Blog do Eliomar

Últimos posts

Camilo sobrevoa obras prioritárias. Na lista, o polêmico Acquario do Ceará

camilosbrevovo

O governador Camilo Santana (PT) aproveitou o domingo para, de helicóptero, sobrevoar algumas obras que ele considera importantes e que estão em andamento. Com ele, estavam os secretários André Facó (Infraestrutura) e Élcio Batista (Chefe de Gabinete).

Camilo inspecionou do alto o Acquario do Ceará, a duplicação do Anel Viário, o Centro de Formação Olímpica (CFO) – que teve primeira etapa entregue pelo ex-governador Cid Gomes, e a urbanização do rio Maranguapinho, além de projetos habitacionais do Minha Casa, Minha Vida.

(Foto -Carlos Gibaja)

Carnaval de Fortaleza – Arquibancadas já montadas

142 1

arquibancadas

As arquibancadas para desfiles de Maracatus, blocos, cordões e escolas de samba na avenida Domingos Olímpio, em Fortaleza, já estão praticamente montadas.

O trabalho começou nesse domingo e, pelo que conferimos nesta madrugada de segunda-feira, está praticamente concluído. Falta agora entrar em cena o bloco da iluminação.

(Foto – Paulo  MOska)

Sinfonia de pássaros no reduto dos pássaros de prata

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=5b7NCtjsPT0[/youtube]

Por volta das 5 horas desta segunda-feira, eis o barulho ouvido por entre árvores do estacionamento do Aeroporto Internacional Pinto Martins: o canto de pássaros de várias espécies – entre eles pardais e bem-te-vis, numa sinfonia que se contradiz ao barulho dos chamados “pássaros de prata”.

Independente dos riscos, não se pode negar a beleza do canto da natureza.

Prefeitura só consegue plantar metade das árvores arrancadas em favor do concreto

“O concreto avança sobre o verde por todas as regiões de Fortaleza através de empreendimentos imobiliários e obras de infraestrutura. As leis apontam para a necessidade de que tal perda seja compensada. No entanto, a velocidade da supressão de árvores e o fato de o plantio ser investimento a médio e longo prazo faz com que tais ações não condigam mitigar a perda do verde a altura.

Em 2014, 62,5% do plantio de árvores previsto no Plano de Arborização de Fortaleza foi feito somente por um empreendimento como compensação ambiental. O Plano foi lançado em junho de 2014 e previa o plantio de oito mil árvores até o fim do ano. No entanto, só quatro mil foram plantadas, informou a titular da Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), Águeda Muniz.

Desse total, 2,5 mil faziam parte da compensatória ambiental da construção do shopping Riomar, no Papicu. Segundo Águeda, os plantios da gestão municipal deixaram de ocorrer a partir de setembro e seriam retomados neste início de ano. O motivo apontado para a interrupção foi a umidade do ar, que ficou abaixo do esperado para esses meses, o que impactaria na adaptação das plantas e, provavelmente, na necessidade de refazer o trabalho de plantio.”

(O POVO)

Câmara Federal pode votar PEC do Orçamento Impositivo nesta segunda-feira

O segundo turno da PEC do Orçamento Impositivo (Proposta de Emenda à Constituição 358/13) é o destaque do Plenário nesta semana, com sessões extraordinárias a partir da noite desta segunda-feira (9).

Aprovada em primeiro turno em 16 de dezembro do ano passado, a proposta, de autoria do Senado, determina a execução obrigatória das emendas parlamentares ao orçamento até o limite de 1,2% da receita corrente líquida no orçamento da União.

O texto prevê ainda um percentual mínimo de investimento em ações e serviços públicos de saúde, definindo que metade do valor das emendas deverá ser aplicada no setor e computada no mínimo que a União deve gastar nesses serviços todo ano.

Atualmente, a Constituição exige que a União gaste em saúde o que foi empenhado no ano anterior mais a variação nominal do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos anteriores. A PEC estabelece uma ampliação progressiva dos recursos ao longo de cinco anos, até atingir 15% da receita corrente líquida do respectivo exercício financeiro.

Recursos dos royalties do petróleo direcionados pela Lei 12.858/13 para a saúde poderão ser usados no cálculo do mínimo obrigatório previsto na Constituição.

