Blog do Eliomar

Últimos posts

Governo poderá trazer mais médicos cubanos, diz Padilha

O ministro da Saúde Alexandre Padilha voltou a dizer nessa sexta-feira (10), em São Paulo, que mais médicos cubanos ou de outras nacionalidades poderão ser contratados para o Programa Mais Médicos, caso isso seja necessário, a fim de atingir a meta de 13 mil médicos atuando no programa até abril.

“Se for necessário, nós traremos médicos da cooperação internacional tanto do Ministério da Saúde de Cuba ou outras alternativas, e vamos atingir a meta de 13 mil médicos chegando no Brasil ao fim de março para atuar nos municípios em abril”, disse o ministro.

Para cumprir a meta, Padilha informou que o ministério vai abrir inscrições entre o fim de janeiro e início de fevereiro tanto para profissionais brasileiros como para interessados de outros países. Segundo ele, médicos que estão concluindo o Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (Provab) poderão migrar para o Mais Médicos.

“Têm muitos médicos que já atuam no Brasil, dentro do programa do Provab, que termina em fevereiro. Recebemos mensagens de vários desses médicos dizendo que querem continuar no mesmo município e posto de saúde, participando pelo Programa Mais Médicos”, declarou.

(Agência Brasil)

Economista da FGV diz que alimentação será fiel da balança da inflação em 2014

O economista André Braz, do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV), disse nesta sexta-feira (10) que as variáveis que se destacaram no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 2013 não surpreenderam, a alta da gasolina e das passagens aéreas era mesmo esperada. “Mas a magnitude veio um pouquinho acima do se estimava.”

A inflação de 5,91% no ano passado, divulgada nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é um pouco maior do que a expectativa do mercado, que girava em torno de 5,74%, e superou a do ano passado (5,84%).

Para o economista, o fiel da balança neste ano será o grupo alimentação. “É a classe de despesa com maior potencial de desaceleração.” A taxa superou 8% e ficou um pouco menor que em 2012. Braz estima, porém, que há chance de cair um pouco mais este ano. “As previsões de safra são mais otimistas e isso deve ajudar a conter avanços de preços”.

Na estimativa de André Braz, a inflação de 2014 pode fechar próxima de 6% ou ficar um pouco acima disso. Ele reiterou, porém, que isso vai depender da trajetória dos preços monitorados, como passagem de ônibus e gasolina, em especial, porque são preços controlados, mas que não têm uma regra explícita que permita antecipar contribuição para a inflação.

(Agência Brasil)

Suplicy conhece projeto do Banco Palmas

O senador paulista Eduardo Suplicy (PT) conhece na manhã da segunda-feira (13), em Fortaleza, o projeto do Banco Palmas, no Conjunto Palmeiras. Ele estará na companhia do senador cearense José Pimentel (PT). A experiência, que este ano completa 16 anos de existência tem como propósito a garantia da geração de emprego e renda, por meio da oferta de microcrédito com taxas de juros reduzidas.

Suplicy pretende criar um programa de transferência de renda, conhecido como Renda Básica de Cidadania, como forma de garantir o direito a uma renda igualitária e incondicional.

Justiça aumenta multa que Genoino deve pagar no processo do mensalão

45 1

A Vara de Execuções Penais do Distrito Federal aumentou o valor da multa que o ex-deputado José Genoino, condenado a quatro anos e oito meses de prisão na Ação Penal 470, o processo do mensalão, tem de pagar à Justiça devido à condenação. Com a correção monetária, Genoino terá até o dia 20 deste mês para pagar R$ 667,5 mil. Mais quatro condenados na Ação Penal 470 também tiveram o valor da multa reajustado.

Durante o julgamento do processo do mensalão, a multa de Genoino foi fixada em R$ 468 mil. No entanto, de acordo com Código Penal, o valor final da multa deve ser corrigido monetariamente o após fim do processo. Os crimes praticados pelo ex-deputado ocorreram em 2003.

