Blog do Eliomar

Últimos posts

Dilma Rousseff: “Não há nenhuma acusação fundada contra mim”

“A presidente Dilma Rousseff (PT) voltou a comentar, nesta terça-feira, 22, sobre o processo de impeachment contra ela. Dilma destacou que a Constituição Federal é clara ao prever o impeachment em caso de crime de responsabilidade do chefe de Estado. “Não há fundamento legal porque eu tenho uma vida ilibada. No meu passado e no meu presente, não há nenhuma acusação fundada contra mim”, disse durante a entrega da Estação Pirajá e do trecho Bom Juá-Pirajá, do Sistema Metroviário de Salvador (BA).

Dilma também criticou os adversários políticos. “Não gostar do presidente, querer encurtar o tempo para chegar a ser presidente e perder eleições sistematicamente não são alegações previstas na Constituição”, afirmou. A presidenta voltou a dizer que os defensores do impeachment trabalham com a tese do “quanto pior, melhor”.

“É pior para o povo brasileiro e melhor para uns poucos. O que nós temos de garantir é que o Brasil volte a crescer, a gerar empregos e isso nós somos capazes de fazer”. Ainda na capital baiana, Dilma fez um apelo para que os parlamentares diretamente envolvidos no processo de impeachment coloquem os “interesses do Brasil” acima de “interesses partidários”.

Mais cedo em conversa com jornalistas no Palácio do Planalto, o ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, disse acreditar que, na volta do recesso parlamentar, em fevereiro, o governo terá votos suficientes para arquivar o pedido ainda na Câmara dos Deputados, já que, segundo ele, não houve crime de responsabilidade.

Oposição

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) criticou as declarações da presidente que, segundo o senador, levam os brasileiros “a acreditarem na ilusão de que temos um governo responsável e de que a grave recessão que vivemos é resultado de fatores outros que não a má condução da economia nos últimos anos, do descumprimento pelo governo das metas acordadas e dos compromissos assumidos e, sobretudo, da ausência de diálogo sincero com os setores produtivos e com a sociedade em geral”.

(Agência Brasil)

Um Ceará carente de lideranças

Com o título “Lideranças que fazem falta”, eis artigo do deputado federal Ariosto Holanda (PROS). Ele relata um certo vácuo de lideranças em vários segmentos da sociedade cearense. Entre as ausências, cita Demócrito Dummar, que presidiu O POVO.Confira:

Estamos vivendo uma crise institucional profunda acarretada pela perda dos valores éticos e morais e, sobretudo, pela ausência de líderes comprometidos com o nosso desenvolvimento econômico e social. A situação é tão grave que muitos chegam a afirmar que não vale a pena agir corretamente. Essa falta de lideranças é sentida em vários segmentos da sociedade: político, educacional, social, comunicação e outros.

No campo político, sinto falta de Virgílio Távora. O engenheiro Virgílio, como o chamava, tinha visão de futuro e desenvolvimento. Dele recebi apoio e incentivo para implantar e dirigir o Nutec. Isso se deu em 1979, quando o secretário de Indústria e Comércio e presidente da Fiec, dr. José Flavio Costa Lima, me indicou para essa tarefa.

Recebi de Virgílio a recomendação de celebrar convênio com a Universidade Federal do Ceará para prestar assistência tecnológica às empresas. Essa ação foi tão intensiva que,em 1980, foram feitos mais de 40.000 serviços de análises e certificados prestados pelos professores.

Mas, para o êxito desse programa, contamos de perto com o entusiasmo do que foi um dos maiores líderes da comunicação do Ceará: jornalista Demócrito Dummar. Ao colocar à nossa disposição a Fundação Demócrito Rocha para divulgar os trabalhos de extensão do Nutec, autorizou o encarte, nas edições do O POVO, de mais de 20 fascículos da série Como Fazer: doce, geleia, sabão, detergente e outros. Com a criação do Centec, publicou os Cadernos Tecnológicos que fizeram sucesso nacional.

