Blog do Eliomar

Últimos posts

Instituto Centec inscreve até esta segunda-feira para cursos técnicos e tecnológicos

As inscrições para o vestibular e processo seletivo do Instituto Centec vão somente até esta segunda-feira, 4 de junho. Quem quiser fazer um cursos técnicos ou superior tecnológico gratuito nas cidades de São Gonçalo do Amarante, Quixeramobim, Juazeiro do Norte, Crato ou Barbalha não pode perder esta oportunidade. As inscrições devem ser feitas em www.centec.org.br e a prova acontecerá no dia 17 de junho próximo, das 9 às 13 horas. O início do semestre letivo está previsto para o dia 6 de agosto.

Para mais informações, o interessado deve manter contato com a Faculdade de Tecnologia Centec (Fatec) ou Centro Vocacional Técnico (CVTEC)​ ​do seu interesse​ ​(endereço​s​ e contatos seguem abaixo).

O Centec oferece cursos de qualificação profissional, técnicos e tecnológicos gratuitos por meio de parceria com a Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), do Governo do Estado do Ceará.

​SERVIÇO

O quê: Vestibular e processo seletivo 2018.2 do Centec
Prova: 17 de junho, de 9h às 13h
Início das aulas: 6 de agosto

FATEC SERTÃO CENTRAL
Endereço: Av. Geraldo Bizarria de Carvalhos s/n, Km2 – Distrito Industrial – Quixeramobim
Contatos: (88) 3441-1320 / fatec_sertaocentral@centec.org.br

FATEC CARIRI
Endereço: Rua Amália Xavier s/n, Triângulo – Juazeiro do Norte
Contatos: (88) 3566-4051 / fatec_cariri@centec.org.br

CVTEC BARBALHA
Endereço: Av. José Bernadino Cavalcante Leite, s/nº – Km 4 – Buriti, Barbalha
Contatos: (88) 3532- 3111 / cvtec_barbalha@centec.org.br

CVTEC CRATO
Endereço: Rua Padre Cícero, nº1260 – São Miguel, Crato
Contatos: (88) 3521-4690 / cvtec_crato@centec.org.br

CVTEC SÃO GONÇALO DO AMARANTE
Endereço: Rua Estrada da Liberdade, s/nº – Liberdade, São Gonçalo do Amarante
Contatos: (85) 3315-4503 / cvtec_saogoncalo@centec.org.br

TV O POVO estreia programa na terça-feira sobre a Região Metropolitana de Fortaleza

Uma série de quatro programas, na TY O POVO, avalia as principais prioridades da Região Metropolitana de Fortaleza. A estreia acontece na terça-feira (5), com apresentação do jornalista Nazareno Albuquerque.

Na estreia, o “Conexão RMF – Um debate necessário” recebe o presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho (PDT), que neste mês deverá estar lançando o Parlamento Metropolitano, além do empresário André Barbosa.

(Foto: Divulgação)

OAB-CE apresenta nova sede da entidade

O secretário-geral-adjunto e corregedor da OAB-CE, Fábio Timbó, apresentou em vídeo a nova sede da entidade, no bairro Edson Queiroz, que já se encontra disponível para ocupação.

Fábio Timbó foi o responsável pela execução das obras de reforma e melhoria da nova sede que chega com bom atraso, já que até festa de entrega houve quando da gestão do hoje conselheiro do CNJ, Valdetário Monteiro.

Ceará é apontado como “zebra” em sites de apostas online

Apesar de jogar em casa, o Ceará é apontado como “zebra” em sites de apostas online, diante do confronto com o Cruzeiro, na noite deste domingo (3), a partir das 19 horas, no Castelão, pela nona rodada do Brasileirão. O Vozão possui apenas 20% da preferência dos apostadores, diante de 45,6% do Cruzeiro e 34,3% de empate. O árbitro é o carioca Rodrigo Carvalhães de Miranda, que conduziu apenas uma partida do Ceará, em 2013, quando a equipe cearense perdeu de 3 a 0 para o Paraná.

