Blog do Eliomar

Últimos posts

STDS divulgará nesta quarta-feira taxas de emprego e desemprego na Grande Fortaleza

A Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) e o Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT), o SINE/CE, o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) e a Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (SEADE) vão divulgar a Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED) na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

Os dados são referentes ao mês de outubro e a divulgação ocorrerá nesta quarta-feira, a partir das 9 horas, no auditório da STDS (Bairro Joaquim Távora).

Atualmente, a PED é realizada nas Regiões Metropolitanas de Fortaleza, Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Salvador e São Paulo.

Tudo pronto para o XI Encontro do Fisco Estadual Cearense

Com o tema “A Segurança Jurídica  e as Perspetivas do Fisco Cearense”, será realizado, na próxima sexta-feira, o XI Encontro do Fisco Estadual Cearense. A promoção é da Associação dos Auditores e Fiscais da Receita Estadual do Ceará (AUDITECE) com o apoio das demais entidades fazendárias estaduais. O encontro ocorrerá a partir das 8 horas, no Marina Park Hotel.

Após a conquista que foi a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) nº 81, que prevê a Lei Orgânica da Administração Fazendária (LOAF), o encontro consagra-se como um momento oportuno para discussões importantes em torno da responsabilidade de elaborar a LOAF cearense, segundo a organização.

Entre os palestrantes estão Altemir Feltrin, presidente da Associação dos Fiscais do Estado do Rio Grande do Sul (Afisvec), que falará sobre “A Experiência da Lei Orgânica do Fisco Gaúcho”; e Marcelo Lettiere, da Receita Federal do Brasil e professor da Universidade Federal do Ceará (UFC), que abordará o tema “O Subsídio como Forma de Remuneração”.

Outro assunto em pauta será “A Quebra do Sigilo Bancário pelo Fisco”, com a participação de Daniel Colares, procurador do Estado do Ceará, e Gilberto Antônio Medeiros Nóbrega, auditor fiscal da Receita Federal do Brasil.

Fiec quer do Governo Camilo Santana a ampliação dos Distritos Industriais

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=euNpjfUlveU&index=7&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

A Federação das Indústrias do Ceará vai entregar, nesta quinta-feira, às 18h30min, ao governador eleito Camilo Santana (PT), o documento Agenda da Indústria. Segundo o vice-presidente da Fiec, Alexandre Pereira, trata-se de uma série de sugestões para o governo estadual, no que diz respeito a uma política voltada para o setor industrial.

De acordo com Alexandre Pereira, há propostas em vários segmentos como ações que viabilizem a ampliação de distritos industriais e melhorias no que diz respeito à política de incentivos fiscais.

IFCE abre inscrições para Mestrado em Energias Renováveis

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFCE) está com inscrições abertas para o processo seletivo do mestrado em Energias Renováveis referente ao semestre de 2015.1. As inscrições acontecem vão até o dia 19 de dezembro, devendo ser feitas via internet no site http://ppger.ifce.edu.br.

O programa oferece 12 vagas distribuídas em três linhas de pesquisa: Controle e Processamento de Energia (5 vagas); Mecânica Aplicada à Conservação do Meio Ambiente (3 vagas) e Bioquímica e Meio Ambiente (4 vagas). No formulário eletrônico de inscrição, o candidato deve informar a linha de pesquisa de interesse, entre as apresentadas no item 1.2 do edital, como também indicar um tema de preferência entre os propostos no anexo I do edital de inscrição.

Para concorrer, é necessário possuir diploma de nível superior reconhecido pelo MEC nas áreas de engenharias ou ciências exatas. A seleção será realizada por meio de 4 etapas: análise do currículo lattes, avaliação do histórico escolar de graduação, apreciação do projeto de pesquisa e das cartas de recomendações apresentadas.

SERVIÇO

* O edital da seleção pode ser consultado no portal do IFCE, na página de editais e concursos (http://ifce.edu.br/editais-concurso-7.html#mestrado) e também no site do programa http://ppger.ifce.edu.br.

