Blog do Eliomar

Últimos posts

Depois de Cid Gomes, agora é Pepe Vargas que deve pedir o boné

84 1

pepe_vargas_1

“As últimas horas de Pepe Vargas na Secretaria de Relações Institucionais têm sido tensas. Ontem, Pepe soube pelos sites – repita-se, pelos sites – que Dilma havia sondado Eliseu Padilha. Tentou telefonar para ela, mas ouviu como resposta um lacônico “Nos falamos amanhã”. Hoje, ao chegar ao Palácio do Planalto, Pepe comentou com auxiliares que, caso não fosse atendido por Dilma até 15h, entregaria sua carta de demissão.

Logo depois, o chefe de gabinete de Dilma, Álvaro Baggio, telefonou para Pepe e perguntou se ele iria à reunião com os líderes para discutir o ajuste fiscal, marcada para as 16 horas. Pepe disse que não iria e, em seguida, telefonou para Giles Azevedo, braço-direito de Dilma. Disse que exigia ser recebido pela presidente. Dilma assim o fez no fim da manhã.

Na conversa, Dilma pediu desculpas a Pepe e disse que lamentava o ocorrido. Disse Dilma:

– Não era isso que eu queria. A conversa com o Eliseu vazou.

Os dois acertaram, então, que Pepe não vai mais participar da reunião com os líderes. Logo mais, ao receber os deputados e senadores, Dilma vai comunicar que Pepe não é mais o ministro de Relações Institucionais.

A propósito, diante da falta de uma recusa oficial de Eliseu Padilha, o Planalto ainda espera a possibilidade de que ele aceite o convite.”

(Coluna Radar, da Veja Online)

Anvisa suspende distribuição e venda de marca de implante ortopédico

“Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicada hoje (7) no Diário Oficial da União suspende a distribuição, comercialização e o implante dos produtos Cúpula Quattro VPS Hap 050mm, REF HQCHC050, Cúpula Quattro VPS Hap 052mm, REF HQCHC052 e Cúpula Quattro VPS Hap 054mm, REF HQCHC054, fabricados pela empresa Groupe Lepine, França, importados e reetiquetados como sendo fabricados pela empresa Ortocir Ortopedia Cirurgia Ltda.

De acordo com a publicação, foi comprovada a importação e a comercialização dos produtos fabricados em liga cromo-cobalto, mas rotulados no Brasil como sendo fabricados em titânio. A Anvisa determinou ainda que a empresa promova o recolhimento do estoque existente em mercado.

A Ortocir Ortopedia Cirurgia Ltda. informou que foi identificada uma falha de etiquetagem e que o erro já foi corrigido. Ainda de acordo com a empresa, os implantes não chegaram a ser vendidos porque aguardavam registro na Anvisa.”

(Agência Brasil)

 

Dilma e a renegociação das dívidas das Prefeituras

75 1

Dilma Rousseff vai receber amanhã quatorze prefeitos da direção da Frente Nacional dos Prefeitos. Originalmente, ela iria ao III Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável, que reúne até quinta-feira 490 prefeitos de cidades grandes e médias.

Ela, no entanto, Dilma preferiu agendar uma audiência fechada com os dirigentes da entidade municipalista.

A conversa vai girar em torno da renegociação das dívidas dos municípios com a União, o subfinanciamento da Saúde e as desonerações para o transporte público urbano.

(Coluna Radar, da Veja Online)

Projeto Vila do Mar – Mapeamento para regularização fundiária é iniciado

foto roberto cláudio rádio

A Secretaria Municipal do Desenvolvimento Habitacional (Habitafor) vai dar início a um mapeamento do projeto Vil ado Mar com fins de regularização fundiária. A meta do prefeito Roberto Cláudio (Pros) é concluir esse trabalho até o final de 2016. Atualmente, a pasta está fazendo o levantamento socioeconômico e o cadastramento social dos moradores, além de levar informações sobre a documentação necessária, por meio do escritório de advocacia Damasceno & Rocha Advogados Associados, vencedor da licitação.

As atividades de mapeamento e sensibilização de moradores e comerciantes sobre a regularização fundiária começaram nessa segunda-feira, divididas em duas áreas, também chamadas de lotes. Nesta primeira fase, os dois lotes trabalhados compreendem imóveis entre a Avenida Vila do Mar (Norte); as ruas Cinco de Agosto, Monsenhor Hélio Campos e Santa Inês (Sul); a Rua Francisco Calaça (Oeste), e a Avenida Doutor Themberge (Leste).

