Blog do Eliomar

Últimos posts

Morte de Eduardo Campos – Candidatos a presidente suspendem agenda de campanha

“A presidenta Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, cancelou a agenda de campanha pelos próximos três dias depois da morte do presidenciável pelo PSB, Eduardo Campos. Segundo informações do Comitê de Campanha, Dilma recebeu a notícia no Palácio da Alvorada, onde passou a manhã.

Candidato à Presidência pelo PSDB, Aécio Neves cancelou a agenda do dia de hoje.

Em nota, o candidato do PV, Eduardo Jorge, disse que a campanha está suspensa para os próximos dias. “Esta perda é muito triste para o país. Eduardo Campos era uma liderança muito jovem e muito importante para o Brasil. Toda minha solidariedade à família”, disse Jorge.

Pelo Twitter, a candidata do PSOL, Luciana Genro, disse que a confirmação da morte de Eduardo Campos é uma tragédia terrível! “Minha solidariedade à família e aos amigos. Esta eleição se transformou em luto!”

(Agência Brasil)

Aécio cancela visita que faria a Pernambuco

Aécio Neves, candidato à Presidência da República pelo PSDB, cancelou a visita que faria a Pernambuco no próximo domingo (17), após a morte do ex-governador Eduardo Campos (PSB) nesta quarta-feira. O cancelamento foi confirmado ao Blog de Jamildo, do Recife, pelo deputado federal Bruno Araújo, presidente do PSDB no Estado.

O senador tucano estaria em Petrolina, no último dia de sua maratona de campanha pelo Nordeste. A agenda do senador no dia também foi cancelada. Ele está no Rio Grande do Norte. O PSDB em Pernambuco está em um clima de pesar após o recebimento da notícia.

Campos morreu na queda de um avião na cidade de Santos, em São Paulo, onde tinha agenda de campanha.

Triste coincidência entre Eduardo Campos e seu avô, Miguel Arraes: 13 de agosto

eduarraes

Coincidência dessa nossa passagem pela Terra: 

Eduardo Campos nasceu em 1965, neto de um grande nome da política nacional, o ex-governador de Pernambuco Miguel Arraes. Iniciou a vida política ainda na década de 1980, ao lado do avô. Foi candidato a prefeito de Recife, já foi deputado Federal e ministro da Ciência e Tecnologia no primeiro mandato do presidente Lula.

O detalhe: o acidente que vitimou Campos – queda de avião, em São Paulo, aconteceu no mesmo dia da morte do avô, Miguel Arraes: 13 de agosto de 2005.

(Foto – Newton Aguiar/Estadão)

Presidente do PSB/CE é tomado pela emoção ao saber da morte de Eduardo Campos

O presidente regional do PSB, Sérgio Novais, lamentou agora há pouco a morte do candidato a presidente da República, o socialista Eduardo Campos, que morreu vítima de acidente aéreo nesta manhã de quarta-feira, em São Paulo.

Sérgio Novais chegava de um giro de campanha por sete cidades do Interior. Pediu para falar mais tarde. Está bastante emocionado.

 

Morte de Eduardo Campos – Luizianne Lins cancela ato político

A ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), segundo sua assessoria de imprensa, lamentou a morte do candidato a presidente da República pelo PSB, Eduardo Campos.

Por conta do fato, mandou cancelar o ato em que lançaria, na sede estadual do PT, sua candidatura de deputada federal.

Luizianne, bom lembrar, em clima de briga com a direção estadual do PT, por causa da sucessão estadual e aproximação com os Ferreira Gomes, chegou a ameaçar ir para o PSB de Eduardo Campos, com a perspectiva de disputar o Governo do Estado. Os dois se encontraram no Recife, mas ela acabou permanecendo no seu partido.

Morte de Eduardo Campos – Eliane Novais está abalada e ainda não fala com imprensa

A deputada federal Eliane Novais, candidata ao Governo pelo PSB, cancelou sua programação de campanha, ao saber da morte de Eduardo Campos.

Ela soube da morte do candidato a presidente da República por seu partido, quando fazia panfletagem na porta do restaurante do Sesc.

A assessoria de imprensa de Eliane diz que ela está abalada e que não deve falar agora sobre a morte de Campos.

Presidente do PPS/CE está em São Paulo. Lamenta a morte de Eduardo Campos

64 1

alexandre pereiraaa

“Estou chocado! O Brasil perde um dos seus grandes líderes. Tive o prazer de conviver com ele e apoiar seu sonho de um Brasil melhor,”, disse para o Blog agora há pouco, direto de São Paulo, o presidente regional do PPS, Alexandre Pereira.

 

O dirigente do PPS cearense participava de reunião de trabalho na Capital paulista com a direção do PSB. Tratava sobre a formação de comitê suprapartidário pró-Eduardo no Ceará. Alexandre vai se deslocar para Santos nas próximas horas.

