Blog do Eliomar

Últimos posts

Dilma acredita que obras para Olimpíadas não devem ser atingidas pela Lava Jato

A presidenta Dilma Rousseff avaliou que o andamento das obras para os Jogos Olímpicos 2016 não deve ser atingido pela Operação Lava Jato. “Eu não vejo qual o impacto que a Lava Jato terá nas obras olímpicas. Eu não tenho nenhuma avaliação que mostra que exista algum impacto”, disse.

Dilma reuniu-se na noite dessa terça-feira (12) na sede do Comitê Rio 2016, na Cidade Nova, região central do Rio de Janeiro, com governador do estado, Luiz Fernando Pezão, o prefeito Eduardo Paes e integrantes dos Comitês Olímpico Brasileiro (COB) e Rio 2016 e da Empresa Olímpica Municipal para avaliar a preparação dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016. “Tivemos uma reunião que considero bastante produtiva”, disse.

A presidenta assumiu um compromisso com o presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman, de voltar “sistematicamente” ao longo dos próximos meses, ao Rio de Janeiro, para fazer reuniões de trabalho com todos eles para acompanhar a preparação dos Jogos Olímpicos, que, segundo ela, têm o papel importante de colocar o Brasil em destaque diante de todo o mundo. Por isso, é preciso mostrar o país por meio da organização dos jogos, com a qualidade, segurança e garantia do Parque Olímpico, que está em construção e com as obras em dia.

(Agência Brasil)

Comemorações ao Dia de Fátima começam com missa às 5 horas

foto missa Fátima 150513

Centenas de fiéis assistiram a primeira missa em comemoração ao Dia de Nossa Senhora de Fátima, nesta quarta-feira (13), que ocorreu às 5 horas, na Igreja de Fátima, na Avenida 13 de Maio, em Fortaleza.

As celebrações foram abertas pelo arcebispo dom José Antônio, que presidiu o ato tendo ao lado o pároco, Padre Ivan, e seguirão por todo o dia de hoje, até a missa campal às 18 horas, quando milhares de pessoas seguirão em procissão da Igreja do Carmo, no Centro, até a Igreja de Fátima.

Durante a procissão, a AMC irá operar um bloqueio no cruzamento da avenida Duque de Caxias com a rua Major Facundo. Durante a missa campal, a Avenida 13 de Maio terá os dois sentidos bloqueada, entre a rua Jaime Benévolo e o viaduto da avenida Pontes Vieira.

(Foto – Ana Aranha)

Deputados aprovam MP que concede crédito extra de R$ 50 bi para o BNDES

O governo conseguiu nessa terça-feira (12) mais uma vitória nas medidas do chamado ajuste fiscal com a aprovação da Medida Provisória (MP) 663/14, que abre crédito de R$ 50 bilhões para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A MP altera a Lei 12.096 de 2009 que autoriza a União a subvenção econômica na modalidade de equalização de taxa de juros para o BNDES e para a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) em determinadas operações de financiamento, especialmente as de inovação tecnológica. Os incentivos financeiros foram instituídos pela Lei para conter a estagnação da renda e do emprego domésticos no cenário da crise econômica de 2008.

A proposta altera também o limite de autorização de R$ 402 bilhões para R$ 452 bilhões para a União “conceder subvenção econômica, sob a modalidade de equalização de taxas de juros, nas operações de financiamento contratadas até 31 de dezembro de 2015”.

O governo conseguiu aprovar o texto do relator da MP, senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO), na comissão mista que analisou a medida. Das 48 emendas apresentadas, os deputados aprovaram duas: uma acatada pelo relator foi proposta pelo senador José Serra (PSDB-SP) que torna obrigatória a divulgação bimestral de informações na internet sobre os impactos fiscais das operações do Tesouro com o BNDES e os valores inscritos em restos a pagar nas taxas de equalização de juros.

A outra emenda aprovada é de autoria do deputado André Figueiredo (PDT-CE) que destina o mínimo de 30% dos recursos concedidos pelo BNDES, a taxa subsidiadas, para tomadores das regiões Norte e Nordeste. O governo era contra, mas foi vencido. O texto vai agora para apreciação do Senado.

