Blog do Eliomar

Últimos posts

Pesquisa mostra benefícios do chocolate amargo para o coração

Pesquisa publicada na revista científica International Journal of Cardiovascular Sciences (IJCS), da Sociedade de Cardiologia do Estado do Rio de Janeiro (Socerj), mostra que o chocolate amargo traz benefícios a pacientes que sofrem de doenças cardíacas.

O vice-presidente da Socerj, Ricardo Mourilhe, disse que a notícia “é animadora”. Embora a pesquisa esteja ainda em fase inicial, com uma quantidade de pacientes reduzida, ela “abre a perspectiva de novos estudos futuros”, disse.

A pesquisa analisou o consumo diário, pelos pacientes estudados, de 100 gramas de chocolate amargo com 85% de cacau. Segundo Mourilhe, o estudo foi feito em pacientes que estiveram internados entre outubro e dezembro de 2013 no Instituto de Cardiologia de Santa Catarina, ligado à Universidade Federal do estado (UFSC), e demonstra que o chocolate amargo pode trazer efeito benéfico em relação à vasodilatação, similar ao efeito dos medicamentos usados pelos cardiologistas em doentes cardiopatas.

Isso ocorre em função de um composto químico existente no cacau, chamado flavonoide, presente também em alguns vinhos, que tem ação antiinflamatória e antioxidante e, em consequência, tem potencial de ação vasodilatadora.

(Agência Brasil)

Brasil está acima da média nas compras online via smartphones, mostra pesquisa

Com cada vez mais utilidades e aplicativos, os celulares do tipo smartphone têm sido sido uma alternativa também para fazer compras online. É o que mostra uma pesquisa divulgada pelo site de compras coletivas Groupon.  De acordo com o levantamento, que ouviu 6 mil pessoas no Brasil, Argentina, Chile, Colômbia e México, a média de compras online por dispositivos móveis nesses cinco países em conjunto é de 15,6%.

Individualmente, o Brasil está acima da média e tem a maior proporção de compras por celular entre os países avaliados. O índice de compras feitas por smartphone entre os entrevistados brasileiros é 20,6%. No México, que ocupa o segundo lugar, a frequência das compras online pelo celular fica em 19,7%. Na Colômbia, é 17,2% e no Chile, 12,8%. A Argentina registrou o menor índice: 8%.

Mesmo se tornando populares, as compras por smartphone ainda perdem para as transações via computador pessoal. A média das compras por computador nos cinco países pesquisados é 78,7%. No Brasil, os usuários preferem o computador em 73,8% das ocasiões. O país fica atrás da Argentina, com 88,5% e do Chile, com 82,7%. Mas à frente de Colômbia, com 77,2% e México, com 71,4%.

O especialista em segurança da informação João Gondim, professor do Departamento de Computação da Universidade de Brasília, considera natural que o celular tenha se tornado uma opção para as compras. No entanto, ele alerta para o fato de que a plataforma é menos segura que o computador. “Você tem uma profusão de aplicativos e grande parte não tem mecanismos de segurança. Não tenho notícia de fraude em compras de celular, mas de forma geral é uma exposição maior”, avalia. Para ele, a segurança menor tem relação com a difusão recente dos smartphones.

O levantamento mostrou também que os usuários estão se sentindo mais seguros para fazer compras online. No Brasil, um total de 37,8% se sente muito mais seguro do que há cinco anos, enquanto 39,45% se sentem um pouco mais seguros. Um percentual de 10,3% fazem de 71% a 80% de suas compras pela rede mundial de computadores. Só 2,4% fazem de 91% à totalidade de suas compras online. Por fim, 28,6% compram online uma vez por ano e 28,7% compram mensalmente.

(Agência Brasil)

Se não vencer neste sábado, Ceará deverá encerrar primeiro turno na zona de rebaixamento

A matemática pode até jogar a favor do Ceará, mas a estatística é uma adversária cruel. Se não vencer o Bragantino na noite deste sábado (1º), a partir das 21 horas, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, pela 16ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o time cearense dificilmente encerrará o primeiro turno da competição fora da zona de rebaixamento.

