Blog do Eliomar

Últimos posts

Artur Bruno apela por diálogo e se solidariza com professores em greve da Uece

artrubruno

O deputado federal Artur Bruno (PT) fez discurso da tribuna da Câmara dos Deputados, nesta manhã de quinta-feira, apelando ao governador Cid Gomes (PROS) e ao secretário de Ciência e Tecnologia e Educação Superior do Estado, René Barreira, para que abram as negociações com o Sindicato dos Docentes da Universidade Estadual do Ceará (Uece). Os professores deflagraram greve no último dia 29.

“Minha total solidariedade à greve da universidade, aos professores e aos estudantes. Os funcionários da universidade reivindicam, há muitos anos, um concurso público, pois há poucos servidores para 23 mil alunos”, discursou o parlamentar lembrando que a Uece é a universidade mais presente no Interior do Ceará.

Entre as reivindicações estão a melhoria da infraestrutura física na universidade, o déficit de 278 professores efetivos com pedido de concurso imediato e a regulamentação do plano de carreiras. Ontem houve confronto em Fortaleza entre policiais militares e manifestantes da Uece, Universidade Vale do Acaraú (UVA) e Universidade Regional do Cariri (Urca).

Na briga Cid-Tasso, deputado Heitor Férrer não vai meter a acolher

cidtassos

O deputado estadual Heitor Férrer (PDT) informou par ao Blog, nesta manhã de quinta-feira, que não vai “meter a colher” na briga que o governador Cid Gomes (PROS) trava com o ex-governador Tasso Jereissati. Cid reagiu, via Facebook, à fala do tucano. Nas inserções do PSDB na tevê, Tasso cobrou respeito ao Ceará.

Cid Gomes afirmou que responderia ao tucano pela última vez: desafiou a uma comparação de suas ações em sete anos de mandato e os 12 anos das gestões tassistas. Garantiu ter feito muito mais pelo Estado do que a era mudancista.

“Eu me meter em questão pessoal do criador, Tasso, contra a criatura, os Ferreira Gomes, seria me meter em algo que não é do meu perfil. Isso é muito deles. Agora, lamento a volta que o mundo da política dá, onde hoje os Ferreri Gomes têm o Tasso como desafeto político”, disse Heitor Férrer.

(Foto -Arquivo POVO)

Vacina brasileira contra o HIV já é testada em macacos

“Começaram nesta semana os testes em macacos da vacina contra o HIV, que está sendo desenvolvida pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo em parceria com o Instituto Butantan. Os quatro animais começaram a ser imunizados com a vacina que contém partes do vírus. Depois, os macacos receberão um vírus modificado que causa o resfriado como parte dos estudos para desenvolver o imunizante.

Segundo Edecio Cunha Neto, um dos pesquisadores responsáveis por conduzir o projeto, o diferencial da vacina é usar partes do vírus que não se alteram. “Um dos grandes problemas de se fazer uma vacina contra o HIV é que ele é hipervariável”, ressalta ao explicar que o genoma do vírus pode varia até 20% entre dois pacientes. “Nos componentes que nós escolhemos para colocar na vacina estão somente as regiões mais conservadas do vírus, ou seja, aquelas que não variavam de um HIV para o outro”, destacou.

Após os testes com os quatro animais, serão feitos experimentos com um grupo de 28 macacos e três tipos de vírus diferentes, todos modificados com partes do HIV. “As combinações desses três vírus são, até hoje, as melhores combinações para gerar respostas imunes potentes em primatas. Então, o que a gente vai fazer é escolher, de quatro combinações diferentes, aquela que deu resposta mais forte. E usar essa combinação para teste em humanos”, detalhou o pesquisador.”

(Agência Brasil)

Mensalão do Crato – Prefeito garante que tudo não passou de uma "armação"

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=dZ0oCi6nCMM[/youtube]

O prefeito do Crato, Ronaldo Matos (PMDB), anuncia: vai pagar os 40% restantes do 13º salário dos servidores neste mês. Hora de amenizar desgaste sofrido com denúncias de mensalão para vereadores e desaprovação de contas do ex-prefeito Samuel Araripe.

