Blog do Eliomar

Últimos posts

Mauro Filho diz que pesquisa ruim desestimula militância

eleições 2014 pros mauro

O deputado estadual Mauro Filho (Pros), que disputou eleição ao Senado, disse na tarde desta segunda-feira (6) que os erros das pesquisas eleitorais precisam ser avaliados. Mauro Filho reclamou que as pesquisas apontaram um percentual de 21% de intenção de voto a seu favor, enquanto as urnas registraram 39,4%.

“Diferenças de dois, três ou quatro pontos para mais ou para menos acontecem. Mas você ter uma diferença de 21% para 40% é realmente um fato a ser melhor avaliado”, reclamou o deputado, que afirmou que as pesquisas podem desestimular a militância, quando desfavoráveis.

“Você tem de analisar quem é o candidato, quais são as propostas e o que elas representam para o futuro do Estado e do Brasil. Mas, muitas vezes, elas (pesquisas) desestimulam a militância, seus aliados ficam mais preocupados e isso acaba tendo um impacto no desempenho de todo o processo eleitoral”, lamentou.

Mauro Filho agradeceu ao eleitorado a votação recebida (cerca de 1,6 milhão de votos), ao destacar que o seu percentual foi significativo para o processo eleitoral.

Bancários de São Paulo decidem pelo fim da greve

Os bancários de São Paulo decidiram nesta segunda-feira (6) acabar com a greve iniciada no último dia 30. A decisão, tomada em assembleia, vale para capital, Osasco e 15 municípios da região. A categoria aceitou a proposta dos bancos de reajuste nos salários de 8,5% (aumento real de 2,02%) e de 9% nos pisos (aumento real de 2,5%).

Segundo o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, no acumulado dos últimos 11 anos, os bancários obtiveram 20,7% de ganho real nos salários e 42,1% nos pisos. “Fizemos uma greve forte durante sete dias, que mobilizou os trabalhadores e fez com que os bancos mudassem sua posição. Conquistamos reajuste de 8,5% e piso de 9%”, disse a presidenta do sindicato Juvandia Moreira.

Segundo os bancários, ficou acordado que a Participação nos Lucros e Resultados (PLR) passará a ser o resultado de 90% do salário somado ao valor fixo de R$ 1.838, que em 2013 era R$ 1.640. A regra determina que devem ser distribuídos, no mínimo, 5% do lucro líquido da instituição. O vale-refeição passará a ser R$ 26 por dia (reajuste de 12% em relação a 2013).

(Agência Brasil)

Eliane diz que enfrentamento foi “extremamente difícil e desigual”

elianenovais

Em nota enviada ao Blog, a deputada estadual Eliane Novais agradece a votação recebida e ressalta que sua candidatura ao Governo do Estado teve como objetivo apresentar propostas para a construção de um Ceará mais justo e igualitário. Confira:

Quero agradecer o apoio e as manifestações de carinho que recebi ao longo desses meses de campanha. Propus-me a ser candidata ao Governo do Estado do Ceará para cumprir uma missão do meu partido: a de apresentar ao povo cearense uma alternativa em meio à polarização que marcou esse processo eleitoral. Acredito que cumprimos muito bem esse papel, fazendo uma campanha limpa, com propostas concretas, enfrentando duas candidaturas poderosas, com superestruturas. Um enfrentamento extremamente difícil e desigual.

A nossa campanha foi livre, independente, a serviço exclusivamente do povo cearense. Porque foi dessa forma que sempre me comportei em toda a minha vida pública, como servidora, como vereadora de Fortaleza, como deputada estadual.

Aprendi muito com esse processo eleitoral. A nossa luta por um Ceará justo, solidário e com igualdade de oportunidades não terminou no dia 5 de outubro. Sinto-me motivada a seguir em frente, na defesa de uma nova forma de fazer política e na construção de Ceará melhor para todos.

Muito obrigada! Um forte abraço a todos os cearenses.

VAMOS NÓS – Eliane viaja nesta terça-feira (7) a Brasília, onde participará de reuniões com a direção nacional do PSB para avaliar os resultados do primeiro turno das eleições e decidir quais os rumos da legenda no segundo turno, tanto no Ceará quanto nacionalmente. A socialista reforça que qualquer decisão de apoio no segundo turno passa pela posição a ser tomada pelo PSB nacional.

Poupança registra em setembro menor captação líquida em nove anos

O Banco Central (BC) informou nesta segunda-feira (6) que os brasileiros depositaram R$ 1,37 bilhão a mais do que retiraram da caderneta de poupança em setembro. O resultado representa a menor entrada líquida de recursos para meses de setembro desde 2005, quando os saques haviam superado os depósitos em R$ 708 milhões.

