Blog do Eliomar

Últimos posts

Ford e Sesi concluem programa de educação para jovens em Horizonte

O Programa Ford de Educação para Jovens, realizado por meio de parceria entre a montadora de veículos, o Sesi, Senai, Governo do Ceará e Prefeitura de Horizonte (Região Metropolitana de Fortaleza), concluiu suas atividades. Foi na última sexta-feira, em solenidade no auditório do Estádio Olímpico Horácio Domingos de Sousa.

Iniciado em 15 de abril, o programa foi gerido pelo Sesi Bahia e teve o Sesi do Ceará como executor. A seleção dos estudantes foi realizada com base no desempenho escolar. A iniciativa faz parte dos projetos de Responsabilidade Social da Ford e o público atendido foi composto por 100 alunos do 3º ano do Ensino Médio de escolas públicas de Horizonte, informa a assessoria de imprensa da Federação das Indústrias do Estado.

Durante o período do programa os estudantes tiveram a oportunidade de participar de cursos voltados para o desenvolvimento de competências e habilidades comportamentais, ministrados pelo SESI; e cursos de qualificação profissional, ministrados pelo SENAI. O objetivo era preparar os jovens para o mercado de trabalho. Para tanto, nos meses de abril até junho de 2019 os alunos tiveram aula com o SESI (Trilha de Conhecimento). Em julho e Agosto, o SENAI realizou os cursos de qualificação profissional, sendo ofertados os seguintes cursos: Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão, Auxiliar de Mecânico de Automóveis Leves e Auxiliar de Manutenção Mecânico de Máquinas Industriais.

Também em junho, os alunos tiveram a oportunidade de participar de um desafio de robótica, quando as equipes apresentaram projetos a convidados, organizados em duas etapas: a primeira consistiu em uma pesquisa teórica sobre o tema Arquitetura e Urbanismo, envolvendo indústria, acessibilidade e/ou mobilidade urbana; e a segunda tratou da construção de um protótipo, desenvolvido com a utilização dos materiais LEGO, que propôs soluções efetivas e preventivas para o tema.

Por meio de uma experiência criativa, os estudantes foram desafiados a investigar problemas e buscar soluções inovadoras para situações da vida real de forma multidisciplinar, bem como programar robôs autônomos com a tecnologia LEGO® Mindstorms®.

(Foto – Divulgação)

PF deflagra operação para coibir fraudes na concessão de aposentadorias

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (23) uma operação para colher provas da participação de advogados, contadores e servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) na prática de fraudes contra o Sistema Previdenciário. As fraudes possibilitaram que pessoas que não tinham tempo de contribuição suficiente recebessem a aposentadoria sem ter direito, depois de informarem vínculos de trabalho inexistentes.

“O prejuízo real causado pelas fraudes é da ordem de 55 milhões de reais, sendo que a estimativa de economia com a desarticulação do esquema criminoso, caso as fraudes não tivessem sido descobertas e as aposentadorias continuassem sendo pagas, é de 347 milhões de reais”, diz a PF.

Segundo as investigações, o esquema consistia no cômputo extemporâneo de tempo de contribuição fictício para aposentadorias, o que era feito por meio da transmissão de Guias de Recolhimento do FGTS e de Informações à Previdência Social (GFIPs) por meio de empresas inativas. “As GFIPs são utilizadas pelas empresas para o recolhimento do FGTS e para disponibilizar à Previdência Social informações relativas aos segurados, inclusive para comprovar o tempo de contribuição dos funcionários”, explicou a PF.

Depois de averiguar centenas de benefícios concedidos, a PF constatou que todos os requerimentos de benefícios que tinham indício de fraude estavam concentrados em um grupo de seis servidores. Segundo a PF, eles aprovaram as aposentadorias sem observar os requisitos previstos na legislação, como o período de carência e conferência dos documentos.

De acordo com a PF, os responsáveis pela inserção dos dados falsos nos sistemas do INSS e pela transmissão das GFIPs eram dois escritórios de contabilidade. Também foram identificaos cinco advogados responsáveis pela captação de clientes e pela formalização dos requerimentos junto ao INSS.

