Blog do Eliomar

Últimos posts

Lavar a louça é um ato de amor e de dedicação?

455 1

Com o título “Todo homem devia lavar louça”, eis artigo do jornalista e sociólogo Demétrio Andrade. Ele fala sobre o problema de ser ter uma empregada doméstica, mas nos remete principalmente a uma reflexão: as tarefas do lar, que podem ser aparentemente simples, mas prioritárias. “Lavar a louça é um ato de amor e de dedicação”, diz. Confira:

Desde o ano passado, eu e minha esposa tomamos a decisão de desistir de ter uma empregada doméstica. Minha filha mais nova já está numa idade de não precisar mais de babá, mudamos de uma casa grande para um apartamento – com proporções bem menores – e estamos nos virando com uma diarista que comparece uma vez por semana.
Não há a menor dúvida que tal medida interfere diretamente na qualidade de vida de ambos. Os afazeres domésticos nos tomam o tempo livre, o tempo de estudo ou tempo de trabalho remunerado. Mas somente assim seria possível enxergar a importância desta atividade que, aparentemente, nos parece invisível.

A mim coube lavar a louça. Nenhuma surpresa, já que faço isso desde novo, quando ainda morava com pai e mãe e, depois, sozinho. Confesso que aquelas coisas que se acumulam na pia, que parecem nunca parar de aparecer, como se crescessem do nada, a qualquer hora do dia, por vezes me tiram a paciência e me enchem de preguiça. Mas tarefa é tarefa. E esta, em especial, me ajudou a fazer várias leituras.

Acho que todo homem devia lavar louça. Você nunca irá entender o que isso significava para sua mãe, sua esposa ou para aquela cidadã que desempenhava esta função na sua casa se você não se der ao trabalho. E irá se perguntar por que mulheres – e não homens – fazem isso e se surpreenderá com o nível do seu machismo. Esta compreensão o levará a mais valorização e mais respeito. Lavar a louça é um ato de amor e de dedicação. Um lapso único de esforço não remunerado em prol do bem coletivo das pessoas que você ama. É também, por assim dizer, um momento de humildade e paciência.
Mas não é somente este lado “zen” que quero ressaltar. Muitas famílias hoje abriram mão de contratar empregados para realizar afazeres do lar porque houve, finalmente, com a nova lei da Era Dilma, uma real valorização destes profissionais. Acabou-se a hipocrisia de quem se dizia “preocupado” ou “sensibilizado” com a exploração de trabalhadores domésticos e, ao mesmo tempo, mantinha em suas casas pessoas vivendo com salários miseráveis e com direitos aviltados.
Lavar a própria louça, a própria roupa, fazer a própria comida, varrer a própria casa: isso é uma mudança social absolutamente significativa. É coisa que já acontece em países mais evoluídos, onde só os mais abastados têm condições de manter esta cara estrutura. Basta reparar melhor naquele filme ou seriado que você tanto gosta.
Lavar a louça é um aprendizado único, de que aquele ócio luxuoso que você utiliza – mal e porcamente – não cai do céu. E que recomendo a todos, independentemente de cor, gênero e classe social. É um exercício diário e prático de humanidade e de carinho com o próximo. Não perca esta chance: em qualquer cozinha perto de você.

Demétrio Andrade
Jornalista e sociólogo

Os Mergulhadores: do mangue para a tina

claudiocara

Nesta semana, ele foi sucesso da mídia quando incorporou um pescador de caranguejo dos mangues da Barra do Ceará, em Fortaleza, numa reportagem nas páginas do O POVO. Falamos do querido jornalista Cláudio Ribeiro. Aliás, nosso colega agora é conhecido como “Pescador Parrudo”.

cidmergu

Mas como aqui é o Ceará da molecagem, eis que alguns leitores fizeram questão de lembrar que, muito antes de Cláudio dar o seu mergulho, alguém bem ali, em Itapipoca, já o fizera providencialmente.