(Agência Câmara Notícias)

IFCE Tauá oferecerá curso de Engenharia Civil

A ampliação do Campus do Instituto Federal do Ceará (IFCE) em Tauá foi tema de audiência do deputado federal Domingos Neto e deputado estadual Odilon Aguiar com o Reitor do Instituto, em exercício, Tassio Francisco Lofti Matos, firmando-se o compromisso de implantação do eixo tecnológico de infraestrutura com o bacharelado em Engenharia Civil e o curso técnico em edificações no município. Participou da audiência também o diretor geral do IFCE Tauá, professor José Alves de Oliveira Neto.

O IFCE Tauá já realizou a consulta pública para a escolha dos novos cursos com enquetes físicas e na plataforma web, sendo ouvidas mais de duas mil pessoas nos municípios de Tauá, Arneiroz, Aiuaba e Quiterianópolis. A próxima etapa, pré-agendada para a primeira semana de março, é a realização de audiência pública com a comunidade para legitimar os cursos escolhidos.

Após a audiência pública, será criada a Comissão que vai levantar os investimentos necessários à instalação dos cursos. Os deputados Domingos Neto e Odilon Aguiar estão trabalhando para assegurar os recursos necessários. Durante a audiência em Fortaleza, Domingos Neto entrou em contato com o secretário Nacional de Educação Tecnológica, Marcelo Machado Feres, que deu todo apoio ao projeto.

Os cursos definidos pela comunidade, através das enquetes foram: no eixo de Infraestrutura, o bacharelado em Engenharia Civil e o curso técnico em Edificações; no eixo Ambiente, Saúde e Segurança, o curso superior em Nutrição e técnico em Nutrição e Dietética; no eixo de Recursos Naturais, o bacharelado em Agronomia e o curso técnico em Zootecnia; no eixo Informação e Comunicação, foram escolhidos o bacharelado em Engenharia de Telecomunicações o curso técnico em Telecomunicações e na Formação de Professores o curso superior de licenciatura em Letras e habilitação em Língua Portuguesa.

Para o diretor do campus de Tauá, professor José Alves Neto, a oferta destes cursos impulsionará o desenvolvimento da região. Ele destaca em especial o curso de engenharia civil que “pelo seu status vai atrair jovens de outros estados, fortalecendo a cultura do estudo, já que a juventude do Inhamuns precisará se qualificar mais para disputar as vagas que serão oferecidas”. Neto destacou o apoio que tem recebido desde o inicio do deputado Domingos Neto e agora com o reforço de Odilon Aguiar na Assembleia. Domingos Neto disse que a ampliação do campus do IFCE coloca a região em outro patamar, consolidando-se como polo universitário. O parlamentar vai buscar os recursos no Ministério da Educação e afirmou estar seguro de que “o ministro Cid Gomes dará todo apoio à concretização desse sonho da juventude dos Inhamuns”.

(IFCE Tauá)

Elmano diz que PT de Fortaleza defende candidatura de Luizianne Lins

77 1

Da Coluna Fábio Campos, no O POVO deste domingo(8):

Apenas no início da segunda metade de seu mandato na Prefeitura de Fortaleza, Roberto Cláudio vai assistir os adversários tratando de sucessão municipal ainda este ano.

No Jogo Político (TV O POVO e TV Assembleia) o deputado estadual Heitor Férrer disse com todas as letras que pretende disputar a eleição de 2016. No mesmo programa, o deputado estadual Elmano de Freitas, que disputou com Roberto Cláudio o segundo turno de 2012, afirmou que a ex-prefeita Luizianne Lins também deverá disputar a Prefeitura. “É o que eu defendo”, disse o petista.

Detalhe: Freitas garantiu que a correlação de forças no âmbito do PT de Fortaleza permanece favorável à Luizianne.

Ceará terá 9 dígitos para celular a partir do fim de maio

De acordo com a Resolução da Anatel nº 553 de 14 de dezembro de 2010, que alterar o Regulamento de Numeração do Serviço Móvel Pessoal (SMP), aprovado pela Resolução nº 301, de 20 de junho de 2002 e o Regulamento de Numeração do Serviço Telefônico Fixo Comutado (STFC), aprovado pela Resolução nº 86, de 30 de dezembro de 1998, os números de telefone celular da região Nordeste com DDD 81, 82, 83, 84, 85, 86, 87, 88 e 89, passarão a ter nove dígitos. A medida valerá a partir de 31 de maio de 2015.

Os celulares que estejam nessas regiões do Nordeste, passarão a ter o seguinte formato: 9xxxx-xxxx. O nono dígito deverá ser incluído à frente do telefone celular ao qual deseja contatar, independentemente do local de origem da chamada.

