Blog do Eliomar

Últimos posts

Ex-presidente do TCU tem biografia lançada em Fortaleza

Ubiratan Aguiar, ex-presidente do Tribunal de Contas da União e ex-parlamentar, ganhou uma biografia. Assinada pela jornalista e escritora Luiza Helena Amorim, que já escreveu uma sobre Adísia Sá.

O lançamento do livro “Ubiratan Aguiar – Pelas sendas do tempo” ocorrerá nesta terça-feira, a partir da 19 horas, no Ideal Clube, como convida a própria autora em vídeo gravado em suas redes sociais.

CGU identifica pagamentos irregulares no Mais Médicos

Pagamentos irregulares no programa Mais Médicos para ajuda de custo e bolsa formação dos profissionais contratados podem ter produzido um prejuízo de mais de R$ 2 milhões, segundo uma auditoria do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) divulgada hoje (10). O volume de recursos se refere a mais de 2% do total analisado, de R$ 87 milhões, relacionados a esse tipo de repasse.

A avaliação sobre o programa, criado em 2013 para suprir a carência de médicos em locais mais vulneráveis do país, teve como principal alvo a Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES), mas também incluiu fiscalizações em 198 municípios, 233 Unidades Básicas de Saúde e 14.265 médicos. “Em 26% das equipes houve descumprimento, por parte de médicos, da carga horária mínima obrigatória de 40 horas semanais”, destacaram os auditores.

Outro problema constatado foi a falta de detalhamento na prestação de contas apresentadas pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), que firmou acordo com o Governo Federal para executar o programa. De acordo com a equipe da Controladoria, a SGTES não tem controle sobre os produtos e serviços realizados e não acompanhou a execução técnica e financeira definida nos planos de trabalho.

“Tais fragilidades propiciaram a transferência antecipada de recursos federais para realização de despesas relacionadas à ajuda de custo, passagens nacionais e internacionais, seguro, logística, acolhimento e recesso, além de bolsa-formação, no montante de R$ 316,6 milhões – que podem se concretizar em prejuízo ao erário”, concluiu a equipe de auditores.

Distribuição de médicos

A CGU ainda afirmou que a distribuição dos médicos não atendeu prioritariamente às vagas que precisavam ser preenchidas nos municípios classificados como mais vulneráveis. E, das entrevistas realizadas com pacientes, apontou que 12% das pessoas ouvidas relataram dificuldades de comunicação com médicos, que falam outro idioma. Apesar disso, apenas 19 casos (1,8%) indicaram que a diferença de idiomas inviabilizou uma consulta ou tratamento.

Na lista de recomendações, que devem ser atendidas pelo Ministério da Saúde até outubro, está a adoção de medidas para que os recursos indevidamente utilizados sejam ressarcidos. O órgão orienta a SGTES a melhorar as normas do programa e a prestação de contas e ampliar o controle sobre os sistemas utilizados pelo Ministério da Saúde na gestão das ações.

Em nota, o Ministério da Saúde reiterou que está atendendo as recomendações e afirmou que vem implementando mecanismos de monitoramento e controle para evitar a reincidência dos fatos. No caso da prestação de contas, a pasta criou um grupo de trabalho para analisar os dados a cada seis meses.

“É importante ressaltar que o Ministério da Saúde vem aprimorando o Programa Mais Médicos para tornar o processo de andamento mais fácil e transparente. Recentemente publicou um edital permitindo a inclusão de municípios que ainda não fazem parte do Programa. A partir da manifestação de interesse, será feita uma reavaliação dos critérios de distribuição dos médicos”, informou a assessoria da pasta.

(Agência Brasil/Foto – Agência RBS)

Mercado financeiro projeta inflação de 4,05% para este ano

Instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) reduziram a estimativa de crescimento da economia e da inflação para 2018. A informação consta do boletim Focus, publicado semanalmente pelo BC, com projeções para os principais indicadores econômicos. A estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) passou de 4,16% para 4,05% este ano.

