Blog do Eliomar

Últimos posts

“Casal 20” do Ironman confirma presença em Fortaleza

foto ironman Timothy O'Donnell e Mirinda Carfrae

Ele é o vencedor do Ironman Brasil Florianópolis 2013 e segundo colocado em Brasília. Ela é bicampeã do Mundial de Ironman (2010 e 2013), e do Ironman 70.3 Brasília deste ano. Juntos, o norte-americano Timothy O’Donnell e a australiana Mirinda Carfrae formam o casal mais vencedor em provas de Ironman.

A dupla confirmou presença na prova que será disputada no dia 9 de novembro, em Fortaleza, na estreia da capital cearense nesse tipo de competição.

O Ironman Brasil Fortaleza é organizado pela Latin Sports e realizado pela Associação Brasileira Esportiva Social e Cultural Endurance (ABEE). Conta com o patrocínio da Mizuno e apoio do Governo do Estado do Ceará, Prefeitura Municipal de Fortaleza, Oakley, Gatorade, Federação de Triathlon do Estado do Ceará (FETRIECE), Aqua Sphere, Dafonte, Indaiá, Unimed Fortaleza, Servis Segurança, Marina Park Hotel e TriSport.

Papa diz que abrigos de idosos devem ser casas e não prisões

Durante discurso para cerca de 40 mil idosos na Praça de São Pedro, no Vaticano, o papa Francisco disse neste domingo (28) que nem todos os avôs e avós têm uma família pronta para os acolherem e, nesse caso, os abrigos e institutos para idosos são bem-vindos, desde que sejam “realmente casas e não ‘prisões’”. “Não podem existir centros onde os anciãos vivam esquecidos e escondidos”, afirmou.

O papa também ressaltou que os lares precisam ser realmente para os idosos e não para os interesses de alguém. “As residências devem ser pulmões da humanidade em um país, bairro ou em uma paróquia. Devem ser santuários de humanidade onde quem é velho e débil é cuidado como um irmão mais velho”, acrescentou.

Segundo Francisco, um povo que não cuida dos seus idosos, dos seus avós, e os maltratam, é um povo sem futuro, pois perde a memória e vive separado das próprias raízes. “Uma das coisas mais bonitas em uma família é poder acariciar uma criança e deixar-se acariciar pelo avô ou pela avó”, disse.

(Agência Brasil)

Indecisos usam debate na TV para escolher candidato, avalia Cid Gomes

Da Coluna Fábio Campos, no O POVO deste domingo (28):

Na reta final da campanha, o governador Cid Gomes (Pros) avalia que os debates na TV terão peso decisivo na disputa pelo Governo do Ceará. Não é à toa. Segundo a última pesquisa O POVO/Datafolha, na consulta estimulada, nada mais, nada menos do que 13% dos eleitores se declararam indecisos.

Na pesquisa espontânea do mesmo instituto, o índice de “não sabe” alcançou impressionantes 44%. É bom lembrar que a pesquisa espontânea reproduz a ação do eleitor diante da urna, que não tem uma lista de candidatos.

No Ibope, o índice de indecisos é de oito pontos percentuais na pesquisa estimulada. Ou seja, o candidato que conseguir atrair a maioria dos votos indecisos pode vencer a acirrada eleição para o Governo do Ceará.

Nesta segunda-feira (29), o governador entra de licença para se dedicar totalmente à campanha.

Após nova rodada de negociação, bancários mantêm greve a partir de terça-feira

Após uma nova rodada de negociações entre a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf) e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), os bancários decidiram manter a greve prevista para começar na terça-feira (30).

Na reunião desse sábado (27), os bancos elevaram o índice de reajuste de 7% para 7,35% para os salários, e de 7,5% para 8% para os pisos, segundo a Contraf.

“O Comando Nacional dos Bancários considerou a nova proposta insuficiente não somente do ponto de vista econômico, mas também porque ignora completamente as demais reivindicações da pauta de reivindicações da categoria”, informou a categoria, por meio de nota.