O valor das multas foi determinado na última segunda-feira (6), e os condenados têm dez dias para fazer o pagamento. Se não houver pagamento, o débito será inscrito na Dívida Ativa da União, e os bens particulares podem ser confiscados pelo governo como garantia de pagamento.

A Justiça do Distrito Federal reajustou as multas de Ramon Hollerbach e Cristiano Paz, ex-sócios do publicitário Marcos Valério, que terão de pagar, respectivamente, R$ 3,96 milhões e R$ 2,65 milhões. O ex-deputado federal Valdemar Costa Neto foi multado em R$ 1,6 milhão. A multa de Valério também foi reajustada, mas o valor não foi divulgado.

A família de Genoino criou um site para arrecadar doações para pagar a multa. Segundo os parentes, o ex-deputado não tem dinheiro para quitar o débito.

Em nota divulgada nesta sexta-feira (10), o presidente do PT, deputado estadual Rui Falcão (SP), pediu que os militantes do partido ajudem Genoino a pagar a multa. “Como o PT, em virtude da lei, não pode utilizar recursos próprios, nem do Fundo Partidário, propomos essa corrente de solidariedade que deve, igualmente, estender-se aos companheiros José Dirceu, Delúbio Soares e João Paulo Cunha”, afirmou.

(Agência Brasil)

Portuguesa volta à Série A, após decisão da Justiça

A publicação da decisão da suspensão do jogador Héverton, um dia depois da partida em que o atleta deveria cumprir a determinação do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), foi fundamental para que a Justiça de São Paulo determinasse nesta sexta-feira (10) o retorno da Portuguesa à Série A do Campeonato Brasileiro de Futebol e o rebaixamento do Fluminense à Série B.

O jogador foi escalado para o jogo contra o Grêmio, quando atuou no segundo tempo da partida. Para o STJD, o atleta deveria estar suspenso, pois um advogado da Portuguesa estaria ciente da punição. Mas a Justiça de São Paulo entendeu que a publicação prevalece à informação.

A ação em favor da Portuguesa foi movida por um torcedor do clube.

(com agências)

Marco civil da internet e reforma política estão entre os temas a serem decididos em 2014

Pelo menos três grandes temas deverão chegar para análise no Senado agora no primeiro semestre, após votação na Câmara dos Deputados: reforma política, marco civil da internet e Código Regulatório da Mineração. Há também a expectativa de que a lei que define o crime de terrorismo seja aprovada pelo Congresso até março, para entrar em vigor antes da Copa do Mundo de Futebol, que em junho concentrará no Brasil pessoas e atenções de todo o mundo.

Não só pela complexidade dos temas, o ritmo do trabalho legislativo deverá ser intenso nos primeiros meses do ano também porque 2014 é um ano atípico: o Carnaval será em março, em junho tem a Copa do Mundo de Futebol e no segundo semestre as preocupações do mundo político se voltarão principalmente para as campanhas eleitorais para presidente da República, governadores, senadores, deputados federais e deputados estaduais ou distritais.

O desafio de conseguir um consenso para a reforma política, por exemplo, vem sendo apontado como meta pelo presidente do Senado, Renan Calheiros.

(Agência Senado)

Fortaleza atinge 100% da ocupação hoteleira

61 4

foto 140110 turismo RC e salmito

Fortaleza conquistou esta semana uma ocupação de 100% de sua rede hoteleira, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-CE) e da CVC Brasil, esta última a maior operadora de turismo da América Latina. As duas entidades estiveram reunidas na tarde desta sexta-feira (10) com o secretário de Turismo de Fortaleza (Setfor), Salmito Filho, na sede da ABIH-CE, na Aldeota.

O gerente da CVC de produtos para o Ceará e para o Rio Grande do Norte, Fábio Caires, e o presidente da ABIH-CE, Darlan Leite, reconheceram a importância dos investimentos da Prefeitura de Fortaleza no turismo da cidade, como também o bom desempenho de Fortaleza na Copa das Confederações.

