Blog do Eliomar

Últimos posts

Assembleia Legislativa e o corte de gastos

foto zezinho albuquerque 150201

Zezinho Albuquerque (Pros), o presidente reeleito da Casa.

A Assembleia Legislativa ainda não informou sobre plano de corte de despesas ou extinção de departamentos. A tesoura já está sendo adotada nos Poderes Executivo, que cortou 25% na maioria das secretarias, com mesmo remédio seguido pelo Judiciário.

A Câmara Municipal de Fortaleza também cortou despesas e extinguiu, na gestão Salmito Filho (Pros), departamentos que só serviam para acomodar apadrinhados.

Falta, portanto, o legislativo estadual entrar nesse tempo de vacas magras e cortar possíveis tetas gordas.

Senado estipula aluguel de imóveis funcionais com preço abaixo do mercado

renan

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), estipulou em R$ 3,8 mil o valor do aluguel pelos imóveis funcionais da Casa, ocupados por ministros de tribunais superiores e outras autoridades.

O valor representa metade do que os proprietários de apartamentos com as mesmas dimensões costumam cobrar, segundo imobiliárias da capital federal. O aluguel começou a ser cobrado em 2013.

Os tribunais pagaram ao Senado alugueis retroativos pela ocupação dos imóveis, que começaram a ser cedidos a autoridades do Judiciário em 2005. Só o STJ desembolsou mais de R$ 600 mil para quitar sua dívida com o Senado no ano passado.

(Folha de S.Paulo)

Ministro chama de autoritários críticos do seu encontro com advogados de empreiteiras

74 1

cardozo

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, classificou como autoritários os que criticaram seus encontros com advogados de empreiteiras alvos da operação “lava jato”.

“Me espanta que, tantos anos depois do fim da ditadura militar [1964-1985], tantas pessoas achem equivocado que uma autoridade receba advogados. Como advogado e ministro da Justiça, eu afirmo: é direito de um advogado ser recebido e eu os receberei. Só na ditadura isso não se admite”, afirmou.

(Folha de S.Paulo)

Refinaria Cancelada – Para Chico Lopes, o sonho não acabou

104 5

chico lopes

Da Coluna POVO Economia, da jornalista Neila Fontenele, no O POVO desta quarta-feira:

A Câmara dos Deputados está agendando várias comissões de trabalho cujos temas impactam na economia local. O deputado federal Chico Lopes (PC do B-CE) conta que, na próxima segunda-feira, começarão as atividades para avaliar o aumento proposto para as contas de energia, além da batalha para reverter a decisão de abortar o projeto da Refinaria Premium II.

No caso da energia, ele reconhece que há uma equação para o cálculo da revisão tarifária, mas garante que o tema é político e não ficará apenas na esfera econômica, nem na análise técnica da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

O reajuste proposto para as residências é de 19,5%; para a indústria, chega a 40%. Ou seja: impacta na inflação e no nível de geração de emprego.

 

Fortaleza com 18 semáforos com problema. Agentes da AMC se eximem da culpa

61 1

Agentes da AMC estão reunidos, neste momento, em frente a sede da autarquia. A categoria faz protesto contra a Prefeitura de Fortaleza.

Há 18 semáforos apagados em vários cruzamentos da cidade e não há agentes de trânsito suficiente para cobrir essa situação, enquanto não ocorre o reparo, que é feieto por uma empresa terceirizada.

Nesta manhã de quarta-feira, há só 39 agentes trabalhando. O total de agentes chega  cerca de 300 incluindo o pessoal da burocracia.

Joaquim Barbosa volta a criticar o ministro da Justiça

joaquim barbosa

O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, voltou a usar sua conta no Twitter para criticar os encontros que advogados de empreiteiras sob investigação na Operação Lava Jato, da Polícia Federal, tiveram com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, a quem a PF é subordinada. Segundo Barbosa, quando um advogado recorre a políticos para resolver problemas judiciais, seu objetivo é corromper a Justiça.