“Todos os benefícios suspeitos serão revisados administrativamente pelo INSS e poderão ter seus pagamentos suspensos. Os investigados poderão ser indiciados pelos crimes de organização criminosa, estelionato e inserção de dados falsos em sistemas de informação, cujas penas variam de 2 a 12 anos de reclusão.

As investigações foram realizadas em conjunto pela Polícia Federal e pela Coordenação Geral de Inteligência Previdenciária e Trabalhista do Ministério da Economia, que compõem a Força Tarefa Previdenciária, com apoio do INSS.

(Agência Brasil)

João Pedro Stédile, fundador do MST, ganha título de cidadão cearense nesta terça-feira

285 9

Nesta terça-feira, às 15 horas, a Assembleia Legislativa vai entregar título de cidadão cearense ao fundador do MST, João Pedro Stédile. O ato atende a um projeto do deputado petista Elmano de Freitas e sancionado pelo governador Camilo Santana (PT).

João Pedro Stédile é natural de Lagoa Vermelha, Rio Grande do Sul. Na condição de dirigente do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), é um dos maiores defensores da reforma agrária no Brasil. Formou-se em Economia pela PUC gaúcha e tem pós-graduação pela Universidade Nacional do México,

Ligado a setores progressistas da Igreja Católica, foi seminarista e assessorou a Comissão Pastoral da Terra no Rio Grande do Sul. Trabalhou na Secretaria de Agricultura de seu estado natal.

É também um dos fundadores e membro de organizações continentais latino-americanas, como a Coordenadoria Latino-americana de Organizações do Campo (CLOC), e internacionais como a Via Campesina. Também é filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT) no diretório municipal de Cachoeirinha.

(Foto – Arquivo)

Eleições 2019 – Kassab faz balanço da situação do PSD do Ceará

O presidente Nacional do PSD, ex-ministro Gilberto Kassab, fez um balanço da situação do partido no Ceará, que tem o comando do ex-vice-governador Domingos Filho. Foi nas redes sociais da legenda.

Kassab, que participou dos encontros do PSD em Limoeiro do Norte, Aracati, Iguatu, Juazeiro do Norte e Pacatuba, comemora o poder de mobilização da legenda, que quer disputar prefeituras das principais cidades do Ceará.

DETALHE – Em Fortaleza, no entanto, o PSD é parceiro do PDT, avisa Domingos Filho.

Coleta seletiva é obrigatória em órgãos estaduais

Todos os órgãos públicos estaduais das administrações direta e indireta do Ceará devem estar realizando coleta seletiva. Ou seja, terão que cumprir decreto nesse sentido assinado pelo governador Camilo Santana (PT), em fevereiro último.

A Secretaria do Meio Ambiente e a Secretaria de Proteção Social já aderiram, bem como a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do Estado (Cogerh), com um roteiro de adesão que se registrará até o fim de dezembro.

Esse programa, segundo o secretário estadual do Meio Ambiente, Artur Bruno, é uma parceria do governo com as associações de catadores que operam não só na Capital, mas, também, no Interior.

Outra: o Estado vai entregar, ainda neste exercício, planos de coleta seletiva para todas as prefeituras, que deverão instalar centrais de tratamento de resíduos, até que aterros sanitários regionais sejam gradativamente implantados. Lixo reciclado, bom lembrar, gera emprego, renda, gás natural renovável e saúde.

Mercado financeiro reduz, pela sétima vez seguida, estimativa da inflação deste ano

126 1

Instituições financeiras reduziram, pela sétima vez seguida, a estimativa para a inflação neste ano. De acordo com pesquisa do Banco Central (BC) ao mercado financeiro, a previsão para a inflação, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), deste vez, passou de 3,45% para 3,44%, em 2019.

Para 2020, foi mantida em 3,80%. A previsão para os anos seguintes também não teve alterações: 3,75%, em 2021, e 3,50%, em 2022.