“Éramos o quinto destino do Nordeste no início de 2013 e agora estamos entre os 10 destinos em alta no mundo. A determinação do prefeito Roberto Cláudio foi fundamental para esta retomada de Fortaleza. A cidade só tem a comemorar com esta ocupação de 100% da rede hoteleira, que certamente aquece a economia de Fortaleza”, comentou Salmito Filho.

Um ano após posse, 107 prefeitos têm mandato cassado

Um levantamento divulgado nesta sexta-feira (10) pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) mostra que, um ano após a posse dos prefeitos eleitos no pleito de 2012, 125 (2,2%) deles não estão mais no comando das cidades que os elegeram. A maior parte deles, 107 eleitos, teve o mandato cassado pela Justiça Eleitoral, número que representa 85,6% das trocas.

Segundo os dados, as demais causas de afastamento dos prefeitos eleitos são morte (12), motivo de saúde (2), renúncia (3), e um prefeito deixou o cargo por motivo não identificado no estudo. Os estados que tiveram mais trocas nas prefeituras foram São Paulo (21), Minas Gerais e Rio Grande do Sul (13, cada um) e Mato Grosso (10).

Na avaliação da confederação, o número de trocas dos eleitos em 2012 se manteve praticamente igual em relação ao mesmo levantamento feito em 2011, período em que 128 prefeitos deixaram os cargos.

(Agência Brasil)

Missa lembrará primeiro ano de saudade do Padre Haroldo Coelho

padreharoldo

Neste sábado, o primeiro aniversário da morte de Padre Haroldo Coelho será lembrado com missa. A partir das 17h30min, na Paróquia de São Francisco (Bairro Jacarecanga). O ato litúrgico será concelebrada pelo padre Marco Passerini.

Padre Haroldo, bom lembrar, sempre marcou sua trajetória não apenas no campo religioso, como na política partidária. Em 1986, foi candidato a governador pelo PT. Morreu como militante do PSOL.  

 

Energia e transporte público contêm inflação oficial de 2013, avalia IBGE

Sem as manifestações populares, que contiveram as tarifas de ônibus, e sem a desoneração da energia elétrica, a inflação oficial de 2013, que fechou o ano em 5,91%, poderia ter sido maior. A avaliação é da coordenadora de Índice de Preços do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Eulina Nunes.

“A energia elétrica, cujas tarifas foram reduzidas significativamente este ano, e os ônibus urbanos que, em média, não tiveram reajuste, frente às manifestações, contribuíram muito para conter a taxa de inflação de 2013, que poderia ser diferente se não fossem esses acontecimentos”, disse Eulina.

Segundo o IBGE, a redução de impostos sobre o fornecimento de energia fez com que o impacto da tarifa fosse negativo no cálculo da inflação. O índice caiu 15,6% e é o menor desde 2007 (-6,1%). “Foi a mais importante queda da série desde o início do Plano Real”, reforçou Eulina. Em 2013, as passagens de ônibus quase não subiram e registraram 0,02% de aumento. Em 2012, a alta foi 5,26%.

A alta da inflação de 2013, que ficou abaixo do teto estabelecido pelo do governo (6,5%), foi impulsionada pelo aumento de preços de produtos e serviços de alimentação (8,48%), aluguel (12%) e empregados domésticos (11,2%).

De maneira geral, a especialista do IBGE acredita que os custos dos alimentos foram impactados por problemas climáticos, que prejudicaram a oferta de produtos como a batata e influenciaram o preço de commodities (produtos que têm o preço atrelado ao dólar) como o trigo.

Também pesou no bolso das famílias a refeição fora de casa. Ficaram mais caros o lanche (12,2%), o café da manhã (12%) e o cafezinho (11,7%). “As pessoas que trabalham fora têm procurado mais esse serviço”, explicou Eulina.