(Anatel / Região Nordeste)

Brasil reúne ministros do Brics para discutir sobre população

O governo brasileiro promoverá, entre os dias 10 e 13 deste mês, no Palácio Itamaraty, a 1ª Reunião de Ministros Responsáveis por Assuntos Populacionais do Brics e o 2º Seminário de Funcionários e Peritos em Questões Populacionais do Brics.

De acordo com a Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE), o objetivo é reunir temas de relevância entre Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, países de economia emergente que compõem o grupo Brics, e abrigam cerca de 2.9 bilhões de habitantes, para aprofundar debates para uma agenda conjunta de desenvolvimento na área.

A reunião de ministros será na quinta-feira (12). Coordenado pela SAE, do recém-empossado ministro Mangabeira Unger, o evento terá a participação de ministros brasileiros ligados a assuntos populacionais, como o do Desenvolvimento Social e o das Cidades. As delegações de Rússia, Índia, China e África do Sul serão chefiadas por pelo menos um ministro da área.

Entre os assuntos que serão discutidos estão: mortalidade materna, aids e doenças sexualmente transmissíveis; migração rural-urbana e urbanização; envelhecimento e transferências intergeracionais; diferenças de gênero no mercado de trabalho e o papel das mulheres no cuidado de crianças pequenas e idosos dependentes.

(Agência Brasil)

3,5 bilhões de pessoa têm patrimônio somado igual ao de 85 milionários

Da Coluna Menu Político, no O POVO deste domingo (9), pelo jornalista Plínio Bortolotti:

Segundo estudos recentes (Oxfam e do banco Credit Suisse Research), o 1% mais rico da população mundial abarca 50% da riqueza global, ficando 99% da população com o que sobra. Outro estudo da Oxfam, ONG que atua contra a pobreza, mostra que 85 bilionários no mundo detêm riqueza equivalente aos 3,5 bilhões mais pobres da população global.

Você leu certo: 3,5 bilhões de viventes precisam se somar para ter patrimônio igual ao de 85 pessoas. Outra conta mostra que no mundo há mais de um bilhão de pessoas vivendo com menos de um dólar por dia. Para a Oxfam, a crise de 2008, que lançou milhões de pessoas ao desespero, contribuiu para aumentar o patrimônio dos mais ricos.

Movimentos sociais reagem contra indicação de deputada para Direitos Humanos

105 1

Em nota enviada ao Blog, o Grupo de Apoio à Prevenção à AIDS do Ceará (Gapa-CE) e o Fórum do Movimento Social de Luta contra a Aids reagem contra a indicação da deputada Doutora Silvana como presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa. Confira:

O Gapa-CE está com o movimento pela revogação dessa indicação vergonhosa de nossa Assembléia Legislativa. Isso é motivo de tristeza e repúdio para todos os militantes pela causa dos Direitos Humanos, particularmente o movimento AIDS, o movimento Criança e Adolescente e o movimento LGBT. Não dá para ter alguém com esse perfil comandando a Comissão de Direitos Humanos. (Armando de Paula, presidente do Gapa-CE)

Fórum

O Fórum do Movimento Social de Luta contra a Aids, vem a público manifestar repúdio à Mesa Diretora da Assembléia Legislativa do Estado do Ceará e ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro – PMDB pelo desrespeito aos Direitos Humanos demonstrado através da indicação da Deputada Dra. Silvana, conhecida por seus posicionamentos conservadores e reacionários contrários aos direitos humanos e atentatórios ao Estado laico e por suas reiteradas práticas homofóbicas, para presidir a Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Assembléia Legislativa do Estado do Ceará.

A nomeação da parlamentar que sempre se posicionou em favor da homofobia e da redução da maioridade penal e de outras atitudes preconceituosas e discriminatórias configura verdadeiro retrocesso na defesa dos direitos humanos que sempre foi uma marca da Assembléia Legislativa do Estado do Ceará. A passagem anterior da deputada por essa Casa Legislativa já demonstrou que sua atuação parlamentar constitui ameaça à defesa do Estado laico e essa indicação representa uma violação institucional aos direitos humanos.

Não se pode admitir e aceitar como natural a indicação de um parlamentar com o perfil da deputada Dra. Silvana para ocupar um espaço que tem como papel fundamental a defesa da liberdade, da justiça social, da igualdade substantiva e da diversidade humana e o combate a violações desses direitos.