Quando com ele viajei para conhecer os CVTs, Demócrito viu nessa estrutura o caminho para se fazer capacitação tecnológica da população e promover o ensino a distância. Infelizmente, os sucessivos governos nunca deram a devida importância aos trabalhos da extensão que assiste as pequenas empresas e capacita as pessoas para o mercado de trabalho.

Na área educacional, sinto falta do professor Antônio Martins Filho – o semeador de universidades. Não só estruturou universidades como apontou caminhos para integrá-las com os projetos de desenvolvimento regional. São exemplos o projeto Azimov no Cariri e convênios com a Sudene de Celso Furtado. Sinto falta de lideranças que nas suas áreas de atuação marcaram presença significativa. Como esquecer as lideranças que hoje fazem falta – Edson Queiroz, Edilmar Norões, Beni Veras, Nilson Holanda, Américo Barreira, Dorian Sampaio e outros?

* Ariosto Holanda

dep.ariostoholanda@camara.leg.br
Deputado federal pelo PROS.

Dilma Rousseff reunirá ministros na próxima semana para fechar agenda legislativa pós-recesso

cms-image-000447286

A presidenta Dilma Rousseff vai reunir ministros no próximo dia 28 para afinar o discurso e traçar a agenda que será apresentada ao Congresso na volta do recesso legislativo em fevereiro. A informação foi dada nesta terça-feira, em Brasília, pelo ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner.

A pauta que, segundo Wagner, terá três ou quatro eixos, vai incluir a Reforma da Previdência, as concessões de portos e aeroportos, a simplificação do sistema tributário e o financiamento de longo prazo, entre outros temas. No caso da reforma da Previdência, a aposta do governo é que a medida terá efeitos a longo prazo, mas dará credibilidade ao governo.

“Não terá resultados neste governo, mas precisamos olhar para o futuro, vai dar credibilidade se conseguirmos fazer a reforma, garantir a Previdência para daqui a 15 anos e ter uma regra de transição”, disse o ministro.

Jaques Wagner admitiu que as propostas não são novas e o governo não conseguiu avançar como deveria nesses pontos, mas disse que agora “o jogo é outro” e que empresários, a sociedade e o Congresso terão em 2016 um sentimento de que é preciso sair da agenda das crises política e econômica. Segundo ele, “as pessoas querem que dê certo” e quem tinha o impeachment como bandeira perceberá que esse caminho não vai prosperar.

(Agência Brasil)

Shopping faz campanha para arrecadar água para vítimas da seca

A Cruz Vermelha Brasileira, no Ceará, fechou parceria com o Shopping Parangaba e está arrecadando água para as vítimas da seca no interior do Estado.

A ordem é ajudar milhares de pessoas que sofrem todos os anos com a falta de chuvas, levando, além das doações, esperança para os afetados pela estiagem.

Segundo a Cruz Vermelha do Ceará, essa é a maior seca dos últimos 100 anos no Estado, tanto que, de 184 municípios, 180 decretaram estado de emergência. Além disso, as previsões, segundo a Funceme, apontam para um 2016 ainda com estiagem.

SERVIÇO

*Ponto de arrecadação – Na entrada principal do Shopping Parangaba, Piso L1.

Danilo Forte: Governo Dilma não tem credibilidade para criar impostos como a CPMF

O-vice-líder-da-bancada-do-PMDB-na-Câmara-Danilo-Forte-CE

O deputado federal Danilo Forte (PSB) bateu duro, nesta terça-feira, na decisão do governo federal de insistir na volta da CPMF. Para ele, o brasileiro não aguenta mais pagar tantos impostos. “Acho que não cabe imposto agora. O País paga uma das maiores taxas tributárias do m undo por um serviço público de péssima qualidade!”, observa o parlamentar.

Danilo acentua que o governo federal já aumentou os combustíveis e a energia elétrica e que o fundamental é o restabelecimento da credibilidade oficial.