* O mestrado em Energias Renováveis é uma parceria entre os campi de Maracanaú, Fortaleza e Caucaia.

(Com Site do IFCE)

Fortaleza sem casos de raiva humana, canina e felina há 14 anos

lauro

Nosso cachorro Baleia.

O município de Fortaleza está completando 14 anos sem casos de raiva humana, canina e felina. Isso é resultado das campanhas constantes realizado pelas secretarias de Saúde do Estado e do Município. As campanhas públicas de vacinação tem obtido receptividade junto aos aos donos desses animais, segundo avaliam a pasta da Saúde municipal.

A vacina antirrábica não possui contraindicações e é o principal mecanismo de controle da raiva urbana. É a única forma de evitar que os animais de companhia contraiam a doença e a transmitam aos humanos.

Neste ano, a campanha, que acontecerá no próximo dia 28, tem como meta vacinar 253 mil animais.

Reitoria da UFC ganhará luzes do Natal

O reitor da Universidade Federal do Ceará, Jesualdo Farias, vai inaugura, a partir das 18 horas desta terça-feira, o espaço de convivência da Reitoria, localizado nos jardins, próximo às agências bancárias.

Na mesma ocasião, ele acionará a iluminação natalina, disposta por todo o prédio da Reitoria. A iluminação é uma parceria da UFC com a Prefeitura de Fortaleza e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL-Fortaleza).

 

Artur Bruno vê como “natural” que PT da Capital queira ter candidato a prefeito, mas faz ressalvas

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=yUc1f9ph7mk[/youtube]

O deputado federal Artur Bruno (PT) considerou “natural” que seu partido, em Fortaleza, esteja na oposição ao prefeito Roberto Cláudio (Pros). Ele lembra que isso é reflexo da derrota sofrida pelo grupo da ex-prefeita Luizianne Lins que, com Elmano de Freitas como  candidato, perdeu a eleição para RC.

Artur Bruno, no entanto, ressalva que a eleição de 2016 é outra história e que o tema só será discutido nessa época. Por enquanto, é precipitação.

No cenário atual, o PT ganhou o Governo por meio de Camilo Santana que, na disputa, contou com o apoio e o trabalho do prefeito Roberto Cláudio.

Ação contesta no STF constitucionalidade de projeto que muda Lei de Diretrizes Orçamentárias

“O deputado federal Carlos Sampaio (PSDB-SP) entrou hoje (25) com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) para suspender a tramitação do projeto que altera a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). A ação será relatada pelo ministro Luiz Fux.

No pedido, o parlamentar, responsável pela área jurídica do PSDB, alega que a modificação pretendida pelo Poder Executivo é inconstitucional. “Alterar o Orçamento para adaptá-lo à realidade econômico-financeira do ano fiscal é inconstitucional. Alterar a LDO para que a regra máxima de cumprir a meta de superávit fiscal, estabelecida no PPA [Plano Plurianual], seja descumprida, contraria nossa Carta Magna”, disse.

Ontem (24), a Comissão Mista de Orçamento (CMO) aprovou o parecer do senador Romero Jucá favorável ao projeto de lei do governo (PLN 36/2014) que altera a LDO em vigor para ampliar o abatimento da meta de superávit primário para este ano.

O texto foi apresentado pelo governo federal há duas semanas. A LDO, aprovada em 2013, previa uma redução limitada a R$ 67 bilhões, que poderiam ser descontados do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e de desonerações de tributos.”

(Agência Brasil)

OAB/CE – Ouvidoria homenageará cinco personalidades

pauloquezado 

A Ouvidoria da Ordem dos Advogados do Brasil, regional do Ceará, promoverá nesta quarta-feira, a partir das 19h30min, a quinta edição do evento “Ouvidoria no Dia a Dia da Advocacia”. A solenidade ocorrerá no plenário do Conselho da OAB e ainda homenageará cinco personalidades.