(Agência Brasil)

Supermercado é interditado por infestação de baratas

A loja do Pão de Açúcar localizada no shopping Aldeota, na avenida Dom Luís, foi interditada, nesta sexta-feira (10), pelo Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Decon). Segundo o órgão, o estabelecimento estava infestado de baratas e foi autuado por “pragas e vetores urbanos”.

A fiscalização teve a participação da Vigilância Sanitária, que dois dias antes deu um prazo à loja para dedetizar o local. Como o problema não foi resolvido, o Decon foi acionado para interditar o supermercado. “Uma empresa de dedetização foi contratada, mas os procedimentos ainda estavam em desacordo com a Anvisa”, explica a assessoria do Decon.

O Decon informou que a quantidade de insetos no local diminuiu, mas a prevenção estabelecida em lei não foi realizada. A empresa foi autuada e tem até dez dias para sanar o problema, caso contrário, será multada. “Nesse caso de vetores urbanos, a multa varia de R$ 600 até quase R$ 9 milhões”, completa o órgão.

O POVO Online tentou encontrar em contato com o Pão de Açúcar, mas as ligações não foram atendidas. Denúncias de irregularidades sanitárias em estabelecimentos podem ser feitas através do site do Decon ou pelo telefone 0800 275 80 01.

Limpeza

A diretora de fiscalização do Decon, Auri Castelo Branco, disse que o número de autuações por ”pragas e vetores urbanos” não foi muito alto em 2013. ”A maioria das infrações em estabelecimentos alimentícios é devido a produtos fora do prazo de validade ou em estado de deterioração”, completa.

(O POVO Online)

Reginaldo Rossi continua vivo em publicidade da Farmácia do Trabalhador

284 1

foto 140110 farmácia rossi

Quase um mês depois de sua morte, o cantor Reginaldo Rossi continua como garoto-propaganda da Farmácia do Trabalhador. O curioso é que a originalidade, na propaganda na tevê, mostra um Reginaldo Rossi de carne e osso. Já a foto foi tirada nesta sexta-feira (10), no Centro de Fortaleza.

Confira o comercial na tevê:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=rKrHa5EkZy8[/youtube]

Sisu 2014 – Mais de 2,3 milhões de candidatos

“Na manhã de hoje (10), último dia de inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), o número de candidatos chegou a 2.316.938, segundo balanço do Ministério da Educação com registros feitos até as 10 horas. O prazo para que os estudantes concorram a uma vaga na educação superior pública por meio do Sisu será encerrado às 23h59 de hoje. O balanço do MEC mostra que cerca de 46% dos 5 milhões de estudantes que fizeram o Enem de 2013 já se inscreveram no Sisu. Pode concorrer às vagas do Sisu quem fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 e não tirou 0 na redação.

Ao se inscrever no site do Sisu, o candidato pode marcar duas opções de curso, por ordem de preferência e, até o encerramento do prazo, pode modificar as opções de curso. Na primeira edição deste ano, o sistema oferece 171.401 vagas em 4.723 cursos de 115 instituições públicas de educação superior.

Na reta final de inscrições, professores dão dicas de como aproveitar melhor o Sisu, indicando que é importante escolher um curso com o qual se tenha afinidade para não correr o risco de abandoná-lo futuramente. Lembram ainda que, quem não conseguir a vaga desejada, mesmo na segunda chamada, ainda poderá participar da segunda edição anual do Sisu, no próximo semestre.”

(Agência Brasil)

Inflação de 2013 fica acima das expectativas do Banco Central

“A expectativa do Banco Central (BC), de que a inflação em 2013 seria menor que a de 2012, não foi alcançada. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fechou o ano de 2013 em 5,91%, segundo informou hoje (10) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em 2012, a inflação ficou em 5,84%.

A previsão do BC, divulgada no Relatório de Inflação em dezembro do ano passado, era de que o IPCA ficaria em 5,8%. A inflação oficial de 2013 também ficou acima da projeção de instituições financeiras consultadas semanalmente pelo BC, que esperavam variação no índice de 5,74%. O resultado ficou acima do centro da meta de inflação (4,5%) estabelecido pelo governo e que deve ser perseguido pelo BC, mas abaixo do limite superior previsto, de 6,5%.

