Blog do Eliomar

Últimos posts

Governadores do Norte e Nordeste cobram maior atenção da União

ricardocoutinho

“O vice-governador do Amapá, Papaléo Paes, fez hoje (20) um apelo para que os Estados da região Norte tenham atenção especial na discussão do pacto federativo. Durante a reunião com os presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), Papaléo cobrou atenção da União e dos demais estados.

“Em nome dos estados do Norte e dos estados mais novos [ex-territórios], digo que precisamos de uma atenção toda especial. Temos de ser olhados respeitosamente e com certa delicadeza dos demais estados, de modo a forçar a União a fazer o trabalho que deveria fazer”, informou.

Papaléo Paes acrescentou que, desde sua criação, o Amapá sofre com problemas fundiários, já que até hoje a União não transferiu a propriedade das terras. Segundo ele, isso dificulta, por exemplo, a criação da chamada Zona Franca Verde e das zonas de Processamento de Exportação na região.

O vice-governador do Amapá lembrou ainda as dificuldades enfrentadas pelo governo estadual para evitar que a chikungunya migre da região para o resto do país. Papaléo acrescentou que o estado já tem mais de 1,6 mil casos confirmados da doença.

Pelo Nordeste, o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB) informou que está preocupado com o impacto das medidas de ajuste fiscal na região do semiárido. “Nós, governadores do Nordeste, queremos compartilhar que não podemos ter paralisação de obras hídricas do PAC no semiárido. É essencial compreender que essas obras são um diferencial importantíssimo para que o semiárido possa se constituir em solução. O ajuste fiscal não pode paralisar obras fundamentais para esse território”, acrescentou.”

(Agência Brasil)

Escolas públicas conhecerão o Centro de Tecnologia da UFC

O Centro de Tecnologia da Universidade Federal do Ceará organiza, pelo sétimo ano consecutivo, o evento “CT Quer Você”, encontro entre professores e alunos de 13 cursos de graduação e estudantes de escolas públicas e privadas, interessados nas formações da área tecnológica.

Durante a manhã do próximo sábado, a partir das 8 horas, haverá palestras com os coordenadores dos cursos de Engenharia: Civil, Mecânica, Química, Elétrica, Produção Mecânica, Telecomunicações, Computação, Metalúrgica, Energias e Meio Ambiente (Engenharia de Petróleo, Engenharia de Energias Renováveis e Engenharia Ambiental), Arquitetura e Urbanismo e Design. Eles falarão sobre área de atuação, histórico do curso, projetos de pesquisa e oportunidades de intercâmbio.

Em estandes montados no Campus do Pici (Centro de Tecnologia da UFC, bloco 710), universitários desses cursos conversam com os visitantes e tiram dúvidas sobre o conteúdo do curso e a carreira profissional. Em salas de aula, serão apresentados trabalhos acadêmicos e projetos de extensão desenvolvidos por grupos de estudo.

Laboratórios também estarão abertos à visitação. Monitores explicarão o funcionamento de equipamentos e a finalidade das pesquisas científicas. O evento é aberto ao público e ajuda os futuros ingressantes na escolha profissional.

(Site da UFC)

ADEPOL treinará líderes comunitários sobre Lei Maria da Penha

o22o58096289220t0631f313_foto

A Associação dos Delegados de Polícia Civil do Ceará (ADEPOL) promoverá, às 9 horas desta quinta-feira, em sua sede, aula inaugural do projeto “Em Defesa da Paz”. Nessa iniciativa, a entidade treinará 30 líderes comunitárias da Grande Caucaia em noções de defesa pessoal e orientação sobre a Lei Maria da Penha.

A presidente interina da ADEPOL, Jeovânia Holanda, explica que o projeto focará nas medidas protetivas de urgência, no caso medidas de efeito concreto e que podem ser decretadas em até 48 horas.

“Vamos focar, por exemplo, no afastamento do agressor do lar. Se for servidor público que porte arma, o juiz pode determinar a suspensão da arma de fogo. Vamos tratar sobre a proibição de contratações jurídicas e até a prisão preventiva”, explica a delegada.

SERVIÇO

ADEPOL/CE – Rua Monsenhor Luiz Rocha, nº 16, Centro – Fortaleza.

O Brasil vive a síndrome da notícia ruim?

2005cd0201

O jornalista Carlos Castilho dará palestra, às 19 horas desta quarta-feira, no Espaço O POVO de Cultura & Arte. Ele abordará tema dos mais interessantes: “A síndrome da notícia ruim”.

