Blog do Eliomar

Últimos posts

Boas chuvas no Ceará. Camocim registra 100 milímetros

Até as 7 horas da manhã desta segunda-feira, choveu em 97 municípios cearense. A informação é da Funceme, através do seu site. Em Fortaleza, choveu mais de 33 milímetros. A maior chuva foi registrada em Camocim, com 100 milímetros. 

Camocim (Posto: Camocim) : 100.0 mm

Guaraciaba Do Norte (Posto: Guaraciaba Do Norte) : 97.0 mm

Santa Quiteria (Posto: Trapiá) : 93.0 mm

Ibiapina (Posto: Ibiapina) : 85.0 mm

Reriutaba (Posto: Reriutaba) : 85.0 mm

Guaraciaba Do Norte (Posto: Picada) : 84.0 mm

Russas (Posto: Russas) : 58.0 mm

Pacuja (Posto: Pacuja) : 55.4 mm

Meruoca (Posto: Meruoca) : 51.0 mm

Forquilha (Posto: Forquilha) : 46.0 mm

Prefeitura se diz insatisfeita com administração do Mercado Central

foto salmito tv diário

Estacionamentos ocupados de forma irregular, boxes não cadastrados em funcionamento e falta de transparência na prestação de contas. Essas são algumas das irregularidades encontradas pela Prefeitura de Fortaleza junto à administração do Mercado Central, segundo levantamento realizado pela Secretaria de Turismo de Fortaleza (Setfor), desde o ano passado.

Em entrevista ao Diário na TV, na manhã desta segunda-feira (17), o secretário de Turismo, Salmito Filho, disse que desde o primeiro semestre de 2013 vem se reunindo com permissionários do Mercado Central e cobrado esclarecimentos da administração do equipamento público, que há cerca de 10 anos é responsável pelo gerenciamento de um dos mais atrativos pontos turísticos da cidade.

“Como as reuniões não estavam adiantando, passei a cobrar os esclarecimentos por meio de portarias”, comentou Salmito Filho, que já autorizou um recadastramento dos boxes.

Há cerca de 10 dias, o presidente da Associação dos Lojistas do Mercado Central (Almec), Juarez Elias, renunciou ao cargo.

Homens jovens são a maioria das vítimas de homicídio no Ceará

perfilll

“A maioria das vítimas de homicídio no Ceará este ano era jovem, com idade entre 15 e 29 anos. Das 772 pessoas assassinadas nos dois primeiros meses de 2014, 400 (51%) têm esse perfil. O POVO fez o levantamento com base nos relatórios da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Os dados de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) são publicados na Internet e incluem homicídios dolosos, latrocínios (roubos seguidos de morte) e óbitos decorrentes de lesão.

Os jovens homens são os que mais morrem (foram 381 vítimas do sexo masculino e 19 do sexo feminino, nessa faixa etária). Se consideradas todas as idades, o gênero masculino chega a 93% dos CVLIs. O levantamento mostra ainda que os crimes foram cometidos majoritariamente com armas de fogo (83%). Quase metade dessas mortes aconteceu em Fortaleza, cidade que concentra cerca de um terço da população do Ceará (ver quadro).

Para o coordenador do Laboratório de Estudos da Violência (LEV/UFC), sociólogo César Barreira, fatores históricos explicam o perfil da vítima de morte violenta no Ceará ser o homem jovem. Segundo ele, essas vítimas são preferenciais porque culturalmente o homem circula em ambientes mais perigosos que as mulheres. Logo, protagonizam mais disputas. De toda espécie. Das amorosas ao controle do tráfico. Esses conflitos resultam em mortes.

Barreira cobra políticas públicas de esporte, lazer, educação, cultura e capacitação profissional para essa população jovem não ser ainda mais vitimizada. E ressalta a necessidade de reduzir a circulação de armas de fogo no Estado. O Ceará tem desempenho tímido nas campanhas nacionais de desarmamento. “A gente fala muito que a violência é democrática. Mas ela termina sendo seletiva na medida em que a vítima preferencial é o homem jovem. Sendo agressor, ele se expõe mais. Então, também é mais vítima. Os jovens continuam mais vítima do que propriamente agressores. E o Estado carece muito de uma política para o jovem”, cita César.