Desprivatização da Petrobras e as falácias do PT

Em artigo enviado ao Blog, o professor Uribam Xavier resgata algumas desculpas do PT sobre denúncias de corrupção. Confira:

Ao enfrentar sua primeira grande crise ao chegar ao poder, no caso do escândalo do mensalão, o PT usou como um de suas estratégias a disseminação de falácias para formular uma opinião púbica que o colocasse como vítima de uma conspiração golpista de uma direita udenista, mas sem entrar no mérito das acusações. Todavia, as falácias inventadas não suportam o confronto ligeiro com as práticas do partido no comando administrativo da coisa pública no país. Diante do escândalo do mensalão, o PT criou as seguintes falácias: i – o governo petista não rouba e não deixa roubar; ii – tem gente incomodada com o sucesso do governo Lula; iii – o governo Lula é um governo republicano; iv – não existe mensalão e nem caixa dois, o que existiu foi o uso de recursos não contabilizados.

Depois da condenação de alguns petistas pelo Supremo Tribunal Federal, o PT passou a defender a tese de que não existiu mensalão, nem caixa dois, que os condenados eram inocentes e políticos perseguidos. Porém, não moveram uma palha em defesa do núcleo de gestão econômica do mensalão, como no caso do senhor Marcos Valério, que continua preso por uma coisa que, segundo o PT, não existiu.

Diante do novo esquema de corrupção, agora na Petrobras, um escândalo bem maior, mais escabroso e profissionalizado, o escândalo do dólar na cueca é visto como uma operação de amadores ou um ato artesanal. E o PT ainda defende-se com novas falácias, vejamos:

1.ª – “A corrupção na Petrobras é anterior à chegada do PT ao poder”.  E pelo que vem sendo delatado na Operação Lava Jato é. Mas se os roubos na Petrobras é uma herança maldita recebida do governo tucano, por que o PT não fez uma auditória e ofereceu uma denúncia ao Ministério Público, ou tomou as medidas cabíveis para punir os culpados e ressarcir a empresa? Será que, ao longo desses 13 anos na administração da estatal, a realização dos balanços anuais feito pela direção petista não identificaram os rombos do governo anterior? Por que o silêncio do partido diante da situação que encontrou na Petrobras? Por que continuaram durante os governos Lula e Dilma os esquemas de propina?

Imagine uma pessoa que foi assaltada uma vez e resolveu não registrar o roubo na delegacia. Essa mesma pessoa foi roubada uma segunda vez e, ao ter elementos para identificar o ladrão, resolveu apresentar queixa. O acusado argumenta, em sua defesa, que a vítima já havia sido roubada outra vez e o ladrão não tinha sido punido, então, ele também não poderia ser punido, pois a punição configuraria um ato injusto, já que o primeiro ladrão não foi penalizado. O PT é o segundo ladrão, que acha que é injusto ser punido por atos de corrupção que outros cometeram antes dele, mas que não foram punidos. Com essa argumentação falaciosa, os petistas naturalizam tanto a corrupção quanto à impunidade como ato normal. E ainda dizem que tal ato constitui uma cultura política que não deve ser mudada, pois, se o PT for penalizado, será por força de uma perseguição política por parte de setores conservadores ou de golpistas.

2.ª – “A mídia golpista alimenta sua agenda com a Operação Lava Jato para que o PSDB possa defender a privatização da Petrobras atendendo aos interesses de corporações estrangeiras”. Todavia, o que a Operação Lava Jato tornou público foi a existência de um esquema envolvendo a Petrobras e algumas das maiores empreiteiras do Brasil, o chamado Clube, a partir do qual se operava o pagamento de propina que variava ou varia de 1% a 5% dos valores negociados. Os valores dos principais contratos investigados somam 59 bilhões de reais. Parte do dinheiro obtido com as fraudes era distribuído entre o PP, PMDB e o PT, e, supostamente, era para financiar campanhas políticas. Segundo o delator Pedro Barusco, ex-gerente de engenharia da Petrobras, só o PT recebeu entre 150 a 200 milhões de dólares [O Povo, 5/2/15]. Ora, a Petrobras já está privatizada por essa quadrilha ou clube composto de empreiteiras e partidos políticos, não se trata de privatizar, mas de desprivatizar. Para que a Petrobras possa ser desprivatizada, as investigações têm que ir até o fim, os culpados devem ser punidos e a empresa deve passar por um processo de transparência e controle público.

