Blog do Eliomar

Últimos posts

Até para o PT, Dilma virou um suplício

112 1

Da Coluna Fábio Campos, no O POVO deste domingo (27):

Para onde se vira o olhar, a desolação. Não há alma por estas paragens capaz de exprimir algum otimismo, uma saída, um caminho minimamente seguro. Sempre muito pragmático, este ente com suas mãos visíveis e invisíveis que aprendemos a chamar de “mercado”, reage à sua maneira. Retrai-se, suspende investimentos, desemprega e enriquece oportunistas de plantão. As reações do mercado respondem a estímulos.

O que se pode esperar a mais da presidente Dilma? Ninguém aposta um tostão furado no futuro de seu Governo. A última inacreditável façanha partiu do PT. O líder do partido na Câmara dos Deputados, Sibá Machado, reuniu sua turma e alguns outros líderes na Casa para articular a pressão para que os ministros da Fazenda, da Casa Civil e da Justiça caiam fora do Governo.

Sibá sugere o olho da rua para os três principais ministros da República. Dois deles, petistas de ponta. Creiam. Um homem com tamanha desenvoltura só pode estar se propondo a uma valsa à beira do abismo. Mas, em política, não há ponto sem nó. Não se trata de suicídio. Políticos não se entregam a devaneios. Parece mais um movimento que compõe um método.

Mas, que método? Ora, carregar o fracasso Dilma virou um suplício sem fim. Então, o melhor dos mundos para uma parte do PT é que o Governo se esfarele de vez. Derreta. Quanto mais rápido, melhor. A ideia é se desligar do fracasso, reunir o que resta da tropa e passar a fazer dura oposição a quem assumir. No fim do túnel, a recandidatura Lula em 2018.

Na tarde de sexta-feira, no site oficial do PT na internet, o presidente do partido, Rui Falcão, reforçou a suspeita. O petista gravou convocação para um inusitado ato: a favor de Dilma e contra a política econômica da presidente. Esquizofrenia? Não, método. Sim, Sibá e Falcão encarnam uma articulação. Pertencem ao mesmo grupo político que detém a hegemonia no PT.

Para os políticos, ser a favor ou contra o impeachment é um cálculo… político. Cada ator define sua posição de acordo com seus interesses. Nem sempre os mais nobres. Para uns, a queda imediata é o melhor caminho. Para outros, a melhor opção é deixar a presidente e seu partido feridos e moribundos, mas no poder. Até ao ponto em que se tornem inviáveis para as próximas disputas políticas, claro.

A presidente Dilma parece determinada a se manter no Palácio. Até aqui, não curvou o joelho, mas acusou os golpes no fígado. Tanto que se dedicou a ir ao mercado da politicagem desqualificada, ofereceu cargos aos saqueadores e até venceu uma ou outra batalha. Porém, sai sempre mais fraca das batalhas. Inglórias batalhas.

PDT filia Roberto Cláudio nesta segunda-feira ainda no clima de oba-oba sobre Ciro Gomes

437 1

foto eleição 2016 150927 rc

A expectativa é do anúncio da pré-candidatura de Roberto Cláudio na eleição do próximo ano. Mas o slogan “O Brasil e o Ceará que a gente quer!” sugere que a filiação do prefeito de Fortaleza, ao PDT, nesta segunda-feira (28), a partir das 19 horas, na Fábrica de Negócios do Hotel Praia Centro, na Praia de Iracema, seja um estendimento à filiação de Ciro Gomes ao partido, com o propósito de candidatura à Presidência da República em 2018.

O próprio Ciro Gomes é a atração da filiação de Roberto Cláudio, que estará acompanhado de outros prefeitos de municípios cearenses e lideranças, que ingressarão juntos no PDT.

Outra expectativa é com relação à filiação de Cid Gomes, que poderá não ocorrer nesta segunda-feira. Pelo “peso” político de Cid Gomes, o PDT poderá ganhar mais espaço em outro evento, assim também como nas filiações do presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque, e demais deputados, além do presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho, e demais vereadores.