(Agência Brasil)

PSB é contra impeachment de Dilma, diz senador

105 1

O senador Fernando Bezerra Coelho (PE) afirmou que seu partido, o PSB, entende que o país precisa superar as turbulências por que passa atualmente sem ferir a estabilidade institucional nem a governabilidade.

Por isso, segundo o senador, o PSB é contra um eventual pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff e em favor de uma agenda de desenvolvimento para o país.

Diante dos fatos até agora revelados, Fernando Bezerra Coelho avalia que a tentativa de impeachment deve ser afastada, até porque, segundo ele, tornaria inviável a recuperação econômica e afugentaria os investidores, agravando ainda mais a situação do país. Ele advertiu, no entanto, que o Executivo deve agir de forma a recuperar a credibilidade.

– Cabe ao Palácio do Planalto e seus ministérios fazerem a sua parte, reduzindo gastos e adotando uma conduta de austeridade. A principal moeda a ser ofertada pelo governo à sociedade e ao mercado chama-se credibilidade. A boa governança emite credibilidade através da transparência, da austeridade e do diálogo com o Congresso Nacional, os partidos políticos e as entidades representativas da sociedade – disse.

(Agência Senado)

Nome de Fachin é aprovado para o STF

112 1

“O nome de Luiz Edson Fachin, indicado pela presidenta Dilma Rousseff para uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF), foi aprovado, há pouco, pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. Ele recebeu 20 votos a favor e 7 contra. A sabatina na CCJ demorou mais de dez horas. Os integrantes da comissão também aprovaram o regime de urgência para a votação no plenário da Casa.

Ao longo de todo o dia, o jurista respondeu a peguntas diversas sobre suas convicções a respeito de questões como aborto, casamento gay, legalização da maconha, redução da maioridade penal, suas relações com o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) e com o PT. El também falou sobre a sua vida profissional.

O jurista Luiz Fachin é advogado e professor universitário e tem amplo apoio da comunidade jurídica. No entanto, diversas polêmicas marcaram a análise de seu nome pelo Senado, entre elas um vídeo em que ele pede votos para a então candidata Dilma Rousseff, em 2010, e textos publicados nos quais assume posições polêmicas sobre a função social da propriedade e a aplicação da legislação.”

(Agência Brasil)

PT vai requerer na Justiça mandato de Marta Suplicy

“O PT de São Paulo vai requerer na Justiça Eleitoral o mandato da senadora Marta Suplicy, que se desfiliou da sigla no fim de abril após 33 anos. A decisão foi tomada por unanimidade pela Comissão Executiva Estadual do partido. “Após sucessivas recusas em dialogar com a direção do PT sobre as razões de suas supostas insatisfações, Marta formalizou sua desfiliação do partido movida unicamente por interesses eleitorais e desmedido personalismo”, disse o presidente do diretório estadual do partido, Emídio de Souza, em comunicado divulgado na tarde desta terça-feira.

Na carta em que pediu a desfiliação do PT, a senadora alegou que a sigla é reincidente em casos de desvios éticos e disse estar constrangida com o “protagonismo” da legenda em “um dos maiores escândalos de corrupção que a nação brasileira já experimentou”.

“Mesmo após a condenação de altos dirigentes, sobrevieram novos episódios a envolver a sua direção nacional”, afirmou a senadora, referindo-se indiretamente ao mensalão, em 2005, e ao escândalo de corrupção na Petrobras, em 2014.

Marta pretende concorrer à prefeitura de São Paulo nas eleições municipais do próximo ano contra o antigo correligionário e atual prefeito, Fernando Haddad (PT). A senadora sinalizou que deve formaliza sua filiação ao PSB.”

(Estadão Conteúdo)

TJ do Ceará definrá nesta quinta-feira lista tríplice da qual sairá novo juiz do TRE

cidmarconi

“O Pleno do Tribunal de Justiça vai se reunir, nesta quinta-feira, para votar a composição da lista tríplice de onde sairá o membro efetivo do Tribunal Regional Eleitoral, na classe jurista. A vaga no TRE foi aberta com o término do segundo biênio do advogado Cid Marconi, que está em lista tríplice para vaga de desembargador federal do TRF-5ª, no Recife..

