Blog do Eliomar

Últimos posts

PSOL estaria fritando a vereadora Toinha Rocha

116 4

toinharocha

O Psol está isolando a vereadora Toinha Rocha. Setores da sigla veem a parlamentar muito próxima do prefeito Roberto Cláudio (Pros).

Toinha, inclusive, já sentiu que o clima na legenda não lhe é favorável, por adotar, vez em quando postura de apoio a algumas ações do prefeito Roberto Cláudio (Pros).

Em conversa com o Blog, a vereadora até observou: “Não concordo que ele faz a pior gestão!”,  numa postura contrária ao discurso do seu colega de Câmara Municipal, João Alfredo, que bate duro na administração municipal.

 

Seguro Safra – Pagamento começa nesta segunda-feira

A primeira parcela do Seguro-Safra dos 56 mil agricultores cearenses – de 26 cidades que perderam a colheita por causa da seca, está sendo paga a partir desta segunda-feira.

São cinco parcelas e cada uma no valor de R$ 170,00. O objetivo é amenizar as perdas dos agricultores com a seca.

A quebra de safra no Estado foi bastante acentuada, segundo a Secretaria do Desenvolvimento Agrário, que ainda fecha números.

 

Aécio Neves agenda visita ao Ceará

aécio

Depois do deputado federal Jair Bolsonaro (PP/RJ), que deu o ar da graça ontem no ato de protesto contra o Governo Dilma, na Praça Portugal, eis que está sendo agendada agora a visita ao Ceará de um tucano do bico grosso do PSDB: o presidente nacional do partido, senador Aécio Neves.

De acordo com o deputado federal Raimundo Gomes de Matos, a vinda de Aécio, no fim deste mês, terá por objetivo reforçar a campanha de filiação colocada em prática pela legenda.

O roteiro ainda não está fechado, mas, de acordo com Gomes de Matos, há possibilidades dele participar de atos numa cidade da Região Metropolitana de Fortaleza e noutra da Região do Cariri. Quem acerta tudo é o senador Tasso Jereissati.

Professores estaduais cobram pagamento da complementação do reajuste

109 2

anizio

Camilo quando recebeu a cúpula da Apeoc e tratou de piso.

Professores estão cobrando o pagamento da complementação do reajuste de 13% dado pelo Governo Estadual e que seria retroativa a janeiro.

“Já pedimos ao Sindicato Apeoc que cobrasse, mas só fala em Pré-sal”, queixou-se um docente para a Coluna Vertical do O POVO desta segunda-feira.

Izolda Cela cumpre agenda no Abolição

foto izolda cela

No exercício do Governo do Estado, Izolda Cela terá reunião, a partir das 11 horas,  no Palácio da Abolição, com o secretário de Relações Institucionais, Nelson Martins, e com assessor de Acolhimento aos Movimentos Sociais, Acrísio Sena. Entre os assuntos, o pagamento dos atrasados dos ex-presos políticos  cearenses, o que é cobrado pela Associação 64/68 Anistia.

Ainda na agenda de Izola, encontro com o coordenador do Laboratório de Estudos da Violência (UFC), César Barreira, às 14 horas e, às 16 horas, reunião com secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Delci Teixeira, que, nesta terça-feira, vai expor o Ceará Pacífico para a diretoria da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis, regional Ceará, no Hotel Mareiro.

Receita Federal deposita nesta segunda-feira valores do terceiro lote de restituições do IR

“A Receita Federal deposita nesta segunda-feira (17), na rede bancária, os valores referentes ao terceiro lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física 2015. No lote, constam 1.742.112 contribuintes, totalizando mais de R$ 2,1 bilhões. Foram também liberadas declarações que estavam na malha fina dos exercícios de 2008 a 2014.

A consulta ao lote está disponível desde a semana passada na internet na página oficial da Receita ou por meio do Receitafone, pelo número 146. A Receita disponibiliza ainda aplicativo para tablets e smartphones , que permite consulta às declarações do IRPF para os sistemas Android e iOS.