Pré-candidato à Prefeitura de Fortaleza já põe ‘bloco na rua’… digo, nas caixas de correio

196 3

foto eleição 2016 150927 mmendes

O pré-candidato à Prefeitura de Fortaleza pelo PMDB, o ex-vereador Marcelo Mendes, passou a enviar para o eleitorado, via Correios, uma proposta de mudança para as eleições do próximo ano.

Na panfletagem, Marcelo Mendes se apresenta ao eleitorado e expõe várias fotos, entre essas ao lado do ex-prefeito Juraci Magalhães e do também pré-candidato Heitor Férrer.

Kassab quer PSD disputando Prefeitura de Fortaleza

foto psd 150926 cmfor kassab

O presidente nacional do PSD e ministro das Cidades, Gilberto Kassab, defendeu nesse sábado (26), na Câmara Municipal de Fortaleza, durante encontro estadual do partido, a candidatura própria à sucessão do prefeito Roberto Cláudio.

Para Kassab, o PSD se fortalece a cada eleição no Ceará e se apresenta como “boa opção”. O dirigente, no entanto, não apresentou nomes para a disputa. Em Fortaleza, o partido possui como maior liderança o vereador Paulo Diógenes – que também trabalha como humorista – e o subtenente Coelho, que conquistou na última eleição apenas 15% dos votos alcançados por Paulo Diógenes.

A presidente estadual do partido e prefeita de Tauá, Patrícia Aguiar, disse que o PSD está “lutando para lançar candidatos na maioria dos municípios do Ceará”.

Cortes no Orçamento prejudicam projetos na área de segurança e defesa

A execução de projetos estratégicos do Exército brasileiro está ameaçada por causa dos cortes orçamentários, alerta o comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas. Segundo ele, o que mais preocupa é o Sistema Integrado de Monitoramento das Fronteiras (Sisfron). Planejado para ser implantado ao longo de dez anos, os investimentos começaram há dois anos, mas dos R$ 10 bilhões previstos, apenas 7,2% foram aplicados até agora.

O Sisfron vai monitorar quase 17 mil quilômetros (Km) de fronteiras, 27% do território nacional e quando estiver em pleno funcionamento não ficará restrito às Forças Armadas. A ferramenta desenvolvida para coibir especialmente o tráfico de drogas e armas, por meio de um sistema de inteligência de comando e controle e integração de operações, também estará à disposição da Polícia Federal, secretarias de Segurança Pública dos estados, Força Nacional de Segurança Pública, além de órgãos ambientais, de vigilância sanitária e de defesa indígena.

“Temos 17 mil quilômetros de fronteiras com países produtores de cocaína e maconha. A Polícia Federal estima que 80% da criminalidade urbana está ligada direta ou indiretamente à droga. Aqueles arrastões que nós vimos no Rio de Janeiro, no último fim de semana, aqueles meninos que estão ali furtando um celular ou alguma outra coisa, com certeza é para trocar por droga. Temos que pensar seriamente nessa questão do narcotráfico. É um problema seríssimo, que está sem visibilidade. Estão descoordenados os órgãos federais que têm responsabilidade sobre isso”, disse o general Villas Bôas.

Além do Sisfron, outros projetos estão atrasados. O de defesa cibernética deveria ter ficado pronto no ano passado, mas agora tem previsão para 2017. “Para terem uma ideia, na Copa do Mundo foram neutralizados 756 ataques cibernéticos contra os sistemas que estavam sendo utilizados diretamente. No Brasil, ocorre, mais ou menos, 1,6 milhão de ataques a sistema cibernético por ano; 51% são contra sites do governo. Temos aí 25 empresas envolvidas, vamos proporcionar segurança de rede, visando proporcionar a capacitação para setores cibernéticos e visando, principalmente, a segurança das infraestruturas críticas. O setor elétrico, por exemplo, vocês imaginam um blecaute no país provocado por um ataque ao sistema elétrico?”, alertou o militar.

