Blog do Eliomar

Últimos posts

Para CNI, aumento da Selic surpreendeu setor produtivo

robsonandrae

Robson Andrade comanda a CNI.

O reajuste da taxa Selic – juros básicos da economia – para 11,25% ao ano surpreendeu o setor produtivo. A avaliação é da Confederação Nacional da Indústria (CNI), que defendeu o corte de gastos públicos para evitar elevações maiores.

Para a entidade, o Brasil precisa criar condições para conter a inflação e reduzir os juros de forma sustentada. O caminho para isso, de acordo com a confederação, passa pela redução dos gastos públicos.

“O desafio do país é criar as condições para uma redução sustentada da taxa de juros. A adoção de uma política fiscal restritiva é fundamental para a reversão das expectativas inflacionárias e para que o ciclo de alta dos juros seja o mais curto possível”, destacou a CNI em nota.

Segundo a CNI, o Banco Central teve de aumentar os juros para trazer a inflação de volta para a meta, de 4,5% com tolerância de 2 pontos percentuais, podendo chegar a 6,5%. O comunicado destacou que, em setembro, a inflação oficial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) chegou a 6,75% no acumulado de 12 meses.

(Agência Brasil)

Prefeito Roberto Cláudio vai demolir hospital e construir um novo no Conjunto Ceará

214 1
robetoclaudio

Da Coluna Vertical, do O POVO desta quinta-feira:

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (Pros), vai mesmo demolir o Hospital Nossa Senhora da Conceição, que fica localizado no Conjunto Ceará. A unidade, segundo a secretária municipal da Saúde, Socorro Martins, já não tem mais condições de ser reformada.

Para compensar, surgirá no mesmo bairro um novo hospital, com 260 leitos e ao custo de R$ 100 milhões. Os recursos são oriundos de empréstimo junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), que aguarda apenas a aprovação do Senado.

De acordo com a secretária, todos os projetos básicos da obra estão finalizados e a perspectiva é de que a ordem de serviço seja dada no começo de 2015. Já o Hospital Nossa Senhora da Conceição deverá dar vez a uma Praça da Juventude.

CCJ aprova uso medicinal da maconha

Duas inovações à Lei de Drogas foram aprovadas nessa quarta-feira (29) pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). A norma poderá passar a indicar um parâmetro mínimo de porte de droga para diferenciar usuário e traficante e permitir a importação de produtos e derivados à base de canabinoides — princípio ativo da maconha — para uso terapêutico. As mudanças, no entanto, ainda passarão pelo exame de mais quatro comissões temáticas.

Pelo substitutivo aprovado na CCJ, a importação de derivados e produtos à base de canabinoides para fins medicinais será dada a pacientes ou a seus representantes legais e a aquisição da substância deve fazer parte do tratamento de doença grave. A liberação da compra dependerá ainda da apresentação de receita médica e do aval de órgão federal de saúde.

O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) questionou o senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE) sobre a possibilidade de um laboratório nacional conseguir permissão para produzir medicamentos a partir de maconha. O relator disse que a legislação interna admitiria esta hipótese desde que a empresa farmacêutica fizesse um registro junto ao Ministério da Saúde e obtivesse autorização posterior da Anvisa.

A proposta segue agora para análise na Comissão de Educação (CE), devendo ser debatida ainda pelas Comissões de Assuntos Econômicos (CAE); Assuntos Sociais (CAS); e Direitos Humanos (CDH).

(Agência Senado)

Diretor diz à CPMI que não sabia de desvios na Petrobras

O diretor de Abastecimento da Petrobras, José Carlos Cosenza, depôs nessa quarta-feira (29) na comissão parlamentar mista de inquérito (CPMI) que investiga denúncias de corrupção na companhia e disse que não tem conhecimento dos fatos denunciados nos depoimentos do ex-diretor Paulo Roberto Costa e do doleiro Alberto Youssef, presos pela Polícia Federal na Operação Lava Jato.

Cosenza repetiu diversas vezes aos parlamentares que não sabia dos desvios de recursos da Companhia, nem do pagamento de propina a partidos políticos, relatados pelos dois acusados em delação premiada à Justiça. Ele disse que a Petrobras está fazendo uma investigação interna sobre os fatos, assim como o Ministério Público e a Polícia Federal.

Indagado se o cartel formado por empreiteiras que usam os contratos com a Petrobras para pagar propinas aos partidos continua, Cosenza negou. “Eu desconheço a existência do cartel. Se eu desconheço, como é que eu daria continuidade?”, disse.

