Blog do Eliomar

Últimos posts

José Pimentel lamenta morte de Campos e se solidariza com familiares e amigos

Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ): senador José Pimentel (PT-CE) durante discussão sobre propostas relativas à reforma política

O líder do Governo no Congresso, senador José Pimentel, mandou nota sobre a morte de Eduardo Campos, candidato a presidente da República que morreu vítima de acidente aéreo, em São Paulo, nesta quarta-feira. Confira:

Manifesto meu profundo pesar pela morte do ex-governador de Pernambuco e candidato à Presidência da República pelo PSB, Eduardo Campos, seus assessores e tripulação – consequência do acidente aéreo desta quarta-feira (13/8). Que Deus os receba em paz e que sua Luz ilumine familiares e amigos nesse momento de dor e tristeza.

Senador José Pimentel (PT-CE)
Líder do Governo no Congresso Nacional.

UFC Virtual oferece curso sobre prevenção de drogas

O Instituto Universidade Virtual (UFC Virtual) está com inscrições abertas até o próximo dia 31 em quatro estados do Nordeste – Ceará, Maranhão, Pernambuco e Piauí, para o curso de aperfeiçoamento em prevenção do uso de drogas para educadores de escolas públicas. São ofertadas 10 mil vagas destinadas a gestores, professores, coordenadores, orientadores educacionais, auxiliares de ensino e demais atores escolares.

O objetivo do aperfeiçoamento é contribuir para que cada escola pública exerça a promoção da saúde e o fortalecimento da prevenção do uso de drogas como política pública no contexto educativo. Além disso, tem intenção de formação de uma rede de parceiros para o planejamento de projetos de usos práticos nas escolas participantes.

O formulário de inscrição on-line deve ser preenchido pelo responsável da escola que, por sua vez, inscreverá seus educadores, sendo necessário que cada escola participante inscreva, no mínimo, cinco educadores.

SERVIÇO 

* Os interessados devem fazer suas inscrições por meio do seguinte endereço: bit.ly/1sUZQsk

* Mais informações sobre o curso e as inscrições estão disponíveis no portal da UFC (www.ufc.br)

(Com Site da UFC)

Cid Gomes diz em nota que, apesar de divergências, admirava Eduardo Campos

78 2

cid dilma e eduardo campos

Campos e Cid, em momentos com Dilma no Ceará.

O governador Cid Gomes (Pros) mandou nota para o Blog sobre a morte de Eduardo Campos (PSB). Ele lamenta a morte de um grande brasileiro e diz que, apesar das divergências políticas, nunca perdeu a sua admiração pelo socialista. Confira:

“Quero manifestar meu profundo pesar pela morte de um brasileiro que estava numa missão, concorria à presidência da República, e teve comigo uma convivência muito próxima. Fomos eleitos, ele governador de Pernambuco, os dois em primeiro mandato: em 2000 e  em 2004, reeleitos, pertencíamos ao mesmo partido. Como governadores, tivemos um cem números de agendas e de encontros em que procurávamos dar organicidade e  consistência a muitas das demandas. que são comuns, Pernambuco tem uma realidade muito parecida com a do Ceará. Lamento profundamente a perda desse homem público, ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos. Quero presta minhas condolências à família e dizer que o Brasil perde com a morte de Eduardo. Nos últimos meses, a gente teve divergências partidárias, eu fiz a opção de apoiar uma candidatura e ele acabou colocando a sua candidatura. Essa divergência sempre foi muito clara, muito transparente e eu sempre tive um diálogo aberto com ele. Não terá sido uma divergência de uma quadra que me fará deixar de ter opinião que tenho. Eduardo foi um grande governador de Pernambuco, foi marcante na história de Pernambuco nos últimos anos. Como candidato a presidente, embora não fosse a candidatura que eu apoiava, era uma candidatura que contribua para melhorar e estimular o debate.

Cid Gomes,

Governador do Ceará.

Candidata ao Senado pelo PSB lamenta a morte de Eduardo Campos

geovanana

A candidata ao Senado pelo PSB, Geovana Cartaxo, assim se manifestou, por meio de sua assessoria de imprensa, sobre a morte de Eduardo Campos em seu Facebook:

A notícia da morte do presidenciável Eduardo Campos pegou de surpresa a candidata ao Senado no Ceará, Geovana Cartaxo. Profundamente consternada, Geovana lamenta a tragédia e se pronunciará em breve.

A candidata estaria ao lado de Eduardo neste sábado (16) e domingo (17), quando o ele viria a Fortaleza em campanha.

Dilma Rousseff: “Perdemos hoje um grande brasileiro”

Eduardo-Campos-e-Dilma

Eduardo foi ministro da Ciência e Tecnologia na Era Lula.