Castilho, com longa experiência de batente em redações, é hoje mestre em Mídia e Conhecimento e também doutor em Engenharia de Gestão do Conhecimento pela Universidade Federal de Santa Catarina.

A palestra dele é aberta ao público.

Escola de Psicoterapia de Fortaleza debaterá demências

A Escola de Psicoterapia Psicanalítica de Fortaleza promoverá às 17 horas da próxima sexta-feira, no auditório da Faculdade Farias Brito, o seu terceiro projeto Um Olhar a Mais. O objetivo é envolver alunos do estabelecimento e o público em geral num debate sobre os temas da atualidade, através de um viés psicanalítico. Os comentários do tema serão de Juliana Lemos Garcia Ferreira, neuropsicóloga e psicanalista.

A cada mês, um tema é escolhido e um psicanalista é convidado para tecer comentários, iniciando o debate entre os participantes. Neste mês de maio, o mote é “A integração dos processos cognitivos e emocionais nas demências”. A ordem é buscar uma reflexão sobre uma patologia muito frequente entre idosos – embora, atualmente, pessoas mais jovens entre 50 e 60 anos também tenham sido diagnosticadas: as síndromes demenciais.

A demência é uma doença neurodegenerativa com repercussão em várias áreas do indivíduo, entre elas: cognição, comportamento e aspectos emocionais. Desta forma, além da investigação neurológica clínica, realização de exames laboratoriais e de imagem cerebral, faz-se necessário buscar, de forma mais aprofundada, conhecer sobre as alterações cognitivas e emocionais existentes e da repercussão dessas alterações na vida da pessoa e de seus familiares.

 

Presidente do BNB na rota do México

foto marcos holanda professor

O presidente do Banco do Nordeste do Brasil, Marcos Holanda, engatará, nesta quarta-feira, sua primeira viagem internacional.

Embarcará a partir de Brasília, onde manteve reuniões na Casa Civil e no Ministério da Fazenda, com destino a a Cancún, no México.

Ali, Marcos Holanda participará da reunião da Associação Latino-Americana de Instituições Financeiras para o Desenvolvimento (Alide).

 

Setor de serviços cresceu 6,1% em março

“Pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou hoje (20) que, em março de 2015, o setor de serviços do país teve crescimento nominal de 6,1%, na comparação com igual mês do ano anterior. O crescimento nominal embute a inflação ocorrida no período. De acordo com os dados, que fazem parte da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), a taxa é superior às taxas de fevereiro (0,9%) e janeiro (1,8%), retornando aos patamares de abril e setembro de 2014. A taxa acumulada no ano atingiu 2,9% e, em 12 meses, 4,6%.

A PMS traz indicadores que permitem acompanhar o comportamento conjuntural do setor de serviços no país.

Em relação a março de 2014, cinco segmentos do setor de serviços registraram variações positivas: serviços profissionais, administrativos e complementares (8,8%); transportes, serviços auxiliares dos transportes e correio (8,7%); outros serviços (5,2%); serviços de informação e comunicação (2,9%) e serviços prestados às famílias (2,5%).”

(Agência Brasil)

Nos 180 anos da PM do Ceará, um show de talentos

Dentro da programação de aniversário dos 180 anos da Polícia Militar do Ceará, uma novidade: a partir das 16 horas desta terça-feira, haverá o “Show de Talentos da PMCE”, no calçadão da Avenida Beira Mar, em frente ao Clube Náutico. Na ocasião, as bandas da Polícia Militar e dos alunos do Colégio da Polícia Militar se apresentarão no local. Haverá ainda a apresentação dos policiais cantores soldados Adriano, Mariana e Anderson.

Na próxima sexta-feira (22), sábado (23) e domingo (24), a partir das 16 horas, haverá apresentações da Turminha do Ronda para as crianças. A iniciativa é um projeto de teatro de fantoches criado e desenvolvido por policiais da Polícia Militar do Ceará, que utiliza o lúdico para entreter e conscientizar crianças sobre temas relacionados à Segurança Pública, tais como as drogas e a violência.

Associação das operadoras de plano de saúde manda nota para o Blog

Sobre a decisão da ANS de suspender 87 planos de saúde no Pais, a Abramge, que congrega os planos de saúde, manda a seguinte nota para o Blog:  

NOTA

A Abramge – associação que representa as operadoras de planos de saúde – tomou conhecimento da lista de empresas que tiveram seus produtos suspensos para comercialização pelo órgão regulador, em seu 13º ciclo de monitoramento.