Ele também falou que nunca esteve com Youssef, nem com o deputado Luiz Argôlo (SD-BA), que está sofrendo processo de cassação na Câmara por ter sido denunciado de ter recebido dinheiro de Alberto Youssef proveniente de fontes ilícitas. “Nunca estive nem com um nem com outro [Youssef e Argôlo]. Nem os conheço pessoalmente”, ressaltou o diretor da Petrobras.

Cosenza admitiu, no entanto, que se encontrou com seu antecessor na diretoria de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, depois que ele saiu do cargo e já tinha sido denunciado na Operação Lava Jato. “Desde que eu assumi a diretoria da Petrobras eu tive três telefonemas com o senhor Paulo Roberto Costa. E tive dois encontros. Foram esses os contatos: três vezes por telefone e duas vezes pessoal”, disse. Segundo ele, os encontros foram para tratar dos procedimentos na diretoria e questões técnicas, não sobre os fatos denunciados pela polícia.

(Agência Brasil)

Presidente da Câmara diz que derrubada de decreto não gerou crise com o Planalto

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, afirmou que continuará dialogando com o governo federal, mesmo após a derrubada pelos deputados (PDC 1491/14) do decreto da presidente Dilma Rousseff que criou a Política Nacional de Participação Social (Decreto 8.243/14). O cancelamento do decreto ainda depende de confirmação do Senado.

Diante de notícias sobre uma possível crise entre o Planalto e o Legislativo, Henrique Alves lembrou que o projeto que susta o decreto tramitava na Casa há três meses, sem acordo, e que tentou, por diversas vezes, outro caminho de discussão.

“Eu tentei, antes de votar o decreto, que o governo o retirasse e apresentasse via projeto de lei, para que as incorreções ou distorções nós pudéssemos, nesta Casa legislativa, aprimorar e refazer. Tentei muito, mas não consegui”, disse Alves.

Henrique Eduardo Alves afirmou ainda que não houve qualquer manobra da oposição e que, na verdade, a vontade democrática prevaleceu.

“Votaram a favor da derrubada do decreto [presidencial] 19 partidos. Apenas três partidos votaram pela manutenção do decreto. Então, não é uma questão só de oposição, muito menos de PMDB com oposição”, afirmou.

(Agência Câmara Notícias)

Inácio Arruda: Veículos de comunicação agiram com cinismo nas eleições

66 3

inacioarruda

Ao destacar a postura de um jornalista da revista Carta Capital, que durante as eleições defendeu a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT), o senador cearense Inácio Arruda (PCdoB) disse nesta quarta-feira (29), em pronunciamento no Senado, que a maior parte dos veículos de comunicação agiu com “cinismo” durante o processo eleitoral.

Segundo Inácio Arruda, os veículos se declararam independentes, enquanto realizam campanha para um determinado candidato.

“Tramaram durante a campanha com o partido e se juntaram a um candidato”, denunciou o senador cearense.

(Com Agências)

Copom eleva juros básicos da economia pela primeira vez em seis meses

Pela primeira vez em seis meses, o Banco Central (BC) não alterou os juros básicos da economia. Por 5 votos a 3, o Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu elevar a taxa Selic para 11,25% ao ano. A taxa está no maior nível desde novembro de 2011, quando estava em 11,5% ao ano.

Desde dezembro de 2011, a taxa passou a ser reduzida sucessivamente pelo Copom até atingir 7,25% ao ano em outubro de 2012, o menor patamar da história. A Selic foi mantida nesse nível até abril do ano passado, quando o Copom iniciou um novo ciclo de alta nos juros básicos para conter a inflação. Desde abril de 2014, a taxa está em 11% ao ano.

A taxa Selic é o principal instrumento do BC para manter a inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), dentro da meta estabelecida pela equipe econômica. De acordo com o Conselho Monetário Nacional (CMN), a meta de inflação corresponde a 4,5% (centro da meta), com margem de tolerância de 2 pontos percentuais, podendo variar entre 2,5% (piso da meta) e 6,5% (teto da meta).

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o IPCA acumulado em 12 meses estava em 6,75% até setembro, acima do teto da meta. De acordo com o boletim Focus, pesquisa semanal com instituições financeiras divulgada pelo Banco Central, o IPCA deverá desacelerar nos próximos meses e encerrar 2014 em 6,45%.