3.ª “Há por parte da Operação Lava Jato uma tentativa de criminalização de repasses legítimos de dinheiro”. Nessa falácia, criada pelo presidente nacional do PT, ele acaba afirmando, de forma indireta, que o PT recebeu recursos das empreiteiras que fazem parte do clube que operava ou opera o esquema de corrupção na Petrobras, mas que o dinheiro recebido foi repassado de forma legal. Portanto, há corrupção na Petrobras, mas o dinheiro que as empreiteiras ganham com o superfaturamento foi legalmente para o partido e isso não é crime. E o presidente nacional do PT vai mais além, diz ele: “doações legais de fornecedores de estatal beneficiaram os principais partidos do país”. Imagino que ele queira dizer que isso é normal, não é crime, e que se for para punir, tem que punir todos. Essa relação de empreiteiras que financiam partidos e passam a ser fornecedoras de estatal, ou que passam a ser fornecedoras de estatal e financiam partidos, não é um ciclo vicioso de corrupção em nossa cultura patrimonial?

Bem, essas três falácias em torno do escândalo na Petrobras se articulam de forma a revelar o rosto de um partido degenerado e um sistema político que vive apenas para alimentar a disputa do poder e de interesses de rentistas e extrativistas, e de outros setores menores do capitalismo brasileiro. Sem projeto para o país, mas como servidores do mercado, seja na sua forma branda ou perversa, PT e PSDB passaram a disputar quem é o mais corrupto. Cada um vai assumindo a posição do outro, conforme o local onde se colocam. Quando governo, diante dos vários casos de corrupção que se tornaram públicos, o PSDB se dizia inocente, e que os pedidos de impeachment defendidos pela CUT e o PT era coisa de golpista. O PT, no poder, passou a roubar de forma aloprada e responde à oposição e à sociedade com os mesmos argumentos do PSDB.

Diante dessa conjuntura, tornou-se esdrúxula a posição de pessoas que se dizem de esquerda, alguns até socialistas, de achar que o PT é inocente e vítima de uma conspiração, que se trata de uma luta da direita contra a esquerda, e que o PT ainda representa algo contra o conservadorismo na nossa sociedade. É evidente que existe um avanço do conservadorismo no Brasil, mas não é achando que o PT é inocente que vamos enfrentar o conservadorismo e avançar rumo a uma cultura política emancipatória. Defender o PT é defender a corrupção e oferecer espaço e argumentos para o avanço do conservadorismo. Alguns militantes, presos afetivamente à estrutura partidária ou a cargos que mantêm o sustento material deles, podem defender o partido por motivos óbvios, mas os que acreditam que, internamente, o partido ainda tem um projeto a ser disputado, que ele pode voltar às origens, caem na ingenuidade. O PT é um partido degenerado, não tem volta. Não existe um exemplo na história de partido que, após se degenerar, tenha feito autocrítica e voltado às origens. Quando um partido se degenera, acaba-se ou passa a ser aquilo em que se transformou. O momento atual é propício, sim, para investir numa nova cultura política e investir no PODEMOS brasileiro, de investir em alternativas políticas que respondam aos desafios atuais  de crise de representatividade.

A saudade do jornalista Marcus Nunes

Morreu, nesta madrugada de domingo,o jornalista Marcus Nunes, que, por mais de 15 anos dirigiu o jornalismo da TV Verdes Mares e, por cerca de cinco anos, comandou o jornalismo da TV Cidade de Fortaleza. Marcus foi vítima de complicações do diabetes.

O velório ocorreu na Funerária Paz Eterna, de onde o corpo foi levado para ser sepultado no Cemitério São João Batista.

Trabalhei com Marcus Nunes na TV Cidade onde, com poucos recursos de equipe na época, colocávamos no ar o Jornal da Cidade.. Marcus era perfeccionista, exigente e extremamente humano. Um professor dentro e fora da redação. Uma pessoa que deixa saudade entre aqueles que conseguiram tirar lições dos seus exemplos. Também fica a saudade entre os amantes do radioamadorismo.

 

Ações do BC para segurar dólar fazem dívida cambial bater recorde em 2014

As vendas de dólares no mercado futuro para segurar a cotação da moeda fizeram a dívida interna vinculada ao câmbio encerrar 2014 no maior nível da história. A dívida mobiliária (em títulos) interna corrigida por moedas estrangeiras somou R$ 297,91 bilhões em dezembro. Apesar da alta em valores absolutos, a fatia do câmbio na dívida interna caiu levemente em termos percentuais, de 13,74% em novembro para 13,64% em janeiro.