Eis a nota oficial que a presidente Dilma Rousseff acaba de liberar, em seu Facebook, lamentando a morte de Eduardo Campos:

O Brasil inteiro está de luto. Perdemos hoje um grande brasileiro, Eduardo Campos. Perdemos um grande companheiro.

Neto de Miguel Arraes, exemplo de democrata para a minha geração, Eduardo foi uma grande liderança política. Desde jovem, lutou o bom combate da política, como deputado federal, ministro e governador de Pernambuco, por duas vezes.

Tivemos Eduardo e eu uma longa convivência no governo Lula, nas campanhas de 2006, 2010 e durante o meu governo.

Estivemos juntos, pela última vez, no enterro do nosso querido Ariano Suassuna. Conversamos como amigos. Sempre tivemos claro que nossas eventuais divergências políticas sempre seriam menores que o respeito mútuo característico de nossa convivência.

Foi um pai e marido exemplar. Nesse momento de dor profunda, meus sentimentos estão com Renata, companheira de toda uma vida, e com os seus amados filhos. Estou tristíssima.

Minhas condolências aos familiares de todas as vítimas desta tragédia.

Decretei luto oficial de 3 dias em homenagem à memória de Eduardo Campos. Determinei a suspensão da minha campanha por 3 dias.

Dilma Rousseff.

Tasso lamenta morte do amigo Eduardo Campos

foto tasso entrevista

O candidato ao Senado pelo PSDB, Tasso Jereissati, lamentou a morte do postulante à presidente da República pelo PSB, Eduardo Campos. O socialista morreu na manhã desta quarta-feira vítima de acidente aéreo em São Paulo. Eis a nota do tucano:

Lamento profundamente a perda de meu amigo pessoal e grande brasileiro, Eduardo Campos. Compartilhávamos dos mesmos sonhos de mudar o Brasil e estivemos juntos em muitas lutas. Sempre terei comigo a imagem de um amigo leal, um jovem líder que muito teria a dar ao país e um político amado por sua gente.

PSDB/CE lamenta morte de Eduardo Campos e cancela agenda de campanha

O PSDB do Ceará divulgou nota oficial lamentando a morte de Eduardo Campos e confirmando cancelamento da agenda de campanha da coligação. Confira:

Nota Oficial

O Partido da Social Democracia Brasileira – PSDB(CE) lamenta profundamente a trágica morte do ex-governador de Pernambuco e candidato a Presidente da República Eduardo Campos.

O Brasil perde, em um momento histórico da política nacional, uma de suas mais brilhantes jovens lideranças, que com certeza ainda teria muito a contribuir para o País.

O sonho de Eduardo, de mudar o Brasil, não morre com ele. Todos os brasileiros que desejam um País mais justo e desenvolvido saberão carregar essa esperança em sua homenagem.

Em virtude disso, a Coligação “Ceará de Todos” cancela sua agenda de atividades previstas para o dia de hoje, em que todos estamos envoltos em pesar e tristeza.

A Executiva.

Roberto Pessoa lamenta morte de Eduardo Campos

O candidato a vice-governador pelo PR, na chapa com o postulante ao Governo, o peemedebista Eunício Oliveira, manda nota lamenta a more de Eduardo Campos. Confira:

Lamento profundamente a morte do ex-governador de Pernambuco e candidato a Presidente pelo PSB, Eduardo Campos. Fomos companheiros na Câmara Federal e como político acompanhei sua gestão a frente do Governo de Pernambuco.

Jovem, Eduardo Campos significava um sopro de esperança e renovação na política brasileira. Que seus correligionários consigam levar adiante o ideal de Eduardo Campos que era construir um Brasil mais justo e digno.

Que Deus o tenha em sua infinidade bondade.

* Roberto Pessoa.

Camilo Santana lamenta morte de Eduardo e cancela agenda de campanha

camilosantanana
Camilo Santana, candidato a governador pelo PT/Pros, distribuiu nota sobre a morte de Eduardo Campos. Lamenta o fato e cancela eventos de campanha desta quarta-feira. campos morreu vitima de acidente aéreo em São Paulo. Confira:

 

Nota Oficial

“Estamos profundamente tristes com essa tragédia. Eduardo Campos foi um grande governador e era um dos principais nomes da política brasileira.

Hoje é um dia de muita tristeza para todo o Brasil. Vamos orar por ele e por sua família.”

* Camilo Santana.