A Receita lembra que a restituição ficará disponível durante um ano. Se o resgate não for feito no prazo, deverá ser requerido por meio do Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF, na página da Receita Federal na internet.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800 729 0001 (demais localidades) e 0800 729 0088 (telefone especial exclusivo para pessoas com deficiência auditiva), para agendar o crédito em conta corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

(Agência Brasil)

José Guimarães evita avaliar manifestações e diz que Dilma deve vir ao Ceará neste mês

65 11

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=sXAR4WzvJ5Y[/youtube]

O líder do Governo na Câmara, José Nobre Guimarães (PT), não quis avaliar as manifestações contra Dilma, registradas nesse domingo em todo o Pais. Ele preferiu apostar na tese de que o governo federal reconhece a crise, mas vem buscando superar as dificuldades e garantir a estabilidade econômica.

José Guimarães creditou, no entanto, ao PSDB e DEM ações golpistas que tem o objetivo de desestabilizar o País. Apesar desse cenário, o parlamentar  garantiu que o governo vem trabalhando por uma agenda positiva.

Dentro desse aspecto, Guimarães informou que a presidente Dilma e o ex-presidente Lula vão percorrer o Brasil. Dilma, inclusive, deve vir ao Ceará ainda neste mês, de acordo com o líder do Governo. Na agenda dela, visita às obras da transposição do São Francisco e entregar moradias do Minha Casa, Minha Vida.

Ministro do TCU diz que voto sobre contas do governo não está definido

O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Augusto Nardes, relator do processo que julga as contas da presidenta Dilma Rousseff, disse que seu voto ainda não está definido. Ele assistiu à manifestação contra o governo, nesse domingo (16), ocorrida em Copacabana, no Rio, enquanto almoçava, em um restaurante das imediações. Ele destacou que não estava participando da manifestação e que estava apenas de passagem pelo Rio.

“Não posso dizer que há irregularidades de forma concreta ainda, porque são indícios, o governo tem que fazer sua defesa. Estou dando amplo direito de defesa, para não cometer nenhum equívoco. Eu não tenho o meu voto definido. O meu voto era pela rejeição, antes de dar direito à defesa. Agora tenho que analisar e depois é que vou me manifestar’, disse Nardes.

Na quinta-feira (13), o ministro anunciou que os gastos que apresentam indícios de irregularidades fiscais subiram mais R$ 26 bilhões, chegando a R$ 104 bilhões. Nardes contou que participou de uma reunião técnica em seu gabinete, na sexta-feira (14), quando ouviu argumentações do governo sobre os gastos que estão sendo julgados, e que fará uma avaliação desse encontro nesta próxima semana.

“Eu estou dando amplo direito de defesa ao governo, para que possa pontuar os 13 itens, e agora mais dois itens, com mais R$ 26 bilhões que nossa equipe descobriu, de decretos sendo feitos sem a devida aprovação do Congresso Nacional”.

(Agência Brasil)

Governo viu manifestações dentro da normalidade democrática

As manifestações desse domingo (16) foram vistas pelo governo como dentro da normalidade democrática, informou, por meio de nota, o ministro da Secretária de Comunicação Social (Secom), Edinho Silva.  “O governo viu as manifestações dentro da normalidade democrática”, disse o ministro.

A nota foi divulgada pouco depois do início da reunião da presidenta Dilma Rousseff com vários ministros, no Palácio da Alvorada, para avaliar os acontecimentos do dia.

Além de Edinho Silva, participaram da reunião os ministros da Casa Civil, Aloizio Mercadante, da Justiça, José Eduardo Cardozo, e da Defesa, Jaques Wagner.

(Agência Brasil)

Fortaleza encerra manifestação sem incidentes

112 2

foto manifestação 150816 fortaleza

Cerca de 15 mil pessoas participaram em Fortaleza da manifestação contra a corrupção e contra o governo do PT, na tarde deste domingo (16), segundo estimativa da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Para os manifestantes, a participação chegou a 50 mil pessoas.

Os manifestantes começaram a se concentrar na Praça Portugal, por volta das 14 horas, e, três horas depois, seguiram em direção à Beira Mar, conduzidos por um trio elétrico e dois carros de som.