O volume dos rendimentos creditados nas contas dos investidores alcançou R$ 3,57 bilhões. O saldo total passou de R$ 638,47 bilhões, em agosto, para R$ 643,41 bilhões, em setembro.

No mês passado, os depósitos na caderneta de poupança somaram R$ 145,09 bilhões, enquanto os saques totalizaram R$ 143,72 bilhões. Nos nove primeiros meses de 2014, a captação líquida – diferença entre depósitos e retiradas – correspondeu a R$ 15,53 bilhões, valor 68,2% inferior aos R$ 48,94 bilhões registrados de janeiro a setembro do ano passado. A captação líquida foi a menor para o período desde 2011, quando o ingresso líquido tinha somado R$ 9,5 bilhões.

O principal responsável pela diminuição do interesse pela poupança foi a manutenção da taxa Selic (juros básicos da economia) em 11% ao ano. De acordo com a Associação Nacional dos Executivos de Finanças (Anefac), os juros altos tornaram, em alguns casos, os investimentos em fundos de renda fixa mais atraentes que a poupança.

Desde abril, o Comitê de Política Monetária do BC (Copom) mantém a Selic em 11% ao ano. No entanto, nos últimos 15 meses, os juros básicos foram reajustados em 3,75 pontos percentuais, para encarecer o crédito e segurar a inflação.

As taxas mais altas aumentaram o rendimento da poupança desde o fim de agosto do ano passado. Pela regra, se a Selic estiver abaixo de 8,5% ao ano, o rendimento será equivalente a 70% da taxa básica de juros, mais a Taxa Referencial (TR). Acima desse nível, a caderneta rende 0,5% ao mês, mais a TR.

Apesar da melhoria no rendimento da poupança, os fundos de renda fixa passaram a render mais na maioria dos casos. Por lei, a poupança é isenta de Imposto de Renda e de taxas de administração. Mesmo assim, de acordo com a Anefac, os fundos tornaram-se mais vantajosos, principalmente em aplicações superiores a seis meses.

(Agência Brasil)

Câmara terá 25 ex-deputados de volta; Moroni e Leônidas na lista

leonidascristinoo

Entre os 223 deputados que entram na conta de renovação da Câmara, 25 na verdade já exerceram mandatos antes da atual legislatura e estão voltando a ocupar vagas na Casa. Entre eles estão oito ex-deputados que foram derrotados na disputa de outros cargos nas eleições de 2010 e agora retornam.

Celso Russomanno (PRB-SP), Pompeo de Mattos (PDT-RS) e Alberto Fraga (DEM-DF) concorreram ao governo de seus estados. José Carlos Aleluia (DEM-BA) e Ricardo Barros (PP-PR) concorreram a uma vaga no Senado, assim como Heraclito Fortes (PSB-PI), ex-senador que não se reelegeu em 2010. Patrus Ananias (PT-MG) foi candidato a vice-governador na chapa de Hélio Costa (PMDB), e Indio da Costa (PSD-RJ) foi candidato a vice-presidente na chapa de José Serra (PSDB).

Dois ex-prefeitos voltam a ser deputados: Leonidas Cristino (Pros-CE), de Sobral (CE); e Odelmo Leão (PP-MG), de Uberlândia (MG). Moroni Torgan (DEM-CE) perdeu a eleição para prefeito de Fortaleza (CE) em 2012 e saiu temporariamente da política para se dedicar a sua igreja, mas retorna agora.

(Agência Câmara Notícias)

Participação de mulheres na política encolhe nestas eleições

64 1

Mais uma vez, a participação das mulheres nas eleições ficou aquém das expectativas de grupos feministas e dos que brigam por espaço igual para elas e os homens na política. Divulgado o resultado das urnas, ao fazer as contas, é possível perceber que a presença das mulheres diminuiu tanto no Legislativo quanto no Executivo estadual.

Na Câmara dos Deputados, atualmente 46 mulheres exercem mandato. Em 2010, foram eleitas 52 deputadas, mas seis não estão em exercício por motivos diversos, como licença ou renúncia para assumir outros cargos públicos. Desta vez, porém, o número encolheu e apenas 46 mulheres vão assumir na próxima legislatura. Ainda não é possível saber se, no decorrer dos próximos quatro anos, outras entrarão na Câmara como suplentes de deputados que venham a se licenciar.