Apesar de não envolverem emissões de títulos, as operações de swap cambial tradicional, que equivalem às vendas de dólares no mercado futuro, interferem na composição da Dívida Pública Federal (DPF) conforme os critérios usados pelo Banco Central. Pelos critérios do Tesouro Nacional, que desconsidera as operações de swap, a participação do câmbio na dívida mobiliária ficou estável em 0,59% de novembro para dezembro.

A proporção do câmbio na dívida mobiliária interna tende a aumentar nos próximos meses por causa da decisão do Banco Central (BC) de estender, até junho de 2015, o programa de venda de dólares no mercado futuro. Desde agosto de 2013, o BC injeta US$ 500 milhões diariamente nos leilões de swap. O volume foi reduzido para US$ 200 milhões diários em janeiro de 2014 e para US$ 100 milhões em janeiro deste ano.

(Agência Brasil)

Hemoce recebe grupo carnavalesco na terça-feira

O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará – Hemoce, unidade da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa), realiza na terça-feira (10), na recepção dos doadores, a partir das 9 horas, mais uma ação para a campanha de doação de sangue para o Carnaval 2015. O grupo Tambores Carnavalescos anima a manhã de doações no hemocentro.

Desde o dia 22 de janeiro o Hemoce intensificou os pontos de coleta em todo o Estado para aumentar o número de doações e assim ajudar na manutenção do estoque para o feriado de 5 dias. O Carnaval, feriado em que aumenta a necessidade de doações de sangue, acontece logo após os meses de férias escolares, quando há uma queda nos números de doações. As ações, maiores números de coletas são uma forma de incentivar a população a realizar a doação voluntária de sangue com antecedência.

A partir do dia 11 de fevereiro, o Hemoce disponibiliza um ponto de coleta fixo em mais um shopping da cidade. É a vez do Shopping RioMar Fortaleza receber o hemocentro e contribuir com a campanha de Carnaval. O Hemoce recebe os doadores voluntários de sangue em um stand que vai ficar ao lado da loja Insinuante, das 15 às 20 horas.

(Hemoce)

Eduardo Cunha põe em xeque conquistas sociais e políticas

124 6

Da Coluna Valdemar Menezes, no O POVO deste domingo (8):

Um dos componentes agravantes da crise (que promete ser uma das mais perigosas para o futuro da democracia brasileira) está aninhado na nova Câmara dos Deputados. A chegada do deputado Eduardo Cunha à Presidência da Casa, liderando os segmentos mais retrógrados e fisiológicos da política brasileira – na visão quase unânime dos analistas – configuraria o maior potencial de retrocesso social e político já enfrentado pelo País desde o fim da ditadura. Seria a oportunidade há muito esperada pelos que alimentam há tempos o desejo de quebrar a espinha dorsal das conquistas sociais e políticas trazidas pela Constituição de 1988.

Mal tomou posse, Eduardo Cunha apressou-se em resgatar, a toque de caixa, um projeto de emenda constitucional cujo objetivo é inscrever na Constituição a permissão de financiamento de campanhas eleitorais por empresas privadas – justamente o oposto do que têm defendido setores expressivos da opinião pública, como CNBB, OAB e uma centena de outras entidades da sociedade civil. A pressa de Cunha nessa matéria seria para tornar sem efeito a decisão já explicitada em votos pela maioria do STF contrária ao financiamento de partidos e candidatos por empresas, em atendimento à ação impetrada pela OAB, com esse objetivo.

Dilma tem a pior avaliação desde 2011

75 1

foto dilma desespero

Ainda não é o que se pode chamar de “fim do poço”. Mas o trocadilho serve para justificar o pior desempenho em pesquisa de popularidade da presidente Dilma Rousseff, desde que assumiu o Palácio do Planalto, em 2011. A pior marca em 12 anos de governos do PT, com apenas 23% de aprovação, é consequência dos escândalos da Petrobras, com agravante da crise econômica. O índice de ruim/péssimo subiu de 24% em dezembro último para 44% nesse sábado (7), de acordo com a pesquisa Datafolha.

Para 52% dos entrevistados, a presidente Dilma Rousseff sabia da corrupção na Petrobras e permitiu que a situação ocorresse. Outros 25% apontaram que a presidente sabia o que estaria ocorrendo, mas não teve como evitar. Apenas 14% dos entrevistados afirmaram que Dilma Rousseff nada sabia o que se passava na Petrobras.

(com agências)