Na lista, a Assessora Especial de Combate às Drogas, Socorro França; a empresária Nicolle Barbosa; os jornalistas Fernando César Mesquita e Cid Carvalho; o presidente nacional da OAB, Marcus Vinícius Furtado, e o advogado Paulo Quezado, ex-presidente da OAB e criador da Ouvidoria da Ordem no Estado.

Idealizado no ano de 2010 pela Ouvidora da OAB-CE, Wanha Rocha, o encontro tem como principais objetivos divulgar o tema “Ouvidoria”, homenagear personalidades que contribuem de forma relevante com o engrandecimento da Advocacia, Ouvidoria e Cidadania. Na ocasião, a ouvidora Wanha Rocha falará sobre os avanços da Ouvidoria e as inovações referentes ao sistema de Ouvidoria do Conselho Federal da OAB.

No PMDB, há fatia para Eunício Oliveira indicar nome para novo ministério de Dilma

eleições 2014 pmdb 0807 eunício e dilma

“Michel Temer, Renan Calheiros e Eduardo Cunha se acertaram, num encontro que tiveram a três. O motivo da conversa era a divisão dos ministérios que cabem ao PMDB da Câmara e do Senado.

Ficou acordado que Eduardo Cunha, por exemplo, indicará o nome de Henrique Eduardo Alves. Temer quer fazer Eliseu Padilha ministro também.

O PMDB do Senado ficaria, além da vaga já certa para Kátia Abreu, com as indicações de Eunício Oliveira e Eduardo Braga.

(Coluna Radar, da Veja Online)

Trajetória sobre o Grupo Ypióca é destaque na Associação Comercial do Ceará

everardotelles

O empresário Everardo Telles é o convidado desta quarta-feira do projeto “Coletiva Empresarial – Casos de Sucesso”, da Associação Comercial do Ceará.

Na sede da ACC, a partir das 15h30min, ele falará sobre a trajetória empresarial de quem ampliou e modernizou a Ypióca (hoje no Grupo Diageo).

O evento, sob comando de João Porto Guimarães, presidente da ACC, reunirá executivos e gestores em clima de debate e partilhar de experiências.

Secretário diz para Blog que campanha contra aftosa já está normalizada

foto nelson martins

O secretário do Desenvolvimento Agrário do Estado, Nelson Martins, em contato com o Blog nesta terça-feira, pede espaços para esclarecer denúncia feita neste espaço pela deputada estadual Eliane Novais. Em nota, a parlamentar denunciou esvaziamento da campanha contra a febre aftosa por causa de corte de repasses e de combustível.

Nelson Martins explica que a campanha de vacinação contra a aftosa não está esvaziada e que voltou à normalidade.

Ele adianta que o Governo do Estado, através do Conselho de Gestão Fiscal, determinou uma redução de 20% nos gastos de combustível do Estado para todas as secretarias e órgãos vinculados, sem exceção. Mas, conforme o secretário, na própria portaria havia a ressalva de que se houvesse situação excepcional, a situação seria avaliada, no que foi o caso da aftosa.

“A campanha contra a febre aftosa continua e a Casa Civil autorizou, inclusive,  verbas para que os carros da frota possam adquirir combustível e continuar a campanha sem problema. Só de verba para a campanha, a Adagri recebeu R$ 400 mil e a Ematerce, R$ 850 mil. Um total, portanto, de R$ 1 milhão 250 mil que o Governo do Estado liberou para  campanha, no que se resolveu a questão”, complementou o secretário.

Fortaleza tem o terceiro pior IDH entre municípios das Regiões Metropolitanas

111 1

“Fortaleza ficou com o 3° pior Índice de Desenvolvimento Humano Municipal de Fortaleza (IDHM) e Região Metropolitana entre as 16 regiões metropolitanas do Brasil, segundo aponta o o Atlas do Desenvolvimento Humano nas Regiões Metropolitanas Brasileiras, lançado nesta terça-feira, 25. Com IDHM de 0,732, em 2010, a capital cearense ficou atrás apenas de Belém, com 0,729, e Manaus, com 0,720. Os melhores índices são de São Paulo, com 0,812, Distrito Federal e entorno, com 0,826, e Curitiba, com 0,803.