O primeiro Ciclo de Encontro com moradores ocorrerá nesta quarta-feira, a partir das 9 horas, na Associação Pequeno Cidadão (Rua Santa Rita, 81). O segundo ciclo está marcado para o dia 13, no Centro de Cidadania e Direitos Humanos – CDCH. Além destes, estão programados outros encontros com líderes comunitários.

Calendário

· 8 de abril: 1° Ciclo de Encontro com as Famílias (Lote 1), às 9 horas e às 14 horas, na Associação pequeno Cidadão (Rua Santa Rita, 81);

· 9 de abril: mobilização do Lote 2

· 10 de abril: encontro com representantes comunitários, às 9 horas, na Federação do Movimento Comunitário do Pirambu – Femocopi (Avenida Presidente Castelo Branco, 2709);

· 13 de abril: Ciclo de Encontro com as Famílias (Lote 2), às 9 horas e às 14 horas, no Centro de Cidadania e Direitos Humanos – CCDH (antigo CSU Virgílio Távora), rua Monsenhor Hélio Campos, S/N;

· 14 a 17: atividades internas e Cadastro Social.

Shopping Benfica comemora com exposição os 289 anos de Fortaleza

O Shopping Benfica inicia programação pelos 289 anos de Fortaleza. Vai apresentar 300 obras do acervo exclusivo da Galeria de Artes do Shopping, a BenficArte. São telas em grafite, de artistas alternativos, que exaltam os principais pontos turísticos da cidade. Os ícones do bairro Benfica também fazem parte da mostra.

Na programação, destaque para as duas coletâneas fotográficas “Fortaleza em foco” e “Fortaleza: em fotos, olhares e cores”. Esta foi produzida com 40 fotos participantes de projeto iniciado no instagram, pelo jornalista Soriel Leiros. Há um ano, o jornalista recebe imagens da cidade, feitas por fotógrafos profissionais e amadores, clicadas por câmeras de celulares e publicadas na página “Fortaleza em cores”. O perfil conta com mais de 1.300 seguidores. O projeto evidencia o olhar dos fortalezenses sobre a própria cidade.

SERVIÇO

* A coletânea “Fortaleza: em fotos, olhares e cores” fica em cartaz de 10 a 30 deste mês, na Galeria BenficArte (térreo).

* Visitação gratuita.

Governo Camilo – 100 primeiros dias sem concluir as nomeações na área da saúde

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=L2ukhW1If5o[/youtube]

Os 100 primeiros dias da administração do governador Camilo Santana (PT) no campo da saúde.

O presidente da Federação Nacional dos Hospitais, o cearense Aramicyr Pinto, avaliou, nesta terça-feira, e lamentou: a gestão ainda nem concluiu as nomeações de dirigentes de hospital. Para Aramiciyr Pinto, o quadro nessa área ainda é de expectativa.

Leitor do Blog faz queixas contra o DER

De Helder Freitas, leitor do Blog, recebemos a seguinte nota, em tom de queixa. Confira:

Caro Eliomar de Lima

No último fim de semana, estive entre Fortaleza e Pacoti e pude observar grande descaso do Departamento Estadual de Rodovias (DER) para com a CE-065.

1- Entre Maranguape e a localidade BU no pé da serra, em Palmácia, há muitos buracos:
os maiores cheios d’água, o que piora o tráfego e facilita ocorrência de acidentes;

2. Em Tabatinga, há um grande trecho da rodovia sem acostamento, inclusive com buracos invadindo a pista e formando batentes entre a estrada e a terra próxima das casas;

3. Entre Palmácia e Pacoti, o mato invade a estrada que já é estreita tornando a locomoção mais perigosa. As canaletas, para escoar a água da chuva, estão cheias de barro e mato.

Esperamos com sua ajuda ver o DER corrigir estas falhas.

Sem mais,

Helder Freitas.

Microempresários da Barra do Ceará ganharão apoio do Sebrae

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=3ZhdaYKef4s[/youtube]

A Barra do Ceará, uma das áreas mais populosas de Fortaleza, será o primeiro ponto da cidade a receber ações, a partir deste mês, do Sebrae em favor dos seus microempresários.