Caso BNB – A hora dos depoimentos

joaomelo

Na condição de quem presidiu o Conselho de Administração do BNB, João Melo, hoje secretário da Controladoria e Ouvidoria do Estado, depôs, nesta semana, no processo sobre improbidade administrativa no banco.

Mais precisamente no Ministério Público Federal, que quer aprofundar uma série de denúncias sobre operações questionáveis das ultimas gestões do banco.

João Melo se diz tranquilo. Ele também é o secretário-geral do PMDB e ligado ao deputado federal Mauro Benevides que, inclusive, já fez veemente defesa de seu correligionário.

Aécio conta que já fumou maconha e foi baladeiro

Patricia Calderón1

Estreia no próximo dia 2 de março o programa “Diálogos”, na TV Cidade (Record Ceará). A apresentação é da jornalista Patrícia Calderon, que já fez duas entrevistas: uma com Marina Silva e outra com Aécio Neves.

No bate-papo com o mineiro, Patrícia conseguiu fazer Aécio se soltar. Ele confirmou que já fumou maconha, que também foi muito baladeiro e que sua fama de estar sempre cercado de mulheres bonitas acabou, pois agora é um homem casado.

(Ricardo Feltrin, da Folha)

Na eleição para tribunais de contas, o que vale é o corporativismo

Com o título “Corporativismo político e tribunais de contas”, eis artigo do procurador-chefe da República no Ceará, Alessander Sales. Ele bate duro no processo de escolha de conselheiros de tribunais de contas, que começa no Poder Legislativo e é endossado pelo Executivo. Ao final, tudo acaba nos amigos. Confira:

O que todos esperam do Poder Legislativo em uma democracia é que sempre atue em obediência aos princípios da transparência e impessoalidade, notadamente quando tem que tomar decisões relevantes como a indicação de membros dos tribunais de contas. Para isso, deve criar um procedimento que possibilite a ampla participação de interessados em demonstrar o cumprimento das exigências constitucionais necessárias para o exercício do cargo e, ao mesmo tempo, capaz de garantir a impessoalidade da escolha que deve recair sobre o mais preparado para a função, dentro de um número significativo de pretendentes.

O procedimento impessoal, democrático e transparente inexiste. O sistema atual impõe a qualquer cidadão que quer inscrever-se como candidato, a obtenção de aprovação prévia de um quinto dos deputados. Tal exigência não prevista na Constituição resulta, de fato, na reserva destas indicações para parlamentares que facilmente obtém, entre seus pares, este aval prévio. Agrava a situação a construção, dentro do Parlamento, de uma base aliada ao poder Executivo quase correspondente à totalidade de seu integrantes, tornando tais escolhas permeáveis a ingerências de outro Poder.

Tudo conspira a favor do corporativismo, como se tais indicações tivessem que contemplar, prioritariamente, os próprios deputados, o que é um absurdo, pois tais vagas são majoritárias nos tribunais justamente para, como quer o constituinte originário, serem ocupadas por cidadãos competentes e independentes, sujeitos a um crivo severo de suas aptidões pelos representantes do próprio povo, titular soberano desta escolha.

As indicações até então efetivadas pelo atual sistema padecem, todas, de vícios constitucionais evidentes e insanáveis, sujeitos a correção jurisdicional. Mas o maior problema é a falta de legitimidade, pois o corporativismo político acaba diminuindo o próprio indicado, na medida em que consolida o sentimento geral de que, com concorrência mínima, aquela indicação restaria facilmente vencida. 

Alessander Sales

alessander@mpf.mp.br

Procurador-chefe da Procuradoria da República no Ceará.

Em Aracati, uma folia sem seca financeira

margareth

Em Aracati (Litoral Leste), a Prefeitura fez dispensa de licitação no valor de R$ 835 mil para bancar o Carnaval, segundo denuncia a oposição.

São várias atrações nacionais como a cantora baiana Margareth Menezes, por exemplo, que sai pelo custo de R$ 155 mil.

Já a  Prefeitura diz que investiu pesado na festa e também em publicidade, porque quer resgatar a imagem da cidade como point da folia.

Tá bom.