A equipe do treinador Jorginho busca a primeira vitória na competição, enquanto o time mineiro, que vem de duas vitórias consecutivas, entrará no G4 em caso de mais uma vitória. Se perder, o Ceará assume a lanterna do Brasileirão.

(Foto: Arquivo)

Governo discutirá política de amortecimento de preços de combustíveis nesta segunda-feira

O Ministério de Minas e Energia (MME) estuda a criação de uma política de amortecimento de preços dos combustíveis que chegue ao bolso do consumidor. Nesta segunda-feira (4), técnicos do MME e do Ministério da Fazenda, que integram o grupo de trabalho criado para discutir o assunto, têm reunião marcada. Estão incluídos na discussão os combustíveis derivados do petróleo, como a gasolina.

O acordo firmado com os caminhoneiros para o fim do movimento de paralisação define a redução de R$ 0,46 no preço do diesel nas bombas. Agora, a intenção é incluir na discussão também os demais combustíveis, criando um mecanismo que proteja o consumidor final da volatilidade dos preços.

Segundo o MME, o grupo de trabalho vai convidar especialistas no assunto para ajudar a construir uma solução que permita, por um lado, a continuidade da prática de preços livres ao produtor e importador e, por outro, o amortecimento dos preços ao consumidor. A primeira reunião do grupo ocorreu na última sexta-feira (1º), com participação de técnicos da Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Greve de caminhoneiros causa desabastecimento de combustível em postos de gasolina da cidade de Teresópolis, na região serrana do Rio de Janeiro.
O grupo de trabalho vai discutir o amortecimento dos preços dos combustíveis (Fernando Frazão/Arquivo/Agência Brasil)
“[Essa política de proteção] terá que preservar a atual prática de preços de mercado para o produtor e importador, o que é tido pela atual administração como um ponto fundamental para a atração de investimentos para o setor. Vai trazer previsibilidade e segurança ao consumidor e ao investidor”, diz a pasta em nota.

Política de preços
Desde 2016, a Petrobras segue uma política de variação do preço dos combustíveis que acompanha a valorização do dólar e o encarecimento do petróleo no mercado internacional. Na nota, o MME diz que a política de liberdade de preços da Petrobras, assim como das demais empresas de petróleo que atuam no país, “é uma política de governo”. “A Petrobra s teve e tem total autonomia para definir sua própria política de preços”, destaca o texto.

Com os reajustes, no início de maio, a Petrobras anunciou um crescimento do lucro líquido de 56,5% no primeiro trimestre deste ano, em relação a igual período do ano passado, atingindo R$ 6,96 bilhões. O crescimento expressivo surge depois de quatro anos seguidos de prejuízos e de um processo de reestruturação e de redução do endividamento da companhia, que teve início após as denúncias da Operação Lavo Jato.

Este foi, segundo a estatal, o melhor resultado trimestral desde o início de 2013, quando a empresa havia lucrado R$ 7,69 bilhões, e também terminou o trimestre com resultados positivos em sua métrica de segurança.

Flutuações
As flutuações, no entanto, impactam o consumidor. Ontem (2) a Petrobras aumentou em 2,25% o preço da gasolina em suas refinarias. Com isso, o litro do combustível ficou 4 centavos mais caro, ao passar de R$ 1,9671 para R$ 2,0113, de acordo com a estatal.

Em um mês, o combustível acumula alta de preço de 11,29%, ou seja, de 20 centavos por litro, já que, em 1º de maio, o combustível era negociado nas refinarias a R$ 1,8072. O preço do diesel, que recuou 30 centavos desde o dia 23 de maio, no ápice da greve dos caminhoneiros, será mantido em R$ 2,0316 por 60 dias.