Com apenas 11 pontos conquistados, o Ceará amarga a lanterna na tabela de classificação. Para piorar, a equipe alvinegra cumpre mais três jogos após este sábado: dois em casa, contra Vitória da Bahia e América Mineiro – que disputam as primeiras colocações no grupo de acesso à Série A -, e fora de casa diante do Macaé, que faz uma campanha surpreendente.

Levantamento realizado pelo Blog aponta que 58% das equipes que encerraram o primeiro turno na zona de rebaixamento acabaram na Série C no ano seguinte, enquanto 66% dos times que encerraram a etapa como um dos dois últimos colocados acabaram rebaixados.

Prazo para inscrição em vagas remanescentes do Sisutec termina neste domingo

Os candidatos que quiserem se matricular em vagas remanescentes do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) têm até este domingo (2) para fazer a inscrição, pela internet. Nessa etapa, são ofertadas as vagas que não foram ocupadas nas duas chamadas anteriores do Sisutec.

Podem se inscrever estudantes que concluíram o ensino médio nos últimos três anos, ou seja entre 2012 e 2014, independentemente da data de emissão do certificado. As vagas remanescentes são preenchidas por ordem de inscrição. Após a inscrição, o candidato tem dois dias para ir a instituição e efetuar a matrícula. As aulas dos cursos terão início entre os dias 3 e 31 de agosto de 2015, de acordo com o edital do programa.

Por meio do Sisutec, instituições públicas e privadas de ensino superior e de educação profissional e tecnológica oferecem vagas gratuitas em cursos técnicos para participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Apenas na inscrição para as vagas remanescentes os candidatos ficam dispensados da exigência do Enem.

A edição de 2015 do Sisutec ofertou 83.641 vagas em 515 municípios de todos os estados e no Distrito Federal.

(Agência Brasil)

Medalha de ouro do Pan de Toronto é devolvida após assalto

foto tamires britto futebol

A atleta Tamires Britto, lateral da seleção brasileira no Panamericano de Toronto, foi surpreendida neste sábado (1º) com a devolução da primeira medalha de ouro que o futebol do Brasil conquistou na competição.

Tamires Britto havia sido assaltada nessa sexta-feira (31), em Santo André, no ABC Paulista, durante uma visita à sogra. Os assaltantes levaram os pertences da atleta e a medalha estava na bolsa. O veículo de uma vizinha também foi tomado de assalto.

A medalha foi deixada na casa da vizinha, depois que os supostos assaltantes jogaram-na por debaixo do portão. A atleta acredita que a medalha foi devolvida porque os ladrões viram nos telejornais que não se tratava de ouro, apenas banhada a ouro. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) já havia garantido que daria uma réplica da medalha para a atleta.

(com agências)

Brasil deve perder 1 milhão de postos de trabalho em 2015, prevê estudo

Com 345 mil postos formais de trabalho extintos nos seis primeiros meses do ano, a economia brasileira deve acelerar a diminuição de empregos no segundo semestre. Segundo estudo do Conselho Federal de Economia (Cofecon), o país deve encerrar o ano com 1 milhão de vagas com carteira assinada a menos.

Com base no estudo, a entidade recomenda ações de longo prazo para reativar o mercado de trabalho. Para a entidade, os sucessivos reajustes da taxa Selic, juros básicos da economia, estão provocando impacto direto sobre a geração de empregos nos últimos anos. Nos últimos 12 meses, o efeito intensificou-se, resultando na extinção de postos de trabalho.

De acordo com o levantamento, o início do ciclo de elevação dos juros básicos, em abril de 2013, coincidiu com a redução da geração de empregos, conforme as estatísticas do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgadas pelo Ministério do Trabalho. Naquela época, a Selic estava em 7,25% ao ano, no menor nível da história, e passou a ser reajustada com alguns intervalos de estabilidade, desde então.

