Blog do Eliomar

Últimos posts

Mauro Benevides apresentará suas despedidas no Congresso

O deputado federal Mauro Benevides (PMDB), que não obteve a reeleição, vai ocupar a tribuna do Congresso Nacional nesta segunda-feira. Ele apresentará suas despedidas da casa, em clima de balanço de sua trajetória política.

Mauro falará sobre vários períodos de influência no Parlamento como, por exemplo, a época em que foi vice-presidente da Assembleia Nacional Constituinte. Destacará dois projetos seus de relevância: o que unificou o salário mínimo e outro que restabeleceu o direito de se eleger prefeito das Capitais.

* Sobre Mauro Benevides, leia mais aqui.

DETALHE – Há uma articulação política para garantir a permanência de Mauro Benevides, segundo suplente, na Câmara. Isso é tocado pelo governador Cid Gomes (Pros) com o governador eleito Camilo Santana (PT), a partir da convocação de deputados federais eleitos para a equipe de governo.

Índice de Confiança da Indústria na economia cai no início de dezembro

“O Índice de Confiança da Indústria caiu 0,8% no início de dezembro, em relação a novembro, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV). Nos meses de outubro e novembro foram registradas altas de 1,8% e 3,6%, respectivamente.

A queda em dezembro para 84,9 pontos tem relação com a piora das avaliações sobre a conjuntura atual. O Índice da Situação Atual recuou 1,5% na prévia de dezembro, somando 84,6 pontos. Esse índice mostra acomodação, após alta de 8,3% no mês anterior.

O Índice de Expectativas ficou praticamente estável, ao passar de 85,4 para 85,2 pontos, uma queda de 0,2%. O resultado preliminar do Nível de Utilização da Capacidade Instalada aponta queda de 1,2 ponto percentual entre novembro e dezembro, ao passar de 82,7% para 81,5%.”

(Agência Brasil)

Cirinho Gomes e o Capitão Wagner

297 1

Essa sequência de cena é bem curiosa e ocorreu antes do ato de diplomação dos eleitos, sexta-feira última, no Centro de Eventos:

capitaoaoa1

O deputado estadual eleito Capitão Wagner (PR) chega com familiares para o ato e é observado por Cirinho (ao fundo, de camisa azul e celular na mão)…

captiaow2

Filho do ex-ministro Ciro Gomes, atual secretário estadual da Saúde, e sobrinho do governador Cid Gomes, Cirinho acompanha, com olhos de lince, a chegada do Capitão. 

Ciro e Cid não toleram politicamente Wagner, que tem prestígio dentro da PM. Pelo visto, nem o resto dos Ferreira Gomes.

(Fotos – Paulo  MOska)

TCM cria organismo de pesquisa e capacitação

chicoaguiar

O presidente do Tribunal de Contas dos Municípios, Chico Aguiar, acaba de criar uma nova unidade de pesquisa e capacitação. Trata-se do Instituto Escola Superior de Contas e Gestão Pública, que recebeu o nome Waldemar Alcântara. O objetivo é promover capacitações e treinamentos, assim como o desenvolvimento de atividades de pesquisas e estudos relacionados ao controle externo e interno da administração pública. O relator da matéria foi o conselheiro Domingos Filho.

De acordo com Chico Aguiar, o Instituto Waldemar Alcântara permitirá a “qualificação de servidores do TCM, contribuindo para o constante aprimoramento do serviço que esse presta.” A nova estrutura substitui o modelo anterior da Escola de Contas e Gestão (Ecoge), sendo composta por Diretoria, Conselho Consultivo Pedagógico, Coordenadoria Operacional, Coordenadoria Técnica e Pedagógica, Gerência de Projetos, Pesquisa e Extensão e Gerência de Atividades Pedagógicas. Terá um conselheiro do TCM como diretor presidente, com aprovação prévia do Plenário e mandato de 2 anos.

O nome do organismo

Waldemar Alcântara, que dá nome ao instituto, teve atuação importante no cenário cearense. Foi presidente do TCM no período de 1965 a 1967. Fundou a Faculdade de Medicina do Ceará e o Instituto do Câncer, sendo, no primeiro, diretor e professor. Também participou da política como governador e vice-governador do Ceará, senador, deputado federal e deputado estadual.