Ronaldo Matos, no entanto, garante não estar envolvido no caso. Ele diz que isso é com a Câmara Municipal e o ex-prefeito. “Isso é problema deles”, avisa.

 

O que pode haver no desafio de Cid a Tasso

83 9

Em artigo enviado ao Blog, o articulista político Jota Klaus avalia as críticas do governador Cid Gomes a Tasso Jereissati, por meio do Facebook. Confira:

Ao desafiar o ex-governador Tasso Jereissati, na noite dessa quarta-feira, 6, por meio do Facebook, o governador Cid Gomes quer mais que simplesmente botar para fora as mágoas pelas críticas do programa do PSDB do Ceará, veiculado esta semana no rádio e na tevê. Cid Gomes pode ter jeito de meninão, mas é bem crescidinho.

Na verdade, ao comparar os 12 anos dos governos Tasso – nos quais Cid e Ciro também foram protagonistas -, com as suas duas administrações “incompletas”, o governador chama Tasso para a disputa sucessória ao Governo do Ceará. Como diria o bom dicionário “cearensês”, Cid chama Tasso “pru pau”.

Tasso, que já foca uma pré-candidatura ao Senado, agora está diante do incômodo desafio de uma disputa ao Governo do Estado.

Mas, por que Cid Gomes chamaria um dos maiores governadores da história do Ceará para uma disputa sucessória contra uma candidatura do seu interesse? A resposta é simples: a necessidade da verdadeira oposição.

A candidatura Tasso Jereissati ao Governo do Ceará reafirmaria a condição de Cid Gomes como articulista da presidente Dilma Rousseff nas eleições do próximo ano no Ceará. De quebra, Cid ainda “limparia” o quadro da disputa ao Senado para José Guimarães ou para Ciro Gomes ou para ele mesmo, além de provocar um “susto” na provável candidatura Eunício Oliveira ao Palácio da Abolição.

Apesar de figurar como maior liderança do Estado, no momento, a condição do governador está em xeque, diante de pré-candidaturas aliadas à presidente Dilma Rousseff, como Eunício Oliveira e Luizianne Lins, que esta semana foi prestigiada com cargo no Governo Federal.

O Governo Dilma Rousseff já fez a leitura que a liderança de Cid Gomes não é tão forte quanto deveria. Se o governador não consegue inibir o desejo de aliados para uma disputa contra a candidatura oficial no Estado, como ele poderia garantir um palanque forte na sucessão presidencial?

É por isso que Cid Gomes necessita com urgência de uma verdadeira oposição no Ceará. Nada melhor que o caos para combater o caos. Cid pode ter jeito de meninão, mas é bem crescidinho. O problema é que Tasso nem jeito possui.

Iraniano acusado de atentado contra auditor fiscal pode voltar para presídio cearense

iraniano

Expirou o prazo legal de um ano para que o empresário iraniano Farhad Marvizi permaneça na penitenciária de segurança máxima de Catanduva (PR).

Acusado de ser mandante de atentado em 2008 contra o auditor Jesus Ferreira, da Receita Federal, ele pode retornar para presídio cearense em breve. O advogado Flávio Jacinto, que faz a defesa do iraniano, já estaria adotando as providências legais para acertar a transferência de Marvizi.

Inflação medida pelo IPCA fica em 0,5% em outubro

“A inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), ficou em 0,57% em outubro deste ano. As taxas tinham sido 0,35% em setembro deste ano e 0,59% em outubro do ano passado. O dado foi divulgado hoje (7) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A inflação oficial acumula taxa de 4,38% no ano, igual ao registrado no mesmo período do ano passado. No acumulado dos últimos 12 meses, a taxa é 5,84%, ligeiramente abaixo dos 5,86% registrados no período de 12 meses encerrado em setembro.”

(Agência Brasil)

Na briga Cid-Tasso, o pedetista Heitor Férrer tomará as dores do tucano na Assembleia?