“Taí o desemprego e a carestia, toda uma aflição das famílias, porque vai faltar dinheiro agora no começo do ano com gasolina a R$ 4,00, gás de cozinha a R$ 60,00 e material  escolar. Tem que ter credibilidade pra isso”, reitera Danilo Forte, defendendo no entanto o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

DETALHE – O parlamentar do PSB passará o Natal em Brasília, com a família.

Unidades aduaneiras do Ceará paralisarão atividades nesta quarta-feira

Da Assessoria de Imprensa do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal no Ceará:

Todas as unidades aduaneiras do Ceará – no Porto do Pecém, Porto do Mucuripe e Aeroporto Internacional Pinto Martins – e os tributos internos da Receita Federal no Estado terão suas atividades paralisadas nesta quarta-feira. A mobilização é parte da campanha de valorização do Auditor-Fiscal, comandada no Estado pela Delegacia Sindical no Ceará do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal no Brasil (Sindifisco Nacional – DS/CE). Os Auditores-Fiscais vão se reunir no prédio do Ministério da Fazenda (Rua Barão de Aracati, 909), às 9 horas, e, em seguida, se distribuirão entre as unidades da aduana. A paralisação dos serviços ocorrerá em todo o país.

Estarão paralisados serviços como fiscalização de pessoa física e pessoa jurídica; delegacias de julgamento; plantão fiscal; orientação e análise tributária; e arrecadação e cobrança.

Nas unidades aduaneiras, a paralisação das atividades atinge os serviços de:

*Desembaraço de mercadorias – referente à entrada e saída de produtos;

*Trânsito aduaneiro – benefício concedido a importadores e exportadores, que permite o transporte de suas mercadorias de um recinto alfandegado a outro para o desembaraço da carga;

*Serviços relacionados a importação e exportação;

*Controle da entrada de armas e drogas.

Entre as pautas dos Auditores-Fiscais estão: a equiparação remuneratória a outras carreiras de Estado; aprovação da PEC 186/2007; projeto de Lei Orgânica do Fisco; alteração do Regimento Interno da Receita Federal, suprimindo as delegações de competência e devolvendo a autoridade do Auditor-Fiscal prevista em lei; e resgate do direito ao porte de arma, especialmente para aqueles que atuam nas fronteiras.
A campanha de valorização do Auditor-Fiscal começou em abril deste ano.

FM Universitária apresentará especial sobre Guilherme Neto

ricardo-guilherme-foto-diario-do-nordeste

A FM Universitária (107.9) veiculará, a partir das 16 horas desta terça-feira, o especial “Tributo a Guilherme Neto” para marcar um ano da morte daquele que foi radialista e teatrólogo.

No especial, entrevista com o ator e diretor Ricardo Guilherme, sobrinho de Guilherme, e gravações do seresteiro-mor.

E tem mais: em janeiro, haverá uma aula-espetáculo intitulada “Guilherme Neto: O Santo Profano”.

Economista cearense defende reformas como saída para a crise em 2016

mansuetot

O economista cearense Mansueto Almeida avalia que o Brasil ainda “não chegamos ao fundo do poço.” A economia, segundo diz, continuará em queda por alguns meses. “Até março e abril, tudo vai ficar pior”. E no curto prazo, a população começará a sentir mais intensamente os efeitos da recessão.”

Entrevistado desta semana nas “Páginas Amarelas da Revista VEJA, ele mostra-se preocupado com o ano de 2016, e defende reformas urgentes como forma de corrigir o rumo do cenário econômico.

Considerado um dos maiores especialistas em finanças públicas do País, Mansueto, que é funcionário licenciado do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), tem um acompanhamento aprofundado dos números do orçamento federal, e, com esse dados, admite que não foi surpreendido com o rebaixamento brasileiro pelas agências de avaliação de crédito – Standard & Poor’s e Fitch.

