Blog do Eliomar

Últimos posts

Passagem do ônibus intermunicipal já está mais cara

O transporte intermunicipal das linhas que rodam pela Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) já começaram a operar com novas tarifas desde o último sábado, 25. O reajuste foi publicado no Diário Oficial do Estado na quarta-feira, 22. No trecho do 6º anel viário, o de maior extensão, 71,27 km (Chorozinho, Maranguape e São Gonçalo), a passagem chegou a R$ 13,30 a inteira.

Confira os novos preços das cerca de 75 linhas de ônibus que atendem à RMF, por trechos:

*1º. Anel (16,52 km – Caucaia e Maracanaú)

Antes: R$ 3,40 (inteira)

Agora: R$ 3,75 (inteira)

e R$ 1,90 (estudante)

*2º. Anel (23,57 km – Maracanaú,

Aquiraz e Eusébio)

Antes: R$ 4,20 (inteira)

Agora:R$ 4,60 (inteira)

e R$ 2,30 (estudante)

*3º. Anel (29,71 km – Maranguape,

Aquiraz, Caucaia,

Itaitinga e Pacatuba)

Antes: R$ 5,75 (inteira)

Agora: R$ 6,30 (inteira)

e R$ 3,15 (estudante)

*4º. Anel (33,4 km – Aquiraz, Caucaia, Guaiúba, Maranguape e Pacatuba)

Antes: R$ 7,60 (inteira)

Agora: R$ 8,35 (inteira)

e R$ 4,20 (estudante)

*5º. Anel (45,53 km – Caucaia, Aquiraz,

Horizonte, Itaitinga, Guaiúba, Pacatuba, Maracanaú, Pacajus e São Gonçalo)

Antes: R$ 8,80 (inteira)

Agora: R$ 9,65 (inteira)

e R$ 4,85 (estudante)

*6º. Anel (71,27 km – Chorozinho,

Maranguape e São Gonçalo)

Antes: R$ 12,15 (inteira)

Agora: R$ 13,30 (inteira)

*Valor de estudante não divulgado.

(Foto – Arquivo)

Fake news geram mais engajamento no Facebook que mídia tradicional

Informações falsas e com conteúdo extremo geram maior engajamento no Facebook do que notícias da mídia tradicional. A conclusão foi de um estudo do Instituto de Internet da Universidade de Oxford, um dos mais renomados do mundo. A investigação analisou a circulação de conteúdos em redes sociais relacionados às eleições do Parlamento Europeu, que tiveram início na quinta-feira (23) e encerradas nesse domingo (26).

A pesquisa avalia o que chama de junk news, que classifica como conteúdos “ideologicamente extremos, enganosas e informações com fatos incorretos”. A disseminação desse tipo de mensagem vem ocorrendo em larga escala em processos políticos na região e preocupado autoridades dentro da União Europeia.

“As junk news em nossa base tenderam a envolver temas populistas como anti-imigração, fobia contra grupos islâmicos, com poucos mencionando líderes ou partidos europeus”, afirmaram os autores. Os pesquisadores também verificaram o compartilhamento de mensagens de fontes russas, dialogando com a preocupação de interferência externa no pleito.

Sites populares de junk news na maioria dos idiomas obtiveram um engajamento de 1,2 a 4 vezes maior do que as notícias de meios jornalísticos tradicionais. Engajamento é o termo usado para interações com as publicações, como curtidas, compartilhamentos e comentários realizados.

Os idiomas com maior índice de engajamento envolvendo as junk news foram inglês (3,2 mil por publicação), alemão (1,9 mil), sueco (1,76 mil) e francês (1,7 mil). Nas páginas de Facebook de sites em italiano e polonês a situação se inverte, com os veículos jornalísticos obtendo maior engajamento do que as fontes de junk news.

Twitter

Já no Twitter, a presença de conteúdos enganosos foi menor. Menos de 4% das fontes, entre as mensagens analisadas, tinham como foco a difusão de junk news ou de sites russos. A exceção foi a Polônia, onde esse tipo de publicação representou 21% dos conteúdos analisados. Os veículos tradicionais de mídia tiveram desempenho melhor, com 34% das informações compartilhadas.