“Se você é advogado num processo criminal e entende que a polícia cometeu excessos/deslizes, você recorre ao juiz. Nunca a políticos!”, escreveu Barbosa na rede social na madrugada desta terça, 17. “Os que recorrem à política para resolver problemas na esfera judicial não buscam a Justiça. Buscam corrompê-la. É tão simples assim.”

 

Fuga em massa da Delegacia de Capturas e a Polícia não sabe quantos fugiram ao certo

68 1

Uma fuga em massa foi registrada, por volta das 3 horas da madrugada desta quarta-feira da Delegacia de Capturas e Polinter, situadas no Centro de Fortaleza. A informação é da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), que não precisou o número dos foragidos. Divulga que é entre 15 e 18 presos.

A fuga ocorreu após os presos serrarem as grades. Ainda segundo a SSPDS. A Polícia Civil vai investigar como os presos tiveram acesso às serras. Até agora, nada de lista dos foragidos.

VAMOS NÓS – Como é que uma Delegacia não sabe quantos presos estão sob seu controle?

Por que delegados continuam fora das carreiras jurídicas no Ceará?

101 5

Com om título “Resgate de um direito”, eis artigo do advogado Irapuan Diniz de Aguiar. Ele bate na tecla de que delegados foram excluídos no quadro das carreiras jurídicas. Ele fala de um erro cometido pela gestão de Cid Gomes. Confira:

Tão logo foi promulgada a CF/88, 404 deputados e senadores Constituintes redigiram e firmaram um documento intitulado “Carta aos Governadores dos Estados” em que expressavam, de forma peremptória, que o art. 241 inserido no texto da Carta Constitucional brasileira, foi elaborado com o objetivo de, corrigindo uma disparidade de tratamento, reparar uma injustiça que se impunha à categoria dos delegados de polícia, atribuindo-lhes a mesma retribuição pecuniária das demais carreiras jurídicas.

Este dispositivo, resultante de amplo acordo de lideranças, consagrou aos delegados de polícia uma isonomia qualificada, subordinada, unicamente, ao exercício da função, embora adequada à regra geral do § 1º, do art. 39, no que diz respeito ao princípio ali estabelecido, tratando-se, como tal, de norma que encerrava eficácia plena de aplicação imediata.

Ao receber este importante e esclarecedor documento, o então governador Tasso Jereissati, já em 1989, editou a lei nº 11.535, de 10/04/89, conferindo o mesmo tratamento remuneratório às carreiras jurídicas estaduais – delegados de polícia, defensores públicos e procuradores do Estado – conforme se vê do contido no anexo IV deste diploma legal.

Com o advento, no entanto, da EC 19/98 (Reforma Administrativa), o citado art. 241 da CF/88, por um lamentável equívoco, por todos reconhecidos posteriormente, foi suprimido do texto da Carta Magna. É que, ao proibir a equiparação de cargos para fins de concessão de isonomia no serviço público, a supressão acabou por alcançar a situação específica das carreiras jurídicas, nelas incluídas os delegados de polícia.

De lá a esta parte, tem sido ingente o esforço da classe por sua reinserção no texto constitucional. Várias PECs tramitam na Câmara Federal nesse sentido. Recentemente, por meio da Lei Federal nº 12.830/2013, o Congresso Nacional reafirmou o que já havia sido proclamado no art. 241 da CF/88 ao reconhecer o cargo de delegado de polícia como integrante das carreiras jurídicas dispondo expressamente no seu art. 2º que “as funções de polícia judiciária e a apuração de infrações penais exercidas pelo delegado de policia são de natureza jurídica e exclusivas de Estado”.

Em função disso, muitos Estados, de iniciativa própria, têm promovido à correção do grave equívoco mercê da sensibilidade dos governantes e do trabalho dos delegados de polícia, por suas entidades, visando o restabelecimento desse inquestionável direito.

