anatel.

Radiofrequências

Além da resolução sobre o PGMC, a Anatel também publicou outra resolução que trata da de cobrança de Preço Público por Direito de Uso de Radiofrequências (PPDUR). A norma estabelece o valor a ser pago pelo direito de uso de radiofrequências, trata da aplicação de fórmula para estabelecer o preço mínimo de referência em licitações de direito de uso de radiofrequências e estabelece critério para cobrança da prorrogação do direito de uso de radiofrequências.

A resolução diz que poderá haver pagamento à vista ou parcelamento do preço público pela autorização de uso de radiofrequências ou por sua prorrogação. No caso de parcelamento, a norma diz que haverá parcelas anuais iguais, desde que o valor das parcelas seja igual ou superior a R$ 500.

“No caso de pagamento parcelado, o número máximo de parcelas anuais será igual ao prazo, em anos, do Direito de Uso de Radiofrequências, e o valor de cada parcela será atualizado pela taxa referencial do Sistema Especial de Liquidação e Custódia – SELIC, acumulada mensalmente, desde a data da publicação do extrato do Ato de Autorização de Uso de Radiofrequências no Diário Oficial da União – DOU, até a data de vencimento da parcela”, diz a norma.

(Agência Brasil)

Fortal 2018 – Menor de 16 anos desacompanhado não pode participar da micareta

418 1

O juiz Francisco Jaime Medeiros Neto, coordenador das Varas da Infância e da Juventude de Fortaleza, proibiu a participação de menores de 16 anos desacompanhados no Fortal, o Carnaval fora de época de Fortaleza que ocorrerá de 26 a 29 deste mês de julho. A informação é da assessoria de imprensa do TJCE.

A determinação consta na Portaria nº 02/2018, publicada no Diário da Justiça dessa sexta-feira (20/07). Ficará permitida a entrada de jovem desacompanhado somente se comprovar idade mínima de 16 anos. Nos demais casos, é preciso a companhia dos pais ou responsáveis.

Os organizadores e promotores do evento devem realizar o controle de ingresso junto às entradas de acesso, afixar em lugar visível e de fácil acesso cartazes, faixas, banners com relação às exigências de faixa etária e porte de documentos, além de proibir a venda e fornecimento de bebidas alcoólicas aos menores.

Halleluya 2018

O magistrado também disciplinou a entrada de crianças e adolescentes no Halleluya, que será realizado de 25 a 29 deste mês, no Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU), na avenida Alberto Craveiro, bairro em Castelão, em Fortaleza.

A medida consta na Portaria nº 03/2018, também publicada na sexta-feira. No documento, o juiz estabelece que as crianças de até 12 anos poderão entrar, desde que acompanhadas dos pais ou outros adultos responsáveis.

PT do Ceará respaldará sábado reeleição de Camilo e decidira se brigará por vaga de senador

402 2

O Partido dos Trabalhadores vai realizar, a partir das 9 horas, no Hotel Praia Centro, o seu Encontro de Tática Eleitoral. Nessa ocasião,a legenda reunirá filiados delegados das correntes do partido para decidirem, através de votação, o rumo da sigla nas eleições. A informação é da assessoria de imprensa do PT.

Vão participar do encontro os delegados escolhidos pelas chapas do partido no Estado. Ao todo, serão 300 nomes que votarão a aprovação dos nomes para a chapa proporcional, a reeleição do governador Camilo Santana, o nome de Lula para presidente e decidindo ainda se o PT sairá com um candidato para a vaga ao Senado.

“Nossa prioridade é eleger Lula e reeleger Camilo ainda no 1° turno. Temos que retomar a democracia neste país com a presença de um governo que lute pelos direitos do trabalhador”, afirma o presidente do PT Ceará, Moisés Braz.

DETALHE – Em todo o país os Encontros Estaduais do Partido serão realizados no período de 27 a 29 de julho, com exceção de Amazonas, Amapá, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Tocantins e Rondônia, que mararam reunião para o dia 2 de agosto próximo. Já o encontro Nacional será realizado entre os dias 3 a 5 de agosto de 2018.

TCE avisa: termina dia 31 de julho o prazo para entrega da prestação de contas de órgãos estaduais

O Tribunal de Contas do Ceará alerta: órgãos e entidades estaduais devem envio as prestações de contas anuais, relativas ao exercício 2017, até a próxima terça-feira, dia 31 de julho. Na data, terminará o prazo para encaminhamento online dessa obrigação de gestão. O período havia sido prorrogado de 30 de junho para 31 deste mês, em atendimento aos gestores que estavam se adaptando à nova plataforma eletrônica, o sistema Ágora.