Dilma e Lula visitarão juntos as obras do São Francisco

257 1

Lula-e-Dilma1

Dentro da campanha de Dilma Rousseff o primeiro ato público da presidente com Lula está sendo tratado com especial cuidado. Tem que ser retumbante a aparição conjunta.
Será no sábado à beira do Rio São Francisco, nas (intermináveis) obras da transposição, iniciadas no governo Lula e que serão concluídas sabe-se lá quando.

Será gravado com esmero pela equipe de João Santana para o programa de TV. Pelo menos por agora, não estão previstos eventos públicos dos dois nas grandes cidades brasileiras.

(Coluna Radar, da Veja Online)

Morte de Eduardo Campos – Candidatos a presidente suspendem agenda de campanha

“A presidenta Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, cancelou a agenda de campanha pelos próximos três dias depois da morte do presidenciável pelo PSB, Eduardo Campos. Segundo informações do Comitê de Campanha, Dilma recebeu a notícia no Palácio da Alvorada, onde passou a manhã.

Candidato à Presidência pelo PSDB, Aécio Neves cancelou a agenda do dia de hoje.

Em nota, o candidato do PV, Eduardo Jorge, disse que a campanha está suspensa para os próximos dias. “Esta perda é muito triste para o país. Eduardo Campos era uma liderança muito jovem e muito importante para o Brasil. Toda minha solidariedade à família”, disse Jorge.

Pelo Twitter, a candidata do PSOL, Luciana Genro, disse que a confirmação da morte de Eduardo Campos é uma tragédia terrível! “Minha solidariedade à família e aos amigos. Esta eleição se transformou em luto!”

(Agência Brasil)

Aécio cancela visita que faria a Pernambuco

Aécio Neves, candidato à Presidência da República pelo PSDB, cancelou a visita que faria a Pernambuco no próximo domingo (17), após a morte do ex-governador Eduardo Campos (PSB) nesta quarta-feira. O cancelamento foi confirmado ao Blog de Jamildo, do Recife, pelo deputado federal Bruno Araújo, presidente do PSDB no Estado.

O senador tucano estaria em Petrolina, no último dia de sua maratona de campanha pelo Nordeste. A agenda do senador no dia também foi cancelada. Ele está no Rio Grande do Norte. O PSDB em Pernambuco está em um clima de pesar após o recebimento da notícia.

Campos morreu na queda de um avião na cidade de Santos, em São Paulo, onde tinha agenda de campanha.

Triste coincidência entre Eduardo Campos e seu avô, Miguel Arraes: 13 de agosto

eduarraes

Coincidência dessa nossa passagem pela Terra: 

Eduardo Campos nasceu em 1965, neto de um grande nome da política nacional, o ex-governador de Pernambuco Miguel Arraes. Iniciou a vida política ainda na década de 1980, ao lado do avô. Foi candidato a prefeito de Recife, já foi deputado Federal e ministro da Ciência e Tecnologia no primeiro mandato do presidente Lula.

O detalhe: o acidente que vitimou Campos – queda de avião, em São Paulo, aconteceu no mesmo dia da morte do avô, Miguel Arraes: 13 de agosto de 2005.

(Foto – Newton Aguiar/Estadão)

Presidente do PSB/CE é tomado pela emoção ao saber da morte de Eduardo Campos

O presidente regional do PSB, Sérgio Novais, lamentou agora há pouco a morte do candidato a presidente da República, o socialista Eduardo Campos, que morreu vítima de acidente aéreo nesta manhã de quarta-feira, em São Paulo.

Sérgio Novais chegava de um giro de campanha por sete cidades do Interior. Pediu para falar mais tarde. Está bastante emocionado.

 

Morte de Eduardo Campos – Luizianne Lins cancela ato político

A ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), segundo sua assessoria de imprensa, lamentou a morte do candidato a presidente da República pelo PSB, Eduardo Campos.

Por conta do fato, mandou cancelar o ato em que lançaria, na sede estadual do PT, sua candidatura de deputada federal.

Luizianne, bom lembrar, em clima de briga com a direção estadual do PT, por causa da sucessão estadual e aproximação com os Ferreira Gomes, chegou a ameaçar ir para o PSB de Eduardo Campos, com a perspectiva de disputar o Governo do Estado. Os dois se encontraram no Recife, mas ela acabou permanecendo no seu partido.

Morte de Eduardo Campos – Eliane Novais está abalada e ainda não fala com imprensa

A deputada federal Eliane Novais, candidata ao Governo pelo PSB, cancelou sua programação de campanha, ao saber da morte de Eduardo Campos.

Ela soube da morte do candidato a presidente da República por seu partido, quando fazia panfletagem na porta do restaurante do Sesc.

A assessoria de imprensa de Eliane diz que ela está abalada e que não deve falar agora sobre a morte de Campos.