A entidade reconhece a importância da fiscalização realizada pela ANS, e ressalta que:

O menor número de reclamações verificado nos últimos 10 ciclos de monitoramento, com queda de 21% em relação ao ciclo anterior, reflete o esforço conjunto das operadoras de planos de saúde para a melhoria contínua do atendimento;

Em um universo de 72,2 milhões de beneficiários e cerca de 275 milhões de atendimentos realizados, o total de 11.007 reclamações representam 0,004% do total de procedimentos, ou seja, aproximadamente uma reclamação para cada 23 mil atendimentos no trimestre.

* Abramge.

O SINOG, entidade que representa os planos odontológicos no Brasil, também se posicionou em relação a suspensão dos planos da Odontoprev:

NOTA

O SINOG – Sindicato Nacional das Empresas de Odontologia de Grupo, entidade que representa em todo o território nacional as operadoras de odontologia de grupo, modalidade que conta com 17 milhões de beneficiários de planos odontológicos (79% de todo o segmento odontológico), e ao longo dos 18 anos de existência tem procurado auxiliar as operadoras odontológicas a aperfeiçoar sua gestão e o desempenho junto a seus beneficiários, vem a público esclarecer que:

– para nossa entidade, o programa de monitoramento da garantia de atendimento instituído pela Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS possui um processo de avaliação que não é transparente quanto aos critérios da metodologia utilizada e deixa a desejar no que diz respeito à sustentabilidade de empresas que têm seus produtos suspensos, principalmente para as operadoras de planos exclusivamente odontológicos;

– desde o início da divulgação dos ciclos de monitoramento em 2012, defendemos e levamos à ANS a tese de que o órgão regulador deveria adotar uma nota mínima – como acontece em vários programas de avaliação – com a qual se estabeleceria um parâmetro fixo, de conhecimento prévio das operadoras e de todos os envolvidos, evitando distorções como o que tem acontecido em cada novo ciclo;

– o Sistema Abramge, da qual o Sinog faz parte, ajuizou ação perante a Justiça Federal de São Paulo e obteve liminar favorável junto ao Tribunal Regional Federal que, embora cassada através de recurso da ANS pelo Superior Tribunal de Justiça, aguarda o julgamento pelo Supremo Tribunal Federal;

– não podemos esquecer que o segmento odontológico representa um importante mercado no Sistema Privado de Saúde e necessita, diante das especificidades da operação dos planos odontológicos, uma regulamentação que possa atender ao equilíbrio dessas operadoras, bem como discutir em conjunto normas mais transparentes que possibilitem aos beneficiários e operadoras entenderem os processos regulatórios.

SINOG.

CPI do Acquario vai pras calendas

73 3

foto zezinho albuquerque 150201

A Assessoria de Imprensa do Poder Legislativo divulgou a seguinte matéria a respeito de CPIs e a posição do presidente da Casa, Zezinho Albuquerque (Pros). Confira:

O presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque (Pros), comentou o debate ocorrido durante a sessão plenária desta terça-feira (19/05) sobre a instalação de Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs) na Casa.

De acordo com Zezinho Albuquerque, a AL irá seguir o trâmite estabelecido pelo Regimento Interno da Casa para a instalação das CPIs. “Nós jamais faríamos algo diferente do que está prescrito no regimento, assim como jamais permitiríamos manchar o nome da AL por quaisquer motivos”, assegurou.

O presidente da AL informou que existem, no momento, quatro requerimentos solicitando a instalação de CPIs. Zezinho Albuquerque explicou esses requerimentos necessitam de um número mínimo de assinaturas. Na sequencia, o requerimento segue para a Procuradoria da AL, para que seja avaliada a constitucionalidade do pedido.

Depois, o requerimento segue para a Mesa Diretora, para que ela dê um parecer sobre o pedido. “Após todo esse processo, o presidente da AL deve trazer a proposta para o Plenário, que é soberano e irá decidir pela instalação ou não da comissão”, esclareceu.

Zezinho Albuquerque lembrou que, mesmo antes do início da atual legislatura, já havia uma movimentação para implantar a CPI do Acquario. “Eu intervi logo no início, pedindo aos parlamentares que esperassem mais um pouco, pois tínhamos de direcionar nosso foco a outras questões importantes e urgentes, como as promoções dos policiais, o piso salarial dos agentes de saúde, e a seca, problemas que, naquele momento, eram de grande urgência”, afirmou.