Os trabalhadores pedem reajuste salarial de 12,5% e piso salarial de R$ 2.979,25, entre outras reivindicações, como fim das metas, consideradas abusivas, combate ao assédio moral e isonomia de direitos para afastados por motivo de saúde.

(Agência Brasil)

Torcida do Vozão em festa: alvinegra é eleita Miss Brasil

foto miss ceará melissa gurgel

A estudante de Design de Moda e torcedora do Ceará Sporting, Melissa Gurgel, 20, foi eleita Miss Brasil, na madrugada deste domingo (28), no Centro de Eventos, em Fortaleza. Modelo há cinco anos, a torcedora alvinegra de 1,69 metro de altura e 57 quilos agora disputa o título de Miss Universo, a ser realizado no fim do ano, nos Estados Unidos.

Melissa Gurgel representou o Estado do Ceará, após vencer o concurso, em agosto, como representante do município de Maracanaú. A paulista Fernanda Leme ficou na segunda colocação do Miss Brasil, seguida pela potiguar Deise Benício.

O sucesso da guerra total petista

84 3

Da Coluna Fábio Campos, no O POVO deste domingo (28):

O formato da agressiva campanha de Dilma Rousseff (PT) contra Marina Silva (PSB) está dando resultados para a presidente. O fato veio estampado na pesquisa Datafolha divulgada na noite da sexta-feira (26). A diferença que era de sete pontos percentuais na pesquisa anterior saltou agora para significativos 13 pontos. Alerta para a oposição: caso consiga manter esse ritmo de crescimento e sugue mais votos de Marina, é possível que Dilma vença a disputa no primeiro turno.

O massacre do tempo de TV (11 minutos contra somente dois de Marina) e a melhora do desempenho de candidatos petistas ao Governo, como Minas Gerais e Rio Grande do Sul, entre outros fatores, ajudam a explicar o quadro exposto pelo Datafolha. No Ceará, estado onde praticamente não há campanha para a candidata do PSB, o último Ibope já antecipava o crescimento de Dilma sobre Marina. Aqui, a petista aumentou a diferença e cravou uma placar de 61% a 19%.

Por ironia do destino, a campanha de Aécio Neves acabou se transformando em uma via para ajudar a derrubar Marina e favorecer Dilma. Nas últimas três semanas, o tucano centrou fogo na candidata do PSB. Aécio esperava conquistar as simpatias dos eleitores “anti-Dilma”, mas a estratégia não funcionou. O tucano praticamente não cresceu. Apenas estancou sua sangria, mantendo-se em um patamar idêntico ao que marcou o início da campanha.

Os números do Datafolha apontam que a principal alteração no quadro da disputa presidencial se deu no Nordeste. Em apenas uma semana, a presidente Dilma ganhou seis pontos na região. Marina Silva perdeu 9%. Ou seja, a “guerra total” desferida pelo PT contra a candidata do PSB se encaixou sobremaneira na região mais pobre do País.

As últimas pesquisas já apresentavam uma tendência de crescimento de Dilma e declínio de Marina. Então, para quem se acostumou a ler pesquisas eleitorais, não é uma surpresa o resultado de agora. O principal problema de Marina já é bastante conhecido: não há estrutura de campanha e nem tempo no horário eleitoral capaz de se contrapor à sórdida campanha de desmoralização da candidata.

À oposição cabe agora, faltando apenas uma semana para a eleição, saber conduzir a campanha para tentar barrar a linha de crescimento de Dilma. Um crescimento de mais cinco pontos percentuais da petista, que alcançaria os 45% de intenção de voto, definirá a reeleição da presidente já no primeiro turno. Em tempo: o Ibope sai a campo neste domingo e segunda-feira para uma nova rodada de pesquisa nacional. A divulgação será na noite de terça-feira.

Prefeitura quer que empresas de ônibus custeiem gratuidade para deficientes

Um projeto de lei da Prefeitura de Fortaleza, assinado pelo prefeito Roberto Cláudio, prevê que o custeio da gratuidade para deficientes no sistema de transporte público seja feito pelas empresas que operam o serviço. O texto, que chegou à Câmara Municipal na última quarta-feira, impede que haja repasse do custo das gratuidades para as tarifas.