Coelce atrapalha obra da Unilab

50 2

Do professor Américo Souza, este Blog recebeu queixa que tem a ver com obra da Unilab e problemão criado pela Coelce.  Confira:

Prezado Eliomar de Lima,

Escrevo para solicitar ajuda para conter desperdício de milhões em dinheiro público. O caso é o seguinte: a UNILAB está construindo dois prédios na cidade de Acarape, a um custo superior a R$ 12 milhões. Ocorre que a construção de um deles está parada há vários meses, por causa de um poste de transmissão da Coelce que fica dentro do terreno da universidade. Os fios cruzam o exato local do prédio. Se continuar sendo erguido, o prédio arrebentará a fiação, deixando dezenas de famílias sem energia elétrica.

Há 13 meses a UNILAB solicitou à Coelce o deslocamento do poste e fez o pagamento das taxas exigidas e, até a presente data, o serviço não foi executado, a despeita das reiteradas solicitações feitas e refeitas pela universidade.

Parada, a obra segue consumindo dinheiro público, legitimando aditivos de prazo e custos para a construtora e fazendo crescer o custo para contribuinte, além de prejudicar o planejamento da Instituição que, sem o prédio, fica impossibilitada de executar a ampliação de vagas previstas para este 2014.

Cordialmente,

Américo Souza,
Coordenador de Ensino de Graduação – PROGRAD/UNILAB.

Quem perdeu recadastramento biométrico, tem nova chance até 7 de maio

Cerca de 80 mil eleitores em sete municípios do Ceará tiveram os seus títulos cancelados porque não fizeram o recadastramento biométrico. Esses eleitores de Aquiraz, Sobral, Alcântaras, Forquilha, Juazeiro do Norte, Crateús e Ipaporanga têm agora até o dia 7 de maio para comparecer ao cartório de sua zona eleitoral e regularizar a situação e, assim, poder votar nas próximas eleições.

Dos 436.585 eleitores nos sete municípios, 352.922 (80.84%) já foram aos cartórios para fazer o recadastramento biométrico. Para facilitar o atendimento, o TRE do Ceará voltará a disponibilizar em seu site (www.tre-ce.jus.br), a partir do dia 10 de março, o agendamento do eleitor.

(Com TRE-CE)

Em Camocim, um Carnaval do tamanho de um boeing

115 2

avioes

Em Camocim (Litoral Oeste), a prefeita Mônica Aguiar fará Carnaval com artistas de peso como a banda Aviões do Forró. O custo da festança é superior a R$ 1 milhão.

Mônica Aguiar é mulher do deputado estadual Sérgio Aguiar (Pros) e nora do presidente do Tribunal de Contas dos Municípios, Francisco Aguiar.

A oposição, através do advogado Marcos Coelho, quer explicações do TCM para tanto gasto.

UFC vai participar do Carnaval de Fortaleza

“O Grupo de Música Percussiva Acadêmicos da Casa Caiada, vinculado ao Curso de Música da Universidade Federal do Ceará, vai desfilar, na segunda-feira de Carnaval, às 16 horas, na Avenida Domingos Olímpio. O tema do grupo este ano é “Celebrar a batucada” com a música “Repicaxé!, composição de Catherine Furtado, professora do Curso de Música da UFC e regente do grupo.

Catherine informa ainda que esta será a segunda vez que o Grupo participa do desfile oficial de blocos em Fortaleza. A primeira vez foi em 2011, com o samba-enredo “Casinha caiada”, de Descartes Gadelha. Composto por 30 integrantes, o Grupo compreende o desfile de rua “como um fator simbólico da produção percussiva e como palco de manifestação artística e cultural. Brincar o carnaval, além de uma manifestação da identidade cultural brasileira, é criar um espaço de formação musical e educacional”.