Mesmo com a colocação ruim, Fortaleza passou de IDHM médio para alto, de 2000 – com índice de 0,622, para 2010. Atrás do Ceará, com índice ainda piores estão São Luís (0,721), Belém (0,722), Manaus (0,724) e Natal (0,736). Segundo o estudo, em 2000, 7% das UDHs do País tinham Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) muito baixo; 32%, baixo; 29%, médio; 21%, alto e 11%, muito alto. Em 2010, não há UDHs na faixa de muito baixo desenvolvimento humano. O percentual de UDHs na faixa de baixo desenvolvimento humano é 2% do universo pesquisado. Trinta e dois por cento das UDHs tinham IDHM médio; 36%, IDHM alto e 30%, IDHM muito alto.

Apesar da redução das disparidades, a desigualdade dentro dos municípios ainda é fator marcante, segundo o estudo. O Atlas mostra grandes disparidades de renda entre as UDHs de uma mesma região. Em Fortaleza, há bairros com renda per capta média mensal de R$ 4.958,00, enquanto em outros essa renda não chega a R$ 187,00. Em Manaus, por sua vez, a renda média da localidade mais abastada é aproximadamente 47 vezes maior que a da mais carente. Em 2010, na UDH chamada de Zona Rural Itacoatiara, a renda per capita média mensal é R$ 169,1. Na UDH Condomínio Residencial Houseville/Condominio Abrahan Pazzuelo/Condomínio dos Advogados, a renda per capita média mensal é R$ 7.893,75.

De acordo com a publicação, a esperança de vida ao nascer varia, em média, 12 anos dentro das regiões metropolitanas avaliadas. “Se consideradas todas as UDHs (mais de 9 mil) das 16 regiões analisadas, o melhor dado corresponde a 82 anos, enquanto o mais baixo é 67 anos. São 15 anos de diferença em termos de expectativa de vida ao nascer”, mostra o estudo. Em Fortaleza, 81 anos é o melhor dado, contra 67 anos do número mais baixo.

Quanto à educação, o Atlas informa que nas UDHs com melhor desempenho entre todas as 16 regiões analisadas, o percentual de pessoas com mais de 18 anos com ensino fundamental completo varia de 91% a 96%. “Já nas UDHs com pior desempenho, a variação fica entre 21% e 37%, portanto quase três vezes menor”, aponta a pesquisa. No caso de Fortaleza, o percentual de pessoas com mais de 18 anos com ensino fundamental varia de 29% a 94%.

Território

A RM de Fortaleza é constituída por 15 municípios, com uma população de 3.615.767 habitantes (Censo 2010), densidade demográfica de  623.97 hab/km²
e área de 5794.74 km².Municípios: Aquiraz, Cascavel, Caucaia, Chorozinho, Eusébio, Fortaleza, Guaiúba, Horizonte, Itaitinga, Maracanaú, Maranguape, Pacajus, Pacatuba, Pindoretama, São Gonçalo do Amarante, de acordo com a configuração territorial de 31 de dezembro de 2013.

Pesquisa 

Além de 16 regiões metropolitanas, o Atlas do Desenvolvimento Humano nas Regiões Metropolitanas Brasileiras, pesquisou 9.825 unidades de Desenvolvimento Humano (UDHs), conceito próximo ao de bairros, e concluiu que as desigualdades entre elas foram reduzidas entre 2000 e 2010, mas ainda são acentuadas.

O IDHM é um número que varia entre 0 e 1: quanto mais próximo de 1, maior o desenvolvimento humano de um estado, município, de uma região metropolitana ou UDH. Para calcular o índice geral, três fatores são analisados: a expectativa de vida, a renda per capita e a educação.

O objetivo de pesquisar as UDHs é evidenciar as disparidades existentes entre elas, que antes eram omitidas pelas médias municipais. Segundo o estudo, a partir da análise dos dados é possível concluir que mesmo nas regiões metropolitanas mais carentes há bolsões com muito alto desenvolvimento humano e que, nas regiões com maior IDHM, também há várias UDHs com baixos níveis de renda e educação.