A informação é do superintendente estadual, Joaquim Cartaxo, adiantando que a Barra do Ceará ganhará, por exemplo, uma rede de compras e outros projetos dentro do objetivo de melhorar área que, hoje, tem o menor Índice de Desenvolvimento Humano de Fortaleza.

 

Procon Fortaleza faz blitzes em lojas de extintores

O Procon Fortaleza iniciou, nesta terça-feira, blitze em lojas que vendem extintores de incêndio ABC. A fiscalização, segundo a assessoria de imprensa do órgão, quer coibir o superfaturamento e a abusividade de preços do equipamento de segurança, que passou a ser exigido em veículos automotores, de acordo com a Resolução 333/2009, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). A medida vigorou a partir de janeiro deste ano, mas resoluções adiaram a troca do extintor que, agora, só será exigida a partir de 1º de julho.

A fiscalização ocorrerá até o próximo dia 20 e tem como meta vistoriar 100 estabelecimentos da capital que comercializem o extintor de incêndio com carga de pó ABC. Pelo menos 22 fiscais estão mobilizados. Consumidores relataram ao Procon que algumas lojas teriam aumentado o valor do produto em até 400%, pois o item custava, anteriormente, em média, R$ 50, e, atualmente, estaria sendo comercializado por até R$ 250.

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor (CDC), no artigo 4º, inciso VI, a Política Nacional das Relações de Consumo tem por por objetivo a “coibição e repressão eficientes de todos os abusos praticados no mercado de consumo, inclusive a concorrência desleal e utilização indevida de inventos e criações industriais das marcas e nomes comerciais e signos distintivos, que possam causar prejuízos aos consumidores”.

MPF/CE consegue que empresa devolva R$ 1,5 milhão aos cofres estaduais

149 1

alessandersaless

O Ministério Público Federal (MPF) conseguiu que uma empresa contratada pelo Governo do Ceará devolvesse R$ 1,5 milhão aos cofres da União, após identificada discrepância de valores em contrato para instalação de adutoras no interior do Ceará com verba federal. O acordo pela devolução do montante se deu por meio de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado por representante da empresa Hydrostec Tubos e Equipamentos.

De acordo com o procurador da República Alessander Sales, que apurou o caso, o MPF identificou em setembro de 2014 algumas “impropriedades” que apontaram que o valor do contrato firmado entre a empresa e a Secretaria de Recursos Hídricos do Estado (SRH) estava acima do valor de mercado. A constatação foi feita pelo MPF após pesquisa de preço realizada pela Procuradoria da República sobre o serviço de construção de adutoras de engate rápido para oferta de água, que seria prestado pela empresa ao Governo do Ceará. Restou apurado que as diferenças de preço decorriam da ausência de valores de referência para a cotação apresentada.

Depois de enviar recomendação à Secretaria de Recursos Hídricos do Estado a respeito das diferenças identificadas entre os valores pesquisados e o valor cobrado pela empresa, o MPF conseguiu que a Hydrostec assumisse o compromisso de devolver, no prazo de 20 dias, o valor considerado excedente, totalizando R$ 1.516.881,60. Por se tratar de verba federal concedida ao Governo do Ceará, o montante será ressarcido aos cofres da União. “Sem judicializar o caso, o MPF conseguiu a devolução de R$ 1,5 milhão apenas com a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta”, observa o procurador Alessander Sales, enfatizando a importância da atuação extrajudicial do MPF.

(Site do MPF-CE)

Vai adiantar mudar a idade da maioridade penal?

Com o título “E os colarinhos brancos?”, eis artigo do professor, médico e antropólogo Antonio Mourão Cavalcante. Ele pergunta: vai adiantar mudar a idade da maioridade penal? Confira:

Explicam os juristas que só pode ser exigido de quem tem plena consciência do dolo cometido. Portadores de determinados transtornos mentais, por exemplo, não podem ser condenados. Não têm consciência da falta que cometem. Estão noutro registro da razão. Assim acreditaram os juristas quando estabeleceram idade limite abaixo da qual, essa exigência não poderia ser administrada. Abaixo de 18 anos seria “ de menor” e, como tal as cenas não poderiam ser aplicadas como aos adultos. Isso não significava que fossem totalmente livres para sair delinquindo. Haveria casas correcionais onde deveriam não cumprir pena, mas serem reeducados a conviver no social. Correção de rumos, dizia o espírito da lei.