O grupo vai à avenida sob regência de Catherine, contando ainda com Artur Guidugli e Josemberg de Lima (auxiliares de regência), Allan Sales (violão) e Ana Maria Sobrinho (voz). A composição que será levada à avenida apresenta ritmos do samba-reggae e ijexá. De acordo com informações do grupo “a letra faz referência a celebração das batucadas, exaltando as giras e as rodas com que embalam as saias e o trajeto de um cortejo. Além disso, a música, no seu desenvolver, abre caminhos” com o ritmo ijexá, cantando e encantando com os versos da canção “Salaam alaikum” (folclore africano – Gana) que significa paz no coração”.”

(Site da UFC)

Inácio Arruda se diz perseguido pela Justiça Eleitoral

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=vJe_UVkpeDY&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O senador Inácio Arruda (PCdoB) já está em Fortaleza. Ele desembarcou anunciando que deu entrada em projeto de lei que quer democratizar o acesso para cidadãos ou grupos de cidadãos a energias alternativas. Isso, com financiamento público.

Inácio Arruda aproveitou a conversa com o Blog para lamentar que a Justiça Eleitoral esteja questionando como propaganda irregular um ato em que prestou contas de seu mandato. O senador se diz perseguido.

Aeroporto de Fortaleza: O Paraíso da pirataria

Empresas de locação de veículos que ocupam box no Aeroporto Internacional Pinto Martins denunciam: há cerca de 30 “locadoras clandestinas” operando nesse terminal.

A denúncia foi feita várias vezes pelas empresas do ramo à Superintendente estadual da Infraero, que não toma providências.

Bom lembrar que no terminal opera também a turma do táxi pirata, sempre alvo de operações da Etufor.

Prefeito de São Paulo agenda presença em Fortaleza

58 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=zSdcMDWGWXM&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, está entre os conferencistas convidados do XX Congresso Brasileiro dos Arquitetos, que ocorre de 22 a 25 de abril, no Centro de Eventos, em Fortaleza.

O coordenador do encontro, o professor Odilo Almeida, ex-presidente do Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB), regional Ceará, deu detalhes para o Blog.

Quem matou Rubens Paiva?

“O coordenador da Comissão Nacional da Verdade (CNV), Pedro Dallari, declarou, nessa quinta-feira, que o general José Antônio Nogueira Belham e o tenente Antônio Hughes de Carvalho são os autores da morte e da ocultação do cadáver de Rubens Paiva. “Sem dúvida alguma o oficial Hughes, porque se envolveu diretamente nos atos de tortura e, pelo fato de ser comandante da unidade, estando presente no local, participando das circunstâncias da morte de Rubens Paiva, o general Belham, à época major e comandante do DOI [Destacamento de Operações e Informações]”, disse Dallari ao participar da apresentação do relatório preliminar de pesquisa do caso Rubens Paiva feito pela CNV.

Durante o período de novembro de 1970 a maio de 1971, o general Belhan era comandante do DOI do 1º Exército, na zona norte do Rio, para onde foi transferido Rubens Paiva depois de ter passado pelo Quartel da 3ª Zona Aérea, localizado próximo ao Aeroporto Santos Dumont, no centro do Rio. Ele foi para a unidade da Aeronáutica após ser preso, em casa, no Leblon, zona sul do Rio, por seis agentes do Centro de Informações de Segurança da Aeronáutica (Cisa).”

(Agência Brasil)

A Política nos Tribunais de Contas

Da coluna Política, no O POVO desta sexta-feira (28), pelo jornalista Érico Firmo:

A anunciadíssima escolha de Patrícia Saboya (PDT) para o Tribunal de Contas do Estado (TCE) repete o figurino da nomeação de quase todos os membros dessas cortes. A Constituição estabelece que três vagas são indicadas pelo governador e quatro pela Assembleia Legislativa.

Patrícia é uma parlamentar de trabalho sério. No Senado, teve bela atuação em relação à infância, com mais brilho que em seus dois mandatos na Assembleia. Quando se compara com outros integrantes do TCE, sua trajetória representa ganho qualitativo em relação aos parlamentares que foram Valdomiro Távora, Pedro Timbó, que dirá Teodorico Menezes.

Mas não é esse o ponto. O modelo é equivocado e é um dos nós da fiscalização do uso do dinheiro público que, por sua vez, explica muito da corrupção endêmica.