As estimativas para 2019 e o próximo ano estão abaixo da meta de inflação que deve ser perseguida pelo BC. A meta de inflação, definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) é 4,25% em 2019, 4% em 2020, 3,75% em 2021 e 3,50% em 2022, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo.

O principal instrumento usado pelo BC para controlar a inflação é a taxa básica de juros, a Selic. Quando o Copom reduz a Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação e estimulando a atividade econômica.

Quando o Comitê de Política Monetária aumenta a Selic, a finalidade é conter a demanda aquecida e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

Para o mercado financeiro, a Selic deve terminar 2019 em 5% ao ano. Na última semana, o Comitê de Política Monetária (Copom) do BC reduziu a Selic de 6% para 5,5% ao ano.

A expectativa do mercado é que Selic voltará a ser reduzida em 0,5 ponto percentual em outubro e permanecerá em 5% ao ano na última reunião do ano marcada para dezembro.

O mercado não espera por alteração na Selic em 2020, com a taxa permanecendo em 5% ao ano. Para 2021, a expectativa é que a Selic termine o período em 6,75% ao ano. Na semana passada, a previsão era 7% ao ano. Para o fim de 2022, a expectativa é que a taxa chegue a 7% ao ano.

Crescimento da economia

A previsão para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – foi mantida em 0,87% em 2019.

As estimativas para os anos seguintes também não foram alteradas: 2%, em 2020; e 2,50%, em 2021 e 2022.

Dólar

A previsão para a cotação do dólar ao fim deste ano subiu de R$ 3,90 para R$ 3,95 e, para 2020, foi mantida em R$ 3,90.

(Agência Brasil)

Beto Studart volta a negar desejo de ingressar na vida político-partidária

O empresário Beto Studart, que já passou a presidência da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec) para Ricardo Cavalcante, voltou a negar desejo de ingressar na política partidária de novo.

Indagado pelo Blog, disse que vai se dedicar aos negócios do Grupo BS Par.

Mas, na última quinta, Beto chegou ao La Maison, local onde passou o comando da federação para Ricardo Cavalcante, acompanhado de Heitor Freire, presidente do PSL de Bolsonaro no Ceará.

Coincidência, apenas coincidência.

(Foto – Fábio Lima)

 

Casal é preso com drogas no aeroporto de Fortaleza em operação da PF com Polícia de Portugal

Com apoio da Polícia Judiciária de Portugal, a Polícia Federal do Ceará prendeu, na noite de domingo, um casal de brasileiros, natural de Guarulhos/SP – ele 32 e ela 23 anos. Os dois tentaram embarcar com 53 quilos de cocaína para Lisboa, no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza.

A ação conjunta, segundo a assessoria de imprensa da PF, faz parte da Operação Caravelas que tem por objetivo a cooperação internacional das polícias Federal do Brasil e Judiciária de Portugal ao tráfico Internacional drogas.

Segundo a PF, a droga foi localizada nas bagagens dos brasileiros, acondicionada em forma de tabletes.

Essa é a segunda apreensão de drogas em menos de uma semana no aeroporto de Fortaleza feita pelas policias. Na última quarta-feira, 18/9, uma mulher natural de Cabo Verde foi presa com 1,8 quilos de cocaína na forma líquida.

O casal, após o flagrante, foi levado para a sede da Superintendência Regional da PF no Ceará, onde permanecerá à disposição da Justiça Federal.

(Foto – PF-CE)

Donald Trump já está em Nova York para reunião da Assembleia da ONU

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, chegou a Nova York para participar da reunião da Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) e para realizar conversações bilaterais com diversos líderes mundiais.

Trump será o anfitrião do evento Apelo Global em Proteção à Liberdade Religiosa, a ser realizado na segunda-feira na ONU.

Na terça-feira (24), o presidente norte-americano irá proferir um discurso na ONU. Este será o terceiro discurso feito na organização por Trump desde que se tornou presidente. Existe uma expectativa de que ele faça menção ao Irã e possivelmente também à Coreia do Norte.