(Agência Brasil)

Seminário sobre a era digital reúne comunicadores da Região Norte

foto eliomar 150926 sobral

Mais de 100 radialistas, jornalistas, blogueiros e estudantes de Jornalismo da Região Norte do Ceará participaram nesse sábado (26), no Ytacaranha Hotel, do “II Seminário Jornalista Cidadão – A informação compartilhada na era digital”, que contou com as palestras deste blogueiro e do jornalista Nonato Albuquerque, responsável pelos blogs Gente de Mídia, Antena Paranoica e Mouse ou Menos.

O seminário foi patrocinado pelo Sebrae, com apoio da Faculdade INTA, Grendene, Execute Tecnologia, Sobralnet Fibra Óptica, Fl Noivas E Festas, Guaraná Del Rio, Apologia, Dydentro Malharia, FENAJ e Sindjorce. A realização foi do Instituto Filadélfia.

Papa diz que futuro da igreja exige compromisso dos fiéis leigos

131 1

O papa Francisco presidiu nesse sábado (26) a celebração eucarística na Basílica de São Pedro e São Paulo, na cidade de Filadélfia.  Durante o sermão, o papa disse que o futuro da Igreja Católica na sociedade exigirá um compromisso cada vez mais ativo por parte dos fiéis leigos, ou seja, aqueles que não são ordenados sacerdotes.

Segundo ele, promover nos fiéis o senso de responsabilidade sobre a missão da igreja é um desafio. “Um dos grandes desafios, nesta geração, é promover, em todos os fiéis, o sentido de responsabilidade pessoal pela missão da Igreja e torná-los capazes de cumpri-la”, declarou. Francisco também falou sobre a história da igreja na Filadélfia, que fica no estado norte-americano da Pensilvânia e foi a primeira capital dos Estados Unidos.

“Trata-se de uma história que nos fala de gerações e gerações de católicos comprometidos, que saíram para as periferias a fim de construir comunidades de culto, de educação, de caridade e de serviço à sociedade inteira. Tal história é visível nos muitos santuários espalhados por esta cidade”, disse.

(Agência Brasil)

Agressores de Stédile mancham hospitalidade dos cearenses

787 27

Da Coluna Valdemar Menezes, no O POVO deste domingo (27):

O Ceará aparece, mais uma vez, no noticiário nacional (e internacional) como um lugar de intolerância, ódio e preconceito. Na primeira vez, o destaque decorreu da insólita agressão aos cubanos do programa Mais Médicos, em 2013, e, agora, se traduziu no cerco, ameaça de agressão física e insultos contra o líder do Movimento dos Trabalhadores sem Terra (MST), João Pedro Stédile, protagonizados por um grupo de extremistas de direita, na ocasião em que ele desembarcava no aeroporto Pinto Martins para participar – a convite – do Seminário sobre Corrupção e Reforma Política, realizado na UFC, na última terça feira.

As próprias palavras de ordem – “Vá para Cuba e leve o PT” – revelam o completo descolamento dos extremistas em relação ao presente momento histórico mundial. É de um anacronismo estupefaciente. Ademais, destoam por completo do espírito acolhedor e tolerante dos cearenses e de seu papel vanguardista na história libertária do País (vide as lutas pela Independência e pela Abolição da escravatura).

Além de condenados pela consciência esclarecida (no Brasil e além-fronteiras), os agressores têm o dissabor de testemunhar a avidez cada vez maior com que os americanos se acotovelam nas filas de espera dos aeroportos, no aguardo da ansiada ordem de embarque… “para Cuba”. As imagens da agressão expostas nas redes sociais percorrem o mundo e mancham o perfil tolerante e democrático do Brasil, reforçadas pela notoriedade do agredido, o líder de um dos movimentos campesinos mais destacados da contemporaneidade.