Na interlocução permanente com grandes investidores nacionais e estrangeiros, ele assegura que somente com as reformas o país terá condições de reverter o atual estágio. Caso contrário, garante que a crise ficará mais grave.

Orçamento da União 2016 – Líder do Governo na Câmara fará balanço sobre verbas do Ceará

173 1

joseguimar

O líder do Governo na Câmara, José Guimarães (PT), dará coletiva, nesta semana. Falará sobre verbas do Orçamento da União 2016 para o Ceará. Ele garante: projetos da área da seca serão preservados.

Ele assegura que o Estado tem garantidos pelo menos R$ 500 milhões e que projetos como o Cinturão das Águas, por onde entrará a água da transposição do rio São Francisco, estão assegurados e imunes a cortes.

Em nome do “Padim Ciço”

Com o título “Padre Cícero: a fé que ampara o nordestino”, eis artigo do líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira. Ele destaca a importância do gesto do Papa Francisco de perdoar o Padre Cícero, o santo do povo nordestino. Confira:

O dia 20 de dezembro será para sempre lembrado pelos nordestinos, em especial os cearenses, como a data em que a Igreja Católica se reconciliou com o padre cearense Cícero Romão Batista, o nosso Padre Cícero. Sertanejo que sou, nascido em Lavras de Mangabeira, apegado à terra e às tradições, faço questão de reverenciar esta importante passagem, anunciada e festejada desde que o bispo diocesano do Crato, Dom Fernando Panico, antecipou a novidade em sua homilia, na Catedral de Nossa Senhora da Penha.

Em carta enviada pelo Vaticano, se reconhece o poder da memória de Padre Cícero entre católicos de todo o Brasil, e seu potencial como instrumento de evangelização popular. A atitude do Padre Cícero em acolher a todos, especialmente aos pobres e sofredores, aconselhando-os e abençoando-os, constitui, sem dúvida, um sinal importante e atual de sua grande fé. O Papa Francisco, considerou não haver motivos que impeçam o maior líder religioso da história do Nordeste de ser reabilitado, beatificado ou canonizado.

Essa reconciliação terá ainda muitos desdobramentos, mas encerra uma longa caminhada iniciada em 1894, quando Padre Cícero foi suspenso da ordem por manipulação da fé, devido ao caso do “milagre da hóstia”. Foi ao reconhecer esta realidade que O Papa Francisco estabeleceu a reconciliação de Padre Cícero com a Igreja como prioridade desde o início de seu episcopado, em 2001. A boa notícia chega em um momento especial, quando comemoramos no último dia 30 de novembro, os 145 anos de ordenação de Padre Cícero.

Com o lema “cada casa uma oficina, cada oficina um oratório”, Padre Cícero transformou a pequena vila de Juazeiro do Norte num dos fortes pontos comerciais da Região do Cariri. Afastado de suas atribuições clericais, em 1911 foi nomeado o primeiro prefeito do município recém-emancipado. Sempre com batina, chapéu, bengala e muito carisma, levou para a Juazeiro desenvolvimento, estimulando a agricultura e o comércio, construindo escolas e ajudando a população mais carente nos difíceis períodos de seca.

Hoje, Padre Cícero atrai mais de dois milhões de romeiros por ano a Juazeiro do Norte. Sua estátua presta as merecidas homenagens ao romeiro. Podemos dizer, sem dúvidas, que Padre Cícero, há muito tempo, foi canonizado pelos nordestinos, que sempre o viram como sacerdote íntegro, virtuoso e exemplo a ser seguido.

Com o ato o Papa Francisco fez a justiça dos homens a Padre Cícero. Digo justiça dos homens porque a justiça divina é feita dia a dia, nos gestos de solidariedade, de bondade e de compromisso com a justiça social de todos nós.

Para sempre, Padre Cícero!

*Eunício Oliveira, 
Líder do PMDB no Senado. 

