Blog do Eliomar

Últimos posts

Um cenário favorável a Dilma

152 6

Com o título “Números em profusão”, eis artigo de José Nilton Mariano Saraiva, economista da UFC e aposentado do BNB. Ele analisa o cenário da troca de apoios neste segundo turno da disputa presidencial e, em especial, os votos pró-Marina Silva. Confira:

Mesmo com a vitória insofismável da presidente Dilma Rousseff no primeiro turno (vantagem de 8.370.242 votos), os analistas globais já “decretaram” que os votos da candidata Marina Silva, no primeiro turno (22,1 milhões), deverão migrar para o candidato Aécio Neves e, assim a eleição será decidida a favor do tucano, no segundo turno (como se Marina Silva tivesse carisma ou poder de transferir tudo para quem decidir apoiar).

Se houvesse a preocupação de pelo menos analisar e comparar com imparcialidade os números atuais com as da eleição passada, veriam que naquela oportunidade os 19.6 milhões de votos da mesma Marina Silva não foram agregados na totalidade aos votos obtidos pelo candidato José Serra, no segundo turno, e que decidia a eleição com Dilma Rousseff.

Assim, enquanto Serra subiu de 33,1 milhões de votos para 43,7 milhões (10,6 milhões), quase que na mesma proporção a candidata Dilma Rousseff saltou de 47,6 milhões para 55,7 milhões (8,1 milhões), gerando uma diferença de 12,04 milhões para a candidata Dilma, ao final da contenda (ante os 14.5 milhões do primeiro turno).

Observa-se que a votação de Aécio, agora no primeiro turno (34,8 milhões ou 33,55%), praticamente se assemelha à votação de Serra naquela oportunidade (33,1 milhões ou 32,61%), embora caiba destacar que a votação de Dilma Rousseff, na época, foi de 47,6 milhões (46,1%) e, agora, tenha sido 43,2 milhões (41,59%), resultando que a diferença pró-Dilma no primeiro turno tenha oscilado negativamente de cerca de 14,5 milhões para 8,3 milhões, agora (em razão da votação paulistana).

No mais, Dilma Rousseff venceu em 15 estados da federação (inclusive na terra de Aécio Neves, Minas Gerais, no Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul), Aécio Neves em 10 estados e Marina Silva em 2.

Há que se destacar, ainda, que tivemos a omissão de impressionantes 38.797.556 eleitores ou 29,03%, a saber: se abstiveram de votar (27.698.475 ou 19,39%), anularam o voto (6.678.592 ou 5,80%) ou o deixaram em branco (4.420.489 ou 3,84%). Segundo os famigerados institutos de pesquisa, aqui a candidata Dilma Roussef foi a mais prejudicada, e se houver um retorno de parte deles ela colherá dividendos.

Enfim, se não surgir alguma novidade capaz de produzir efeitos devastadores, nada que um ajuste bem dado e uma maior participação da militância (principalmente em São Paulo) garantirão a permanência da atual ocupante do Planalto. Afinal, no cara-a-cara (debate) entre os dois candidatos, não poderá ser olvidado a comparação entre os dois modelos de governo em confronto: o do desenvolvimento inclusivo, onde se prioriza a redistribuição de renda, via inclusão social e a remoção das desigualdades sociais (Dilma Rousseff) e aquele excludente, que entrega de mão beijada ao mercado, via capital financeiro, o gerir da economia (Aécio Neves).

Restaria a pergunta: pelos grosseiros e clamorosos erros cometidos (inclusive na “boca de urna”), os diversos institutos de pesquisa (que já anunciam novos dados a partir de amanhã), merecerão alguma credibilidade ou capazes serão de induzir o voto do eleitorado, a partir de agora?

* José Nilton Mariano Saraiva,

Economista da UFC e aposentado do Banco do Nordeste do Brasil.

