Blog do Eliomar

Últimos posts

R$ 1,8 bilhão – Roberto Cláudio reúne secretariado hoje e apresenta novo pacote de investimentos

O prefeito Roberto Cláudio reúne o secretariado municipal, na manhã desta sexta-feira (17), a partir das 8 horas, no Teatro São José, no Centro. O encontro irá avaliar as obras e ações da Prefeitura em andamento, como ainda os prazos e cronograma de entrega.

Um dos destaques do encontro será a apresentação de um novo pacote de investimentos, que engloba obras que serão iniciadas ainda neste mês, com término ao longo de 2020. O pacote de investimentos públicos será o maior da história de Fortaleza, da ordem de R$ 1,8 bilhão.

A reunião deverá contar, ainda, com palestras do historiador Leandro Karnal e do alpinista Rosier Alexandre.

(Foto: Arquivo)

TJ do Ceará determina pena de aposentadoria compulsória a juiz

Uma pena de aposentadoria compulsória será aplicada ao juiz Domingos José da Costa, por desvio funcional. Conforme decisão tomada pelo Pleno do Tribunal de Justiça do Ceará, nessa quinta-feira, em sessão conduzida pelo desembargador Luiz Evaldo, Domingos ficará proibido de exercer as funções, podendo pleitear o aproveitamento após dois anos afastado.

Ao todo, foram 27 votos pela aposentadoria compulsória, com vencimentos proporcionais ao tempo de serviço. O Processo Administrativo Disciplinar (PAD – n° 8503995-09.2017.08.06.00260) foi instaurado em junho de 2018, quando também foi decidido o afastamento cautelar de Domingo, enquanto exercia o cargo de titular nas Varas Única de Jaguaruana e Vinculada de Itaiçaba.

Em relatório constam evidência de demora no andamento de processos, deficiência na fiscalização das atividades das secretarias, ausência de fundamentação nas decisões, descumprimento de decisões do Tribunal de Justiça em ação indenizatória envolvendo duas empresas e possível favorecimento em processo de recuperação judicial.

O Ministério Público do Ceará se posicionou pela aplicação da pena de aposentadoria compulsória, com proventos proporcionais ao tempo de serviço. O posicionamento foi feito em parecer representado pelo procurador de Justiça Miguel Ângelo de Carvalho Pinheiro.

Em resposta, o juiz alegou ilegalidade para a decisão de afastamento e prescrição de um dos itens do relatório de inspeção. Além disso, solicitou improcedência do PAD ou a aplicação de pena mais branda, argumentando não considerar graves as condutas imputadas. A solicitação não foi acatada pela maioria.

(Foto – TJCE)

Cartão do Caminhoneiro entra em vigor a partir de segunda-feira

O presidente Jair Bolsonaro e o ministro das Minas e Energia, Bento Albuquerque, confirmaram, nessa quinta-feira (16), que o Cartão do Caminhoneiro, criado pela Petrobras, entrará em testes a partir do dia 20 de maio. A medida, que havia sido anunciado mais cedo pela estatal, foi um dos assuntos desta quinta-feira durante a transmissão semanal ao vivo do presidente em sua página oficial no Facebook.

A live foi realizada diretamente do hotel onde Bolsonaro está hospedado em Dallas, nos Estados Unidos, onde ele cumpriu agenda de dois dias. Além do ministro Bento Albuquerque, o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, também participou da transmissão, que durou 30 minutos.

A operação com o Cartão do Caminhoneiro começará em caráter de teste em três estados a partir da próxima segunda-feira: Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro. Nos demais estados, a previsão é que o serviço comece a operar no dia 25 de junho.

“Cartão esse que possibilitará mais segurança, facilidade e flexibilidade e garantir o preço do combustível, na forma de um cartão pré-pago, por até 30 dias. Se o preço subir, o caminhoneiro vai ter a garantia do preço do diesel e, se o preço cair, ele pode pegar o dinheiro do cartão pré-pago e comprar mais combustível e assim utilizá-lo”, explicou Bento Albuquerque.

Além dos autônomos, o Cartão do Caminhoneiro Petrobras será disponibilizado para transportadores e embarcadores. A solução funcionará como cartão pré-pago na compra de diesel, em postos com a bandeira Petrobras nos principais corredores rodoviários do país.