A redução ocorreu após a deflação registrada em agosto (0,09%), divulgada na quinta-feira (6) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Para 2019, a projeção para o IPCA permanece em 4,11%. Para 2020, a estimativa segue em 4% e para 2021 passou de 3,92% para 3,87%. Para 2018 e 2019, as estimativas estão abaixo do centro da meta que deve ser perseguida pelo BC este ano, de 4,5%, com limite inferior de 3% e superior de 6%. Para 2019, a meta é 4,25%, com intervalo de tolerância entre 2,75% e 5,75%.

Já para 2020, a meta é 4% e 2021, 3,75%, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para os dois anos (2,5% a 5,5% e 2,25% a 5,25%, respectivamente).

Visando alcançar a meta de inflação, o BC usa como instrumento a taxa básica de juros (Selic), atualmente em 6,5% ao ano. De acordo com o mercado financeiro, a Selic deve permanecer em 6,5% ao ano até o final de 2018. Para 2019, a expectativa é de aumento da taxa básica, terminando o período em 8% ao ano e permanecendo nesse patamar em 2020 e 2021.

Quando o Comitê de Política Monetária (Copom) aumenta a Selic, a meta é conter a demanda aquecida, e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Quando o Copom diminui a Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação.

A manutenção da taxa básica de juros, como prevê o mercado financeiro este ano, indica que o Copom considera as alterações anteriores suficientes para chegar à meta de inflação.

Atividade econômica

A projeção para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – foi reduzida de 1,44% para 1,40% neste ano. Para 2019, 2020 e 2021, a estimativa para o crescimento do PIB continua em 2,5%.

A previsão do mercado financeiro para a cotação do dólar permanece em R$ 3,80 no final deste ano e em R$ 3,70 no fim de 2019.

(Agência Brasil)

O crime avança na “Cidade da Paz”

Com o título “O crime avança na Cidade da Paz”, eis o que escreve, em sua coluna no O POVO desta segunda-feira, o jornalista Thiago Paiva.

Antes conhecida nacionalmente como a “Cidade da Paz”, Paramoti, na microrregião de Canindé, a 104 km de Fortaleza, não registrava um homicídio há cerca de dois anos. Desde o último mês de julho, porém, foram contabilizados três assassinatos. Segundo informações da Polícia Civil local, os crimes teriam sido motivados por uma disputa – em fase inicial – de território para o tráfico de drogas. Famílias também foram expulsas de casa por criminosos.

A morte mais recente ocorreu em 1º de setembro,na Zona Rural. Adriano Alves Sousa, 41, foi executado a tiros. No mesmo fim de semana, fachadas de residências, creche municipal e empresa de telefonia amanheceram pichadas com as siglas e números de duas facções. “Td nosso o q no for nós toma (sic)”, ameaçam.

A situação é nova para os paramotienses. Amedrontados, moradores não sabem se repintam suas fachadas ou ignoram o vandalismo. Muitos ainda estavam acostumados à calmaria que por diversas vezes estampou as páginas do O POVO. Em dezembro do ano 2000, matéria assinada pelo jornalista Flávio Pinto narrou os assassinatos que interromperam o intervalo impressionante de 89 anos sem que um único homicídio fosse contabilizado na então pacata cidade.

Foi durante abordagem policial a um grupo de ciganos, que brigavam entre si e receberam os PMs “à bala”. O sargento José Maria do Nascimento e o cigano Severino Adelmo Tenório morreram na troca de tiros. À época, a Prefeitura local sustentou que os óbitos não interromperam a sequência de quase 90 anos sem homicídios, alegando que as vítimas teriam morrido durante atendimento médico, já no caminho para Fortaleza. Pura bobagem.

Folha de São Paulo, Veja e Fantástico também já abordaram a baixa criminalidade na pequena cidade, hoje com 11.578 habitantes, segundo estimativa do IBGE, apesar da rotina de violência enfrentada na Capital. Fato é que, curiosamente, as facções demoraram a perceber que ainda existia terreno no Estado para fincarem suas trincheiras.