Por outro lado, o aumento da taxa Selic prejudica o reaquecimento da economia, que cresceu 2,5% no ano passado e ainda está sob o efeito de estímulos do governo, como desonerações e crédito barato. De acordo com o Focus, os analistas econômicos projetam crescimento de apenas 0,27% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2014. Oficialmente, o governo prevê expansão de 0,9%.

(Agência Brasil)

Cid nega ocupar ministério e diz que irá em novembro procurar casa nos Estados Unidos

cidgomm

O governador Cid Gomes (Pros) minimizou especulações de que ele estaria cotado para ocupar ministério no 2º mandato de Dilma Rousseff (PT). Em entrevista nesta quarta-feira (29), Cid reforçou que seu plano é “passar temporada fora do Brasil” e que já vem atuando no sentido de trabalhar no Banco Interamericano para o Desenvolvimento (BID). O governador afirma que deverá viajar aos Estados Unidos já em novembro, ainda durante o mandato, para acertar detalhes da viagem.

“Meu plano pessoal é passar uma temporada fora do Brasil. E nesse sentido eu já tenho trabalhado. Anteontem falei com o presidente do Banco Interamericano, e no dia anterior já tinha falado com o vice-presidente”, disse, em entrevista à TV Diário. Cid afirma que deverá visitar o banco – com sede nos EUA – já no próximo mês.

“Devo ir agora, em meados de novembro, ver detalhes: achar lugar para morar, enfim, acertar detalhes do período em que vou ficar lá”, diz. Sobre outras questões, disse que não tem “nenhuma conversa, nenhuma conversa colocada nesse sentido”.

Cid reforça que o BID será oportunidade de “aprender”, através do estudo de experiências de desenvolvimento em outros países. “É um banco de desenvolvimentos, que financia municípios, estados e países em políticas sociais (…) é oportunidade também de divulgar boas experiências que ocorreram no Ceará”, disse.

(O POVO Online)

Eleições 2014 – Candidatos têm até o dia 4 para entregar a prestação de contas

contttt

O Tribunal Regional Eleitoral alerta: todos os candidatos, incluindo os que renunciaram, foram substituídos ou tiveram seus registros de candidatura indeferidos, deverão, obrigatoriamente, a apresentar a prestação de contas final à Justiça Eleitoral até a data de 4 de novembro próximo. No mesmo prazo, devem também ser apresentadas as prestações de contas pelos comitês financeiros e diretórios partidários estaduais.

A Seção de Protocolo do TRE receberá o Extrato de Prestação de Contas Final em regime de plantão, das 15 às 19 horas, nos dias 31 de outubro, 1º e 2 de novembro. A data final da entrega é 4 de novembro para os candidatos que concorreram apenas no primeiro turno, e 25 de novembro para os que concorreram no segundo turno. Nessas datas, 19 horas continua sendo o horário limite para a entrega da documentação.

SERVIÇO

O encaminhamento das prestações de contas finais deverá seguir os seguintes procedimentos:

1- Através da internet, enviar o arquivo da prestação de contas gerado no Sistema de Prestação de Contas Eleitorais (SPCE).

2- Imprimir, após o envio, o Extrato da Prestação de Contas, emitido pelo sistema de recepção da Justiça Eleitoral.

3- Protocolizar, na sede do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará, o Extrato da Prestação de Contas, assinado pelo candidato, pelo contador e pelo advogado, juntamente com todos os documentos previstos no art. 40, inciso II, da Resolução TSE n. 23.406/2014, além dos canhotos dos recibos eleitorais utilizados e dos documentos fiscais que comprovem a regularidade de todos os gastos eleitorais.

O TRE alerta ainda para a necessidade de as prestações de contas seguirem fielmente as disposições da Resolução TSE n.º 23.406/2014 e da Resolução TRE-CE n.º 564/2014. É preciso especial atenção às exigências de constituição de advogado; de informação sobre o doador originário nas doações entre partidos políticos, comitês financeiros e candidatos; da apresentação de extratos bancários completos; da apresentação dos comprovantes de recolhimento de eventuais sobras de campanha; e da apresentação de todos os documentos que comprovem a regularidade dos gastos realizados.

(Com Site do TRE/CE)

DAE abre concurso público com 30 vagas

O Departamento de Arquitetura e Engenharia do Estado do Ceará (DAE-CE) abrirá concurso público, com provas a cargo da Universidade Estadual do Ceará (Uece). Serão 30 vagas para o cargo de analista de infraestrutura com atuação na área de engenharia civil. As inscrições devem ser feitas entre os dias 6 de novembro e 5 de dezembro, exclusivamente pela internet. A remuneração é de R$ 4.701,66 e a taxa de inscrição custa R$ 120,00. 