86 2

heitorr

Em seu Facebook, como divulgados em post do Blog, o governador Cid Gomes (Pros) reagiu, com ataques, ao seu ex-aliado Tasso Jereissati (PSDB). Em tom de resposta à propaganda tucana que vem sendo veiculada na televisão, onde  Tasso crítica a  gestão estadual e diz que o Ceará exige respeito. Cid, por sua vez, afirmou que o ex-governador “deveria se dar ao respeito” e lançou um desafio para ver qual dos dois fez mais pelo Ceará.

“A avaliação de um gestor público se dá por suas realizações e o quanto elas servem ao povo… O Tasso foi governador por três mandatos. 12 anos. Eu estou no governo há 7 anos incompletos. Pois muito bem, lanço o desafio: some tudo que o Tasso fez nos seus doze anos. Multiplique por dois e ainda não dará o que foi feito nestes últimos sete anos”. Ele disse ainda que o desafio “vale para qualquer área” e elenca: educação, saúde, emprego, estradas, habitação, saneamento, aeroportos, recursos hídricos etc”. O governador ainda provoca: “Em tempo, eu não vendi a Coelce e nem o BEC”, escreveu por volta das 21h40min, sobre privatizações feitas pelo ex-aliado, a quem já chamou de “maior político cearense vivo”.

Fica agora a pergunta: quem vai defender Tasso na Assembleia Legislativa? É que não há mais tucano na Casa: João Jaime bateu asas para o DEM e Fernando Hugo fez o mesmo, só que rumando para o Solidariedade.

Há quem aposte na fala do pedetista Heitor Férrer  lembrando que, durante uma homenagem a Tasso Jereissati na Assembleia, ele não poupou o tucano de elogios por suas gestões no Estado.

Secretário promete:Centro de Formação Olímpica ficará pronto no fim de 2014

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=yUSVN6fOHwA[/youtube]

O secretário extraordinário da Copa, Ferruccio Feitosa, viajou para Brasília, nesta madrugada de quinta-feira. Com ele, o superintendente do Departamento de Arquitetura e Engenharia (DAE), Quintino Vieira. Ferruccio trata, mais precisamente no Ministério dos Esportes, sobre as obras do Centro de Formação Olímpica.

Esse projeto deverá formar jovens atletas em 27 modalidades, de olho nas Olimpíadas 2016, do Rio de Janeiro. De acordo com o secretário Ferruccio Feitosa, será o Centro de Formação Olímpica do Ceará vai ser o maior do País.

Vaticano – Conselho para a Família defende aliança de católicos com outras religiões

“O presidente do Pontifício Conselho para a Família, do Vaticano, dom Vicenzo Paglia, defendeu a aliança da Igreja Católica com outras religiões, em busca de soluções para lidar com a desagregação das famílias. “A Igreja terá de encontrar aliados, como os cristãos, em outras religiões e representantes da cultura. O tema diz respeito a toda a humanidade”, afirmou Paglia, em entrevista em São Paulo, ao lado do arcebispo local, dom Odilo Scherer.

Paglia ressaltou que a aliança feita com outras religiões para discutir o tema envolve principalmente os cristãos. Ele informou que, no próximo dia 13, o Pontifício Conselho da Família terá um diálogo com representantes da Igreja Ortodoxa Russa.

O arcebispo italiano viajou ao Brasil para levar ajuda financeira do Vaticano destinada à construção de uma casa de atendimento a crianças filhas de dependentes químicos, em Salvador, na Bahia. O valor do auxílio ultrapassa os US$ 100 mil. Vicenzo Paglia encontrou-se com representantes da Igreja em São Paulo e, ainda nesta semana, viajará a Aparecida, no interior do estado, onde fica o santuário da padroeira do Brasil.”