Funcionamento

Segundo a Petrobras, durante o período de testes, os caminhoneiros poderão realizar um pré-cadastramento pelo site www.cartaodocaminhoneiro.com.br e utilizar o serviço de forma segura. Após o lançamento definitivo, o cadastro poderá ser feito também via aplicativo, call center ou presencialmente, em locais a serem divulgados.

Feito o cadastro, o caminhoneiro poderá transferir valores para seu cartão e fazer a conversão dos valores para litros de óleo diesel, que podem ser utilizados em até 30 dias na rede de postos Petrobras credenciada.

“O Cartão do Caminhoneiro Petrobras também é uma conta digital, permitindo que as transações sejam realizadas sem a presença do cartão físico, por meio do site e do aplicativo. Os valores em reais para conversão em litros de diesel estarão sempre disponíveis no site, no aplicativo e nos postos credenciados. O crédito em litros de diesel também pode ser revertido, a qualquer tempo, para reais, dentro dos 30 dias, descontando-se uma taxa cujo valor será previamente informado aos usuários”, informou a estatal, em nota.

Sobre o preço do combustível, Bolsonaro disse tratar-se de uma política da Petrobras, baseado na variação cambial e no preço internacional do barril de petróleo, mas que poderia ser revista, caso se mostre “equivocada”. “Lógico que se a gente puder rever isso aí sem prejuízo da empresa, não tem problema nenhum. Às vezes a política pode ter algum equívoco”, disse.

O ministro das Minas e Energia defendeu que os preços vão cair se for ampliada a produção de combustível no país.

(Agência Brasil)

Sindicalismo é tema de debate em rádio web de Fortaleza

O programa Democracia no Ar, veiculada por rádios na web e tendo o comando da jornalista Marina Valente, debaterá, nesta sexta-feira, das 10 às 11 horas, o tema “O Sindicalismo e a Classe Trabalhadora”.

São convidados o ex-presidente da CUT/CE e ex-deputado federal petista Eudes Xavier e o padre Ermanno Allegri, de comunidades de base da Igreja Católica e da Pastoral da Terra.

Turma da Mônica – Revista com personagem com distrofia de Duchenne será lançada em Fortaleza

155 1

Será lançada neste sábado, às 9 horas, no Parque do Cocó, a revista da Turma da Mônica que traz um novo personagem: Edu, um garoto portador da Distrofia Muscular de Duchenne (DMD), doença genética rara, caracterizada pela deterioração muscular progressiva, que ocorre em um a cada 5 mil meninos em todo o mundo.

Durante o evento, com direito a palestras sobre o tema, haverá shows artísticos e brincadeiras para a criançada e seus acompanhantes, numa promoção da Aliança Distrofia Brasil (ADB), em parceria com a Associação Brasileira de Atrofia Muscular Espinhal (ABRAME), Associação Cearense de Distrofias Musculares (ACDM) e Associação Cearense de Doenças Genéticas (ACDG)

O projeto, nascido de uma parceria entre as empresas Serepta Therapeutics e a Mauricio de Sousa Produções, foi lançado oficialmente no dia 24 de março, no Congresso Paulista de Pediatria. Terá três histórias publicadas ao longo de 2019 e um site com novas histórias do personagem, mostrando a preocupação da Turma da Mônica em retratar causas de cunho social, como, por exemplo, as dificuldades diárias vivenciadas por portadores da DMD e outras doenças raras.

Ciro diz que previdência não é um problema do governo, mas da população

O ex-governador do Ceará e ex-ministro Ciro Gomes disse na noite desta quinta-feira (16), no Ginásio Poliesportivo da Parangaba, que previdência social não é somente aposentadoria. Ciro abriu em Fortaleza a série de debates sobre a reforma da Previdência, que percorrerá outras cidades brasileiras. Na segunda-feira (20), o encontro será no Rio de Janeiro.

Ciro disse que o propósito dos encontros é ajudar aos brasileiros a se posicionarem, a favor ou contra, no debate da reforma da Previdência. “Há muita propaganda de lado a lado”, observou Ciro, ao destacar que a previdência não é um problema do governo, mas da população.