A seleção será feita em duas fases. A primeira consiste em prova de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório. A segunda é feita através da avaliação de títulos, de caráter classificatório. O concurso também disponibiliza vagas para cadastro de reserva.

* Confira o edital aqui.

Quer ser cervejeiro?

O Instituto da Cerveja, com sede em São Paulo, oferecerá, entre novembro deste ano e fevereiro de 2015,  o Curso Aberto de Tecnologia Cervejeira, voltado para interessados em entrar no mercado de produção da bebida. Com inscrições abertas até o próximo dia 4, o curso contará com aulas práticas sobre os processos de fabricação de cervejas especiais.

O objetivo é capacitar os participantes para o ingresso em cervejarias de pequeno, médio e grande porte. As atividades, que somam 124 horas no total, incluem análise sensorial da cerveja, desenvolvimento de receitas, história e legislação da bebida. Os alunos também visitarão micro cervejarias e maltearias.

Professores do instituto e convidados conduzirão as atividades no período. A lista dos palestrantes conta com nomes como Marcus Dapper, cervejeiro da Dama Bier, e Rubens Mattos, cervejeiro da Brasil Kirin. O engenheiro de processos e especialista em leveduras Marcelo Braga e Frank Nohel, coordenador da Cooperativa Agrária Agroindustrial, também ministrarão aulas. Após a conclusão do curso e realização de 200 horas de estágio em uma cervejaria, os participantes do curso podem requerer um certificado extra de cervejeiro profissional.

SERVIÇO

Instituto da Cerveja – Avenida das Carinás, 417, Moema (SP)

Quanto: R$ 3.200

Inscrições e mais informações: info at institutodacerveja.com.br ou pelo telefone (11) 95946-0244.

(Blog Paladar)

Shopping Benfica – O “debutante” da semana

benfica

Do empresário João Soares Neto, querido amigo e controlador do Shopping Benfica, recebemos a seguinte nota:

Caro Eliomar de Lima,

Queremos agradecer as atenções recebidas ao longo dos anos do nosso Shopping Benfica.

Nesta quinta-feira (30), o Shopping Benfica completa, sem jactâncias, 15 anos. Ele foi construído em cinco anos, superando dificuldades, recursos próprios de toda uma vida de trabalho.

Tornou-se a aspiração da nossa maturidade. Levamos para o Benfica toda a nossa confessável lida como escrevinhador, aprendiz diário, viajor e nele ressaltamos a arte e a cultura por serem vetores importantes na sua inserção no bairro mais culto e politizado de Fortaleza.

Não é majestático, mas acolhe bem todas as pessoas. Não é deslumbrante, mas foi o primeiro do Brasil a ter ISO-9001(acreditação internacional). Ganhou sete premiações seguidas do selo de responsabilidade cultural da Secretaria da Cultura do Estado. Já fizemos mais de 100 exposições de artistas plásticos locais, consagrados e iniciantes. Dos iniciantes, alguns decolaram.

Na área da música formamos 30 jovens carentes por quatro anos no Conservatório de Música Alberto Nepomuceno. Ao mesmo tempo, criamos festivais anuais de músicas ( BenJunino e BenFolia) e deles emergiram valores que se tornaram profissionais. Destaque-se, sem prejuízo dos outros, o Tião Simpatia, hoje cantor de nome nacional, com incursões pelas Américas, atraindo a força da mulher, baseado na Maria da Penha, uma das nossas homenageadas.

Formamos mais de mil Bombeiros Voluntários em parceria contínua e permanente com o Corpo de Bombeiros do Ceará. Muitos deles se profissionalizaram e salvaram vidas. Todos os custos e apoio são nossos.

Premiamos os nossos clientes, nosso maior capital, com veículos, viagens para o exterior e muitos outros bens. Criamos o primeiro posto gratuito de bicicletas para sair do Benfica com compras.

Temos parcerias permanentes na área de saúde com o Hemoce, universidades, faculdades e instituições públicas. Fazemos exames gratuitos e vacinações, o ano inteiro. Promovemos a vacinação de animais e criamos um sistema pioneiro de adoções para cães e gatos.