(Agência Brasil)

Um pacote de sorriso

socorrofrnaça

Da Coluna Vertical, no O POVO desta quinta-feira (7):

Sob bênçãos do Ministério da Justiça, um pacote oficial de ações contra as drogas será anunciado na próxima segunda-feira (11), às 9 horas, no Palácio da Abolição. Segundo Socorro França, assessora estadual de Políticas Públicas sobre Drogas, hora de assinar a ordem de serviço para a construção do Centro de Desintoxicação do Ceará, que ocupará terreno próximo ao Hospital de Messejana.

Outra: o Colégio Juvenal Galeno, vizinho ao Corpo de Bombeiros, será transformado no Centro de Referência sobre Drogas para ofertar cursos e capacitação de profissionais no enfrentamento do problema.

Mais uma: Socorro anunciará, com aval de Cid Gomes e do secretário nacional de Políticas sobre Drogas do Ministério da Justiça, Victor Maximiano, a abertura de 438 vagas para internações de dependentes químicos em comunidades terapêuticas. “A luta está apenas começando”, avisa Socorro França.

No ato, também a posse do Conselho Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas com 23 membros. Um deles, Ciro Gomes.

Aeronave da Air France pouso em Fortaleza por emergência de saúde

Uma aeronave d empresa francesa Air France fez um pouso de emergência no início da madrugada desta quinta quinta-feira, no Aeroporto Internacional Pinto Martins. Segundo funcionários da Infraero, para desembarcar uma passageira que estava com problemas de saúde. O voo 393 da Air Ferance procedia de Buenos Aires (Argentina) e deveria seguir para Paris.

A passageira, cuja identidade e nacionalidade não foram divulgadas pela Infraero, está internada em um hospital particular de Fortaleza e a aeronave seguiu viagem duas hora depois.

Magno Malta teme aceitação da pedofilia pela sociedade

O senador Magno Malta (PR-ES) protestou nessa quarta-feira (6), em Plenário, contra a possibilidade de aceitação da pedofilia, o que considera um sinal de “final da humanidade”. Ele mencionou reportagem sobre a mudança do entendimento da Associação Americana de Psiquiatria, que teria passado a considerar a pedofilia uma “opção sexual do cidadão” que não poderia sofrer repressão.

– Onde é que vamos chegar? Quando aprovarmos a pedofilia como coisa normal, não como crime, está aprovada a bestialidade, a necrofilia – afirmou.

Para Magno Malta, o Brasil não pode ser estimulado a acompanhar tendências permissivas como a pedofilia. Ele denunciou a proliferação de livros didáticos que, em sua avaliação, destroem os valores da família, e criticou o uso do argumento da separação entre Igreja e Estado como pretexto para diminuir o espaço da formação religiosa dos estudantes.

O parlamentar também citou reportagem do jornal A Gazeta que denunciou a situação “horrorosa” da segurança em seu estado – o segundo mais violento do país, conforme salientou. Malta classificou como “maquiagem” a divulgação de números que apontam para a redução da violência no Espírito Santo.

(Agência Senado)

Levantamento mostra mudança na emissão de gases de efeito estufa no Brasil

Levantamento divulgado nesta quinta-feira (7) pelo Observatório do Clima indicou uma mudança no perfil das emissões brasileiras de gases de efeito estufa de 1990 a 2012. Apesar de ainda ser a principal responsável pelas emissões, a mudança do uso da terra, item relacionado ao desmatamento, está agora em um patamar muito próximo da poluição gerada pelos setores de energia e agropecuário.

Em 1990, o Brasil emitiu 1,39 bilhão de toneladas de gás carbônico, sendo 815,8 milhões por mudanças no uso do solo. Em 2012, foi enviado para a atmosfera 1,48 bilhão de toneladas do poluente, 476,5 milhões ligados ao desmatamento. Apesar do crescimento das emissões brutas no período ser apenas 7%, a evolução da geração de poluentes é irregular e chegou a registrar elevações expressivas, como os 2,85 bilhões de toneladas verificados em 1995.