A partir do segundo semestre do ano passado, quando o país passou a fechar mais postos de trabalho do que criou, a situação agravou-se. Na época, o Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) segurou a taxa básica, deixando para aumentar a Selic somente após o segundo turno das eleições presidenciais. De lá para cá, foram sete aumentos consecutivos, que elevaram a Selic para 14,25% ao ano, no maior nível desde outubro de 2006.

No segundo semestre do ano passado, o país fechou 176 mil postos de trabalho com carteira assinada. Nos seis primeiros meses deste ano, o fechamento aumentou para 345 mil vagas. Para o Cofecon, a maior extinção de emprego indica que o reajuste da taxa Selic foi maior que o ideal, passando a sufocar a economia.

(Agência Brasil)

Alckmin ganha primeiro round contra Aécio

92 1

Em artigo no O POVO deste sábado (1º), o jornalista Luiz Henrique Campos avalia postura contraditória dos tucanos Aécio e Alckmin, em relação ao governo Dilma. Confira:

Às vésperas do retorno das atividades no Congresso Nacional, e faltando poucos dias para mais um protesto nacional contra o governo Dilma Rousseff, a ida dos governadores ao encontro com a presidente da República na última quinta-feira oferece simbologias importantes no atual contexto da política brasileira. Pode parecer cedo para interpretar o gesto dos governadores de oposição como uma trégua. Até porque, no seu discurso, a presidente mais pediu do que prometeu a esses gestores, em sua maioria, enfrentando sérias dificuldades dada a atual crise econômica.

De todo modo, e muitas vezes os simbolismos valem mais na política do que as ações concretas, a aceitação em participar do encontro, por parte dos governadores do PSDB, representa séria indicação de como anda a liderança de Aécio Neves no partido. Enquanto o senador mineiro tem procurado reforçar que o partido estaria ao lado dos favoráveis ao protesto do próximo dia 16, os governadores têm acenado com discurso mais leve, evitando a radicalização.

Não à toa, restou a Aécio procurar explicar o gesto dos gestores tucanos logo após a reunião com Dilma, considerando normal a participação de filiados da legenda no encontro, como que justificando o que ele próprio tem tentado evitar.

Não é segredo para ninguém que a disputa por espaço na legenda tucana entre o grupo de Aécio e os que defendem a candidatura de Alckmin à Presidência da República já começou. E nesse sentido, apesar de o mineiro ter forte recall ainda fruto da eleição passada para a Presidência da República, é inegável que o governador paulista tem demonstrado bem mais habilidade para lidar com a conjuntura nacional. Aécio, profundamente ressentido com a derrota para Dilma, não tem se portado como liderança capaz de conduzir o País a superar o atual quadro de dificuldades.

Alckmin, ao contrário, ao lado dos demais governadores de oposição, mesmo mantendo suas posições de discordância em relação ao governo dilmista, não tem fugido ao diálogo. O comparecimento à reunião com Dilma e os acenos iniciais ao que ela propôs já o colocam, no próprio partido, como pessoa a ser ouvida, até mais do que Aécio, preocupado em agradar a movimentos sem estofo intelectual para fazer o Brasil avançar.

Em momento de crise, talvez seja esse o principal papel da oposição, e não simplesmente apostar no quanto pior, melhor.

Comissão que irá analisar participação da Petrobras no pré-sal será instalada na terça-feira

tassoosokje

A comissão especial que analisará o projeto que trata da participação obrigatória da Petrobras no modelo de partilha de produção de petróleo na exploração da camada pré-sal será instalada na terça-feira (4). O PLS 131/2015 é de autoria do senador José Serra (PSDB-SP).

A comissão será presidida pelo senador Otto Alencar (PSD-BA). A relatoria e a vice-presidência serão decididas na reunião de instalação, que estava marcada, originalmente, para o dia 15 de julho. Os membros do colegiado, entretanto, preferiram iniciar oficialmente os trabalhos apenas depois do recesso parlamentar.