No Senado, a situação foi um pouco melhor. Atualmente, a Casa tem dez senadoras, de um total de 81. No ano que vem, termina o mandato de quatro delas, mas duas se reelegeram: Kátia Abreu (PMDB-TO) e Maria do Carmo (DEM-SE). Ivonete Dantas (PMDB-RN) e Ana Rita (PT-ES), que assumiram como suplentes, perdem a vaga. Ivonete era suplente de Rosalba Ciarlini, atual governadora do estado. Ana Rita assumiu a cadeira no Senado na vaga de Renato Casagrande, quando este se elegeu governador em 2010.

Nesse domingo (5), três mulheres conquistaram mandato de senadoras: Rose de Freitas (PMDB-ES), Simone Tebet (PMDB-MS) e Fátima (PT-RN). Rose de Freitas, que exerce atualmente o quinto mandato de deputada federal, é a primeira senadora eleita no Espírito Santo. Com isso, o Senado passará a ter 11 mulheres a partir de fevereiro do ano que vem.

Nos governos estaduais, a participação feminina encolheu. Em 2010, duas mulheres foram eleitas governadoras: Roseana Sarney, do PMDB, no Maranhão, e Rosalba Ciarlini, do DEM, no Rio Grande do Norte. Na votação de domingo, nenhuma candidata conseguiu se eleger no primeiro turno e apenas uma, Suely Campos, do PP de Roraima, passou para o segundo turno, No dia 26, ela enfrentará Chico Rodrigues, do PSB.

Os números estão longe de alcançar a cota de pelo menos 30% de candidaturas de mulheres a cargos eletivos. Além de não conseguirem se eleger em número significativo, as que conseguem raramente ficam entre as mais votadas.

(Agência Brasil)

Assembleia Legislativa retomará atividades entre o riso e o choro

A Assembleia Legislativa deve retomar nesta terça-feira sua rotina de sessões. O clima será de alegria para os reeleitos e, claro, muita tristeza para quem não logrou êxito nas urnas.

Muitos novatos chegarão à Casa, o que atinge em especial o PT. O partido, que contava com seis deputados, caiu para dois.

Assim mesmo uma bancada de novatos: Elmano de Freitas, que disputou e perdeu a Prefeitura de Fortaleza; e Moisés Braz, que preside a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Ceará (Fetraece).

Ex-presidente da FIEC em clima de sorriso dobrado

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=AJ4mNeTJhrU[/youtube]

O ex-presidente da Federação das Indústrias do Ceará, Roberto Macedo, comemorou, nesta segunda-feira, a passagem do tucano Aécio Neves para o segundo turno da disputa presidencial.

Ele aproveitou para destacar também que estava feliz porque o empresário Carlos Matos, que foi diretor do Instituto de Desenvolvimento Industrial (INDI), em sua gestão à frente da federação, conquistou mandato de deputado estadual pelo PSDB.

Eleitor que não votou tem até 4 de dezembro para se justificar

“Os eleitores que não compareceram e não justificaram seu voto, no primeiro turno das eleições gerais de ontem (5), poderão apresentar a justificativa até dezembro deste ano. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o eleitor tem até 60 dias apresentar as razões pela qual não votou, em cada turno, até 4 de dezembro no primeiro turno. As pessoas aptas a votar que não compareceram às suas seções nas eleições de 2014, também podem optar por pagar multa, de R$ 3,51, bastando se dirigir a um cartório eleitoral portando o título de eleitor.

Segundo o TSE, mesmo não tendo votado e nem justificado em primeiro turno, o eleitor não fica impedido de votar no segundo turno. Caso ele não participe e não apresente justificativa, terá mais 60 dias para explicar-se à Justiça.

Sem comprovar que votou, ou cumpriu com suas obrigações eleitorais, o eleitor fica impedido de exercer alguns direitos como: inscrever-se em concurso público; ser empossado em cargo público; obter carteira de identidade ou passaporte; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial; obter empréstimos em bancos oficiais; e participar de concorrência pública ou administrativa. Os servidores públicos têm seus vencimentos suspensos até regularizarem a situação, na Justiça Eleitoral.

Quem não votar em três eleições consecutivas – considerando cada turno uma eleição – terá sua inscrição eleitoral cancelada. Os eleitores que estiverem no exterior, no dia do pleito, e forem cadastrados para votar no país onde se encontram, terão até 30 dias, contados de seu retorno ao Brasil, para se justificar em um cartório eleitoral.”

(Agência Brasil)

Rede de Sustentabilidade no Ceará vai tucanar?

117 9

ricardoalca

Do publicitário e escritor Ricardo Alcântara, membro da Rede de Sustentabilidade no Ceará, em seu Facebook:

Da série CHANTAGEM IDEOLÓGICA

A hipocrisia petista não tem limites. No primeiro turno, a campanha petista mentiu e difamou Marina Silva no limite do ridículo, qualificando-a, inclusive, como “neoliberal” e até “nova direita”.