Por burrice dos agressores, o atentado foi dirigido contra um dos mais destacados interlocutores do papa Francisco, no movimento social da América Latina, justamente no momento em que o líder da Igreja Católica ganha todas as atenções do mundo pelo seu empenho em favor dos desfavorecidos. O próprio Stédile já foi recebido mais de uma vez pelo pontífice, não por razões ideológicas, mas, pelos aspectos humanos e sociais da causa que ele advoga.

Em outubro passado, o papa promoveu, no Vaticano, o I Encontro Mundial dos Movimentos Populares, e um dos convidados principais foi Stédile. Recebeu-o também, na Bolívia, quando da visita pastoral ao país, este ano, onde participou do II Encontro Mundial dos Movimentos Populares. Ninguém é obrigado a concordar com o papa, nem com Stédile, mas, a discordância deve vir calçada em argumentos, não em coação descabida.

Carga tributária está chegando a ‘níveis insuportáveis’, avalia presidente da Câmara Federal

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, defendeu que seja fixado na Constituição um percentual máximo do Produto Interno Bruto (PIB) para a carga tributária. Segundo ele, a medida poderá conter propostas do governo como a recriação da CPMF, tema da PEC 140/15.

“É preciso acabar com a história de que o Executivo pode ampliar os seus déficits sem limites, neste momento que o governo está propondo aumentar a CPMF e a carga tributária do País,  chegando a níveis insuportáveis principalmente no período de retração econômica”, ressaltou Cunha.

A ideia, de acordo com o presidente, é debater a proposta de cota para a tributação na comissão especial que analisa a Proposta de Emenda à Constituição da Reforma Tributária (PEC 233/08). O texto deverá ser levado ao em Plenário no final de outubro.

O relator da reforma tributária, deputado Andre Moura (PSC-SE), reiterou que vai sugerir a substituição de vários tributos federais por um Imposto sobre Valor Agregado (IVA), além da unificação das alíquotas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

(Agência Câmara Notícias)

Cunha defende candidatos próprios do PMDB e fim da relação com o PT

117 1

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), defendeu nesse sábado (26) que o partido concorra, nas próximas eleições, com candidatos próprios e deixe a parceria com o PT. “Time que não joga não tem torcida”, disse.

“O PMDB tem de ter candidatos em todos os municípios, tem de disputar todas as prefeituras, tem de ter candidato para todos os governos estaduais, fazer o maior número possível de governadores. O PMDB tem de ter candidato à Presidência da República, não podemos mais ir a reboque de quem quer que seja”, afirmou.

Ao falar sobre a filiação de Marta Suplicy ao PMDB, Cunha disse que a senadora é bem-vinda e que a legenda deveria seguir o exemplo dela, e deixar o PT. “Marta, que sua presença possa aumentar e consolidar o PMDB em São Paulo e no Brasil. E não tenha dúvida, que o PMDB siga o teu exemplo, vamos largar o PT”, afirmou. “Chega de usar o PMDB apenas como parte de um processo para dar cobertura congressual para aquilo que a gente não participou”, acrescentou.

(Agência Brasil)

MPF pede arquivamento de inquérito sobre Lula

A Procuradoria da República no Distrito Federal decidiu pedir o arquivamento do inquérito instaurado para investigar suposto repasse da Portugal Telecom para o PT, segundo a assessoria de imprensa Ministério Público Federal no Distrito Federal.

A apuração começou em 2013, a partir de depoimento dado pelo publicitário Marcos Valério, preso por ter sido operador da Ação Penal 470, o chamado mensalão. Entre os suspeitos de terem participado do esquema de negociação do repasse está o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A partir do depoimento foram abertos dois inquéritos, um civil e um policial, para apurar o caso. Segundo a assessoria, a decisão do arquivamento foi tomada pelo procurador Frederico Paiva, do Núcleo de Combate à Corrupção, após a investigação policial concluir que não foi possível provar o depoimento de Valério.