O encontro reuniu uma grande quantidade de pessoas, na maioria jovens. O prefeito Roberto Cláudio e o deputado federal André Figueiredo acompanharem o debate.

(Foto: Reprodução)

Sindicato Apeoc espera ser recebido por Camilo Santana, nesta sexta-feira

Após dois adiamentos de encontro no Palácio da Abolição, o presidente do Sindicato Apeoc, Anizio Melo, disse que espera ser recebido pelo governador Camilo Santana, em agenda marcada para as 9 horas desta sexta-feira (17), quando deverá ser discutida a pauta salarial da Educação.

“Governador, cumpra os compromissos assumidos com a nossa pauta de reivindicações. Depois de dois adiamentos, queremos resolução”, reclamou Anizio Melo.

O Sindicato Apeoc está com a campanha “Efetiva, Camilo: Reajuste retroativo e para todos; Pagamento de Promoções e Gratificações; Homologação do Concurso para Professor,l; Decreto da Ampliação Definitiva de Carga Horária; Paridade e Integralidade da Regência de Classe na aposentadoria; Fim do teto do Vale-alimentação; e revisão da tabela vencimental dos funcionários da Educação”.

(Foto: Arquivo)

José Dirceu tem até a tarde desta sexta-feira para se entregar à PF

O juiz Luiz Antonio Bonat, titular da 13ª Vara Federal em Curitiba, determinou no início da noite desta quinta-feira (16) a prisão do ex-ministro José Dirceu. Com a decisão, Dirceu deverá se entregar à Superintendência da Polícia Federal em Curitiba até às 16h de amanhã (17). O pedido para se entregar em Curitiba foi feito pela defesa do ex-ministro. No mesmo local, está preso o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O mandado de prisão foi assinado e enviado à Polícia Federal (PF) após o magistrado receber intimação da decisão da segunda instância da Justiça Federal que determinou o início do cumprimento da pena de 8 anos e 10 meses pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, no âmbito da Operação Lava Jato.

Mais cedo, a Quarta Seção do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), sediado em Porto Alegre, negou recurso da defesa de Dirceu e determinou o cumprimento da pena com base no entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) que autoriza prisão ao fim dos recursos em segunda instância.

Esta é a segunda condenação de Dirceu na Lava Jato. A primeira foi proferida pelo então juiz federal Sergio Moro, em março de 2017, quando o ex-ministro foi considerado culpado por ter recebido R$ 2,1 milhões em propina proveniente de contratos na Petrobras, entre 2009 e 2012.

Denúncia

Segundo a denúncia do Ministério Público Federal (MPF), parte desse valor foi recebida por meio de 118 voos em táxis-aéreos. A pena inicial estipulada foi de 11 anos e três meses de reclusão.

A condenação foi confirmada pela Oitava Turma do TRF4 em setembro do ano passado. A pena, porém, foi abrandada, sendo reduzida para oito anos e 10 meses.

Em seguida, a defesa do ex-ministro apresentou diversos recursos em forma de embargos, prolongando o desfecho do caso na segunda instância.

Nesta quinta-feira, por unanimidade, os sete desembargadores da Quarta Seção do TRF4 negaram o último desses embargos, no qual a defesa buscava a prescrição dos crimes dada a idade avançada do ex-ministro, hoje com 72 anos. Também foi determinado que o irmão de Dirceu, Luiz Eduardo de Oliveira e Silva, condenado no mesmo caso, comece a cumprir sua pena de 8 anos e 9 meses de reclusão.

(Agência Brasil)

Fortaleza e Athletico fazem bom jogo, mas gol que é bom… nada

Em um jogo bastante movimentado, com várias chances de gol para os dois times, Fortaleza e Athletico Paranaense não saíram do 0 a 0, na noite desta quinta-feira (16), no Castelão, na estreia das duas equipes pela Copa do Brasil.

Apesar da correria em campo e da bola constantemente na grande área, os goleiros participaram pouco da partida, diante das finalizações para fora do gol.

Os dois times voltam a se enfrentar no próximo dia 5 de junho, na Arena da Baixada, em Curitiba.