Agora, já começam a dizer que “Marina não deve se aliar à direita”.
Ué, não é mais na direita o lugar dela?!

UFC promoverá a VI Feira das Profissões

A Universidade Federal do Ceará realizará, de quarta a sexta-feira, a VI Feira das Profissões, com o objetivo de promover a aproximação do estudante do ensino médio com a Universidade. No Campus do Pici, foram montados 62 estandes, onde os visitantes poderão conhecer e tirar dúvidas acerca dos cursos presenciais da Instituição.

Outros setores da UFC estão presentes na Feira, entre eles a Residência Universitária, a Secretaria de Acessibilidade e a Rádio Universitária. O evento é organizado todos os anos, desde 2009, pela Pró-Reitoria de Graduação da UFC (Prograd).

As visitas podem ser realizadas pela manhã (das 8 às 12 horas) e à tarde (das 14 às 18 horas). No segundo dia, quinta-feira, funcionará também no turno da noite (das 18h30min às 20 horas), possibilitando a participação dos estudantes de escolas profissionalizantes do Estado.

SERVIÇO

As inscrições para escolas visitantes permanecem abertas no site da Prograd: www.prograd.ufc.br.

(Site da UFC)

PPS do Ceará embarca na candidatura de Aécio

75 1

alexandre pereira

O PPS do Ceará, que estava com Marina Silva (PSB) no primeiro turno, está passando de malas e bagagens para a candidatura do tucano Aécio Neves.

A informação foi dada ao Blog pelo presidente regional da legenda, Alexandre Pereira, acrescentando que a legenda mantém assim a coerência de ser oposição ao PT em todos os sentidos.

Alexandre Pereira deixa claro que o PPS estadual vai se engajar às estratégias de campanha que o PSDB definir para este segundo turno.

Eunício terá agenda em Brasília para discutir estratégias neste segundo turno

66 3

eleições 2014 pmdb 0706 eunício cwagner

Eunício com Capitão Wagner e Roberto Pessoa.

O candidato a governador pelo PMDB, senador Eunício Oliveira, embarca nesta segunda-feira à noite para Brasília, depois de uma série de reuniões com sua equipe de campanha. Em Brasília, além de atividades no senado, o peemedebista deverá ter encontro com dirigentes nacional do partido e, principalmente, com Michel temer, postulante a vice na chapa de Dilma Rousseff.

Hora de avaliar o cenário eleitoral e acertar estratégias neste segundo turno das eleições, segundo o vice-prefeito de Fortaleza e coordenador da campanha eunicista, Gaudêncio Lucena.

Mas a finalidade mesmo de Eunício, de acordo com fontes peemedebistas, é tentar evitar que seu adversário, o petista Camilo Santana, consiga atrair para seu palanque a presidente Dilma e o ex-presidente Lula.

Mauro Filho dará coletiva. Vai criticar as pesquisas?

125 3

mauror1

Mauro Filho, candidato derrotado ao Senado pelo Pros, dará entrevista coletiva nesta segunda-feira. A partir das 16 horas, em seu comitê eleitoral.

Deverá falar sobre o cenário eleitoral deste segundo turno e reforçar postura a favor da candidatura de Camilo Santana (PT) para o Governo.

Com direito a críticas aos institutos de pesquisas que sempre o colocaram bem distante do tucano Tasso Jereissati? Eis a dúvida.

Em eleição, quem tem pai, não morre pagão

bruno-jr-e-acilon

A Secretaria da Saúde do Estado voltou a obrar milagres eleitorais neste pleito. Nas mão do PCdoB, em passado recente, turbinou essa legenda e fez, por exemplo, João Ananias, então titular, deputado federal.

Agora, a pasta, sob comando de Ciro Gomes, mas sob a gerência na prática de Acilon Gonçalves, o secretário-executivo, manteve essa tradição, digamos, eleitoral.

Entre os parlamentares estaduais eleitos, aparece Bruno Gonçalves, do nanico Partido Ecológico Nacional (PEN). O moço, que obteve o nono lugar na disputa de deputado estadual, registrando 75.511 votos, é filho de Acilon.

CDL e BNB fecham parceria que garante linha de credito para capital de giro

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza e o Banco do Nordeste do Brasil celebram parceria para o lançamento do Cartão Empresarial BNB/CDL, cartão com limite pré-aprovado para capital de giro destinado à aquisição de insumos/estoques pelos associados das CDLs cearenses, em condições diferenciadas.