Questões educacionais também explicam esse fenômeno da matança seletiva. “A formação dos rapazes é voltada para o enfrentamento, o ideal do macho guerreiro e a exposição dos elementos da masculinidade. As moças, até pouco tempo, tinham uma formação mais voltada para o lar. Por isso que, na violência doméstica, a grande maioria das vítimas é mulher e, nas ruas, predomina o masculino. E não existem políticas que acolham esses jovens. Essa ausência de Estado deixa um vazio. Um vazio que é preenchido com a violência”, frisa Geovani Jacó, coordenador do Laboratório de Estudos e Pesquisas sobre Conflitualidade e Violência (Covio/Uece).

Geovani critica a ineficácia do poder público na contenção do narcotráfico, outro forte vetor, conforme o estudioso, da morte violenta. “O Estado é incapaz de reprimir a expansão do narcotráfico. No fundo, os jovens estão pedindo socorro. Estão buscando formas de afirmação social. Como não encontram no Estado, encontram no mercado do narcotráfico, que lhe promete poder e visibilidade. Só que isso é algo letal e autoritário. Depõe contra qualquer lógica do Estado Moderno, instaurando regras particulares. Muito embora não se configure um estado paralelo. Porque tudo isso tem a conivência do Estado. A ramificação da lógica do crime não circula só entre a sociedade. Ela está entranhada na Polícia, na Justiça, no Legislativo… É uma questão complexa. E endêmica.”

(Bruno de Castro, do O POVO)

Nova sede do TCE e um terreno em questão

teodoricomenezes

Esta nota é da Coluna Radar, da Veja Online:

Em 2010, o então presidente do Tribunal de Contas do Ceará, Teodorico Menezes, desapropriou uma área de 7. 000 metros quadrados no Centro de Fortaleza para construção de um anexo do tribunal.

Apesar de já ter sido negociada semanas antes por 10 milhões de reais, a propriedade teve a venda sustada e o valor de indenização estabelecido em apenas 2 milhões.

O proprietário questionou a avaliação na Justiça que lhe deu ganho de causa, mas Menezes recorreu da decisão, chamou a polícia e iniciou a obra mesmo sem o alvará da prefeitura.

Passados três anos, a obra ainda não foi concluída e já custou aos cearenses 24 milhões de reais. Sem considerar o preço do terro que ainda não foi pago, o preço do metro quadrado do novo prédio do TCE que está inconcluso já custou 4.000 reais, enquanto o preço médio de empreendimentos de alto padrão na mesma área é de 2.000 reais.

Teodorico Menezes está afastado de suas funções desde julho de 2012, por decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), onde responde pelas acusações de peculato, falsidade ideológica e formação de quadrilha.

Ele foi apontado pelo Ministério Público Federal como chefe de um esquema que desviou 2,5 milhões de reais de um programa de construção de banheiros em casas sem saneamento no interior do Ceará. No mês passado, Menezes tentou voltar à ativa, mas foi barrado por decisão da ministra Nancy Andrighi.

Ucrânia: 96,6% votaram a favor da reunificação da Crimeia com a Rússia

Um total de 96,6% dos eleitores da Crimeia votou a favor da reunificação com a Rússia no referendo desse domingo (16), informou nesta segunda-feira (17) o presidente da Comissão Eleitoral da Crimeia, Mikhailo Malychev. “Esses dados já não variam”, disse Mikhailo Malychev, que estimou em 82,71% a participação na consulta feita na península banhada pelo Mar Negro.

“Resultados definitivos do referendo em 96,6 a favor!”, escreveu, por sua vez, o primeiro-ministro pró-Rússia da Crimeia, Serguii Axionov, em sua conta no Twitter. Em sessão extraordinária, o Parlamento da Crimeia vai aprovar hoje os resultados do referendo e, em seguida, pedir ao presidente russo, Vladimir Putin, que aceite a República Ucraniana na Federação Russa.

O referendo, que incluiu duas perguntas – “Aprova a reunificação da Crimeia com a Rússia como membro da Federação Russa?” e “Aprova a restauração da Constituição da Crimeia de 1992 e o Estatuto da Crimeia como parte da Ucrânia?” – é considerado ilegal pelas novas autoridades de Kiev e pela maioria da comunidade internacional. Só Moscou defende que se trata de uma consulta “legítima”.

As autoridades autônomas da Crimeia convocaram o referendo de domingo na sequência da deposição do presidente ucraniano pró-Rússia, Viktor Ianukóvitch, em fevereiro, após três meses de violentos protestos em Kiev, liderados pelas forças da oposição.

Depois da queda de Ianukóvitch, forças apoiadas pela Rússia assumiram o controle da península do Sul da Ucrânia, transformada no foco do mais grave conflito entre Leste e Ocidente desde o fim da Guerra Fria.