A criação de uma comissão para tratar do assunto havia sido requerida pelo senador Walter Pinheiro (PT-BA) em 30 de junho, mesmo dia em que o assunto foi debatido por sete horas em sessão temática realizada no Plenário do Senado. Na ocasião, foram expostas divergências de opiniões entre senadores, especialistas e autoridades.

A criação da comissão também foi defendida pelo senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) no início de julho, após intensa discussão em Plenário sobre requerimento, apoiado por 46 senadores, que retirava o caráter de urgência da tramitação do projeto.

A comissão especial, com 27 integrantes, funcionará por 45 dias. Uma das vagas, pertencente ao Bloco de Apoio ao Governo (PT, PDT e PP), ainda não foi preenchida.

(Agência Senado)

Uma biblioteca por escola

Em artigo neste sábado (1º) no O POVO, o secretário de Acolhimento dos Movimentos Sociais, Acrísio Sena, sugere a construção de bibliotecas em escolas como alternativa para a geração smartphone. Confira:

É comum, em atividades em defesa de uma educação pública, gratuita e de qualidade, me encontrar com pais e mães preocupados com a queda do nível de leitura de seus filhos. Na verdade, esta questão atinge também o universo privado. A nova geração de estudantes, do smartphone e da internet, tem dificuldade de se entreter com as páginas imóveis dos livros.

O universo maravilhosamente onírico das histórias escritas parece perder força ante a avalanche de imagens de videogames e redes sociais.

Mas lutar é preciso. Sem querer competir com o mundo virtual, é preciso oferecer alternativas de formação concretas para nossos alunos. A mais evidente é disponibilizar uma quantidade razoável de bons livros em um local dedicado à leitura e à pesquisa. Infelizmente, nem toda escola possui uma biblioteca. E as que têm o equipamento muitas vezes não possuem um acervo completo, organização de títulos e nem pessoal capacitado para tocar o barco.

No mundo inteiro, as melhores escolas são aquelas onde professores e bibliotecários trabalham juntos, conseguindo níveis mais elevados de competência em literatura, leitura, aprendizagem, solução de problemas e domínio das tecnologias da informação. A lei nº 4084/62, que regulamenta a profissão de bibliotecário, exige que cada biblioteca seja administrada por este profissional. A lei 12.244/10 exige que cada instituição de ensino – pública ou privada – possua biblioteca em suas dependências até maio de 2020.

Neste contexto, Fortaleza precisa se preparar para o futuro. Estive, ainda quando na qualidade de presidente da Comissão de Cultura da Câmara Municipal, reunido com representantes da categoria. A reivindicação é que a capital cearense contrate, emergencialmente, 58 bibliotecários para atender, num primeiro momento, as 290 escolas patrimoniais da rede municipal. É preciso levantar a situação dos equipamentos, além de verificar as possibilidades de construção do sistema de gerenciamento eletrônico e incentivar a inclusão digital.

Tal necessidade, se devidamente suprida, seria fundamental para qualificar o ambiente escolar e colocar os discentes num outro patamar em termos de aprendizado e consolidação da cidadania.

Prefeitura tem US$ 180 milhões em projetos com a CAF

Da Coluna O POVO Economia, no O POVO deste sábado (1º), pela jornalista Neila Fontenele:

O representante do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) no Brasil, Victor Ricco, visitou quinta-feira o prefeito Roberto Cláudio para fazer uma avaliação dos projetos realizados em Fortaleza em parceria com a instituição. Atualmente, a CAF financia dois programas importantes para a cidade: o projeto de drenagem e saneamento básico; e o Programa de Desenvolvimento do Turismo no Nordeste (Prodetur), através do qual foram feitas obras de revitalização em Fortaleza.