No Ceará, o então governador Cid Gomes encaminhou à Assembleia Legislativa uma PEC para a reinserção dos delegados nas carreiras jurídicas estaduais carecendo, todavia, de correções porquanto o texto limita-se, tão somente, em afirmar o óbvio, ou seja, de que a atribuição de polícia judiciária é uma “atividade” jurídica. Ora “atividade jurídica” é inerente a qualquer operador. Nessa trilha e no mesmo sentido, editou uma lei concedendo aos delegados de polícia, de forma gradual, de 2012 a 2014, o mesmo tratamento salarial deferido aos defensores públicos. Um obstáculo, contudo, se antepôs ao propósito governamental, qual seja o problema do teto remuneratório.

Urge que se supere tal impasse que, não apenas impede que a lei alcance seu objetivo como, ainda, vem causando graves ofensas ao princípio da hierarquia e disciplina em que se fundamenta a carreira policial.

* Irapuan Diniz Aguiar,

Advogado.

No Carnaval, o descaso da AMC

91 1

semaforo

Durante todo o Carnaval, semáforos da avenida Bezerra de Menezes com rua José Barcelos – bem pertinho da sede da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado (SSPDS), permaneceram apagados.

Foram muitas as reclamações, mas, pelo visto, a turma da área resolveu brincar o Carnaval. Ainda bem que não se registrou acidente nessa área que, em dias normais, é um senhor fluxo de trânsito.

(Foto – Paulo MOsKa)

Empresas têm até o dia 27 para prestar contas ao “Leão”

“Termina no próximo dia 27 o prazo para que as empresas liberem o comprovante de rendimentos de seus colaboradores. O documento é necessário para fazer a declaração do Imposto de Renda 2015. O período de declaração neste ano vai de dois de março a 30 de abril. A expectativa da Receita Federal é que sejam 610 mil declarações no Ceará e 27,5 milhões no País.

O comprovante deverá conter indicação da natureza e do montante do pagamento, das deduções e do imposto retido no ano-calendário de 2014. A fonte pagadora que deixar de fornecer aos beneficiários, dentro do prazo, ou fornecer com inexatidão o informe de rendimentos e de retenção do imposto, fica sujeita ao pagamento de multa equivalente a R$ 41,43 por funcionário.

A fonte pagadora que prestar informação falsa sobre rendimentos pagos, deduções ou imposto retido na fonte, está sujeita à multa de 300% sobre o valor que for indevidamente utilizado como redução do imposto.

Se o contribuinte tiver rendimentos diversos, deve oferecer à tributação todos os rendimentos tributáveis percebidos no ano-calendário, de pessoas físicas ou jurídicas, mesmo que não tenha recebido comprovante das fontes pagadoras, ou que tenha se extraviado.

As informações apresentadas pelo declarante a partir do comprovante de rendimentos são cruzadas com as fornecidas na Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte (Dirf), que as empresas também devem remeter à Receita Federal até o final de fevereiro. Caso a Receita encontre divergências, a declaração é retida na malha fina até que as partes solucionem as pendências.”

(Com Agências)

Prefeito Roberto Cláudio inicia visitas por cidades europeias em busca de intercâmbio

65 6

prefito robertoclaudio

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (Pros), amanhece, nesta quarta-feira, na Europa, mais precisamente em Barcelona, na Espanha. Ele embarcou noite passada em voo da TAP em ritmo de busca por cooperação técnica e visita a projetos exitosos, segundo a assessoria de imprensa do Paço Municipal.

Roberto Cláudio cumprirá agenda até o próximo dia 25 não somente em Barcelona, mas também em Paris (França) e Londres (Inglaterra). Nesse giro, ele será recebido em audiência pelos prefeitos dessa cidades europeias.

Na comitiva do prefeito, a primeira-dama Carol Bezerra, as secretárias Patrícia Macedo (Assuntos Internacionais) e Águeda Muniz (Meio Ambiente e Urbanismo), o chefe de gabinete, Francisco Queiroz, e Moacir Maia, assessor de imprensa.