Seis décadas após a decisão unilateral do então dirigente soviético Nikita Khrushchev, de anexar essa região tradicionalmente russa à Ucrânia, as respostas às duas questões colocadas aos eleitores da Crimeia no referendo poderão definir por muito tempo as relações entre a Rússia e o Ocidente.

Em um território habitado majoritariamente por 58,32% de russos, 24,32% de ucranianos (ambos de religião ortodoxa) e 12,1% de tártaros da Crimeia (muçulmanos), previa-se que o desfecho da consulta não fosse surpreendente, depois de uma sondagem recente ter previsto um “sim” esmagador à união com a Rússia.

(Agência Brasil)

O PIB do Ceará de novo

65 1

Da Coluna Vertical, no O POVO desta segunda-feira (17):

Dentro do debate sobre o PIB do Ceará, o ex-governador Lúcio Alcântara (PR) manda nota a Vertical: “É certo que o PIB estadual (3,44) foi maior que o do País (2,3). O que não significa muita coisa, considerando que a economia brasileira vacila nos últimos anos. Uma análise do período mais recente revela que o índice no Estado vem em queda há três anos: 4,3; 3,65 e 3,44 como aqui foi exposto”, diz o ex-governador.

“No meu Governo (2003/2006), num cenário bem adverso, marcado por uma delicada situação das finanças estaduais e a recessão da economia nos primeiros anos do presidente Lula, o crescimento médio foi de 4,36. Na atual administração (2003/2013), a média foi de 4,46 em condições locais e nacionais muito mais favoráveis que aquelas com as quais convivi. Se formos mais rigorosos e fizermos os cálculos pela média geométrica veremos que os resultados ainda são mais favoráveis ao meu período, 3,61, enquanto o atual não passou de 2,42. É triste ver o Brasil e o Ceará festejando PIBs medíocres”, ressalta.

Fantástico anuncia reportagem sobre violência em Fortaleza

395 20

Ao apresentar nesse domingo (16) uma reportagem sobre a cidade mais violenta do mundo, San Pedro Sula, em Honduras, na América Central, segundo levantamento das 50 cidades mais violentas do mundo, o programa Fantástico, da Rede Globo, anunciou para o próximo domingo (23) uma matéria sobre três cidades brasileiras no topo do indesejado ranking, entre elas Fortaleza.

A capital cearense é a sétima no ranking, com 72,8 mortes violentas para cada 100 mil habitantes, mas a primeira em números absolutos, com quase o dobro de casos de San Pedro Sula.

Maceió e João Pessoa completam a reportagem do Fantástico, que esteve nas capitais nordestinas na última semana.

Inscrições para o Sisutec começam nesta segunda-feira

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) podem ser feitas a partir desta segunda-feira (17) até a sexta-feira (21) pelo site http://sisutec.mec.gov.br.

Podem se inscrever estudantes que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 e obtiveram nota superior a zero na redação. É necessário informar o número de inscrição e a senha usados no Enem de 2013. O Ministério da Educação lembra que o número de inscrição e a senha de outras edições do exame não serão aceitos.

Ao fazer a inscrição, o candidato deve escolher, por ordem de preferência, até duas opções entre as vagas ofertadas pelas instituições participantes do Sisutec. O candidato também deve definir se deseja concorrer às vagas destinadas aos estudantes que tenham cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou em instituições privadas na condição de bolsista integral, ou às vagas reservadas a negros, pardos e indígenas que tenham cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou em instituições privadas na condição de bolsista integral, especificamente para acesso às vagas ofertadas pelas instituições federais de ensino ou às vagas destinadas à ampla concorrência.

Durante o período de inscrição, o candidato pode alterar suas opções. Será considerada válida a última inscrição confirmada. Ao fim da etapa de inscrição, o sistema seleciona automaticamente os candidatos mais bem classificados em cada curso, de acordo com suas notas no Enem. Serão considerados selecionados somente os candidatos classificados dentro do número de vagas ofertadas pelo Sisutec em cada curso, por modalidade de concorrência. Caso a nota do candidato possibilite a classificação em suas duas opções de vaga, ele será selecionado exclusivamente na primeira opção.

Serão feitas duas chamadas sucessivas. A cada chamada, os candidatos selecionados têm um prazo para fazer a matrícula na instituição, confirmando dessa forma a ocupação da vaga.