O seu discurso será feito em meio à crescente tensão entre os Estados Unidos e o Irã, depois dos ataques a instalações petrolíferas da Arábia Saudita.

Acredita-se que Trump deva usar o seu discurso e as negociações bilaterais para promover a perspectiva norte-americana, além de exortar os líderes mundiais a aumentarem a pressão sobre o Irã.

Trump planeja se reunir com mais de 10 líderes, incluindo o premiê japonês Shinzo Abe, o premiê britânico Boris Johnson e o presidente sul-coreano Moon Jae-in.

No domingo (22), Trump declarou que “não existe nada que esteja absolutamente fora de cogitação, mas eu não tenho nenhuma intenção de realizar uma negociação com o Irã”.

Trump também deve discutir questões comerciais com o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe.

(Agência Brasil)

MEC quer mudar contrato de novos professores das universidades federais

578 9

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirma, em entrevista o jornal Estado de São Paulo desta segunda-feira, que vai estimular universidades federais a contratar professores e técnicos pelo regime da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). Hoje eles precisam fazer concurso para ser admitidos e têm direito à estabilidade.

Na avaliação do ministro, é preciso reduzir o gasto na folha de pagamento, que chama de “bomba-relógio”. Embora afirme que os novos professores terão estabilidade, o Supremo Tribunal Federal decidiu, em 2018, que empregados de empresas públicas e sociedades de economia mista regidos pela CLT não fazem jus à estabilidade.

Ainda na entrevista, o ministro Weintraub diz que boa parte dos recursos para novos investimentos nas universidades virá do programa Future-se, que realizará captações junto à iniciativa privada. Para participar do Future-se, as universidades terão de contratar professores e técnicos como funcionários de Organizações Sociais – entidades privadas que não precisam seguir a Lei de Licitações e Concursos.

(Foto – Agência Brasil)

Bolsonaro embarca para Nova York nesta segunda-feira; vai discursar na ONU

145 1

O presidente Jair Bolsonaro tomará a rota de Nova York (EUA) nesta manhã de segunda-feira. Ali, ele participará da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), onde, pela tradição, desde 1949, fará, em nome do Brasil, o discurso de abertura do encontro.

Segundo sua assessoria, Bolsonaro defenderá a “soberania nacional” e a atuação do governo na Amazônia.

O retorno do presidente ao Brasil ocorrerá na quarta. Inicialmente, Bolsonaro iria também a Dallas, no Texas, para se reunir com empresários do setor de tecnologia, mas a viagem foi cancelada.

Na comitiva presidencial, a primeira-dama, Michelle, os ministros Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) e Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o médico Ricardo Camarinha, que avaliou o quadro clínico de Bolsonaro nesta semana.

(Com Agências)

Setembro Amarelo – Uni7 promove debate sobre prevenção ao suicídio

O projeto AJUP/Uni7 (Assessoria Universitária Popular em Direitos Humanos) promove, nesta segunda, das 17 às 18h40min, o debate “O Setembro Amarelo e a Prevenção ao Suicídio”, com a psicóloga Cristiana Moura e o jornalista Daniel Fonsêca. O evento ocorrerá na Sala 28 do Curso de Direito do Centro Universitário 7 de Setembro.

O Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio. No Brasil, foi criado em 2015 pelo CVV (Centro de Valorização da Vida), CFM (Conselho Federal de Medicina) e ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria), com a proposta de associar a cor ao mês que marca o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio (10 de setembro) (https://www.setembroamarelo.org.br/o-movimento/).

Cristiana Moura é mestre em psicologia e graduada em psicologia e artes visuais. Desenvolve trabalhos com psicoterapia e arte e terapia individual e em grupo tanto em contexto clínico como social comunitário. Também dedicando-se a formar novos arteterapeutas. Compõe o grupo de cronistas do Crônica do Dia e também a equipe do Jornal de Caruaru.