Segundo a assessoria de imprensa do TCE, este é o primeiro ano que a ferramenta é usada para a remessa de dados, informações e documentos ao Tribunal. O programa foi desenvolvido pela empresa Ernst & Young, juntamente com o Tribunal, e marca o início de um novo modelo de envio, processamento e análise das prestações de contas, com forte automatização de procedimentos.

Ágora

O Ágora executa uma série de algoritmos e fornece para os analistas do TCE possíveis irregularidades nas informações fornecidas, possibilitando maior agilidade na análise. Também inova por integrar, no exame e julgamento das contas dos gestores, o controle da conformidade (legalidade e legitimidade) e do desempenho da gestão. Ou seja, haverá um olhar simultâneo, e não mais isolado, para o cumprimento da legislação e para a eficácia, eficiência e efetividade de programas de governo.

(Foto – Divulgação)

Preto Zezé lança pré-candidatura na quinta-feira

O ativista social Preto Zezé, que está licenciado da presidência da Centra Única de Favelas (Cufa), lançará nesta quinta-feira, às 19 horas, no Hotel Sonata de Iracema, sua pré-candidatura a deputado estadual pelo PCdoB.

Ele já esteve, inclusive, no fim de semana, em São Paulo, participando da conferência nacional da legenda com seus pré-candidatos a cargos proporcionais.

DETALHE – O encontro de Preto Zezé contará com a presença de lideranças de vários movimentos sociais e de cantores de rap.

(Foto – Divulgação)

A pseudopreocupação com as contas públicas

Com o título “Bombardeio na economia”, eis artigo de Raone Saraiva, jornalista do O POVO. Ele aborda efeitos das pautas-bombas aprovadas pelo Congresso antes do recesso. Confira:

A aprovação pelo Congresso Nacional de projetos de lei com elevado impacto fiscal, as chamadas “pautas-bomba”, é prova de que as contas públicas do Brasil estão longe de ser prioridade para o Governo. A situação financeira do País, que já entrou no “cheque especial”, ficará ainda mais delicada nos próximos anos. E o lento processo de retomada do crescimento econômico poderá ser interrompido caso a “farra fiscal” continue.

Mesmo que a necessidade do equilíbrio fiscal seja exaustivamente reforçada nos discursos políticos, principalmente entre parlamentares que outrora criticavam a condução econômica do Governo passado, a pseudopreocupação com as contas públicas vem sendo revelada às vésperas das eleições.

A corrida de deputados e senadores, antes do recesso parlamentar, a fim de aprovar a lista de projetos que aumentam gastos públicos ou abrem mão de receitas para beneficiar determinados setores revelou que, quando se trata da busca pela reeleição, interesses públicos são deixados de lado em detrimento de ambições pessoais.

Tudo isso para agradar o eleitorado e conquistar votos.

A estimativa é que o impacto das “pautas-bomba” seja maior que R$ 100 bilhões nos próximos anos, valor que vai ajudar a aumentar o rombo nos cofres públicos e dificultar a gestão do(a) próximo(a) presidente. “Arrumar a casa” e “colocar o País nos trilhos” será um grande desafio para quem chegar à Presidência da República.

O equilíbrio fiscal, essencial para o crescimento econômico sustentável, precisa ser tratado com mais seriedade, inclusive, entre os candidatos. Infelizmente, o assunto não vem ganhando a importância que merece dos presidenciáveis. Eles deveriam se opor claramente a projetos que colocam o País ainda mais no vermelho.

Mas, como isso pode gerar certa impopularidade, preferem ficar calados.

Apesar da pressa para aprovar todas as “pautas-bombas” antes do recesso, boa parte das matérias ficou para ser apreciada em agosto, com o retorno das atividades no Congresso. A equipe econômica diz que o Governo não cumprirá parte das propostas que vierem a ser aprovadas pelos parlamentares. A ideia é utilizar como argumentos a Constituição e a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) para barrar os projetos, que só bombardeiam a economia.

Raone Saraiva

raonesaraiva@opovo.com.br

Jornalista do O POVO.

Setor de eletroeletrônicos registra crescimento de 14,6% no primeiro semestre deste ano

O volume de vendas do setor de eletroeletrônicos, que representa cerca de 3,34% do Produto Interno Bruto (PIB) do país, cresceu 14,6% no primeiro semestre deste ano, em comparação ao mesmo período do ano passado, passando de 45,5 milhões de unidades vendidas da indústria para o varejo para 52,1 milhões. O balanço foi divulgado hoje (23) pela Associação Nacional de Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos (Eletros), durante a feira Eletrolar Show 2018, que acontece até quinta-feira (26) no Transamerica Expo Center.