Metodologia

Os autores analisaram publicações em sete idiomas que circularam em redes sociais em países da região. Foram analisados mais de 580 mil mensagens no caso do Twitter e as principais fontes de junk news e de notícias de veículos profissionais no Facebook.

(Agência Brasil)

Em jogo sem inspiração, Fortaleza empata com Vasco no último minuto

Em uma partida da baixa inspiração contra o baixo nível técnico, Fortaleza e Vasco empataram na noite deste domingo (26), no Castelão, em 1 a 1, pela sexta rodada do Brasileirão. Apesar de um falso domínio no primeiro tempo, o Fortaleza não conseguiu ameaçar o gol vascaíno, diante de atacantes atrapalhados na conclusão. A sorte tricolor foi o baixo nível técnico do adversário, o que justifica a lanterna na competição.

Na segunda etapa, o Vasco percebeu que os atacantes tricolores eram marcados por suas próprias sombras e saiu mais para o ataque. Pikachu, aos 26 minutos, abriu o placar em cobrança de pênalti.

Somente após o gol vascaíno é que o Fortaleza decidiu prestigiar o torcedor e passou a usar a criatividade. Romarinho, no último minuto, com um forte chute de fora da área, evitou o vexame tricolor.

O Fortaleza volta a campo na noite do sábado (1º), no Maracanã, diante do Flamengo.

Série D

Pelo Grupo 4 da Serie D, Santa Cruz de natal e River empataram em 2 a 2. O resultado deixa o Floresta na vice-liderança, três pontos atrás do líder River.

Pelo Grupo 5, O Altos do Piauí venceu o Central, por 2 a 1, e deixou o Atlético Cearense com seis pontos de vantagem sobre o vice-líder Central.

(Foto: Reprodução)

Papa Francisco recebe cacique Raoni em audiência privada

O papa Francisco recebe nesta segunda-feira (27), em reunião reservada, o líder indígena brasileiro Raoni Metukire, de origem kayapó. Na ocasião, o cacique deve apresentar demandas do movimento indígena, sobretudo aquelas que têm relação com as condições de vida de povos que vivem na região amazônica.

Em uma viagem feita ao Chile e ao Peru, em janeiro do ano passado, o pontífice afirmou que “provavelmente, nunca os povos originários amazônicos estiveram tão ameaçados nos seus territórios com o estão agora”. O líder religioso também disse, na oportunidade, que “a defesa da terra não tem outra finalidade senão a defesa da vida”.

De acordo com o Vaticano, o encontro desta segunda-feira quase foi cancelado, por pressão de representantes da indústria madeireira e do agronegócio, mas foi confirmado ontem (25). O compromisso se insere no contexto da Assembleia Especial do Sínodo dos Bispos para a região Pan-Amazônica, que tem como tema Amazônia: Novos Caminhos para a Igreja e por uma Ecologia Integral. O evento será realizado entre os dias 6 e 27 de outubro, em Roma.

Segundo a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), é de praxe que, para todo sínodo, haja um processo de escuta das reivindicações daqueles que são foco do evento. Este ano, portanto, o acolhimento de demandas abrange diálogos com os povos indígenas e todas as comunidades que vivem na Amazônia.

Esse processo é a etapa preparatória, a primeira das três que compõem o sínodo, instituído em 1965. As fases seguintes são a celebrativa, em que os bispos se reúnem em assembleia, e a de atuação, na qual as deliberações aprovadas pelo papa são acolhidas pelas igrejas.

(Agência Brasil)

Ferrão perde liderança na Série C, mas mantém boa vantagem no G4

O Ferroviário perdeu a liderança do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro, ao ser derrotado pelo Sampaio Corrêa, na tarde deste domingo (26), em São Luís, por 3 a 1. Com o resultado, o Ferrão caiu para a vice-liderança, mas mantém quatro pontos de vantagem para primeira equipe fora do G4.