Os dois projetos representam investimentos de US$ 180 milhões para serem executados em quatros anos. Em entrevista à coluna, Victor Ricco informou que estão sendo negociados ainda novos programas, como o “Cidade com Futuro”, e que há a possibilidade de se canalizarem alguns recursos de Fundos Verdes para Fortaleza.

Ele diz que o encontro com o prefeito e com a secretária de Meio Ambiente, Águeda Muniz, foi muito produtivo. Mesmo com a crise fiscal do País e com a necessidade de apresentação de garantias da União, o diretor da CAF destaca que os projetos estão sendo bem encaminhados. Victor explica que a inadimplência dos financiamentos dos programas é zero e que o Brasil tem um ótimo relacionamento com a CAF.

Piquenique marca o segundo ano do movimento Proparque

Um piquenique comunitário, ao som da música ao vivo do grupo Rytmos, marca os dois anos do movimento Proparque, neste domingo (2), das 9 horas ao meio-dia, no Parque Rio Branco, no bairro São João do Tauape. O movimento busca mobilizar a população para usufruir o parque. Os interessados em participar podem levar algum alimento natural para dividir com outros participantes.

Nos dois anos do movimento, que ocorre no primeiro domingo de dada mês, haverá doação de livros paradidáticos ao Grupo Jbd Lagamar, que está aprimorando sua biblioteca. A organização do movimento solicita que os participantes do Proparque doem livros de literatura infanto-juvenil, preferencialmente.

Neste domingo também haverá um “chá de fralda” para o casal Clara e Agenor, ambos do Grupo Rytmos, que espera o nascimento do primeiro bebê.

Para quem é feito o trânsito

Da Coluna Política, no O POVO deste sábado (1º), pelo jornalista Érico Firmo:

A quantidade de motos no Ceará é superior ao de carros, conforme O POVO mostrou na última segunda-feira, data em que se comemora o Dia do Motociclista. São 328 mil motos a mais no Estado. E, só na Capital, o número de passageiros que circulam de ônibus num único dia é equivalente ao total de motos existente no Estado. Isso oferece alguns elementos para refletir sobre como se configura o trânsito, particularmente em Fortaleza. Há mais motos que carros e mais passageiros de ônibus que motociclistas. Sem falar que há mais pedestres que eles todos.

Afinal, mesmo quem anda de ônibus, moto ou carro, em algum momento, é pedestre, ainda que só por alguns instantes – e, no caso dos motoristas, os intervalos são cada vez menores. A questão é que o modelo de mobilidade, historicamente, prioriza justamente os automóveis. Eles, que são minoria, ocupam proporcionalmente mais espaço, causam mais transtornos e impactos no trânsito. E a configuração urbana é estruturada pensando fundamentalmente neles. E, mais que isso, muitos motoristas se portam como se o trânsito fosse mesmo feito para eles e todos os demais fossem coadjuvantes de uma cidade feita para as pessoas circularem de carro.

A construção da ideia de que as vias são feitas para os carros e todo o resto deve a eles dar passagem vai desde a organização dos espaços públicos até a postura dos motoristas. Quem dirige muitas vezes age como se o trânsito inteiro fosse feito para ele. Dessa forma, o pedestre tem de esperar o carro passar para atravessar a rua, embora o automóvel não se julgue obrigado a dar passagem, mesmo em faixas de pedestre. Coisa comum em muitas cidades Brasil e mundo afora, em Fortaleza periga provocar acidente a atitude de dar passagem a pedestres quando se faz uma curva e a pessoa está atravessando a rua. Em lugares como São Paulo, há sinalização nos cruzamentos indicando que se deve dar prioridade aos pedestres ao se fazer conversões. Em Fortaleza, esse patamar de civilidade não chegou.

Há motoristas também que gostariam que os ônibus, motos e bicicletas desaparecessem. São encarados apenas como obstáculo ao livre trânsito dos carros particulares. E esse comportamento não para aí. Também os motoristas de veículos maiores, sobretudo de ônibus e caminhões, agem de forma truculenta e agressiva em relação aos carros.