Quanto às CPIs requeridas – sobre o tráfico de drogas, exploração sexual, seguro DPVAT e Acquario -, Zezinho garantiu que todas serão analisadas. Entretanto, o Regimento Interno prevê que, no máximo, duas CPIs podem ser instaladas ao mesmo tempo. O presidente fez um apelo para que os parlamentares “não transformem a situação em um cavalo de batalha”. Para ele, a avaliação sobre importância de cada CPI varia de acordo com o parlamentar e, por isso. “todas serão avaliadas e consideradas conforme o regimento”.

Regional II manda limpar rampa denunciada por Blog

Da Secretaria Regional II, recebemos a seguinte nota, em tom de resposta:

Caro Eliomar de lima,

Sobre a denúncia de lixo acumulado no cruzamento das ruas José Vilar e Jaguaribe – bairro Aldeota, temos a dizer que:

A Secretaria Regional II realizou, na terça-feira (19.05), a total remoção dos resíduos sólidos, despejados irregularmente no cruzamento das ruas José Vilar e Jaguaribe.

Solicitamos a colaboração da população, para que não jogue lixo nas ruas e aguarde o dia da coleta seletiva.

Agradecemos as informações deste Blog, importante veículo de comunicação.

Atenciosamente,

* Assessoria de Comunicação da SER II.

Câmara aprova projeto que permite a Guarda Municipal fiscalizar o trânsito

175 4

Por 25 votos a 4, foi aprovado, nesta quarta-feira, projeto de autoria oriundo Paço Municipal permitindo que a Guarda Municipal possa também fiscalizar o trânsito de Fortaleza.

Esse projeto, de âmbito nacional, deverá ser implementado pelas Prefeituras num prazo de dois anos.

A matéria deverá entrar em vigência logo após a sanção do prefeito Roberto Cláudio.

Com isso, a AMC poderá contar com esse contingente e o prefeito RC ficar mais tranquilo no que diz respeito a constantes ameaças de greve por parte dos agentes da autarquia.

Museu da Boneca de Pano do Pici ganha projeto de acessibilidade

caiiss

A Caixa Cultural Fortaleza e o Museu da Boneca de Pano (Bairro Planalto Pici)firmaram convênio para a execução de um projeto de acessibilidade. Esse projeto beneficiará o museu. O convênio foi firmado na presença de José Márcio Borges, gerente de filial, e de Rachel Gomes, assistente pleno de marketing da Caixa Cultural Fortaleza, e dos coordenadores do museu, os produtores culturais Liduína Rodrigues e Airton José Souza.

O projeto de acessibilidade do Museu da Boneca de Pano foi contemplado no Edital da Caixa Cultural 2015 e vai reformular a estrutura do local para melhor receber visitantes portadores de necessidades especiais.

SERVIÇO

Museu da Boneca de Pano – Rua Deputado Joel Marques, 110  – Planalto Pici 

Visitação: terças e quartas-feiras – Das 14 às 17 horas

Finais de semana com agendamento

Contatos – (085) 8631-3064 9839-8779 (85) 9222-2586

http://museudabonecadepano.blogspot.com.br/

https://www.facebook.com/MuseuDaBonecaDePano

(Foto – Divulgação)

Beira-Mar ou Beira-Mal?

Com o título “Beira-Mar – Vulnerabilidade indesculpável”, eis o Editorial do O POVO desta quarta-feira. Aborda a insegurança nesse cartão postal de Fortaleza. Confira:

A insegurança na avenida Beira Mar volta a ser motivo de grande preocupação. Os assaltos estão cada vez mais agressivos, com alto risco para vítimas que reagem. Além de ser um desconforto para a população local, poderá ser um fator de prejuízo para o turismo, justamente no momento em que Fortaleza aparece como uma das cidades preferidas para as férias de julho por visitantes nacionais e estrangeiros.

Somente no último domingo, duas pessoas foram esfaqueadas, na área, em tentativas de assalto. Os registros indicam que esse tipo de ocorrência é mais frequente aos domingos, quando há um maior fluxo de pessoas nos calçadões. Esses dados são conhecidos há muito tempo, por isso é estranhável que continuem a perpetuar-se. Sobretudo, por se tratar de uma área bem delimitada e, portanto, suscetível de um irretocável planejamento de segurança. Ora, isso deixa uma grande dúvida na população: se o sistema de segurança pública não consegue evitar a presença de assaltantes, nem sequer numa área de tanta visibilidade e de fácil acesso aos instrumentos de controle, o que esperar de outras áreas menos expostas aos olhares públicos? Não há desculpas para essas falhas.