“A redução do desmatamento na Amazônia nos últimos anos acaba tornando a contribuição do setor de uso da terra menor em relação ao que era registrado anteriormente, quando a gente tinha cerca de dois terços das emissões vindos desse setor”, ressalta o secretário executivo do Observatório do Clima, Carlos Rittl. O observatório reúne 35 organizações não governamentais e da sociedade civil interessadas nos efeitos das mudanças climáticas. “Hoje, a gente tem uma participação muito maior da agropecuária e do setor de energia, onde as emissões estão crescendo significativamente, e isso significa uma mudança do perfil de emissões”, completa.

O setor de energia era responsável, em 1990, pela emissão de 193,1 milhões de toneladas de gás carbônico. Em 2012, passou a gerar 436,7 milhões de toneladas de poluentes. Carlos Rittl alerta que há a tendência de que o setor aumente ainda mais a emissão de gases de efeito estufa. Ele destaca, por exemplo, que o plano colocado para consulta pública pelo Ministério de Minas e Energia prevê prioridade nos investimentos em combustíveis fósseis nos próximos dez anos. “Ele indica 72% de investimentos em combustíveis fósseis, em todos os investimentos para a área de energia. Isso é preocupante”, diz, ao lembrar das expectativas em relação aos rendimentos do petróleo do pré-sal. “A gente viu a celebração do governo pelo leilão do Campo de Libra, o primeiro grande leilão das reservas do pré-sal”.

Em relação ao setor agropecuário, Carlos atribui o crescimento das emissões principalmente ao aumento do rebanho bovino com práticas pouco eficientes. “Essa nossa pecuária pouco eficiente, com um animal por hectare, com práticas de manejo muito precárias, acaba nos levando a esse aumento significativo de emissões”, ressalta.

Segundo o secretário, a intenção é que a divulgação dos dados ajude a promover um debate mais objetivo e eficiente sobre as maneiras de reduzir a poluição em todos os setores avaliados. “A gente está disponibilizando esses dados e as planilhas para que a sociedade, o cidadão interessado e o tomador de decisão possam ter ciência da trajetória de emissões nos últimos anos, já que os dados oficiais vão somente até 2010”, explica.

(Agência Brasil)

Cid Gomes ataca Tasso Jereissati no Facebook e compara governos

344 20

cidtass

O governador Cid Gomes usou o Facebook na noite desta quarta-feira (6) para atacar o ex-governador Tasso Jereissati, diante da propaganda política veiculada pelo PSDB desde a segunda-feira (4). Por entender que Tasso atacou o atual governo, Cid Gomes partiu para a ofensiva e desafiou um comparativo entre os dois governos.

“Pois muito bem, lanço o desafio: some tudo que o Tasso fez nos seus doze anos. Multiplique por dois e ainda não dará o que foi feito nestes últimos sete anos”, escreveu o governador.

Veja o texto de Cid Gomes na íntegra:

“Penso, sinceramente, e é o que farei ao final do meu governo, que alguém na condição de ex-governador como o Tasso deveria se dar ao respeito.

Por respeitá-lo irei respondê-lo por uma única vez. Não o farei de novo, ainda que novamente agredido.

A avaliação de um gestor público se dá por suas realizações e o quanto elas servem ao povo…

O Tasso foi Governador por três mandatos. 12 anos.

Eu estou no governo há 7 anos incompletos.

Pois muito bem, lanço o desafio: some tudo que o Tasso fez nos seus doze anos. Multiplique por dois e ainda não dará o que foi feito nestes últimos sete anos.

O desafio vale para qualquer área: Educação, Saúde, Emprego, Estradas, Habitação, Saneamento, Aeroportos, Recursos Hídricos, etc.

Em tempo, eu não vendi a Coelce e nem o BEC”.