Presidente do PPS/CE está em São Paulo. Lamenta a morte de Eduardo Campos

62 1

alexandre pereiraaa

“Estou chocado! O Brasil perde um dos seus grandes líderes. Tive o prazer de conviver com ele e apoiar seu sonho de um Brasil melhor,”, disse para o Blog agora há pouco, direto de São Paulo, o presidente regional do PPS, Alexandre Pereira.

 

O dirigente do PPS cearense participava de reunião de trabalho na Capital paulista com a direção do PSB. Tratava sobre a formação de comitê suprapartidário pró-Eduardo no Ceará. Alexandre vai se deslocar para Santos nas próximas horas.

Sobre a eleição presidencial, disse ser a favor que Marina Silva, candidata a vice, assuma a candidatura a presidente.”

Cai em São Paulo avião com Eduardo Campos. O candidato está morto

97 1

eduardo campos e eliane novais

Eduardo em recente passagem pelo Ceará, com Eliane Novais, candidata ao Governo.

Atualização – 12h54min

O candidato a presidente da República pelo PSB, Eduardo Campos, estava dentro de um avião que caiu, na manhã desta quarta-feira, em santos (Litoral de São Paulo). Informações preliminares dão conta de sete feridos no acidente sendo atendidos em hospital da região.

A chuva teria sido o causador da queda da aeronave. Eduardo Campos está entre os mortos.

CNBB Regional Nordeste I ouvirá candidatos ao Governo do Ceará

padre-gilson

Todos os bispos do Ceará estão sendo convocados a ouvir os candidatos a governador na próxima segunda-feira, a partir das 9 horas, na sede da CNBB – Regional Nordeste I, no bairro de Fátima.

O objetivo, segundo a assessoria de imprensa da CNBB, é não somente ouvir as propostas dos postulantes, mas também expor a cada um as preocupações da Igreja Católica com as eleições e também com questões do interesse dos cearenses como a estiagem.

De acordo com o padre Gilson Soares, o encontro não se caracterizará como debate, mas uma “conversa aberta e informal” com os candidatos a governador.

Camilo Santana entre dois polos: Cidismo e Lulismo

87 1

Com o título “Camilo Santana entre dois polos: Cidismo e o Lulismo”, eis artigo de Luiz Cláudio Ferreira Barbosa, consultor político e sociólogo. Confira:

A candidatura do petista Camilo Santana para o Governo do Estado pode ser resumida como a tentativa da simbiose do que há de melhor nas políticas públicas conjuntas do Palácio da Abolição em parceria político-administrativa com o Planalto. Camilo Santana é a confluência da competência do trabalho de infraestrutura da Era Cidista (2007 – 2014), com o êxito da politica pública social da Era Lula–Dilma (2003 – 2014).

A campanha de reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT) será forte na defesa dos avanços sociais dos últimos doze anos. O governador Cid Gomes (PROS) foi parceiro das principais políticas administrativas do Planalto para o crescimento do desenvolvimento social e econômico da população carente do Ceará. O discurso de manutenção do realinhamento administrativo do Planalto e do Palácio da Abolição tem na candidatura petista ao Governo a sua melhor simbiose eleitoral.

O governador Cid Gomes (PROS) surpreendeu meio mundo político-eleitoral com a decisão de escolher um candidato, à sua própria sucessão estadual, com pouca tradição, na área administrativa. O atual chefe do executivo estadual tem currículo político invejável, pois já havia sido presidente da Assembleia Legislativa (1995 – 1996) e prefeito de Sobral (1997 – 2004) até chegar ao topo da sua carreira de homem público.

O PT não esperava ser o principal defensor do legado político-administrativo do governador Cid Gomes no pleito eleitoral estadual deste ano. O PT tinha marchado unido na eleição municipal de Fortaleza, onde fora derrotado pela aliança dos irmãos Gomes e do PMDB do senador Eunício Oliveira (PMDB). A candidatura Camilo Santana ao Governo teve efeito positivo entre as correntes petistas, pois foi rápida a unificação em torno do seu nome. O petismo cearense não vai perder a chance de ficar a frente do Governo do Estado pelos próximos oito anos, por isso essa tentativa de criar uma campanha político-eleitoral em sintonia com o legado social da administração da presidente Dilma Rousseff (PT).

O fator político-eleitoral mais importante da decisão de criar um palanque para a presidente Dilma Rousseff (PT) no Ceará, sem dúvida é a questão do PT ser o centro da identidade eleitoral do candidato Camilo Santana (PT). A Era Cid Gomes poderá ser resumida como um apêndice administrativo do governo federal nas principais políticas públicas executadas em terras alencarinas.

* Luiz Cláudio Ferreira Barbosa,

Sociólogo e consultor político.