O Sampaio Corrêa abriu o placar aos 30 minutos do primeiro tempo, com Cleiton. Edson Cariús empatou aos 44 minutos. Na segunda etapa, Oliveira, de pênalti, colocou a equipe maranhense novamente à frente do placar, aos 23 minutos. Welder, aos 40 minutos, fechou o placar.

O Ferroviário volta a campo, no próximo domingo (2), diante do ABC, em Natal.

(Foto: Reprodução)

Manifestantes lotam Praça Portugal em defesa do governo Bolsonaro

Cerca de 15  mil pessoas participaram, na tarde deste domingo, na Praça Portugal, em Fortaleza, do ato de apoio ao governo do presidente Jair Bolsonaro, estimou a organização.

Caravanas de vários bairros e de algumas cidades da Região Metropolitana, além de políticos ligados ao PSL, compareceram à manifestação que teve, entre faixas, cartazes e discursos feitos de um trio elétrico, dois motes: defesa da reforma da Previdência e a necessidade do pacote anticrime do ministro da Justiça e Segurança, Sérgio Moro.

A manifestação ocorreu há pouco mais de uma semana depois dos atos de partidos de esquerda e de grupos de universidades federais contra os cortes de verbas na área da educação. Na organização da manifestação deste domingo na Capital cearenses estavam a Frente Cearense pelo Novo Brasil, Conexão Patriótica, Endireita Fortaleza, Brasil Conservador e Brasil Indignado. Eles disseram que houve atos do gênero em pelo menos 20 municípios do Estado.

O deputado federal Heitor Freire (PSL) foi um dos mais assediados pelos grupos presentes ao ato, que teve duração de cerca de duas horas.

A Polícia Militar não registrou incidentes na manifestação em Fortaleza, assim como não se pronunciou sobre a quantidade de pessoas no ato da tarde de hoje.

Em todo o país, cerca de 130 cidades realizaram manifestações em 22 estados, além do Distrito Federal.

(Vídeo e Fotos – Leitores do Blog)

Atos em apoio ao governo ocorrem em diversas cidades do país

Atos em apoio ao governo de Jair Bolsonaro ocorrem neste domingo (26) em várias cidades do país. Os apoiadores defendem a reforma da Previdência, o pacote anticrime, o porte e posse de armas, além de ministros do governo como o da Justiça, Sergio Moro, e o da Economia, Paulo Guedes.

Em Brasília, os apoiadores se concentraram no gramado da Esplanada dos Ministérios. Cinco carros de som ocupavam a pista com mensagens em apoio à agenda do governo federal como a Medida Provisória 870, da reforma administrativa, a reforma da Previdência Social (Emenda Constitucional nº 6/2019) e os projetos de lei que compõem o pacote anticrime. Os manifestantes também declaravam apoio à Operação Lava Jato e pediam a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Cortes Superiores, conhecida como Lava Toga.

Em São Paulo, Diversos movimentos estacionaram carros de som ao longo da Avenida Paulista, na região central da capital, para o ato de apoio ao governo de Jair Bolsonaro. Próximo ao Museu de Arte de São Paulo (Masp), foi inflado um boneco gigante do presidente. A polícia não fez estimativa de público.

No Rio de Janeiro, os manifestantes fizeram a concentração no Posto 5 da orla de Copacabana e se espalharam até o Posto 4. Muitos deles vestiam roupas com as cores verde e amarela e carregavam faixas. Muitos levavam bandeiras do Brasil, que também estavam expostas nas fachadas de prédios.

Na rede social Twitter, o presidente Jair Bolsonaro postou cenas de atos que ocorrem em outras cidades do país.

Em nova publicação no Twitter, o presidente voltou a falar sobre os atos pró-governo. Ele destacou que a maior parte dos manifestantes “foi às ruas com pautas legítimas e democráticas, mas há quem ainda insista em distorcer os fatos”, referindo-se a pessoas que pediram o fechamento do Congresso e do STF.