(Foto: Reprodução)

Receita eleva para R$ 5 milhões teto do parcelamento de dívidas

Os contribuintes que devem até R$ 5 milhões podem parcelar débitos com a Receita Federal. O Diário Oficial da União publicou hoje (16) instrução normativa que amplia em cinco vezes o valor máximo de parcelamento ordinário.
O limite anterior, de R$ 1 milhão, não era reajustado desde 2013. O parcelamento ordinário permite que os débitos com o Fisco sejam renegociados em até 60 parcelas (cinco anos). No entanto, diferentemente dos parcelamentos especiais, também chamados de Refis, não há desconto nas multas e nos juros.

A instrução normativa foi necessária depois que o Ministério da Economia revogou uma portaria conjunta da Receita Federal e da Procuradoria-Geral de Fazenda Nacional (PGFN) de 2009 que unificava os procedimentos para o parcelamento de débitos nos dois órgãos. A Receita administra as dívidas tributárias (tributos em atraso). A PGFN cuida da dívida ativa da União, que reúne os débitos cobrados na Justiça.

Segundo a portaria, o valor de cada parcela será obtido mediante a divisão do valor da dívida consolidada pelo número de parcelas pedidas, desde que a prestação mínima corresponda a R$ 200 para devedor pessoa física ou R$ 500 para devedor pessoa jurídica.

(Agência Brasil)

Dia Mundial da Hipertensão – Del Paseo oferece atendimento gratuito nesta sexta-feira

Os fatores de risco da hipertensão e a importância da alimentação saudável serão debatidos nesta sexta-feira (17), a partir das 10 horas, no Shopping Del Paseo, em evento que marca o Dia Mundial da Hipertensão, uma doença silenciosa e que é responsável por 51% das mortes por AVC.

A parceria do shopping com a Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP) irá disponibilizar uma equipe de 15 profissionais, entre enfermeiros, nutricionistas, educadores físico e acadêmicos, para orientação de pessoas que desejarem seguir uma vida saudável, além de oferecer os serviços de verificação da pressão arterial e avaliações física e nutricional.

“O Del Paseo tem a característica de ser um lugar agradável, um local de encontro. Receber bem as pessoas é algo que trabalhamos continuamente. E trazer ações como essa para o público é uma forma de cuidar de quem sempre está aqui com a gente. A hipertensão é um tema que merece atenção e a parceria com a Escola de Saúde Pública garante a assertividade desse atendimento”, ressaltou Eizon Said, superintendente do Del Paseo.

(Foto: Divulgação)

Presidente do Inep pede demissão

O presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Elmer Coelho Vicenzi, pediu demissão hoje (16). A informação foi confirmada há pouco pelo Ministério da Educação (MEC).

A pasta diz apenas que a demissão foi “a pedido”. O MEC não divulgou ainda um substituto.

Delegado de Polícia Federal, Vicenzi assumiu o Inep no dia 22 de abril. Ele foi chefe do Serviço de Repressão a Crimes Cibernéticos da Coordenação-Geral de Polícia Fazendária da Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado e diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

Autarquia vinculada ao Ministério da Educação, o Inep é responsável por avaliações como o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), aplicado a estudantes desde a alfabetização até o ensino médio, além dos Censos Escolar e da Educação Superior.

(Agência Brasil)

LGBT Fobia – OAB/CE engaja-se em programação nesta sexta-feira

Nesta sexta-feira, 17, o Dia Mundial de Combate à LGBT Fobia, a Ordem dos Advogados do Brasil, regional do Ceará, por meio do seu programa OAB Solidária, vai se engajar a evento assistencial que o governo do Estado promoverá, na Praça do Ferreira, das 9 às 17 horas.

Segundo a presidente da Comissão de Políticas Públicas sobre Drogas da entidade, Vanessa Venâncio, a Ordem prestará o serviço de orientação jurídica à população, gratuitamente. “Além disso, também serão oferecidos diversos serviços, como: emissão do número de inscrição social – NIS, emissão de RG, CPF, certidão de antecedentes criminais, testagem rápida de HIV, sífilis e hepatites e apresentações culturais”, destaca.