Daniel Fonsêca é servidor público federal (Rádio Universitária FM, na UFC, desde 2004). Formado em Comunicação Social (Jornalismo) pela UFC (2004), atua há mais de 15 anos como assessor de Ongs, mandatos, sindicatos e movimentos sociais, nos quais também milita. Tem doutorado em Comunicação e Cultura pela UFRJ (2017) e atualmente está requisitado e lotado na DPU/CE. Em setembro de 2019, criou o saite Esfera Pública – informação pública e direitos humanos (IG @esferapublicajor).

SERVIÇO

*Centro Universitário Uni7 – Avenida Almirante. Maximiano da Fonseca, 1395 – Engenheiro Luciano Cavalcante.

Onyx Lorenzoni parabeniza Fortaleza pela realização do Ironman

Marido da triatleta Denise Veberling, assessora parlamentar e personal trainer, o ministro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, parabenizou Fortaleza pela realização do Ironman, que neste ano chegou à sexta edição.

Ele esteve nesse domingo (22) com o secretário executivo do Turismo de Fortaleza (Setfor), Erick Vasconcelos, no Rio de Janeiro, que divulgava a sétima edição do Ironman Fortaleza, durante a realização do Ironman do Rio de Janeiro, disputado por Veberling.

Lorenzoni destacou a competição na divulgação do turismo e disse que Fortaleza é privilegiada por sediar uma etapa das provas mais cobiçadas pelas cidades brasileiras.

Segundo Erick Vasconcelos, ainda faltam alguns detalhes para a realização da etapa de 2020, em Fortaleza, que deverá receber a parceria do Governo do Estado.

(Foto: Leitor do Blog)

Dia do Comerciário – Lojas do Centro e de shoppings não abrem em Fortaleza

Neste Dia do Comerciário, lojas de rua de Fortaleza e dos shoppings não vão abrir, seguindo acordo firmado com o Sindicato dos Lojistas de Fortaleza. Mas frigoríficos, supermercados e postos de combustíveis abrem normalmente.

O Sindilojas informa ainda que ficou acertado com os comerciários que lojas vão abrir nos feriados de 12 de outubro, dia da padroeira do Brasil – Nossa Senhora Aparecida), e no dai 2 de novembro – Finados.

O Centro de Turismo (antiga Emcetur) informa que vai funcionar das 8 às 12 horas.

(Foto – Julio Caesar)

Universidades oferecem serviços gratuitos à população nesta semana

Nesta semana, mais de 550 instituições de ensino superior em todo o país oferecem mais de seis mil atividades gratuitas para a comunidade. Entre os serviços ofertados estão consultoria jurídica, orientação profissional e educacional, assistência à saúde, promoção da inclusão digital e atividades culturais, recreativas e esportivas.

As atividades, que fazem parte da 15ª Campanha da Responsabilidade Social do Ensino Superior Particular, são voltadas a públicos de todas as idades e oferecidas por estudantes, professores e funcionários das instituições. A Campanha, promovida anualmente pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (Abmes), começa nesta segunda-feira (23) e segue até sábado (28).

De acordo com os organizadores, participam do evento tanto instituições particulares quanto públicas, além daquelas vinculadas ao Sistema “S”. Não é necessário ser associada à Abmes para integrar a Campanha.

Os interessados podem verificar nas instituições de ensino superior se elas estão participando da Campanha. Também podem conferir nas próprias faculdades e sites institucionais quais os horários e que atividades são oferecidas.

Responsabilidade social

Todas as instituições participantes recebem da Abmes o “Selo Instituição Socialmente Responsável”, que certifica a atuação social e pode ser estampado em espaços como site e material promocional.

Desde a criação, em 2005, o projeto proporcionou cerca de 16 milhões de atendimentos à população, com aproximadamente 90 mil atividades realizadas, que envolveram mais de 1,5 mil instituições de todo o país, de acordo com a Abmes.

A Campanha de Responsabilidade Social do Ensino Superior Particular foi criada para aproximar os setores acadêmicos privado e público com a comunidade em geral. Inicialmente, as ações eram concentradas em um só dia, porém, desde 2014, a programação foi estendida para uma semana.

O objetivo é dar mais visibilidade aos projetos de responsabilidade social realizados ao longo de todo o ano pelas instituições, além de ser oportunidade para os alunos exercerem a prática de seus cursos e ampliarem a consciência social.