PCdoB mantém apoio a Camilo no Ceará e comemora vitória de Flávio Dino no Maranhão

150 1

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=0hszX2SSc5I[/youtube]

O presidente regional do PCdoB, Luís Carlos Paes, comemorou, nesta terça-feira, a vitória de Flavio Dino para o Governo do Maranhão. Ele definiu o feito como “uma conquista histórica”, pois, pela primeira vez, os comunistas vão gerir um Estado, com apoio de forças progressistas.

Sobre o Ceará, Luís Carlos Paes confirmou apoio do PCdoB à candidatura de Camilo Santana (PT) neste segundo turno. O dirigente comunista diz que Camilo é jovem, trabalhador e deverá vencer o pleito, ao lado da presidente Dilma Rousseff.

Luis Carlos Paes também fez um balanço do desempenho do PCdoB em matéria de disputa proporcional.

CPMI da Petrobras aguarda resposta do STF sobre acesso á delação do ex-diretor

“Com a homologação pelo Supremo Tribunal Federal (STF) do acordo de delação premiada entre o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, e o Ministério Público Federal, o presidente da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), aguarda a resposta do ministro Teori Zavascki sobre o novo pedido de acesso às informações prestadas por Costa enviado ontem (7) àquela Corte.

No documento, Vital do Rêgo repetiu os argumentos já apresentados na primeira tentativa em setembro, como o de que a obtenção dos depoimentos é fundamental para o desenvolvimento dos trabalhos de investigação. Para o senador, não há mais motivos para impedir o compartilhamento do material. “Entendo que ao final da homologação da delação premiada, criamos um fato jurídico perfeito. A homologação passa a existir. Se ela existe, ela tem que estar nos autos [da Operação Lava Jato]. Estando nos autos, teremos acesso”, disse Vital.

Paulo Roberto Costa, que cumpre prisão domiciliar no Rio de Janeiro, apresentou indícios de envolvimento de autoridades, incluindo parlamentares, em irregularidades na Petrobras, investigadas pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal.

Os procuradores da República no Paraná avaliam, agora, se fecham acordo de delação premiada com o doleiro Alberto Youssef, outro personagem nas denúncias de corrupção na Petrobras. Youssef está preso em Curitiba e também manifestou interesse em colaborar com as investigações em troca de redução de penal numa eventual condenação.

Nesta quarta-feira, a CPMI retoma as atividades com o depoimento da ex-contadora do doleiro, Meire Poza. As perguntas serão feitas com base no material enviado pela 13ª Vara Federal em Curitiba, que traz a íntegra do depoimento prestado por Meire Poza ao juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato.”

(Agência Brasil)

Um tucano cearense continuará fazendo verão em Brasília

raimundogomes

Único a permanecer no PSDB, o deputado federal Raimundo Gomes de Matos, reeleito, comemorou muito a vitória. No ninho tucano, ele até ganhou um apelido carinhoso da direção estadual do partido: “Herói da resistência”.

Na Era Cid Gomes, o PSDB cearense se esfacelou e a turma quase toda desse ninho, voou para os braços oficiais. O parlamentar obteve 95.145 votos.

Agora, com a vitória de Tasso Jereissati para o Senado, a ordem no PSDB é procurar recuperar espaços, de acordo com Gomes de Matos. Ele se diz otimista de que uma vitória do candidato tucano a presidente da República, Aécio Neves, ajudará a mudar o cenário de pouco alpiste político no Estado.

(Foto – Paulo MosKa)

Petrobras anuncia nova descoberta em águas ultraprofundas

“A Petrobras informou hoje (7), em nota, nova descoberta em águas ultraprofundas, na camada pós-sal da Bacia do Espírito Santo. O poço, chamado Pudim, foi perfurado em profundidade de 1.886 metros, na área de Brigadeiro.

De acordo com a Petrobras, foi comprovada presença de óleo de boa qualidade, em profundidade de 3.550 metros. O Poço Pudim continuará sendo perfurado até 4.500 metros de profundidade.