Também haverá, na ocasião, o lançamento da campanha “Todo Amor é Direito”, dentro de uma programação que faz parte da Semana Janaína Dultra de Promoção do Respeito à Diversidade Sexual e de Gênero no Estado do Ceará. Consta ainda a Feira de Empreendedorismo LGBT.

Meta para 2020 é construir 500 mil casas populares, diz Onyx

O governo federal planeja aumentar a construção de habitações populares para 500 mil unidades em 2020, disse hoje o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. A meta para este ano é a entrega de 400 mil casas.

“Nós já estamos direcionando, tanto para o programa Minha Casa, Minha Vida, quanto para as obras de infraestrutura, os pouco recursos que nós temos para que o setor da construção civil continue gerando milhares de empregos”, disse o ministro no 91º Encontro Nacional da Indústria da Construção Civil (Enic).

De acordo com o ministro, a meta do governo é aumentar para o próximo ano a entrega de moradias populares. “Nós temos uma média anual de 400 mil habitações entregues, que nós vamos manter este ano. Isto vai requerer do governo um super esforço. O ministro [Gustavo] Canuto [Desenvolvimento Regional], juntamente com sua equipe, prepara uma reestruturação do Minha Casa, Minha Vida, exatamente para permitir que, no ano que vem, a gente possa construir 500 mil casas no Brasil. É uma meta”, disse.

Crédito

O presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), José Carlos Martins, ressaltou que uma das principais demandas do setor é o acesso ao crédito, principalmente para as pequenas e médias empresas, e a aprovação da reforma da Previdência.

“É claro o nosso otimismo. Porém, sabe-se de riscos que nós temos, como a não aprovação da reforma da Previdência. Por isso que todos nós, neste instante, estamos trabalhando para aprovar a [reforma da] Previdência, porque o investidor não colocará um dinheiro hoje, para retornar daqui a dez anos, se não tiver segurança de como o Brasil estará naquele momento”, disse Martins.

(Agência Brasil)

Fortaleza estreia em casa na Copa do Brasil, mas não detém favoritismo

O Fortaleza, enfim, estreia na noite desta quinta-feira (16), na Copa do Brasil, quando recebe o Athletico Paranaense, a partir das 19h30min, no Castelão, no primeiro confronto entre as duas equipes. O jogo da volta será dia 5 de junho, na Arena da Baixada.

As duas equipes estreiam somente nesta fase da competição, favorecidas pelo regulamento. Enquanto o Fortaleza entra como campeão da Série B do Campeonato Brasileiro do ano passado, o Athletico foi favorecido como um dos representantes brasileiros na Copa Libertadores da América.

Apesar de ter derrotado a equipe paranaense, no início do mês, por 2 a 1, no Castelão, pela segunda rodada do Brasileirão, o Fortaleza não aparece como favorito para a partida de daqui a pouco, segundo apostadores online.

O Athletico é favorito entre os apostadores, com 39.3% de chances de vitória, contra 29.4% de empate e 31.2% de vitória do Leão. Na partida pelo Brasileirão, o Fortaleza também não era o favorito nos sites de apostas online, quando aparecia com apenas 27.9% de vitória.

(Foto: Arquivo)

Mourão espera aprovação da Nova Previdência até julho

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, disse hoje (16) que as manifestações contra o contingenciamento de verbas na educação foram algo pontual e não devem desencadear uma onda de protestos no País. Ele também argumentou que a aprovação da reforma da Previdência fará com que os recursos sejam desbloqueados do orçamento.

“Eu tenho certeza de que será aprovada a Nova Previdência, final de julho, início de agosto, vão mudar as expectativas econômicas, os recursos vão voltar para as universidades e outras áreas do governo que estão com recursos contingenciados”, afirmou pouco antes de deixar o seu gabinete, no Palácio do Planalto. Mourão está no exercício da Presidência da República desde a última terça-feira (14), quando o presidente Jair Bolsonaro embarcou para uma viagem de dois dias aos Estados Unidos.

Mourão voltou a dizer que o governo não soube comunicar o bloqueio no orçamento, por se tratar de uma prática comum em todas as gestões. “Tá havendo uma desinformação nessa história toda. Contingenciamento de recursos houve ao longo de todos esses períodos, acho que tem que ser mostrado o quanto ocorreu em anos anteriores”, disse.

