Blog do Eliomar

Últimos posts

Professor Felipe Aquino é atração no I Congresso de Formação Católica do Nordeste

felioeaquino
 
O escritor e professor Felipe Aquino ministra palestra no fim de semana em Fortaleza. Ele participa do I Congresso de Formação Católica, promovido pela Comunidade Família em Missão e a Comunidade Católica Missionária Um Novo Caminho. Será realizado neste sábado e domingo, no Romanos Hotéis e Eventos (Messejana), em Fortaleza.
O público-alvo é formado por fundadores, coordenadores e participantes de grupos de oração, além de padres e diocesanos de toda a Região Nordeste. O evento tem como objetivo ser um aprofundamento sobre a fé católica, servindo como um grande auxílio na evangelização dos povos.
O evento começa na manhã de sábado, 7, e termina ao meio-dia de domingo, 8 de junho, dia em que a Igreja Católica celebra a festa de Pentecostes. Serão seis palestras de aprofundamento sobre a História da Igreja.
PERFIL
O palestrante, professor Felipe Aquino, é autor de 78 livros publicados pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova, além de ser apresentador de programas de rádio e TV na Rede Canção Nova. Ele é conhecido por sempre abordar temas baseados na doutrina católica e sabe transmitir os ensinamentos da Igreja de maneira objetiva e compreensível, conquistando cada vez mais o respeito e admiração do público.
SERVIÇO
Mais informações: (85) 8950.9275(85) 9721.3260
Ingressos: R$ 50 (até dia 7/6)
Pontos de venda: Farmácias Dose Certa e Comunidade Um Novo Caminho (Rua Dom Expedito Lopes, 1949, Aldeota).
DETALHE – Toda a renda será revertida para a construção de novas casas de evangelização da Comunidade Família em Missão e da Comunidade Um Novo Caminho.

Líder do Governo manda nota para Blog rebatendo o democrata João Jaime

128 1

sarto

Do líder do Governo na Assembleia Legislativa, José Sarto (Pros), recebemos a seguinte nota:

Caro Eliomar de Lima,

Sobre a nota publicada em seu epaço, neste dia 5 de junho de 2014, sob o título “VLT da Copa – João Jaime lembra que denunciou ameaça de suspensão da obra neste Blog”, o líder do Governo, deputado José Sarto (Pros), responde

O deputado João Jaime (DEM) foi sim duramente criticado por mim em debate no Plenário 13 de Maio da Assembleia Legislativa. Contudo, diferente do que o parlamentar afirma, não por suas denúncias sobre as obras do VLT Parangaba-Mucuripe, em Fortaleza, e sim por suas convicções retrógradas a respeito da mobilidade urbana, em especial sobre o VLT do Cariri. Posições essas que levam João Jaime, por exemplo, a defender que o Estado pague para a população se locomover de táxi, em vez de investir, pensando no longo prazo, em um transporte coletivo sustentável, seguro e confortável como é o metro de superfície. Nas palavras do próprio parlamentar, em artigo publicado 17 de março de 2014, também neste blog “Mais fácil e mais barato seria pagar um táxi para cada passageiro”.

Quanto à decisão do Governo do Estado do Ceará de romper o contrato com o consórcio responsável pelas obras do VLT Parangaba-Mucuripe, esclareço que se deve ao fato de o prazo contratual de 18 meses para a entrega ter sido prorrogado, no intento de cumprir a matriz de responsabilidade a tempo da Copa do Mundo 2014. No entanto, apesar dos ajustes efetuados, o consórcio não evoluiu na execução da obra. Agora, a poucos dias do evento internacional, estando evidente que as empresas consorciadas não têm mantido o ritmo da obra compatível com o acordado, nem tão pouco demonstrado interesse em concluir a obra, o Governo do Ceará age acertadamente evitando danos maiores para a população e para o erário, rescindindo o contrato, conforme despacho rescisório publicado no diário oficial do dia 27 de Maio de 2014.

Estou certo, contudo, que a população de Fortaleza brevemente estará se deslocando pela cidade nesse VLT, pois, mesmo enfrentando percalços, nestes sete anos e meio de administração, o governador Cid Gomes demonstrou responsabilidade e determinação para cumprir os compromissos com o povo cearense.

Cordialmente,

* José Sarto (Pros),

Líder do Governo na Assembleia Legislativa.