Até aí nos entendemos. Mas, vai adiantar mudar essa idade? Deixarão de acontecer crimes por causa de idade alterada? Naturalmente que os jovens têm mais acesso às informações e conhecem mais o mundo. Tem televisão. Tem internet. Tem telefone… Mas, aqui para nós, você acredita que esta parafernália torna nossos jovens mais adultos, no sentido da compreensão da vida, dos valores?

Uma foto chamou-me atenção: senhores fortes – todos vestidos de paletó e gravata! – eufóricos de alegria. Não seriam torcedores de futebol porque ninguém assiste jogos com esses trajes! Seriam magistrados por terem o auxílio-moradia efetivado? Também não. A legenda esclarecia: nobres deputados felizes porque a maioridade penal poderá ser analisada e aprovada na Câmara!…. E precisa essa alegria toda no punir? Será que nação que tudo rejeita à sua infância e juventude, que nega as possibilidades de acesso aos “de menor”, vendo-os apenas como perigosos marginais, tem o direito de punir algum desses meninos? Por que essa alegria, senhores deputados? Felicidade em poder punir os próprios filhos que não souberam educar?

Isso tudo me cheira a farsa. Nem precisa nova lei. Um Estado que se furta a assumir responsabilidades em relação à saúde, moradia, segurança, tem o direito de punir alguém? Enquanto isso, o banquete dos cargos e comissões continua. Claro, as leis não podem ser feitas para quem tem “o colarinho branco.”

Antônio Mourão Cavalcante

a_mourao@hotmail.com

Médico e antropólogo. Professor Universitário.

Líder do PT quer audiência pública para debater a privatização dos terminais de ônibus

111 2

foto acrísio sena

O líder do PT na Câmara Municipal, Acrísio Sena, quer audiência pública para debater, em audiência pública, a proposta da Prefeitura de Fortaleza de “privatizar” os sete terminais de ônibus. Ele afirma que o argumento da administração Roberto Cláudio de “privatização dos terminais não se sustenta quando se informa que estão assegurados os recursos na ordem de R$ 84 milhões do Programa de Transporte Urbano de Fortaleza (Transfor).”

Para Acrísio, essa ação administrativa mostra a “incapacidade gerencial de botar para funcionar direito os terminais, mesmo com recursos assegurados”. Ele lamenta que o Município não conseguiu cumprir a promessa de reformar, ano passado, os terminais do Siqueira, Messejana, Papicu e Parangaba. “O prefeito agora usa isso como argumento para sua privatização”, diz.

Os argumentos utilizados por gestores da PMF de que o “espaço é insalubre” e de que “os permissionários tem uma relação jurídica improvisada” parece, segundo Acrísio Sena, atestar que a Prefeitura está “jogando a toalha” e reconhecendo a incapacidade administrativa.

Governo lança Pacto Nacional de Enfrentamento às Violações de Direitos Humanos na Internet

“O Governo Federal está lançando, nesta manhã de terça-feira, em Brasília, o Pacto Nacional de Enfrentamento às Violações de Direitos Humanos na internet. Entre as ações está o lançamento do site Humaniza Redes. O objetivo é ajudar a criar um ambiente virtual livre de discriminação e preconceito. Participam da cerimônia de lançamento,  no Palácio do Planalto, a presidenta Dilma Rousseff e os ministros da Educação, Renato Janine; da Justiça, José Eduardo Cardozo; das Comunicações, Ricardo Berzoini; da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Ideli Salvatti; da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci, e da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Nilma Gomes.

Segundo o governo, o Humaniza Redes visa a garantir mais segurança no ambiente virtual, principalmente para crianças e adolescentes, além de auxiliar o enfrentamento de violações de direitos humanos que ocorrem online. A iniciativa será composta por três eixos de atuação: denúncia, prevenção e segurança.

No Pacto pela Denúncia, além do Disque 100, a Secretaria de Direitos Humanos lança a Ouvidoria Online. De acordo com o site, esse canal, firmado em parceria com entidades provedoras de aplicativos, vai mapear e apurar denúncias virtuais, que serão encaminhadas à Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos, à Ouvidoria da Igualdade Racial e à Ouvidoria da Mulher, dependendo de cada caso, e com especial atenção à proteção de crianças e adolescentes.”