Confira o vídeo que irritou Cid Gomes:

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=1sDYwpd4iN8[/youtube]

Governo divulga nota sobre greve na Uece

173 2

Recebemos da Assessoria de Imprensa do Palácio da Abolição esta nota oficial. Diz respeito ao movimento grevista de professores e alunos da Universidade Estadual do Ceará. Confira:

Governo do Estado, por meio da Secretaria da Ciência,Tecnologia e Educação Superior, vem a público reiterar a importância dos investimentos que vêm sendo realizados  nas Universidades Públicas Estaduais e reafirma como uma de suas  prioridades o investimento na educação superior. Prova disso é que, nos últimos seis anos, o Governo do Estado triplicou o orçamento destinado às universidades públicas estaduais – Universidade Estadual do Ceará (UECE), Universidade Regional do Cariri (URCA) e Universidade do Vale do Acaraú (UVA). Desde 2007, os recursos aplicados nas três universidades crescem todos os anos.

Investimentos do Governo do Estado nas IES (Instituições de Ensino Superior) –  (Infraestrutura física e de equipamentos, custeios de manutenção e finalístico e pessoal ativo)

2006: R$ 99.331.020,89 (último ano da gestão anterior)
2007: R$ 106.463.022,07 (primeiro ano da atual gestão)
2008: R$ 140.639.888,73
2009: R$ 166.553.238,07
2010: R$ 223.063.594,25
2011: R$ 246.916.896,55
2012: R$ 294.676.160,57
2013: R$ 302.642.948,93 (programado)

Todos os valores correspondem a recursos oriundos diretamente do Tesouro Estadual. A definição da aplicação dos recursos é de competência exclusiva das universidades. Vale ressaltar que, para o exercício de 2013, na UECE, esta destinação foi definida por meio de planejamento participativo, envolvendo toda a comunidade universitária, da Capital e do Interior.

Em 2010, os professores da rede estadual de ensino superior tiveram um ganho real de 104% em seus vencimentos (aumento  iniciado em 2008), além da reposição da inflação. O acréscimo só foi possível através da implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) da categoria, histórica reivindicação dos professores das universidades estaduais aprovada pelo atual governo, em 2008. O projeto governamental assegurava a recomposição dos salários até dezembro de 2010 – prazo que foi antecipado em seis meses.

A política de valorização docente inclui também o incentivo do Governo do Estado à qualificação com cursos de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) e estágios de pós-doutorado em universidades nacionais e estrangeiras. Os docentes participam também de eventos científicos e acadêmicos.

De 2007 a 2013, foram nomeados 265 professores nas instituições estaduais de ensino superior, sendo 127 docentes na UECE, 68 na UVA e 70 na URCA. O regime de trabalho da maioria dos professores é de tempo integral, com dedicação exclusiva. O último concurso público para professor adjunto e assistente da UECE, com 76 vagas, foi realizado em 2012, sendo que 70 já foram nomeados e empossados. A iniciativa reflete o esforço do Governo do Estado em consolidar as universidades estaduais e soma-se aos investimentos que vêm sendo realizados nas instituições.

O Governo do Estado tem compromisso com a assistência aos estudantes universitários. Na UECE, todos os 22.437 alunos têm seguro de vida. O número de bolsistas pagos diretamente pela UECE (custeio finalístico)  evoluiu de 2008 a 2013, passando de 562 para 815 bolsas. A UECE conta  ainda com 180 bolsas da Funcap e 153 do CNPq, destinadas à pesquisa. Na URCA, o número de estudantes assistidos com bolsas aumentou de 69 em 2007 para 229 em 2013. Na UVA,  o número de bolsas aumentou de 200 em 2007 para 575 em 2013.

Foram construídos novos restaurantes universitários na URCA e na UECE – uma demanda antiga de toda a comunidade universitária. Em 2012, foram 277.460 refeições, uma média 23.121 por mês, na UECE. Na URCA são servidas, em média, 1.200 refeições por dia. O preço da refeição é de apenas R$ 0,80 por estudante. Na UVA, enquanto o restaurante não é construído – vale ressaltar que a verba já foi autorizada -, os estudantes carentes recebem vale-alimentação.

Outra conquista para os estudantes foi a construção e entrega da Residência Universitária na URCA. A Residência já está totalmente equipada e conta com 108 vagas.

Os esforços do Governo do Estado para o aperfeiçoamento das universidades dão resultados. A UECE foi classificada como a melhor universidade estadual das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Entre as universidades estaduais do País, a UECE ocupa o 8ª lugar como melhor universidade estadual.