Quinze advogados estão inscritos para concorrer à lista tríplice, sendo 12 homens e três mulheres. A relação, em ordem alfabética, consta no Edital nº 29/2015, publicado no Diário da Justiça Eletrônico do último dia 22 de abril.

Os nomes dos três advogados escolhidos pelo Pleno do TJCE serão encaminhados ao presidente do TRE-CE, desembargador Antônio Abelardo Benevides Moraes, que, por sua vez, os enviará para consideração da Presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília.

O TSE submete a lista à presidente da República, Dilma Rousseff, para que ela nomeie um dos três candidatos para membro efetivo do TRE, na classe de Jurista. O indicado terá mandato de dois anos, a partir da data da nomeação e publicação no Diário Oficial da União.

(Site do TJ/CE)

Parque Botânico do Ceará tem data de reinauguração marcada

parquee

O Parque Estadual Botânico do Ceará, situado em Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza, será reinaugurado no dia 1ºo de junho. Isso, dentro da programação alusiva a Semana Nacional do Meio Ambiente.

Por falar nisso, o secretário do Meio Ambiente e Sustentabilidade do Estado, Artur Bruno, viajará nesta quarta-feira ao Rio de Janeiro. Com ele, o gestor do parque, Airton Mota. Na agenda, uma visita de reconhecimento ao Jardim Botânico do Rio de Janeiro – JBRJ, que foi fundado em 13 de junho de 1808 pelo príncipe regente português D. João. O parque é um dos mais importantes centros do mundo em pesquisa nas áreas de botânica e conservação da biodiversidade.

O Parque Botânico do Ceará conta com 190 hectares de mata virgem. Ali,  estão 182 espécies vegetais catalogadas de biomas como caatinga, tabuleiro e mata atlântica, além de 63 espécies de aves e estrutura para realização de eventos. Também conta com banco de mudas produzindo 3 mil por mês, tendo hoje 10.000 unidades de 11 espécies nativas em estoque.

 

Senador José Pimentel propõe inclusão de 74 municípios na região do semiárido

Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ): senador José Pimentel (PT-CE) durante discussão sobre propostas relativas à reforma política

O líder do governo no Congresso, senador José Pimentel (PT), propôs ao ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, a inclusão de 74 municípios na região semiárida reconhecida pelo governo federal (32 do Ceará, 22 de Alagoas e 20 da Paraíba). Com isso, esses municípios terão acesso a políticas públicas e financiamentos governamentais diferenciados e compatíveis com a real situação hídrica local. Além do senador Pimentel, a reunião com o ministro, realizada nesta segunda-feira, contou com a participação do deputado estadual cearense, Elmano de Freitas (PT).

Esses municípios poderão ter acesso a desconto de 25% na taxa de juros dos financiamentos com recursos do Fundo Constitucional do Nordeste (FNE), enquanto para o restante da região, o desconto é de 15%. Esses municípios também terão direito a, no mínimo, metade dos recursos do Fundo.

Pimentel informou ao ministro que a proposta foi incluída no texto da Medida Provisória 668, em tramitação no Congresso Nacional. Segundo o senador, o apoio do ministério é fundamental para que seja aprovado, permitindo um trabalho conjunto pela sua sanção. “Queremos que esses municípios tenham acesso a políticas adequadas e compatíveis com as vulnerabilidades características do clima semiárido”, disse. O ministro se comprometeu a apoiar a proposta.

O senador petista apresentou ao ministro estudo científico que justifica o redimensionamento da região semiárida brasileira para o estado do Ceará. O documento foi elaborado, em 2011, pelo Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural (CEDR) e pela Câmara Técnica de Convivência com o Semiárido, órgãos do governo do estado. O texto informa que os 32 municípios apresentam os parâmetros técnicos de uma região semiárida: média anual de chuva inferior a 800 milímetros, alto índice de aridez e risco de seca superior a 60%.

Os estados de Alagoas e Paraíba também realizaram estudos para embasar o pedido de inclusão de seus municípios na região semiárida. Da mesma forma que as cidades cearenses, essas localidades apresentam um baixo índice de chuvas, além de alto índice de aridez e alto risco de seca.