O acordo está sendo fechado durante almoço, que ocorre neste momento, na sede da CDL, contando com as presenças dos presidentes da CDL de Fortaleza, Freitas Cordeiro, e do Banco do Nordeste, Nelson Antônio de Souza, e membros das respectivas diretorias.

 

Sarney está magoado com Dilma

SARNEY4

O ex-presidente José Sarney já revelou a interlocutores que está magoado com Dilma Rousseff. Em momentos de maior irritação, surpreende pelo tom que adota quando fala dela. Mas Sarney nega qualquer mágoa: ‘Estou velho para perder amigos’.

Questionado se tem falado com Lula e com Dilma, ou com outros interlocutores do governo, diz que não. ‘A velhice é assim mesmo. Como diz Norberto Bobbio, a velhice é boa, mas o problema é que dura pouco.’ Ele já anunciou que não disputará mais eleições.

Lembra a colunista que embora o PT oficialmente tenha apoiado Edison Lobão Filho, candidato de Sarney ao governo do Maranhão, Dilma apareceu nos materiais de campanha do adversário dele, Flávio Dino (PCdoB). E não gravou para o programa de TV de Lobão nem foi ao Estado para fazer campanha.

(Coluna Mônica Bergamo, da Folha)

Era Cid e o teste de fogo neste segundo turno

74 1

Com o título “Um importante teste para o cidismo”, eis artigo de Emanuel Freitas, doutorando em Sociologia na UFC. Ele faz uma avaliação da Era Cid e diz que o grande teste de força política do governador ocorre neste segundo turno, quando muitos esperavam a vitória de Eunício Oliveira logo na primeira fase da disputa. Confira:

A compreensão dos resultados eleitorais deste domingo exige um olhar mais atento para a “Era Cid”, marcada por importantes rompimentos durante os momentos eleitorais. Já quando de sua primeira candidatura, em 2006, seu grupo rompeu com o então governador Lúcio Alcântara. Depois, em 2010 foi a vez de Tasso Jereissati (PSDB), em 2012 Luizianne Lins (PT) e, em 2014, Eunício Oliveira (2014).

Luizianne levou seu grupo dentro do PT à cristianização da candidatura de Camilo, pois “não apoiaria nenhum nome escolhido pelos Ferreira Gomes”.  Tasso Jereissati conduziu sua campanha como uma prestação de contas de seus mandatos de governador, apresentando-se como “independente” e formatando-se como o anti-ethos de Cid Gomes. Eunício Oliveira apresentou um forte discurso de opositor, denunciando o descaso da gestão e prometendo um “novo tempo” para o Ceará.

Por sua vez, Cid Gomes tratou de responder, a seu modo, a cada um desses opositores. Desqualificou Eunício como “milionário ambicioso” e Luizianne Lins como “alguém que vive de factoides”. Para responder às críticas de Tasso dedicou uma tarde inteira para publicações em sua página no Facebook.

 

Vejamos os resultados das urnas desse domingo. Dos 22 deputados federais mais votados, 13 são da coligação de Camilo Santana. Mas importantes nomes de oposição a Cid, como o de Luizianne Lins, lá compareciam. Já na lista de deputados estaduais mais votados, os mais disparados eram Capitão  Wagner e Heitor Férrer, mas em grande parte nomes ligados a Cid pareciam compor a nova Assembleia Legislativa, entre eles seu irmão, Ivo Gomes. 

Do embate entre Tasso e Mauro Filho, prevaleceu a voz anti-cidista do tucano.

Mas, sem dúvida, é no resultado para o governo que Cid tem o que comemorar: numa apertada disputa, conseguiu com que seu candidato fosse ao segundo turno à frente do segundo colocado, tendo crescido unicamente como o “candidato de Cid”. O teste final será no último domingo de outubro.

Emanuel Freitas

emanuel.freitas@ufersa.edu.br
Doutorando em Sociologia (UFC).

Dilma e Aécio iniciam articulações da campanha neste segundo turno

eleições 2014 0826 debate aécio e dilma

Os candidatos à presidência Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB), confirmados no segundo turno das eleições, começaram hoje (6) nova fase da campanha. Eles se reúnem com assessores com o objetivo de definir agendas e estratégias para os próximos 20 dias.

Dilma – que terminou o primeiro turno na frente, com 41,59% dos votos – está reunida com integrantes da coordenação de campanha no Palácio da Alvorada. Além de encontro com assessores ao longo do dia, a candidata à reeleição pode ir à Bahia ainda nesta segunda-feira, estado em que o candidato petista Rui Costa surpreendeu e foi eleito governador no primeiro turno.

Já Aécio Neves vai se reunir com equipe de campanha em São Paulo.