Ambos inquéritos aguardam a homologação do arquivamento, o civil, na 5ª Câmara de Coordenação e Revisão do MPF, e o policial, na 10ª Vara da Justiça Federal, no DF.

(Agência Brasil)

Frei Tito será homenageado em Fortaleza com sessão solene

foto convite frei tito 70 anos

Uma sessão solene e a apresentação de uma peça teatral marcam os 70 anos de nascimento de Frei Tito, na segunda-feira (28), a partir das 19 horas, no Theatro José de Alencar, no Centro de Fortaleza.

A iniciativa é do mandato da deputada federal Luizianne Lins (PT), com realização da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara Federal, e apoio da Coordenadoria Especial de Direitos Humanos do Governo do Ceará e do Instituto Frei Tito Alencar.

Brasil tem reservas suficientes para lidar com a alta do dólar, diz Dilma

A alta da cotação do dólar preocupa a presidente Dilma Rousseff porque, segundo ela, existem empresas brasileiras com dívidas em moeda norte-americana. Entretanto, a presidente ressaltou que o país tem reservas suficientes para lidar com essas oscilações do dólar.

“O Brasil hoje tem reservas suficientes para que não tenhamos nenhum problema, nenhuma disruptura por conta do dólar”, afirmou Dilma em entrevista à imprensa após a reunião do G4 –  Brasil, Índia, Alemanha e Japão -, que discutiu a reforma no Conselho de Segurança das Nações Unidas. em Nova York.

A presidente lembrou a atuação do Banco Central no leilão de dólar no mercado futuro, operação conhecida como swap, para conter a alta do dólar. “O governo terá uma posição bem clara e firme como foi essa que o Banco Central teve ao longo do final da semana passada”, disse a presidente.

Nesta semana, pela primeira vez desde a criação do real, o dólar fechou acima dos R$ 4. Na terça-feira (22), o dólar comercial subiu R$ 0,073 (1,83%) e encerrou sendo vendido a R$ 4,054. O recorde anterior correspondia a 10 de outubro de 2002, quando a cotação tinha fechado em R$ 3,99. Na sexta-feira (25), ele fechou sendo vendido a R$ 3,976.

(Agência Brasil)

Trenzinho no Monte Castelo complica fluxo de veículos na Bezerra de Menezes

foto trânsito 150925 bezmenezes

Um trenzinho que passou a realizar passeios com crianças, pelas ruas do Monte Castelo, é motivo de reclamação de motoristas que trafegam à noite pela avenida Bezerra de Menezes.

Nessa sexta-feira (25), como ocorre nos últimos finais de semana, o trenzinho fez paradas em sorveterias e lanchonetes para que a criançada aproveite melhor o passeio. O problema é que somente uma faixa fica liberada para o grande fluxo de carros, depois que outras duas faixas passaram a ser exclusivas para os ônibus.

Estacionado debaixo de uma placa de trânsito que proíbe o estacionamento, o motorista do trenzinho ouviu xingamentos dos motoristas que passavam. Mas a desculpa era a mesma: “estou trabalhando”.

A fiscalização do trânsito na área deveria seguir o conselho do motorista do trenzinho e também começar a trabalhar.

Marta Suplicy se filia ao PMDB e diz que Temer vai reunificar o país

A senadora da República, Marta Suplicy, filiou-se neste sábado (26) ao PMDB em cerimônia no Teatro da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. O evento contou com lideranças nacionais do partido como o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (RJ), o presidente do Senado, Renan Calheiros (AL), e do presidente da República em exercício, Michel Temer.

“O PMDB soube devolver a nós o que há de mais valioso na vida, a liberdade, o direito de ir e vir, de mudar de ideia. Isso já foi mencionado, e foi uma das coisas que eu mais gostei do PMDB. Eu senti que eu caibo por causa disso, é um partido amplo”, disse a senadora em seu discurso.