O Código de Trânsito Brasileiro determina que “os veículos de maior porte serão sempre responsáveis pela segurança dos menores, os motorizados pelos não motorizados”. E, juntos, os veículos são responsáveis pela segurança do pedestre. Isso é a lei. Na prática, ocorre justamente o inverso. Pelo tamanho, os maiores se impõem sobre os maiores, os motorizados se impõem sobre os não motorizados. E os pedestres ficam entregues à própria sorte.

Levy reafirma no Ceará a confiança na recuperação fiscal no segundo semestre

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, esteve nessa sexta-feira (31) no Ceará, onde visitou o Complexo Industrial e Portuário do Pecém, na Região Metropolitana de Fortaleza, e fez palestra de encerramento do 21º Fórum Banco do Nordeste de Desenvolvimento. Após o evento, em entrevista coletiva, Levy disse que acredita na recuperação do ambiente fiscal do governo no segundo semestre, diante da nova meta do superávit primário (economia para pagar juros da dívida pública), que foi reduzida para 0,15% do Produto Interno Bruto (PIB, a soma das riquezas produzidas no país).

Ele ressaltou que a equipe econômica do governo está empenhada em trabalhar forte para tanto, e Isso requer esforço. Levy salientou que a área técnica está tomando medidas, inclusive na área da arrecadação de receitas junto a grandes empresas. “Todo mundo sabe que, se a gente não cumprir o superávit primário, se não organizar a economia, a situação será mais difícil”. Segundo Levy, esse trabalho é feito em conjunto com a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional.

Uma arrecadação considerada “sensível”, e que mais vem caindo, é a do Imposto de Renda. A queda é justificada em parte, segundo ele, pela baixa perspectiva de lucro e pela diminuição da liquidez (facilidade de transformar os recursos disponíveis em retorno financeiro) das empresas. “Essa não é uma consequência do ajuste fiscal, mas da dinâmica da economia. Isso é exatamente o que estamos combatendo e é por isso que é importante avançar no ajuste fiscal e em outras medidas para a gente voltar a crescer”.

(Agência Brasil)

Ministro diz que bancada do Ceará é a mais atuante na Câmara dos Deputados

foto camilo e rc e josé airton e chioro

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, disse nessa sexta-feira (31), no Palácio da Abolição, durante solenidade do anúncio de R$ 113 milhões para a saúde do Ceará, que a bancada cearense na Câmara dos Deputados é a mais atuante em defesa dos interesses de um Estado.

“Quero parabenizar a bancada cearense, pela sua luta, união e parceria. A bancada do Ceará é a que mais luta pelos interesses do seu Estado”, comentou o ministro, ao lado do governador Camilo Santana, do prefeito Roberto Cláudio e do coordenador da bancada cearense, deputado José Airton Cirilo.

Chioro também destacou que a presidente Dilma Rousseff reconhece a bancada cearense como forte, parceira e incansável.

O coordenador da bancada, José Airton (PT), elogiou o compromisso dos 22 deputados eleitos pelo Ceará e ressaltou a articulação da coordenação para a união dos parlamentares.

Comissão discute aumento do roubo de celulares e consequência para o comércio

143 1

A Comissão de Defesa do Consumidor realiza na quarta-feira (5) audiência pública para discutir o aumento do roubo de celulares no País e as consequências para o comércio e o consumidor.

O requerimento para a audiência é do deputado Áureo (SD-RJ). Além criticar a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) que, a seu ver, não cumpre seu papel de bloquear os aparelhos roubados, o parlamentar cita dados do Instituto de Segurança Pública, segundo os quais de janeiro a abril deste ano, os roubos de celulares cresceram 78,75% em todo o Brasil.

O deputado Áureo afirma que o efetivo bloqueio desses celulares é fundamental para desencorajar os roubos de aparelhos. Na opinião do parlamentar, seria a solução porque ninguém roubaria um aparelho que não terá uso depois.