No ano passado, como medida para tentar conter a inflação, o Comitê de Política Monetária do BC elevou a Selic em 2,75 pontos percentuais. A taxa encerrou 2013 em 10% ao ano. Quando o Copom aumenta a Selic, o objetivo é conter a demanda aquecida e assim gerar reflexos nos preços, já que juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.”

(Agência Brasil)

Uma ecologia tendo o homem em primeiro lugar

Com o título “O que é ser ecológico?”, eis artigo do jornalista e sociólogo Demétrio Andrade. Ele faz questionamentos acerca da ecologia em seu aspecto ético e nos desafia a pensar a sair do ambiente de conforto de teses já pré-estabelecidas sobre o tema. Confira:

A primeira coisa que quero deixar claro é que este artigo não é explicativo. Trata-se, de fato, de um questionamento feito por mim a todos aqueles que assim se intitulam, ou se sentem pertencentes ao universo dos ambientalistas ou outros adjetivos equivalentes.
Pessoalmente, me considero bem distante destas qualificações. Mas gosto do contato com a natureza, principalmente quando pratico esportes. Corro, pedalo, curto fazer trilhas, canoagem e afins. Nas férias de janeiro, que passo com toda família, geralmente opto por conhecer lugares que nos afastem um pouco do universo corrido das cidades e da dependência obsessiva das redes sociais. A Chapada Diamantina, com sua vegetação densa, além de grutas, morros, cachoeiras e rios foram nosso cenário este ano.

Como em todas as demais viagens para locais do tipo, é comum encontrarmos indivíduos da “tribo verde” em sonora maioria. Teoricamente, cidadãos que se preocupam com a preservação do meio ambiente. Vestes, atitudes, linguajar acabam por identificá-los facilmente. Inegável reconhecer a importância de defender a natureza. Mas certas questões me intrigam.

Acredito, no meu tacanho modo de ver, que o meio ambiente inclui um item fundamental para sua preservação: as pessoas. Caso contrário, se para se defender a natureza os seres humanos têm de ficar em segundo plano, tem-se uma questão de necessidade científica transmutada em libelo ideológico. E aí a coisa se complica, pois neste contexto teremos um discurso que talvez busque legitimar qualquer ação em nome da preservação do meio ambiente.

No paraíso natural da Chapada presenciei cenas comuns aos piores antros urbanos: motoristas que desrespeitavam regras elementares de trânsito – mesmo na minúscula e bela cidade de Lençóis vi carros baterem entre si e em postes –; praticantes de trilhas e escaladas consumidos por uma pressa vã, quase atropelando crianças e idosos; guias repassando informações equivocadas na disputa por clientes; serviços ruins e repetidas cenas de poluição sonora e visual.

O que tento repartir aqui é uma indagação que testemunhei replicada em vários outros santuários ecológicos visitados. E que me trazem a certeza de que não se pode pensar em ecologia sem a discussão de uma ética anterior que abranja a convivência educada, saudável e, principalmente, democrática entre os seres humanos.

De nada adianta reciclar meu lixo, respeitar os animais, deixar o carro em casa, fazer uso racional da água, preservar áreas verdes e mananciais se não respeito o outro. Inclusive aquele que não pensa e age como eu, por opção, limitação ou desconhecimento. A estratégia ecológica – assim como qualquer outra de cunho ideológico – tem de ser a do convencimento, e não da imposição. Acho inclusive que a atitude primeira de preservação deve ser com a nossa própria espécie. E isso envolve carinho, justiça, foco no coletivo, gentileza, solidariedade e generosidade. Sem tais posturas, o resto é, pra usar uma expressão dentro do contexto, conversa pra boi dormir.

* Demétrio Andrade
Jornalista e sociólogo.