Anualmente, realizamos, em cada outubro, o Manhã Feliz – próximo ao Dia das Crianças – 2.000 a cada ano -levadas por entidades filantrópicas acreditadas e colégios públicos. Todos recebem presentes, fazem lanche, assistem a filmes infantis, brincam em parquinho e assistem a show.

Cedemos espaço físico para parte da Estação Benfica, do Metrofor. Montamos a Galeria BenficArte, o Espaço de Leitura, a TV-Benfica, 4 Cinemas próprios, Capela e o Mural onde todos podem deixar, por escrito, o que quiserem.

Nossos colaboradores, além dos salários, recebem fardamento, cesta básica, vale transporte ou auxílio combustível, vale cultura, vale refeição, planos de saúde e dentário e seguro de vida em grupo.

Tivemos que superar muitos óbices e adversidades. O que narramos não é vanglória, mas o sentimento de procurar fazer diferente, sem deixar de pensar no foco do empreendimento que preza os seus clientes e os torna amigos. Temos hoje mais de 160 operações funcionando com lojistas/parceiros, locais, nacionais e internacionais, sem alarde.

Tornamo-nos longo, por acreditá-lo capaz de entender que o mundo nasceu para todos. Fazemos a nossa parte, com a ajuda efetiva de colaboradores, para a cidade onde nascemos, vivemos, respeitamos e amamos. Não criamos apenas um negócio. Acalentamos uma ideia própria de vida. Somos cearenses de Fortaleza, com orgulho.

Cordialmente,

*João Soares Neto.

Controladoria Geral do Estado oferece 11 vagas para estágio

A Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE) inscreve para a seleção de estagiários de nível superior, que estejam matriculados em instituição de ensino conveniada ao Governo do Estado. Oferece 11 vagas, sendo duas para alunos do curso de Direito, três de Ciências Contábeis, dua de Jornalismo, duas de Administração e duas de Ciências da Computação/Computação/Sistemas de Informação. As inscrições podem ser feitas até o próximo dia 9 na sede da CGE, no horário das 8h30min às 11h30min e das 13h30min às 16h30min, de segunda à sexta-feira.

No ato da inscrição, o estudante deverá apresentar os seguintes documentos: ficha de inscrição, a ser obtida no local de inscrição ou no endereço eletrônico www.cge.ce.gov.br; cópia de documento de identidade, autenticado ou acompanhado do original; declaração expedida pela instituição de ensino, informando que o candidato está regularmente matriculado no curso, indicando o semestre que está cursando e a quantidade de créditos concluídos; histórico escolar atualizado até o momento da inscrição; e laudo médico, para os candidatos que concorrerem às vagas destinadas a pessoas com deficiência.

A seleção será realizada em três etapas: análise de histórico acadêmico – de caráter eliminatório e classificatório; análise de curriculum vitae – de caráter classificatório; e entrevista – de caráter eliminatório e classificatório. A jornada do estagiário será de 20 horas semanais. O estudante receberá bolsa no valor de R$ 600,83 e auxílio-transporte.

Defensoria Pública Geral ganha novas instalações no Fórum Clóvis Beviláqua

defensora pública andrea coelho

Nesta quinta-feira, às 16 horas, a defensora-pública geral do Ceará, Andréa Coelho, vai inaugurar as novas instalações da Defensoria Pública Estadual nas dependências do Fórum Clóvis Beviláqua. O ato ocorrerá no piso inferior do fórum.

A Defensoria Pública, que já realiza atendimentos nas dependências do fórum nas áreas Cíveis, Fazenda Pública, Curadorias Especiais, Execuções Fiscais, Família, Sucessões e Registros Públicos, Infância e Juventude, Resposta do Réu, Criminais e do Júri, de Tráfico de Substâncias Entorpecentes e do Juízo Militar, ganhará 640 m² de modernas e funcionais instalações.

No conjunto, gabinetes individualizados, climatizados, equipados com computadores com tela dupla, acesso à internet, painéis eletrônicos, mobiliário projetado, wc’s, copa e toda a infraestrutura para oferecer conforto e privacidade para defensores públicos e assistidos, garante a defensora-pública geral. O investimento com a obra foi de aproximadamente R$ 1,5  milhão.

 

CIC receberá para almoço dirigentes lojistas

Os empresários Freitas Cordeiro e Severino Neto são os convidados desta quinta-feira, às 12 horas, na sede da Fiec, do programa “Almoço com o Presidente”. A promoção é do Centro Industrial do Ceará (CIC).