O Sisutec é um sistema informatizado no qual instituições públicas e privadas de ensino superior e de educação profissional e tecnológica oferecem vagas gratuitas em cursos técnicos para candidatos participantes do Enem.

(Agência Brasil)

Chico Lopes defende projeto que equipara venda de produto fora de estoque a estelionato

foto chico lopes

O relator do projeto que prevê punição a comerciante que colocar à venda produto que não possuir em estoque, deputado Chico Lopes (PCdoB-CE), defende a mesma pena aplicada a estelionatários: reclusão de um a cinco anos e multa

Segundo o deputado cearense, a medida atende à Política Nacional das Relações de Consumo ao coibir prática lesiva ainda bastante comum, que é o descumprimento de transação realizada entre o cliente e o fornecedor.

“Quem fica prejudicado em última etapa é o consumidor, que comprou e se preparou psicologicamente para receber o carro ou a televisão que comprou na loja ‘x’ e, quando vai lá, dizem que não tem mais a mercadoria, desrespeitando o contrato”, exemplificou.

Conforme o projeto, do deputado Renato Molling (PP-RS), ficará sujeito à mesma penalidade aplicada aos estelionatários o dono de estabelecimento que encomendar mercadorias à fábrica, mas não efetivamente comprá-las, e aquele que entregar produto diferente do comprado pelo consumidor.

Se o crime for culposo – quando o comerciante não tem intenção de lesar o consumidor – a pena passa a ser detenção de um a seis meses ou multa.

(Agência Câmara Notícias)

Encontro PSB/Rede faz críticas ao Governo na terra do governador

134 2

foto psb encontro 140315

Centralização administrativa, violência no Interior, ineficiência políticas contra a seca e desvalorização do servidor público estadual. Essas foram as principais críticas contra o governo Cid Gomes, durante encontro da aliança PSB/Rede, neste fim de semana, em Sobral, na Região Norte do Estado.

Segundo os organizadores do evento, o objetivo dos encontros realizados no Interior é a formação de um plano de governo. Participam do evento a presidenta do PSB de Fortaleza, Nicolle Barbosa (pré-candidata ao Governo do Estado); a representante da Rede Sustentabilidade, Geovana Cartaxo (pré-candidata ao senado); a deputada estadual Eliane Novais (pré-candidata a deputada federal); o secretário geral do PSB-CE, Jadson Sarto (pré-candidato a deputado estadual); além de lideranças políticas e partidárias da Região Norte. O encontro foi coordenado pelo presidente do PSB-CE, Sergio Novais.

Com fim de referendo na Crimeia, UE e EUA dizem que não reconhecerão resultado

Terminaram na tarde deste domingo (16) as votações do referendo na Crimeia, ao Sul da Ucrânia, no qual os eleitores da região responderam se aprovam a reunificação do território como membro da Federação da Rússia e se aprovam a restauração da Constituição da Crimeia de 1992 e o estatuto do território como parte da Ucrânia. De acordo com o governo da região, o comparecimento às urnas superou os 70% previstos antes do início das votações.

Cerca de 1,5 milhão de eleitores puderam participar da consulta, que se iniciou às 8h (3h em Brasília) e se encerrou às 20h (15h em Brasília) em 1,2 mil locais de votação. A crise diplomática envolvendo a península com 2 milhões de habitantes é considerada a mais grave da região desde o fim da Guerra Fria, no início da década de 1990. Entre os habitantes da Crimeia, 58,32% são russos, 24,32% são ucranianos e 12,1% tártaros da própria península, o que indica um favoritismo à vitória da reunificação à Rússia.

Os presidentes do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy, e da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, reforçaram neste domingo, em declaração conjunta, que os 28 países que compõem a União Europeia consideram que o referendo contraria a Constituição da Ucrânia e princípios do direito internacional. “O referendo é ilegal e ilegítimo e seu resultado não será reconhecido”, declararam Van Rompuy e Durão Barroso.

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, também ressaltou neste domingo que os Estados Unidos não reconhecerão o resultado do referendo, o qual consideram ilegal. Ele também apelou à Rússia para que retire as forças militares da região e apoie as reformas constitucionais propostas pela Ucrânia.

(Agência Brasil)

Internado desde sábado, Renato Aragão tem estado de saúde estável

renato

Torcemos por você, Aragão!