(Agência Brasil)

Ataques criminosos são registrados nessa noite de domingo em Fortaleza

159 1

Ataques criminosos foram registrados na noite deste domingo, 22, e o comando da Polícia Militar do Ceará pediu que a tropa entre em alerta. Fontes da segurança pública do Estado registraram ocorrências de tentativa de incêndio em loja de veículos na avenida Godofredo Maciel, no Mondubim, e tentativa de incêndio de veículo no bairro Caça e Pesca,ambos em Fortaleza. Na loja, o vigilante conseguiu apagar o fogo. No Caça e Pesca o princípio de incêndio também foi contornado.

Além disso, um caminhão carregado de papel higiênico pegou fogo no Parque Sul, em Maracanaú, Região Metropolitana de Fortaleza. No entanto, existe a possibilidade de que este último incêndio tenha sido ocasionado por pane elétrica.

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Alexandre Ávila de Vasconcelos, enviou áudio à tropa na noite deste domingo, no qual pede que todos os homens da Polícia Militar do Ceará estejam atentos à onda de ataques que vêm acontecendo na Capital desde a noite da sexta-feira, 20. O coronel disse que estava se deslocando para a sede da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) para traçar estratégias de combate aos ataques.

Helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) realiza sobrevoos neste momento nas proximidades do 4º Anel Viário, nas imediações do bairro Pedras.

Entre a noite de sábado e a madrugada de domingo, incêndios criminosos a caminhões foram registrados em diferentes áreas de Fortaleza. Uma das ocorrências foi na Cidade 2000, onde um veículo particular foi incendiado na Avenida das Adenanteras, às 21 horas do sábado. Episódio semelhante foi registrado por volta da meia-noite de domingo, com incêndio de três caminhões no quilômetro 14 da BR-116.

Áudio do comandante

“O dever nos chama mais uma vez para proteger as pessoas de bem. A partir de agora, todos nós passamos à situação de sobreaviso, uma situação de crise que está ganhando proporções desde ontem (sábado). Todos devem estar atentos, com os celulares ligados, prontos para combate, orientar as suas patrulhas, monitorar atividades operacionais das suas respectivas áreas. Estou me deslocando, nesse momento, para a Secretaria da Segurança Pública juntamente com o alto comando da PM para traçarmos as estratégias e as diretrizes a serem tomados a partir de agora. Conto com a colaboração de todos e juntos vamos para o combate prontos para mais uma vez, se Deus quiser e com Deus ao lado, vencer mais essa batalha. Deus conosco. Polícia Militar, raça de fortes, povo de bravo”. Coronel Alexandre Ávila de Vasconcelos.

(Foto – WhatsApp)

Contas externas têm déficit de US$ 427 bilhões em agosto

O déficit em transações correntes, que são compras e vendas de mercadorias e serviços e transferências de renda do Brasil com outros países, chegou a US$ 4,274 bilhões, segundo dados divulgados hoje (23) pelo Banco Central (BC). O resultado ficou bem acima do registrado em igual mês de 2018: déficit de US$ 1,757 bilhão.

De janeiro a agosto, o déficit chegou a US$ 30,277 bilhões, contra US$ 18,372 bilhões em igual período do ano passado.

Entre os dados das contas externas está a balança comercial, que registrou superávit de US$ 2,664 bilhões, em agosto e acumulou US$ 27,164 bilhões, nos oito meses do ano.

Por outro lado, a conta de serviços (viagens internacionais, transporte, aluguel de investimentos, entre outros) registrou saldo negativo de US$ 2,461 bilhões, em agosto, e de US$ 23,327 bilhões, de janeiro a agosto deste ano.

A conta renda primária (lucros e dividendos, pagamentos de juros e salários), que também faz parte das transações correntes, ficou negativa em US$ 4,727 bilhões no mês passado e em US$ 35,107 bilhões, em oito meses.