Leitora do Blog cobra estudo técnico no trânsito da Antonio Sales

294 3

foto trânsito 150211 congestionamento

Em nota enviada ao Blog, a leitora Goretti Ramos sugere um estudo técnico no trânsito da avenida Antonio Sales, no cruzamento com a rua Monsenhor Catão. O congestionamento é grande nos horários de pico. Confira:

Prezado Eliomar de Lima,

Tenho presenciado, ao longo desses últimos dias, um incômodo congestionamento na Av. Antonio Sales, quase esquina com a Rua Monsenhor Catão, onde existe o estreitamento das faixas de locomoção dos carros, ônibus e motos, logo após os novos viadutos já finalizados. Às 7 horas, aproximadamente, forma-se uma fila naquele percurso e nós, cidadãos e cidadãs, perdemos preciosos minutos de nosso tempo, tentando contorná-lo. Seria muito bom que as autoridades competentes realizassem um estudo técnico naquele local, ao menos, para que o transtorno possa ser amenizado nos “horários de pico”, quando a população desloca-se naquele trecho, com destino às suas atividades diárias.

Além dos veículos que transitam no sentido Antonio Sales – Monsenhor Catão – Beni de Carvalho, existem outros que descem no sentido Via Expressa – Antonio Sales, pela lateral da via, além daqueles que também saem de uma instituição de ensino, nas proximidades. E todos quase ao mesmo tempo, ocasionando o congestionamento no percurso mais estreito da via!

Retirei algumas fotos (via celular) dos momentos de congestionamento aqui relatados, esperando que a audiência e competência de seu Blog possa ser, mais uma vez, uma VOZ cobrando providências de nossas autoridades legalmente constituídas.

Atenciosamente,

Goretti Ramos

Leitora do Blog

Acidente em plataforma – Sobe para seis o número de mortos

“O corpo de um dos quatro funcionários brasileiros que desapareceram depois da explosão no navio-plataforma Cidade de São Mateus foi encontrado ontem (17). A informação foi divulgada em nota nesta terça-feira a noite, pela empresa BW Offshore, que opera a plataforma a serviço da Petrobras. Com isso, sobe para seis o número de mortos no acidente.

As buscas pelos três desaparecidos continuam. Cinco pessoas continuam internadas em hospitais da região metropolitana de Vitória, em situação estável.

O presidente da BW Offshore, Carl Arnet, se reuniu ontem com famílias das vítimas e dos desaparecidos no acidente e com membros da tripulação do Cidade de São Mateus. Hoje (18), representantes da empresa se reunirão com o Conselho Regional de Engenharia do Espírito Santo para esclarecer dúvidas acerca do registro junto à entidade. Ainda segundo a nota da empresa, o navio-plataforma está estável, com o casco íntegro.”

(Agência Brasil)

Argentina terá “Marcha do Silêncio” nesta quarta-feira

“Cresce a expectativa, na Argentina, com a Marcha do Silêncio desta quarta-feira (18), convocada por um grupo de promotores, em homenagem ao colega Alberto Nisman. Ele morreu há exatamente um mês, em circunstâncias duvidosas, ainda não apuradas. Quatro dias antes, Nisman tinha acusado a presidenta Cristina Kirchner e seu chanceler, Hector Timerman, de terem conspirado com o Irã para, supostamente, acobertar os responsáveis pelo atentado de 1994 contra o Centro Comunitário Judaico Amia – o pior na história do país.

A marcha – à qual se somaram políticos e sindicalistas de oposição – foi duramente criticada pelo governo, que acusa os organizadores de quererem tirar proveito político, faltando oito meses para as eleições presidenciais de outubro.

A ex-mulher de Nisman, a juíza Sandra Arroyo Salgado, confirmou nessa terça-feira (17) que irá à marcha com as duas filhas “para homenagear o trabalho dele como promotor e não por outros motivos políticos ou sociais”. No comunicado, ela se diferencia de “outros setores sociais, políticos e midiáticos” que participarão do ato com outras reivindicações. O secretário de Segurança da Argentina disse que pediu aos responsáveis pelo policiamento das ruas, por onde passarão os manifestantes, que não levem armas “porque pode haver provocações”. Acrescentou que “80% do que se diz (sobre o caso Nisman) são mentiras” e insistiu que tudo faz parte de um golpe para debilitar o governo.