A área de Brigadeiro, que fica a 121 quilômetros de distância da costa de Vitória (ES), é operada pela Petrobras, que tem 65% da área, em parceria com a Shell Brasil Petróleo (20%) e Inpex Petróleo Santos (15%).”

(Agência Brasil)

Ceará e a “Bancada da bala”

324 2

capitão wagner cmfor

A vitória do vereador Capitão Wagner (PR) para a Assembleia sedimentou ainda mais, nesta Casa, a chamada “bancada da bala”, ou seja, dos que atuam no campo da segurança pública ou fazem pregação na área.

Ele foi o mais votado e obteve um total de 194.239 votos. Fez a pregação pró-mudança no aparelho de segurança pública, com promessa de ser um verdadeiro representante dos policiais militares no legislativo.

Os radialistas Ely Aguiar (PSDC) e Ferreira Aragão (PDT), que têm programa policial televisivo, foram reeleitos. Ely obteve 41.632 votos, enquanto Aragão conseguiu 27.607 votos.

vitor valim

Bancada da bala federal

Já o vereador Vitor Valim, que também apresenta programa policial, teve um salto maior em sua carreira política. Foi eleito deputado federal pelo PMDB, obtendo 92.499, superando nomes tradicionais da política como o ex-ministro dos Portos, Leônidas Cristino (Pros), Chico Lopes (PCdoB), e até o presidente regional do PTB, José Arnon.

Ele vai se juntar ao novato Cabo Sabino (PR), que obteve 120.485 votos, e ao velho conhecido do gênero, Moroni Torgan, o campeão da votação para a Câmara, marcando 277.774.

No PT da Assembleia, eleitor passou a régua e fechou a conta só com novatos

146 2

elmanoo

A bancada do PT na Assembleia Legislativa, que contava com seis parlamentares, caiu para dois a partir do próximo ano, de acordo com o resultado das urnas.

Um outro dado é que nenhum os atuais petistas com mandato – Rachel Marques, Dedé Teixeira, Antônio Carlos e Francisco Pinheiro, obteve a reeleição.

Bom ressaltar que, nessa bancada, Nelson Martins, então secretário do Desenvolvimento Agrário, havia desistido da reeleição, e Camilo Santana está candidato a governador.

Bem, foram eleitos agora dois novatos: Elmano de Freitas, que disputou a Prefeitura de Fortaleza e perdeu para Roberto Cláudio (Pros); e Moisés Braz, presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Ceará (Fetraece), ligado ao atual dirigente estadual petista, Francisco de Assis Diniz.

O PT da Assembleia, se Camilo for eleito, não terá tanta influência como esperava, até porque Elmano é ligado à ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins.

Guimaraes e Lula

José Guimarães com Lula.

No âmbito da Câmara Federal, o PT manteve suas quatro vagas. José Guimarães e José Airton foram reeleitos e entraram Odorico Monteiro e Luizianne. Artur Bruno, deputado federal, perdeu para a Assembleia, enquanto Eudes Xavier tentou a reeleição, mas também perdeu.

O Casamento eleitoral

343 4

genciic

Marido e mulher ganharam mandatos no Ceará.

Genecias Noronha (SD) foi reeleito para a Câmara e, de quebra, elegeu sua mulher, a ex-primeira-dama de Parambu, Aderlândia Noronha, para a Assembleia. Ambos foram o segundo na votação nessas casas legislativas.

(Foto – Divulgação)

Conselho Nacional do MP terá cearense presidindo Comissão de Acompanhamento Legislativo

leonardo-carvalho1

O conselheiro cearense Leonardo Carvalho foi eleito, em Brasilia, presidente da Comissão de Acompanhamento Legislativo e Jurisprudência do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). As comissões do CNMP são instituídas pelo plenário para o estudo de temas e atividades específicos da instituição ou relacionados à suas competências.

De caráter permanente ou temporário, as comissões são formadas pelos membros do Conselho, sendo que os presidentes de cada comissão são eleitos pelo voto da maioria do plenário para mandato de um ano. Atualmente, o CNMP possui seis comissões permanentes e duas provisórias.