(Agência Brasil)

Roubo de prova e desorganização marcam concurso em Juazeiro do Norte

Um homem, que seria servidor público municipal, teria roubado a prova Enfermagem, para Estratégia de Saúde da Família e depois empreendido fuga. A confusão foi apenas uma de outras enfrentadas por candidatos que se submeteram na manhã deste domingo (26) ao concurso público da Prefeitura de Juazeiro do Norte, que prevê 1.825 convocações imediatas entre 68.115 candidatos.

Segundo a organização do concurso, as provas para os cargos de Enfermeiro, Educador Físico, Engenheiro Elétrico, Engenheiro Ambiental e Contador serão canceladas e reaplicadas no dia 9 de junho, quando outros 31 mil candidatos estão aptos a provas nesse dia.

Candidatos também reclamaram do atraso de mais de uma hora para a abertura dos portões, o que teria causado estresse e indignação em centenas de pessoas.

A Prefeitura de Juazeiro do Norte, por meio da assessoria de imprensa, informou que as provas no período da tarde seguem na normalidade. O Ministério Público acompanha a realização das provas.

(Foto: Blog do Farias Júnior)

Povo está indo às ruas em defesa do futuro da nação, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, no Rio de Janeiro, que a população está indo às ruas neste domingo (26) para defender o futuro do país. “Hoje, por coincidência, é um dia em que o povo está indo às ruas não para defender o presidente, um político ou quem quer que seja. Ele está indo para defender o futuro desta nação, uma manifestação espontânea com uma pauta definida, com respeito às leis e às instituições, mas com firme propósito de dar um recado àqueles que teimam, por velhas práticas, não deixar que esse povo se liberte”, afirmou, durante culto na Igreja Batista Atitude, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio.

Dirigindo-se aos cerca de 4 mil fiéis que lotam a Igreja, Bolsonaro disse que, pela primeira vez na história do Brasil, há um presidente eleito que está cumprindo o que prometeu durante a campanha. “As palavras na política nem sempre representam a prática. Nós estamos casando a palavra com a prática, [e] os problemas se avolumam. Se fosse só eu a sofrer, eu até diria que vale a pena, mas quem está ao meu lado, parente ou não, também sofre. Nós estamos mudando o paradigma, mudando a forma de se apresentar junto a vocês, 208 milhões de pessoas às quais eu devo [ser] obediente, devo lealdade, devo o norte que tem que ser dado para o futuro do nosso Brasil.”

Bolsonaro lembrou-se do momento em que levou uma facada no abdômen durante a campanha presidencial e, dirigindo-se ao pastor Josué Valandro Júnior, líder da Igreja, afirmou que não há um dia em que não agradece a Deus por ter sobrevivido. “Se os senhores estão aqui é porque acreditam em Deus. Juntos e somente com a força de vocês nós poderemos governar.”

Como fez em novembro, quando ainda presidente eleito e participou de um culto na igreja, Bolsonaro destacou a superação do povo de Israel das diante das dificuldades daquele país. Contou que já visitou Israel duas vezes, sendo a última como chefe de Estado. “Temos como exemplo aquela nação cujo povo sofreu muito mais do que nós. O que nos diferencia deles, ou o que nos une, é a fé. Nós temos como transformar o Brasil em uma grande nação. Peço-lhes oração para mim. Orações para o Brasil. Orações para as autoridades para que nós consigamos, de verdade, vencer esses obstáculos. Se lá, quase do outro lado do mundo, eles venceram, com a mesma fé seremos vitoriosos aqui no Brasil”, acrescentou.

O presidente agradeceu a confiança e a consideração que muitos tiveram por ele, afirmando ainda que a responsabilidade de conduzir o país é muito grande. “Essa missão Deus me deu e juntamente com vocês, no espírito fraterno, nós chegaremos a um porto seguro. Meus irmãos da Igreja Atitude, brasileiros de todos os rincões dessa nação maravilhosa, vamos juntos, tendo Deus no coração, colocar o Brasil no local de destaque que ele merece. Meu muito obrigado a todos”, concluiu.

Antes de passar a palavra a Bolsonaro, o pastor Valandro Júnior agradeceu a presença do presidente. “Quando alguém é eleito presidente da República, ele não é presidente apenas de quem votou nele. Ele passa a ser presidente de toda uma nação. É presidente dos que votaram e daqueles que nem sabem que houve eleição, porque vivem em um cantão do Brasil aonde a informação nem chegou”, disse.