A UECE também obteve destaque nos resultados dos conceitos dos cursos no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade). Os números mostram três cursos  na liderança do ranking nacional nas áreas de Administração, com a nota 5 (escala de zero a 5); Ciências Contábeis, com nota 4; e Psicologia, com nota 5. O curso de Engenharia Civil da UVA foi o melhor avaliado no Ceará no quesito Ensino.

Esses são alguns exemplos do esforço contínuo do Governo do Estado voltado para a consolidação das universidades estaduais, enquanto instituições estratégicas para o desenvolvimento sócio-econômico sustentável e includente    do  Ceará.

Entendendo que a greve de professores, servidores e estudantes da UECE e URCA é uma atitude extrema pelos prejuízos que causa à comunidade universitária e à própria sociedade,  só se justificando quando esgotadas as possibilidades de entendimento, o Governo do Estado se propõe a retomar o diálogo e a negociação somente após o retorno das atividades acadêmicas.   Quanto às reivindicações da UVA, o Governo continua aberto ao diálogo em busca do entendimento.

Fortaleza, 06 de novembro de 2013

Governo do Estado do Ceará.

Anatel registra queda de mais de 173 mil linhas de celulares em setembro

No mês de setembro, foram registradas 173,6 mil linhas de celulares a menos do que em agosto. O número de linhas ativas chegou a 268,26 milhões no mês passado, queda de 0,06% em relação ao mês anterior, quando foram anotadas 268,44 milhões de linhas.

Segundo a Anatel, a redução indica que as empresas fizeram uma “limpeza” em suas bases de dados, retirando linhas que não estavam mais ativas. O procedimento foi feito em junho de 2006, quando a base de assinantes caiu de 92,3 milhões para 91,7 milhões. Os números consolidados pela agência são informados pelas operadoras de telefonia.

A operadora Vivo registrou queda de 463,29 mil acessos entre agosto e setembro. Na TIM, a redução foi 31,74 mil acessos, e na Oi, 35,52 mil acessos. A Sercomtel registrou menos 14,71 mil acessos. As operadoras Claro, CTBC, Nextel, Portoseguro e Dartora apresentaram acréscimo no número de acessos.

A teledensidade ficou em 135,28 acessos para cada grupo de 100 habitantes. A maioria dos acessos registrados em setembro (78,78%) foi a partir de linhas pré-pagas, e 21,22% são pós-pagos. A banda larga móvel totalizou 88,31 milhões de acessos, dos quais 552,63 mil são terminais 4G.

A Telefônica Vivo informou que alterou progressivamente os parâmetros para contabilizar como inativos os clientes pré-pagos, com 30 dias sem recebimento de chamadas, respeitando o prazo regulatório de 60 dias sem recargas. Segundo a empresa, o objetivo é oferecer ao mercado dados mais transparentes e condizentes com a realidade.

A TIM argumentou que o ano de 2013 marca “um ponto de inflexão para o setor do ponto de vista macroeconômico”. Segundo a empresa, essa tendência já era esperada, pois o mercado de telefonia do Brasil é um dos mais competitivos e possivelmente um dos mais saturados no mundo. A TIM diz ainda que investe em variedade de ofertas e serviços não necessariamente atrelada à venda de novas linhas.

As operadoras Oi e Sercomtel ainda não se manifestaram sobre a redução no número de clientes.

(Agência Brasil)

Morre Jorge Dória

Morreu na tarde desta quarta-feira (6) o ator Jorge Dória, 92. Segundo médicos do Hospital Barra D’Or, onde o ator estava internado desde o dia 27 de setembro, por causa de uma pneumonia, Jorge Dória teria morrido por complicações cardiorrespiratórias e renais.

A carreira do ator foi marcada pela comédia, desde 1973, quando Jorge Dória interpretou o primeiro Lineu, no seriado “A Grande Família”.

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=cXlqNpvyv-g[/youtube]