Blog do Eliomar

Últimos posts

Beatles influenciam música e comportamento há cinco décadas

Ultrapassar a barreira do tempo e do espaço pode estar entre os grandes desafios da humanidade. Mas não para aquela que é considerada por muitos a maior banda de todos os tempos: os Beatles. Com 13 discos de estúdios lançados ao longo de oito anos – há mais de 50 anos – John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr são até os dias atuais fonte de influência musical e comportamental para todas as gerações, nos quatro cantos do mundo. O ex-integrante da banda Paul está no Brasil com a turnê Out There para apresentações em Vitória, São Paulo, Rio de Janeiro e, pela primeira vez, na capital, Brasília.

“Os Beatles não são apenas atuais. Em termos musicais, eles são eternos”, resume o professor do Departamento de Música da Universidade de Brasília, Sérgio Nogueira – há tempos um estudioso do quarteto de Liverpool. “E, na medida em que foram ultrapassando fronteiras, caindo como bomba nos EUA e invadindo tanto o Ocidente como o Oriente, obtiveram, como polemizou Lennon, uma popularidade maior que a de Jesus”, acrescentou. De acordo com a professora de Teoria e Tecnologia da Comunicação da Universidade Católica de Brasília, Rafiza Varão, além de ser a primeira banda cujo sucesso atingiu proporções mundiais, os Beatles estão entre os primeiros músicos responsáveis por fazer com que o culto às personalidades passasse a permear o imaginário do público, utilizando os meios de comunicação como poderosos aliados.

O que mais o impressiona na música dos Beatles é a quantidade de músicas boas, tanto no aspecto melódico como nas letras e arranjos harmônicos. “Eram muito avançados para a época”, disse ele. “Os Beatles conseguiram gravar uma quantidade enorme de músicas boas, tendo apenas oito anos de discografia [13 discos, entre 1962 e1970]. Eles inovaram para além do iê-iê-iê que os lançou. McCartney disse em livro que, no início, eles faziam música pensando em vender, mas depois começaram a sair dessa inocência e explorar letras mais introspectivas. Com isso, após um amadurecimento grande e rápido, os Beatles consagraram e tiveram seu auge criativo entre 1965 e 1967″, completou.

(Agência Brasil)

Deputadas se mobilizam para impedir entrada no Brasil de instrutor de estupro

foto Julien Blanc

Deputadas federais participaram da mobilização para impedir a entrada no Brasil do suíço Julien Blanc. Ele ficou famoso depois que seus vídeos incentivando a prática do estupro por meio das redes sociais foram divulgados na internet.

O suíço é instrutor executivo da Real Social Dynamics (RSD), empresa norte-americana que promete ensinar a se conquistar mulheres utilizando métodos considerados machistas e pautados por violência, intimidação e humilhação. A RSD se define como “a maior empresa de treinamento para encontros do mundo” e promete a seus clientes reverter a situação quando mulheres dizem não às investidas sexuais e métodos para “ativar a prostituta que existe dentro delas”.

A deputada Iriny Lopes (PT-ES) lembrou que a conduta de Julien Blanc é contrária ao interesse nacional. Ela informou que o incentivo à prática de estupro é crime previsto pelo Código Penal.  “A Constituição brasileira permite a proibição da entrada de estrangeiros que são considerados pessoas que podem causar mal ao País, como é o caso do Blanc que é um estimulador da violência contra a mulher.”

A deputada Maria do Rosário (PT-RS) encaminhou ofício ao Ministério das Relações Exteriores solicitando que seja negada a entrada de Julien Blanc no Brasil. Segundo a parlamentar, o palestrante é conhecido por exaltar a cultura do estupro.

(Agência Câmara Notícias)

Exame continua fora da tabela do SUS e prejudica pacientes com câncer

Incorporado ao Sistema Único de Saúde (SUS) em outubro, o exame PET-CT (tomografia computadorizada por emissão de pósitrons), indicado para tratamentos do câncer, continua fora da tabela de procedimentos do sistema. As portarias que preveem a incorporação da tecnologia na rede pública foram publicadas em 23 de abril, no Diário Oficial da União. O exame, uma tomografia computadorizada, ajuda a estratificar a extensão de vários tipos de câncer em pacientes da rede pública, como câncer de pulmão de células não pequenas e linfomas de Hodgkin e não Hodgkin.