Praça Portugal – Câmara Municipal aprova demolição

“A Câmara Municipal aprovou, na tarde desta quinta-feira, 5, o projeto da Prefeitura para modificações na Praça Portugal. Por 30 votos contra sete, maioria dos vereadores aprovou a demolição do equipamento para dar lugar a quatro áreas de convivência.

Votaram contra o projeto os vereadores Deodato Ramalho (PT), Capitão Wagner (PR), Acrísio Sena (PT),Toinha Rocha (PSol), Ronivaldo Maia (PT), João Alfredo (PSol) e Guilherme Sampaio (PT). Na defesa e rejeição dos projetos, reunião teve bate-boca entre Toinha Rocha (PSol) e Adail Júnior (PV) , que ironizou a fala da vereadora quando ela citou trechos de músicas de Chico Buarque e Roberto Carlos.

Tramitação

O projeto de alteração da Praça Portugal chegou à Câmara no dia 20 de maio e tramita em regime de urgência. Na quarta-feira, 28, a Comissão Especial formada para analisar o projeto, aprovou o parecer favorável do relator Didi Mangueira, após bate boca com os vereadores Guilherme Sampaio e João Alfredo – que se retiraram da reunião após terem negado pedido de vistas.

Sampaio e Alfredo tentaram adiar a votação do parecer para depois da audiência pública, mas não conseguiram. Em acordo entre base aliada e oposição, foi decidido que o projeto só seria votado no plenário após a audiência pública.”

(O POVO Online)

Operários da construção civil paralisam obra e Sinduscon lança campanha da Copa

Com o título “Sinduscon-Ceará lança campanha “É hora de vestira camisa!”, eis nota sobre ação da entidade.

Para mobilizar a sociedade em prol de um clima pacífico para os eventos da Copa do Mundo em Fortaleza, o Sindicato das Construtoras, Sinduscon-Ceará, desenvolveu a campanha: É Hora de Vestir a Camisa. “Nosso objetivo foi convocar a população a mostrar o que a gente tem de melhor, vestindo a camisa do patriotismo e exibindo o orgulho que temos daquilo que já conquistamos como Nação”, explica André Montenegro, presidente do Sinduscon-CE.

Para o empresário, isso não significa aderir a um discurso de que está tudo bem. “Não podemos esquecer que o Brasil tem que avançar, principalmente na área social”, afirma. Essa campanha, no entanto, reforça o posicionamento da indústria da construção civil. “Este não é o momento para um debate político antecipado como querem alguns, notadamente as centrais sindicais”, conclui André Montenegro.

A campanha, que terá início neste domingo, desenvolveu peças para anúncios em jornais e revistas, outdoors e busdoors e camisetas verde-amarelas e a mensagem é um convite para torcermos juntos pelo Brasil na Copa do Mundo.

VAMOS NÓS – Melhor do que apregoar campanha em torno da Copa seria o Sinduscon sentar à mesa e negociar com os trabalhadores da construção civil que, diariamente, paralisam canteiros de obras. A melhor Copa é a do diálogo. Em nome da cidadania.

Domingos Filho é o melhor adversário para enfrentar Eunício Oliveira, diz Lustosa

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=HraIM17QYio&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=4[/youtube]

O ex-deputado federal Paulo Lustosa deixou Fortaleza nas últimas horas, após compromissos particulares.

Indagado sobre o cenário sucessório estadual, ele não se intimidou. O ex-peemedebista afirma que o melhor nome no Pros para enfrentar o presidente estadual do PMDB, o senador Eunício Oliveira, é o do vice-governador Domingos Filho.

Paulo Lustosa, também ex-ministro, que chegou a ocupar a secretária-executiva do Ministério das Comunicações (Eunício Oliveira era o titular) e a presidir a Funasa no Governo Lula, não é filiado a nenhum partido hoje, mas carrega a bagagem de quem enfrentou várias disputas.

Lustosa já disputou o Senado em 1986 e o Governo do Estado em 1990. No momento, trabalha para garantir mandato de deputado federal para o filho, o suplente Paulo Henrique Lustosa (PP).

Presidente da ANS confere inauguração de núcleo de saúde da Unimed Ceará

andre-longo

O presidente da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), André Longo, participará nesta sexta-feira, da solenidade de inauguração do novo espaço do Núcleo de Atenção Integral à Saúde da Unimed Ceará. O ato está  marcado para as 11 horas, na Rua Nogueira Acioli, 925, Aldeota. A cerimônia terá à frente o presidente da Unimed Ceará, Darival Bringel.