De acordo com a Polícia, não houve registro de incidentes relevantes.

Dilma se reúne com ministros para avaliar manifestações

A presidente Dilma Rousseff vai se reunir logo mais com ministros de seu governo para avaliar as repercussões dos protestos que ocorrem neste domingo (16) em várias cidades brasileiras.

O encontro está marcado para as 17h, no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência. Pelo menos três ministros devem participar da reunião: Aloizio Mercadante, da Casa Civil; José Eduardo Cardozo, da Justiça; e Edinho Silva, da Secretaria de Comunicação Social.

Ainda não está definido se haverá um pronunciamento oficial sobre o assunto ainda neste domingo. Nesta segunda-feira (17), Dilma volta a se reunir com ministros da coordenação política, como tradicionalmente ocorre nas segundas.

(Agência Brasil)

Política do diálogo de Camilo enfraquece potencial político de pré-candidato à Prefeitura de Fortaleza

150 4

foto capitão wagner deputado

Da Coluna Fábio Campos, no O POVO deste domingo (16):

Eleito com o apoio de quase 200 mil eleitores, o deputado estadual Capitão Wagner (PR) vem sendo apontado como um dos mais fortes concorrentes na disputa pela Prefeitura de Fortaleza. O deputado já disse que quer disputar. Porém, há sinais de que o parlamentar vem perdendo protagonismo político.

É a consequência da política do diálogo adotada pelo governador Camilo Santana (PT) e do atendimento por parte do Governo estadual da pauta de reivindicações que elevou Wagner à condição de líder políticos dos policiais e seus familiares.

Outro detalhe: o Capitão se tornou referência na medida em que pioravam os índices de violência. Com o inverso, o palanque do parlamentar ficou menos visível.

Movimento em Brasília mantém número de manifestantes e contradiz analistas

foto manifestação 150816 brasília

De acordo com o movimento Vem pra Rua, cerca de 80 mil pessoas participaram neste domingo (16) da manifestação “Fora Dilma” e “Fora PT”, em Brasília, encerrado no início da tarde. Para a Polícia Militar, no entanto, os manifestantes somaram cerca de 25 mil pessoas, que marcharam do Museu Nacional até a Catedral e depois se concentraram no Congresso Nacional.

Apesar da disparidade entre as estimativas dos manifestantes e da Polícia Militar, as duas contagens conferem com as do dia 12 de abril, data da última manifestação.

Primeira cidade com relevância a encerrar a manifestação, Brasília surpreendeu os analistas do Palácio do Planalto, que apontaram para uma redução no número de manifestantes.

Em Fortaleza, a concentração ocorre a partir das 15 horas, na Praça Portugal. A previsão é que os manifestantes marchem até a Beira Mar. No último movimento, dia 12 de abril, os manifestantes estimaram que 32 mil pessoas participaram do protesto, enquanto a PM avaliou em 20 mil pessoas.

(com agências / foto: Agência Brasil)

A concentração de renda e o descaminho do PT

Da Coluna Menu Político, no O POVO deste domingo (16), pelo jornalista Plínio Bortolotti:

Duas coisas: 1) o tipo de governo inaugurado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva obteve excelente êxito, reduzindo a pobreza e propiciando a ascensão econômica e social de uma expressiva parcela da população brasileira; 2) ao fim de seu segundo mandato, esse modelo – baseado no consumo, no crédito fácil e em programas de complementação de renda – já estava esgotado, pois não alterava a essência da profunda desigualdade da sociedade brasileira.

O que fazer, então, a partir do terceiro mandato concedido ao PT?

Alguns números divulgados pela Receita Federal dão pistas sobre um dos porquês de a diferença entre pobres e ricos no Brasil ser tão profunda. Mostra o tamanho do fosso, a necessidade de ir além das “políticas compensatórias” – e por que é difícil fazê-lo

Os dados, referentes a 2013, revelam que os detentores de renda mais alta são os que menos pagam imposto de renda. Quem está no topo da pirâmide social, aqueles que ganham mais de 160 salários mínimos por mês (R$ 126,080 mil), pagam IR sobre apenas 6,51% de sua renda total. Isso porque 65,8% dos seus rendimentos são dispensados legalmente do pagamento do tributo.