O prazo máximo de 180 dias para a implementação efetiva da inclusão da tecnologia na tabela, com os critérios de ressarcimento das unidades prestadoras, venceu em 23 de outubro. A falta desses critérios para a restituição de custos pode prejudicar pacientes, alerta a Sociedade Brasileira de Medicina Nuclear (SBMN). O presidente da SBMN, Celso Darío Ramos, explicou que os custos altos do exame estão inviabilizando o procedimento em alguns hospitais. “Tanto as unidades públicas como as particulares não poderão fazer esse exame pelo SUS se não forem ressarcidos por isso, pois o custo é muito alto”, comentou ele. “São poucas as exceções de hospitais que atendem via estado e não governo federal. A população carente hoje não tem acesso a esse procedimento”, disse.

Nos últimos três anos, o ministério ampliou em 47,3% o investimento na assistência oncológica, passando de R$ 1,9 bilhão em 2010 para R$ 2,8 bilhões em 2013. Esses recursos são destinados à realização de exames, cirurgias, radioterapia e quimioterapia. Atualmente, 280 hospitais realizam diagnóstico e tratamento de câncer em todo o Brasil.

(Agência Brasil)

Concentração dos empregos em Fortaleza

Em artigo no O POVO deste sábado (22), o técnico do Instituto de Desenvolvimento do Trabalho – IDT – e assessor técnico do Instituto de Planejamento de Fortaleza – Iplanfor -, Inácio José Bessa Pires, revela que Fortaleza detém 81,14% dos empregos na Região Metropolitana. Confira:

A Relação Anual de Informações Sociais – Rais, do Ministério do Trabalho e Emprego, registra os vínculos empregatícios dos trabalhadores inseridos no setor formal da economia, em todos os municípios do país, com uma abrangência para os 25 ramos de atividade econômica e os respectivos gêneros.

Tendo-se como referência a Rais / 2013, observa-se para o estado do Ceará, um contingente de 1.423.648 empregos. Desse total, a metrópole cearense detém 800.045 postos formais de trabalho, representando 56,20% dos empregos existente em todo o Estado.

Tratando-se da Região Metropolitana de Fortaleza – RMF, que concentra um contingente de 985.976 pessoas empregadas, confirma-se a expressiva participação de trabalhadores na Capital, na medida em que, dos quinze municípios que compõem a RMF, somente o de Fortaleza detém 81,14% dos empregos.

Ampliando-se a abrangência das informações para os municípios de médio porte – MMP (Juazeiro do Norte, Crato, Sobral, Iguatu, Quixadá e Crateús), ratifica-se a concentração dos empregos na cidade de Fortaleza, na medida em que a soma do estoque dos empregos formais, nessas localidades, alcança um total de 128.418 postos de trabalho, isto é, apenas 9,02% dos empregos existentes nos 184 municípios do estado do Ceará.

Em síntese, pelos números mencionados, é inconteste o fato de a cidade de Fortaleza concentrar de forma significativa os empregos existentes no estado. Ademais, agregando-se ao conjunto dos empregos da RMF os do MMP, tem-se a representação da ordem de 78,28%; ou seja, dos vínculos empregatícios formais gerados no estado, apenas 21,72% são para os outros 163 municípios.

Icasa tem menos de 5% para escapar do rebaixamento

Ao entrar no estádio São Januário, no Rio de Janeiro, na tarde deste sábado (22), para enfrentar o Vasco pela penúltima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Icasa carregará o peso de 95,06% de chances de rebaixamento para a Série C do próximo ano. Das 81 combinações possíveis dos resultados dos dois jogos restantes do Icasa, de um jogo do América e de um jogo do Bragantino, somente quatro combinações interessam ao clube de Juazeiro do Norte.

Além da obrigação de superar o favoritismo da equipe carioca, o time cearense também terá a obrigação de vencer o Boa Esporte (MG), no próximo sábado, no estádio Romeirão, e ainda torcer para que o América (RN) e o Bragantino (SP) não vençam seus jogos na última rodada. Todas as partidas ocorrerão no mesmo dia e horário de Brasília.