Fortaleza é a campeã nacional em evolução no turismo em 2015

certificadso

Do Site da Prefeitura de Fortaleza:

A Prefeitura de Fortaleza recebeu, nesta segunda-feira, por meio da Secretaria de Turismo, dois certificados do Ministério do Turismo que conferem à capital cearense o maior índice de competitividade de evolução no Índice Geral das Capitais e maior evolução na dimensão Aspectos Sociais.

Os resultados fazem parte do Índice de Competitividade do Turismo Nacional 2015, divulgado no último dia 09/12, pelo Ministério do Turismo.

A pesquisa foi realizada pela Fundação Getúlio Vargas e incluiu a infraestrutura geral, acesso, atrativos, políticas públicas, serviços e equipamentos turísticos, entre outros itens. Entre as capitais, Fortaleza está no topo com a que mais evoluiu nesses aspectos. No ranking geral, com 65 cidades, Fortaleza está na 13ª posição.

Obras realizadas pela Prefeitura de Fortaleza, em parceria com o Ministério do Turismo contribuíram para colocar Fortaleza como a capital com maior evolução no índice durante o ano de 2015. Nos últimos dois anos, foram diversos investimentos no setor, em ações de divulgação, obras de infraestrutura e melhorias nos equipamentos turísticos, como a Nova Praia do Futuro, a reforma da Praça da Paz Dom Hélder Câmara, a Revitalização da Praia de Iracema e Beira Mar (Espigão e Mercado dos Peixes em obra), além de eventos que atraem grande número de turistas, como o Réveillon, no Aterro da Praia de Iracema.

A capital cearense alcançou também a maior evolução no quesito Aspectos Sociais, avaliação que levou em conta itens como acesso à educação, empregos gerados pelo turismo, uso de atrativos e equipamentos turísticos pela população e política de enfrentamento e prevenção à exploração de crianças e adolescentes.

O mar está pra peixe

Enquanto no varejo o consumidor está garantindo a ceia do Natal e Ano Novo, nos bastidores já há quem planeje a Semana Santa.

Contatando clientes dos setores supermercadista, hoteleiro, além de restaurantes, barracas de praia, frigoríficos, hospitais, entre outros estabelecimentos, a cearense Jean Veleiro, empresa de beneficiamento e venda de peixes, moluscos e crustáceos, antecipa as vendas para preparar o estoque e atender a demanda de março, que tem crescimento ocasionado pela Semana Santa. Em 2015, esse número foi de 60% em relação aos meses anteriores.

Há mais de 30 anos no mercado, a Jean Veleiro, com sede em Fortaleza, atende ao mercado de Fortaleza, Eusébio, Maracanaú, Maranguape, Aquiraz, Pacajus, Horizonte, Cascavel, Aracati e grandes empreendimentos nas praias do Litoral Oeste (Cumbuco, Lagoinha).

Greve dos médicos peritos do INSS atinge seu 108º dia

abrnques

Completando, nesta terça-feira, 108 dias a greve dos médicos peritos do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). Segundo o vice-presidente da associação nacional da categoria, o cearense Samuel Abranques, a ordem agora é procurar o novo ministro do Planejamento, Valdir Simão, para tentar abrir um canal de negociação.

Os médicos peritos do INSS reivindicam principalmente a redução da jornada de trabalho de 40 para 20 horas semanais. De acordo com Abranques, mesmo com 30% de pessoal na ativa, como manda a lei de greve, há um acumulo da ordem de 1,2 milhão de processos de aposentadorias e licenças.

Samuel Abranques encontra-se em Brasília para, com demais membros da diretoria da Associação Nacional dos Médicos Peritos do INSS, tentar uma audiência no Ministério do Planejamento.

Dívida pública federal está em R$ 2,716 trilhões

“A Dívida Pública Federal (DPF) teve, em novembro de 2015, aumento de 2,66%, em comparação ao mês anterior. A dívida subiu de R$ 2,646 trilhões para R$ 2,716 trilhões. Os dados foram divulgados hoje (22) pelo Tesouro Nacional.