São apenas 71.440 pessoas nessa condição (0,3% do total dos contribuintes), donos de 14% de toda a renda declarada ao fisco . A média de renda anual desses privilegiado é de R$ 4,170 milhões por ano; R$ 347,500 mil por mês. Junto a outros 655.285 contribuintes, com renda entre 40 e 80 salários mínimos, o setor representa 2,74% dos contribuintes, e abarca 30% do total da riqueza declarada.

O número total de declarantes do IR é de 26.494.416 pessoas.

Nas faixas mais numerosas de pagadores de imposto de renda, entre três a dez salários mínimo – onde se situa a classe média (incluindo a “nova”) – estão 15.182.402 contribuintes. Representam 57% do total de declarantes, e ficam com 21,4% da renda.

Portanto, se algum governo quiser alterar a estrutura da desigualdade brasileira, uma das medidas será fazer justiça tributária: taxar grandes fortunas, por exemplo, e acabar com isenções imorais, entre outras medidas.

Porém, para mexer nessas causas profundas, seria preciso abdicar do “presidencialismo de coalizão”, que impede qualquer incursão sobre os privilégios da elite brasileira. Quando foi que os bancos lucraram tanto? Como mexer no “clube” das construtoras, que vinham dilapidando o patrimônio público, se elas é que financiam o submundo da política?

É bem provável – caso o PT houvesse tido a ousadia de ir pelo caminho que indicavam as suas origens -, estaria enfrentado uma tempestade maior do que esta, com a qual se defronta. A diferença, é que o partido estaria de cabeça erguida, em conformidade com suas propostas e com a sua história -, e não acuado, instado a explicar o balcão de negócios escusos que prosperou sob seu governo.

Provavelmente, se assim fosse – se tomasse medidas mais profundas em direção a um país mais igualitário -, o céu também desabaria sobre o PT – e os gritos de “comunismo” e “bolivarianismo” ecoariam com mais desvario -, e Dilma poderia ter perdido a sua segunda disputa. As elites não brincam em serviço quando se trata de defender os seus privilégios.

Porém, o PT estaria com a sua honra intacta e continuaria a ser o fio de esperança de milhões de brasileiros que acreditaram em suas promessas. E agora, o que lhe resta?

Bora Vozão! – Há uma luz no fim do túnel… e não é uma lanterna

Nem mesmo a vitória do Ceará sobre o Macaé, na noite desse sábado (15), por 2 a 1, em pleno estádio Moacyrzão, no norte fluminense, pela última rodada do primeiro turno da Série B, devolveu o ânimo aos torcedores alvinegros. Na manhã deste domingo (16), ainda era tímida a presença de torcedores do Vozão com camisas do clube na praia, em supermercados ou nas ruas de Fortaleza.

Apesar da vitória, o Ceará ainda é o lanterna da competição, com oito pontos de diferença para o 16º colocado, o Boa Esporte/MG, que também nesse sábado venceu fora de casa (1 a 0 sobre o ABC).

Para internautas e torcedores em sites esportivos, os prováveis rebaixados para a Série C são o ABC, Mogi Mirim, Macaé e Ceará. Das quatro equipes, apenas o Macaé não se encontra na zona de rebaixamento. A estatística da Série B aponta que três, a cada quatro times que encerraram o primeiro turno na lanterna, caíram para a Série C.

Este Blog, no entanto, acredita na reação do Ceará e inclui também na lista dos prováveis rebaixados o Luverdense e o Paraná Clube, primeiro adversário do Vozão no segundo turno (quando todos os times voltam a se enfrentar, com a inversão do mando de campo), pois ambos estão em queda na tabela.

A partida diante do Paraná, no próximo domingo (23), na Arena Castelão, poderá tirar o Vozão da incômoda lanterna e concretizar a reação alvinegra. Seria a primeira vez que o Ceará venceria duas partidas seguidas, em 20 jogos, na disputa deste ano.