Valandro Junior chamou o presidente e a primeira-dama ao palco para fazer a oração e os dois, de joelhos, ouviram o pastor. “Uma oração pela sua vida, pelos seus ministros por aqueles que estão em Brasília no Congresso Nacional e tenham uma proteção para esta nação para que seja uma nação melhor onde não haja divisão por raça, por sexo, por ideias”, destacou Valandro Junior.

(Agência Brasil)

Romildo Rolim tem apoio dos governadores para se manter à frente do BNB

A depender dos governadores nordestinos, o atual presidente do Banco do Nordeste, Romildo Rolim, servidor de carreira do banco, deverá permanecer à frente da instituição. Ele foi nomeado para a presidência do BNB, em dezembro de 2017, por Michel Temer, após o desgaste político do então presidente Marcos Holanda.

Durante a reunião do Conselho Deliberativo da Sudene, na última sexta-feira (24), em Recife, o dirigente do BNB posou ao lado do presidente Bolsonaro, após o anúncio que o banco irá operar o aporte de R$ 4 bilhões para o orçamento do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE).

(Foto: Divulgação)

Câmara Federal debate a exploração sexual de crianças nas rodovias; Ceará possui maior número de pontos críticos

A Comissão de Viação e Transportes realiza audiência pública na quarta-feira (29) para discutir como combater a exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias federais. Os deputados Lucas Alves (Novo-MG), Jaqueline Cassol (PP-RO) e Camilo Capiberibe (PSB-AP), que solicitaram a audiência, pretendem também analisar os números apresentados pelo Projeto Mapear com dados de 2017/2018.

O estudo, realizado pela Polícia Rodoviária Federal em parceria com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, a Organização Internacional do Trabalho, o Ministério Público do Trabalho e a ONG Childhood, é um mapeamento nacional dos pontos vulneráveis à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Foram convidados para a audiência pública a ministra de Estado da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, e o diretor-geral do Departamento de Polícia Rodoviária Federal, Adriano Marcos Furtado. (Agência Câmara Notícias)

DETALHE – Segundo o mapeamento da PRF, o Ceará tem 81 pontos críticos de exploração sexual de crianças e adolescentes em rodovias federais, sendo o Estado com maior número de locais utilizados para esse tipo de crime em beira de estradas federais. Em seguida aparecem Goiás (55), Pará (52), Minas Gerais (48) e Paraná (29).

Saneamento urgente

Em artigo no O Globo deste domingo (26), compartilhado no Facebook pelo senador Tasso Jereissati, o professor universitário Rubens Penha Cysne analisa o impacto social do saneamento básico. Confira:

Sem vaso não me caso” foi o mote de uma campanha pública lançada em 2005 no estado de Haryana, na Índia. O objetivo da campanha foi encorajar as mulheres em idade de casamento a exigir dos noivos potenciais a construção prévia de uma latrina doméstica.

Os noivos não fizeram corpo mole. Reagiram à altura. O programa levou a um aumento médio em torno de 21% na cobertura sanitária privada em Haryana, com maior predominância nos lares formados a partir de então.

Isso é o que mostra a pesquisa No Toilet no Bride, publicada em 2017 no “Journal of Development Economics”, pelo professor da Universidade de São Francisco Yaniv Stopnitzky.

Não se sabe da existência de nenhuma campanha congênere no Brasil. Mas, se houvesse, daria muito trabalho aos noivos (ou às noivas, dependendo da divisão de tarefas entre o casal, tendo em vista que os costumes felizmente mudaram de lá para cá).

De fato, o trabalho “Uma análise das condições de vida da população brasileira”, publicado pelo IBGE em 2018, mostra que aproximadamente 5,4 milhões de pessoas (ou 1,6 milhão de domicílios) convivem no Brasil com a ausência de banheiro (aqui incluindo sanitários ou instalações para banho) de uso exclusivo dos moradores.