“Não existe mais ‘território da paz’. Hoje em dia, o tráfico tomou conta de tudo. Paramoti era um terreno virgem que o tráfico descobriu e tenta tomar. Há muito tempo não temos casos de latrocínio. Todas as mortes, absolutamente todas, são por briga de facção, briga de bar ou feminicídio. Estão tentando criar asas por aqui”, confirma o delegado titular da Regional de Canindé, Daniel Aragão Mota.

Com Paramoti sob a sua jurisdição, Mota afirma que não houve denúncia sobre as pichações, mas determinou investigação. Segundo ele, os suspeitos das mortes ocorridas em julho – um duplo homicídio – já foram presos, restando a identificação do autor do crime mais recente. A dificuldade, contudo, estaria na falta de pessoal e de estrutura.

Para suprir as necessidades do município, e também da vizinha Caridade, um “posto de polícia” foi montado nas duas cidades, com apoio das prefeituras. Os executivos cederam sala, computador e internet, enquanto um escrivão da regional se reveza, em dias úteis, registrando BOs. O policiamento ostensivo é feito por uma única viatura da PM.

Nem militares, nem civis, porém, foram procurados quando da expulsão de moradores por criminosos, também na Zona Rural, dias antes das mortes de julho. “Paramoti é uma cidade esquisita com relação às denúncias. Eles não vêm aqui. Recentemente, tomamos conhecimento pela mídia de que moradores foram expulsos de casa pelas facções. De imediato, pedimos busca e apreensão, prendemos dois, apreendemos armas e acabou. Não houve novos casos”, resumiu o delegado.

O motivo do silêncio dos moradores, contudo, está subentendido nas entrelinhas da situação desenhada. Houve um choque de realidade na população interiorana, que passou a conhecer o medo de perto. Nas casas onde antes se dormia com as portas abertas, grades e cadeados.

Assaltos na Zona Rural, inclusive, estariam provocando um êxodo para a sede. “A gente não sabe conviver com isso. Talvez, no próximo censo, será primeira vez que população urbana será maior que a rural, em 60 anos de história da cidade”, contou um morador ouvido pela coluna, que prefere não ser identificado.

O drama de Paramoti é retrato da forma como as facções se espraiaram pelo Estado. Há, porém, uma oportunidade em meio à tragédia. Talvez, a situação devesse ser enfrentada como uma chance para experimentar políticas públicas de prevenção e tecnologias de repressão ao crime, minimamente organizado, na Zona Rural, poupando o sertanejo dessa rotina de violência. Fica a sugestão, e também o apelo. Nosso e dos paramotienses.

TRE manda retirar Elba Ramalho da propaganda de Eduardo Girão

355 4

O Tribunal Regional Eleitoral, por meio do juiz José Vidal Silva Neto, determinou que a coordenação da campanha de Eduardo Girão, postulante do PROS ao Senado, se abstenha de veicular, em sua propaganda eleitoral, depoimento da cantora Elba Ramalho.

Acatou representação interposta pelos advogados do candidato ao Senado pelo MDB, Eunício Oliveira.

A artista aparece no vídeo, veiculado na propaganda de Girão, dizendo “Assim é Eduardo Girão”. Refere-se principalmente à posição dele contra o aborto.

(Foto – Divulgação)

Roberto Carlos fará show num… estacionamento

O cantor Roberto Carlos já tocou em navios e estádios de futebol, mas, segundo informa a Veja Online, o artista vai ousar e se apresentar em local inusitado: num estacionamento.

O show, a ser realizado em Aracaju (SE), faz parte da estratégia de lançamento de um prédio da incorporadora de Roberto Carlos que entrou de vez nesse ramo.

Com tantas emoções, é claro.

(Foto – Divulgação)

Morre jurista Hélio Jaguaribe

Vítima de falência múltipla dos órgãos, morreu, nessa noite de domingo, em sua residência, no bairro de Copacabana, no Rio de Janeiro, o jurista, acadêmico, sociólogo e escritor Hélio Jaguaribe.