O humorista cearense Renato Aragão, 78, está internado no hospital Barra D’Or, na Barra da Tijuca, por causa de uma crise hipertensiva. Ele teria passado mal após a festa de 15 anos da filha Livian Aragão, na noite de sexta-feira (14). Na manhã desse sábado (15), continuava sentindo-se mal e foi internado no hospital.

A assessoria de imprensa do hospital, a pedido da família, não detalhou as informações divulgadas, mas disse que o humorista está sob observação. Neste domingo (16), o cunhado de Renato, Reivaldo Taranto, disse que o humorista passou a noite bem, que seu estado de saúde é estável e está muito tranquilo.

Renato Aragão é famoso pelo personagem Didi Mocó. É embaixador da Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) e além dos trabalhos para a televisão, já fez mais de 40 filmes.

(O POVO Online)

Congresso decide esta semana se mantém veto a projeto que pode criar 400 cidades

O Congresso Nacional decide, em sessão conjunta da Câmara e do Senado, na terça-feira (18), se mantém 12 vetos da presidenta Dilma Rousseff a projetos de lei aprovados pelo Parlamento no ano de 2013. O ponto mais polêmico é sobre o texto que facilita a criação de novos municípios, vetado integralmente sob o argumento de que a nova lei aumentaria as despesas públicas. O governo teme que quase 400 municípios sejam criados a partir das novas regras.

Em fevereiro, na primeira sessão conjunta do Congresso, os parlamentares não conseguiram chegar a um acordo sobre os vetos.  Pouco antes da abertura da sessão, houve tumulto quando manifestantes municipalistas que queriam acompanhar a sessão das galerias do plenário foram barrados pela Polícia Legislativa. Com receio de que o veto fosse mantido, devido ao pequeno número de senadores presentes na sessão, os parlamentares decidiram adiar a votação.

Já o governo, ante a possibilidade de ter o veto presidencial derrubado, acenou com a possibilidade de apresentar uma proposta alternativa ao projeto de criação de municípios. A ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, e o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PT-PE), entraram em campo para acalmar o ânimo dos parlamentares.

A proposta em negociação, segundo Costa, é manter o veto da presidenta Dilma Rousseff sobre o projeto que já foi aprovado e que facilitava a criação de municípios, para discutir o assunto em outro texto a ser apresentado ao Legislativo. O texto vetado tramitou mais de dez anos no Congresso.

(Agência Brasil)

Comissão debate persistência do analfabetismo no Brasil

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) realiza nesta segunda-feira (17) audiência pública para discutir a persistência do analfabetismo numa parcela significativa de jovens e adultos no Brasil e refletir sobre as razões pelas quais o analfabetismo não tem tido a redução esperada.

Em requerimento para realização da audiência, o senador Cristovam Buarque (PDT-DF) cita relatório da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) que aponta o Brasil como o oitavo país do mundo em número de analfabetos jovens e adultos. O estudo ainda mostra que entre 1993 e 2003 houve uma redução de 200 mil analfabetos por ano. Já entre os anos de 2003 e 2013 a redução foi de apenas 70 mil por ano.

“Essa é uma questão de direitos humanos. O analfabeto é um cidadão torturado constantemente intelectual, moral e economicamente. Em um país que diz respeitar os direitos humanos esta situação é inadmissível”, argumenta o senador no requerimento da audiência pública.

O senador ainda lamenta o descaso do governo com o assunto. Ele afirma que os últimos governos foram “pródigos e positivos no que se refere às universidades”, com programas de incentivo à criação e financiamento de universidades particulares, novas universidades estatais e apoio às atuais, mas o analfabetismo tem sido tratado como um problema menor, sem importância.

“Esse descaso chega a ser explicitado em declarações governamentais de que o caminho é alfabetizar as crianças, deixando que a natureza resolva o problema pela morbidade dos adultos”, diz o senador.

(Agência Senado)

A média do PIB

Da coluna Fábio Campos, no O POVO deste domingo (17):

Veio a público o resultado do PIB do Ceara em 2013: um crescimento de 3.44%. No fim das contas, foi um resultado melhor que o crescimento do PIB brasileiro, que alcançou 2,3%. Tem sido uma tônica nos últimos anos. Estados como Ceará, Pernambuco e Bahia têm, quase sempre, obtido PIBs com desempenho melhor que o do Brasil.

Porém, o Palácio da Abolição precisa ficar atento. O desempenho cearense é de queda no crescimento por três anos seguidos (4,30% em 2011, 3,65% em 2012 e 3,44% em 2013). Os resultados do PIB certamente vão ser explorados na campanha eleitoral.