Ter um banheiro exclusivo é um passo importante, mas resolve o problema apenas na esfera privada (trocadilho não intencional). Da porta da casa para fora, surge o problema do sofrível saneamento básico brasileiro. Algo surpreendente para um país cujo governo possui receita bruta da ordem de 35% do que produz.

São ruins e muito inferiores à média de países semelhantes os serviços nacionais de saneamento. Segundo a Pnad Contínua do IBGE, divulgada esta semana, 8,9% dos domicílios brasileiros não contam com coleta direta de lixo. Adicionalmente, aproximadamente 11,7% não possuem abastecimento diário de água por rede geral. E 33,7% não têm esgotamento sanitário por rede geral ou fossa ligada à rede para escoamento de esgotos.

São exatamente os mais jovens os mais expostos à ausência de serviços de saneamento. É comum a visão, na cena brasileira, de crianças brincando sobre valas de esgoto a céu aberto. As doenças infectocontagiosas daí decorrentes são abundantes, incluindo mais recentemente as arboviroses decorrentes da proliferação de mosquitos.

A observação dos dados permite concluir que é gigantesco o retorno social do investimento em saneamento. Melhora na saúde pública, no desempenho escolar e redução do absenteísmo laboral devido a afastamento por razões de saúde são alguns dos ganhos diretos. Geração de empregos em um mutirão de saneamento poderia se incluir nos benefícios indiretos.

A partir daí surgem indagações óbvias relativas à falta de investimentos públicos e privados suficientes, no setor, nas últimas décadas.

Primeiro, na esfera pública, por que outras rubricas de gastos não são imediatamente reduzidas de forma a canalizar os recursos daí poupados para o saneamento? Que sistema de representação política é esse que não viabiliza de imediato a legislação do óbvio?

Segundo, na esfera privada, seria de se esperar que o elevadíssimo retorno social em saneamento gerasse também um retorno privado minimamente elevado. Suficiente para garantir a canalização de elevadas poupanças nacionais e internacionais para obras de saneamento. Porque isso não ocorre?

As duas indagações em conjunto sugerem que o modelo em vigor não funciona. Tem que ser modificado.

A reforma da Previdência é passo importante para viabilizar maiores investimentos públicos em áreas de extrema carência, no saneamento básico em particular. Mas está longe de conseguir gerar poupança pública suficiente para resolver o problema.

A responsabilidade maior se encontra atualmente nas mãos do Congresso Nacional, que no momento analisa a aprovação de uma medida provisória (MP 868/2018) que tem por objetivo resolver os inúmeros impasses atuais que dificultam os investimentos privados no setor.

A aprovação da MP 868 até o dia 3 de junho próximo, quando expira, infelizmente é muito pouco provável. Mas nada impede que o assunto se resolva rapidamente após esse primeiro capítulo, por meio de novas iniciativas legislativas que incorporem as ideias principais da MP relativas à viabilização dos investimentos privados. Pela crucial importância do tema, cabe uma vigília cívica no acompanhamento das discussões.

Se tudo correr bem, noivos e noivas brasileiros poderão prescindir de conversas congêneres àquelas de Haryana.

Rubens Penha Cysne é professor da FGV EPGE

Chaval tem chuva de 70 milímetros, mas sol prevalece neste domingo no Ceará

Dos 184 municípios cearenses, somente 17 registraram chuva nas últimas 24 horas, segundo dados da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Chaval, no Noroeste do Estado, a 400 quilômetros de Fortaleza, apresentou a maior precipitação no período, com 70.5 milímetros, seguido por Camocim (30 mm), Ibiapina (23 mm) e Paracuru (20.4 mm).

Em Fortaleza, choveu mais forte nos bairros Castelão e Messejana e adjacências, com média de 14.6 milímetros. Para esta segunda-feira (27), a Funceme prevê forte calor no período da tarde, com máxima de 33°C. No período da manhã, nebulosidade com possibilidade de chuva
.