O endividamento do Tesouro pode ocorrer por meio da oferta de títulos públicos em leilões, pela internet (Tesouro Direto) ou pela emissão direta (com destinação específica). No mês passado, as emissões da DPF corresponderam a R$ 54,82 bilhões, enquanto os resgates foram R$ 12,37 bilhões, resultando em uma emissão líquida de R$ 42,45 bilhões.

A Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi) subiu 2,84%: passou de R$ 2,504 trilhões, em outubro, para R$ 2,575 trilhões, em novembro. A DPMFi é a dívida pública federal em circulação no mercado nacional. Ela é paga em reais e captada por meio da emissão de títulos públicos. A elevação foi causada pela emissão líquida, de R$ 48,18 bilhões, e incorporação de juros, no valor de R$ 28,03 bilhões, informou o Tesouro Nacional.

A Dívida Pública Federal Externa (DPFe) registrou queda de 0,54% em novembro, em comparação ao resultado do mês anterior. Chegou a R$ 141,66 bilhões, equivalentes a US$ 36,59 bilhões, dos quais R$ 128,99 bilhões (US$ 33,30 bilhões) referem-se à dívida mobiliária (títulos) e R$ 12,67 bilhões (US$ 3,29 bilhões), à dívida contratual. A variação deve-se principalmente, informou o Tesouro, à valorização do real ante às moedas que compõem o estoque da dívida externa.

De acordo com o Plano Anual de Financiamento (PAF), o governo estima a Dívida Pública Federal,em 2015 entre R$ 2,650 trilhões e R$ 2,8 trilhões.”

(Agência Brasil)

Camilo preside ato de promoções de 658 PMs e bombeiros no Cariri

camilpm

O governador Camilo Santana (PT) está comandando, nesta manhã de terça-feira, em Juazeiro do Norte, solenidade de promoção de 658 PMs e bombeiros da Região do Cariri. Com ele, a primeira-dama Onélia Leite e o filho Pedro, e toda a cúpula da segurança estadual.

O presidente da Assembleia, Zezinho Albuquerque, o deputado estadual Zé Ailton Brasil e os deputados federais José Arnon (PTB) e Adail Carneiro (este licenciado) participam da cerimônia das mais concorridas.

De lá, Camilo seguirá  para Floresta (PE), onde se juntará à comitiva da presidente Dilma no ato de entrega da segunda estação de bombeamento da transposição do rio São Francisco.

(Foto – Facebook)

Camilo Santana prestigiará Dilma durante a entrega de estação do projeto da Transposição

foto camilo com dilma 150611 congresso PT

O governador Camilo Santana (PT) prestigiará, nesta tarde de terça-feira, a  solenidade em que a presidente Dilma Rousseff entregará a segunda estação elevatória da Transposição do São Francisco. Isso, na cidade de Floresta, interior pernambucano.

Hora de também mostra solidariedade à presidente, que virou alvo de pedido de processo de impeachment.

Dilma resolveu entregar obras no Nordeste, como forma de reforçar não só sua presença na região que lhe deu maior poder de votos na reeleição, mas para iniciar uma estratégia de recuperação da imagem. Aliás, estratégia bem complicada.

(Foto – Arquivo do Blog)

É bom temer esse mosquito

173 1

Com o título “Voo rasante, fatal”, eis artigo do jornalista Cláudio Ribeiro, no O POVO desta terça-feira. Ele relata a experiência de ter feito pautas sobre dengue, zika e chikungunya e o medo do Aedes aegypti. Confira:

Trabalhei em duas pautas seguidas sobre dengue, zika e chikungunya e, confesso, saí delas um pouco mais assustado. Nem tantos avanços científicos e tecnológicos ou reuniões de executivos sanitários, nem a estratégia de agentes porta a porta ou as campanhas na mídia. O mosquito de patas e barriga listradas segue dando voos rasantes, muitos fatais. O Aedes aegypti é muito pior do que se pensava.