De acordo com Olinto Nogueira, coordenador de pesquisa da Fundação João Pinheiro, as UDHs são áreas com a maior homogeneidade socioeconômica possível, amplamente reconhecidas pela população e contíguas. “As maiores desigualdades estão dentro dos municípios e não entre municípios. Isso que levou a gente a fazer o zoom dentro dos municípios”, disse Nogueira.”

Serviço

* Acesse o Atlas completo no link.

(Com O POVO Online)

Ministério da Saúde lança campanha contra racismo no SUS

arthur_chioro_02

“A condição de mulher negra com doença falciforme constantemente esbarra no desrespeito e no descaso quando Maria Zenó Soares procura atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS). “Os profissionais de saúde não acreditam na dor que a gente sente. Acham que é exagero”, conta, ao avaliar que a população negra, em sua maioria, sofre racismo institucional na rede pública sem sequer saber que é vítima. “O que queremos é ser respeitados enquanto seres humanos que somos”.

Diante de casos como o de Maria Zenó, o governo federal lançou hoje (25) a primeira campanha publicitária que busca envolver usuários do SUS e profissionais de saúde no enfrentamento ao racismo institucional. Com o slogan “Racismo faz mal à saúde. Denuncie!”, a iniciativa visa a conscientizar a população de que a discriminação racial também se manifesta na saúde.

A campanha será veiculada de 25 a 30 de novembro. Ao todo, 260 mil cartazes e 260 mil folders vão ser distribuídos nas unidades de saúde aos profissionais e à população em geral. Prevê ainda que, por meio do Disque Saúde 136, as pessoas possam denunciar qualquer situação de racismo que tenham presenciado, além de se informar sobre doenças mais comuns entre a população negra e que exigem maior acompanhamento, como a doença falciforme e o diabetes tipo 2.

Preconceitos

Dados do Ministério da Saúde indicam que uma mulher negra recebe menos tempo de atendimento médico do que uma mulher branca. Os números mostram que, enquanto 46,2% das mulheres brancas tiveram acompanhante no parto, apenas 27% das negras utilizaram esse direito. Outro levantamento revela que 77,7% das mulheres brancas foram orientadas sobre a importância do aleitamento materno, enquanto 62,5% das mulheres negras receberam essa informação.

Segundo a pasta, as taxas de mortalidade materna infantil entre a população negra são superiores às registradas entre mulheres e crianças brancas. Os números mostram que 60% das mortes maternas ocorrem entre mulheres negras e 34% entre mulheres brancas. Já na primeira semana de vida, a maioria das mortes é registrada entre crianças negras (47%) entre as brancas, o índice é 36%.

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, avaliou que o grande desafio da pasta é produzir igualdade em meio à diversidade. “Dados importantes mostram como a desigualdade e o preconceito produzem mais doença, mais morte, mais sofrimento”, disse. “O que mais pode justificar essa diferença [no atendimento a brancos e negros no SUS] que não seja o preconceito e o racismo institucional”, questionou.

(Agência Brasil)

Deputada denuncia paralisação da campanha de vacinação contra a febre aftosa

111 1

A deputada estadual Eliane Novais (PSB) manda nota para o Blog. Ela denuncia a paralisação da campanha de vaciunação contra a febre aftosa no Estado. Confira:

Caro Eliomar de Lima.

Venho informar que recebi denúncia colocando que a equipe técnica da Agência de Defesa Agropecuária (ADAGRI) está impossibilitada de realizar as ações relativas à Campanha de Vacinação contra a Febre Aftosa, no Ceará. Dentre as ações que não estão sendo realizadas, por exemplo, a vacinação assistida, fiscalização de revenda de vacina e outras ações atinentes à campanha. Segundo os servidores que nós procuraram, o problema acontece devido o Governo do Estado, por meio da Casa Civil, ter determinado que a ADAGRI suspendesse a utilização de veículos de uso exclusivo da Agência.