Em contrapartida, as empresas de ônibus e vans ficam isentas da taxa de vistoria. Mas o próprio texto alega que a arrecadação com a taxa, paga pelas concessionárias, está sendo inferior aos custos da gratuidade. É essa uma das justificativas para o projeto.

A arrecadação anual da taxa que as concessionárias pagam na vistoria dos seus ônibus é de R$ 6,69 milhões, enquanto o custo dos deficientes fica em R$ 7,62 milhões, gerando um déficit de R$ 935 mil por ano, segundo dados da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor).

O documento ainda justifica a aplicabilidade das duas medidas porque além da taxa de vistoria não custear a gratuidade, diz, o repasse dessa arrecadação é um processo moroso. “De modo que há atrasos no pagamento da gratuidade”.

O órgão ainda afirma que essa arrecadação tende a diminuir, visto que há tendência da Prefeitura pela aquisição de veículos maiores para atender mais usuários e diminuir a circulação de veículos, além do “número crescente” de beneficiários com gratuidade.

Segundo Antônio Ferreira, presidente da Etufor, são cerca de 3,54 milhões de usuários com gratuidades por ano e a aprovação do projeto de lei não prejudicará a qualidade dos ônibus para os passageiros.

“Não haverá nenhuma transferência de responsabilidade ou prejuízo para o sistema, visto que hoje não há subsídios quando a receita da taxa de vistoria não cobre o custo da gratuidade da pessoa com deficiência”, afirma o presidente.

“Além disso, as concessionárias / permissionárias homologadas no processo de licitação de 2012 tinham conhecimento de que o custeio da gratuidade das pessoas com deficiência era o limite do valor arrecadado pela taxa de vistoria”, explica Ferreira.

(O POVO)

Liminares: o Judiciário sairá fortalecido

Há aproximadamente três anos, o O POVO vem acompanhando, com algumas reportagens exclusivas, o caso que ficou conhecido como “venda de liminares”, que pôs sob investigação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) alguns desembargadores do Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE), que, em possível conluio com advogados, teriam se utilizado de plantões judiciários para conceder liminares, propiciando, indevidamente, a soltura de criminosos de alta periculosidade, como sequestradores e traficantes de droga. Desde a semana passada, uma equipe do CNJ está em Fortaleza colhendo depoimentos e fazendo outras diligências para apurar o caso.

O opróbrio que recaiu sobre o Judiciário cearense tem uma contrapartida elogiável: a iniciativa da investigação partiu do próprio Tribunal de Justiça, isto é, de seu presidente Gerardo Brígido, que não capitulou a praga do corporativismo e pôs os interesses da instituição e da sociedade acima de qualquer outra consideração restrita. É de se imaginar os problemas que isso lhe causou e a pressão que teve de suportar para manter-se firme no propósito que se impôs.

O processo agora está próximo de seu desfecho e, ao que tudo indica, irá provar as irregularidades, pois a situação atual nos plantões já difere do que ocorria alguns meses atrás, quando dezenas de liminares eram concedidas de modo suspeito. Comprovadas as anomalias, afastando-se e punindo-se os culpados, em suma, feita a limpeza, o Judiciário sairá fortalecido.

Esse caso é exemplar, na medida em que contraria o senso comum, que prefere condenar algumas instituições com generalizações imprecisas e perigosas, do tipo que nega qualquer nobreza à atividade política, ou vê o Judiciário como um lócus do corporativismo, com funcionários voltados apenas para os seus próprios interesses. Nessa circunstância, infelizmente, quem faltou foi a cidadania, pois não se manifestou devidamente a sociedade organizada para acompanhar o caso mais de perto ou hipotecando apoio decidido à iniciativa asséptica que partiu de dentro do Judiciário.

Quando todos os cidadãos alcançarem a plena consciência de que a crítica é saudável, porém inócua, se não vier acompanhada da participação ativa na vida das instituições, alcançaremos uma democracia mais sólida e uma sociedade melhor.