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Econômicos (Dieese) diz, em nota técnica, que a política de preços resultou, entre o final de abril e maio, em 16 reajustes do preço da gasolina e do diesel nas refinarias. Para o consumidor final, os preços médios nas bombas de combustíveis subiram, considerando os impostos federais e estaduais, de R$ 3,40 para R$ 5, no caso do litro de gasolina (crescimento de 47%), e de R$ 2,89 para R$ 4,00, para o litro do óleo diesel (alta de 38,4%).

Edição: Juliana Andrade
Tags: PREÇOS

Biografia de Meghan Markle chega ao Brasil neste mês

Meghan Markle tem apenas 36 anos, mas acaba de ganhar uma biografia. Escrito por Andrew Morton, biógrafo da princesa Diana, o livro chega ao Brasil neste mês.

A informação é do jornalista Lauro Jardim, colunista do O Globo.

“Meghan: a princesa de Hollywood que conquistou a Inglaterra”, da editora Seoman, tem entrevistas com a família, amigos e professores da atriz, além de contar detalhes do início do romance com o príncipe Harry.

Morre australiano condenado por pedofilia e atropelado em Copacabana

Internado há cinco meses, depois de um atropelamento coletivo em Copacabana, o australiano Christopher Gott, de 63 anos, morreu na quinta-feira (31). A morte de Gott foi confirmada hoje (3) pela Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro. Ele sofreu traumatismo craniano e estava internado no Hospital Municipal Miguel Couto, na zona sul da cidade.

Conforme noticiou a imprensa australiana, Gott era considerado foragido da Justiça por crimes de pedofilia desde os anos 1990. Ele era professor nas cidades de Melborne e Darwin nos anos 1980 e foi condenado por abuso sexual contra alunos menores de idade.

Sentenciado a seis anos, o australiano passou ao regime condicional após dois anos na cadeia e fugiu quando recebeu autorização judicial para voltar a Melborne.

Durante 22 anos, ninguém soube de seu paradeiro, até que ele foi atropelado junto com 16 pessoas no Calçadão de Copacabana, em janeiro. Um bebê de oito meses morreu no acidente.

O motorista do veículo já havia sido indiciado por homicídio culposo pela morte do bebê, e afirmou à Polícia Civil na época que sofre de epilepsia e tinha passado mal no momento do acidente.

(Agência Brasil)

Aluna de escola municipal de Fortaleza representa o Ceará em conferência nacional pelo meio ambiente

211 1

A aluna da Escola Municipal de Tempo Integral Professor Joaquim Francisco de Sousa Filho, Aurissol Santos Azevedo, foi eleita para integrar a delegação que irá representar o Ceará na V Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente, que tem como tema “Vamos cuidar do Brasil cuidando das águas”. A estudante irá compor uma comitiva de 19 jovens que participará do evento nacional, de 15 a 19 deste mês, em Sumaré (SP) e será a delegada nata, a única da delegação do Ceará a apresentar o seu trabalho científico para um público composto por estudantes de todo o país.

Crianças e jovens de 1.226 escolas de 156 municípios cearenses passaram pelas etapas escolares, regionais e estadual. Entre os 84 estudantes que chegaram à culminância da III Conferência Estadual Infantojuvenil pelo Meio Ambiente com seus projetos, 19 foram escolhidos para integrar a delegação cearense que irá ao evento nacional. As etapas anteriores à nacional funcionaram como uma eleição, na qual os próprios alunos elegiam dos melhores trabalhos. Montada a comitiva e escolhidos os “delegados”, os jovens seguem para a fase nacional que é expositiva.

Em uma eleição realizada entre os próprios alunos, Aurissol foi eleita a delegada nata do estado do Ceará com o trabalho sobre “Análise quantitativa das concentrações de Moringa oleífera na redução de turbidez da água”. O professor André Luís Bezerra da Silva Brasilino foi o orientador do trabalho e acompanhará a aluna na etapa nacional.

O trabalho de Aurissol, que a fez receber o maior número de votos entre os 19 delegados da comitiva, trata sobre as propriedades da moringa, uma planta originária da Índia, facilmente encontrada no Ceará. O vegetal, ao entrar em contato com a água, é capaz de purificá-la e possui potencial para eliminar larvas do Aedes aegypti.