O velório ocorrerá na Sala dos Poetas Românticos, no Petit Trianon, a partir das 10 horas desta quarta-feira (12), enquanto o enterro está previsto para o mesmo dia, às 15 horas, no Mausoléu da Academia Brasileira de Letras (ABL), no Cemitério São João Batista, em Botafogo.

Hélio Jaguaribe deixa viúva, Maria Lucia Charnaux Jaguaribe, e cinco filhos, Anna, Roberto, Claudia, Beatriz e Isabel. Nono ocupante da Cadeira nº 11 da ABL, foi eleito em 3 de março de 2005, na sucessão de Celso Furtado, e recebido em 22 de julho de 2005, pelo Acadêmico Candido Mendes de Almeida.

(Com Agências/Foto – Agência Câmara)

Conselho Regional de Contabilidade tira dúvidas sobre a prestação de contas eleitorais

O Conselho Regional de Contabilidade do Ceará (CRC/CE) disponibiliza, desde agosto, serviço Zap Eleição, pioneiro no país e que objetiva esclarecer dúvidas sobre a prestação de contas eleitorais, por meio do aplicativo Whatsapp. O serviço, segundo a cúpula da entidade, é gratuito e coordenado pela comissão de Prestação de Contas Eleitorais do CRC do Estado.

“Os principais questionamentos se referem à operacionalização do Sistema de Prestação de Contas Eleitorais (SPCE), além da forma de utilização das contas bancárias, como depósitos ou transferências eletrônicas”, afirma Helder Medeiros Alencar A. Neto, integrante da Comissão. Ele ainda cita o uso do Zap Eleição por outros estados, como São Paulo e Piauí. “Nós, da Comissão de Prestação de Contas Eleitorais do CRC/CE, nos sentimos lisonjeados por podermos oferecer uma grande contribuição ao país, no momento em que a democracia toma forma, que são as eleições”, diz.

As perguntas podem ser formuladas a qualquer hora e serão respondidas por cinco profissionais da contabilidade durante o horário comercial, em até 24 horas. As respostas serão informadas por ordem de entrada no aplicativo, por escrito ou áudio.

SERVIÇO

*As dúvidas devem ser enviadas para o número (85) 98728-0358 até o dia 17 de novembro, fim do prazo para prestação de contas eleitorais dos candidatos.

Bolsonaro vai se submeter a nova cirurgia, diz hospital

Um boletim médico divulgado às 10h07min desta segunda-feira (10) aponta que “será necessária uma nova cirurgia de grande porte posteriormente, a fim de reconstruir o trânsito intestinal e retirar a bolsa de colostomia” do candidato a presidente da República pelo PSL, Jair Bolsonaro. A informação foi divulgada pelas agências de notícias

“O paciente permanece ainda com sonda gástrica aberta e em íleo paralítico (paralisia intestinal), que ocorre habitualmente depois de grandes cirurgias e traumas abdominais. Ontem, havia uma movimentação intestinal ainda incipiente e que persiste do mesmo modo hoje”, aponta o boletim médico.

Ainda de acordo com o hospital, Bolsonaro permanece sem sinais de infecção, recebendo o suporte clínico, cuidado de fisioterapia respiratória e motora, e alimentação por soro.

(Foto – Facebook)

Advogados de Lula vão ao STF para ampliar prazo de substituição de candidato à Presidência

266 1

Um novo pedido a ser apresentado ao Supremo Tribunal Federal (STF) para ampliar o prazo de substituição de Lula na corrida à Presidência da República foi divulgado, nesta segunda-feira, pelos advogados de defesa do ex-presidente. A informação é do Portal G1, adiantando que o objetivo é adiar o prazo de substituição desta terça (11) para o próximo dia 17 de setembro, segunda-feira da próxima semana. O pedido será analisado pelo ministro Celso de Mello, responsável pelo caso no STF.

Os advogados haviam feito o mesmo pedido ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A presidente da Corte, Rosa Weber, negou prorrogar o prazo, mas enviou o recurso extraordinário, que discute a inelegibilidade do petista, para apreciação do STF.