(O POVO / Editorial)

Proposta proíbe carros de modelos do ano seguinte à venda antes de setembro

79 1

A Câmara analisa o Projeto de Lei 7204/14, apresentado pelo deputado Onofre Santo Agostini (PSD-SC), que proíbe que montadoras lancem carros e motos do ano seguinte enquanto ainda há um modelo do ano vigente em produção.

Pela proposta, o modelo do ano seguinte só poderá ser comercializado a partir de setembro, e a mudança só se justifica se houver mudança real de inovação técnica, estética ou mecânica. Essa mudança também não pode, pelo texto, ser realizada em períodos inferiores a um ano.

Para Onofre Santo Agostini, consumidores estão sendo enganados. “O engano consiste, principalmente, em anunciar um modelo novo sem que tenha havido modificações de tecnologia ou de estilo suficientes para justificar uma diferenciação de modelo”, disse.

Além disso, ele argumenta que o lançamento de um modelo novo de veículo apenas alguns meses após o lançamento do modelo anterior, gera prejuízo financeiro ao consumidor, pela desvalorização de mercado.

(Agência Câmara Notícias)

Um morto e três feridos em confronto na Expoece

Um homem morreu e três pessoas ficaram gravemente feridas, na noite desse sábado (27), durante confronto entre gangues na Expoece, no bairro Presidente Kennedy.

Segundo a Polícia, o confronto teve início ainda no interior da exposição, mas seguranças conseguiram expulsar os envolvidos para fora do parque. Segundo ainda a Polícia, na avenida Sargento Hermínio os integrantes das gangues passaram a trocar tiros e a usar paus e pedras.

Dilma faz discurso de enfrentamento da crise econômica mundial

59 2

Da Coluna Valdemar Menezes, no O POVO deste domingo (28):

A presidente Dilma Rousseff, na abertura da 69ª Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), fez um balanço das realizações de seu governo. Houve quem não entendesse a razão, classificando a apresentação de “eleitoreira”.

Ora, ali era uma plateia internacional, uma arena onde se digladiam duas visões de mundo. Era a oportunidade de o Brasil, diante de um auditório planetário, demonstrar que há outras vias possíveis de enfrentamento da crise econômica mundial, que não a do desemprego, da recessão e do arrocho de salários e direitos trabalhistas, como fizeram a Europa e EUA.

Se o Brasil conseguiu, durante a fase mais aguda da crise, erradicar a fome, retirar 36 milhões de pessoas da miséria e criar mais 21 milhões de empregos, outros países podem fazer o mesmo, não precisando se submeter à receita neoliberal que atirou milhões de pais de família no olho da rua, em todo o mundo, para não sacrificar os ganhos dos bancos.

MMA na televisão poderá ser proibido antes das 22 horas

A Câmara dos Deputados analisa proposta que proíbe a exibição de lutas violentas na televisão antes das 22 horas. A medida está prevista no Projeto de Lei 7265/14, do ex-deputado Colbert Martins, que também torna lei o sistema de classificação indicativa para os programas de televisão.

O autor explica que os eventos esportivos conhecidos como MMA veiculam lutas extremamente violentas, inadequadas para serem exibidas para crianças e adolescentes, exigindo regulação legal acerca dos horários em que podem ser exibidos na televisão aberta.

“Esse tipo de evento está muito longe de ser um mero e inofensivo esporte. A violência dos combates é excessiva, e, portanto, inadequada para exibição para menores de idade sem a supervisão dos responsáveis”, argumenta.

Atualmente, o sistema de classificação está previsto em portaria do Ministério da Justiça (Portaria 368/14).

(Agência Câmara Notícias)

Avenidas Domingos Olímpio e José Bastos recebem faixas exclusivas na 2ª-feira

A partir da segunda-feira (29), as avenidas Domingos Olímpio e José Bastos receberão as faixas prioritárias para o transporte coletivo.  Segundo a Prefeitura Municipal de Fortaleza (PMF), a implantação da faixa na José Bastos será entre o trecho da rua Padre Cícero e avenida Senador Fernandes Távora, por onde passam diariamente 23 linhas de ônibus. Já a implantação da faixa na Domingos Olímpio tornará mais ágil a circulação entre a avenida Bezerra de Menezes e a avenida Aguanambi, por onde também circulam 23 todos os dias.

A Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC), afirma que, para viabilizar a implantação das faixas, irá implantar a nova sinalização ao lado direito de cada via, além de implantar a sinalização indicativa de horário de circulação. As paradas de ônibus também passarão por alterações, pois terão suas distâncias redimensionadas e receberão comunicação visual com informações sobre as linhas.

A implantação das faixas prioritárias para ônibus nas vias segue o cronograma divulgado do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito (Paitt). De acordo com a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), aproximadamente 182 mil passageiros serão beneficiados com as alterações.

Vias como Engenheiro Santana Júnior, W. Soares, Abolição, Godofredo Maciel, Osório de Paiva, Bernardo Manuel, Av. Pres. Castro e Silva, Av. Cel. Matos Dourado, Av. Alberto Craveiro, Av. Raul Barbosa, Av. Antônio Sales e Av. Leste-Oeste também serão contempladas com as faixas.

(O POVO Online)

Flanelinhas e ambulantes usam mudas de árvores como “armários”

foto jarro benfica flanelinhas

Várias mudas de árvores foram colocadas na avenida Carapinima, no bairro Benfica, em frente a um shopping. Apesar de ainda frágeis, flanelinhas e vendedores ambulantes usam os galhos das mudas para armazenarem sacos plásticos com água mineral, baldes e objetos pessoais. E ninguém ousa reclamar.

Vamos nós – Pena que quase não se investe na educação ambiental da população.

(Foto: Leitora do Blog)

CPI Mista da Petrobras pode propor mudanças na lei sobre delação premiada

Delação premiada. Essas duas palavras ganharam destaque no noticiário político recente. Tudo por causa das informações que o ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa e o doleiro Alberto Youssef forneceram após firmarem acordos com a justiça e o Ministério Público para dizer o que sabem em troca da redução de pena. Os dois estão presos acusados de envolvimento em um esquema de corrupção, lavagem de dinheiro e envio ilegal de recursos para fora do Brasil.

As regras atuais para a delação premiada, ou contribuição premiada, estão previstas na Lei 12.850, sancionada em agosto do ano passado. De acordo com a legislação, o juiz pode reduzir em até dois terços a pena dos que colaboram com a investigação, desde que as informações prestadas efetivamente ajudem no processo criminal.

As negociações para a delação premiada devem ser fechadas entre o delegado e o investigado, com manifestação do Ministério Público. Cabe ao juiz decidir se o acordo é legal.  Nos depoimentos, o colaborador deve renunciar ao direito a ficar em silêncio e se comprometer a dizer a verdade. Além disso, quem participa desse processo tem o direito de ter o nome, qualificação, imagem e informações pessoas preservados. Todo o processo deve ser mantido em sigilo até que a denúncia seja recebida pelas autoridades competentes.

Ao negar entregar neste momento à CPI mista da Petrobras o conteúdo da delação premiada de Paulo Roberto Costa, os ministros do Supremo Tribunal Federal, Ricardo  Lewandowski e Teori  Zavascki argumentaram que esse compartilhamento só pode acontecer após a colaboração ser homologada pelo STF. Isso porque há pessoas envolvidas no caso que só podem ser julgadas pelo Supremo, por terem direito constitucional ao foro privilegiado e porque a necessidade da homologação da delação premiada está prevista em lei.

O presidente da CPI Mista da Petrobras, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), concordou com o entendimento do STF, mas disse que as comissões parlamentares de inquérito não podem ficar “reféns” da delação premiada. Por isso, propôs mudanças na lei, que podem ser apresentadas pela própria comissão parlamentar de inquérito.

– Nós temos que aperfeiçoar a delação premiada. Achamos que nós do Legislativo, que elaboramos a lei, incorremos em alguns equívocos como esse: de não ter acesso ao sigilo e guardar esse sigilo da matéria. Nós também temos o consenso entre nós do Legislativo que vamos aperfeiçoar rapidamente o processo de delação premiada, afirmou Vital.

(Agência Senado)