Sobre a eleição presidencial, disse ser a favor que Marina Silva, candidata a vice, assuma a candidatura a presidente.”

Cai em São Paulo avião com Eduardo Campos. O candidato está morto

101 1

eduardo campos e eliane novais

Eduardo em recente passagem pelo Ceará, com Eliane Novais, candidata ao Governo.

Atualização – 12h54min

O candidato a presidente da República pelo PSB, Eduardo Campos, estava dentro de um avião que caiu, na manhã desta quarta-feira, em santos (Litoral de São Paulo). Informações preliminares dão conta de sete feridos no acidente sendo atendidos em hospital da região.

A chuva teria sido o causador da queda da aeronave. Eduardo Campos está entre os mortos.

CNBB Regional Nordeste I ouvirá candidatos ao Governo do Ceará

padre-gilson

Todos os bispos do Ceará estão sendo convocados a ouvir os candidatos a governador na próxima segunda-feira, a partir das 9 horas, na sede da CNBB – Regional Nordeste I, no bairro de Fátima.

O objetivo, segundo a assessoria de imprensa da CNBB, é não somente ouvir as propostas dos postulantes, mas também expor a cada um as preocupações da Igreja Católica com as eleições e também com questões do interesse dos cearenses como a estiagem.

De acordo com o padre Gilson Soares, o encontro não se caracterizará como debate, mas uma “conversa aberta e informal” com os candidatos a governador.

Camilo Santana entre dois polos: Cidismo e Lulismo

89 1

Com o título “Camilo Santana entre dois polos: Cidismo e o Lulismo”, eis artigo de Luiz Cláudio Ferreira Barbosa, consultor político e sociólogo. Confira:

A candidatura do petista Camilo Santana para o Governo do Estado pode ser resumida como a tentativa da simbiose do que há de melhor nas políticas públicas conjuntas do Palácio da Abolição em parceria político-administrativa com o Planalto. Camilo Santana é a confluência da competência do trabalho de infraestrutura da Era Cidista (2007 – 2014), com o êxito da politica pública social da Era Lula–Dilma (2003 – 2014).

A campanha de reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT) será forte na defesa dos avanços sociais dos últimos doze anos. O governador Cid Gomes (PROS) foi parceiro das principais políticas administrativas do Planalto para o crescimento do desenvolvimento social e econômico da população carente do Ceará. O discurso de manutenção do realinhamento administrativo do Planalto e do Palácio da Abolição tem na candidatura petista ao Governo a sua melhor simbiose eleitoral.

O governador Cid Gomes (PROS) surpreendeu meio mundo político-eleitoral com a decisão de escolher um candidato, à sua própria sucessão estadual, com pouca tradição, na área administrativa. O atual chefe do executivo estadual tem currículo político invejável, pois já havia sido presidente da Assembleia Legislativa (1995 – 1996) e prefeito de Sobral (1997 – 2004) até chegar ao topo da sua carreira de homem público.

O PT não esperava ser o principal defensor do legado político-administrativo do governador Cid Gomes no pleito eleitoral estadual deste ano. O PT tinha marchado unido na eleição municipal de Fortaleza, onde fora derrotado pela aliança dos irmãos Gomes e do PMDB do senador Eunício Oliveira (PMDB). A candidatura Camilo Santana ao Governo teve efeito positivo entre as correntes petistas, pois foi rápida a unificação em torno do seu nome. O petismo cearense não vai perder a chance de ficar a frente do Governo do Estado pelos próximos oito anos, por isso essa tentativa de criar uma campanha político-eleitoral em sintonia com o legado social da administração da presidente Dilma Rousseff (PT).

O fator político-eleitoral mais importante da decisão de criar um palanque para a presidente Dilma Rousseff (PT) no Ceará, sem dúvida é a questão do PT ser o centro da identidade eleitoral do candidato Camilo Santana (PT). A Era Cid Gomes poderá ser resumida como um apêndice administrativo do governo federal nas principais políticas públicas executadas em terras alencarinas.

* Luiz Cláudio Ferreira Barbosa,

Sociólogo e consultor político.

Candidato a presidente pelo PCB cumprirá agenda em Fortaleza e Redenção

mauriasi

O candidato a presidente da República pelo PCB, professor Mauro Iasi, cumprirá agenda em Fortaleza e em Redenção (Região Metropolitana), nesta quarta-feira. A direção estadual do partido divulgou a programação do postulante.

12h30min – Chegada de MAURO IASI em Fortaleza (aeroporto Pinto Martins) e recepção junto a militância do PCB.

13 horas – Almoço no Passeio Público e roda de conversa sobre o Poder Popular.

18 horas -Panfletagem na UNILAB (Acarape)

19 horas – Debate na UNILAB, com o tema: Jornadas de Junho: A revolta popular em debate.