Municípios beneficiados

Os municípios a serem incluídos na região semiárida do Ceará são: Acaraú, Amontada, Aquiraz, Barroquinha, Beberibe, Bela Cruz, Camocim, Cascavel, Chaval, Cruz, Fortim, Granja, Guaiuba, Itaitinga, Itarema, Jericoacoara, Maracanaú, Marco, Martinópole, Moraújo, Morrinhos, Pacatuba, Paracuru, Paraipaba, Pindoretama, São Gonçalo do Amarante, São Luiz do Curu, Senador Sá, Trairi, Tururu, Uruoca e Viçosa do Ceará.

Outro tema da reunião com o ministro da Integração foi a barragem Fronteiras, obra no município de Crateús. Pimentel pediu apoio de Gilberto Occhi para evitar atrasos decorrentes do traçado da Ferrovia Transnordestina, que abrange área inundável.
O senador solicitou que a barragem seja preservada, pois terá capacidade para garantir o abastecimento de água e irrigação de 6 mil hectares. “A obra é essencial porque pode transformar o perfil econômico daquela região, que sofre com as consequências da falta de água e de reservatórios de grande porte”, destacou.

(Com Agência Senado)

Procuradores do Trabalho de todo o País divulga nota repudiando a flexibilização das terceirizações

Procuradores do trabalho de todo o país divulgam nota de repúdio ao projeto de lei 4330, que regulamenta e amplia a terceirização para atividades-fim no Pais. No documento, redigido durante a primeira reunião da Coordenadoria Nacional de Promoção da Liberdade Sindical (Conalis) do Ministério Público do Trabalho, realizada em Fortaleza entre os dias 05 e 06 de maio, eles afirmam que a terceirização como foi aprovada “implica em grave risco à liberdade sindical, pois contribui para a divisão da classe trabalhadora, a tal ponto de impossibilitar sua organização e mobilização sindical”. Confira a nota:

“A Coordenadoria Nacional de Promoção da Liberdade Sindical (CONALIS), do Ministério Público do Trabalho (MPT), por seu colegiado formado por representantes de todas as Procuradorias Regionais do Trabalho e da Procuradoria-Geral do Trabalho, apresenta NOTA DE REPÚDIO ao PL 4330 que busca ampliar as hipóteses de terceirização.

A terceirização ampla, proposta pelo PL 4330, implica em grave risco à liberdade sindical, pois contribui para a divisão da classe trabalhadora, a tal ponto de impossibilitar sua organização e mobilização sindical.

Com isso, precariza os direitos dos trabalhadores, o que contraria, frontalmente, o objetivo da Constituição Federal, que é o da melhora da condição social e econômica da classe trabalhadora.”

* Assessoria de Comunicação do MPT/Ceará.

Levy defende modernização da estrutura tributária para estimular negócios

A modernização da estrutura tributária brasileira é tão importante quanto o ajuste fiscal para favorecer a recuperação da economia, disse nesta terça-feira (12) o ministro da Fazenda, Joaquim Levy. Segundo ele, a unificação das alíquotas do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) incentiva o ambiente de negócios.

“Sem dúvida, mudanças de impostos são instrumentos poderosos para a expansão da atividade econômica, criando incentivos que vão se acumulando ao longo do tempo”, declarou o ministro aos participantes do 27º Fórum Nacional de Desenvolvimento, no Rio de Janeiro. Embora tenha viajado para Londres para um encontro com empresários e autoridades britânicas, o ministro gravou o vídeo para ser exibido no evento.

Levy disse que a estratégia do governo para retomar o crescimento e recuperar a economia não se limita ao ajuste fiscal. Ele ressaltou que a equipe econômica tem como objetivo criar um ambiente econômico que restaure a credibilidade do país e favoreça os investimentos. “No seu conjunto, ela [a estratégia] se baseia na avaliação de que o principal papel do governo é criar um palco para a sociedade e o setor privado desempenharem seu papel”.

Para o ministro, o equilíbrio fiscal e o realinhamento de preços (aumento de preços administrados como energia e combustíveis) são apenas as primeiras etapas da recuperação econômica, sem prejudicar os programas sociais.