“Hoje esse aumento excessivo do roubo de aparelhos de celulares é porque quem rouba tem mercado de venda. Você vai à esquina, vai ao camelódromo e consegue comprar esse aparelho roubado e ele ser utilizado. Se esse aparelho ficar inutilizado, não tem por que a pessoa roubar. Então, a gente vai trabalhar firme nessa proposta, com alguns projetos de lei que apresentamos para que a gente possa dar um fim nessa violência”, disse.

(Agência Câmara Notícias)

Enem tem percentual de inscrições menor que ano passado

O número de candidatos que confirmaram a inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015 soma 7.746.057, informou o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Esse número corresponde ao de isentos e aos que pagaram a inscrição de R$ 63 dentro do prazo. No total, 8.478.096 fizeram a inscrição, mas 732.039 não pagaram a taxa.

Em relação ao ano passado, o número de inscritos confirmados apresentou queda de 11,19%, primeiro recuo desde 2008. Em 2007, houve redução de inscritos na comparação com 2006. Desde então, o número de inscritos vinha aumentando ano a ano.

A maioria dos candidatos que farão o exame é isenta de pagamento, 5,76 milhões. A Região Sudeste concentra o maior número de inscritos, 2,8 milhões, seguida pelo Nordeste, com aproximadamente 2,5 milhões. No Sul, foram feitas 916 mil inscrições; no Norte, 818 mil; e no Centro-Oeste, 703 mil.

A queda já havia sido constatada na divulgação das inscrições totais. Na ocasião, uma das hipóteses levantadas pelo ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, é que caiu o número daqueles que não têm certeza de que farão o exame. Isso porque a pasta estabeleceu que os isentos que não fizerem o exame este ano e deixarem de justificar a ausência perderão o direito à isenção em 2016. Neste ano, as provas serão aplicadas nos dias 24 e 25 de outubro. No ano passado, dos 8,7 milhões de inscritos, cerca de 6,2 milhões fizeram a prova.

(Agência Brasil)

Apesar da crise, BNB apresenta balanço positivo no primeiro semestre

foto marcos holanda bnb

Da Coluna Vertical, no O POVO deste sábado (1º):

O presidente do Banco do Nordeste, Marcos Holanda, entre um e outro compromisso da agenda do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, nessa sexta-feira (31) no Ceará, informou para esta Vertical: na terça-feira (4), estará em Brasília para apresentar os resultados do balanço financeiro da Instituição relativo ao primeiro semestre deste ano.

A apresentação ocorrerá durante reunião do Conselho de Administração do BNB, que já marcou para o próximo dia 15 a divulgação do balanço. Claro que os dados não podem ser divulgados por força de lei, mas há uma certeza: virão positivos. Não como gostaria a diretoria, mas virão refletindo o impacto de um ano que começou com ajuste fiscal.

Cinema, música, circo, teatro e exposições na programação da reta final das férias

foto mona gadelha

Com cinema, teatro, música, circo e exposições, a Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) preparou uma programação especial para os últimos dias de férias. Em diversos equipamentos da Secult, o público poderá desfrutar uma programação variada, com shows, concerto, espetáculos de circo, teatro, dança, rock pesado, contação de histórias, clássicos do cinema e exposições. As atividades contam com entrada franca ou ingressos populares.

Neste sábado (1º), o Por do Som traz o Trio de Cordas Elétricas, em apresentação ao ar livre e os Selvagens à procura da Lei, no Teatro do Dragão. Já no Porto Iracema das Artes, a atração é Mona Gadelha, com o Show “Acesa”.

Ainda neste sábado, a partir das 19 horas, no Teatro Morro do Ouro, acontece o IV Campeonato Cearense de Improvisação, realizado pelo grupo teatral K’Os Coletivo, com participação dos grupos As Marias, Cia Viv’Arte, Improarte, Improvisação, Improviçando, T de Teatro, Pac-Man Escocês.

(Secult)