“Quando soubemos da conferência e da temática que seria abordada, movimentamos os alunos a pesquisar algo útil e acessível para a comunidade. Os estudantes leram artigos, pesquisaram, participaram de todo o processo de laboratório, conheceram as propriedades da moringa e entenderam como oferecer esse conhecimento de forma fácil e prática. A Aurissol é muito comunicativa e aprende rápido. Estamos felizes por representar o Município e o Estado nesse evento e, com certeza, aprenderemos muito com essa experiência”, comentou o professor André Luís.

“A experiência na etapa estadual já foi excelente. Tive contato com muitas pessoas e outros projetos. Tenho certeza de que votaram em mim pela importância e relevância da minha pesquisa. Para a nacional, como não será uma competição, estarei livre de qualquer pressão. Então acho que transmitirei a ideia de uma forma ainda melhor, atingindo várias pessoas que passarão a ter acesso aos benefícios da moringa. Quero ir lá para ajudar pessoas e aprender mais”, aponta Aurissol.

(Com Site da Prefeitura de Fortaleza)

Promotores querem investigar venda de informações de contribuintes

A Comissão de Proteção de Dados do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) enviou ao Ministério Público Federal (MPF) informações sobre possível venda de CPFs e outros dados pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), empresa pública vinculada ao governo federal. No documento, o MPDFT pede ao MPF que apure e avalie se há ilegalidades no caso.

Desde o início do ano o MPDFT investiga o site Consulta Pública, que disponibiliza informações pessoais de brasileiros. A suspeita é que ele estaria usando dados da base de órgãos da Administração Pública Federal, como o Serpro. O domínio do site foi congelado por ação dos promotores.

Entre as informações oferecidas por determinadas quantias estariam nome completo, inscrição no CPF, data de nascimento, sexo, título de eleitor, nome da mãe, endereço completo e situação da inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas. Esses dados eram retirados da base da Receita Federal.

Segundo comunicado divulgado pelo MPDFT, a Comissão de Proteção de Dados da instituição teria encontrado evidências da comercialização de CPFs, “inclusive com descrição de valores referentes à venda dos dados para a própria administração pública direta e indireta”.

A equipe teria obtido uma proposta comercial do Serpro para comercializar os cadastros pessoais com outro órgão da Administração Pública, como a Controladoria-Geral da União, o Conselho da Justiça Federal e o Conselho Nacional de Justiça, em contratos que somam mais de R$ 1,3 milhão. Os promotores questionaram a empresa, que se recusou a responder às perguntas.

“Trata-se de um negócio milionário no qual os dados armazenados e geridos pela própria administração pública são vendidos para a mesma administração pública”, afirmou o promotor Frederico Ceroy.

Por meio de nota, o Serpro repudiou o que chamou de “a distorção que vem sendo feita a respeito de sua atuação na prestação de serviços ao governo e à sociedade”. A empresa acrescentou que nunca contratou ou repassou informações ao site Consulta Pública, bem como não disponibilizou dados básicos de brasileiros “em qualquer ambiente”.

Em relação ao repasse a outros órgãos públicos, o Serpro argumentou que o processo não é irregular.

“O que é chamado ‘venda de informações’ é, na verdade, um procedimento legal e legítimo amparado por lei de disponibilização, previamente autorizada, de dados e informações já públicos, pertencentes aos órgãos e entidades da administração, procedimento que, em nenhuma medida, atenta contra o sigilo de dados do cidadão”, concluiu o comunicado.

(Agência Brasil)

Eunício diz que é preciso rezar pelo Brasil

756 3

O presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (MDB-CE), disse, neste domingo (3), após a missa em homenagem aos 50 anos do governador Camilo Santana (PT), no Santuário de Nossa Senhora da Assunção, no bairro Vila Velha, que é preciso rezar para o Brasil.