Prêmio Nobel de Física sai para inventores da tecnologia LED

“O Prêmio Nobel de Física foi concedido hoje (7) aos pesquisadores Isamu Akasaki e Hiroshi Amano (Japão) e Shuji Nakamura (Estados Unidos), pela invenção do díodo eletroluminescente (LED), anunciou o júri em comunicado.

Os consagrados foram reconhecidos pela descoberta dessa tecnologia, que permite uma economia significativa de energia.”

(Agência Lusa)

PT do Ceará quer Dilma e Lula no palanque de Camilo

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=qyWqvUq2SJs[/youtube]

O ex-presidente regional do PT e membro da coordenação da campanha de Dilma e Camilo Santana para governador, Joaquim Cartaxo, avisa: o partido vai brigar para que a presidente e Lula venham ao Ceará.

A ordem é que Dilma e Lula subam no palanque de Camilo Santana, dentro da avaliação de que se vive agora uma nova eleição. Joaquim Cartaxo encontra-se em Brasília em reunião com a coordenação nacional da campanha dilmista

Celulares de cinco estados terão mais um dígito em novembro; Ceará no próximo ano

“Falta menos de um mês para que os telefones celulares de cinco estados tenham mais um número. A implementação do nono dígito nos telefones móveis dos estados do Amapá (DDD 96), Amazonas (DDDs 92 e 97), Maranhão (DDDs 98 e 99), Pará (DDDs 91, 93 e 94) e de Roraima (DDD 95) começa no dia 2 de novembro.

Com a mudança, o dígito 9 será acrescentado à esquerda dos atuais números. No momento da discagem, o nono dígito deverá ser acrescentado por todos os usuários de telefone fixo e móvel que liguem para telefones celulares desses estados, independentemente do local de origem da chamada.

A medida já foi implementada no Espírito Santo, Rio de Janeiro e em São Paulo e tem como objetivo ampliar os recursos de numeração para o Serviço Móvel Pessoal. No ano que vem, o nono dígito será implementado nos estados de Minas Gerais, da Bahia, de Sergipe, Alagoas, Pernambuco, da Paraíba, do Rio Grande do Norte, Ceará e Piauí. Nos outros estados, a medida só será adotada em 2016.”

(Agência Brasil)

Sindicato da PF no Ceará declara apoio a Aécio e Eunício

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=G3-v96aagAM&index=3&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O presidente do Sindicato dos Agentes Federais no Ceará e vice-presidente da Força Sindical no Estado, Carlos Façanha, declarou apoio ao candidato a presidente Aécio Neves (PSDB) e ao postulante ao Governo pelo PMDB, Eunício Oliveira.

O sindicalista deu a informação, antes de seguir, na madrugada desta terça-feira, para Brasília. O objetivo é fazer lobby junto aos congressistas pela aprovação da MP-650, que reestrutura a carreira na Polícia Federal.

Carlos Façana explica que a categoria está há sete anos sem aumento salarial e que o governo federal não sinaliza para uma PF forte, como a sociedade espera.

Dilma e Lula no Ceará?

228 3

Da Coluna Vertical, no O POVO desta terça-feira (7):

Com o respaldo de quem ajudou a garantir 68,29% de votos para Dilma Rousseff no Ceará – terceira melhor colocação dela no País, o governador Cid Gomes (Pros), que mudou de partido e bancou Camilo Santana como candidato à sua sucessão, vai cobrar a conta neste segundo turno. Ele quer Dilma no palanque do petista nesta campanha.

Cid está convicto de que dificilmente o postulante ao Governo pelo PMDB, Eunício Oliveira, conseguirá ter Dilma em seu palanque, porque ajudou na vitória de um dos mais ferrenhos adversários do petismo nacional: Tasso Jereissati, agora senador pelo PSDB.