O novo espaço é um anexo da própria sede da Unimed Ceará, direcionado aos clientes que aderem aos serviços de Promoção à Saúde oferecidos pela operadora. O local consiste em um ambiente com recepção, três consultórios, auditório, salas para equipes de saúde e sala de convivência para descanso ou lazer dos colaboradores.

(Foto – Hudson Pontes)

Dentistas da área pública promovem ato contra Prefeituras

Dentistas que trabalham na área pública vão realizar manifestação, a partir das 9 horas desta sexta-feira, em frente a sede da Assembleia Legislativa. O ato denunciará a precarização das relações de trabalho nas Prefeituras.

A manifestação, segundo lideranças do movimento, faz parte do Dia Estadual de Paralisação dos cirurgiões-dentistas em todo o estado.

Silas Malafaia vence parada contra gays

silas-malafalia-bravo-01

Silas Malafaia, pastor evangélico, acaba de vencer uma batalha no Conselho Regional de Psicologia do Rio de Janeiro. Em 2011, movimentos gays pediram a cassação do seu registro profissional de psicólogo por práticas homofóbicas. O Conselho não aceitou a acusação.

Os advogados contratados por Malafaia centraram a defesa em dois pontos: o pastor tem o livre arbítrio para emitir opiniões e, em nenhum momento, o faz na condição de psicólogo.

(Coluna Radar, da Veja Online)

capss

DETALHE – Esse caso lembra o episódio recente envolvendo Natália Rios, psicóloga que coordena os CAPs de Fortaleza. Ela usou sua página no Facebook para insinuar que a ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), usaria drogas. Luizianne entrou com representação contra Natália no Conselho Federal de Psicologia.

Evaristo Nogueira quer Mota vestindo a camisa do “Vovô” neste centenário

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=2TLeUrVpU4U[/youtube]

Evaristo Nogueira, um dos competentes narradores do Timão da Rádio O POVO/CBN, comenta par ao Blog a paradinha do Brasileirão por conta da Copa. Mas ele deixa uma torcida no ar:  quer ver Mota novamente vestindo a camisa do Ceará Sporting Clube. De preferência, botando Bill na reserva. Será?

Dilma depende do hexa?

190 6

Com o título “Especulações (ou constatações?) sobre a eleição presidencial de 2014”, eis artigo de Thiago Costa Cartaxo Melo, especialista em Análise Política e relações Institucionais pela UnB. Cearense radicado em Brasília, Thiago pede espaços e analisa um cenário que promete muitas surpresas. Confira: 

A possibilidade de a presidente Dilma Rousseff vencer as eleições deste ano é grande devido à falta de uma candidatura de oposição capaz de aglutinar os diversos segmentos, de estilos políticos diferentes, insatisfeitos com o seu governo.

Ambos os candidatos de oposição possuem fragilidades que podem ser decisivas na manutenção de Dilma no poder. Aécio Neves (PSDB) carrega, além da herança peessedebista (para muitos, negativa), o estilo “mauricinho”, bon vivant, atrelado ao “sei como fazer”; típico perfil que rememora Collor antes da derrocada. Eduardo Campos (PSB), por outro lado, sustenta a imagem de segurança e experiência, mas com um ponto crucial e negativo: o desconhecimento de sua trajetória política por parcela expressiva do eleitorado nacional.

Em um primeiro momento, a dispersão de votos pode desfavorecer Dilma, levando-a ao segundo turno. Porém, essa dispersão demonstra, em teoria, que não há uma candidatura capaz de agregar os insatisfeitos com o governo, principalmente por questões ideológicas.

É evidente que os apoiadores e simpatizantes de Marina Silva são, em sua maioria, contrários ao estilo de governar do PSDB; tanto é que Marina “liberou” seu eleitorado na votação do segundo turno das eleições de 2010, não cedendo à vontade do PSDB de concretizar uma aliança com o PV. Além disso, o PSB, a partir de 1989, coligou-se a partidos com perfis ditos “de esquerda” (como PT e PCdoB); o rompimento do PSB com o PT, por exemplo, ocorreu devido ao fortalecimento da legenda nas últimas eleições e ao desejo de uma candidatura própria, praticamente com a anuência de Lula em conversas nos bastidores com Campos. Em um provável segundo turno, a falta de sintonia entre PSDB e PSB contará a favor de Dilma.