A declaração veio quando instado se deveria o brasileiro rezar para que Temer concluísse, sem maiores problemas, o seu mandato.

Tubarão movimenta dia de sol em praia do Rio de Janeiro

A presença de um tubarão na Praia de São Conrado, na zona sul do Rio de Janeiro, tirou banhistas da água e atraiu olhares curiosos ontem (3), durante o sábado do feriadão de Corpus Christi, de sol e tempo aberto na cidade.

Por meio de um vídeo, publicado nas redes sociais pelas páginas Salvemos São Conrado e Rocinha Alerta, é possível ver crianças e adultos fora da água em um trecho da praia, enquanto o animal nadava perto da faixa de areia.

De acordo com os bombeiros, não houve nenhuma ocorrência relacionada ao tubarão.

Em comentários nos vídeos, internautas manifestaram surpresa e pediram respeito ao tubarão.

(Agência Brasil / Foto: Reprodução Facebook)

A persistência dos efeitos da seca

Editorial do O POVO deste domingo (3) atenta para a necessidade de se encontrar saídas contra as seca, que não sejam apenas esperar que a natureza resolva o problema da falta de água. Confira:

Dividida em três partes, a última publicada na edição de ontem, uma primorosa reportagem dos repórteres Cláudio Ribeiro (texto) e Julio Caesar (foto), “A peleja das águas”, mostrou uma nova face do Sertão. Os campos estão um pouco mais verdes e os açudes ostentam tímidas, porém esperançosas, lâminas de água, depois que a estiagem deu uma pequena trégua.

De 2012 a 2017 (seis anos) as chuvas ficaram muito abaixo da média para recarregar açudes, impossibilitando também safras comerciais e mesmo uma pequena colheita, com a qual o agricultor pudesse prover a sua família. Mesmo com a melhora, 2018 é considerado o sétimo ano de seca em muitas cidades do interior cearense, devido às graves consequências de tanto tempo de fracos períodos chuvosos.

Um dos casos relatados pelos repórteres mostra que a cidade de Pedra Branca (92 km de Fortaleza) foi obriga a adotar medidas de emergência nos três últimos anos. Uma dessas providências foi, literalmente, fechar as torneiras, que estão sem transportar água encanada desde 2015. A população viveu os três últimos anos à base de carros-pipa, e deveria voltar a ter o fornecimento nas torneiras no fim de maio. No entanto, as autoridades foram surpreendidas por outro problema: a greve dos caminhoneiros. Com tanto tempo sem funcionar, seriam necessários reparos no sistema, mas as peças ficaram parada nos bloqueios dos grevistas – e o serviço precisou ser adiado.

Em Tauá (347 km de Fortaleza) a irregularidade das chuvas fez alastrar-se, de modo incomum, uma larva que provoca um mal chamado de “papada inchada” pelo sertanejos, atingindo ovinos, caprinos e bovinos. Transmitida pelo verme Haemonchus contortus, a doença leva à morte do animal. O secretário municipal da Agricultura, Argentino Tomaz Filho, afirma que pelo menos 10% do rebanho foi dizimado pela doença.

De uma forma ou de outra, verifica-se que as consequências danosas persistem, mesmo quando encerra-se o ciclo da seca. Isso confirma a urgência de se encontrar saídas que não sejam apenas esperar que a natureza resolva o problema da falta de água.

50, com disposição de 30 para trabalhar – diz Camilo

702 2

O governador Camilo Santana agradeceu neste domingo (3) a presença das mais variadas correntes políticas no Ceará, em missa dos seus 50 anos de idade, no Santuário de Nossa Senhora da Assunção, no bairro Vila Velha.

Apesar de destacar que está com 50 anos, mas “com disposição de 30 para trabalhar”, Camilo usou mesmo a experiência de cinco décadas para desconversar sobre alianças políticas no Estado, diante das presenças de Ciro Gomes e Eunício Oliveira, adversários desde a eleição do próprio Camilo, há quatro anos.