“Não há como aguardar a análise do tema [recurso extraordinário] pelo plenário desta Corte. Não há tempo. Ou se tem uma decisão até o próximo dia 11 de setembro – deadline imposto pelo acórdão recorrido, em outra guinada jurisprudencial – ou a candidatura de Lula será enterrada viva”, afirmou a defesa.

A defesa também pediu que Celso de Mello leve ao plenário do STF um pedido para suspender, de forma provisória (liminar), a decisão do TSE que rejeitou sua candidatura, de modo a permitir Lula disputar as próximas eleições.

(Foto – Agência Brasil)

Praça Padre Cícero tem primeira etapa de reforma entregue à população

A primeira etapa da reforma da Praça Padre Cícero, em Juazeiro do Norte, foi entregue, no fim de semana. O ato foi simples e contou com a participação de autoridades municipais e da Banda de Música Municipal, que executou repertório que lembrava os momentos marcantes da história dos frequentadores do lugar, enquanto o som da Ave Maria, de Schubert, reinaugurou as execuções sonoras da coluna da hora.

O pesquisador e historiador Daniel Walker, que escreveu um livro de memórias sobre a Praça Padre Cícero, destacou a beleza resgatada e disse que jamais havia visto a praça tão iluminada como atualmente. Na ocasião, houve um momento de silêncio em homenagem a quatro romeiros mortos em acidente, provenientes de Ararendá.

Na próxima etapa da reforma, esses dois equipamentos, tanto a Coluna quanto a estátua do Padre Cícero, passarão por uma reforma mais ampla, como restauração completa da máquina mecânica do relógio, incluindo confecção de novas peças do mostruário, limpeza, adaptação e restauração dos sistemas, revitalização dos cabos de aço, restauração do indicador das fases da lua, além de outras peças como satélite e gabinete, informa a Prefeitura.

(Foto – Divulgação)

FPM – Primeiro repasse de setembro inicia com queda

O primeiro decêndio de setembro do Fundo de Participação dos Municípios será creditado, nesta segunda-feira, nas contas das prefeituras. O valor é de R$ 1.954.143.576,94, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Em valores brutos, incluindo o Fundeb, o montante é de R$ 2.442.679.471,18.
A boa notícia é que, em relação ao acumulado do ano, o valor total do FPM apresenta crescimento positivo.

O total repassado aos Municípios brasileiros entre janeiro e o 1º decêndio deste mês aumentou 7,93% em termos nominais em relação ao mesmo período de 2017. Considerando a inflação, o Fundo acumulado de 2018 cresceu em 5,48%.

Como a Confederação Nacional de Municípios (CNM) alertou aos gestores, o FPM tende a ser menor neste segundo semestre, o que demanda cautela e planejamento. Após uma sequência de repasses com resultados positivos em comparação ao ano passado, as prefeituras brasileiras vão se deparar com um valor 8,19% abaixo do transferido no mesmo decêndio de 2017, em termos nominais – sem considerar os efeitos da inflação. Deflacionado, os dados da Secretária do Tesouro Nacional (STN) indicam uma queda de -3,11%.

General Theophilo vai expor propostas para o comércio durante almoço na FCDL

O General Theophilo, candidato a governador pelo PSDB, vai almoçar, a partir das 12h30min desta segunda-feira, na sede da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL). Ele atende a um convite do presidente da entidade, Freitas Cordeiro.

Ali, o tucano vai expor suas propostas para o Governo do Ceará, principalmente o capítulo que diz respeito ao desenvolvimento do comércio.

SERVIÇO

FCDL – Rua 25 de Março, 988 – Centro.

(Foto – Fábio Lima)

Camilo abre nesta segunda-feira série de entrevistas da TV Verdes Mares com candidatos ao Governo

A TV Verdes Mares inicia, nesta segunda-feira, dentro do CE-TV 1ª Edição, uma série de entrevista com os candidatos ao Governo do Ceará. O primeiro convidado é o governador Camilo Santana (PT), com o encontro marcado para as 11h45min, informa sua assessoria de campanha.