A morte de Nisman continua cercada por rumores envolvendo, desde os serviços secretos da Argentina e do Irã, até a CIA, dos Estados Unidos, e a Mossad, de Israel. No último dia 13, o promotor Gerardo Pollicita anunciou que retomaria o trabalho de Nisman, interrompido por sua morte, e acolheu a denúncia feita por ele. Pollicita indiciou a presidenta e o chanceler, além de um deputado e um militante aliados do governo, e pediu à justiça provas adicionais para investigar se as acusações têm fundamento.

Carnaval da Domingos Olímpio – O amadorismo predominou como samba-enredo

330 3

maracatu-1

A exceção na folia foi a apresentação dos maracatus.

Da Coluna Vertical, no O POVO desta quarta-feira (18):

A Prefeitura de Fortaleza tentou fazer sua parte em termos de Carnaval da avenida Domingos Olímpio. Garantiu a estrutura possível para que blocos, afoxés, cordões, maracatus e as escolas de samba pudessem fazer seu desfile.

O que se viu, mais uma vez, foi o maracatu prevalecendo e mostrando que é o melhor desse scritp, onde as agremiações sempre deixam tudo para última hora e ficam só aguardando a verbinha oficial. Ninguém aparece para patrocinar, reclamam todos. Mas, quando se vai à avenida, percebe-se que o amadorismo prevalece como enredo entre os que dizem gostar de Carnaval.

O cenário ali era de fantasias pouco criativas, alegorias de brincadeira e pouquíssimo samba no pé. Há grupos que perderiam até mesmo num festival de colégio.

Sinceridade! Até quando esse Carnaval de rua improvisado, onde a Prefeitura finge que ajuda e os carnavalescos fingem que fazem folia? Está na hora de um repensar.

Ah, falando nisso, o Maracatu Solar saiu desse circuito e fez apresentações além da avenida. Aprovou.

Carnaval 2015 – Balanço parcial aponta 91 mortes violentas no Ceará

Das 18 horas da sexta-feira (13) às 18 horas dessa terça-feira (17), o Ceará registrou 91 mortes violentas durante o período de Carnaval, entre homicídios e acidentes de trânsito.

Segundo os dados da Coordenadoria Integrada de Operações Policiais (Ciops), 38 pessoas foram assassinadas na Região Metropolitana, sendo 22 somente em Fortaleza. Outras 28 foram vítimas de homicídio no Interior.

O trânsito registrou 25 vítimas em acidentes fatais, sendo quatro em Fortaleza, cinco nos demais municípios da Região Metropolitana e 16 no Interior.

O balanço final deverá ser divulgado nas próximas horas pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Ucrânia acusa Rússia de sabotar processo de paz

As autoridades ucranianas acusaram nessa terça-feira (17) a Rússia e os rebeldes pró-russos de sabotar o frágil processo de paz no Leste da Ucrânia, após a ofensiva lançada pelos separatistas na cidade estratégica de Debaltseve, palco de violentos combates.

“Moscou e os rebeldes não estão respeitando os acordos de Minsk 2, concluídos na semana passada, e estão destruindo a esperança de paz”, criticou o conselheiro diplomático da Presidência ucraniana, Valeri Tchaly. Ele pediu que o Ocidente a intervenha no conflito.

O Exército ucraniano informou que os separatistas entraram em Debaltseve, uma cidade estratégica para o controle do Leste da Ucrânia. Nas últimas semanas, a localidade tem sido a principal a área dos combates.

Violentos confrontos prosseguiam no fim da tarde de hoje. O Exército ucraniano reconheceu, pela primeira vez, que várias das suas unidades militares estão cercadas.

Os separatistas reivindicam o controle de 80% da cidade. O governo de Kiev garante que apenas uma parte de Debaltseve escapa agora à autoridade. “Nos próximos dias, ou mesmo agora, Debaltseve será limpa [pelos separatistas]”, disse um responsável militar rebelde Vladimir Kononov.

(Agência Brasil)