O vice-presidente ressaltou ainda que os protestos são uma forma legítima da sociedade se expressar, mas repetiu a crítica de que houve “exploração política” dos atos. “Protesto é uma forma que a sociedade tem de se expressar e de expressar o seu desencanto com coisas que estão acontecendo. Agora, houve exploração política, porque se o protesto era contra a educação, por que tinha Lula Livre? Lula já foi condenado em três instâncias, então esse pacote já virou”, disse. Ele também mencionou a presença de centrais sindicais nos protestos, que tem pautas específicas contra o governo Bolsonaro, como a Medida Provisória que proibiu o desconto em folha do imposto sindical.

Mourão embarca ainda nesta quinta-feira (16) para China, onde participa da quinta edição da reunião da Comissão Sino-Brasileira de Alto Nível de Concertação e Cooperação (Cosban), no dia 23 de maio, em Pequim. Ele também será recebido no país asiático pelo presidente chinês Xi Jinping.

(Agência Brasil)

Maio Amarelo anima a Praça do Ferreira

Sob o sol forte da manhã desta quinta-feira (16/5), várias pessoas se reuniram por uma causa na Praça do Ferreira, no Centro de Fortaleza: o mês de conscientização sobre a segurança no trânsito, o Maio Amarelo. Criado em homenagem ao mesmo mês em que a ONU publicou uma resolução de que o período entre 2011 e 2020 seria a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”, o movimento foi celebrado em um evento promovido pelo Ministério Público do Estado (MPCE) em parceria com o Tribunal de Contas do Estado (TCE-CE) e outras oito instituições.

A programação era aberta a quem quisesse parar um pouco a sua rotina e conferir os diferentes estandes que atendiam à população, oferecendo desde massagens até materiais e panfletos. Quando o sol deu uma leve trégua, uma banda formada por policiais militares do programa Prevenção e Arte tocou um repertório repleto de clássicos da música nordestina, abrindo com “Anunciação”, do pernambucano Alceu Valença, e passando por “Ai Que Saudade D’ocê”, de Geraldo Azevedo, chamando atenção e animando quem passava pelo local.

O TCE foi representado pela Comissão de Transportes, pelo Instituto Plácido Castelo, a Ouvidoria e pelo servidor da Gerência de Fiscalização de Convênios, Rubens Cézar Parente. Ele explicou como o compromisso com a segurança viária é inerente ao trabalho do Tribunal perante a sociedade: “a gente já percebeu, por meio de estudos estatísticos, que o trânsito tem um impacto imenso no custo público. Isso afeta a saúde, aumenta a violência e também a falta de respeito com o próximo”. “O Tribunal de Contas é uma instituição focada em observar a boa gestão pública e sabe da importância da boa educação no trânsito”, atesta.

A integração institucional foi um dos pontos fortes do evento, como ressaltou o superintendente do Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran-CE), Igor Ponte: “a insegurança viária é um problema que deve ser abordado de forma coletiva, e essa união que vemos aqui hoje ajuda muito nesse trabalho, todos juntos para atingir um objetivo”, pontua. Ele cita uma das ações do TCE que colaborou com a redução de acidentes no interior do estado: “fica nosso agradecimento ao Tribunal de Contas pelo trabalho conjunto na fiscalização do transporte escolar nos municípios do Ceará, ação que tem ajudado a evitar acidentes com as crianças a caminho da escola”, recorda.

Além do MPCE e do TCE, também participaram da organização do evento a Guarda Municipal de Fortaleza (GMF), Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), Batalhão da Polícia Rodoviária Estadual (BPRE), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Detran-CE, Conselho Estadual de Trânsito (Cetran), Sindicato dos Centros de Formação de Condutores de Veículos do Estado do Ceará (Sindcfcs) e a Assembleia Legislativa do Estado do Ceará (AL-CE).

(Com site do TCE)

Bolsonaro recebe prêmio nos EUA e diz: ser presidente foi “milagre”

O presidente Jair Bolsonaro recebeu hoje (16), em Dallas, no Texas, o prêmio de Personalidade do Ano da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos. O evento foi realizado durante almoço oferecido pelo World Affairs Council (Conselho de Assuntos Mundiais, em tradução livre) de Dallas/Fort Worth, e contou com a participação de dezenas de empresários, além de ministros do governo brasileiro.