Marta falou também falou sobre a sua saída do PT, em abril. Segundo ela, a relação com o partido era conflituosa e sem perspectiva de melhora. “Vocês sabem que tem algumas decisões na vida que são muito difíceis, não são fáceis de serem tomadas. Mas eu sempre tive como norma que diante de relações conflituosas sem a menor perspectiva de melhora, e que ferem os nossos princípios, o melhor caminho a se tomar, por mais doído que seja, é o do rompimento”, disse.

A senadora disse que decidiu ingressar no PMDB após uma conversa com Michel Temer, a quem Marta chamou de líder conciliador. No seu discurso ela criticou a corrupção e disse que Temer poderá reunificar o país.

“A gente quer um Brasil livre da corrupção, livre das mentiras, livre daqueles que usam a política como meio de obter vantagens pessoais. Afinal, estou no PMDB do Doutor Ulysses, que democratizou o país. E no PMDB do doutor Michel, que vai reunificar o país”.

(Agência Brasil)

A família se constrói

Em artigo no O POVO deste sábado, o médico, antropólogo e professor universitário Antonio Mourão Cavalcante comenta do diferente papel, mas complementar, da família com a escola. Confira:

Ele passava horas na fabricação de carrinhos de madeira. Depois, aquilo virava felicidade entre os amigos. Aos domingos, íamos à praia. Com os outros, menores, ele fazia castelos de areia… Eram bonitos. Neles cabiam todas as nossas fantasias.

Um pouco mais tarde, a maré cheia levava os castelos… Bem entendido, os feitos na areia. Mas as lembranças jamais se apagaram e vivas elas construíram a ideia clara: aquele homem era meu pai!

Pai não se determina. Se constrói. Não importam elogios e fama. O bom pai será sempre aquele de carne e osso. Que um dia podemos abraçar, cheirar, correr cheio de alegria: lá vem ele! Ele chegou!

A primeira e mais consistente escola para os filhos é o lar. A maneira como o pai e a mãe funcionam como homem e mulher. Os filhos precisam vivenciar essa dinâmica, dentro dela. Não são, necessariamente, os conselhos que resolvem, mas a vida que se vive no seio do que se chama família.

A essência mesma do humano é aprendida em casa. Os valores, os princípios, a conduta diante da vida. As crenças. A própria noção inaugural de cultura. Tudo isso de amalgama no ambiente familiar. O mundo, posteriormente, vai consolidar esta armadura.

Jamais a escola vai substituir a família. São papéis diferentes e complementares. Se eu amo meus filhos, preciso fiscalizar a escola que eles frequentam.

Estou repartindo essas ideias com vocês, porque, aqui em Joinville (SC), onde estou agora, a Mitra Diocesana promove um Encontro de Família, do qual mais de duas mil pessoas participam e querem ouvir sobre o assunto. Enquanto existir no coração humano o desejo de amar e ser amado, haverá lugar para existência da família.

Meu pai, com seus carrinhos de madeira e seus castelos na praia, continua vivo em mim. Hoje amanheci com uma vontade imensa de fazer o mesmo com meus filhos. Mas eles também cresceram e também foram embora… quiçá um netinho apareça, pedindo: vovô, vamos brincar! Aí, na praia, eu construirei castelos na areia e…

Oeste se aproveita do Z4 para fugir do rebaixamento

155 2

Com 33 pontos – oito de diferença para a zona de rebaixamento -, o Oeste se aproveita das quatro equipes que com compõem o Z4 para se manter na Série B do próximo ano. Na tarde deste sábado (26), a equipe paulista enfrenta o Ceará, na Arena Castelão, no oitavo e último confronto com times do Z4.

O Oeste soma duas vitórias contra o Boa Esporte, uma vitória e um empate diante do ABC, dois empates com o Mogi Mirim e uma vitória sobre o Ceará. Os paulistas construíram quase metade da pontuação somente nos confrontos com os quatro últimos colocados.

Para manter as esperanças de deixar o Z4, o Ceará terá que quebrar a invencibilidade do Oeste contra os times da zona do rebaixamento.