Outro ponto em destaque é o retrospecto das candidaturas à reeleição. Desde a aprovação da emeda da reeleição (EC nº 16/97), os candidatos à recondução à presidência venceram seus pleitos. Mesmo contando com apenas dois exemplos recentes, as reeleições de FHC e Lula demonstram que, quem detém o controle da máquina administrativa, possui vantagem nas disputas eleitorais independente da disparidade de perfis. Somam-se, ainda, as amplas coligações partidárias dos candidatos à reeleição e o reflexo no tempo do horário eleitoral, tornando a disputa desfavorável às candidaturas de oposição.

Porém, como eleição é semelhante a jogo de futebol, favoritismo nem sempre ganha jogo. Há, por parte da população brasileira, uma clara insatisfação com os políticos tradicionais e com o “jogo sujo” do poder. O combate à corrupção é uma bandeira que está nas ruas e o PT está maculado com a repercussão da condenação dos réus no caso do mensalão petista e o recente caso que veio à tona de superfaturamento na compra de uma refinaria em Pasadena, nos EUA, pela Petrobras.

Tudo dependerá dos conchavos políticos e da repercussão relacionada à corrupção, contando com um componente extracampo: a Copa do Mundo no Brasil. A conquista do hexa ou fracasso da seleção brasileira pode representar aos marqueteiros políticos o empurrão que faltava para uma vitória ou derrota de Dilma Rousseff.

* Thiago da Costa Cartaxo Melo,
Especialista em Análise Política e Relações Institucionais pela Universidade de Brasília (UnB).

Justiça condena empresa que obrigava promotor de vendas a se fantasiar

“A 8ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho indeferiu Recurso de Revista e condenou a operadora Claro e a empresa PJIS, do setor de telefonia e informática, a pagar indenização de R$ 2 mil, por danos morais, a um promotor de vendas que era obrigado a se fantasiar, com perucas, nariz de palhaço e pinturas, durante campanhas para aumentar vendas de chips e planos da operadora. Segundo a corte, a conduta, por si só, gera dano moral.

Segundo os autos, a atividade dos promotores de vendas era acompanhada por um supervisor, que dizia aos funcionários: “Se você não quiser [usar a fantasia], tem quem queira usar”. A PJIS sustentou que o autor da ação sabia das condições do trabalho e não era obrigado a usar os adereços. Argumentou ainda que as fantasias não causam danos à honra, à imagem e à dignidade.

A 4ª Vara do Trabalho de Campina Grande (PB) condenou a empregadora à indenização por danos morais. O Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região confirmou a sentença e afirmou não haver provas de que o promotor foi informado, na contratação, de que teria de usar a fantasia, o que evidencia a ausência de expresso consentimento.

Ao negar o Recurso de Revista, o relator da matéria no TST, desembargador convocado João Pedro Silvestrin, afirmou que “o TRT da 13ª Região concluiu que referida conduta acarreta dano à moral do trabalhador por si só, bastando, para tanto, a comprovação da prática lesiva denunciada. O TST, por seu turno, vem se posicionando em idêntico sentido”.

(Site do TST)

Zara é novidade na expansão do Iguatemi

O Shopping Iguatemi promoverá, a partir das 19 horas desta quinta-feira, no estacionamento coberto do 5º andar, a palestra “Projetando experiências, arquitetura para o Varejo”, com a arquiteta Bel Lobo, apresentadora do programa Decora, do Canal GNT. O evento faz parte das atividades que marcarão a sexta expansão do shopping, com previsão de inauguração em 26 de novembro deste ano.

Com a expansão, o Iguatemi passará de 62 mil metros quadrados de área para 93 mil metros quadrados, além de 270 lojas para 450. Uma das atrações é a chegada ao Ceará da loja Zara, maior varejista do mundo em roupas masculinas, femininas e infantis. A loja deverá ocupar 2,8 mil metros quadrados em dois pavimentos.

“É uma loja adorada por mulheres, homens e crianças em todo o mundo. O mercado de shoppings no Ceará ganha com isso e a marca chega ao shopping com maior fluxo de clientes da cidade. Todos ganham nessa negociação”, comentou o vice-presidente de novos negócios da Jereissati Centros Comerciais (JCC), Gerardo Jereissati.

foto zara

Copa 2014 – Programa “Voz do Brasil” com horário flexibilizado

As emissoras de rádio do País estão autorizadas e podem retransmitir o programa “A Voz do Brasil” em horário alternativo. A decisão foi tomada pela presidente Dilma. A medida valerá durante a realização da Copa do Mundo, entre os dias 12 de junho e 13 de julho.