(Agência Brasil)

MP que altera pensão por morte e auxílio-doença deve ser votada já nesta quarta-feira

118 1

joseguimar

“O líder do governo na Câmara dos Deputados, José Guimarães (PT-CE) disse hoje (12) que o plenário deve analisar até amanhã (13) a Medida Provisória (MP) 664/14 que altera as regras para a concessão de pensão por morte e auxílio-doença. “Foi um grande acordo e pelo menos até amanhã a noite não haverá obstrução. Nós vamos votar duas medidas provisórias, duas PECs [proposta de emenda à Constituição] e dois acordos, até amanhã”, disse. Segundo ele, nesta quarta-feira deverá ser votado o texto-base da MP 664, ficando para o dia seguinte a votação dos destaques.

Após café da manhã no Palácio do Jaburu, com o ministro Joaquim Levy e o vice-presidente, Michel Temer, o líder do governo na Câmara dos Deputados, José Guimarães fala com Jornalistas (Antonio Cruz/Agência Brasil)
O líder do governo na Câmara dos Deputados, José Guimarães, fala sobre acordo para votar medidas do ajuste fiscalArquivo/Antonio Cruz/Agência Brasil
Hoje, o plenário deve votar MP 663/14 que concede crédito no valor de R$ 50 bilhões para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Segundo o governo, o montante será usado para reforçar a competitividade da indústria brasileira, financiando a modernização do parque industrial por meio de projetos de engenharia e de inovação tecnológica.

O líder está otimista quanto aprovar as medidas do chamado ajuste fiscal até a próxima semana. Segundo Guimarães, o governo espera conseguir o mesmo resultado da semana passada, quando conseguiu a aprovação da MP 665/14, que trata das mudanças nas regras de acesso ao seguro-desemprego, seguro-defeso e do abono salarial.”

(Agência Brasil)

Justiça suspende prorrogação do prazo de novos contratos do Fies

“O presidente do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, desembargador Cândido Ribeiro, suspendeu hoje (12) a decisão da Justiça Federal de Mato Grosso que determinou a prorrogação do prazo de inscrição para novos contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). O desembargador disse que a decisão de prorrogar as inscrições invadiu competência do Poder Executivo, por entender que cabe ao Ministério da Educação (MEC) definir as regras de financiamento. “Compete ao FNDE [Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação] definir as regras para sistematização das operações do fundo e estabelecer limites de crédito para fins de concessão de financiamentos com recursos do Fies”, disse.

Cândido Ribeiro explicou que cabe às instituições de ensino superior e aos estudantes “respeitar os regramentos estabelecidos pelo MEC, quanto aos requisitos para concessão do benefício, porquanto, frente à limitação orçamentária, os recursos disponíveis devem ser racionalmente distribuídos”.

No dia 30 de abril, o juiz federal Raphael Cazelli de Almeida Carvalho determinou que a União e o FNDE prorrogassem o prazo de inscrição, por tempo indeterminado, para os alunos que tentavam ingressar no programa pela primeira vez e que também corrigissem o funcionamento o sistema de informática do Fies, que apresentou instabilidade.

Na ocasião, ao se manifestar sobre o caso, o MEC alegou não ter orçamento para bancar novos contratos de financiamento estudantil.”

(Agência Brasil)

Na Câmara Municipal de Fortaleza, nada de bermudas ou minissaias

“A Câmara Municipal de Fortaleza, “considerando a necessidade de disciplinar o acesso e/ou permanência de pessoas nas dependências” da Casa, baixou portaria regulamentando as vestimentas “adequadas” para funcionários e visitantes do local.

A portaria número 056/2015, de 5 de maio, determina que servidores públicos, funcionários terceirizados e estagiários se apresentem ao trabalho “com vestimentas adequadas ao exercício de suas funções”.

O segundo artigo estabelece que visitantes não podem acessar as dependências da Câmara vestidos com “bermudas, shorts, calções, camisetas regatas, minissaias, miniblusas ou vestimentas que sejam consideradas inadequadas ao ambiente”.

A determinação do diretor geral da Câmara, José Barros de Alencar, diz que a decisão é para não se criar situações de desconforto àqueles que trabalham na Casa.”