O sumiço dos adesivos

A Folha de São Paulo traz, nesta quarta-feira, matéria revelando que adesivos do candidato tucano a presidente da República, Aécio Neves, que estavam na camisa de um militante de Eunício Oliveira, postulante ao Governo, sumiram do Facebook do peemedebista.

A mesma foto apareceu no twitter de Eunício com o militante, no caso o prefeito de Tururu, Nonato Marim (PSDB), expondo adesivos de Aécio. Confira:

euncoco

No twitter                                                                                 No Facebook

A Assessoria de campanha de Eunicio acha que, com os adesivos são de material frágil, devem ter se descolado. O curioso é que só descolou adesivo aecista.

Olha o abono salarial do PIS aí, geennnnnte!!

trabvb

“Trabalhadores nascidos em outubro podem sacar o abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) a partir de amanhã (14). Para os nascidos em novembro e dezembro, o dinheiro estará disponível a partir dos dias 21 e 28 deste mês, respectivamente. As datas de pagamentos do abono foram definidas em portaria do Ministério do Trabalho e Emprego, segundo informou a Caixa Econômica Federal.

O crédito é referente ao período de 2014/2015 e corresponde a um salário mínimo, R$ 724. O PIS pode ser sacado até o dia 30 de junho de 2015. O calendário determina que em setembro receberão o abono os trabalhadores que nasceram nos meses de janeiro, fevereiro e março.

Para ter acesso ao benefício, há três opções para o trabalhador: crédito em conta, quando o trabalhador possui conta individual na Caixa; crédito na folha de pagamento, se o empregador tiver celebrado convênio Caixa PIS-Empresa; e saque nos terminais de autoatendimento, nos correspondentes Caixa Aqui, em casas lotéricas e em agências bancárias.

Para sacar, é preciso que o beneficiário apresente o número do PIS e um documento de identificação. São aceitos carteira de identidade (RG), Carteira Nacional de Habilitação (CNH), carteira funcional reconhecida por decreto, carteira de identidade de estrangeiros, passaporte emitido no Brasil ou exterior ou ainda a Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS).

Quem tem direito?

Tem direito ao PIS o trabalhador cadastrado há pelo menos cinco anos. A sua remuneração média mensal não pode ter sido superior a dois salários mínimos no ano-base que gerou o benefício. É necessário ter tido atividade remunerada por pelo menos 30 dias no ano da apuração e os dados do funcionário devem ter sido informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

SERVIÇO

Em caso de dúvida, o banco orienta o trabalhador a ligar para o Serviço de Informação ao Cidadão (SIC) no telefone 0800 726 0207 ou procurar qualquer agência da Caixa.

(Agência Brasil)

Lar Torres de Melo quer doações de material de higiene pessoal

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O Lar Torres de Melo promove campanha para arrecadar material de limpeza e alimento como café, Sustagen, biscoito de água e sal, aveia, maisena, açúcar e leite em pó desnatado.

Também aceita doação de creme dental, fraldas geriátricas, sabonete neutro, colônia para bebê e escovas de dente.

SERVIÇO

Lar Torres de Melo – (85) 8611 8044 (Rejane) ou 9996 5478  (Mirtes).

Candidato do PSOL ao Governo diz que FAEC não mandou convite para debate

A assessoria de imprensa da campanha da Frente de Esquerda Socialista, coligação da candidatura ao Governo de Ailton Lopes (PSOL), manda nota para o Blog expondo o porquê de o postulante não ter participado de debate promovido pela Federação da Agricultura e Pecuária do Estado (Faec). Confira:

Caro Eliomar de Lima,

1. O candidato Ailton Lopes não foi convidado a participar do debate, ocorrido na manhã desta terça-feira (12/8), na Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará (FAEC). Embora tenha sido dito por representações do local que o candidato da Frente de Esquerda Socialista não participou do debate por opção própria, o primeiro contato entre a FAEC e a campanha de Ailton Lopes ocorreu na noite da segunda-feira (11/8), por iniciativa da assessoria de Ailton, quando já sabia da realização do debate, para questionar se havia ocorrido algum convite. Tal contato se deu diretamente com o sr. Flávio Saboya, presidente da FAEC, e o próprio colocou para a assessoria que o candidato Ailton Lopes não havia sido chamado por já ter se posicionado publicamente contrário ao agronegócio.

2. A Frente de Esquerda Socialista, em seu programa de governo entregue no TRE, posiciona-se a favor da agricultura familiar agroecológica, da reforma agrária e do fim da isenção tributária estadual para os agrotóxicos. Ou seja, tem projeto de desenvolvimento contrário ao apresentado pelo agronegócio. Entretanto, nos espaços de debate destas eleições, está previsto o tratamento isonômico entre todas as candidaturas, cabendo ao candidato a opção de comparecer ou não no espaço.