Camilo reúne opositores em comemoração aos seus 50 anos

6452 8

O pré-candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, e o senador Eunício Oliveira (MDB-CE), voltaram a estar juntos pelo mesmo propósito, neste domingo (3), no Santuário de Nossa Senhora da Assunção, no bairro Vila Velha.

Não, nada a ver com as eleições deste ano. Mas, sim, pelos 50 anos do governador Camilo Santana (PT), que reúne nesta manhã familiares, políticos, empresários, amigos e cidadãos comuns. Além de Ciro e Eunício, também se encontram presentes o ex-governador Cid Gomes, o prefeito Roberto Cláudio, o presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho, e o presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque.

O filho de Camilo, Pedro, fez leitura em homenagem ao pai e emocionou os presentes à missa, que reúne secretários estaduais como Artur Bruno (Sema) e Fabiano Piúba (Secult) e municipais com lpídi Nogueira (Direitos Humanos e Desenvolvimento Social), dirigentes de órgãos públicos e movimentos sociais como quilombolas, indígenas e ciganos.

O ato foi uma ideia de Eudoro e Hermengarda, pais de Camilo, que queriam comemorar junto a setores populares. O irmão de Camilo, Tiago Santana, com sua mulher, veio dos EUA, onde mora, e prestigia a missa.

Os deputados federais Chico Lopes (PCdoB), Leônidas Cristino (PDT), André Figueiredo (PDT), José Guimarães (PT), Antonio Balhmann (PDT) e Odorico Monteiro entre alguns parlamentares que bateram o ponto no ato. Entre estaduais Rachel Marques (PT), Leonardo Araújo (MDB), Carlos Felipe(PCdoB) e Walter Cavalcante, que tem militância política na Vila Velha.

(Fotos: Paulo MOska)

Trump defende tarifas e exige que EUA sejam tratados de forma “justa”

O presidente americano, Donald Trump, defendeu neste sábado sua decisão de impor tarifas às importações de aço e alumínio de União Europeia (UE), Canadá e México, e reiterou seu pedido para que os Estados Unidos sejam tratados de “forma justa”.

“Os EUA devem, finalmente, ser tratados de forma justa no comércio. Se cobramos ZERO a um país por vender seus produtos, e de nós cobram 25, 50 ou inclusive 100% para vender os nossos, é INJUSTO e não se pode tolerar”, disse Trump na sua conta no Twitter.

“Isso não é Comércio Livre ou Justo, é um Comércio Estúpido!”, acrescentou o presidente americano.

As palavras de Trump chegam justamente um dia depois da entrada em vigor das tarifas dos EUA sobre a importação de aço e alumínio de UE, Canadá e México.

Essas tarifas são o passo mais agressivo dado até agora por Trump em seu desafio ao sistema de livre-comércio global, já que é o primeiro dirigido diretamente contra alguns dos seus aliados mais próximos.

Canadá e UE já denunciaram os EUA na Organização Mundial do Comércio (OMC), que se transformou no árbitro da guerra comercial.

Além disso, a decisão de Trump foi tomada apenas uma semana antes da viagem à cúpula do G7, organizada pelo Canadá, um dos principais afetados por ser o maior exportador de aço aos EUA, e onde se encontrará com o primeiro-ministro Justin Trudeau, a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, e o presidente da França, Emmanuel Macron, entre outros.

Por sua vez, o ministro de Comércio Internacional do Reino Unido, Liam Fox, anunciou hoje que seu governo abordará no G7 com Trump possíveis isenções às tarifas, que tachou de “ilegais”.

(Agência EFE)

Termina hoje prazo para pedir uso do nome social no Enem

Transexuais e travestis têm até hoje (3) para solicitar a identificação pelo nome social no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O pedido deve ser feito na Página do Participante.

O interessado deve informar CPF, senha e o nome social usado. Devem ser anexados os documentos comprobatórios da condição que motiva a solicitação de atendimento pelo nome social.