O governador, na sua agenda, ainda fará, a partir das 19 horas, no comitê central, situado no bairro Dunas, um encontro com prefeitos, deputados, vereadores, ex-vereadores e candidatos a cargos proporcionais e lideranças. A ordem é reforçar a campanha.

DETALHE – Ainda neste mês, o Grupo Cidade de Comunicação também fará uma série de entrevistas ao vivo com os postulantes ao Governo, dentro do Jornal da Cidade.

(Foto – Divulgação)

Em pesquisa pós-atentado, Bolsonaro chega a 30%. Ciro vem em segundo

908 8

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, subiu 4%, passando de 26 para 30% das intenções de voto. [E o que mostra pesquisa registrada pelo BTG. Foi a primeira pesquisa pós-atentado, informa a Veja Online nesta segunda-feira.

Bolsonaro subiu também na intenção de voto espontânea, saindo de 21 para 26%.

Já Ciro Gomes (PDT) vem em segundo lugar, com 12%, o mesmo porcentual que tinha no levantamento anterior.

Marina Silva, Fernando Haddad e Geraldo Alckmin estão empatados com 8%. Na pesquisa anterior, Marina tinha 11%, Alckmin estava com os mesmos 8% e Haddad, 6%.

João Amoêdo, Álvaro Dias e Henrique Meirelles estão com 3%. Do trio, o único com trajetória ascendente é Meirelles. No levantamento anterior, ele teve 2%. Antes, cravava 1%

Amoêdo, na pesquisa anterior, estava com 4%.

A pesquisa foi feita pela FSB entre os dias 8 e 9 de setembro, com 2000 eleitores, e está registrada no TSE com o número 01522/2018. A margem de erro é de 2%, com intervalo de confiança de 95%

STF decide nesta terça-feira se Bolsonaro vai virar réu em acusação de racismo

A Primeira Turma do Supremo vai retomar o julgamento da acusação de racismo contra Jair Bolsonaro (PSL) nesta terça-feira (11). A informação é da Coluna Painel, da Folha de S.Paulo.

O ministro Alexandre de Moraes, que interrompeu a discussão do caso no dia 28 de agosto com um pedido de vista, incluiu o processo na pauta do colegiado, presidido por ele. Será de Moraes o voto decisivo. Quando suspendeu o debate, havia um empate. O episódio que levou Bolsonaro ao STF é rumoroso e, não raro, mencionado por adversários da corrida eleitoral.

O voto de Moraes decidirá se Bolsonaro deve se tornar réu sob acusação de racismo. O presidenciável foi denunciado pela Procuradoria-Geral da República por ter, em uma palestra no Rio, se referido de maneira pejorativa a quilombolas. Na ocasião, ele disse que foi a uma aldeia e que o “afrodescendente mais leve lá pesava sete arrobas”.

O caso começou a ser discutido na Turma antes do atentado ao presidenciável, em Juiz de Fora, na quinta (6). Qualquer que seja a decisão do Supremo, ela terá implicação no debate eleitoral.

(Foto  Reprodução de TV)

Ato puxado por Luizianne pró-Lula no Cedro vira motivo de piada nas redes sociais. A deputada reage

722 7

Atualização às 15h15min

Virou motivo de piada nas redes socais o ato que a deputada federal Luizianne Lins (PT) tentou promover, nesse fim de semana, na cidade do Cedro. Tudo em favor de Lula. Nada de adesão e uma parlamentar praticamente sozinha, usando o microfone de um carro de som. A assessoria da parlamentar explica: foi um ato de última hora.

Tudo bem, mas expõe não só falta de mobilização, como também desorganização dentro do petismo que está fora das bênçãos oficiais.