Não conhecia a história que me foi contada pelo infectologista Ivo Castelo Branco, de que, na ditadura militar, o governo impediu a divulgação dos primeiros casos de dengue na Bahia, no fim dos anos 1970. Os gestores biônicos, nomeados sem votos, preferiram servir o cale-se. Não acreditavam que o mosquito se espalharia tanto.

Nem sei se tenho mais medo de contrair dengue outra vez – pelos sintomas, tenho certeza de que já tive, mas nunca me confirmaram -, de ficar zikado ou de me restar sequelado com alguma inflamação articular causada pela febre chikungunya. Todos esses cenários estão possíveis. Temo por qualquer um de nós.

O Aedes aegypti deposita ovos do tamanho de um pingo de tinta de caneta por todo lado e vêm aí as chuvas da pré-estação. Por esses dias, já tivemos céu nublado, respingos e alguma chuvinha na madrugada. Serão poucas nuvens por causa do El Niño, mas suficientes para brotar novos mosquitinhos contaminados.

Imagino a aflição das grávidas, sonhando com os primeiros filhos ou aumentando a família, e o risco iminente da microcefalia se a mãe contrair o zika vírus. Lembro que, quando a Paula engravidou da Júlia, minha expectativa era de felicidade. Desde a semana passada, não deixo de lembrar de uma grávida da família que estava com vermelhidão e inchaço num dos olhos. Não sentia nada mais. Perturbadora a sensação. Sintomas de zika só aparecem em 5% dos pacientes.

Um documento do Ministério da Saúde, a que tive acesso, informa que a projeção de infecções pelo zika vírus no Ceará em 2015, com confirmação laboratorial, ficará entre 38.485 e 77.469 casos. No Brasil, a estimativa é de que serão até 1.482.701 registros. Quanto mais gente com o vírus, mais possibilidade de o Aedes aegypti se contaminar picando alguém e espalhar a doença mais e mais. 

Há ainda os mais de 102 mil casos notificados de dengue no Estado, todas as incertezas sobre a chikungunya e o mosquito zumbindo ao nosso redor.

Cláudio Ribeiro,

Jornalista do O POVO.

Uma homenagem a 12 apóstolos da Engenharia

hoenanme

O presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa, Odilon Aguiar (PMB), comandou sessão em homenagem a 12 engenheiros. Foi nessa noite de segunda-feira. Ele, autor do requerimento, quis marcar o Dia do Engenheiro (11 de dezembro).

Foram homenageados Lauro Vinhas, André Montenegro, Vicente Fialho, Luiz Ary (Presidente do Clube de Engenharia), Teresa Neumann (Presidente do Sindicato dos Engenheiros do Ceará), José Rêgo, Luiz Marques (Provedor da Santa Casa de Fortaleza), Suetônio Mota, Victor Frota (Presidente do CREA/CE) e José Oswaldo Ponte.

DETALHE – O ex-governador Cid Gomes e o governador Camilo Santana, ambos engenheiros, também receberam homenagens. Mas, por motivo de viagem não puderam comparecer e mandaram representantes. 

BNB deve manter mesmo comando

foto marcos holanda bnb

O presidente do BNB, Marcos Holanda, foi recebido ontem, em Brasília, pelo novo ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, antes do ato de posse. Ainda não há sinal de mudança no comando do banco.

Bom lembrar que Holanda é uma indicação do líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira, que não bate de frente com o Governo Dilma Rousseff e ainda detém outras nomeações de cargos federais.

Mas é bom também destacar que Marcos Holanda é reconhecidamente um técnico que, à frente do comando do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica (IPECE), último cargo ocupado por ele, dinamizou o órgão e o fez aprofundar estudos sobre a economia cearense em vários segmentos.

DETALHE – Nesta quarta-feira, no Passaré, o presidente do BNB receberá a imprensa econômica para almoço em clima de avaliações do ano e confraternização.