(Foto: Arquivo)

Mais antigo prefeito alemão vai se aposentar após 56 anos no cargo

167 1

Depois de servir 56 anos como prefeito da cidade de Windhagen, na Alemanha, Josef Rüddel anunciou sua aposentadoria da política. O democrata-cristão de 94 anos, no entanto, tem uma última tarefa a cumprir no vilarejo ao sul da antiga capital Bonn, no oeste do país: supervisionar as eleições municipais deste domingo (26).

Rüddel decidiu não concorrer novamente ao cargo, depois de administrar a pequena cidade de 4.200 habitantes nas últimas cinco décadas e meia.

Ele é o prefeito mais longevo e mais velho da Alemanha, segunda a associação alemã de municípios, com sede em Berlim.

O democrata-cristão se lembra claramente de quantas eleições disputou, mas não do número de adversários derrotados. “Passei por 14 eleições, sempre com candidatos opostos, mas perdia a conta de quantos”, disse.

Rüddel nasceu em 20 de janeiro de 1925 em Hallerbach, a cinco minutos de carro de Windhagen. Ele serviu como soldado durante a Segunda Guerra, na qual foi ferido e capturado enquanto se retirava da Polônia.

Depois da guerra, ganhou seu sustento como agricultor. “Até mesmo o chanceler federal Konrad Adenauer comprou batatas de mim”, afirma.

Lembranças do passado

Em 1965, aos 30 anos de idade, Rüddel foi eleito para o conselho de Windhagen e se tornou prefeito oito anos depois ao suceder Josef Heuser, que havia morrido meses antes. “Na época, havia dois ou três carros em Windhagen. Eu andava a cavalo ou de carroça.”

“Depois de apenas cinco anos estávamos livres de dívidas! Hoje, temos 17 empresas com quase 2.500 empregos”, diz, orgulhoso. “Além disso, temos lojas, ensino fundamental, dois jardins de infância e dois médicos” conta.

A pequena comunidade gera mais de 20 milhões de euros em impostos comerciais. E apesar de a maior parte deste dinheiro ser repassado à associação comunal, o vilarejo conseguiu acumular reservas ao longo dos anos.

“Não precisamos ir ao banco ou buscar fomento”, afirma Rüddel, com sorriso maroto. “Na verdade, temos nosso próprio banco.”

Ao longo das décadas, o milagre econômico de Windhagen atraiu celebridades como os ex-chanceleres federais Helmut Kohl e Gerhard Schröder e o Dalai Lama.

Rüddel tem três filhos

Um deles, Erwin Josef Rüddel, é membro do Parlamento alemão pela União Democrata Cristã (CDU), partido do pai e da chanceler federal alemã, Angela Merkel.

(Agência Brasil)

Juazeiro do Norte realiza concurso neste domingo para 37 mil candidatos

A Prefeitura de Juazeiro do Norte, na Região do Cariri, a 491 quilômetros de Fortaleza, realiza neste domingo (26) a primeira etapa do concurso que oferta 7.304 vagas, sendo 1.825 para contratação imediata. Os salários variam de R$ 998 a R$ 7 mil.

Nesta primeira etapa, 37 mil candidatos realizam provas nos períodos da manhã e tarde. No dia 9 de junho, outros 31.115 candidatos serão submetidos também a provas.

O site da Prefeitura ainda não informou a data da relação dos aprovados.

(Foto: Arquivo)

Mega-Sena tem prêmio de R$ 48 milhões na quarta-feira

A Mega-Sena sorteia na quarta-feira (29), em São Paulo, um prêmio de R$ 48 milhões, segundo estimativa da Caixa Econômica Federal. Na noite desse sábado (26), nenhum apostador acertou os seis números, no concurso 2.154, que pagava R$ 3 milhões. O prêmio milionário da quarta-feira é resultado do acumulado em concursos com finais 0 ou 5.

Os números sorteados na noite de ontem foram: 0725414750 e 53.

O concurso 4.984 da Quina também acumulou e deverá pagar nesta segunda-feira (27) um prêmio de R$ 4 milhões, de acordo ainda com a estimativa da Caixa. Os números sorteados foram: 08 – 13 – 29 – 61 e 76.