A flexibilização na obrigatoriedade de retransmitir diariamente o noticiário oficial às 19 horas ocorreu por meio de uma medida provisória publicada na edição de quarta-feira (4) do Diário Oficial da União.

Com a mudança, as rádios brasileiras poderão optar, somente durante o Mundial da Fifa, em retransmitir A Voz do Brasil entre 19 e 22 horas.

(Com Agências)

Cid fará balanço para industriais cearenses

cidgoomes

O governador Cid Gomes (Pros) fará balanço de sua gestão para os industriais cearenses. Será na próxima terça-feira, a partir das 19 horas, no auditório da Federação das Indústrias do Estado situado no 5º andar do prédio da Casa da Indústria.

Cid atende a um convite do presidente do Centro Industrial do Ceará (CIC), José Dias de Vasconcelos.

Esse será o primeiro da nova gestão, que assumiu recentemente as rédeas da entidade

Operação Miragem – MP apresentará em coletiva o fim dessa investigação

Do Site do Ministério público Estadual: 

O Ministério Público do Estado do Ceará apresenta hoje, às 14 horas, o balanço final da Operação Miragem, realizada em Quixadá. Ao todo, 25 pessoas, entre agentes públicos e empresários, foram denunciadas por crimes contra a administração pública no Município. A coletiva de imprensa ocorrerá no auditório da Procuradoria Geral de Justiça (rua Assunção, 1100 – José Bonifácio).

A Operação Miragem é resultado de um ano de investigações no município de Quixadá. A juíza Ana Cláudia Gomes de Melo decretou na última segunda-feira (2) que os denunciados estão proibidos de exercer cargos públicos e de ingressar nas sedes administrativas dos órgãos municipais de Quixadá. Além disso, ficam com os bens indisponíveis. Até o momento, cerca de 8 agentes públicos foram afastados.

O grupo é acusado de praticar fraudes processuais e licitatórias, falsidade ideológica e formação de quadrilha. Vale ressaltar que os 25 denunciados se tornam, tecnicamente, réus em um processo criminal.

O direito de protestar, mas…

Com o título “Tudo é proibido versus tudo é permitido”, eis artigo do jornalista Plínio Bortolotti, que está no O POVO desta quinta-feira. Ele considera fundamental o direito de protesto, desde que sem violências como as que estamos assistindo. Confira:

Sob regimes de força nada é permitido, a não ser o que emana da vontade do ditador ou de um grupo restrito de senhores que se arvoram – normalmente sob a força das armas – em donos da verdade, da moral, dos bons costumes e da vontade das pessoas. Vive-se em permanente interdito.

Quando irrompe a democracia, no Brasil demorou-se 21 anos para afastar os ditadores, a sociedade precisa repactuar o modelo de convivência. Para isso, são eleitos representantes que se reúnem para escrever um livro chamado “Constituição”. Nele, se escrevem os princípios garantidores da vontade da maioria, preservando-se os direitos das minorias, de modo que aquela não se sobreponha a esta e nem o inverso ocorra. A Constituição é um documento tão importante que muitos a chamam de “Carta Maior”.

O regime sustentado por esse pacto é chamado “democracia” – e foi a melhor forma que as sociedades encontraram para viver; mesmo assim, o sir Winston Churchill classificou-a como “a pior forma de governo, à exceção de todas as outras”. Com o que ele quis dizer, suponho, que é um regime imperfeito, porém afeito à liberdade, transigente à crítica, flexível e, portanto, possível de ser aperfeiçoado. Com a democracia acaba a regência do “tudo é proibido”. Mas isso significaria passe-livre para o reino do “tudo é permitido?”

A Carta Maior estabelece, por exemplo, o direito à greve e a manifestações públicas, garantias inalienáveis em qualquer sociedade democrática. Porém, lembrando o sistema de pesos e contrapesos da reciprocidade dos direitos, seria permitido deixar pessoas – mães com filhos esperando em casa -, no meio da rua, de noite, porque motoristas, sem aviso prévio, resolvem parar os ônibus? Seria permitido queimar veículos, bater em jornalistas? Seria permitido destruir propriedades, inclusive públicas, algumas históricas? Seria permitido a meia dúzia de pessoas parar o trânsito prejudicando milhares? Seria permitido ferir e matar? Seria isso sinônimo de democracia?

* Plínio Bortolotti

plinio@opovo.com.br
Jornalista do O POVO