(Com O POVO Online)

Prefeitura promete limpeza geral das ruas da Itaoca

60 1

Sobre queixa do leitor Paulo Marcelo Farias de que as ruas do bairro Itaoca estão precisando de capinação, pois o mato reina à vontade – ele mandou fotos, recebemos a seguinte nota da Prefeitura de Fortaleza:

A Secretaria Regional VI informa que as ruas do Bairro Itaoca, mostradas aqui no Blog – entre elas Justa Araújo, já estão no cronograma das atividades de capinação das equipes da Regional.

O trabalho começa ainda nesta semana. A conclusão ocorrerá até o fim da semana.

VAMOS NÓS – A população aguardará, com certeza.

Refinaria Cancelada – Justiça defere liminar em ação da OAB/CE contra a Petrobras

142 1

valdetario1

A Ordem dos Advogados do Brasil, regional do Ceará, teve ação civil pública interposta contra a Petrobras deferida liminarmente pelo juiz da 18ª Vara Cível, Josias Nunes Vidal. Pela ação, a estatal terá que  apresente todos os documentos solicitados na medida judicial, considerando o cancelamento da construção da Refinaria Premium II no Estado. De acordo com a liminar (Processo 01538622420158.06.0001), foram solicitados três estudos: um, quanto à viabilidade técnica do projeto para a implantação de uma nova refinaria no Brasil, notadamente no Estado do Ceará; outro, apresentando estudo técnico detalhado que concluiu ser o Estado do Ceará um local apropriado para a construção da refinaria e; o terceiro documento, apresentando as razões atestando que a refinaria não seria mais viável ao Ceará.

Conforme a decisão, os documentos devem ser entregues num prazo de 15 dias sob a pena de multa diária de R$ 20 mil. Determinou também o magistrado, a intimação do Governo do Estado para se posicionar no processo. Em relação ao pedido de tutela antecipada para restituição do imóvel cedido pelo Estado do Ceará, o juiz José Nunes Vidal entende que a determinação de devolução poderá ser feita após a justada dos documentos, em momento oportuno.

A Ação Civil Pública foi ajuizada no último dia 6 de maio contra a Petrobras. Na ação inicial, a OAB-CE requer a indenização de R$ 980 milhões para ressarcimento de danos patrimoniais ao Estado do Ceará, aos particulares e morais coletivos. Os valores exatos dos danos materiais e morais serão apurados no decorrer do processo. No documento, a OAB-CE argumenta que a Petrobras empreendeu dois instrumentos contratuais (Protocolo de Entendimentos e Termo de Compromisso) denotando a efetivação da instalação da Refinaria “Premium II” no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), além de ter praticado inúmeros atos que denotavam a efetivação da referida instalação.

Segundo o protocolo assinado pelo Estado do Ceará, Petrobras e Ceará Portos, com anuência da Companhia de Gás do Ceará, Transpetro e BR Distribuidora, os investimentos efetivados pelo Estado do Ceará poderão ser cobrados da Petrobras na hipótese de o projeto não ser efetivado por culpa da Petrobras (cláusula 2.2 do Termo de Entendimento assinado em 2008).

De acordo com o presidente da OAB-CE, Valdetário Monteiro, a entidade realizou um estudo no sentido de detectar os danos causados ao Estado do Ceará em decorrência do cancelamento da construção da Refinaria Premium II. “Com base no estudo, detectamos que a Petrobras deve ser responsabilizada por todos os valores investidos tanto pelo Governo do Estado quanto pela sociedade que acreditou neste projeto para ter uma fonte de renda no futuro. A promessa era de 90 mil empregos e o investimento era de US$ 11,1 bilhões, o que segundo a Petrobras respondeu à OAB-CE, não se realizará. A Ordem não pode ficar silente a tamanho desatino”, esclarece.

Segundo o presidente da Comissão de Estudos Constitucionais, Fábio Zech, “o patrimônio público foi ofendido, uma vez que o Governo do Estado agiu de modo condizente à observância aos princípios da boa-fé, e por ter entendido ser necessário efetivar vultosos investimentos para possibilitar a implantação da Refinaria Premium II, mas cujo projeto sequer foi efetivamente realizado”.