A conta de renda secundária (renda gerada em uma economia e distribuída para outra, como doações e remessas de dólares, sem contrapartida de serviços ou bens) teve resultado positivo de US$ 249 milhões, em agosto, e de US$ 992 milhões, em oito meses.

Investimento estrangeiro

Em agosto, o resultado negativo para as contas externas foi totalmente coberto pelos investimentos diretos no país (IDP). Quando o país registra saldo negativo em transações correntes precisa cobrir o déficit com investimentos ou empréstimos no exterior.

A melhor forma de financiamento do saldo negativo é o IDP, porque os recursos são aplicados no setor produtivo. No mês passado, o IDP chegou a US$ 9,470 bilhões, contra US$ 9,651 bilhões de igual mês de 2018. De janeiro a agosto, esses investimentos totalizaram US$ 41,213 bilhões, contra US$ 46,037 bilhões em igual período do ano passado.

(Agência Brasil)

Especialistas alertam para risco de pandemias globais

Estudo que aponta para o risco de pandemias globais de doenças graves como Ebola, influenza e a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS) será apresentado na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), na terça-feira (24).

O relatório A World At Risk (Um mundo em risco) é o primeiro documento anual elaborado pelo órgão independente Global Preparedness Monitoring Board – GPMB (Conselho de Monitoramento da Preparação Global). O órgão foi lançado em maio de 2018, pelo Banco Mundial e pela Organização Mundial da Saúde (OMS), e é formado por 15 membros, entre líderes políticos, chefes de agências e especialistas de vários países.

Segundo o relatório, questões como conflitos prolongados, estados frágeis e migrações forçadas favorecem a rápida circulação de vírus letais em todo o mundo, bem como as mudanças climáticas, a crescente urbanização e a falta de água tratada e de saneamento básico.

De acordo com a co-presidente do GPMB, Gro Harlem Brundtland, os líderes mundiais têm respondido às emergências em saúde com ciclos de pânico e negligência.

Ações urgentes
“Está mais do que na hora de trabalhar em ações urgentes e continuadas. Isso deve incluir aumento do financiamento em níveis locais, nacionais e internacionais para evitar a propagação de surtos. Também exige que os líderes tomem medidas proativas para fortalecer os mecanismos de coordenação e de preparação entre os governos e a sociedade para responder rapidamente a uma emergência.”

Segundo o documento, se o mundo enfrentasse um surto como a pandemia de Influenza de 1918, o vírus poderia se espalhar globalmente em 36 horas e o número de vítimas fatais poderia chegar a 80 milhões de pessoas. Conhecida como Gripe Espanhola, estima-se que a pandemia de 1918 infectou 500 milhões de pessoas, um terço da população mundial na época, com 50 milhões de mortes, o equivalente a cerca de 3% da população.

O relatório alerta que uma pandemia nessas proporções na atualidade pode destruir 5% da economia global, além de colapsar muitos sistemas nacionais de saúde, atingindo as comunidades mais pobres. De acordo com o levantamento, entre 2011 e 2018 a OMS acompanhou 1.483 eventos epidêmicos em 172 países, de doenças como Ebola, Zika, SARS e febre amarela. No Brasil, foram detectadas no período epidemias de febre amarela, malária e Zika.

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou que os surtos mais graves de doenças como Ebola, cólera e sarampo geralmente ocorrem nos locais que possuem os sistemas de saúde mais fracos.

“Como líderes de nações, comunidades e agências internacionais, devemos assumir a responsabilidade pela preparação de emergências e prestar atenção às lições que esses surtos estão nos ensinando. Temos que tomar medidas preventivas antes que eles aconteçam.”

O texto destaca que algumas providências foram tomadas após o surto de Ebola de 2014 na África Ocidental, que infectou 28,6 mil pessoas e fez 11,3 mil vítimas fatais, principalmente em Serra Leoa, Guiné e Libéria. Segundo o relatório, o custo econômico e social da epidemia na região foi de 53 bilhões de dólares.

A OMS decretou o fim do surto em janeiro de 2016, porém, um novo foi detectado em agosto de 2018 na República Democrática do Congo e já registrou 2,6 mil casos, com 1,8 mil mortes, segundo dados da OMS.