Se a população local, por si só, não recebe as garantias de segurança que lhe são devidas por imposição constitucional, igualmente grave é que seus interesses econômicos e sociais sejam também prejudicados, quando os benefícios que lhe poderiam advir da exploração do filão turístico (uma das alternativas econômicas mais promissoras para o futuro de Fortaleza e do Ceará) sejam igualmente frustrados por conta disso. É o que tem tudo para acontecer se problemas, como o apresentado pela avenida Beira Mar, continuarem a se registrar. Basta uma notícia desfavorável, dando conta de algum evento trágico envolvendo turistas, publicada nacionalmente ou no Exterior, para fazer retroceder anos de duro trabalho de promoção de Fortaleza e do Ceará no trade turístico. Não se deve brincar com isso.

Estas ponderações são ainda mais dignas de atenção no momento em que se aproxima mais uma alta estação turística e Fortaleza aparece entre as quatro cidades do País, mais buscadas pelos brasileiros, e entre os 10 destinos com maior crescimento de procura.

Universidade Federaç da Ibiapaba em debate no MEC

chicco
A criação da Universidade Federal da Ibiapaba. Eis o pleito levado, nesta terça-feira, ao Ministério da Educação, em Brasília, durante audiência envolvendo o deputado federal Chico Lopes (PCdoB), o secretário de Educação Superior do MEC, Jesualdo Farias, e os prefeitos de São Benedito, Gadyel Gonçalves, e Ubajara, Zezinho Romano.

Chico Lopes destacou que uma nova universidade na Ibiapaba beneficiará a população de municípios como São Benedito, Croatá, Ubajara, Viçosa do Ceará, Carnaubal, Ibiapina, Tianguá, Guaraciaba do Norte, entre outros.

Na reunião, o secretário de Educação Superior do MEC, Jesualdo Farias, sugeriu ao deputado Chico Lopes e aos prefeitos que trabalhem inicialmente por um campus da UFC para a região da Ibiapaba. O prefeito Gadyel Gonçalves destacou que o município de São Benedito já tem um pré-projeto nesse sentido, um estudo apontando a cidade como a mais acessível para os estudantes da região, além de um terreno e um prédio já reservados para abrigar um possível campus da UFC na Ibiapaba.

(Foto – MEC)

Lixão desafia a Regional III

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=O2E3Arb6x0k[/youtube]

Eis o lixão decorando a esquina da rua Érico Mota com Dom Manuel de Medeiros, no bairro da Parquelândia. Permanece há dias, mesmo depois de tantas reclamações.

A Regional III até que tomou providências. Mas limpou esquina próxima, que também estava com jeito de rampa, mas, pelo visto, se esqueceu dessa área.

Até quando?

Governadores querem reabertura de financiamentos externos

danilofortee

Os presidentes da Câmara, Eduardo Cunha, e do Senado, Renan Calheiros, estão reunidos, nesta quarta-feira, em Brasília, com os 27 governadores do País. Segundo o deputado federal Danilo Forte (PMDB), um dos motes principais é a condição dos gestores estaduais terem a reabertura de financiamento externo.

“Há uma preocupação dos governadores sobre financiamentos externos e os estados estão ressentidos sobre financiamento de obras importantes. Um dos pontos é viabilizar reabertura de financiamento externo para governos estaduais em infraestrutura”, explica Danilo Forte, que preside a Comissão Especial de Reforma do Pacto Federativo.

Além do financiamento externo, Danilo Forte informa que a pauta trata também do refinanciamento das dívidas dos Estados com a União e as vinculações e obrigações de pisos salariais e de programas federais que criam despesas para os outros entes. Essa discussão esbarra necessariamente na reforma do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), cuja arrecadação é uma das principais fontes de receita para os estados.

A vez de sentir na própria pele

71 1

dddd

Experiência inusitada.

A Empresa de Ônibus Vega recrutou vários dos seus motoristas para andar de bicicleta, ontem, por Fortaleza. A ordem era fazer eles sentirem na pele o que sofrem os ciclistas.

Aliás, bem que, nessa experiência, a empresa poderia também mandar seus motoristas se passarem por idoso e ficar aguardando ônibus na parada.