Acredito que a determinação é no mínimo intempestiva, haja vista que até a presente data apenas 28% da meta prevista foi atingida, sendo que apenas 25% das propriedades adquiriram a vacina. E é preciso que tornemos de conhecimento público que a determinação do Governo do Ceará de suspender a utilização de veículos, de imediato, interrompe a Campanha contra a febre aftosa. E eu não preciso dizer que um serviço público tão essencial como uma Campanha de Vacinação, não pode sofrer solução de continuidade. E sem contar que foram triplicadas as metas para serem cumpridas pelos servidores.

Veja bem! Estabelecem novas metas e negam os instrumentos de trabalho, causando sérios prejuízos à população beneficiária e prejudicando diretamente o desempenho dos servidores.

Neste ano de 2014, uma auditoria internacional realizada pela Organização Mundial da Saúde Animal (O.I.E), certificou o Nordeste como Área Livre de Febre Aftosa. Vale ressaltar que a avaliação foi feita em apenas quatro Estados com o resultado sendo válido para o bloco. O Ceará foi um dos escolhidos por ter sido avaliado como melhor Agência, segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

Pois bem! Fiz questão de ressaltar a relevância da ADAGRI para o desenvolvimento econômico e social do Estado, para também ressaltar a qualificação e o alto grau de compromisso de sua equipe técnica, que para exercerem suas atividades do cotidiano funcional, precisam enfrentar enormes desafios, haja vista as condições de trabalho que lhes são dadas.

Esperamos que as condições de trabalho dos servidores sejam reestabelecidas e que o Ceará continue livre da Febre Aftosa.

Atenciosamente

Eliane Novais,

Deputada estadual do PSB.

Fortaleza será sede do XX Congresso Nacional de Jovens Empreendedores

pazesmendonalç

Fortaleza será sede, de quarta a sexta-feira, no Hotel Vila Galé, do XX Congresso Nacional de Jovens Empreendedores. O encontro reunirá empresários de todo o País e contará com palestras e mesas redondas com importantes nomes do empreendedorismo. Além disso, acontecerá no congresso a fase final do Concurso Nacional de Startups e a Feira do Jovem Empreendedor. A iniciativa é da Confederação Nacional dos Jovens Empresários (CONAJE) com a Federação das Associações dos Jovens Empresários do Ceará (FAJECE). O objetivo é promover e disseminar a cultura do empreendedorismo entre os jovens de todo o país.

A abertura oficial do congresso será às 20 horas desta quarta-feira, com a conferência do empresário norte-americano Mark Neeleman, co-Fundador da Azul Linhas Aéreas e da Vigzul, empresa de monitoramento de segurança residencial e comercial, com sede em Campinas-SP. A palestra de Neeleman terá como tema “Inovação e Empreendedorismo como Estilo de Vida”.

Na quinta-feira, haverá as palestras do presidente do Shopping Rio Mar Fortaleza, João Carlos Paes Mendonça, que falará sobre sua a trajetória e do Grupo JCPM no mundo dos negócios, e do especialista em construções sustentáveis, Antônio Macêdo Santos Filho, que terá como tema “Construções Sustentáveis e Edificação Verde no Mundo”,

No último dia do congresso, haverá a palestra do consultor de marketing e sócio da Leme Soluções e Estratégias, Gabriel Ramalho, sobre “O Novo Consumidor e os desafios do Marketing Digital”. Na programação de sexta haverá ainda a mesa redonda “Do Ceará para o Brasil”, com Geraldo Luciano, do Grupo M. Dias Branco, Patriciana Rodrigues, das Farmácias Pague Menos e Jorge Pinheiro, do HapVida.

Tauá já está pronta para o XII Festberro

Tauá, o município da Região dos Inhamuns que abriga o maior rebanho ovino/caprino do Estado do Ceará, promoverá, a partir desta quarta-feira, o XII Festberro. Trata-se de uma exposição de ovinos e caprinos tradicional, que ocupará espaços no Parque de Exposição Pedro Alexandrino Feitosa. Segundo o secretário municipal da Agricultura, Luiz Tomás, são aguardados cerca de 1.500 animais durante o evento.