O relatório A World At Risk diz que, em julho de 2019, 59 países desenvolveram um Plano de Ação Nacional para Segurança da Saúde, mas, até o momento, nenhum deles foi totalmente financiado.

Brasil

No Brasil, após a pandemia de influenza de 2009, o governo lançou, em 2010, a Estratégia Nacional de Vacinação Contra o Vírus da Influenza Pandêmica (H1N1). Na época, chamada de gripe suína, a pandemia de 2009 matou 18,5 mil pessoas no mundo todo. Porém, um estudo publicado pela revista médica The Lancet Infectious Diseases aponta que o número de mortes pode estar entre 151,7 mil e 575,4 mil entre os anos de 2009 e 2010.

O Brasil registrou 50.482 casos em 2009, com 2.060 mortes por influenza A/H1N1, segundo dados do Ministério da Saúde. Após o início da vacinação, em 2010 foram 973 casos da doença e 113 mortes. Em 2011, os números caíram para 181 casos e 21 mortes.

O diretor da Divisão de Ensaios Clínicos e Farmacovigilância do Instituto Butantan, Alexander Precioso, destaca a importância da estratégia brasileira de imunização para controlar os surtos de doenças infectocontagiosas transmitidas por vírus.

“O Instituto Butantan foi identificado como um produtor de vacinas de influenza estratégico e recebe apoio técnico e financeiro para produzir lotes de vacinas de determinadas cepas de vírus influenza que teriam o potencial de causar pandemia. Ocorreu no passado com o vírus Influenza H5N1, depois com o H1N1 e finalizamos este ano o estudo clínico de outro vírus influenza potencialmente pandêmico que é o H7N9”.

Segundo Precioso, o vírus H7N9 ainda não se disseminou de forma alarmante entre seres humanos, tendo ocorrido predominantemente entre animais. Porém, o monitoramento internacional da OMS identificou o H7N9 como tendo potencial para desenvolver um comportamento de rápida disseminação levando a uma potencial pandemia.

O diretor reitera que a vacinação é uma ação emergencial para ajudar a conter surtos, mas deve ser coordenada com outras medidas importantes para evitar uma epidemia.

“Não é só ter a capacidade de produzir vacinas, mas é ter todo um contexto de políticas de saúde que vão abordar as diversas áreas que possam contribuir para o controle de uma determinada pandemia. Exemplos: disponibilidade de ter a vacina, acesso aos serviços que podem imunizar, condições mais gerais que a população se encontra. É muito mais fácil você controlar uma pandemia em uma sociedade onde questões de saneamento e nutrição são adequados do que em regiões precárias.”

Atualmente, o Brasil tem enfrentado o aumento de casos de sarampo e de dengue, iinformou.

Recomendações

O relatório A World At Risk traz sete recomendações urgentes para os líderes mundiais se prepararem para enfrentar emergências em saúde. A primeira é se “comprometer com a prevenção, implementando integralmente o Regulamento Sanitário Internacional e aumentando o investimento em prevenção como parte integrante da segurança nacional e internacional.”

A segunda é o compromisso político de países e de organizações intergovernamentais regionais para cumprir o financiamento para prevenção e monitorar o progresso nas reuniões anuais. O relatório indica que todos os países construam “sistemas resistentes de prevenção”, com coordenadores de alto nível e prioridade para o envolvimento da comunidade.

Os países, doadores e instituições multilaterais “devem se preparar para o pior cenário de uma pandemia de vírus respiratório em rápida evolução”, promovendo pesquisas e o desenvolvimento de novas vacinas e medicamentos, com compartilhamento rápido de informações. As organizações internacionais de financiamento devem integrar o tema a seus planejamentos e sistemas de incentivos, assim como os financiadores de assistência ao desenvolvimento de países mais pobres e vulneráveis.

O relatório recomenda que a ONU fortaleça a prevenção e a coordenação da resposta a epidemias internacionalmente.

(Agência Brasil)