O América irá à Vila Capanema enfrentar o Paraná, enquanto o Bragantino jogará diante do ABC, em Natal. Para piorar a situação do Icasa, a torcida do ABC pede para que o time perca para o Bragantino, como forma de prejudicar o rival América.

Barroso suspende decisão judicial que permitia viagem de José Dirceu a negócios

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Roberto Barroso suspendeu a autorização dada pelo juiz da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal Nelson Ferreira Junior, ao pedido de viagem do ex-ministro da Casa Civil e condenado na Ação Penal 470, o processo do mensalão, José Dirceu.

Ele solicitou autorização para viajar entre os dias 21 de dezembro e 4 de janeiro para passar o período natalino na cidade de Passa Quatro, em Minas Gerais, com a família, bem como ir, entre 7 e 21 de dezembro, para a cidade de São Paulo e Vinhedo, em São Paulo, a fim de tratar de assuntos relativos à sua empresa.

Publicada neste sábado (22), a decisão do ministro do STF aponta que não houve qualquer comunicação oficial sobre a liberação ao Supremo, que tomou conhecimento dos fatos por meio da página do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT). Relator da Ação Penal 470, Barroso pede ao Juízo da Vara de Execuções Penais e Medidas Alternativas, “com a máxima urgência, informações acerca do pedido, da manifestação do Ministério Público e dos fundamentos da decisão”.

(Agência Brasil)

Camilo não fará anúncio do secretariado em bloco

117 1

Da Coluna Política, no O POVO deste sábado (22), pelo jornalista Érico Firmo:

Camilo Santana disse que não esperar fechar todo o secretariado para anunciar o bloco. Conforme houver as escolhas, serão informados. Ele quer a definição logo por uma questão bastante prática: para que os indicados também possam fazer a própria transição. Quanto antes fechar a indicação, mais tempo para preparar as ações terá o gestor. Cid Gomes fez isso ao anunciar a equipe de seu primeiro governo. Fez o anúncio em blocos.

Aguardar para divulgar o bloco completo só faz sentido diante da tentativa de montar o quebra-cabeça e acomodar os diferentes interesses políticos. Mas mesmo isso pode ser feito aos pedaços. Não é a pendência com um aliado que vai desmontar o arranjo inteiro.

O que esperar de um novo governo?

Em artigo no O POVO deste sábado (22), o presidente da Associação Cearense do Ministério Público, Plácido Barroso Rios, afirma que o Ministério Público não pode continuar omisso quanto à questão da violência urbana. Confira:

Esse questionamento se repete corriqueiramente ao final de uma nova eleição. Com a renovação dos mandatos à frente do Legislativo e principalmente do Executivo, aguardamos sempre e com justa razão, mudanças que contemplem os anseios sociais e tragam melhorias para nosso estado, o país e nossas vidas. No Ceará, a recente e acalorada disputa tratou de diversos temas e problemas. Porém, nenhum deles despertou maior interesse e curiosidade quanto à séria crise vivenciada pela segurança pública.

A gravidade dos fatos desafia nova e eficaz estratégia de ação. Desta feita, dialogando e ouvindo todos os atores envolvidos direta ou indiretamente na questão da violência urbana. Dentre estes, a presença efetiva do Ministério Público é indispensável. Cabe à instituição o controle externo da atividade policial, além da promoção privativa da ação penal, acompanhando todas as fases e etapas do processo crime. Por sua vez, o Ministério Público não pode continuar omisso e afastado da questão, fingindo, aos olhos da população, que o problema não lhe pertence, mas exclusivamente ao executivo, inobstante as normas e regramentos constitucionais que o apontam como principal ator dessa querela.

É hora de reconhecermos que o problema reclama a atuação da sociedade e de todas as instituições responsáveis pela segurança pública, principalmente o Ministério Público. Urge que essas instituições sejam fortalecidas, ouvidas, tornando-se partícipes de um novo e eficaz projeto de combate à violência. Esperamos trilhar um novo caminho para a paz. Para tanto, o Estado deve atuar em contínuo diálogo, unidade e sintonia com a sociedade e todas as instituições responsáveis pela segurança. Do contrário, continuaremos aprisionados em nossas próprias casas, reféns do medo e vítimas de uma violência irracional e cada vez mais descontrolada.