Será necessário anexar fotografia atual nítida, individual, colorida, com fundo branco que enquadre desde a cabeça até os ombros, de rosto inteiro sem o uso de óculos escuros e artigos de chapelaria, como boné, chapéu, viseira, gorro ou similares; cópia digitalizada da frente e do verso de um dos documentos de identificação oficial com foto e cópia assinada e digitalizada do formulário de solicitação.

Os documentos serão aceitos somente nos formatos PDF, PNG ou JPG, no tamanho máximo de 2MB.

Após apresentar as informações solicitadas, o participante deverá, então, clicar no botão “visualizar” e imprimir o formulário de solicitação.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) orienta que os documentos devem ser legíveis para que não haja o risco de serem considerados inválidos para comprovação do atendimento.

As solicitações que não forem aceitas poderão ser consultadas na Página do Participante. Nesse caso, o candidato será informado pelo e-mail cadastrado para que envie um novo documento comprobatório no prazo de cinco dias.

No ano passado, 303 pessoas fizeram a solicitação para uso do nome social no Enem. O atendimento pelo nome com o qual a pessoa se identifica teve início no Enem de 2014, quando 102 pessoas usaram o nome social durante a aplicação da prova. Em 2015, esse número passou para 278 e, em 2016, para 407.

As provas do Enem serão aplicadas em dois domingos, nos dias 4 e 11 de novembro. Os resultados serão divulgados em janeiro. As notas podem ser usadas para ingresso no ensino superior e para acesso a programas do governo federal como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Programa Universidade para Todos (ProUni) e Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

(Agência Brasil)

Mega-Sena acumula e prêmio na quarta-feira é de R$ 5,5 milhões

Nenhum apostador acertou os seis números da Mega-Sena, sorteados na noite desse sábado (2), em Jataí/GO. Segundo estimativa da Caixa Econômica Federal, o prêmio da quarta-feira deverá chegar a R$ 5,5 milhões.

Os números sorteados nesse sábado foram: 0306112728 e 46.

Oitenta apostas acertaram cinco números e cada uma receberá a quantia de R$ 17,1 mil. Já a quadra pagará R$ 423, 24 para 4.630 apostadores.

Petrobras salva pelo gongo

Da Coluna Valdemar Menezes, no O POVO deste domingo (3):

A semana terminou com o registro de uma grande vitória do povo brasileiro: a queda do presidente entreguista da Petrobras, Pedro Parente, depois das greves de caminhoneiros e petroleiros, apoiadas amplamente pela população. As perseguições contra os grevistas foram marcadas pela ótica ideológica de classes. Os petroleiros, por exemplo, sentiram toda a parcialidade da Justiça do Trabalho, mesmo seu movimento não contribuindo para desabastecimento, tendo prazo para terminar e obedecendo toda a legislação. Mas, foram inviabilizados por multas escorchantes por terem denunciado a política de preços dos vendilhões da Petrobras.

A vitória foi parcial e será enganosa se não for desfeita a trama aprontada pelo governo contra o povo ao pretender cobrar deste o repasse que fez à Petrobras, através da isenção de impostos destinados a financiar programas e serviços sociais imprescindíveis, inclusive o SUS. Tudo para não diminuir o lucro exagerado dos acionistas privados da empresa (a maioria americanos).

Vendo-se suplantados, cada vez mais, pela ofensiva comercial e geopolítica da China na América Latina, os EUA se alertaram para seu quintal sul-americano. Foi a hora de elaborar uma forma de dar golpes de estado assépticos, sem militares (utilizando o Parlamento e o Judiciário, apoiados na grande mídia). Criaram uma sequência no Brasil: julgamento do mensalão do PT, Lava Jato, deposição de Dilma – com um impeachment forjado – e prisão de Lula. Tudo sob o pretexto de combate à corrupção (só que colocando no poder o grupo político mais corrupto do Brasil). O que incomodava mesmo era a autonomia do Brasil e sua política de petróleo do País: convocaram Pedro Parente para o serviço sujo.