No primeiro turno, havia um acordo de que nem Dilma ou Lula viriam trabalhar na campanha de um dos aliados. Para Joaquim Cartaxo, membro da coordenação nacional e estadual da campanha pró-Dilma, o quadro mudou. “A eleição agora é outra e queremos Dilma e Lula no Ceará”, disse o ex-dirigente estadual do PT. Ontem, em Brasília, ele já levou esse recado para a coordenação nacional dilmista.

PPS deverá oficializar apoio a Aécio nesta terça-feira

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=zaqyH3ZZvEs&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O presidente do PPS no Ceará, Alexandre Pereira, seguiu, na madrugada desta terça-feira, para Brasília, onde participará de reunião do partido. O objetivo é definir apoio no segundo turno da eleição presidencial.

Para o dirigente do PP cearense, a candidatura Dilma Rousseff é retrocesso. e o partido, que marchou com Marina Silva (PSB) no primeiro turno, deve optar por Aécio Neves (PSDB).

TRE realiza audiência pública para definição do Horário Eleitoral no 2º turno

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará realizará, a partir das 10 horas desta terça-feira, na Sala de Sessões (Rua Jaime Benévolo, 21, Centro), audiência pública para definição do Horário Eleitoral no rádio e na televisão, no segundo turno das eleições no Estado. O coordenador do Juizado Auxiliar da Propaganda, juiz Carlos Henrique Oliveira, convoca os representantes legais dos partidos e coligações da eleição majoritária do próximo dia 26 de outubro, as emissoras de rádio e televisão, bem como a ACERT (Associação Cearense de Emissoras de Rádio e Televisão) para deliberar sobre os seguintes assuntos:

1. Início e distribuição do tempo do Horário Eleitoral Gratuito, através do sistema informatizado do TSE;

2. Elaboração e aprovação do Plano de Mídia para a propaganda eleitoral através de inserções.

Bancários do Ceará terminam greve e retomam atividades nesta terça-feira

Os funcionários das agências bancárias privadas, do Banco do Brasil e da Caixa Econômica decidiram terminar a greve na noite dessa segunda-feira (6), após sete dias de paralisação, e retomam as atividades nesta terça-feira (7). O grupo aceitou as propostas da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). Apenas os bancários do Banco do Nordeste (BNB) vão continuar o movimento.

As principais reivindicações dos funcionários foram sobre o reajuste salarial de 12,5% e a valorização do piso para R$ 2.979,25, valor equivalente ao salário mínimo calculado pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Conforme o presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, Carlos Eduardo Bezerra, a luta da classe visa melhorias, além do salário.

“Queremos mais empregados para diminuir a sobrecarga e melhorar as condições de trabalho, combater o assédio moral e retomar as propostas de segurança”, disse Carlos Eduardo.

(O POVO Online)

Mauro Filho diz que pesquisa ruim desestimula militância

eleições 2014 pros mauro

O deputado estadual Mauro Filho (Pros), que disputou eleição ao Senado, disse na tarde desta segunda-feira (6) que os erros das pesquisas eleitorais precisam ser avaliados. Mauro Filho reclamou que as pesquisas apontaram um percentual de 21% de intenção de voto a seu favor, enquanto as urnas registraram 39,4%.

“Diferenças de dois, três ou quatro pontos para mais ou para menos acontecem. Mas você ter uma diferença de 21% para 40% é realmente um fato a ser melhor avaliado”, reclamou o deputado, que afirmou que as pesquisas podem desestimular a militância, quando desfavoráveis.

“Você tem de analisar quem é o candidato, quais são as propostas e o que elas representam para o futuro do Estado e do Brasil. Mas, muitas vezes, elas (pesquisas) desestimulam a militância, seus aliados ficam mais preocupados e isso acaba tendo um impacto no desempenho de todo o processo eleitoral”, lamentou.

Mauro Filho agradeceu ao eleitorado a votação recebida (cerca de 1,6 milhão de votos), ao destacar que o seu percentual foi significativo para o processo eleitoral.