* Coligação Frente de Esquerda Socialista.

Brasileiro já pagou mais de R$ 1 tri em impostos

Agosto nem chegou à metade e os brasileiros já pagaram mais de R$ 1 trilhão em impostos, segundo o Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ASCP). A marca foi alcançada ontem, 15 dias antes da data em que foi atingida em 2013, o que demonstra o aumento na carga tributária.

O somatório contabiliza impostos, taxas e contribuições para a União, Estados e municípios pagos a partir do primeiro dia do ano. São mais de R$ 180 milhões por hora desde janeiro. É como se cada brasileiro tivesse pago mais de R$ 5 mil em tributos até agora.

(Alyne Bittencourt – O Globo)

Filial de farmácia em clima de porta aberta

portaeee

E vai completar um mês que a porta principal da filial de Farmácias Pague Menos, na avenida Jovita Feitosa, 2777 – bairro Parquelândia, está pela metade. Um lado quebrou e a gerência informa que a situação continua sem solução, por causa de atrasos com a empresa contratada para o reparo. Enquanto isso, funcionários e clientela convivem com tal situação absurda.

(Foto – Leitor do Blog)

Dilma dará entrevista ao JN direto do Planalto

A entrevista da presidente Dilma Rousseff, prevista para esta quarta-feira, no Jornal Nacional, terá um cenário diferente do oferecido aos seus adversários Aécio Neves (PSDB), Eduardo Campos (PSB) e pastor Everaldo (PSC), na Rede Globo.

Desta vez, os apresentadores William Bonner e Patrícia Poeta irão ao Palácio da Alvorada, residência oficial da presidente em Brasília. O formato repete a entrevista feita com Lula em 2006, quando o ex-presidente disputou a reeleição.

(Site Brasil 247)

Comissão Brasileira Justiça e Paz do Ceará em ritmo de apóstolo da Ficha Limpa

claudioquixad

Da Coluna Vertical, do O POVO desta quarta-feira:

A Comissão Brasileira Justiça e Paz, no Ceará, que sempre atua em período eleitoral apregoando o voto consciente e o combate à corrupção eleitoral, vive alguns problemas: a coordenadora-geral, professora Fátima Vilanova, deixou a função para se candidatar a deputada estadual pelo PDT e um dos seus principais articuladores – o bispo emérito de Limoeiro do Norte, dom Edmilson da Cruz, andou tendo prolemas de bronquite.

Mas, segundo o professor Cláudio Régis Quixadá, membro da CBJP, a comissão não vai ficar parada neste clima de campanha. “Iniciamos pela Diocese de Crateús um trabalho de conscientização, que consta de palestras, encontros com grupos da sociedade e distribuição de panfletos. Vamos visitar todas as dioceses apelando ao cidadão para que vote em candidato ficha limpa”, afirma.

Ele se diz assustado com tanta informação sobre gastança nestas eleições no Estado.

Tempo eleitoral será o senhor da razão?

Da Coluna Política do jornalista Érico Firmo, no O POVO desta quarta-feira:

O tempo no horário eleitoral gratuito no Ceará entre os dois megablocos tem a distribuição mais equilibrada desde os tempos em que Cid Gomes (Pros) era oposição, há oito anos. Os governistas mantém o espaço mais robusto, mas não é um massacre em relação ao bloco oposicionista, como ocorreu em outros tempos. São pouco mais de dois minutos de diferença: Camilo Santana (PT) tem 8min58seg, enquanto Eunício Oliveira aparecerá por 6min51seg. O petista tem até mais tempo do que Cid Gomes tinha há quatro anos (7min33seg), mas, naquela época, o espaço dos adversários era mais pulverizado. Os dois mais significativos eram Marcos Cals (PSDB), com 4min25seg, e Lúcio Alcântara (PR), que tinha 2min8seg. Ninguém com espaço tão expressivo quanto o de Eunício agora. Para o Senado, o equilíbrio é maior ainda: Mauro Filho (Pros) terá 4min29seg, enquanto Tasso Jereissati (PSDB) aparecerá com 3min25seg.

Desde a década de 1990, vence as eleições estaduais quem tem mais tempo no rádio e na televisão. Mesmo quando a margem foi mais apertada, em 2006. Ainda sem o governo, Cid já tinha mais espaço que Lúcio: 7min49seg contra 6min24seg. Claro que não é fator isolado para alcançar a vitória. O espaço maior no horário eleitoral é sintoma da maior aliança política.

Quando essa junção de fatores é esmagadoramente maior, a vitória desse candidato é líquida e certa. Quando há equilíbrio, aumenta a imprevisibilidade. Não que os dois minutos que separam Camilo de Eunício sejam pouca coisa. Mas o petista é bem menos conhecido, precisa de mais exposição. Na prática, os espaços são praticamente equivalentes.