Segundo presidente da Eletros, José Jorge do Nascimento Junior, o grande impulso para o aumento das encomendas do setor foram os televisores, cujas vendas apresentaram aumento de 29,98% em comparação ao ano anterior por causa da Copa do Mundo e do desligamento do sinal analógico. A comercialização de TVs passou de 5,1 milhões de unidades no ano passado para 6,59 milhões em 2018.

A linha de portáteis registrou alta nas vendas de 12,99% no período, com 30 milhões de equipamentos comercializados. Já a linha branca (refrigeradores, fogão, entre outros) teve uma expansão de 2,75%, com 6,72 milhões de unidades vendidas. A linha marrom, por sua vez, que inclui TVs e aparelhos de som e vídeo, cresceu 20,27%.

O crescimento, no entanto, foi relativizado pelo presidente da Eletros. Segundo ele, a comparação deste ano é com o fim de um período de crise, que durou entre 2015 e 2017. Além disso, o setor sentiu os efeitos da greve dos caminhoneiros. O prejuízo ainda não foi contabilizado em números, disse Nascimento Junior.

“A gente vinha em uma retomada de crescimento. Os números mostravam um aumento na geração de empregos e também na produção industrial, com aumento do consumo. Passamos 2015, 2016 e 2017 em uma crise, com investimentos acanhados, com instabilidade econômica e política também. Quando estamos na retomada disso, surge uma greve totalmente inusitada, que chegou a parar muitos estados do país”, disse ele. “Foram 10 ou 12 dias de greve mas com consequências gravíssimas para a economia”, ressaltou.

Para este ano, a expectativa da Eletros é de vendas entre 10% a 15% maiores que as do ano passado. No entanto, o presidente da entidade disse que a expectativa deverá ser revista em setembro e pode ser menor do que a esperada. “Neste momento o viés é de baixa”, falou.

Para Carlos Clur, presidente do grupo Eletrolar, 2018 foi um ano “complicado” para o setor, principalmente por causa da valorização do dólar. “A movimentação do dólar atrapalha o setor. Um dólar instável faz com que todos os produtos que são importados tenham variação de valor. Os fabricantes têm que comprar aço, plástico e todos os insumos, que são dolarizados. Então, a mudança dos preços faz com que a indústria perca rentabilidade e dinheiro”, disse ele.

Tabelamento do frete

Durante coletiva à imprensa, Nascimento Junior criticou o tabelamento do frete, que foi uma das demandas dos caminhoneiros durante a paralisação deste ano. Para ele, o tabelamento não vai ajudar os caminhoneiros e os prejuízos poderão ser transferidos para os consumidores. “Tivemos empresas associadas que continuaram com problema porque a greve parou, mas [voltou] com um tabelamento de frete totalmente desproporcional ou diferente da realidade de políticas de preços vigente até então. Teve fábricas com o produto acabado e pedido feito, para ser entregue, e que não foi entregue porque o frete que era oferecido a R$ 7 mil virou R$ 17 mil”, disse o presidente da Eletros.

Segundo ele, o tabelamento significou aumento de 186% no valor do custo de frete para o setor: “caminhoneiro é nosso parceiro, é parte do nosso negócio. Mas o tabelamento do frete veio em um momento que ninguém esperava e na retomada do crescimento”.

“Em um primeiro momento, parece ser muito positiva para os caminhoneiros, mas não é porque muitas empresas já pensam em ter seu próprio frete e sua própria equipe de logística, porque, na ponta do lápis, está ficando mais caro contratar ou terceirizar. E aí o prejudicado será o caminhoneiro autônomo. Não ao tabelamento! Isso tem que ser livre mercado mesmo. Temos que sentar e conversar”, falou ele.

(Agência Brasil)

São Gonçalo do Amarante retoma ideia do orçamento participativo

O prefeito Cláudio Pinho (PDT), de São Gonçalo do Amarante (Região Metropolitana de Fortaleza, vai retomar nesta terça-feira, a partir das 18 horas, no Centro de Convivência, situado na região de Serrote, um projeto que busca o orçamento participativo.

A ação tem o intuito de promover encontros com a população e líderes comunitários de diversas localidades do município, onde acontecem debates, com a participação de secretarias e órgãos do município, enfocando melhorias e novos projetos para as localidades.

VAMOS NÓS – Que o projeto não tenha sido retomado só por causa do ano, que é eleitoral.

(Foto – Divulgação)