Morre Seu Lunga

123 2

foto seu lunga

Morreu na manhã deste sábado o poeta Joaquim dos Santos Rodrigues, o Seu Lunga, aos 87 anos. Ele estava internado Hospital São Vicente de Paulo, em Barbalha, na Região do Cariri, deste a quarta-feira (19), por causa de problemas no sistema digestivo e sofria de câncer de esôfago.

O corpo está sendo velado na Capela de São Vicente, em Juazeiro no Norte. O sepultamento ocorrerá no Cemitério do Socorro.

A seriedade e o deboche com que Seu Lunga respondia a perguntas óbvias o transformaram em personagem do folclore cearense.

Obras da 31 de Março serão intensificadas a partir da próxima semana

As obras da Praça 31 de Março, também conhecida como a Nova Praça do Futuro, serão intensificadas a partir da próxima semana, segundo a Secretaria de Turismo de Fortaleza (Setfor).

As obras haviam sido retomadas para a limpeza do terreno e aquisição dos materiais de construção, há cerca de um mês. A previsão é que a Nova Praça do Futuro seja entregue pelo prefeito Roberto Cláudio, na data de aniversário dos 289 anos de Fortaleza, no dia 13 de abril do próximo ano.

População sem acesso ao hospital Waldemar Alcântara

158 1

Em artigo enviado ao Blog, o coordenador adjunto do FUASPEC e assessor sindical da ASENMESC, José Francisco Rodrigues, denuncia que a população não tem acesso ao hospital Waldemar Alcântara. Confira:

A população em geral – particularmente aqueles mais comuns e humildes da periferia que residem nas adjacências do Hospital Waldemar Alcântara -, habituada ao cotidiano daquele estabelecimento, está indagando como tem sido administrada aquela unidade hospitalar, outrora vinculada e pertencente à Secretaria Estadual da Saúde Pública, e tem reclamado e cobrado melhor atenção.

Alegam os moradores e residentes daquele bairro da Messejana que, desde quando foi comprado e finalizada a construção daquele hospital, a clientela ali residente não tem tido e podido ter acesso e utilização normativas às dependências e serviços prestados por aquela unidade da saúde que, inclusive sempre recebeu dinheiro público e do SUS para funcionar (para custeio e manutenção).

Com o tempo, aquele hospital foi transformado em uma “O.S” – organização social, de cunho privado, que apesar de mantido pelos recursos dos cofres públicos, inclusive do próprio SUS, tem sido também administrado por uma profissional que a maioria dos procedimentos realizados ao longo dos tempos tem sido dirigida de forma e procedimentos privados, em que nem toda sociedade usuária tem podido ser atendida e assistida regularmente.

A sociedade civil gostaria de saber o porquê de tanta diferenciação, quando se sabe que a rede pública foi instituída para assistir e servir a todos quantos mais necessitam e dependem dos serviços ofertados pelo setor público estadual cearense, e ai pergunta-se: até quando haverá discriminação e distinção públicas dentro dos serviços públicos cearenses, já tão depreciados e despendiosos?

O Hospital Waldemar Alcântara, para quem ainda não sabia e que na prática não tem conhecimento de como funciona as gestões e ações básicas ali implantadas e implementadas, a rigor nem sempre tem sido muito fácil de conseguir um acesso e atendimento e/ou internação mais consistente realizada naquela instituição de saúde, até porque somente aqueles que trabalham no controle da rede pública estadual, tem dimensão das condições e a burocracia que há para se adquirir uma consulta simples.

Apesar de sabermos que a rede pública da saúde não visa qualquer tipo de lucro, assim mesmo tem sido constrangedor para aquelas que pessoas humildes que não conhecem as dimensões que são estabelecidas para o uso comum e a utilização mais complexa exigida pelo Waldemar Alcântara, pois muitos que ali já foram atendidos, dizem que os serviços ali prestados são de primeiro mundo se comparados as demais unidades e hospitais públicos da rede estadual da saúde.

O Serviço Público, ainda é a melhor opção de Saúde Pública, para todos!!!

Diretor de empresa afirma que pagou US$ 40 milhões em propina

Em depoimento de delação premiada à Justiça, um diretor da empresa Toyo Setal afirmou que pagou U$ 40 milhões ao empresário Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, para intermediar a compra de sondas de perfuração para a Petrobras. No depoimento, Júlio Gerin de Almeida Camargo declarou que o valor foi repassado para Soares por meio de contas offshore indicadas por ele no Uruguai e na Suíça.

No termo de delação, Camargo afirmou que em 2005 atuou como agente da empresa Samsung para vender para a Petrobras duas sondas de perfuração de águas profundas na África e no Golfo do México.  Para fechar o negócio, o delator disse que procurou Soares “pelo sabido bom relacionamento” dele na área internacional e de abastecimento da empresa, dirigidas à época por Nestor Cerveró e Paulo Roberto Costa, respetivamente. Para tratar do negócio, o delator disse que participou de uma reunião na sala de Cerveró, na sede da Petrobras, no Rio de Janeiro, onde  também estavam presentes o então gerente executivo da área internacional Luiz Carlos Moreira, o então vice-presidente da Samsung Harrys Lee e o gerente da Mitsui no Rio de Janeiro, Ishiro Inaguage.

Para fechar a compra, Camargo disse que se reuniu com Fernando Soares para acertar os valores do negócio. “Fernando Soares disse que precisaria ser paga a quantia de US$ 15 milhões de dólares para que ele ‘pudesse concluir a negociação em bom ‘êxito’ junto à Diretoria Internacional; (…) que isso revelava que Fernando Soares mantinha um ‘compromisso de confiança’ com o diretor internacional Nestor Cerveró. (…) que acabou concordando em pagar os US$ 15 milhões, pois era o único jeito de fechar o negócio; que o declarante fez um acordo com Fernando Soares”, diz a delação.

A defesa de Fernando Soares confirma que ele fez negócios com a Petrobras, mas de forma lícita e que ele não cobra propina.

(Agência Brasil)

Justiça suspende liminar que autorizava retirada de famílias da fazenda de Eunício Oliveira

234 4

A Justiça suspendeu nessa sexta-feira (21) a retirada de três mil pessoas da fazenda Santa Mônica, em Goiás, de propriedade do senador cearense Eunício Oliveira (PMDB). A informação é do advogado Elmano de Freitas, deputado estadual pelo Ceará, eleito em outubro último. Elmano trabalhou como advogado do MST e atualmente presta apoio ao movimento.

Em entrevista ao O POVO, na edição deste sábado (22), Eunício Oliveira diz que nunca houve mais que 500 pessoas na invasão e volta a acusar Elmano de Freitas e Ciro Gomes de promover o movimento. O senador denuncia que seis caminhonetes da Defesa Civil do Ceará estiveram no dia em que os sem-terra chegaram à propriedade, há cerca de dois meses.

Câmara Municipal homenageia os 15 anos do Conade

foto cmfor pessoas especiais

Terceiro estado brasileiro com maior número de pessoas com algum tipo de deficiência, o Ceará possui mais de 2,3 milhões de habitantes nessa situação. Para chamar a atenção ao incentivo de políticas públicas para essas pessoas, a Câmara Municipal de Fortaleza promover nessa sexta-feira (21) uma sessão solene em homenagem aos 15 anos do Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Conade), que integra a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. O requerimento da homenagem foi do vereador Acrísio Sena (PT).

Durante a sessão solene, as apresentações do Instituto Moreira de Sousa, com a Dança do Cowboy, e da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), com a música Asa Branca, emocionaram o público.

“É uma honra para esta Casa a realização dessa sessão solene. Quantas vezes pudermos defender uma causa nobre como esta, quantas vezes a faremos”, ressaltou o vereador Acrísio Sena.

Em discursos, pessoas com deficiência reivindicaram do governador eleito Camilo Santana a gratuidade em passagens nos transportes intermunicipais, além do atendimento na Saúde para órteses e próteses.

Para a representante da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas dos Direitos Humanos do Estado (COPDH/CE), Evangelina Cavalcante, o Ceará tem proporcionado nos últimos anos grandes avançados em políticas públicas para pessoas com deficiência, assim como na questão da acessibilidade.

Quatro filmes brasileiros podem concorrer ao Oscar 2015

O curta-metragem O Caminhão do Meu Pai é um dos finalistas ao Oscar 2015. Dirigido pelo paulista Mauricio Osaki, o filme concorre com outras nove produções ao prêmio de Melhor Curta-Metragem. Na categoria Documentário, disputam uma vaga as produções Elena, de Petra Costa, e This Is Not a Ball, do artista plástico Vik Muniz, e, na categoria Melhor Filme Estrangeiro, Hoje Eu Quero Voltar Sozinho, de Daniel Ribeiro. No caso dos três últimos, os finalistas ainda não foram divulgados

Uma coprodução feita entre Brasil e Vietnã e premiada em festivais internacionais, O Caminhão do Meu Pai foi produzido por uma equipe técnica brasileira e tem elenco vietnamita. Filmado em Hanói, ele conta a história de uma menina que passa um dia inteiro acompanhando o pai, que é caminhoneiro. Na sinopse oficial do filme, aos poucos, ela percebe que certo e errado são conceitos amplos. O filme foi exibido em diversos festivais internacionais, inclusive no Festival Internacional de Cinema de Berlim, no ano passado.

No dia 15 de janeiro, os finalistas de todas as 23 categorias serão divulgados. A premiação será no dia 22 de fevereiro, durante a 87ª edição da Oscar.

(Agência Brasil)

Capitão Wagner pode ser candidato à Prefeitura de Fortaleza em 2016

241 7

capitão wagner cmfor

O deputado estadual eleito em outubro último, Capitão Wagner (PR), poderá ser candidato à Prefeitura de Fortaleza, nas eleições de 2016. O nome do deputado surgiu durante reunião do bloco de oposição na Assembleia Legislativa, período 2015/2018, nessa sexta-feira (21), em um restaurante na Beira Mar. O senador Eunício Oliveira (PMDB), o ex-governador Lúcio Alcântara (PR) e o ex-prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa (PR), participaram do encontro.

A candidatura é motivada pela votação do PMDB em Fortaleza, ao Governo do Ceará, que superou a de Camilo Santana (PT) nos dois turnos. Camilo recebeu apoio do governador Cid Gomes e do prefeito Roberto Cláudio, ambos do PROS.

Luizianne Lins

Principal partido de oposição ao prefeito Roberto Cláudio, o PT não participou da reunião porque é o partido do governador eleito Camilo Santana e maior governista na Assembleia Legislativa. O partido ainda não se manifestou com nenhum nome à sucessão de Roberto Cláudio, apesar de petistas declararem que a ex-prefeita Luizianne Lins e o deputado eleito Elmano de Freitas são os nomes naturais do PT.

Enquanto Elmano de Freitas poderá enfrentar o dilema de defender Camilo Santana e ao mesmo tempo atacar o maior aliado do governador em Fortaleza, no caso o prefeito Roberto Cláudio, Luizianne Lins poderá enfrentar o próprio partido por uma candidatura própria, assim como ocorreu há 10 anos, quando foi eleita pela primeira vez.

Governo Camilo receberá R$ 6,2 bi para projetos de combate à seca

153 2

foto cinturão das águas

Da Coluna Vertical, no O POVO deste sábado (22):

O governador eleito Camilo Santana (PT) pode até reclamar que os repasses federais caíram, nos últimos anos, proporcionalmente às novas demandas surgidas, mas deverá ser contemplado no plano hídrico. Segundo o deputado federal José Nobre Guimarães (PT), a próxima gestão terá assegurados R$ 6,2 bilhões para dar continuidade a projetos estruturantes de combate e convivência com a seca.

Nessa lista, estão novos trechos do Cinturão das Águas e a construção de novas adutoras e do açude Lontras, que atenderá municípios da Chapada da Ibiapaba. Esses recursos fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento – o PAC 3, a ser tocado no segundo mandato da presidente Dilma Rousseff.

De qualquer forma, é bom que a bancada federal continue cobrando repasses atrasados de outros PACs. O ano de 2015 promete ser de aperto e toda verbinha, atrasada ou nova que vier, será sempre bem-vinda.