A prefeita de Tauá, Patrícia Aguiar (PMDB), deu todo apoio à feira e destaca que o evento objetiva fortalecer a economia do município. “Apesar dos sucessivos anos de seca, vamos ter uma das maiores feiras já realizados”, diz ela. O Festberro conta com apoio dos governos estadual e federal e do deputado federal Domingos Neto (Pros), que conseguiu os recursos.

Na programação, leilão e desfile de animais de raça, rodada de negócios, concurso leiteiro, palestras, vaquejada, feiras, ecológica e da agricultura familiar, festival de gastronomia e shows culturais. Também haverá shows no Parque da Cidade. Entre as atrações Íkaro e Banda, Pé de Ouro, Aviões do Forró e Forró do Movimento, além das bandas Conexão do Forró, Ítalo e Renno, Limão com Mel, Mastruz Com Leite, Os Nonatos, Coleguinhas Simone e Simara, Solteirões do Forró e Forró do Bom.

Ex-presidente do IBEF vê bom sinal titular da Fazenda ser um homem do mercado

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=iyGC4D_m0Zg&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O ex-presidente do Instituto Brasileiro dos Executivos de Finanças (Ibef), Sérgio Melo, considerou positivo que o nome do economista Joaquim Levy esteja sendo cogitado para o Ministério da Fazenda. Ele afirma que Levy é um nome do mercado e que tem respeito do mercado.

Sérgio  Melo observa, no entanto, que só nome não vai resolver o problema da economia brasileira que está “cambaleando”. De qualquer forma, Melo dá uma certeza: quem for o novo titular da Fazenda, terá que optar por remédios amargos para reorganizar a economia brasileira e promover o crescimento.

Cortes nos gastos públicos estão, conforme Sérgio Melo, nesse receituário amargo para 2015. Ele, no entanto, espera que o novo Congresso colabore com as mudanças necessárias.

Você sabe o que é Justiça Restaurativa?

O procurador estadual César Barros Leal lançará, nesta quarta-feira, o livro “Justiça Restaurativa – Amanhecer de uma Era – Aplicação em Prisões e Centros de Internação de Adolescentes Infratores”.

A solenidade de lançamento ocorrerá a partir das 19 horas, no Ideal Clube, com apresentação dos professores Sérgio Cademartori (UFSC), René Ariel Dotti ((FPR) e Leonardo Resende Martins, que é diretor do Fórum da Justiça Federal do Ceará.

* Saiba o que é Justiça Restaurativa aqui.

 

Porto do Pecém ganhará pátio de 15 mil metros

Porto-do-Pecém-7

A Secretaria da Infraestrutura do Estado (Seinfra) implantará um pátio de fiscalização para atender ao scanner de inspeção de contêineres que funciona no Porto do Pecém, em São Gonçalo do Amarante (Região Metropolitana de Fortaleza. O equipamento realiza vistoria interna dessas câmaras com cargas classificadas como de alto risco e que possam passar pelo terminal com destino a outros portos no Exterior. A tecnologia utilizada raios-x, portanto não invasiva.

A empresa vencedora da licitação do pátio foi a Concrepoxi Engenharia que deverá deixar a obra pronta num prazo de quatro meses. Os investimentos somarão R$ 1,4 milhão. Esse tipo de inspeção atende às medidas de segurança estabelecidas pelo Container Security Iniciative (CSI), do qual o Porto do Pecém é um dos signatários.

Projetada para reforçar o atendimento à crescente movimentação de cargas do Porto, cuja movimentação este ano já atingiu 6,6 milhões de toneladas de mercadorias, a zona a área de fiscalização terá 15.000m² anexa ao scanner. O equipamento faz parte dos preparativos para atender ao crescimento da demanda do porto surgidos com a implantação de empreendimentos como a Siderúrgica (em implantação) e a Refinaria (em planejamento) no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP).