Blog do Eliomar

Últimos posts

Salmito recebe artistas populares do ‘Viva Centro Fortaleza’

foto salmito 150914 cultura popular

Seis associações culturais que integram o projeto “Viva Centro Fortaleza” se reuniram no fim da tarde dessa segunda-feira (14) com o presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho, para solicitar o apoio a projetos das instituições, além do intermédio do Legislativo Municipal, junto à Prefeitura e órgãos federais, para o resgate de espaços físicos perdidos na última gestão de Fortaleza e para a aquisição de uma sede para o projeto.

Cordelistas, repentistas, poetas e demais artistas populares também terão na TV Fortaleza e na FM Fortaleza um programa de cultura popular, que deverá ser apresentado semanalmente ainda neste ano. Para o cordelista e repentista Geraldo Amâncio, o incentivo à cultura popular ganha um novo capítulo em Fortaleza.

Entre os anseios dos artistas populares estão a aquisição de uma sede própria para as associações, por meio de prédio histórico no Centro, além do retorno do espaço na Praça do Ferreira, perdido na última gestão municipal, após a reforma da praça. Segundo o cordelista e fundador da Tupynanquim Editora e da Associação de Escritores, Trovadores e Folheteiros do Estado do Ceará (AESTROFE), Klévisson Viana, o espaço era o mais frequentado da praça. “Era o nosso principal meio de divulgação da arte popular. Do homem simples ao doutor, todos paravam para ler, ver ou ouvir a arte na Praça do Ferreira”, lembrou.

O projeto Viva Centro Fortaleza visa ocupar o Centro da cidade, aos sábados, com trabalhos de artistas das mais varados segmentos.

Presidente da CNDL afirma: “Volta da CPMF é retrocesso!”

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=5j_7sycLJl8[/youtube]

O presidente da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL), Honório Pinheiro, disse, nesta terça-feira, estar muito preocupado com o pacote anunciado pelo governo Dilma Rousseff.

Ele bateu duro na possível recriação da CPMF, observando que isso seria um retrocesso para o País. Geraria, de acordo com Honório Pinheiro, um enorme impacto na economia e a classe média já não aguenta tanto imposto.

Honório avalia que o governo Dilma, completamente desgastado, precisa pensar mais de forma coletiva. Ele não acredita que o Congresso Nacional aprove a volta da CPMF.

“Todos pelo hub” – CDL promoverá adesivaço

severino

“A campanha “Todos pelo hub”, a luta que Fortaleza trava com Natal (RN) e Recife (PE) pela ponte de conexões de voos internacionais da TAM, ganhou aliado forte. A Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza começou uma ação paralela com objetivo de chamar a atenção da população para a importância do equipamento.

Todos os carros dos associados da CDL circularão com adesivos relacionados à campanha e ainda serão fixados adesivos nas lojas de Fortaleza e do Interior. O material está, inclusive, disponível para a população, na sede da CDL.

“A chegada do hub da TAM significará mais emprego, renda e benefícios para a cadeia produtiva do turismo cearense”, destaca o presidente da entidade, Severino Neto. Paralelo a isso, há também reforço na ação política junto à bancada cearense.

 

Tucano diz que pacote é para pagar a corrupção

152 9

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=fZygklxxICg[/youtube]

O deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB) bateu duro, nesta terça-feira, no pacote baixado pela presidente Dilma Rousseff (PT). Para ele, a presidente quer pagar o preço da corrupção.

Ele condenou  decisão do governo federal de querer aproveitar as emendas parlamentares para reforçar o pacote de investimentos. Raimundo Gomes garante que o pacote não vai passar. “Acho muito difícil Câmara e Senado aprovarem matéria desse jeito!”, acentuou o tucano.

Gomes de Matos lamentou que o pacote não fale em corte de repartições, ministérios e cargos comissionados. Ele disse que a Nova CPMF também não vai passar no Congresso, porque a população não aguenta mais tanto imposto.

Ex-ministro Reis Veloso critica volta da CPMF, mas aprovar corte de gastos na máquina federal

“A recriação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), com alíquota de 0,2%, é um retrocesso na avaliação do ex-ministro do Planejamento, João Paulo dos Reis Velloso, para quem a medida “não faz sentido. O que faz sentido são cortes, porque a despesa do governo está muito alta. É preciso cortar despesas. São 39 ministérios e mais de 100 autarquias. A despesa do Poder Executivo é uma coisa impressionante e também dos outros Poderes (Legislativo e Judiciário)”.