Possível candidatura de Cid ao Senado é discutida entre aliados

135 4

eliomar charge cid senador

Vem sendo discutida dentro do PT e do Pros a possibilidade de o governador Cid Gomes (Pros) renunciar ao mandato para se candidatar ao Senado, de modo a fortalecer sua chapa para a eleição de outubro.

Nesse arranjo, o vice-governador Domingos Filho, que já é uma das opções no Pros para ser o candidato de Cid, assumiria o Executivo e se cacifaria ainda mais para a disputa. O candidato a vice-governador seria do PT, assim como seria petista o primeiro suplente de Cid ao Senado.

O PT estadual vem avaliando há cerca de 10 dias essa possível composição, segundo disse ao O POVO uma fonte ligada à direção do partido: “É uma possibilidade que apareceu no cenário? É. Já aconteceu esse debate”.

Segundo a fonte, o arranjo também é bem visto por outros partidos da coligação em razão do impulso que dará aos candidatos à Câmara dos Deputados.

Por outro lado, o deputado federal José Guimarães, vice-presidente nacional do PT e nome preferencial do partido para concorrer ao Senado, nega que haja essa hipótese de arranjo. “É especulação. É a TPE: Tensão Pré-Eleitoral”.

“Não é improvável”

A defesa da candidatura de Cid Gomes ao Senado para fortalecer uma chapa encabeçada pelo Pros também vem sendo feita por parte dos correligionários do governador.

“Não é improvável. Tem gente no partido que defende essa tese pra reforçar a chapa, que pensa que é melhor assim para preservar o projeto político a presença. Mas é uma discussão que ainda não tivemos formalmente”, disse um deputado do Pros.

O POVO procurou o vice-governador Domingos Filho, na noite dessa quinta-feira (27), mas sua assessoria informou quer não conseguiu fazer contato com ele.

Reunião na Casa Civil

Cid Gomes se reuniu ontem com o ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, que terá importante papel na articulação política pela reeleição da presidente Dilma Rousseff.

Segundo a assessoria de Cid, o encontro foi para tratar dos preparativos do Estado para a Copa do Mundo, e não envolveu assuntos eleitorais.

Cid declarou há algumas semanas que pretende ficar no governo até o dia 31 de dezembro, alegando querer concluir obras como o Cinturão das Águas e a linha sul do metrô de Fortaleza. Segundo o governador, seu projeto para depois do mandato é voltar a trabalhar como consultor no Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), sediado nos Estados Unidos, onde já atuou em 2005.

(O POVO)

TSE aprova novas regras para as eleições de outubro

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou nessa quinta-feira (27) três resoluções com novas regras para as eleições de outubro. As normas alteraram algumas regras de propaganda eleitoral, registro de candidaturas e arrecadação para as campanhas eleitorais. As medidas foram apresentadas pelo ministro Dias Toffoli, com objetivo de disciplinar as regras para as eleições deste ano.

Os ministros decidiram proibir que  candidatos usem serviços de telemarketing para pedir votos aos eleitores.  Com as novas regras, também será obrigatório que a propaganda eleitoral e os debates na TV sejam transmitidos com legenda ou na Língua Brasileira de Sinais (Libras), para facilitar a compreensão por pessoas com deficiência.

Com as novas regras, os candidatos não poderão ser identificados por nome relacionados a autarquias ou órgãos públicos, como “Fulano do INSS”, por exemplo. Também ficou definido que os partidos só podem substituir seus candidatos 20 dias antes da eleição. Antes da decisão, o prazo era de 24 horas antes do pleito.

Sobre financiamento, o TSE reafirmou que o candidato só pode financiar sua campanha com recursos próprios com até 50% do próprio patrimônio. No ano passado, ao aprovar outras regras, o TSE decidiu que o voto em trânsito passará a valer nas eleições deste ano nas cidades com mais de 200 mil eleitores. No último pleito, o eleitor podia votar em trânsito apenas nas capitais.

(Agência Brasil)