Rede wi-fi da Oi supera a marca de 1 milhão de pontos no Brasil

A rede de internet sem fio da Oi acaba de atingir a marca de mais de 1 milhão de pontos no Brasil. No mundo, os clientes da Oi já podem usufruir de cerca de 14 milhões de hotspots em diversos países. A rede Oi WiFi se consolida, assim, como a maior rede wi-fi do Brasil e da América Latina. Os números são resultado, segundo a assessoria de imprensa da operadora, do investimento direto de R$ 10,4 milhões da Oi na rede em 2014 e da parceria com a FON, a maior comunidade wi-fi no mundo. Nos últimos 12 meses, o número de hotspots Oi WiFi cresceu 144% em todo o país, que representa uma expansão de mais de 670 mil pontos.

No Ceará, já são 25.186 pontos wi-fi da Oi instalados, 65,60% a mais no mesmo período do ano passado. Entre os recentes parceiros da Oi na expansão de sua rede Oi WiFi estão os maiores bancos do país – que disponibilizam a conexão em mais de 150 agências bancárias –, além das redes de hotéis BHG, Costa do Sauipe, os varejistas C&C e Decathlon, os Laboratórios Hermes Pardini, o Hospital Nipo-Brasileiro e o SESC.

Em clima natalino, arcebispo de Fortaleza ordenará mais 11 padres

domjosenatonio

Da Coluna Vertical desta segunda-feira:

O arcebispo de Fortaleza, dom José Antônio de Aparecido Tosi, vai entregar hoje um presente à comunidade católica cearense. A partir das 18h30min, na Catedral Metropolitana de Fortaleza, ele ordenará mais 11 padres.

Esse tipo de ato ocorre sempre nesta época do ano como sinal de que a igreja deve e precisa renascer, assim como o Cristo renasce para os cristãos através do espírito missionário.

Antecedendo essa cerimônia, o arcebispo comandará, logo a partir das 8 horas, desta segunda-feira, no Sesc Iparana (Caucaia), a confraternização arquidiocesana. Ali, haverá momentos de oração, louvor e orientações pastorais para 2015.

Por falar em Dom José, ele já marcou para as 20 horas, da próxima quarta-feira, a tradicional Missa do Galo. Na Catedral.

Mais dois militares ligados ao Capitão Wagner são demitidos

141 2

capitaowagnerr

“Mais dois policiais militares foram demitidos este mês. Segundo publicado pelo Diário Oficial do Estado na última sexta-feira, Reginauro Sousa Nascimento, bombeiro militar e coordenador da última campanha do deputado estadual eleito Capitão Wagner (PR), e Michell Teles Mendonça, policial militar e coordenador da campanha de Wagner em 2012, praticaram “atos contrários aos valores militares”. Eles foram acusados de participar de reunião que deliberaria sobre nova paralisação dos militares.

“Não tem outra explicação: é perseguição política”, afirmou Reginauro ao O POVO. Ele afirma que em nenhum momento uma nova paralisação entrou na pauta da reunião, em janeiro de 2013. “A pauta era para discutir um ano de greve”, diz. Ele também afirma que foi convidado ao encontro como líder religioso – Reginauro é espírita – já que seria realizado um ato ecumênico em memória dos militares mortos.

Sobre a acusação de que teria descumprido ordem publicada no Boletim Interno de que não comparecesse ao encontro, o agora ex-bombeiro afirma que não tinha acesso ao documento, pois é necessário acessar a intranet da corporação, onde o boletim é publicado. “Pouquíssimos acessam, em virtude da burocracia”, diz.

“Capacho”

De acordo com Capitão Wagner, o secretário de Segurança Pública Servilho Paiva “não tinha mais o que fazer e, pra se vingar, encontrou essa maneira”. Ele também acusou o controlador de disciplina de ser “capacho” da secretaria de segurança. O órgão é, oficialmente, independente da pasta. Ele afirmou que as novas demissões – que, agora, somam 12 desde 2013 – trouxeram “indignação” ao conjunto da tropa. Ele diz esperar que o novo governador – e o novo secretário – busquem abri diálogo com a tropa.

O POVO não conseguiu contato com Michell Mendonça, com representantes da Secretaria de Segurança Pública ou da Controladoria de Disciplina. O Governo do Estado disse desconhecer o processo e, portanto, não poderia comentar.”

(O POVO)

Municípios cearenses despreparados para uma nova seca

“Os municípios cearenses temem ausência de recarga hídrica dos reservatórios em 2015. A possibilidade de a próxima quadra chuvosa ter precipitações abaixo da média histórica assusta gestores de cidades que, nos três últimos anos, sofreram com a falta de água para pecuária, agricultura e consumo humano. Levantamento feito pelo O POVO mostrou que 2.869 comunidades, localidades e distritos têm problemas com o abastecimento de água. São locais onde as criações estão sem pastagem, a produção agrícola foi comprometida, e há carência de poços, sendo necessário acionar carros-pipa.

Em Santa Quitéria – a 222 quilômetros de Fortaleza -, a amplitude territorial dificulta a distribuição dos recursos hídricos. Segundo o secretário municipal de Agricultura, Cesário Júnior, existem 200 comunidades e nove distritos com problemas severos de abastecimento. A esperança é ter uma quadra invernosa acima da média para recuperar os reservatórios e impulsionar a produção agrícola.

Essa expectativa é semelhante em vários municípios cearenses. Mesmo nas regiões de situação hídrica mais confortável, há temor pela ausência de chuvas nos próximos meses. A maioria dos gestores, conforme apurou O POVO, espera ter mais apoio e financiamento dos Governos estadual e federal para expandir as ações emergenciais e executar ações estruturantes de combate à estiagem.

A expressão “ainda não, mas não descartamos essa possibilidade” foi utilizada por parte dos secretários quando indagados sobre racionamento de água nas sedes dos municípios.

Para quem já viu as últimas reservas de água se esvaírem, resta o amparo de municípios vizinhos e as operações de carros-pipa – desenvolvidas pela Defesa Civil Estadual, pelo Exército Brasileiro e pelas próprias prefeituras. Em Tejuçuoca, por exemplo, há racionamento de água até na sede e 96 localidades têm problemas graves de abastecimento. A situação se repete em várias cidades ouvidas pela reportagem. Para alguns secretários de Agricultura, é impensável a possibilidade de não haver recarga de reservatórios em 2015. 

Em Jijoca de Jericoacoara, distante 314 quilômetros da Capital, ainda não há racionamento e existem poços para utilização popular. O temor para 2015, segundo o secretário de Agricultura e Abastecimento, José Arteiro Ferreira, é ter o turismo afetado pela falta de água. “Estamos trabalhando com chafarizes e tentando fazer o máximo possível para garantir o abastecimento da área rural. Mas, se a quadra chuvosa for menor que (em) 2014, vai ficar difícil. O turismo vai sumir. Onde encontraremos água?”, indaga. “

(O POVO)

Petrobras: Sarney diz que conhece caráter de sua filha

O ex-presidente José Sarney comentou que são intensas as denúncias de corrupção contra o governo, ressaltou a “maldade que a política traz” e disse que, atualmente, “não se quer mais a disputa, quer-se é destruir o adversário”.

Sarney lembrou que assumiu a Presidência da República em 1985 num clima que indicava que ele poderia ser deposto, tendo ele conseguido, naquelas condições, fazer o país transitar para a plena democracia.

— Garanti a Constituição e coloquei na pauta das preocupações nacionais os problemas sociais, que passaram a ser prioritários a partir de meu governo — disse Sarney.

Ao ser informado de que o nome de sua filha, a ex-governadora do Maranhão, Roseana Sarney, está na lista dos supostos beneficiados do esquema de corrupção operado na Petrobras, segundo matéria publicada pelo jornal O Estado de S.Paulo, com base na delação do ex-diretor da empresa, Paulo Roberto Costa, Sarney respondeu:

— Não acredito, jamais! Eu conheço o caráter da minha filha. Isto é alguma coisa dirigida.

(com Agência Senado)

Jornalistas do O POVO entre os mais premiados do País

JORNALISTAS-O-POVO

Gil Dicelli, Cláudio Ribeiro e Demitri Túlio.

“Quatro jornalistas do O POVO estiveram na lista dos mais premiados da profissão. O ranking é produzido pelo portal Jornalista&Cia e revelou os profissionais que mais se destacaram em 2014 e os melhores ranqueados de todos os tempos do Brasil.

Os jornalistas Demitri Túlio e Cláudio Ribeiro, do Núcleio de Reportagens Especiais; Gil Dicelli, editor-executivo do Núcleo de Imagem; e Edimar Soares, repórter fotográfico; foram os profissionais premiados do O POVO.

Demitri ocupou a 24ª posição da lista dos 200 mais premiados de todos os tempos. No mesmo ranking, Cláudio Ribeiro e Gil Dicelli ficaram na 46ª e 70ª colocação, respectivamente. Edimar marcou presença na lista dos 100 mais premiados em 2014, alcançando o 96º lugar.

O prêmio mais recente do O POVO ocorreu em novembro, com o caderno especial “Sertão a Ferro e Fogo”, que venceu o 59º Prêmio Esso de Jornalismo na categoria Criação Gráfica de Jornal. Em mais de 20 páginas, o especial apresenta a marca de ferrar boi, uma herança avoenga, em narrativas colhidas no sertão cearense. A concepção é de Gil Dicelli, inspirada nas marcas espalhadas por este nosso sertão.”

(O POVO Online)

CMO pode votar nesta segunda-feira relatórios setoriais do Orçamento de 2015

O ano legislativo está acabando, mas a Comissão Mista de Orçamento (CMO) ainda tem uma última pendência a resolver: votar os relatórios setoriais da Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2015. Para isso, a previsão é que os deputados e senadores que compõem a comissão se reúnam nesta segunda-feira (22) para votá-los.

Os relatórios indicam ao relator-geral, senador Romero Jucá (PMDB-RR), o que deve ser incluído no texto final. É possível que, no mesmo, o texto seja votado, mas isso dependerá do quórum da comissão.

O texto enviado ao Congresso pelo Poder Executivo recebeu mais de 9 mil propostas de emendas, totalizando R$ 85,3 bilhões de impacto. Desses, R$ 76 bilhões correspondem a emendas apresentadas por bancadas estaduais e comissões das duas Casas e o restante a emendas individuais de deputados e senadores.

(Agência Brasil)

Prefeitura assina contrato para construção do maior residencial do MCMV Entidades do Brasil

prefito robertoclaudio

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Fundação de Desenvolvimento Habitacional de Fortaleza (Habitafor), vai assinar o contrato para o primeiro residencial do Programa Minha Casa Minha Vida Entidades no Ceará. A assinatura do documento pelo prefeito Roberto Cláudio ocorrerá durante a entrega da segunda etapa do residencial Cidade Jardim I, no José Walter, nesta segunda-feira (22), a partir das 10 horas, que terá com 400 unidades.

O residencial Luiz Gonzaga terá duas etapas, totalizando 3.520 unidades habitacionais, no bairro Ancuri, sendo o maior do Brasil. A primeira etapa terá 1.760 unidades e investimento de R$ 128,5 milhões, oriundos do Governo Federal/Minha Casa Minha Vida e aporte da Prefeitura de Fortaleza.

Para a construção do residencial Luiz Gonzaga, três organizações não governamentais se uniram: Federação das Entidades de Bairros e Favelas de Fortaleza, Cearah Periferia e Associação Habitat para a Humanidade. A Caixa Econômica será o órgão financiador e a construção será de responsabilidade da Fujita Engenharia. Também participarão do ato, representantes do Espólio Júlio Jorge Vieira, proprietário do terreno.

(Prefeitura de Fortaleza)

Dilma assegura que no Brasil não há “intocáveis”

“Minha indignação com as denúncias que envolvem a Petrobras é a mesma que sentem os brasileiros. E quero, como todos eles, que os culpados sejam punidos”. A declaração é da presidente Dilma Rousseff, em matéria publicada no jornal chileno El Mercurio, neste domingo (21), ao assegurar que “não há intocáveis” no Brasil.

Para Dilma, a punição aos culpados na Operação Lava Jato é “um grande avanço para a democracia brasileira”. “O Brasil não vive uma crise de corrupção, como afirmam alguns. Nos últimos anos começamos a por fim a um largo período de impunidade”, ressaltou. “Eu mesma despedi, três anos antes das investigações, o diretor que confessou para a Justiça a existência de um esquema de desvio de dinheiro na Petrobras”, completou.

(com agências)

Cid Gomes inaugura adutora em Canindé neste domingo

foto cid gomes adutoras

O governador Cid Gomes inaugura na tarde deste domingo (21), em Canindé, a Adutora de Montagem Rápida (AMR), que fornecerá água para o município, além da cidade de Caridade, no Sertão Central. Com 54 quilômetros de extensão, a adutora beneficiará cerca 58 mil cearenses.

A Adutora de Montagem Rápida faz parte da terceira fase do “Programa Cearense de Adutoras de Montagem Rápida”, que já investiu quase R$ 200 milhões. Cerca de 273 mil cearenses estão sendo beneficiados com a implantação das adutoras. Também, fazem parte dessa fase as adutoras de Nova Russas, Tauá, Caririaçu, Irauçuba, Quiterianópolis, além das duas AMR’s que já foram inauguradas: Alcântaras e Potiretama.

DETALHE – O governador eleito Camilo Santana (PT) se encontra presente na solenidade. Após a inauguração, Camilo e Cid irão para a Basílica de São Francisco, quando agradecerão pelos resultados das urnas na última eleição.

Obama considera ataque virtual à Sony “vandalismo” e não ato de guerra

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou neste domingo (21) que o ataque virtual contra a Sony Pictures foi “cibervandalismo” e não um ato de guerra.

“Não creio que tenha sido um ato de guerra. Penso que foi um ato de cibervandalismo com custos elevados. Levamos o assunto muito a sério”, declarou o presidente, em entrevista à emissora CNN, que divulgou antecipadamente trechos da conversa.

No fim de novembro, o grupo Sony Pictures foi alvo de um ataque reivindicado pelo grupo de hackers Guardiães da Paz (GOP). Durante o ataque, diversas informações foram roubadas. Ameaças de ataques terroristas também foram feitas, caso o filme Uma Entrevista de Loucos, comédia satírica sobre um complô fictício da CIA para assassinar o líder norte-coreano Kim Jong-un, fosse exibido.

O ataque forçou a Sony Pictures a anular a estreia do longa. Washington acusa a Coreia do Norte de ser responsável pelo ataque. O governo norte-coreano desmentiu qualquer ligação ao ocorrido e propôs um inquérito conjunto entre os dois países para investigar o ataque virtual. Washington rejeitou a proposta.

(Agência Brasil)

Pescando na Bienal do Livro

Da Coluna Menu Político, no O POVO deste domingo (21), pelo jornalista Plínio Bortolotti:

Muita gente criticou a edição deste ano da Bienal do Livro do Ceará. Alguns reclamando da “desorganização”; outros, da falta de um número maior de autores “importantes”; vários para dizer que o evento foi apenas uma grande “feira” de livros e, pior, com poucas editoras de destaque.

Porém a crítica mais certeira veio de Lia Martins (@liabmartins), que postou o seguinte na rede social Twitter: “Essa foi a Bienal do Livro com mais cara de SANA a que eu já fui na vida. No melhor sentido”. “Sana”, para quem não sabe, é o evento anual da cultura japonesa, com seus mangás (gibis), séries de TV, jogos e outros produtos da indústria cultural nipônica, ambiente normalmente frequentado por adolescentes vestindo “cosplay” (fantasia) de seus personagens favoritos.

De fato, na Bienal, havia um imenso número de editoras de livros próprios para adolescentes – em que campeiam vampiros e outros seres fantásticos -, incluindo um estande em que se podia, virtualmente, “entrar no livro”, com a simpática jovem autora à disposição para autografar a sua obra; e outro em que se anunciava aos gritos que tal série de livros (já esqueci o nome) “agora tem final”, chamando os passantes para conhecer o segredo.

Na contracorrente dos que criticam os jovens por lerem literatura juvenil (queriam o quê?), penso que cada um deve começar por onde gosta. Melhor do que obrigar à leitura de José de Alencar para depois o menino ficar odiando o autor de Iracema para o resto da vida, sem atentar para a importância do cearense para as letras nacionais.

Assim, me diverti – mas não aceitei – ao ser convidado para “entrar no livro”, e nem fui atraído para conhecer o final da tal história da qual eu nem sabia o começo – ou mesmo que existia. (Também recusei, muito educadamente – a mocinha que oferecia a revista não tem culpa nenhuma -, a aderir a uma assinatura da Veja.)

Tampouco me incomoda a bienal como “feira de livro”. Gosto de flanar pelos estandes; principalmente minerar nas bancas de livros a R$ 10 – onde, vez por outra, se esconde uma pedra de valor, como foi o caso (em outra bienal), quando topei com Eric Arthur Blair, mais conhecido como George Orwell, ele contando como ficou na pior em Paris e Londres – uma edição de 1986, da editora Philobiblion -, que somente mais recentemente mereceu uma edição renovada de editora “importante”.

Nesta bienal, o que pesquei – no qual até agora somente dei uma visada – foi Máscaras e codinomes – O espetáculo da política brasileira (1961-1984), livro que reúne crônicas do jornalista José Carlos Oliveira para o Jornal do Brasil, no período indicado no título. O organizador da publicação (editora Civilização Brasileira), Jason Tércio, classifica o jornalista como “o grande cronista dos anos de chumbo”.

Chamou-me a atenção esta citação na contracapa: “No Brasil, uma embriaguez dionísica acometeu a esquerda – a mesma embriaguez que neste momento perturba os sentidos da direita vitoriosa. Ninguém viu a luz, apenas a cegueira mudou de dono”. Ainda não verifiquei de qual crônica (e de qual ano) foi extraído o trecho, mas será que não retornamos a esse ponto, cambiando-se os lugares entre direita e esquerda?

Se a Bienal de 2016 quiser ser melhor do que a deste ano, tem de começar a ser preparada agora. A deste ano perdeu para a anterior até em número de público. Em cima da hora é difícil fazer algo que ganhe mais elogios do que críticas.