(Agência Brasil)

TCE julga nesta terça-feira processo sobre suposta terceirização ilícita na Secretaria da Cidades

O Tribunal de Contas do Ceará irá julgar nesta terça-feira, a partir das 15 horas, a representação da 1ª Procuradoria do Ministério Público de Contas, apresentada pelo procurador Gleydson Alexandre, acerca da possível terceirização de atividade fim na Secretaria das Cidades. A relatora do processo será a conselheira Soraia Victor.

O processo relata que o Governo do Estado promoveu concurso público em 2012 para suprir a vaga de assistente público, da qual 73 foram aprovados, mas apenas cinco nomeados. Contudo, a Secretaria das Cidades contratou uma empresa de terceirização de mão de obra e entre as categorias solicitadas existia a função de técnica social, que exigia a graduação em serviço social, ou seja, apesar de existir pessoas aprovadas na mesma categoria o estado preferiu contratar terceirizados.

O Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Estadual do Ceará – Mova-se estará presente na sessão, como também irá cobrar ao Governo do Estado a realização de concurso público, pois a terceirização além de ferir o princípio do concurso público, da isonomia, favorece a existência de cabides de empregos.

Maranguape expõe para a Adece um projeto de porto seco

camamraa

Eduardo Ramos, Atila Câmara e Ferrucio Feitosa (presidente da Adece).

O prefeito Átila Câmara, de Maranguape (Região Metropolitana de Fortaleza), esteve reunido com com o presidente da Agência de Desenvolvimento do Ceará (Adece), e com Eduardo Ramos, assessor executivo do órgão. Em pauta, a atração de mais empresas para o município que, entre algumas metas, quer implantar um polo de vestuário e calçados em terreno a ser doado pela Prefeitura. “O presidente da Adece assumiu o compromisso para que os investimentos e protocolos de intenção sejam encaminhados para Maranguape”, disse o Prefeito. Ainda na mesma ocasião, o Grupo Esplanada foi contactado a fim de que possa instalar seu Centro de Distribuição no município.

Ainda no encontro, Átila Câmara apresentou ao presidente da Adece a ideia de criação de um Porto Seco ou Estação Aduaneira Interior (um terminal de cargas que serve de depósito alfandegado localizado em zona secundária), a ser construído onde está localizada a antiga Colônia Agropastorial. “O Amanari está se candidatando a receber o Porto Seco, pois lá existe uma área de 790 hectares, aproximadamente, pertencente ao Governo do Estado”, informou o prefeito.

Ainda nessa reunião, o prefeito pediu apoio para a criação do Parque Temático Chico Anysio, que será instalado na própria casa onde nasceu o humorista natural de Maranguape. A meta de Atila Câmara é reforçar, com esse equipamento, o turismo nesse município.

(Foto – Divulgação)

José Pimentel quer PT disputando a Prefeitura e inclui Luizianne entre opções para a disputa

Pimentel e Luizianne Setembro Vermelho 

Do senador José Pimentel (PT), ao ser indagado sobre a sucessão eleição 2016 em Fortaleza:

– O PT nunca fez parte da base do prefeito. Portanto, deve ter candidato.

Pimentel diz que a ex-prefeita Luizianne Lins continua entre as opções do partido para a disputa com o prefeito Roberto Cláudio (Pros).

Enquanto Pimentel coloca essa expectativa, o governador Camilo Santana (PT) vem costurando com nomeações e apoio de setores do partido em Fortaleza uma estratégia para esvaziar a força da corrente pró-Luizianne.

A última jogada do governador foi nomear o vice-presidente municipal Davi Barros para coordenador das Políticas de Juventude do Estado, numa espécie de sombra ao dirigente municipal, o deputado estadual Elmano de Freitas.

A ala de Luizianne e Elmano têm reclamado do assédio oficial e da turbinada em filiações no âmbito de Fortaleza.

(Foto – Álbum de Campanha)

Secretário vai expor na FIEC o Plano de Logística do Estado

betototo

Beto Studart, André Facó e Marcelo Quinderé.

Nesta terça-feira, às 18h30min, o secretário estadual de Infraestrutura, André Facó, vai estar na Federação das Indústrias do Ceará (FIEC). Ele vai expor o Plano de Logística do Estado do Ceará (PLEC).

O convite foi feito pelo presidente da federação, Beto Studart, quando o secretário apresentava o plano, nesta manhã de terça-feira, para a Câmara Setorial de Logística da Agência de Desenvolvimento Econômico do Estado (Adece), cujo presidente é Marcelo Quinderé.