No discurso improvisado de cerca de 13 minutos, o presidente brasileiro ressaltou a aproximação de seu governo com os Estados Unidos, criticou setores de esquerda e governos anteriores e reafirmou que sua eleição foi resultado de um “milagre”.

“Realmente aconteceu o que eu chamo de milagre, no Brasil. Ou melhor, dois milagres. Um, eu agradeço a Deus pela minha sobrevivência. E o outro, pelas mãos de grande parte dos brasileiros, alguns morando aqui nos Estados Unidos, me deram a missão de estar à frente desse grande país, que tem tudo para ocupar um local de destaque no mundo, mas que, infelizmente, por políticas nefastas de gente que tinha ambição pessoal acima de tudo, não nos deixaram ascender”, afirmou.

Bolsonaro disse que, no começo, até dentro de casa havia dúvidas sobre sua ambição que, segundo ele, nunca foi pessoal. “Com verdade, comecei andando sozinho por todo o Brasil. Às vezes, gente da própria casa achava que tinha algo errado comigo, tendo em vista o que eu almejava. Mas não almejava por mim, sabia dos problemas”.

O presidente comparou a situação do Brasil com a de Israel e se colocou com um “ponto de inflexão” para que o país alcance um melhor patamar de desenvolvimento: “Eu sempre dizia nas minhas andanças: olhe o que Israel não tem e veja o que eles são. Agora olhe o que o Brasil tem e o que nós não somos. Onde está o erro? Onde está o ponto de inflexão? E eu me apresentei para ser esse ponto de inflexão”, disse.

Relação com EUA

Dirigindo-se a uma plateia formada basicamente por empresários, Bolsonaro criticou a política de governos anteriores em relação aos Estados Unidos e prometeu maior aproximação: “No Brasil, a política, até há pouco, era de antagonismo a países como os Estados Unidos. Os senhores eram tratados como inimigos nossos. (…) O Brasil de hoje é amigo dos EUA, respeita os EUA, quer o povo americano e os empresários americanos ao nosso lado”. O presidente disse estar convicto de que a união e a confiança entre os dois países podem levar à ampliação do comércio e à assinatura de acordos entre os dois governos.

Venezuela e Argentina

Jair Bolsonaro voltou a citar a crise na Venezuela, opinou sobre as eleições na Argentina e criticou líderes e partidos de esquerda latino-americanos. “Falou-se há pouco aqui da nossa querida Venezuela. Pobre povo venezuelano está fugindo da violência, da fome e da miséria. Mas não se esqueçam da nossa Argentina, [que] está indo para um caminho bastante complicado, com problemas estruturais em seu país. O meu amigo Macri enfrenta dificuldades e vê crescer a possibilidade de uma presidente última voltar ao poder – essa que era amiga do PT no Brasil, de Chávez, de Maduro, dentre outros, além de Fidel Castro”, afirmou Bolsonaro.

Ele ainda acrescentou que pretende visitar em breve a Argentina, mas negou intromissão em questões internas do país vizinho. “Vamos colaborar no que for possível com aquele país, sem nos imiscuirmos nas questões internas, mas sabedores de que se tivermos uma outra Venezuela no Cone Sul da América do Sul, os problemas são enormes para nós e, com toda certeza, para os senhores”.

Contingenciamento

Ao citar as manifestações de ontem no Brasil contra o bloqueio orçamentário em universidades públicas, Bolsonaro disse que o Brasil tem um “enorme potencial humano”, mas que a imprensa, as escolas e as faculdades sofrem interferência da esquerda.

“Temos um potencial humano fantástico, mas a esquerda brasileira entrou, infiltrou e tomou não apenas a imprensa, mas em grande parte as universidades e escolas do ensino médio e fundamental”, disse. Em outro ponto do discurso, o presidente voltou a citar a mídia, que, segundo ele, não é isenta no Brasil. “Se vocês fossem isentos, já seria um grande sinalizador de que o Brasil poderia sim romper obstáculos e ocupar um local de destaque no mundo”.

(Agência Brasil)