Freitas Cordeiro, que preside a CDL Fortaleza, foi eleito presidente da Federação das CDLs do Ceará e, em janeiro próximo, passará o cargo para o empresário Severino Neto (Mercadinhos São Luiz). Severino está entregando a presidência da Associação dos Supermercados do Ceará (Acesu).

Freitas e Severino apresentarão para a diretoria do CIC os projetos que tocarão à frente das duas entidades.

Acrísio Sena: Setores da imprensa tentam desqualificar a vitória de Dilma

Com o título “As eleições e as novas tarefas do PT”, eis artigo que o vereador Acrísio Sena manda para o Blog. Ele comemora a reeleição da presidente Dilma Rouseff e lamenta que setores da grande imprensa estejam tentando desqualificar a vitória dela, falando de pais dividido.Confira:

É evidente a intenção de vários setores – inclusive na imprensa – de desqualificar a vitória de Dilma Rousseff no último dia 26. Fala-se em “país dividido”, por conta da eleição apertada, com diferença de apenas 3%. Ora, trata-se da mais difícil e espetacular vitória da história dos embates presidenciais, na qual ficou evidente a força da militância do PT, contra tudo e contra todos, afirmando um projeto de governo e, mais que isso, uma concepção ideológica, diametralmente oposta ao do adversário tucano. A instituição do 2º turno existe, diga-se de passagem, para consolidar uma maioria para o eleito. E maioria, ensina a matemática, é 50% mais um. O resto é choro e ranger de dentes.

Há, porém, que se fazer uma série de ressalvas em relação às tarefas que deverão ser assumidas pelo próximo governo Dilma. No primeiro discurso como presidenta reeleita, a senha já foi dada: é preciso acelerar a reforma política. E já está clara a resistência de diversos setores políticos, amplificada pela imprensa, à ideia do plebiscito, como se isso fosse uma tática de deslegitimização do Congresso. Ora, o plebiscito é um dispositivo perfeitamente legal e amparado pela Constituição. Caso haja resistência, da parte de setores representativos mais conservadores às mudanças, a alternativa deve ser de fato consultar o povo através da democracia direta.

Tal método também poderia fortalecer o diálogo – também ressaltado nas intervenções da presidenta – com diversos setores sociais. O jornalista Alexandre Haubrich captou bem este sentimento, lembrando que, se os últimos 12 anos incrementaram o consumo e aumentaram o contingente da classe média, os que ascenderam parecem não ter assimilado isso como uma nova condição favorecida pelas mudanças macroeconômicas, mas como uma conquista pessoal. Essa perspectiva conservadora havia sido já exposta por Paulo Freire: “se a educação não é libertadora, o sonho do oprimido é transformar-se em opressor”. Sem um debate político sistemático com a sociedade civil, com representantes dos movimentos sociais ocupando cargos governamentais e sem formar novas lideranças, sem enfrentar o debate sobre a democratização dos meios de comunicação, o PT não conseguiu sedimentar um discurso que lhe fosse favorável.

A reforma política precisa investir no fortalecimento dos partidos e de instrumentos de consulta popular, além das instituições de base, favorecendo a autonomia e a fiscalização das instituições por parte dos cidadãos, coibindo a corrupção no seu nascedouro. O debate político pode e deve ser constante, e não ocorrer de dois em dois anos, de forma a construir uma nova consciência social e colocar o governo em sintonia com os anseios populares.

Somente desta forma, a população poderá sentir-se parte integrante dos avanços sociais, econômicos, políticos e culturais, fugindo das discussões rebaixadas, falso-moralistas e preconceituosas promovidas pela direita. Com uma participação política constante, as conquistas seriam finalmente assimiladas em sua complexidade, fruto de um diálogo com o governo, e defendidas como resultado de sua ação independente e emancipatória.

* Acrísio Sena,

Vereador do PT.

Assembleia Legislativa adotará o tom rosa nos debates desta 6ª feira

elianenee

A campanha “Outubro Rosa”, que está chegando ao final, será tema de audiência pública nesta sexta-feira, a partir das 10 horas, na Assembleia Legislativa. O evento atende a um requerimento das deputadas Eliane Novais (PSB) e Fernanda Pessoa (PR).

“O Outubro Rosa, por exemplo, trabalha para o fortalecimento da importância do diagnóstico precoce e pela luta por acesso de qualidade, em tempo hábil e eficiente, ao tratamento da doença”, explica Eliane Novais.

O encontro, com certeza, ganhará um jeito de balanço.