A recriação do tributo foi anunciada nessa segunda-feira (14) pela equipe econômica do governo, entre as medidas para redução de gastos tributários e aumento de receita, para ajudar a fazer superávit primário (economia para pagar os juros da dívida) no próximo ano. Segundo Reis Velloso, é preciso fazer investimentos para que o país volte a crescer, “e não essa história de ficar aumentando impostos. O Brasil já tem uma carga tributária igual à dos Estados Unidos”.

Superintendente geral do Instituto Nacional de Altos Estudos (Inae), Reis Velloso promove no Rio de Janeiro, a partir desta terça-feira (15), sessão especial do Fórum Nacional, do qual é presidente, cujo tema central é O Brasil que queremos – Nova grande concepção: sair da crise e enfrentar os desafios do alto crescimento, integrando-se à nova revolução industrial para aproveitar a magia das grandes oportunidades.

Na avaliação do economista, para sair crise o Brasil precisa trocar a visão de curto prazo pela de médio e longo prazo. Ele vai propor na sessão especial do Fórum Nacional a elaboração de um Plano Nacional de Desenvolvimento (PND), “para tirar o país da crise e fazer o Brasil crescer, porque nós estamos em uma recessão. Esse é o rumo”.

O PND teria um horizonte de, pelo menos, cinco anos, “ou talvez até 2022, quando se comemora o centenário da Independência, para sair da crise e começar a crescer no mínimo 5% ao ano”. Simultaneamente à adoção desse novo PND, o governo deveria investir em educação, sugeriu, “porque existe aí uma nova revolução industrial e se o Brasil não tomar cuidado, a nossa educação vai ficar completamente superada. Temos que atentar para isso”.

Reis Velloso tem experiência em enfrentar crises. Ministro do Planejamento de 1969 a 1979, durante os governos dos generais Emílio Garrastazu Médici e Ernesto Geisel, foi responsável pelo lançamento de um PND, em 1974, na época da crise do petróleo,. Naquela época, ele lembra que o Brasil importava 85% do petróleo que consumia e que em outubro de 1973, o preço do petróleo no mercado internacional saltou de US$ 2 para US$ 12 o barril, em apenas dez dias. “E ainda havia um outro problema que eu chamo de o “ovo da serpente”, que vinha desde os anos 1950. Nós importávamos os insumos industriais básicos e éramos altamente competitivos nessa área”, diz o ex-ministro.

Por isso, segundo ele, o Brasil tem que ter uma visão de médio e longo prazo para poder saber o que fazer agora: “Temos que investir muito em infraestrutura para aumentar a competitividade internacional do Brasil”.”

(Agência Brasil)

Operação Lava Jato – Delator acusa ex-diretor Jorge Zelada de receber propina de empreiteiras

“O ex-gerente de Serviços da Petrobras e delator da Operação Lava Jato, Pedro Barusco, acusou nessa segunda-feira (14), em depoimento à Justiça Federal, o ex-diretor da estatal, Jorge Zelada, de receber propina de empreiteiras que participavam do esquema de cartel de licitações na empresa. Zelada é réu em uma ação penal na qual responde às acusações e está preso em um presídio na região metropolitana de Curitiba desde julho.

Barusco assinou acordo de delação premiada com a força-tarefa do Ministério Público Federal (MPF) e confirmou ao juiz federal Sergio Moro que Zelada participou da divisão de propina enquanto trabalhou na diretoria de Serviços da Petrobras. Em 2008, Zelada substituiu Nestor Cerveró, que também é investigado, na diretoria internacional e permaneceu no cargo até 2012. Barusco também citou a construção da plataforma P-51 entre os contratos em que houve pagamento de propina.

Em depoimento ao juiz Sergio Moro, o ex-diretor da Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, que também assinou acordo de delação, disse que participou de um almoço no qual Zelada estava presente. Segundo Costa, na reunião foram discutidos assuntos sobre a Petrobras. Costa, no entanto, não soube dar mais detalhes sobre o encontro.

Durante a audiência, a defesa de Zelada alegou que Paulo Roberto Costa e Barusco não têm integridade para atuar como testemunhas de acusação, por responderem a outras ações penais da Operação Lava Jato. Os advogados também alegaram que houve cerceamento de defesa, porque umas das provas solicitadas não foi anexada ao processo.”

(Agência Brasil)

Novo motim no Centro Ceducacional São Miguel

“Um princípio de motim foi registrado na tarde desta segunda-feira, 14, no Centro Educacional São Miguel, no bairro Passaré. Segundo a Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS), não houve fuga, nem feridos, mas dois quartos da unidade foram danificados.

A confusão envolveu cerca de 40 a 50 garotos, mas a STDS não soube informar o motivo, nem se são os mesmos jovens responsáveis pelo último motim no local. De acordo com a pasta, a situação está sendo investigada e acompanhada de perto pelo Ministério Público do Ceará (MPCE), Tribunal de Justiça do Estado (TJ-CE) e Defensoria Pública.

A STDS informou que a confusão “resolveu-se internamente”, e por volta das 18 horas a situação já havia sido contornada.”

(O POVO Online)

Deputado José Airton diz que não pensa em deixar o PT

foto josé airton deputado

O coordenador da bancada do Ceará na Câmara Federal, deputado José Airton, informou nesta segunda-feira (14) que não pensa em deixar o PT, mesmo se houver a aprovação da “janela partidária”. O deputado se mostrou surpreendido com informações na mídia de uma provável saída do PT e afirmou que jamais abandonaria o barco, “no momento em que o partido mais precisa”.

José Airton disse ainda que não há problema de relacionamento com o líder do governo na Câmara Federal, o também cearense e petista José Guimarães. O coordenador da bancada ressaltou que ele e Guimarães estão empenhados no resgate da imagem do PT e no apoio à presidente Dilma Rousseff.

Efeito pacote – Dólar recua 1,63% e fecha a R$ 3,81

“O dólar recuou 1,63% e fechou cotado a R$ 3,81 após o anúncio do governo de cortes no valor de R$ 26 bilhões no Orçamento de 2016, além de ações para aumentar a arrecadação e reduzir os gastos tributários. No total, as medidas somam R$ 64,9 bilhões.

O fechamento em queda indica que o mercado recebeu bem o pacote, que inclui medidas como o congelamento do reajuste dos servidores públicos até agosto de 2016 e a criação de um imposto nos moldes da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira, com alíquota de 0,2%.

A moeda norte-americana havia iniciado o dia valendo R$ 3,86 e alternou movimentos de alta e baixa ao longo do pregão.

Além de preocupados com a situação brasileira, os investidores aguardam reunião do Fed (Federal Reserve, banco central americano) na quinta-feira (17). O banco pode decidir aumentar os juros da economia norte-americana em um patamar baixo desde a crise financeira internacional.

(Agência Brasil)

Secult diz que Antonieta Noronha é orgulho para a história das artes cênicas no Ceará

Em nota de pesar pela morte de Antonieta Noronha, a Secretaria da Cultura do Estado do Ceará lembra a trajetória artística da atriz. Confira:

A Secretaria da Cultura do Estado do Ceará lamenta o falecimento, nesta segunda-feira (14) da atriz Antonieta Noronha. A Dama do Teatro Cearense terá seu exemplo sempre lembrado por todos aqueles que buscam desenvolver e expressar seu talento nos palcos. Sua trajetória é um orgulho para a história das artes cênicas no Estado. Antonieta Noronha dedicou o melhor da sua vida na busca pela interpretação profunda e perfeita de cada um dos personagens que assumiu.

Natural de Sobral, começou sua vida profissional participando do Programa de Calouros, da Ceará Rádio Clube, e A Voz de Ouro ABC, da rádio Uirapuru, aos 18 anos.

Depois de integrar o Grande Coral, do Conservatório Alberto Nepomuceno, recebeu um convite para participar do Curso de Arte Dramática da Universidade Federal do Ceará (UFC). A partir de então, lançou-se para a carreira de atriz e participou do elenco da TVE, nos anos de 1970. Integrou grupos de referência nas artes cênicas como a Comédia Cearense e o Teatro Novo. No cinema, ganhou visibilidade com filmes como Dora, Doralina; O Amor não Acaba às 15h30min; Deixe-me Ficar; Tempo da Ira e Central do Brasil.

Acumulou em sua trajetória vários prêmios por sua atuação no teatro, cinema e televisão. Mais recentemente, já em 2015, por ocasião dos seus 50 anos de vida artística, foi reverenciada pelos colegas de trabalho e espaços culturais da cidade, como o Dragão do Mar e o Cineteatro São Luiz, que reexibiram filmes com sua atuação ou novas montagens de peças já estreladas pela atriz.

Pacote de cortes – Camilo participa em Brasília de reunião onde Dilma pede apoio aos governadores

ggvbb

O governador Camilo Santana (PT) participa, nesta noite de segunda-feira, em Brasilia, de jantar com a presidente Dilma Rousseff.

Ela reúne os governadores da base aliada para expor o pacote de medidas de corte de gastos. Dilma quer, principalmente, que os chefes de executivo dos estados articulem o apoio das bancadas federais as medidas de choque.

Dilma já avisou que quer recriar a CPMF, com alíquota de 0,2% e que o dinheiro arrecadado vai ficar exclusivamente com a União. Os governadores devem pressionar por fatias desse futuro imposto.

(Foto – Divulgação)

Assembleia Legislativa debaterá violência contra as mulheres nas redes sociais

moisesbraz

Nesta terça-feira, a partir das 14h30min, a Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa debaterá a situação da violência e discriminação contra as mulheres nas redes sociais. A audiência pública, que foi solicitada pelo deputado Moisés Braz (PT), acontecerá no Complexo de Comissões Técnicas da Casa.

O parlamentar destaca que, segundo o Governo Federal, 85,9 milhões de brasileiros têm acesso à internet, fazendo com que o País ocupe o terceiro lugar no ranking mundial de acesso à rede. O deputado observa, porém, que as redes sociais têm sido palco de manifestações de caráter ofensivo, preconceituoso, discriminatório e de grave intolerância contra as mulheres, em especial.

“Propomos a realização de um debate ampliado, com a participação de mulheres e instituições que, ao longo de suas vidas, vêm contribuindo para a causa feminina”, afirma petista Moisés Braz.

Participarão d audiência representantes da Coordenadoria de Mulheres do Governo do Estado; do Conselho Cearense dos Direitos da Mulher; do Sindicato dos Jornalistas do Ceará; da Delegacia de Defesa da Mulher; da Promotoria de Justiça de Combate a Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, do Ministério Público do Estado do Ceará, e de outras entidades e instituições.

Uece promove I Encontro Internacional de Práticas Culturais Urbanas – Painel Fortaleza

“Capitalismo, Civilização e Tradução Cultural” é o tema do I Encontro Internacional de Práticas Culturais Urbanas – Painel Fortaleza, que terá início nesta terça-feira, às 14 horas, no Auditório Paulo Petrola, na reitoria da Universidade Estadual do Ceará (Uece). O encontro se estenderá até quinta-feira.

A realização é do Grupo de Pesquisa em Práticas Urbanas (GPPUR), do Mestrado Acadêmico em História (MAHIS) e terá conferência de abertura às 19 horas, com a presença do reitor da Uece, Jackson Sampaio, e do professor da Universidad de Castilla-La Mancha, na Espanha, Francisco García Gonzalez.

Dirigido a pesquisadores, o encontro tem como objetivo compartilhar as experiências de pesquisa de campo, produção científica, intercâmbio acadêmico e realizações de eventos desenvolvidas no período de 2012 e 2015, por professores e bolsistas, integrantes do GPESq CNPq-Uece Práticas Urbanas, ligado ao MAHIS, sob a supervisão do Programa de Pós-Graduação em História da Pontifícia Universidade Católica (PPGH/PUC-RS).

 (Site da Uece)

Jorge Parente participará de seminário Empresas e Direitos Humanos

jorgeparente

Vice-presidente da Confederação Nacional da Indústria, Jorge Parente participará, nesta quarta-feira, em Brasília, do Seminário de Empresas e Direitos Humanos. A realização do evento, que ocupará espaços na sede da CNI, é do Governo do Brasil e da União Europeia.

No encontro, Jorge Parente comandará a mesa sobe Empresas e Direitos Humanos na Prática, tendo explanações de multinacionais como a Chrysler e o Banco Santander.

Programação

Moderador do Evento: Sra. Marcia Zarur – jornalista

09:00 Mesa de Abertura

• Stavros Lambrinidis, Representante Especial da União Europeia para os Direitos Humanos

• Pepe Vargas, Ministro de Estado, Secretaria De direitos Humanos da Presidência da Republica

• Puvan Selvanathan, Membro do Grupo de trabalho sobre a questão dos direitos humanos e corporações transnacionais e outras empresas, Serviço do Alto Comissario para os Direitos Humanos, Nações Unidas

09:40 “Empresas e Direitos Humanos no Brasil ”

• Paulo Maldos, Secretário Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos, Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República

• Maria Ceicilene Aragão Martins, Assessoria Especial em Gestão Socioambiental da Secretaria Executiva, Ministério de Minas e Energia (a confirmar)

• Elisiane Santos, Procuradora do Trabalho e Coordenadora Nacional da Coordenadoria de Combate à Exploração do Trabalho de Crianças e Adolescentes, Ministério Público do Trabalho

• Heloiza Egas, Coordenadora-Geral de Enfrentamento da Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes, Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República

10:45 Coffee Break

11:00 “Estabelecendo planos de ação nacionais na UE”

• Pedro Ortún, DG Growth, Assessor Especial para assuntos de Responsabilidade Social Corporativa

• Gilles Goedhart, Assessor Especial, Ministério das Relações Exteriores dos Países Baixos

• Linda Piirto, Assessora Especial, Ministério do Trabalho e Economia da Finlândia

• Stephen Lowe, Representante do Departamento de Direitos Humanos e Democracia, Ministério das Relações Exteriores do Reino Unido

12:00 Q&A

12:30 Paloma Muñoz, Danish Institute for Human Rights

Flavia Scabin, Fundação Getúlio Vargas

13:00 Q&A

13:30 Intervalo para o almoço

14:30 Introdução

Jorge Parente, Vice-presidente da Confederação Nacional da Industria

14:45 Empresas e Direitos Humanos na prática- União Europeia

• Luciana Costa, Comunicação Corporativa, Relações com a Comunidade e Sustentabilidade,

Fiat Chrysler Automobiles

• Marcos Madureira, Vice-presidente Comunicação, Marketing, Relações Institucionais e Sustentabilidade, Banco Santander

• Cleri Inhauser, Diretor Nacional e Chefe de Estratégia e Operações Empresariais, Nokia Siemens Networks

15:45 Coffee Break

16:15 Empresas e Direitos Humanos na prática-Brasil

• José Henrique Paim Fernandes, Diretor de Infraestrutura Social, Meio Ambiente e Inclusão Social, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) (a confirmar)

• Isabella Goncalves de Lima, Gerente Nacional, Caixa Econômica Federal (CEF)

• Jorge Miguel Samek, Diretor- Geral, Itaipu Binacional (a confirmar)

• Janice Dias, Gerente de Orientações e Práticas de Responsabilidade Social, Petrobras

17:15 Q&A

18:00 ONG (a confirmar)

18:30 Encerramento

• João Gomes Cravinho, Embaixador da União Europeia no Brasil

• Paulo Roberto Campos Tarrisse da Fontoura, Embaixador, Diretor do Departamento de

Organismos Internacionais e Subsecretário-Geral de Política I, Ministério das Relações Exteriores

19:00 Cocktail.

PGR do Ceará elegerá novo procurador-chefe

A eleição que definirá o novo procurador-chefe da Procuradoria da República no Ceara acontecerá nesta terça-feira. O pleito será de chapa única composta pelos procuradores da república Samuel Miranda Arruda e Rômulo Moreira Conrado como chefe e substituto, respectivamente. O futuro gestor ficará à frente da administração da unidade durante o biênio 2015-2017.

A votação será eletrônica e começará às 9 horas, terminando às 17 horas. Na sede da PR/CE, de acordo com a Comissão Eleitoral e Apuradora, os procuradores poderão votar no 10º andar. Nas Procuradorias da República nos municípios também serão designadas salas para a eleição.

Antes de votarem, os eleitores deverão assinar lista de presença. Caso seja inviável a utilização do sistema eletrônico, será utilizado o sistema de votação manual, no qual o eleitor receberá cédula de votação, que será depositada em uma urna.

Atualmente, o procurador da República Alessander Sales ocupa o cargo de procurador-chefe. Ele está na administração da unidade desde 2013. Nilce Cunha Rodrigues é a atual procuradora-chefe substituta.

(Com Site do MPF/CE)

Microcrédito ofertou R$ 700 milhões no Ceará

“O Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado (PNMPO) ofertou R$ 700 milhões, de abril a junho deste ano, no Estado do Ceará, líder no país em oferta de recursos. De acordo com a Secretaria de Políticas Públicas de Emprego (SPPE), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) que coordena o Programa, foram efetivados no segundo semestre no Ceará, 394 mil contratos, representando 30,57% dos contratos efetivados no país.

Foram atendidos no estado, mais de 396 mil empreendedores populares. A maioria dos microempreendedores cearenses atendidos no segundo trimestre de 2015, contratou recursos de até R$ 3 mil, para composição ou recomposição de capital de giro, destinado a atividades de pequeno porte, com juros que variaram entre 2,4 a 4%. De acordo com a SPPE, a Região Nordeste concentrou 79,87% dos recursos liberados no País em função da maior oferta. O Banco Nacional do Nordeste (BNB) liderou as operações de microcrédito no período, com R$ 2,2 bilhões, e mais de um milhão de clientes atendidos.

A Bahia é o segundo estado em atendimento para os empreendimentos populares, com R$ 304 milhões liberados, e 137 mil clientes atendidos. O Maranhão que efetivou 104 mil contratos, liberou R$ 279 milhões. Em quarto estão os investimentos efetuados no Piauí (R$ 264 milhões) e em quinto em Pernambuco (R$ 171 milhões). Neste ano, o Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado (PNMPO) já atendeu 2,5 milhões de microempreendedores, com expansão nominal de 8,92% no segundo semestre.”

(Site do MTE)

 

Governo anuncia Nova CPMF com alíquota de 0,2%

cpddm

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, informou, nesta segunda-feira, em Brasília, que o governo pretende criar um tributo nos moldes da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), com alíquota de 0,2%. O objetivo é arrecadar R$ 32 bilhões.

A volta da CPMF está entre as medidas anunciadas nesta tarde pelo governo federal para viabilizar superávit primário (economia para pagar os juros da dívida) de 0,7% do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e riquezas produzidos em um país) no ano que vem.

Além de anunciar medidas para aumentar receitas, o governo informou que o Orçamento de 2016 terá corte de R$ 26 bilhões.

De acordo com Levy, o dinheiro será destinado ao pagamento das aposentadorias, “reduzindo déficit da previdência”.

(Com Agências)

PSDB lança secretariado sindical e Tasso aproveita evento e avisa: “Brasil está sem comando”

191 1

atassiss

“Nós não podemos cruzar os braços e ignorar o que está acontecendo. O Brasil é um barco à deriva, sem liderança, sem comando”, disse, nesta segunda-feira, o senador Tasso Jereissati (PSDB), ao discursar durante a instalação do secretariado do PSDB Sindical. O ato ocorreu no auditório da Câmara Municipal de Fortaleza, ocasião em que o presidente estadual da Força Sindical, Raimundo Gomes, assumiu o comando desse organismo.

De acordo com Tasso, a crise se agrava a cada dia e os erros do governo só fazem aumentar pontuou Tasso, endossado pela platéia formada por sindicalistas de vários municípios.

“Nós iremos nos guiar pelos interesses concretos dos trabalhadores, aquilo que é melhor para vida e para o futuro de suas famílias. Lutar para que todos possam ter uma vida digna e de qualidade, com teto, saúde e educação para seus filhos. Essa é a nossa meta”, disse o senador, ainda em discurso. 

Questionado sobre os rumos da economia do país, Tasso defendeu o debate pelos líderes e dirigentes partidários, da crise econômica, observando que ninguém pode “cruzar os braços e ignorar o que está acontecendo”.

Ainda conforme o senador “o Brasil é um barco à deriva, sem liderança, sem comando” Completou: “odos os líderes e dirigentes partidários precisam sentar para valiar essa situação e discutir a questão da crise econômica e não é possível, por exemplo, a taxa de desemprego em 2016 ter previsão de 10%”.

(Foto – Divulgação)