Beto estava na plateia e ficou impressionado com a exposição, no que formulou imediatamente o convite.

“Negócio é negócio e cada qual no seu cada qual”, diz Guimarães sobre mimos entre Tasso e Camilo

guimammma

Do líder do Governo na Câmara, José Guimarães (PT), sobre presença do governador Camilo Santana (PT) em festa de entrega de nova expansão do Shopping Iguatemi do senador tucano Tasso Jereissati:

– Estranho era se ele (Camilo) não tivesse ido. Negócio é negócio e cada qual no seu cada qual.”

Em meio a essa festa, Camilo Santana deu de presente ao tucano um abridor de vinhos, no que, dia seguinte, acabou sendo retribuído por Tasso com uma garrafa de vinho chileno.

Terceirização é o sonho de quem quer uma empresa funcionando sem empregados

98 1

Com o título “Terceirização – goela abaixo, não!”, eis artigo da presidente da Central Única dos Trabalhadores no Ceará, Joana Almeida. Ela expõe os porquês de entidade da classe trabalhadora serem contra o projeto 4330, de Sandro Mabel (PMDB/GO), que tramita no Congresso e que aborda terceirizações. Confira:

Ele já tramita há 10 anos. Agora, encontra-se na agenda da Câmara dos Deputados para nos ser empurrado goela abaixo logo no início deste mês. O Projeto de Lei (PL) 4.330, que legaliza a terceirização no Brasil, é sinônimo de rebaixamento dos direitos trabalhistas e de mais riscos de acidentes de trabalho. A reprovação popular do projeto é altíssima. Mesmo assim, muitos parlamentares têm ignorado a representação nacional de trabalhadores, fazendo vista grossa aos frágeis argumentos em defesa do referido PL.

Entre seus pontos mais nocivos, o projeto aponta o que aparece como “sonho” dos empregadores – a possibilidade de uma empresa funcionar sem empregados, já que o PL, da forma como está, permite que as empresas terceirizem até suas atividades-fim, o que hoje é proibido pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST). A isonomia de salários e direitos entre funcionários diretos e terceirizados também não está garantida no projeto.

Defendemos, ainda, a responsabilidade solidária, que obriga tanto a empresa terceirizada quanto a contratante a responder por eventuais dívidas trabalhistas. Da forma como está apresentado o projeto, quem contrata só poderá ser acionado na Justiça após encerradas todas as possibilidades de cobrança da terceirizada.

Estamos adoecendo. De cada 10 trabalhadores(as) que sofrem acidente de trabalho, oito são subcontratados. Alguns, até abdicados do direito de viver. De cada cinco trabalhadores(as) que morrem no trabalho, quatro são terceirizados. Mera coincidência? Fatalidade? Não. São as condições precárias de trabalho as maiores responsáveis por tragédias anunciadas. O impacto resvala sobre a sociedade como um todo, que também paga o preço – nos gastos com saúde e previdência. Os jovens trabalhadores terceirizados também estão entre os mais prejudicados, principalmente devido aos altos índices de rotatividade.

De forma permanente, mantemo-nos dispostos ao diálogo. Mas temos urgência. Hoje, dia 7 de abril, é dia de lutarmos contra a intransigência. Estaremos lá: milhares de trabalhadores e trabalhadoras rumo ao Congresso Nacional. Diremos não ao PL 4.330 e sim ao bem deste país.

* Joana Almeida

joana@cutceara.org.br

Presidente da CUT-CE.

Ciro retomará palestras pelo Brasil

54 1

Entrevista com ciro Gomes

Mesmo como membro da Companhia Siderúrgica Nacional e respondendo pela obra da Transnordestina, o ex-ministro Ciro Gomes (Pros) não abre mão de palestras.

Segundo a sua asssessoria, ele já tem uma marcada para o próximo dia 13. Será para o empresariado do Mato Grosso, quando abordará conjuntura política e econômica do País.

Resta saber o que Ciro vai dizer sobre o Governo Dilma. Principalmente, depois que seu irmão, Cid Gomes, entregou o boné da pasta da Educação.

DETALHE – Bom lembrar que Ciro Gomes, em conversa conosco, assegurou que não deixou de lado o sonho de voltar a disputar a Presidência da República.