Coordenador da bancada federal cearense espera gestão técnica do novo presidente do BNB

110 2

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=_9CoZmaWz0A[/youtube]

O coordenador da banca federal do Ceará disse, nesta terça-feira, torcer para que o novo presidente do Banco do Nordeste, Marcos Holanda, prossigam o trabalho técnico implantado na instituição pelo ex-presidente, Nelson Antônio dos Santos.

Marcos holanda tomará posse sexta-feira, à 15 horas, em solenidade marcada para a sede do banco, no Passaré, em Fortaleza. Já Nelson Antonio dos Santos tinha o respaldo do PT. Ele confirmou nesta terça-feira ter três propostas em apreciação: entre elas, uma da área pública.

Segundo José Airton, é fundamental que Marcos Holanda leve o BNB a um crescimento maior e a ser instrumento em condições de reduzir desigualdade regional.

Leitor cobra do prefeito: “RC RC, por que me abandonaste?”

Do leitor Paulo Marcelo Farias, recebemos a seguinte nota, com fotos anexadas e que expõem um pouco do quadro de abandono da periferia de Fortaleza: Diz ele:

Cario Eliomar de lima,

De vem em quando, você nos brinda com brincadeiras como o “The Coice Brasil” parodiando “The Voice Brasil” ou “Nem a CAGECE salvou Pilatos”, quando tivemos problemas de falta d’água.

Aproveito para registrar minha queixa contra a gestão do prefeito Roberto Cláudio (Pros) que, parece, perdeu o entusiasmo e a vontade de manter os serviços essenciais e necessários para a cidade.

Passa-nos a impressão de que ficou entediado com o serviço rotineiro, como uma simples capinação.

Em vez de “Meu Deus, meu Deus, por que me abandonaste?”,. temos: “RC, RC, por que abandonaste Fortaleza?

Veja algumas fotos das ruas da Itaoca:

maagasl2

 

matagal

Extra reinaugura três lojas em Fortaleza

Nada de crise. O Extra reinaugurou, nesta terça-feira, três lojas em Fortaleza:: Extra Hiper Parangaba, Extra Hiper Iguatemi e Extra Hiper Montese. Além dessas três lojas reinauguradas na Capital cearense, cerca de 17 lojas estão sendo reinauguradas em maio e já vão receber as principais características do novo conceito. Entre os estados, estão Rio de Janeiro, Pernambuco, Minas Gerais e Distrito Federal.

Para realizar a modernização das lojas, formou-se uma equipe de especialistas do Extra, que analisou inúmeros fatores e começou a traçar um plano de ação. “O projeto envolveu um grupo multidisciplinar, representado por diversas áreas, para modernizar não apenas a estrutura física, mas toda a forma de operar, com adequação de serviços, sortimento, precificação e até, o caminho que o cliente percorre em nossas lojas, simplificando a ida dele ao hipermercado”, destaca Laurent Cadillat, diretor-executivo do Extra.

O projeto contempla a definição de novos modelos de operação das lojas, baseados nas necessidades dos clientes. “A diretriz do projeto está ancorada em um amplo estudo do consumidor e nas suas expectativas para o modelo de hipermercado. Percebemos que há demandas específicas, que podem ser atendidas com modelos diferentes de lojas, além de variações regionais, o que irá permitir ao Extra entregar uma melhor experiência de compra aos nossos clientes”, explica o executivo.

De forma geral, os novos conceitos contemplam uma revisão do sortimento de produtos oferecidos, com incremento na prestação de serviço aos clientes, focados no açougue, peixaria, frios, rotisserie e padaria. Além disso, um setor especial contará com itens gourment, orgânicos, importados e funcionais a preços acessíveis. A linha de não alimentar, traz como novidade aos consumidores os principais lançamentos de smartphones, televisão e aparelhos de áudio – com destaque ao Extra Mobile, novo formato para comercialização de produtos e serviços de telefonia móvel, onde o cliente pode comprar o seu aparelho, além de pesquisar e contratar o plano da operadora que melhor atende as suas necessidades – e a venda de colchões, que contempla um espaço exclusivo que oferecerá uma solução completa, com amplo sortimento de produtos, que pode ser comparado às lojas especializadas.

(Site Extra)