Luizianne responde

Sobre o caso, a deputada feralLuizianne Lins r,andou uma nota para o Blog. Confira:

Caro Eliomar de Lima:

Semana passada, passamos pelo município de Cedro. Lá realizamos uma atividade rápida e simples. Daquelas pequenas ações que poucos políticos hoje estão podendo fazer: conversar cara a cara com o nosso povo. Fomos vítimas da maldade de alguns poucos que – escondidos através das redes sociais, que podem transformar as coisas em boas ou ruins – divulgaram um vídeo distorcendo nossa atividade. Ação típica de bolsonazis e bolsomitas que estão espalhando a mentira e o ódio em suas redes sociais. Como é o caso do Instagram que publicou o referido vídeo, cujo usuário denomina-se “@baseconservadora” e tem como a sua foto de perfil a foto de Bolsonaro. Eeeeca!!!!!

Fazemos uma campanha política séria, feita com o objetivo de atingir a maioria da população – que é justamente quem mais precisa ser visto pelos parlamentares – e que não precisa estar enxertada sempre de um séquito de seguidores acompanhando para fazer volume.

Estávamos em Jucás, em deslocamento para o Crato, e, na noite anterior, tivemos a ideia de marcar nossa passagem pelo Cedro – cidade que visitei por muitas vezes quando fui deputada estadual. Decidimos, na noite anterior, que seria uma caminhada com um carro de som no Centro, onde eu falaria para os comerciantes e comerciários locais. Objetivo completamente atingido. A atividade, que durou cerca de meia hora, foi um sucesso!

Tenho recebido muito carinho do povo de Fortaleza e de todo o Ceará. Por isso, fico com a força da nossa voz, da nossa garra e o apoio do povo, como disse Zeno Falcão – nosso companheiro e apoiador que mora no Cedro e articulou nossa passagem por lá que, em sua rede social (dia 06/09) publicou (sendo compartilhada por mim na minha própria página pessoal do Facebook): “Sorri para ela e saímos pelas ruas com astral pra cima e isso foi contagiante. Luizianne se inspirou tanto nesta caminhada pelas ruas do centro do Cedro que os comerciantes, funcionários de lojas, corriam para a calçada, sem saber se acreditavam que aquela voz, potente, segura e falando verdades era mesmo a Lôra guerreira do Ceará, se era mesmo Luizianne Lins… Foi muito emocionante, de verdade!…”.

Portanto, tudo transparente. Sem mentiras, ódios ou fakes!! Fazemos política com verdade! E é isso que nos importa!!!!

Luizianne Lins.
Deputada federal e candidata à reeleição

Rosa Weber nega pedido do PT para adiar substituição de Lula em chapa

246 1

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, negou, nesse domingo, 9, a prorrogação do prazo para o PT substituir o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na chapa presidencial. A informação é do Estadão.

Com a decisão, o partido tem até esta terça-feira, 11, para fazer a troca de nomes – a defesa do petista havia requerido que a data-limite fosse estendida para o dia 17 de setembro. Se não definir as candidaturas no prazo determinado, o PT pode ficar sem coligação na disputa ao Planalto.

Até agora, o nome mais forte para ocupar o lugar de Lula é o do ex-prefeito Fernando Haddad, que ainda figura como candidato a vice-presidente.

Os advogados eleitorais do ex-presidente haviam pedido ao TSE a prorrogação por mais seis dias do prazo. A defesa alegou que essa data deveria considerar a análise de recurso ao Supremo Tribunal Federal contra a decisão da própria Corte Eleitoral de negar o registro da candidatura de Lula. Para a defesa, uma decisão definitiva sem essa análise do Supremo seria uma “injustiça”.

A estratégia dos advogados do petista, agora, é fazer, entre esta segunda e terça, um “corpo a corpo” no Supremo em busca de uma “decisão relâmpago” para que não haja a substituição definitiva na chapa sem que o tribunal se pronuncie.

O TSE negou o registro da candidatura de Lula, condenado em segunda instância e preso na Lava Jato, por entender que o ex-presidente está enquadrado na Lei da Ficha Limpa. Lula está preso desde abril, cumprindo pena de 12 anos e 1 mês, após condenação por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do triplex.