A oposição vai lembrar que a era Cid prometia um “salto” na economia, mas quando se compara o crescimento médio do PIB na gestão de Cid com a gestão de Lúcio Alcântara prevalece quase um empate, com ligeira vantagem para o atual governador. A saber: uma média de +4,46% de Cid contra +4,36% de Lúcio.

Ministro diz que quase metade dos eleitores da Crimeia já foi às urnas

A Crimeia decide neste domingo (16), em referendo, se volta a submeter seu território, localizado ao Sul da Ucrânia, à Rússia. Por volta das 12h30 (7h30 em Brasília), o primeiro-ministro da Crimeia, Sergei Aksyonov, disse que quase metade dos cerca de 1,5 milhão de eleitores já havia ido às urnas.

As autoridades locais esperam que aproximadamente 70% dos eleitores participem da consulta. Há cerca de 1,2 mil locais para a votação, que se iniciou às 8h (3h em Brasília) e vai até as 20h (15h em Brasília). Pelas regras da Crimeia, o resultado será válido se a participação ultrapassar os 50%.

O referendo é reconhecido como legítimo apenas pela Rússia. Uma minoria tártara, que representa cerca de 12% da população da Crimeia, decidiu boicotar a consulta, que também é contestada pelo Ocidente, que ameaça sanções duras à Rússia a partir desta segunda-feira (17).

Na votação de hoje, os eleitores respondem a duas perguntas: se aprovam a reunificação da Crimeia como membro da Federação da Rússia e se aprovam a restauração da Constituição da Crimeia de 1992 e o estatuto do território como parte da Ucrânia.

A crise diplomática envolvendo a península com 2 milhões de habitantes é considerada a mais grave da região desde o fim da Guerra Fria, no início da década de 1990. Entre os habitantes da Crimeia, 58,32% são russos, 24,32% são ucranianos e 12,1% tártaros da própria península.

(Agência Brasil)

Vereadores de Fortaleza prestigiam evento comandado por Eunício Oliveira

420 7

foto eunício pmdb 140315

Vereadores de Fortaleza se deslocaram 352 quilômetros até o município de Croatá, na Região da Ibiapaba, para prestigiar nesse sábado (15) o X Encontro Regional do PMDB no Ceará, que debateu a interiorização dos investimentos como saída para o desenvolvimento socioeconômico em todas as regiões do Estado e a convivência com a seca.

Além do presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Walter Cavalcante (PMDB), prestigiaram o evento comandado por Eunício Oliveira, presidente do PMDB do Ceará e pré-candidato ao Governo do Estado, os vereadores José do Carmo (PSL), Eulógio Neto (PSC), John Monteiro (PTdoB), Fábio Braga (PTN), Vaidon Oliveira (PSDC), Joaquim Rocha (PV), Mairton Felix (DEM), Alípio Rodrigues (PTN), Benigno Júnior (PSC), Zier Férrer (PMN) e Aonde É (PTC), em um total de dez partidos.

Além dos vereadores de Fortaleza, também prestigiaram o encontro do PMDB Itinerante o vice-prefeito de Fortaleza, Gaudêncio Lucena (PMDB), o deputado federal Mauro Benevides (PMDB), os deputados estaduais Danniel Oliveira (PMDB), Carlomano Marques (PMDB) e João Jaime (DEM), 14 prefeitos da região, 13 vice-prefeitos, 62 vereadores das regiões da Ibiapaba e Norte do Estado, como ainda cerca de três mil moradores de Craotá e municípios vizinhos.

O PMDB Itinerante também já foi realizado nas cidades de Banabuiú, Morada Nova, Nova Russas, Caririaçu, Varjota, Barreira, Santa Quitéria, Iguatu e Crato.

Justiça autoriza entrada da diretoria do Sinpol/CE nas delegacias

91 4

O Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Estado do Ceará (Sinpol/CE) conseguiu, por meio de decisão da Justiça do Trabalho, ter livre acesso às delegacias do Estado do Ceará. Por decisão judicial anterior do Superior Tribunal de Justiça (STF), os diretores estavam impedidos de exercer as atividades sindicais nas unidades e poderiam ser multados em caso de descumprimento.

O juiz Judicael Sudário de Pinho concedeu liminar favorável ao Sinpol/CE por entender que a decisão é de competência da Justiça do Trabalho. Desta forma, a presença dos diretores nas delegacias está permitida e amparada judicialmente, até que o impasse com o Governo do Estado seja julgado.

(Pont Informação)